Icabode — Teria Deus Já Escrito Esta Palavra nos Umbrais das Portas da Maioria das Igrejas?

Autor: Roger Oakland, http://www.understandthetimes.org.

Alguns anos atrás, escrevi um comentário que despertou uma enorme controvérsia. Alguns que leram o comentário interpretaram que eu tinha escrito o artigo para disparar um míssil especificamente diante da proa da liderança com a qual eu estava mais envolvido. Embora eu possa entender agora por que eles chegaram a essa conclusão, quando escrevi o comentário, este não era meu objetivo. Eu estava tentando despertar os líderes para que eles reconhecessem o erro de seus caminhos, corrigissem aquilo que estava errado e se tornassem um farol nestes últimos dias.

Algumas vezes, Deus fala com Seus servos para advertir os outros. Isto aconteceu repetidamente com os profetas do Velho Testamento. Algumas vezes, aqueles que foram advertidos deram ouvidos, mas na maioria dos casos, eles ignoraram. O julgamento sempre veio em seguida.

Escrevi o artigo "Icabode" em 2007, pois fui motivado (acredito que pelo Espírito Santo) a advertir muitos que eu conhecia e amava sobre a apostasia que agora está desmedida em tantas denominações e em outros grupos. Em muitos casos, esses grupos estão agora totalmente vendidos ao Movimento Ecumênico, que leva a Roma e à Religião do Mundo Unificado.

Em vez de os líderes cristãos e pastores reconhecerem que o Espírito Santo tinha se afastado de muitas igrejas e denominações, eles próprios foram envolvidos pela forte ilusão, e a marcha em direção à apostasia continuou. Poucos têm sido audaciosos o suficiente para dizerem alguma coisa, pois não querem sacudir o barco.

Agora, depois de vários anos, farei mais um apelo para aqueles que ainda acreditam que estão servindo a Deus, quando, ao contrário, estão abandonando Sua Palavra, seja por meio de suas ações, de seu silêncio, ou das duas coisas. Por este motivo, estou republicando o comentário intitulado "Icabode".

Talvez ainda haja tempo para alguns acordarem.

Icabode Revisitado

A Bíblia chama Satanás de "o grande enganador". Ser enganado significa ser levado para longe da verdade, sem saber. Se a pessoa que está sendo enganada soubesse que está sendo iludida, então a enganação não ocorreria. Para ser enganada, a pessoa não deve acreditar que está sendo iludida. É simples assim.

Compreender a enganação tem muito que ver com possuir uma perspectiva correta. Em ver de ter a perspectiva de Deus, quem está sendo enganado tem sua própria perspectiva. O desejo humano por poder e o potencial de ser orgulhoso são duas das grandes barreiras que nos impedem de vermos a perspectiva de Deus. O plano de Satanás é enganar a humanidade, fazendo uso das fraquezas humanas. Ele sabe o que faz.

Em Provérbios 14:12, lemos: "Há um caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte." Pense nisto por um momento. A Bíblia diz: "O salário do pecado é a morte." Portanto, aquilo que pode parecer correto pode levar à morte, pois a consequência do pecado é a morte. Você vê como a enganação funciona?

Algumas vezes é benéfico separar tempo para fazer uma verificação da realidade em nossas vidas. Por exemplo, um cristão pode estar confiante que está servindo ao Senhor, quando, na realidade, está enganado. Isto acontece por que aquilo que fazemos "parece certo" aos nossos próprios olhos.

Algum tempo atrás, uma situação me ajudou a compreender a facilidade com que alguém pode ser enganado por não possuir a perspectiva correta. Eu estava visualizando uma série de slides em minha câmera fotográfica digital. Eu tinha tirado aquelas fotografias durante uma viagem pelo interior da Inglaterra. Sem saber o que estava fazendo, de algum modo, expandi o modo de visualização de um determinado slide, do modo normal para um modo de ampliação de 10 vezes. À medida que eu percorria o slide, não conseguia identificar a cena que eu tinha fotografado.

