Escolha uma cor para o fundo:  

A Coréia do Norte Está se Preparando Para a Guerra, Embora Negocie a Paz

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Recentemente, a Secretária de Estado norte-americana, Madeleine Albright visitou a Coréia do Norte, "celebrando" os resultados das Negociações de Paz entre o Sul e o Norte. No entanto, ela sabia que a Coréia do Norte já mobilizou seu Exército de mais de um milhão de soldados e que 70% dele está nas proximidades da Zona Desmilitarizada! O segundo pavio da Terceira Guerra Mundial poderá ser aceso em bem pouco tempo!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"

Resumo da Notícia: "A Fase Final: Entenda o Quadro Grande", J. R. Nyquist, WorldNetDaily, 26/10/2000, http://www.worldnetdaily.com/bluesky_nyquist/20001026_xcjny_get_big_pi.shtml.

"Considere um artigo fascinante que apareceu no Washington Times na terça-feira, intitulado "A Pyongyang que Madeleine Albright Não Viu", de Steven Mufson. Ele menciona um médico cirurgião chamado Norbert Vollertsen, que recentemente trabalhou em hospitais na Coréia do Norte. Esse médico afirma ter visto no interior daquele país centenas de milhares de soldados acampados e que lhe disseram que aquelas tropas estavam "aguardando, aguardando". Ele ficou imaginando o que elas estariam aguardando. Não se mobiliza um milhão e duzentos mil soldados se não existe a possibilidade de uma guerra."

"Na China, que é aliada da Coréia do Norte, encontramos uma afirmação mais explícita, mais aberta da ameaça subjacente. Na semana passada, uma revista publicada pelo governo e editada pelo Conselho de Estado do Partido Comunista Chinês — The Beijing Review — disse que a política para a China de George W. Bush 'poderá produzir graves resultados se ele ganhar as eleições'... Na verdade, a revista disse que se George W. Bush ganhar as eleições para a Casa Branca, 'a guerra será inevitável'".

Nyquist chega bem perto de uma compreensão apropriada dessas questões cruciais — e do verdadeiro roteiro dos eventos — mas então se afasta dela, utilizando velhos e surrados clichês sobre política e políticos. Alguns meses atrás, eu lhe enviei uma longa mensagem de correio eletrônico, informando-o da nossa compreensão sobre feitiçaria e sobre o Plano da Nova Ordem Mundial dos Illuminati e perguntei se ele leria nosso material. Ele respondeu dizendo que faria exatamente isso.

No entanto, o artigo citado anteriormente, revela que Nyquist simplesmente não compreende a profundidade da conspiração internacional que está envolvida nos preparativos para essa Terceira Guerra Mundial que produzirá o Anticristo. Essa conspiração é exatamente tão grande quanto a Bíblia revela — é global.

Em Daniel 2:37-44, Deus diz que o fim dos tempos haverá uma reorganização global das nações em somente dez reinos, cada um com um rei. Observe que a frase-chave na parte final do verso 39; Deus diz que o reino final "dominará toda a terra". Essa afirmação derruba a falsa concepção de que as dez nações originais da Europa ocidental podem ser o cumprimento dessa profecia.

Em Daniel 7:7-8, Deus nos dá a única seqüência pela qual saberemos que o aparecimento do Anticristo está próximo. Nessa profecia, Daniel vê: 1) A reorganização do mundo em dez supernações, cada uma com seu governante; 2) O Anticristo aparece; 3) Três das dez supernações originais são totalmente destruídas pelo Anticristo.

Como as nações do mundo foram reorganizadas em dez nações econômicas de 1992 a 1996, podemos saber que o aparecimento do Anticristo está muito próximo. Podemos ver que a Terceira Guerra Mundial — planejada desde 1870 — para produzir o Anticristo está prestes a acontecer. [Conheça os detalhes lendo o artigo N1056]

Finalmente, Apocalipse 17:17 completa nosso quadro profético. Deus diz que incutiu o plano nos corações e nas mentes dos dez governantes, para que atuem em harmonia uns com os outros, para cumprirem todas as palavras proferidas por Deus. Essa profecia significa que devemos esperar que todos os dez governantes do fim dos tempos atuem em harmonia uns com os outros para produzir o Anticristo.

