Escolha uma cor para o fundo:  

A Proteção "Anel de Fogo" Nuclear do Presidente Bush

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

A revelação que o Pentágono está elaborando planos de contingência para o uso de armas nucleares contra sete países indica a criação de um anel de proteção nuclear ao redor de Israel. Entenda as verdadeiras razões subjacentes.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

Resumo da Notícia: "EUA Preparam Armas Nucleares Contra Sete Países: O governo do presidente Bush, em um relatório confidencial, propõe uma estratégia contra pelo menos sete países: China, Rússia, Iraque, Irã, Coréia do Norte, Líbia e Síria", Paul Richter, Los Angeles Times, matéria reproduzida pelo jornal O Estado de S. Paulo, em 10/3/2002, em http://www.estado.estadao.com.br/editorias/2002/03/10/int008.html

"O governo do presidente americano, George W. Bush, determinou que os militares preparem planos de contingência para o uso de armas nucleares contra pelo menos sete países e desenvolvam armas nucleares menores para utilização em determinadas situações de combate, segundo um relatório secreto do Departamento de Defesa obtido pelo Los Angeles Times. O relatório secreto, que foi entregue ao Congresso em 8 de janeiro, diz que o Pentágono precisa estar preparado para usar armas nucleares contra China, Rússia, Iraque, Coréia do Norte, Síria, Irã e Líbia. Diz que tais armas podem ser usadas em três tipos de situações: contra alvos capazes de resistir a um ataque nuclear; em retaliação por um ataque com armas atômicas, químicas ou biológicas; ou "no caso de um acontecimento militar surpreendente".

Na Inteligência Militar dos EUA, aprendi a verdade sobre os pronunciamentos públicos do governo. Primeiro, quando uma nova arma ou uma nova capacidade é tornada pública, a realidade é que o governo já a possui há pelo menos dez anos; em segundo lugar, o Pentágono já tem planos traçados para qualquer contingência conhecida pelo homem, portanto, certamente tem planos nucleares definidos contra esses países.

Já que esse é o caso, então por que a administração Bush fez esse pronunciamento que causou tanta perturbação entre as demais nações do mundo?

A razão mais plausível para esse pronunciamento ter sido feito agora é que o presidente Bush quer enviar um poderoso sinal a todas as partes no Oriente Médio — e às principais nações nos arredores — que os EUA estão preparados para usar seu armamento nuclear para defender seus interesses dentro e ao redor de Israel.

De fato, acredito que o presidente Bush acabou de lançar o poderio nuclear norte-americano ao redor de Israel, para protegê-lo no caso de uma guerra. Talvez Bush e seus assessores acreditem que o Irã, Iraque, Egito e a Síria serão mais cautelosos quanto a atacarem Israel em uma investida bélica combinada se souberem do apoio norte-americano a Israel em termos claros e inconfundíveis. Entretanto, contrapondo-se a essa lógica está o fato que Israel já possui capacidade de bombas nuclear e de nêutron suficientes para aniquilar todos esses países; Israel certamente não precisa das ameaças das armas nucleares dos EUA para fazer as nações árabes perceberem que estariam condenadas numa guerra como essa.

No entanto, esses países estão se preparando para a guerra total contra Israel. Veja um relatório da própria Câmara dos Representantes dos EUA quanto à próxima guerra árabe-israelense, pois você verá esses mesmos países serem mencionados.

Resumo da Notícia: "A Próxima Guerra Árabe Israelense", Emanuel A. Winston, analista e comentarista sobre o Oriente Médio, The Jewish Press, semana de 31/1/1997, vol. XLVII, no. 5, págs. 43 e 53.

"Em meados de janeiro, um relatório aterrorizador, porém não surpreendente, foi revelado ao público. Datado de 10/12/96, compilado e pesquisado pelo Grupo de Trabalho Sobre Terrorismo e Guerra Não-Convencional da Câmara dos Representantes dos EUA, e intitulado 'Tratando o Novo Ciclo de Luta Árabe-Israelense'... Em resumo, esse relatório diz que países como Síria, Irã, Iraque, Paquistão e Egito estão planejando e se preparando para uma guerra final e devastadora de aniquilação contra Israel. Isso inclui a aquisição de armas nucleares, biológicas e químicas, em combinação com armas convencionais, como tanques, aviões e soldados, tudo em uma quantidade maciça." [pág. 43].

