Escolha uma cor para o fundo:  

Quando Disserem Há 'Paz e Segurança'...

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

"... Então lhes sobrevirá repentina destruição, como as dores de parto àquela que está grávida, e de modo nenhum escaparão." [1 Tessalonicenses 5:3] O mundo todo está clamando por 'paz e segurança", como a Conferência Internacional Eixo Para a Paz, em Bruxelas, na Bélgica, em novembro de 2005, ilustra perfeitamente.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


"Dizendo paz, paz; quando não há paz." [Jeremias 6:14].

Conferência "Eixo Para a Paz", de 17 a 18 de novembro de 2005

Centro Internacional da Imprensa, em Bruxelas, Bélgica

A Lógica Para Esta Conferência de Paz

"Uma lógica de guerra está gradualmente se impondo nas relações internacionais: Um gigantesco rearmamento unilateral dos Estados Unidos; o ataque ao Afeganistão sem uma prova da necessidade de autodefesa; ataque ao Iraque usando um falso pretexto e o posterior saque de seus recursos; ameaças abertas contra a Síria e o Irã; anúncio de uma remodelação das fronteiras no 'Grande Oriente Médio'; desenvolvimento da mídia de ódio e a ideologia do 'choque de civilizações'."

"Somente os princípios da arbitragem internacional e a coexistência pacífica oferecem uma alternativa à essa 'escalada dos perigos'... a Rede Voltaire e seus associados convocaram uma conferência internacional em Bruxelas, em 17 e 18 de novembro de 2005, para avaliar as formas contemporâneas de conflito e ingerência, e elaborar um discurso relevante e eficiente em defesa da paz."

"Com o nome Eixo Para a Paz, 2005, a Conferência reunirá personalidades políticas e intelectuais de mais de trinta países, já compromissados contra a lógica da guerra e desejosos de instaurar uma estrutura permanente que consiga fazer a voz da paz ser ouvida."

Observe que esses líderes querem estabelecer uma 'estrutura permanente que consiga fazer a voz da paz ser ouvida'.

Sem dúvida, esses líderes serão todos antiamericanos e o resultado da conferência será proclamar em alto e bom som que as Nações Unidas devem ser fortes o suficiente para forçar essa "vontade pacífica' sobre todas as nações do mundo, das pequenas até as superpotências. A lógica subjacente aqui é que as guerras são criadas por nações que exercem sua própria 'vontade de poder', também conhecida como 'soberania nacional'.

O quão importante é essa 'vontade de poder'? Os ocultistas acreditam que a única realidade aberta aos seres humanos foi a experiência física real do "poder da vontade". Nenhuma outra palavra estava mais freqüentemente na boca de Adolf Hitler do que vontade. O filósofo Nietzsche, autor da tese do Anticristo, Assim Falou Zaratustra — escreveu um tratado intitulado Vontade de Poder. Literalmente, esse termo significa a capacidade de um praticante de Magia Negra criar a realidade que ele visualiza! Esse tipo de homem é grandemente temido pelos praticantes de Magia Branca. Essa é a razão por que algumas das maiores revelações sobre o que está acontecendo no mundo hoje vêm de ocultistas de Magia Branca, pois eles sabem que a liderança da Nova Ordem Internacional foi tomada pelas forças malignas da Magia Negra.

O plano da Magia Negra em operação atualmente propõe a abolição da soberania nacional para que a benevolência da humanidade possa finalmente produzir 'paz e segurança'.

De acordo com esse raciocínio, se uma Comunidade Internacional de Nações Unidas for capaz de abolir a soberania nacional em favor de um governo internacional 'benevolente', o mundo finalmente conhecerá a paz. As guerras e o derramamento de sangue terminarão. Esse é o sonho utópico de todos os verdadeiros globalistas; desconsiderando por completo a advertência bíblica que o coração do homem é inerentemente perverso, esses sonhadores globalistas acreditam que a humanidade poderá entrar em um período de 1.000 anos de 'paz e segurança' somente se a soberania nacional puder ser abolida, sendo substituída por uma ditadura global benevolente!

Ouvi essa filosofia sonhadora e utópica expressa no último lugar do mundo que eu esperava — o Colégio de Guerra Naval, em Newport, em Rhode Island, em 15 de junho de 1999, de um comandante naval! Você poderia esperar que esses comandantes militares de alto escalão fossem realistas cabeças-duras, mas nesse terreno dos objetivos para o futuro, a liderança naval americana está totalmente a favor dos planos da Nova Ordem Internacional. Durante uma conferência de três dias, para a qual recebi um convite para participar, cada líder civil e militar defendeu os objetivos globalistas e alguns até usaram o termo "Nova Ordem Internacional".