Apocalipse 16:13-14 e Daniel 10:12-20 dizem que demônios estarão influenciando as mentes e as ações dos governantes mundiais em todas as épocas, mas também no fim dos tempos. Deus está forçando as hordas demoníacas nacionais responsáveis por influenciar os governantes do mundo a fazê-los atuar em harmonia uns com os outros para possibilitar o aparecimento do Anticristo. Assim, os governantes da confederação das dez supernações da Nova Ordem Mundial atuarão harmoniosamente, até que o Anticristo apareça. Vamos examinar essas dez supernações, para termos a compreensão correta:

  1. América do Norte
  2. Europa Ocidental
  3. Japão
  4. Austrália, África do Sul e o resto da economia de mercado do mundo desenvolvido
  5. Europa Oriental, incluindo a Rússia
  6. América Latina
  7. Norte da África e o Oriente Médio
  8. África Tropical
  9. Sul e Sudeste Asiático
  10. China.

No artigo de Nyquist, citado anteriormente, as seguintes nações são mencionadas, mas Nyquist diz que estão atuando uma contra a outra: 1) Nação #1, América do Norte — liderada atualmente pelo presidente Bill Clinton; 2) Nação #5 — Europa Oriental e Rússia; 3) Nação #3 — a China.

Se você realmente acredita na Bíblia, esperará que exista uma conspiração global no fim dos tempos em que essas nações conspirarão entre si para produzirem o Anticristo. No entanto, após o Anticristo aparecer, ocorrerá uma grave dissensão, que resultará na destruição de três supernações, quando elas tentarem tomar o controle da Nova Ordem Mundial do Anticristo [Daniel 2:41-43], mas isso será material para outro artigo.

A questão é, Nyquist ingenuamente acredita que os líderes dos EUA, da Rússia e da China estão atuando uns contra os outros, quando na realidade a profecia bíblica e os escritos da Nova Ordem Mundial dizem que eles estão atuando em harmonia. [Leia no artigo Tese x Antítese = Síntese os detalhes de como os Illuminati americanos criaram o comunismo.].

Até que o Anticristo apareça, os líderes dessas nações estarão secretamente cooperando entre si, embora o roteiro diga para eles atuarem como se fossem inimigos. Esse tem sido o pequeno segredo sujo dos políticos americanos desde Franklin D. Roosevelt. Os políticos americanos sempre acreditaram que os comunistas eram simplesmente compatriotas leais e secretos no esforço para atingir a Nova Ordem Mundial; eles não eram inimigos. Como os EUA sempre foram os líderes nesse plano, os líderes americanos não podem admitir que sua direção não seja sempre seguida. Após o Anticristo aparecer, essa conspiração de dez supernações romperá em dissensões, pois os russos e, mais tarde, os chineses, tentarão tomar o controle do mundo das mãos dele. Novamente, a profecia bíblica provará ser verdadeira.

Guerra na Península Coreana — A Segunda Parte da Terceira Guerra Mundial

No livro The Armageddon Script [leia a resenha], o autor da Nova Ordem Mundial, Peter Lemesurier relaciona sistematicamente todos os eventos que prepararão o cenário para o aparecimento do Anticristo. Nas páginas 222-23 do livro, ele faz uma afirmação bastante estranha sobre a Coréia:

"A guerra raramente estará ausente da cena mundial durante os últimos vinte anos do século. Ocorrerão inúmeros conflitos locais no Extremo Oriente, no Oriente Médio e na África. Uma confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia poderá, no fim do período, ameaçar a sobrevivência humana."

