O Poder Inerente do Evangelho e Seu Fruto Espiritual

Se o Diabo ocupasse o púlpito de uma igreja e pregasse o evangelho, almas poderiam ser salvas? Se ele realmente fizesse isso, deveria ser repreendido pela sua pregação? O bem realizado compensaria todo o mal?

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Talvez você pense consigo mesmo que a situação inacreditável descrita no subtítulo seria blasfêmia! No entanto, pode ter certeza que a pergunta é válida, e as possibilidades o deixarão surpreso.

Para encontrarmos uma base sólida nas Escrituras para nossa tese, precisamos apenas consultar Isaías 55:11, que diz o seguinte:

"Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei."

A partir desse verso, aprendemos que a Santa Palavra de Deus irá, sem falhar, realizar o propósito pretendido por ele. A mensagem do evangelho, as "boas novas" da obra expiatória de Cristo na cruz pelos nossos pecados — é ao mesmo tempo simples e "dinamite" sobrenatural. É simples, pois é curta e vai direto ao ponto, e é sobrenatural, pois realiza o trabalho com um poder que não é humano em sua origem.

Para aqueles que têm dúvidas sobre a natureza exata do evangelho, ela está exposta em toda sua simplicidade em 1 Coríntios 15:1-8:

"Também vos notifico, irmãos, o evangelho que já vos tenho anunciado; o qual também recebestes, e no qual também permaneceis. Pelo qual também sois salvos se o retiverdes tal como vo-lo tenho anunciado; se não é que crestes em vão. Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também. Depois foi visto por Tiago, depois por todos os apóstolos. E por derradeiro de todos me apareceu também a mim, como a um abortivo."

A mensagem central (as boas novas do evangelho) que Paulo está referenciando, encontra-se nos versos 3 e 4 — "... que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras..." Essa é a mensagem do evangelho em sua inteireza, curta e doce! Essa é a mensagem miraculosa que "virou o mundo de cabeça para baixo" [Atos 17:6] e que ainda hoje chama e salva o povo de Deus de seus pecados. A brevidade e a simplicidade da mensagem são intencionais e foram planejadas por Deus para magnificar o milagre do renascimento espiritual (leia 1 Coríntios 2) e os pastores que "floreiam" a mensagem com excessiva oratória estão em erro. A mensagem é tão simples que até uma criança pode repeti-la para seus amiguinhos — e Deus operará seu milagre da graça, se assim decidir.

Portanto, é óbvio que se Satanás falar essas palavras aos ouvidos humanos, Deus certamente abençoará as palavras e as usará para chamar suas ovelhas. Mas, acreditamos que isso já tenha acontecido? Sim, é claro! Sem sombra de dúvidas!!!

Lembre-se que Satanás pode aparecer como "um anjo de luz" e seus ministros também podem atuar como se fossem ministros da justiça.

"Mas temo que, assim como a serpente enganou Eva com a sua astúcia, assim também sejam de alguma sorte corrompidos os vossos sentidos, e se apartem da simplicidade que há em Cristo... Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." [2 Coríntios 11:1,13-15; ênfase acrescentada].

Além disso, sabemos que o Falso Profeta de Apocalipse 13:11-18 parecerá ser um cristão, e será aceito como tal pela população, que o verá como um grande líder cristão. Veja a profecia bíblica: "E vi subir da terra outra besta, e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; e falava como o dragão."

"... e tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro..." — os eruditos bíblicos são unânimes em afirmar que isso significa que o Falso Profeta, que servirá tão bem ao Anticristo, e que exercerá os mesmos poderes ocultistas, afirmará ser um cristão, e será amplamente aceito como tal. Os falsos profetas e falsos líderes religiosos são muito perigosos justamente por que parecem ser ministros da justiça e genuínos; misturam uma boa quantidade de verdade com um pouco de erro; incentivam as pessoas a negligenciarem o erro e se concentrarem apenas na verdade que falam, sabendo que elas não se lembrarão da advertência bíblica que apenas um pouco de fermento faz levedar toda a massa. [1 Coríntios 5:6].

Somente Deus sabe com certeza quantas vezes o próprio Diabo (ou um de seus anjos caídos) ocupou (e ocupará) os púlpitos das igrejas em todo o mundo! Acreditamos que ele tenha feito isso com indisposição e com grande relutância, permitindo que algumas almas genuinamente viessem a Jesus Cristo, como um preço que aceitou pagar para condenar as almas de outros!