Dessa forma, nosso governo sabe desde 10/12/1996 que esses países estão planejando uma guerra esmagadora contra Israel. Sabemos que o Pentágono delineou planos de guerra sob qualquer cenário possível contra todos os países ao redor de Israel. Já que esse é provavelmente o caso, então por que Bush fez esse pronunciamento somente agora?

Vamos olhar para o mapa da região e analisar cada um dos países mencionados nesse artigo referido. Achamos terrivelmente interessante, à luz da profecia bíblica de guerra aberta no Oriente Médio durante o fim dos tempos [Joel 2-3], que todos esses países, exceto um, estejam localizados no Oriente Médio ou em seus arredores:

China — Conforme informamos no artigo N1602, a China já construiu a estrada pela qual avançará suas forças até o Oriente Médio para atacar Israel. Apocalipse 16:12 não somente prediz uma invasão dos "reis do oriente", que a maioria dos estudiosos da Bíblia identifica como sendo a China, mas o plano da Nova Ordem Mundial para produzir o Anticristo inclui exatamente esse tipo de planejamento. Veja o plano ocultista em detalhes:

"Um confronto nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia poderá, perto do fim do período, ameaçar a própria sobrevivência humana. E, acima de tudo, haverá a grande guerra chinesa... As forças chinesas eventualmente alcançarão o Oriente Médio..." [Peter Lemesurier, The Armageddon Script, pág. 223, leia a resenha].

Portanto, podemos entender por que Bush quis advertir a China para não se envolver nessa luta conturbada entre Israel, Iraque e os EUA.

Rússia — Neste exato momento, as tropas russas estão lutando numa guerrilha, enfrentando os rebeldes muçulmanos da Chechênia. Se você olhar o mapa, verá que a Chechênia está logo ao norte do Irã; a Rússia terá apenas de atravessar a pequena Geórgia para chegar ao Irã. Postulamos que a Rússia esteja lutando essa guerra na Chechênia apenas para avançar suas posições de homens e materiais para a sua eventual investida ao Oriente Médio. Ezequiel 38-39 prediz que a Rússia liderará um exército combinado de forças russas, européias e muçulmanas num ataque contra Israel. A Rússia desenvolveu e mantém laços militares e econômicos com cada um dos países muçulmanos mencionados na profecia de Ezequiel. Essa profecia está apenas aguardando o momento adequado para ser cumprida!

Iraque — Os EUA estão preparando um ataque aberto ao Iraque, manobrando suas forças neste exato momento em que escrevemos este artigo. O vice-presidente Cheney está em uma viagem diplomática de dez dias ao Oriente Médio, informando cada nação da região sobre a seriedade dos EUA nesse ataque, e garantindo que saibam o peso, profundidade e extensão da decisão americana. O serviço de notícias e análises DEBKAfile alertou em 10 de março que Bush havia decidido usar armas nucleares para atacar o Iraque. Além disso, o DEBKAfile relembrou que, em 22 de fevereiro, John Bolton, o Subsecretário de Estado para o Desarmamento, afirmou que os EUA haviam mudado sua política — agora utilizarão seus armamentos nucleares para atacar países que não possuem armas nucleares. Bush simplesmente reverteu a política norte-americana adotada por todos os presidentes desde Eisenhower! Essa mudança de política é enorme!

Em outras palavras, Bush alterou a política americana para poder atacar o Iraque com armas nucleares.

Novamente, somos recordados da profecia de Joel 2:30-31 sobre a guerra nas cercanias de Israel "antes que venha o grande e terrível dia do Senhor". Veja essa profecia:

"E mostrarei prodígios no céu, e na terra, sangue e fogo, e colunas de fumaça. O sol se converterá em trevas, e a lua em sangue, antes que venha o grande e terrível dia do Senhor."

Essa referência a "colunas de fumaça" pode ser uma referência às nuvens na forma de cogumelo criadas pelas armas nucleares; além disso, as explosões nucleares lançam fumaça, poeira e escombros suficientes na atmosfera para escurecer o sol, e tornar a coloração da lua avermelhada. Todos esses são efeitos físicos demonstráveis das armas nucleares.