Estamos na entrada no século 21, e a planejada invasão da Coréia do Sul pela Coréia do Norte está prestes a ocorrer. Durante os dois primeiros anos da Administração Clinton, ficamos sabendo das suspeitas de que a Coréia do Norte teria armas nucleares. O presidente Clinton e o ex-presidente Carter assinaram um "acordo" por meio do qual a Coréia do Norte "prometeu" eliminar suas armas nucleares e o potencial para criá-las, em algum momento após o ano 2000. Esse "acordo" foi, é claro, uma tolice total, e permitiu que a Coréia do Norte mantivesse o controle dessas armas durante todo esse período de tempo.

Como Nyquist informa em seu artigo, a Coréia do Norte mobilizou seu Exército de um milhão e duzentos mil soldados, que está acampado temporariamente no interior do país, "aguardando, aguardando" um pouco mais. Parece que os comandantes mobilizaram as tropas e estão somente aguardando o sinal para atacar.

O Pentágono Compreende a Verdadeira Ameaça Militar

Um artigo relacionado muito interessante pode ser encontrado no Defense Link on-line do Departamento de Defesa dos EUA, no endereço http://www.defenselink.mil/news/Sep2000/p09222000_p163-00.html. Esse site tem um relatório enviado ao Congresso, que detalha a ameaça norte-coreana à Coréia do Sul. Embora a Secretária de Estado Madeleine Albright esteja tentando nos convencer que as políticas de Clinton trouxeram a paz à região, a realidade é bem diferente e os autores do Departamento de Defesa parecem estar nos advertindo para não sermos enganados.

O relatório que eles prepararam chama-se "Relatório Para o Congresso Sobre a Situação Militar na Península Coreana no Ano 2000", de 12/9/2000.

Desde o início, o relatório reconhece a seriedade da situação:

"A República Democrática Popular da Coréia do Norte tem uma grande e poderosa força terrestre, que é numericamente superior em soldados, veículos blindados e artilharia e está situada em posições avançadas, a partir das quais pode montar rapidamente uma forte ofensiva... A principal dissuasão é a unidade e a força da Aliança entre a República da Coréia e os EUA... A República da Coréia nunca buscou paridade militar total com a Coréia do Norte ou o desenvolvimento de uma capacidade ofensiva superior. Desde o fim da Guerra Coreana, a defesa da Coréia do Sul sempre dependeu basicamente do sistema militar conjunto dela com os Estados Unidos..."

"O sistema de defesa combinado da República da Coréia/EUA permanece essencial para dissuadir ou derrotar uma invasão norte-coreana..."

Esse relatório torna bem claro que a Coréia do Sul não pode ser defendida sem um reforço maciço de tropas e materiais dos Estados Unidos. Minha filha alistou-se na Guarda Nacional e a missão da sua unidade, para a qual é treinada, é ser enviada rapidamente à Coréia do Sul no caso de um ataque. Quando leio sobre a possibilidade de os mísseis táticos norte-coreanos estarem equipados com ogivas nucleares, fico imaginando se nossos reforços, que serão transportados por navios e por aviões poderão ser destruídos por eles.

As Capacidades da Coréia do Norte

"O objetivo militar de Pyongyang é reunificar a península pela força. A estratégia de luta fundamental da Coréia do Norte preconiza a vitória em um ataque de surpresa, curto e violento, impedindo que reforços norte-americanos cheguem à península e a mobilização da República da Coréia. As forças armadas norte-coreanas são a quinta maior do mundo. As forças terrestres, de mais de um milhão de soldados, são o núcleo da capacidade ofensiva e são o terceiro maior exército do mundo. Elas são apoiadas pela Força Aérea, que tem mais de 1.600 aviões e por uma Marinha de mais de 800 navios. Existem mais de 6 milhões de reservistas que também podem ser convocados para engrossar as tropas. Setenta por cento da força ativa, incluindo 700.000 soldados, 8.000 sistemas de artilharia e 2.000 tanques estão aquartelados a 160 km da Zona Desmilitarizada. A maior parte dessa força está protegida em instalações subterrâneas, incluindo mais de 4.000 instalações na área de vanguarda somente. A partir de suas localizações atuais, essas forças podem atacar rapidamente, com poucos preparativos finais."

