Do Gênesis ao Apocalipse a Bíblia Ensina Que Existe Uma Conspiração!



A Bíblia ensina que Satanás conspirará contra Deus, especialmente nos últimos dias, para tentar impor seu plano ao mundo, em vez de permitir que Deus estabeleça Seu Plano Divino.

Mostraremos agora que a Bíblia realmente ensina tal conspiração, que os cristãos deveriam estar esperando seu desenvolvimento e que a conspiração sobre a qual a Bíblia fala será traiçoeira!

Vamos começar definindo o termo "conspiração".

Conspiração: "Ato ou efeito de conspirar; maquinação, trama. Conluio secreto." Agora, vamos definir "traição".

Traição: "Crime de quem, perfidamente, entrega, denuncia ou vende alguém ou alguma coisa ao inimigo. Perfídia, deslealdade, aleivosia."

Ambas as definições são do Novo Dicionário Aurélio.

Ou a pessoa acredita que os eventos históricos acontecem como resultado de um planejamento ou que acontecem aleatoriamente, ao acaso. A Bíblia é muito clara quanto ao fato de que Deus controla os eventos mundiais. Dessa forma, um cristão deve se ater à crença que os eventos mundiais ocorrem como resultado da intervenção e do controle de Deus, o que Ele faz para que Seu plano para o mundo seja efetivado, ao invés do plano de Satanás.

Considere as seguintes Escrituras:

"Lembrai-vos das coisas passadas desde a antigüidade; que eu sou Deus, e não há outro Deus; não há outro semelhante a mim. Que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antigüidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho será firme, e farei toda a minha vontade. Que chamo a ave de rapina desde o oriente, e de uma terra remota o homem do meu conselho; porque assim o disse, e assim farei vir, eu o formei, e também o farei." [Isaías 46:9-11].

"A sorte se lança no regaço; mas do SENHOR procede toda a determinação." [Provérbios 16:33].

Essa realidade é verdadeiramente incrível. Deus controla até mesmo os eventos aparentemente acidentais, como lançar a sorte, ou jogar os dados. Nada está fora do controle de Deus, nem mesmo o detalhe mais insignificante.

"E os dez chifres que viste são dez reis, que ainda não receberam o reino, mas receberão poder como reis, por uma hora, juntamente com a besta. Estes têm um mesmo intento, e entregarão o seu poder e autoridade à besta... Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus." [Apocalipse 17:12-13,17].

Observe especialmente as palavras "têm um mesmo intento". Uma vez que a Bíblia é bastante literal no cumprimento de suas profecias, devemos esperar que os últimos líderes do fim dos tempos "tenham um mesmo intento" de acordo com um roteiro bem planejado, uma peça global na qual os atores e atrizes meramente seguem linhas prescritas e o resultado final será o aparecimento do Anticristo no cenário mundial.

De fato, um dos principais livros da Nova Ordem Mundial, The Armageddon Script, diz audaciosamente que os líderes do fim dos tempos seguirão um roteiro muito bem preparado. Copiamos algumas citações no fim deste artigo. Porém, tenha em mente que os líderes atuais não estão apenas conspirando, mas seguindo um roteiro.

Já que Apocalipse 17:12-13, 17 ocorre durante a Grande Tribulação, estamos sendo informados que o reino do Anticristo surgirá como resultado de uma conspiração planejada e concentrada. Chegamos a essa compreensão considerando cuidadosamente as palavras "têm um mesmo intento". Um mesmo intento não acontece entre os governantes que decidem os assuntos humanos, a não ser que um plano detalhado tenha sido criado e acatado.

Satanás aspira ser como Deus e derrubá-lo [Isaías 14:12-14]. Sua atitude e sua ação rebelde constituem a primeira conspiração autêntica da história. O conspirador, por definição, tenta derrubar a estrutura governamental existente para estabelecer seu governo. Ele não pode realizar essa derrubada abertamente, pois os líderes do governo existente descobririam o plano para depô-los e agiriam para esmagar o conspirador. Portanto, o plano, ou a conspiração para derrubar o governo existente deve ser realizado com grande sigilo e com uma enganação ainda maior, até que se chegue ao momento em que o governo existente não seja mais suficientemente poderoso para resistir ao golpe; certamente, esse plano é ilegal, pois seu objetivo é derrubar o governo legal.

Isso, por definição, é conspiração e traição.

Desde a Torre de Babel, o plano de Deus para a organização do mundo é a divisão em nações soberanas, enquanto o plano de Satanás é abolir as nações soberanas em favor de um governo global. Assim, Satanás tentará abolir a atual constituição de mais de 170 nações soberanas, substituindo-as por um governo global. Conforme Satanás começar a reorganizar o mundo, lutará contra os líderes nacionais que nasceram e cresceram de acordo com o plano de Deus de governos soberanos. Satanás terá de derrubar esses governos existentes.

Além disso, os povos dos governos soberanos demandariam que esse plano fosse abolido. Dessa forma, os homens de Satanás teriam de executar seu plano em segredo.

Isso, por definição, é conspiração e traição.

Porém, vamos deixar que os líderes do movimento da Nova Era tenham a última palavra, já que publicaram abertamente seu plano ao mundo. Eles "gritaram de cima dos telhados" que estão seguindo um roteiro! Veja as próprias palavras deles:

"O roteiro deles agora já está escrito, e sujeito apenas a edições de última hora e direcionamentos de atuação. A própria atuação, embora ainda esteja na escuridão, está quase pronta... As partes coadjuvantes de última hora estão sendo cumpridas neste exato momento. A maioria dos atores principais... já assumiu seus papéis. Logo será a hora de eles entrarem no palco, prontos para a cortina subir. O tempo de agir terá chegado." [The Armageddon Script, de Peter LeMesurier, St. Martin Press, 1982, Nova York, NY, pág. 252].

"Quando entrarmos no nosso reino… quem suspeitará que todas essas pessoas foram manipuladas por nós de acordo com um plano político que ninguém fez mais do que suspeitar ao longo de muitos séculos?" [Behold a Pale Horse, de Milton William Cooper, Light Technology Publishing, 1991, Sedona, AZ, pág. 303, citando os "Protocolos dos Sábios de Sião"].

Portanto, veja que o cenário da Nova Ordem Mundial foi cuidadosamente preparado, com atores aderindo às linhas prescritas. Essa é a peça mais cuidadosamente planejada e executada que já foi escrita. De fato, essa peça tem sido interpretada desde 1776. Se os planejadores da Nova Ordem Mundial admitem que seu plano foi bem preparado, e se a Bíblia declara que esse é o caso, então por que você ainda se recusa a admitir que os eventos do nosso tempo presente foram planejados?

Os principais eventos foram tão planejados quanto os homens podem fazê-lo, auxiliados de forma sobrenatural por Satanás. Não se deixe enganar pelas personalidades da mídia que tentam desarmar suas defesas, zombando do conceito de conspiração. O próprio fato de que tal tentativa premeditada seja feita para desacreditar a idéia de uma conspiração argumenta a favor de que os últimos eventos planejados para finalmente conduzirem o mundo à Nova Ordem Mundial estão realmente muito próximos.

Tradução: Eduardo Perez Neto
Data de publicação: 27/12/2003
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1855adendo.htm