Agora, veja um intercâmbio entre eu e o comandante naval David Smith, em 15 de junho de 1999, durante um painel em que ele era o moderador.

"Objetivos do Painel" — Identificar três questões referentes ao mundo em 2010 — Recomendar três políticas públicas que devem ser tomadas ao caminharmos para 2010."

"Eu estava no Seminário 45, presidido pelo comandante David Smith. Ele era membro do centro de estudos e debates do Colégio de Guerra Naval, chamado Análise dos Sistemas de Defesa Navais.

Como parte de seu monólogo de abertura, o comandante Smith fez a seguinte afirmação surpreendente:

"'Ter um monopólio da violência militar é uma coisa boa.'

"Eu imediatamente confrontei essa afirmação erguendo minha mão e dizendo, 'Isto é verdade somente se houver uma liderança que seja continuamente benigna e benevolente. Se a liderança de uma força que tem um monopólio da violência militar torna-se má, então o que temos é uma ditadura militar global que tem o monopólio da violência militar.'"

"Somente uma pessoa no painel concordou comigo, pelo menos abertamente.

"O aspecto surpreendente dessa afirmação é que ela reflete de forma inequívoca o pensamento do Pentágono. Logicamente, esse tipo de raciocínio está de total acordo com o plano da Nova Ordem Internacional, que prevê que o governo global do Anticristo — as Nações Unidas — terão exatamente esse tipo de 'monopólio da violência militar'."

"Mas, esse comandante naval não vê dessa forma. Ele acha que é uma idéia esplêndida. Embora ele tenha ficado chocado com minha resposta e não a tenha respondido, também não refutou minhas conclusões." [Excerto extraído do artigo N1298 (não traduzido).].

O presidente Bush está estimulando grandemente esse debate sobre a soberania nacional.

O presidente Bush e o primeiro-ministro Blair exerceram seus direitos de soberania nacional como líderes individuais soberanos ao ordenarem o ataque ao Iraque. A Organização das Nações Unidas, por outro lado, afirmou sua professa soberania global ao se opor ao ataque contra o Iraque. Nos últimos cem anos, os escritos da Nova Ordem Mundial têm atacado a questão da soberania nacional, dizendo que esse conceito precisa ser destruído para sempre para que a comunidade internacional possa viver em "paz e segurança". O conceito da soberania nacional está baseado no patriotismo, também chamado de "espírito nacionalista"; portanto, o patriotismo é freqüentemente referido como um sinônimo de soberania nacional. Vamos examinar alguns dos escritos da Nova Ordem Internacional que falam da "natureza maligna" do nacionalismo e da soberania nacional:

"O nacionalismo intenso foi um dos principais elementos a produzir essa guerra e nenhuma nação tem sido isenta desse espírito de orgulho nacional e de uma mentalidade nacionalista e separatista. Interesses mesquinhos controlam as razões pelas quais cada país entrou nessa guerra... No futuro, o fator contribuinte na vida precisará ser enfatizado e desenvolvido e o bem da família inteira das nações precisa substituir o bem de uma nação, ou de um grupo de nações... A família das nações, vista como uma unidade... precisa ser o objetivo realizado de todo empreendimento nacional e os recursos de todo o planeta precisam ser compartilhados coletivamente... pertencendo ao conjunto da humanidade e não a alguma nação de forma exclusiva. Nenhuma nação vive para si... a nação ou indivíduo que tentar fazer isso precisará inevitavelmente desaparecer da face da terra." [The Externalization of the Hierarchy, Alice Bailey, canalizando o demônio Mestre D. K., págs. 372-74; escrito, em janeiro de 1941].

Frase-chave: "A nação ou indivíduo que tentar fazer isso precisará inevitavelmente desaparecer da face da terra."

Essa questão de abolir a soberania nacional é de fundamental importância no escândalo atual da agente secreta da CIA, que está começando a envolver a Casa Branca. A mídia de massa está reportando que alguém dentro da Casa Branca — dizem que Libby, o chefe de gabinete do vice-presidente Dick Cheney — deliberadamente revelou que Valerie Plame é uma agente secreta da CIA para que o marido dela, Joe Wilson, fosse punido por causa de sua firme declaração que a afirmação do presidente com relação ao urânio do Níger era falsa — e o presidente sabia que era falsa.

Como essa falsa afirmação que Saddam Hussein tinha tentado comprar uma quantidade significativa de urânio do Níger foi um dos pontos fundamentais que persuadiu o povo americano a apoiar a invasão do Iraque, a revelação gradual de como essa falsidade foi criada e disseminada poderá resultar no descrédito do presidente Bush, e poderá até mesmo resultar em um processo de impeachment.