Deslocar a imagem para dentro do visor, da esquerda para a direita e de cima para baixo também não ajudava muito. Era uma experiência frustrante. Nada que eu pudesse ver na fotografia me oferecia uma pista de onde eu tinha tirado aquela foto. Subitamente, eu me lembrei de como visualizar o slide no modo normal, não expandido. Em um segundo, consegui ver a foto no modo normal e me lembrei exatamente onde ela tinha sido tirada. Eu simplesmente precisava ter a perspectiva correta.

Talvez esta ilustração seja útil para ajudá-lo a ver o que pode acontecer com os seres humanos, ministros, pastores e até denominações. É muito fácil conduzir nossas vidas pensando que somos os vasos escolhidos de Deus, que estamos fazendo a vontade Dele, quando, na verdade, estamos enganados e fazendo a obra de Satanás. Por este motivo é importante lermos a Palavra e fazermos periodicamente em nós mesmos um exame da realidade.

Quando a Glória se Afasta

Conheço líderes e denominações cristãs que começaram corretamente, mas que terminaram no erro. Essa queda pode ser predita à luz da história da igreja cristã. Deus levantou indivíduos de tempos em tempos para serem líderes. Enquanto esses líderes são dirigidos pelo Espírito Santo e continuam firmados em Sua Palavra, as bênçãos de Deus são abundantes. Algumas vezes, um pastor se torna um líder e um modelo para muitos outros pastores. Eventualmente, uma comunhão de igrejas com pastores de mesma disposição mental surge como resultado.

Essa comunhão de pastores ensina a Palavra de Deus e o rebanho é instruído e alimentado. Como estão aprendendo, as ovelhas amam a Deus de todo o seu coração. Esse amor se propaga no plano horizontal e é transbordante. As ovelhas querem falar de Jesus Cristo e evangelizar a comunidade do bairro ou cidade. É até possível surgir um grande movimento de evangelização.

Entretanto, a passagem do tempo tem um modo de nos ajudar a esquecer. Talvez outro modo de dizer isto é que Satanás odeia aquilo que Deus está fazendo. Não demora muito para que a comunhão de pastores adote uma perspectiva diferente. Alguns pastores se esquecem de onde vieram. Eles eram pastores de ovelhas com um pequeno rebanho. À medida que eles ensinaram a Palavra e alimentaram as ovelhas, o pequeno rebanho cresceu e se tornou uma megaigreja.

Essas megaigrejas crescem até o ponto em que não são mais um rebanho — elas se tornam uma manada. Passam a existir tantas ovelhas no rebanho que o pastor conclui que não tem escolha, senão a de gerenciar o rebanho por meio da transformação da igreja em uma grande empresa.

Como todos sabem, as igrejas, quando se tornam grandes empresas, têm de operar como empresas comerciais, não como igrejas. No mundo, as pessoas nas grandes empresas comerciais estão sempre procurando alcançar novos cargos. O único modo de algum fazer isto com sucesso e escalar a escada corporativa é sendo leal à empresa e ao presidente corporativo.

Aqui está um problema — quando um cristão se torna mais leal a um homem do que ao Filho do Homem, a espiritualidade pode rapidamente se transformar em carnalidade. A carnalidade é ainda mais orientada pela obsessão pelo poder e cargos, o que se torna a receita perfeita para o desastre. Aquilo que era antes uma maravilhosa igreja dirigida pelo Espírito agora se transforma em uma máquina em movimento. Tudo parece estar funcionando. Entretanto, a máquina está quebrada.

Quando o Espírito Se Afasta

No Velho Testamento, o Espírito Santo inspirou o autor de 1 Samuel a nos dar um exemplo do que aconteceu com os filhos de Israel nos dias antigos:

"E veio a palavra de Samuel a todo o Israel; e Israel saiu à peleja contra os filisteus e acampou-se junto a Ebenézer; e os filisteus se acamparam junto a Afeque. E os filisteus se dispuseram em ordem de batalha, para sair contra Israel; e, estendendo-se a peleja, Israel foi ferido diante dos filisteus, porque feriram na batalha, no campo, uns quatro mil homens. E voltando o povo ao arraial, disseram os anciãos de Israel: Por que nos feriu o SENHOR hoje diante dos filisteus? Tragamos de Siló a arca da aliança do SENHOR, e venha no meio de nós, para que nos livre da mão de nossos inimigos. Enviou, pois, o povo a Siló, e trouxeram de lá a arca da aliança do SENHOR dos Exércitos, que habita entre os querubins; e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, estavam ali com a arca da aliança de Deus. E sucedeu que, vindo a arca da aliança do SENHOR ao arraial, todo o Israel gritou com grande júbilo, até que a terra estremeceu. E os filisteus, ouvindo a voz de júbilo, disseram: Que voz de grande júbilo é esta no arraial dos hebreus? Então souberam que a arca do SENHOR era vinda ao arraial. Por isso os filisteus se atemorizaram, porque diziam: Deus veio ao arraial. E diziam mais: Ai de nós! Tal nunca jamais sucedeu antes. Ai de nós! Quem nos livrará da mão desses grandiosos deuses? Estes são os deuses que feriram aos egípcios com todas as pragas junto ao deserto. Esforçai-vos, e sede homens, ó filisteus, para que porventura não venhais a servir aos hebreus, como eles serviram a vós; sede, pois, homens, e pelejai. Então pelejaram os filisteus, e Israel foi ferido, fugindo cada um para a sua tenda; e foi tão grande o estrago, que caíram de Israel trinta mil homens de pé. E foi tomada a arca de Deus: e os dois filhos de Eli, Hofni e Finéias, morreram. Então correu, da batalha, um homem de Benjamim, e chegou no mesmo dia a Siló; e trazia as vestes rotas, e terra sobre a cabeça. E, chegando ele, eis que Eli estava assentado numa cadeira, olhando para o caminho; porquanto o seu coração estava tremendo pela arca de Deus. Entrando, pois, aquele homem a anunciar isto na cidade, toda a cidade gritou. E Eli, ouvindo os gritos, disse: Que alvoroço é esse? Então chegou aquele homem apressadamente, e veio, e o anunciou a Eli. E era Eli da idade de noventa e oito anos; e estavam os seus olhos tão escurecidos, que já não podia ver. E disse aquele homem a Eli: Eu sou o que venho da batalha; porque eu fugi hoje da batalha. E disse ele: Que coisa sucedeu, filho meu? Então respondeu o que trazia as notícias, e disse: Israel fugiu de diante dos filisteus, e houve também grande matança entre o povo; e, além disso, também teus dois filhos, Hofni e Finéias, morreram, e a arca de Deus foi tomada. E sucedeu que, fazendo ele menção da arca de Deus, Eli caiu da cadeira para trás, ao lado da porta, e quebrou-se-lhe o pescoço e morreu; porquanto o homem era velho e pesado; e tinha ele julgado Israel quarenta anos. E, estando sua nora, a mulher de Finéias, grávida, e próxima ao parto, e ouvindo estas notícias, de que a arca de Deus era tomada, e de que seu sogro e seu marido morreram, encurvou-se e deu à luz; porquanto as dores lhe sobrevieram. E, ao tempo em que ia morrendo, disseram as mulheres que estavam com ela: Não temas, pois deste à luz um filho. Ela porém não respondeu, nem fez caso disso. E chamou ao menino Icabode, dizendo: De Israel se foi a glória! Porque a arca de Deus foi tomada, e por causa de seu sogro e de seu marido. E disse: De Israel a glória é levada presa; pois é tomada a arca de Deus." [1 Samuel 4:1-22].

A nação de Israel conheceu a glória da presença de Deus em seu meio. Os filhos de Israel prosperaram e se tornaram fortes quando seguiram ao Senhor. Entretanto, Israel se afastou de Deus, tomando decisões erradas. Eventualmente, o povo chegou a uma situação em que a presença de Deus não estava mais em seu meio. A glória de Deus se retirou.

Em uma tentativa desesperada de vencer uma batalha contra os filisteus, os líderes de Israel traçaram um plano. Eles acreditaram que se levassem a Arca da Aliança com eles na batalha, Deus estaria obrigado a conduzi-los à vitória.

