Escolha uma cor para o fundo:  

Teria a Nova Tecnologia dos Mísseis Russos Tornado Obsoleta a Marinha Norte-Americana?

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

O novo míssil supersônico russo SS-N-22 (codinome "Sunburn") é o mais veloz do mundo, pode transportar ogivas nucleares e é capaz de penetrar nas defesas antimíssil de uma esquadra. A China já adquiriu um lote desses mísseis para equipar seus novos destróieres, também de fabricação russa. Seria por isso que os comandantes militares chineses advertiram que se os EUA tentarem ajudar Taiwan, quando ocorrer a invasão, a Marinha norte-americana "morre"?

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Resumo da Notícia: "Aumenta o Atraso nos Mísseis: O Programa da Arma Supersônica do Pentágono para 2010", WorldNetDaily, http://www.worldnetdaily.com, por Charles Smith, artigo publicado em 3/10/2000.

"A despeito do desenvolvimento de uma nova geração de mísseis hipersônicos pelo Pentágono, de acordo com os analistas de defesa, os EUA ainda estão uma década atrás da Rússia no projeto de mísseis de alta velocidade. De acordo com a Agência de Projeto e Pesquisa Avançada de Defesa, as forças armadas dos EUA estão desenvolvendo um novo míssil robô hipersônico que, segundo se informa, poderá voar em uma velocidade até seis vezes maior que a do som e armado com bombas inteligentes. A nova arma, chamada ARRMD (de Advanced Rapid Response Missile Demonstrator), está sendo projetada para voar a 6.400 km/h e atingir alvos a dezenas de quilômetros de distância em apenas alguns segundos."

Uau!! Esse tipo de arma seria devastadora e poderia penetrar em qualquer sistema de proteção conhecido. Um míssil que voa a 6.400 km/h é tão rápido que nem os computadores do sistema de defesa mais sofisticado poderiam reagir rapidamente o suficiente para disparar um antimíssil e derrubá-lo antes que faça o navio em pedaços. Graças a Deus nós é que estamos trabalhando no projeto desse míssil, e não os russos ou chineses. Certo? Errado!!

"Apesar disso, os analistas de defesa concordam que os EUA estão uma década atrasados em relação à Rússia no projeto de mísseis de alta velocidade. A Rússia atualmente emprega e exporta o míssil supersônico SS-N-22 Moskit, codinome "Sunburn". O SS-N-22 é considerado o míssil antinavios mais letal que existe e voa a uma velocidade equivalente a 2,5 vezes a do som, a poucos metros acima da superfície da água do mar." [Nota: Essa velocidade corresponde a aproximadamente 1 km/s.].

Espere um minuto! Você quer dizer que a Rússia não somente tem esse tipo de míssil, mas já o está utilizando e exportando para outros países? Isso significa que a China pode ter esse míssil? Significa que tanto a Rússia quanto a China poderiam ser capazes de utilizar esse míssil na vindoura e planejada Terceira Guerra Mundial?

"O míssil Sunburn já foi vendido à China. Os SS-N-22s fazem parte de uma recente aquisição chinesa de dois destróieres da classe Sovremenny. Cada belonave está equipada com dois lançadores quádruplos de SS-N-22, fornecendo oito mísseis por destróier. De acordo com a documentação da Marinha norte-americana, cada míssil Sunburn pode ser armado com uma ogiva nuclear equivalente a 200.000 toneladas de TNT. As primeiras notícias sobre ogivas nucleares nos novos mísseis antinavios chineses foram publicados pela WorldNetDaily em 1999."

Meu horror ao descrever que a China e a Rússia possuem esse tipo de armamento é muito grande, sabendo da planejada Terceira Guerra Mundial e dos papéis que estão reservados para essas nações executarem. Posso lembrar as veladas ameaças do ex-presidente russo Boris Yeltsin que a Rússia ainda deve ser temida e respeitada, apesar de seus grandes problemas econômicos. Posso lembrar as ameaças dos líderes militares chineses que, se os EUA intervierem em uma batalha a favor de Taiwan, nossa Marinha morrerá, e que talvez possamos até mesmo perder Los Angeles. Esse artigo prova que a China e a Rússia estão cooperando entre si, e não sendo inimigas ou neutras uma em relação à outra. Veja:

"O Sunburn provoca grandes preocupações no Pentágono." A aquisição chinesa do SS-N-22 está fornecendo ao Exército de Libertação do Povo conhecimentos sobre a tecnologia russa de jatos, que poderá ser aplicada ao novo programa estratégico chinês de mísseis de longo alcance. A China já testou anteriormente um míssil supersônico baseado nos mísseis terra-ar SA-4 e SA-6, produzidos pela Rússia.