Se o presidente Bush cair por causa dessa questão, levará consigo o princípio da soberania nacional, isto é, o princípio que um líder nacional pode tomar ações com base naquilo que é certo para seu país, mesmo que a comunidade internacional se oponha firmemente a essa ação. De acordo com os sonhadores utópicos, quando líder algum puder tomar ações com base em seu próprio poder, as guerras cessarão imediatamente. Veja, a comunidade internacional sempre escolherá o caminho da paz — você não sabe disso?

É claro que esse conceito estúpido ignora convenientemente o fato que o coração de todo homem é perverso continuamente — a Bíblia ensina essa realidade de forma bem clara, mas os sonhadores acreditam que o contrário é verdadeiro. E, os sonhadores incluem os membros de todas as sociedades secretas, como a Caveira e Ossos. Se o presidente for considerado culpado por invadir o Iraque com base em sua autoridade como um soberano nacional, então a definição dada pelo Mestre D. K. em The Externalization of the Hierarchy é clara:

O presidente deve "inevitavelmente desaparecer da face da Terra."

Como esse princípio de não permitir a soberania nacional é tão importante para a idéia utópica global de "paz e segurança", mantenha-o em sua mente ao analisarmos mais detalhes desse "Encontro de Cúpula da Paz". Vamos agora para o 'manifesto' da Conferência de Paz. Observe as referências a uma "coalizão" maligna; pela descrição, essa referência somente pode ser às "Forças da Coalizão" que invadiram o Iraque e que ocupam aquele pobre país até este dia.

"A soberania dos povos, uma condição indispensável e fundamental para que se possa constituir uma democracia, está hoje em dia sendo desafiada por certos membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas... A alguns povos está sendo negado o direito e a liberdade de escolher seu próprio sistema político, sua identidade cultural, de beneficiar-se de seus recursos naturais e até mesmo o fruto de seu trabalho. Apoiando-se em alegações fantasiosas, uma coalizão fez valer seu direito à autodefesa de modo a impor militarmente regimes complacentes e tomar o controle dos meios de comunicações e dos campos de petróleo. Associações estatais, supostamente dedicadas à promoção dos ideais nobres, estão financiando protestos de rua voltados para desestabilizar os governos."

"O principal desafio para a paz mundial é o fenômeno do extremismo de todos os lados, incluindo governos e oposição. Uma ideologia de ódio está se espalhando, discriminando e humilhando algumas civilizações. Ela está levando inevitavelmente a um conflito. Proclamando a superioridade de um estilo de vida, ela propõe sua expansão por meio da força."

"A vontade de poder, e a guerra estão de volta. Queremos salvar a paz internacional." [Manifesto do Eixo Para a Paz].

A data para essa 'Conferência de Paz' também levanta suspeitas, pois ela foi planejada para ocorrer logo após o procurador norte-americano Fitzgerald ter iniciado o processo contra o chefe de gabinete do vice-presidente Cheney, com acusações relacionadas com a revelação da identidade da agente secreta da CIA que trabalhava na Casa Branca, Valerie Plame.

O mundo provavelmente ouvirá muito sobre as mortes e destruições que as Forças da Coalizão causaram no Iraque sem uma razão justa. Você pode ver a batalha de Relações Públicas que está se formando aqui para os corações e mentes das pessoas em todo o mundo? Embora nem um representante de governo poderoso deverá comparecer a esse encontro antiguerra e antigoverno, esse foro poderá receber cobertura de imprensa em escala mundial, condicionando o público contra as Forças de Coalizão no Iraque, que estão "dispersando , discriminando e humilhando" aquela antiga civilização.

Depois que o mundo passar pela Terceira Guerra Mundial, que está planejada para produzir o Anticristo, a população estará farta do governo arrogante, pró-cristão e nacionalmente soberano do presidente George W. Bush. Ao mesmo tempo em que a soberania nacional for desacreditada, o cristianismo provavelmente também ficará desacreditado, por causa desse apoio ridículo do presidente Bush, ignorando totalmente os maus frutos religiosos dele e a admoestação do Senhor Jesus Cristo para considerarmos somente esses frutos para determinarmos se uma pessoa realmente professa a fé cristã.

Em um momento interessantíssimo da história mundial, vemos a convocação global para uma conferência sobre a paz. Verdadeiramente, o mundo está se dirigindo depressa para os julgamentos de Deus no fim dos tempos.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 13/11/2005
Revisão: http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2085.asp