"A Coréia do Norte dispõe de uma força de artilharia de mais de 12.000 sistemas de armamento motorizados ou que podem ser guinchados. Sem mover qualquer peça de artilharia, o Norte poderia manter um ritmo de 500.000 disparos por hora contra as defesas do Comando das Forças Combinadas durante várias horas. A força de artilharia inclui 5.000 sistemas de longo alcance montados na década passada. A proximidade desses sistemas de longo alcance da Zona Desmilitarizada ameaça Seul, a capital sul-coreana (distante 40 km da ZDM) com ataques devastadores."

"Percebendo que não podem se igualar às capacidades tecnológicas avançadas de luta, a liderança do Norte enfoca o desenvolvimento de capacidades assimétricas, como mísseis balísticos, forças especiais de operação, e armas de destruição em massa destinadas a impedir as opções das forças da Aliança e neutralizar nossa superioridade militar convencional. As forças assimétricas do Norte são formidáveis, estão bem treinadas e podem causar preocupação. O progresso do programa de mísseis balísticos da Coréia do Norte indica que continua sendo uma das suas principais prioridades. O arsenal de mísseis balísticos agora inclui mais de 500 SCUDs de vários tipos. Eles continuam a produzir e a instalar No Dongs de médio alcance, capazes de atingir as bases norte-americanas no Japão. Pyongyang está desenvolvendo mísseis de múltiplos estágios com o objetivo de ter sistemas capazes de atingir os EUA. Eles testaram o Taepo Dong 1, de 2.000 km de alcance e continuam trabalhando no Taepo Dong 2, de mais de 5.000 km de alcance."

Assim, a Coréia do Norte tem a capacidade de lançar ogivas de destruição em massa — nucleares, químicas e biológicas — utilizando mísseis que operam dentro de um teatro de operações, mísseis balísticos de médio alcance e, possivelmente, mísseis balísticos intercontinentais (capazes de atingir cidades norte-americanas). Uma rápida verificação da Guerra Coreana como parte da planejada Terceira Guerra Mundial revela que ela alastrará o pânico entre a população do mundo, levando todos a pensar que a Terra será destruída [Lemesurier, The Armageddon Script, pág. 223]. A expressão utilizada é: "A confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia, poderá, no fim do período, ameaçar a própria sobrevivência humana."

Esse cenário precisará envolver a China, que dará seu apoio à Coréia do Norte, ameaçando os EUA com uma guerra nuclear. Como o Exército norte-coreano está mobilizado e "aguardando, aguardando", como Nyquist observa no artigo mencionado anteriormente, podemos somente assumir que o momento para essa guerra começar está muito próximo. Se a WorldNetDaily sabe disso, podemos ter certeza que a CIA, a Casa Branca e o Departamento de Estado também sabem, é claro. Eles sabem que o tempo para a ação está chegando. Provavelmente, a Secretária de Estado, Madeleine Albright foi apenas verificar com os norte-coreanos para se certificar que conhecem bem o roteiro e se estão preparados para executá-lo.

Como a Guerra Coreana está prevista para iniciar logo após as grandes turbulências no Oriente Médio, ficamos intrigados em ver quais eventos ali continuam apontando em direção à guerra. Os israelenses estão se separando fisicamente dos palestinos e o Knesset, o Parlamento de Israel, logo votará uma medida que obrigará todos os colonos judeus a saírem das cidades e aldeias de maioria palestina. Esses são os precursores da guerra. Logo, Arafat explodirá o Domo da Rocha, lançará a culpa sobre os judeus, e a Terceira Guerra Mundial começará. Em seguida, a Coréia do Norte atacará a Coréia do Sul e a China invadirá Taiwan.

Os Illuminati realmente terão sua planejada Terceira Guerra Mundial. Mateus 24 será cumprido, e o "bebê" Anticristo será produzido. Estamos mesmo no fim dos tempos.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 14/12/2000
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1426.asp