Pense nisto — a mensagem do evangelho é tão simples que nem o Diabo nem seus apóstatas podem evitá-la totalmente em sua busca para enganar e manter calados aqueles que conhecem o que a Palavra de Deus diz. Essa é a principal razão por que os apóstatas farão o melhor que puderem para levar as congregações para longe da Bíblia. Se seu pastor não enfatiza as Escrituras acima de todas as coisas, na melhor das hipóteses ele é um tolo, e na pior, é alguém que está a caminho para o inferno! Para enfatizar esse princípio, o apóstolo Paulo nos diz o seguinte:

"Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho anunciado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema." [Gálatas 1:8-9].

A palavra anathema, que foi traduzida como "anátema", significa no grego "banir", ou "excomungar". Em outras palavras, Paulo está invocando o julgamento de Deus de condenação sobre qualquer pessoa que se atreva a pregar uma mensagem do evangelho diferente! Essa severa advertência destina-se a destacar a mensagem simples e torna extremamente difícil para qualquer pessoa evitá-la completamente, mesmo se estiver conscientemente tentando levar as pessoas em um caminho diferente. Existem muitas evidências no anedotário em livros e sermões (freqüentemente relatos em primeira pessoa) que substanciam firmemente a afirmação que muitos pregadores não-convertidos pastorearam congregações durante vários anos e só mais tarde é que realmente se converteram! Nesses relatos, eles freqüentemente mencionam que levaram outras pessoas a Cristo, antes mesmo de eles próprios terem ido a Cristo! Tecnicamente falando, esses homens eram escravos de Satanás naquele tempo e estavam sob seu controle, enquanto não eram regenerados. [Efésios 2:2] Portanto, o fruto espiritual foi produzido para Cristo a despeito dos melhores esforços do Diabo! Lembre-se, o que importa é a mensagem, não o mensageiro.

Agora, voltando à premissa na sinopse deste artigo: Os cristãos deveriam "repreender e redarguir" [2 Timóteo 4:2] o espírito maligno que inadvertidamente produziu fruto? O "bem" que é produzido compensa o mal inerente na forma como foi produzido? O fim justifica os meios? Se você tende a aceitar essa filosofia ética, pode ficar surpreso em saber que esse ponto de vista é chamado de "casuísmo" e foi em certo sentido a filosofia jesuíta que esteve por trás da Inquisição realizada pela Igreja Católica Romana, que matou um número estimado de oito milhões de cristãos nascidos de novo! E precisamos responder com a admoestação que nunca é certo proceder da forma errada. No entanto, algumas pessoas certamente replicarão dizendo, "E as almas que são salvas — como pode haver algo de errado?" A resposta é muita coisa!! Depende apenas de como olhamos para isso.

Você preferiria ter nascido em uma família amorosa e cuidadosa, recebendo uma boa formação, ou em uma família sem qualquer preocupação em formar o caráter cristão, sem receber amor nem cuidados? Não posso falar por você, mas eu preferiria muito mais a primeira situação! Deus trabalha de formas misteriosas suas maravilhas e, em sua soberania, algumas vezes permite que os santos nasçam em famílias e ambientes espiritualmente muito deficientes. Esses convertidos encontram-se como "bebês em Cristo", no meio de uma massa de gente que professa a Cristo — mas na realidade não o conhece — e por causa disso, suas chances de crescimento espiritual positivo são pequenas, ou nenhuma. Como resultado, elas permanecem espiritualmente imaturas, não dão testemunho de Cristo de forma eficiente, e podem acabar no final sem galardão algum quando forem julgadas no Tribunal de Cristo. Embora não seja uma falha delas próprias, foram "lançadas aos lobos" em seu nascimento espiritual e sofreram por causa disso. São salvas? Sim, e esse aspecto é maravilhoso, mas a que custo a elas pessoalmente por causa das circunstâncias?