Esse artigo demonstra, sem dúvida, que a Rússia e a China estão atualmente cooperando entre si contra os EUA. As reuniões de cúpula entre os líderes de ambos os países estão ocorrendo em todos os níveis, incluindo no nível mais alto, entre os atuais líderes da Rússia e da China. É risível que o presidente Clinton tenha declarado repetidas vezes que "A China não é uma ameaça" e nem a Rússia. Poderemos morrer porque esse presidente comunista/Iluminista atuou com essa crença.

Vamos continuar examinando esse artigo:

"Em julho de 1999, o analista de defesa Richard D. Fisher fez uma avaliação do míssil Sunburn, de fabricação russa, que estava sendo vendido à China. Fisher, que trabalha para a Fundação Jamestown, uma respeitável instituição sediada em Washington, informou que o SS-N-22 pode atingir uma velocidade de mergulho de Mach 4.5, o que o ajudaria a escapar das defesas navais americanas. O míssil Sunburn é talvez a arma antinavios mais letal que existe no mundo", escreveu Fisher em uma análise sobre a Marinha chinesa. O Sunburn combina uma velocidade de Mach 2.5 com um padrão de vôo de nível muito baixo, que usa manobras violentas para escapar das defesas. Após detectar o Moskit se aproximando, o sistema ponto de defesa Phalanx, da Marinha americana tem apenas 2,5 segundos para calcular uma alternativa de fogo — não é tempo suficiente para impedir o impacto devastador de uma ogiva de 350 kg."

Agora podemos começar a compreender o efeito que esse tipo de arma pode ter sobre a Marinha norte-americana. Se esse míssil tem uma velocidade de vôo tão alta, o sistema ponto de defesa Phalanx da Marinha não terá tempo suficiente para calcular uma solução e abrir fogo para destruir o míssil antes que ele atinja um dos navios da esquadra.

Mas, o que aconteceria se uma dessas armas estivesse equipada com uma ogiva nuclear, em vez de uma convencional? O que aconteceria se um ou mais desses mísseis estivesse equipado com uma ogiva do tamanho mencionado anteriormente, equivalente a 200.000 toneladas de TNT? Essa terrível possibilidade é discutida em outro artigo.

"Os EUA Monitoram a Capacidade Chinesa do Primeiro Ataque; Mísseis Nucleares Prontos Para Serem Utilizados nos Destróieres", http://www.worldnetdaily.com, artigo escrito por Charles Smith, publicado em 11/11/2000.

"O Pentágono está investigando as informações que a China equipará com mísseis nucleares seus dois destróieres da classe Sovremenny, de fabricação russa, os quais, de acordo com um especialista em defesa, são navios de guerra projetados para iniciar uma guerra nuclear. Os primeiros informes sobre as ogivas nucleares nos novos mísseis antinavios chineses apareceram em um novo livro chamado Red Dragon Raising [A Ascensão do Dragão Vermelho]. De acordo com o co-autor do livro, William Triplett, cada um desses destróieres chineses está equipado com oito mísseis antinavios SS-N-22 Moskit, de fabricação russa — cada um deles equipados com ogivas nucleares equivalentes a 120.000 toneladas de TNT. 'Os destróieres da classe Sovremenny são estritamente uma plataforma de ataque', disse Tripplet em uma entrevista à WorldNetDaily."

Meus anos no Serviço de Inteligência do Exército norte-americano me ensinaram que, quando é feita uma revelação ao público sobre uma nova capacidade, significa que sua utilização já começou. Como esse segundo artigo foi publicado em 11 de novembro, baseado em um livro escrito antes ainda, podemos assumir que a China já esteja utilizando esse temível armamento. Na verdade, o artigo diz que os chineses já estão com seus destróieres em operação.

"De acordo com o Instituto Naval dos EUA, em agosto de 1999, o primeiro dos dois destróieres da classe Sovremenny, de 8.480 toneladas, construídos para a China realizaram seus testes no mar Báltico. Cada belonave Sovremenny está armada com oito mísseis supersônicos SS-N-22 Moskit (codinome 'Sunburn')... Em 1996, a Marinha chinesa negociou a compra do Yekaterinburg e outro destróier da classe Sovremenny, chamado Alexander Nevsky. O Yekaterinburg deverá ser entregue no fim de 1999 e o segundo destróier no fim de 2000."