E, Deus diz que provocará esse tipo de guerra nas vizinhanças de Israel "antes" que o Anticristo apareça — "antes que venha o grande e terrível dia do Senhor"!

Caso você ainda não tenha reparado, o primeiro-ministro britânico Tony Blair levou a Grã-Bretanha à total cumplicidade com a política externa geral de George W. Bush, particularmente quanto a esse ataque ao Iraque. Blair parece ser um reflexo da liderança norte-americana, primeiramente do presidente Clinton e agora de George W. Bush.

A única dúvida é esta: A política referente a Israel, Jerusalém e a todo o mundo é gerada em Washington e seguida por Londres, ou é originada em Londres e seguida por Washington?

Perceba você ou não, essa é uma das questões mais pertinentes do momento, e é completamente respondida por Tim Cohen em seu livro de importância monumental The Antichrist and A Cup of Tea! Uma vez que você compreenda o que Cohen tem a dizer, realmente verá os eventos diários de um modo diferente. Conforme Cohen observa: "A monarquia britânica possui fortes laços de linhagem com os Illuminati... Os Illuminati são poderosas linhagens sanguíneas da elite de gerações de satanistas que manipulam o mundo por detrás dos bastidores... Os membros da realeza britânica descendem da dinastia merovíngia, a décima terceira e mais proeminente linhagem sanguínea dos Illuminati, a linhagem 'sagrada'." [pág. 81; ênfase adicionada].

A importância dessa revelação ficará evidente no fim deste artigo.

Irã — Há tempos Israel se preocupa com os iranianos. A preocupação é que o Irã obtenha armas nucleares ou algum outro armamento de destruição maciça. Israel se preocupa com a atitude terrivelmente destrutiva por parte do atual clero iraniano. O Irã tem se envolvido repetidamente em diversas tramas para destruir Israel e ajudar Arafat. Ele foi mencionado no relatório da Inteligência Interna de 1996, citado anteriormente, como participante no consórcio de nações que planejam aniquilar Israel. Finalmente, está profetizado em Ezequiel 38-39 que o Irã [Pérsia] participará da invasão de Israel liderada pela Rússia.

Síria — Quando o atual presidente Hassad assumiu como líder supremo da Síria após a morte de seu pai, vi inúmeros artigos declararem que, a partir de então, Israel e os EUA esperavam que as políticas sírias contra Israel se tornassem mais moderadas. Isso não aconteceu. Na verdade, a Síria assumiu um papel principal na preparação da guerra contra Israel. Os informes indicam que as unidades militares sírias estão posicionadas na fronteira com Israel, prontas para atacar a qualquer momento.

Informes recentes indicam que a Síria e o Iraque assinaram acordos secretos de apoio mútuo que obrigam um país a vir em defesa do outro no caso de invasão por outra nação.

Finalmente, estamos bem cientes da profecia de Deus acerca de Damasco. Veja:

"Peso de Damasco. Eis que Damasco será tirada, e já não será cidade, antes será um montão de ruínas." [Isaías 17:1].

Os arqueólogos chamam Damasco de "a mais antiga cidade continuamente ocupada do mundo". Nunca houve um período de tempo em que Damasco ficou desabitada; portanto, essa profecia de destruição — esse "peso" de destruição — refere-se a um futuro próximo.

Líbia — À primeira vista, parece ridículo que Bush inclua a Líbia em sua relação de alvos nucleares; entretanto, quando você olha para o mapa, vê que a Líbia faz fronteira com o Egito, que é uma das maiores ameaças a Israel, e nas últimas duas décadas, tem feito exercícios militares para simular ataques a Israel. Israel considera o Egito uma verdadeira ameaça. No entanto, atualmente o Egito está oficialmente a favor de Washington, e quase todo o mundo sabe disso. Assim, seria muito pouco provável que George W. Bush ameaçasse o Egito com a guerra nuclear. Entretanto, no mundo da ambigüidade do discurso diplomático, Bush ameaçou o Egito ao voltar sua retórica contra a Líbia. Acredite, o Egito entendeu o recado.