Tal não era o caso. Deus não lutou por Israel e Israel foi derrotado; os filisteus triunfaram e tomaram a Arca. Quando um mensageiro veio do campo de batalha com as más notícias que o exército tinha sido derrotado, que a Arca tinha sido tomada e que os dois filhos do sacerdote Eli tinham morrido, Eli caiu para trás de sua cadeira, quebrou o pescoço e morreu.

A nora de Eli, mulher de um dos filhos mortos na batalha, estava grávida. Quando ela recebeu a notícia da morte de seu marido, do seu cunhado e do seu sogro, ela entrou em trabalho de parto. Ela conseguiu dar à luz seu filho, porém morreu logo em seguida. A Bíblia diz que a mulher que estava fazendo o trabalho de parteira chamou o menino de Icabode. O nome Icabode significa "a glória se foi".

Existem outros exemplos nas Escrituras do que acontece quando o Espírito de Deus se afasta de um homem. Por exemplo, em 1 Samuel 16:14, lemos: "E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR." Há também a história de Sansão. Ele era capacitado pelo Espírito, mas veio um tempo quando o Senhor se afastou dele, e Sansão sequer tomou conhecimento do que tinha acontecido: "E disse ela: Os filisteus vêm sobre ti, Sansão. E despertou ele do seu sono, e disse: Sairei ainda esta vez como dantes, e me sacudirei. Porque ele não sabia que já o SENHOR se tinha retirado dele." [Juízes 16:20].

Uma Solução Bíblica

A Bíblia pinta um cenário sombrio com relação ao que acontece quando o Espírito de Deus se afasta, não é mesmo? Bem, tenho boas notícias. Há uma solução. Acredito que este cenário possa ser revertido. Deus quer que Seus servos completem a carreira. Ele não se alegra em vê-los derrotados. Você se lembra das palavras de Jesus quando Ele falou à igreja de Éfeso, em Apocalipse 2:2-5?

"Conheço as tuas obras, e o teu trabalho, e a tua paciência, e que não podes sofrer os maus; e puseste à prova os que dizem ser apóstolos, e o não são, e tu os achaste mentirosos. E sofreste, e tens paciência; e trabalhaste pelo meu nome, e não te cansaste. Tenho, porém, contra ti que deixaste o teu primeiro amor. Lembra-te, pois, de onde caíste, e arrepende-te, e pratica as primeiras obras; quando não, brevemente a ti virei, e tirarei do seu lugar o teu castiçal, se não te arrependeres."

Embora os membros daquela igreja tenham sido elogiados pelas muitas coisas boas que tinham praticado, eles tinham caído no erro. Na verdade, parece até que o Espírito de Deus estava se preparando para se afastar do meio deles. Isto pode ser deduzido por aquilo que Jesus disse. Ele os advertiu que iria se afastar do meio daquela igreja. Ele disse que a igreja de Éfeso tinha deixado seu primeiro amor, que precisava se arrepender e voltar a praticar suas primeiras obras. Isto significa que eles tinham se afastado e não reconheciam isto.

Jesus também disse que removeria o castiçal se eles não se arrependessem. Claramente, as Escrituras interpretam isto com o significado que a presença de Jesus seria removida da igreja de Éfeso. Isto significa que Ele estava ameaçando escrever "Icabode" nos umbrais da porta daquela igreja?

O Espírito de Deus nos aponta para a Palavra de Deus. Jesus disse que a Palavra é a verdade. O que fazemos com a verdade é algo inteiramente de nossa responsabilidade. Podemos escolher obedecê-la, ou desobedecê-la.

Oro para que todo cristão peça sinceramente a Deus por Sua perspectiva de onde estamos e daquilo que estamos fazendo. Não confie nos elogios dos homens ou no temor dos homens como indicadores da sua condição espiritual.

Quando estivermos diante do trono de Jesus Cristo, todas as coisas que fizemos na carne queimarão como madeira e feno. Somente aquilo que fizemos sob a direção do Espírito Santo é que contará para nosso benefício.

É vital obter a perspectiva correta. Agora, antes que seja tarde demais.



Autor: Roger Oakland, artigo em http://www.understandthetimes.org
Data da publicação: 22/1/2014
Transferido para a área pública em 11/3/2016
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/icabode.asp