O pastor e a congregação apóstata não têm a terrível responsabilidade por se envolverem em fornicação espiritual? São culpados de cumplicidade pela vida espiritual que surge no meio de condições erradas e terríveis? É claro que sim! A mensagem do evangelho foi pregada por um falso cristão a um grupo de falsos cristãos, mas uma das ovelhas eleitas de Deus ouviu a mensagem correta no lugar errado e respondeu a ela — uma boa coisa, mas ao mesmo tempo algo triste, por causa do ambiente pecaminoso em que ocorreu. Mais triste ainda é a atitude que diz: "Bem, a alma foi salva, não foi?" — como se insinuasse que aquela alma poderia não ter sido salva se não fosse pelos esforços daquele povo infiel! Ouçam-me, amigos, Deus vai salvar cada uma de suas ovelhas e nem uma delas será perdida [João 6:37,39; 10:27-29]. Em João 17:2, o Senhor diz muito claramente que dará vida eterna a tantos quantos o Pai lhe deu e em Efésios 1:4, Paulo diz em termos igualmente claros, que os eleitos de Deus foram "escolhidos em Cristo antes da fundação do mundo". Romanos 8:31-39 diz que nada poderá nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor. Nossa responsabilidade no evangelismo é alcançar os eleitos usando a mensagem e os métodos de Deus. E ai daqueles que presumem que possam pregar sem o benefício do Espírito Santo e sem salvação pessoal em Cristo — particularmente os apóstatas bem cientes do que estão fazendo.

Nosso recente boletim referente ao novo livro da Dra. Cathy Burns, Billy Graham and his Friends gerou uma grande quantidade de mensagens de correio eletrônico — a maior parte negativa, como já esperávamos, pois Billy Graham é consistentemente avaliado pelas pesquisas de opinião pública, ano após ano, como sendo um dos dez homens mais respeitados do mundo. No entanto, somente esse fato deveria revelar a qualquer cristão que conhece bem sua Bíblia que algo está errado, pois o mundo odeia os genuínos pregadores da verdade de Deus! Especialmente neste fim dos tempos, as pessoas desprezarão o homem de Deus destemido e que não contemporiza!

"Se vós fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que o mundo vos odeia." [João 15:19].

Na verdade, todos os cristãos podem esperar tribulações, se realmente viverem para Cristo, como diz o verso a seguir:

"E também todos os que piamente querem viver em Cristo Jesus padecerão perseguições." [2 Timóteo 3:12].

O que esse verso infere é que "Se você não está sofrendo perseguições, é por que não está vivendo piamente em Cristo Jesus."

Assim, o que podemos entender? Como pode Billy Graham manter sua enorme popularidade se está proclamando fielmente o evangelho e pregando contra o pecado sem contemporizar? A resposta deve ser bem óbvia.

E aqueles que estão protestando mais alto têm algo em comum — uma descarada opinião do "e daí" quando são confrontados pelas atividades ecumênicas de Billy Graham. E se ele estiver flertando com o papa? E se estiver ativamente envolvido há cinqüenta anos na criação da igreja global destinada a ser usada pelo Anticristo? E se rotineiramente envia muitos daqueles que respondem aos apelos em suas cruzadas às igrejas apóstatas, para que aprendam que Jesus Cristo não é realmente Deus e que a Bíblia não deve ser interpretada literalmente — olhe para as almas que Billy Graham já levou a Cristo! Isso é pragmatismo no que há de pior — obtivemos "bons" resultados, de modo que a viagem passando pelo inferno valeu a pena.

Você sabia que essa atitude é um dos principais conceitos que forma o comunismo? "O fim justifica os meios". Lênin disse: "Os bons fins justificam os maus meios". "Se certo bem resulta do ministério de um homem, o que importa se seus métodos são maus?"

Como Ann Landers, um ícone do jornalismo, costumava dizer em sua coluna, "Acorde e sinta o cheiro do café!"

Mesmo que algumas almas tenham sido salvas por meio da pregação de Billy Graham, essa maravilhosa realidade não justifica nem corrige o fato que suas atividades, fora das cruzadas, levam muitas pessoas ao inferno. É verdade que a estrada para o inferno está pavimentada pelas boas intenções", mas também é verdade que "a estrada para o inferno está pavimentada por paralelepípedos alternados Verdade e Erro".

Neste fim dos tempos, precisamos estar bem cientes desse fato espiritual, pois Deus certamente está ciente e presta atenção aos métodos.

Verdadeiramente, o fim dos tempos, com toda a enganação espiritual está aqui sobre nós, e está atingindo força total.



Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 26/3/2002
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1605.asp