Sabemos que a Marinha chinesa está de posse de um desses destróieres desde o "fim de 1999", e como estamos atualmente no fim de 2000, a China já tem seu segundo destróier no mar neste momento. Isso significa que ela tenha dezesseis mísseis supersônicos Sunburn em seu arsenal, cada um equipado com ogivas nucleares. Vamos continuar com esse segundo artigo:

"Tripplet também diz que os mísseis nesses novos navios de guerra estão equipados com ogivas nucleares. Cada ogiva é seis vezes mais poderosa que a bomba atômica que destruiu Hiroshima. Os novos mísseis foram projetados especificamente para destruir os porta-aviões norte-americanos e os cruzadores Aegis com uma única explosão nuclear."

Estamos agora no ponto em que podemos compreender a importância das informações desses dois artigos. A Marinha norte-americana pode ter se tornado obsoleta ao ponto de nossos navios estarem vulneráveis, em vez de serem belonaves sofisticadas, capazes de derrotar qualquer inimigo no mundo. Se a China disparasse apenas três mísseis, cada um com uma ogiva nuclear de 120.000 toneladas de TNT, e os detonasse no ar logo acima da nossa esquadra, um porta-aviões, os cruzadores Aegis e todos os demais navios do Grupo de Batalha seriam aniquilados imediatamente. A perda de vidas humanas seria total. O povo norte-americano entraria em pânico, ao receber as notícias de guerra em todo o mundo, a terrível perda de vidas dos familiares, haveria o colapso econômico e ameaças contra nossas cidades.

Essa nova capacidade naval deve estar por trás da advertência dos líderes chineses que é melhor não defendermos Taiwan, ou nossas forças navais "morrem". Temo muito pela segurança das forças armadas americanas na vindoura Terceira Guerra Nuclear. Temos como presidente um comunista/Iluminista, Bill Clinton [Leia o artigo N1315, "Bill Clinton Much More Than a 'Stealth' Comunist President: He is an Illuminist" no site da The Cutting Edge.] Quando decisões cruciais precisarem ser tomadas para defender nossas forças armadas contra o ataque de um inimigo, Bill Clinton dará a ordem? Se sabemos que esses navios chineses estão começando a serem equipados com mísseis nucleares e podem dispará-los para detonação acima de um porta-aviões norte-americano, Bill Clinton fará tudo o que estiver a seu alcance para diplomática ou militarmente dissuadir os chineses de atacar?

Afinal, Clinton não somente é um comunista/Iluminista, mas também, como está provado, recebeu muito dinheiro do governo chinês para sua campanha presidencial em 1996, que pode ser considerado como "comprado". Ele ordenará uma resposta americana maciça para proteger nossa esquadra e nossos bravos e competentes soldados e marinheiros?

Tenho outra preocupação: um dos elos mais consistentes nos livros de Nova Era e Nova Ordem Mundial, é que os líderes globalistas da Nova Ordem Mundial consideram que sua lealdade pessoal é para governo global que estão criando, e não para o governo nacional do qual são cidadãos. Todos os presidentes norte-americanos, desde Woodrow Wilson até William Clinton foram globalistas por dentro. Eles não eram patriotas, embora certamente tentassem se mostrar assim. Consideravam o patriotismo um obstáculo sério ao estabelecimento de seu sistema global e fizeram de tudo para debilitar e destruir o patriotismo na mentalidade da população. Assim, há várias décadas, as escolas americanas vêm ensinando os valores de um governo global. Muitas pessoas não são mais patriotas firmes e ardorosos, como foram seus antepassados.

Clinton e outros que lideram o povo americano para a Terceira Guerra Mundial planejada para produzir o Anticristo e dissolver nossa forma de governo republicano, consideram o patriotismo o maior inimigo. Na verdade, esses líderes vinculam o patriotismo americano aos defensores do direito de possuir armas. Poderia ser possível que nossas tropas sejam levadas à batalha de uma maneira inepta para que sejam totalmente aniquiladas?

Um dos grandes choques que tive foi perceber que os principais almirantes estão tão comprometidos com a Nova Ordem Mundial quanto nossos líderes civis. Em junho de 1999, participei de uma Conferência Estratégica no Colégio de Guerra Naval, e saí de lá balançando minha cabeça, sem saber mais se nossos líderes militares juram fidelidade a este país primeiro e às suas tropas em segundo lugar.

Assim, minha próxima pergunta é: Nossos líderes Iluministas conduzirão as tropas americanas de uma forma que elas sejam totalmente aniquiladas?