Como que para dar crédito ao fato de a Líbia estar nessa lista de alvos nucleares, apareceram alguns artigos recentes comentando sobre as iniciativas líbias dentro do mundo árabe. A Líbia está incluída na lista das nações que marcharão com os exércitos liderados pela Rússia contra Israel em cumprimento a Ezequiel 38-39, enquanto o Egito não é sequer mencionado. Esse fato profético é curioso quando você observa que a Líbia precisará atravessar o Egito para colocar-se em posição de atacar Israel. De alguma forma, esse atual estado de negociações resultará na destruição do Egito para que, quando a Líbia e a Etiópia marcharem pelo seu território, o Egito não esteja em condições de protestar.

Coréia do Norte — Esse país está na lista dos alvos nucleares de Bush por um bom motivo. Há quase uma década que dizemos que a Coréia do Norte desenvolveu armamentos de destruição em massa — nucleares, químicos e biológicos. Os especialistas concordam que a Coréia do Norte provavelmente já detém todos esses armamentos em seu arsenal. Bush precisava advertir a Coréia do Norte para não atacar a Coréia do Sul usando qualquer uma dessas armas.

Entretanto, sabemos que essa é precisamente a situação! Em The Armageddon Script, lemos: "Um confronto nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia poderá, perto do final do período, ameaçar a própria sobrevivência humana." [Lemesurier, pág. 223].

Detalhamos todos esses planos em diversos artigos disponíveis na sessão Terceira Guerra Mundial. Encorajamos você a ler esses artigos, pois a Coréia do Norte está definitivamente preparada para invadir a Coréia do Sul assim que os EUA estiverem totalmente engajados na guerra no Oriente Médio.

O Escudo de Proteção de Bush em Torno de Israel

Examine o mapa novamente. Você verá que o presidente Bush efetivamente desenhou um anel de proteção nuclear ao redor de Israel. Ele protegeu Israel ao norte — da Rússia e da Síria. Protegeu ao leste — do Iraque, do Irã e da China. E protegeu ao oeste e ao sul — do Egito e da Líbia.

Qual possível objetivo poderia ter o presidente Bush ao traçar essa proteção ao redor de Israel? Podemos apenas supor qual seria o propósito, mas o fato permanece. Embora proclame sua aceitação ao Islã, e insista que sua guerra global contra o terror não seja uma guerra contra o Islã, o presidente Bush tem diplomática e militarmente demonstrado exatamente o oposto.

No mundo atual, as forças ocultistas mais espiritualmente poderosas da Terra emanam da Grã-Bretanha, dos EUA e de Israel [Leia o artigo N1593, "Cidadão Judeu Americano Fica Indignado ao Ver o Presidente Bush Posicionado Diante da Bandeira de Israel" e o livro The Antichrist and a Cup of Tea para conhecer maiores detalhes]. Você não encontrará outras nações mais devotadas ao plano e poder dos Illuminati que a Grã-Bretanha, os EUA e Israel.

Juntas, essas três nações planejam unificar Jerusalém sob um controle internacional, reconstruir o Templo de Salomão no Monte do Templo, e estabelecer o reino de seu Cristo maçônico da Nova Era — o Hirão-Abi que foi ressuscitado pelo mestre maçom utilizando o Cumprimento da Pata do Leão! A lenda maçônica, em obediência à profecia bíblica, está guiando os eventos do dia.

O Anticristo está próximo, e a Grã-Bretanha, os EUA e Israel estão cooperando intimamente para permitir o aparecimento dele. No decorrer desse processo, o povo palestino [a Casa de Esaú] será aniquilado, e o Egito, a Síria e o Iraque serão devastados. Antes do período de sete anos da Tribulação terminar, está planejado que todos os muçulmanos morrerão nas mãos de Israel e dos EUA. Antes desse período de sete anos terminar, todas as profecias do livro do Apocalipse serão cumpridas.

Essa é uma grande parte do objetivo final dos Illuminati, e estamos observando seu progresso nas notícias do dia-a-dia.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Tradução: Eduardo Perez Neto
Data da publicação: 26/4/2002
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1628.asp