Certamente, o último e maior bastião de patriotismo americano e da defesa da posse de armas são nossas forças armadas. O Plano prevê que os militares americanos de todas as forças sejam mobilizados e deslocados para fora do país durante a contínua expansão dessa Terceira Guerra Mundial, de forma que o país fique sem quaisquer forças nativas. Quando a guerra no Oriente Médio for deflagrada, unidades da Marinha e da Força Aérea serão deslocadas rapidamente para a região para "proteger nossos interesses". Quando a Coréia do Norte atacar a Coréia do Sul, tropas norte-americanas, unidades da Marinha e da Força Aérea serão apressadamente deslocadas para lá. Na verdade, um documento do Ministério da Defesa sul-coreano, publicado em 5 de dezembro de 2000, dizia que um total de 690.000 soldados americanos serão deslocados rapidamente para a Coréia do Sul, incluindo 160 belonaves [mais da metade do número total de navios] e 1.600 aviões.

Quando ocorrer toda essa mobilização, virtualmente nenhuma tropa de nenhuma força permanecerá no país. Portanto, quando ocorrerem os grandes distúrbios civis nas cidades, e saírem de controle, não teremos unidades da Guarda Nacional aqui para restaurar a ordem. O presidente não terá escolha senão apelar para as Nações Unidas, solicitando o envio de tropas estrangeiras para restaurar a ordem. Você pode ler os detalhes completos desse desembarque de tropas estrangeiras neste país lendo o artigo N1270, disponível no site da The Cutting Edge.].

Se um grande número de patriotas americanos das forças armadas forem deliberadamente aniquilados, então os líderes globalistas Clinton, Gore, Bush e Trent Lott — para citar apenas alguns — terão muito menos com que se preocupar com relação ao controle de armas. A resistência aos esforços para dissolver nosso governo e suspender nossas liberdades será grandemente diminuída sem a presença de todos esses homens aqui para fazer oposição. Um número muito menor de casas que contêm armas precisarão ser tomadas à força, casa por casa, se um grande número de patriotas americanos morrer na Coréia, no Oriente Médio e nos mares em volta de Taiwan.

Se você acha que nem mesmo Clinton seria capaz de perpetrar essa atrocidade, considere estas citações de escritos Iluministas. São citações do livro Behold a Pale Horse [leia a resenha], de Bill Cooper, ex-membro da Inteligência Naval dos EUA.

Os Iluministas estão procurando "alguns homens bons", que tenham as seguintes características:

"A solução para os problemas atuais requer uma abordagem totalmente fria, sem preocupações com valores religiosos, morais ou culturais. Você foi aprovado para este projeto por causa da sua capacidade de olhar para a sociedade humana com fria objetividade... sem perder a discrição ou a humildade." [pág. 37].

"A guerra é, portanto, o equilíbrio do sistema, matando-se os verdadeiros credores..." [pág. 43].

"Tome o controle do mundo pelo uso das 'armas silenciosas' da economia em uma forma de 'guerra silenciosa' e reduza a indutância econômica para um nível seguro por meio de um processo de escravidão benevolente e de genocídio... É deixado para aqueles poucos, que estão realmente dispostos a pensar e a sobreviver como os mais fortes, sobreviver..." [pág. 49].

No período de tempo que levará ao aparecimento do Anticristo, os Iluministas decidiram "aumentar a taxa de mortalidade... uma guerra muito curta, porém mortal globalmente, em que o uso de armas nucleares contra grandes concentrações de população foi contemplada, e para dizer a verdade, não foi descartada." [pág. 67].

"Para reduzir a população rapidamente... é necessário enviar todos os homens à luta a matar um número significativo de mulheres férteis, em idade reprodutiva." [pág. 171].

Você já observou quantas mulheres americanas — jovens em idade reprodutiva — ingressaram nas forças armadas? Lembro claramente que a luta para incluir as mulheres americanas em posições de combate nas forças armadas foi travada no fim dos anos 70 até meados dos anos 80, e foi liderada por feministas radicais no Congresso e por membros de grupos feministas. Essas feministas eram claramente parte de um esquema Iluminista; fico imaginando se tinham esse conceito em mente quando lutaram tão vigorosamente pelo direito de as mulheres americanas morrerem ao lado dos homens nessas próximas guerras.

Este é o Plano. Acredito que quando a planejada Terceira Guerra Mundial for deflagrada com força total, veremos todos os homens americanos serem mobilizados para a luta e, possivelmente, para nunca mais voltar para casa. É a realidade. Não estou tentando amedrontá-lo; pelo contrário, estou tentando alertá-lo para o que está planejado para você, para que esteja espiritualmente preparado quando tudo isso irromper com força total.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 30/4/2001
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1449.asp