Escolha uma cor para o fundo:  

Acordo Nuclear com a Coréia do Norte É Enganoso, Pois Prevê Desarmamento Apenas Temporário

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Quando a Coréia do Norte subitamente concordou em desmantelar seu programa nuclear, o mundo suspirou aliviado. Entretanto, uma análise mais detalhada dos termos do acordo recém-firmado revela que o país pode na verdade ter obtido uma importante vitória e está com o caminho livre para cumprir seu papel no cenário da Terceira Guerra Mundial: "Uma confrontação nuclear assustadora na Península Coreana".

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Resumo da Notícia: "A Coréia do Norte Concorda com o Desarmamento Nuclear", Sun Sentinel, 15 de fevereiro de 2007.

"Tóquio — O principal representante da Coréia do Norte na conferência de seis países sobre o programa nuclear norte-coreano disse que o governo de Pyongyang está pronto para implementar o acordo de desarmamento nuclear assinado anteriormente nesta semana...' As conversações foram boas', a agência japonesa Kyodo News citou o vice-ministro norte-coreano das Relações Exteriores, Kim Kye Gwan, dizendo no aeroporto de Pyongyand ao retornar do encontro em Pequim."

"Estamos prontos para implementar os resultados do encontro', ele disse no aeroporto para o embaixador russo em Pyongyang e para um alto funcionário da Embaixada Chinesa, de acordo com a Kyodo."

Entretanto, não demorou muito para a Coréia do Norte voltar atrás nesse acordo.

Resumo da Notícia: "A Coréia do Norte Concorda em Encerrar o Programa Nuclear", Fox News, 13 de fevereiro de 2007.

"Pequim — Não demorou muito para a Coréia do Norte dar sua própria interpretação ao acordo assinado na terça-feira, que prevê que o regime de Pyongyang encerre e lacre seu principal reator nuclear e eventualmente desmantele seu programa de armas atômicas. Apenas algumas horas após anunciar o acordo — que diz claramente que a Coréia do Norte precisará 'fechar e selar para o propósito de eventualmente abandonar a instalação nuclear em Yongbyon, incluindo o centro de reprocessamento' — o governo de Pyongyang emitiu uma declaração afirmando que tinha concordado somente com uma suspensão temporária em seu programa nuclear."

A palavra-chave aqui é 'eventualmente', um termo que traz à lembrança o acordo assinado em 1994 entre o presidente Bill Clinton e seu embaixador especial — o ex-presidente Jimmy Carter. Carter partiu às pressas em 1994 para negociar com os norte-coreanos a questão de seu programa nuclear; depois, falou entusiasticamente sobre como as negociações tinham progredido de forma maravilhosa e como o mundo tinha se transformado em um lugar mais seguro.

Entretanto, uma vez que a euforia terminou, as pessoas puderam ler as letras miúdas e os observadores com um mínimo de discernimento perceberam que não havia motivo algum para comemoração! Discutimos esse triste acordo forjado entre Clinton, Carter e os norte-coreanos em N1720 (não traduzido; disponível no sítio da Cutting Edge).

Incentivamos que você leia todo esse artigo referido, pois ele demonstra como os Illuminati "solucionam" os problemas que eles mesmos criaram. Como, por exemplo, os presidentes Clinton e Carter puderam esperar "solucionar" o problema de a Coréia do Norte ter armas nucleares dando àquele país reatores nucleares? Embora a Casa Branca tenha insistido que aqueles reatores não poderiam produzir materiais nucleares, citamos fontes independentes que disseram que a Coréia do Norte poderia produzir até uma centena de bombas nucleares por ano a partir daqueles reatores fornecidos pelo governo Clinton!

É esse o tipo de 'acordo' que o presidente Bush acaba de negociar com a Coréia do Norte? Seja você mesmo o juiz.

Resumo da Notícia: "Bush acena uma bandeira branca", Asia Times, 16 de fevereiro de 2007.

"Votos de felicidades estão reverberando por toda a Península Coreana e entre os coreanos no exterior elogiando a lendária capacidade de liderança de Kim Jong-il enquanto seu orgulhoso povo celebra o sexagésimo quinto aniversário do líder supremo da República Popular e Democrática da Coréia na sexta-feira... Duas coisas combinam para tornar essa comemoração do aniversário e do Ano Novo Lunar mais auspiciosa. A primeira é que Kim levou a Coréia do Norte a obter uma quinta vitória consecutiva sem derramamento de sangue sobre a única superpotência do mundo vencendo os EUA no jogo do blefe nuclear... Ele emergiu como o primeiro herói nacional nos 5.000 anos de história coreana a cumprir a longa e ardilosa ambição do povo coreano de obter capacidade militar para levar a guerra da Terra das Manhãs Tranqüilas para o coração das metrópoles dos EUA."

Essa declaração é chocante, pois implica que a Coréia do Norte possuiu armas nucleares que podem ser lançadas contra alvos distantes. De fato, a Cutting Edge observou já há uma década que a Coréia do Norte possuía armas nucleares logo após o ex-presidente Carter ter viajado para aquele país em 1994. Toda esta conversa atual sobre o fato de a Coréia do Norte estar perto de obter a capacidade de desenvolver bombas nucleares é mera propaganda.

Agora, ficamos sabendo que o ditador Kim é o 'primeiro herói nacional' a ser capaz de atacar as populações urbanas dos EUA! Espere um minuto. Eu pensei que o presidente Bush tinha finalmente forçado o ditador norte-coreano a capitular e adiar seu desejo de obter a capacidade nuclear! Não foi essa a impressão dada ao mundo quando o acordo foi anunciado?

Vamos retornar à matéria do jornal Asia Times para ver a verdadeira história, que está por trás da propaganda apresentada para o público!

"O fato mais significativo sobre as conversações entre os seis países que terminaram na terça-feira é que o presidente americano George W. Bush acenou uma bandeira branca e ofereceu à República Popular e Democrática da Coréia a permissão de reter seu arsenal nuclear como está. Isso significa o reconhecimento unânime dos cinco países que a Coréia do Norte é um estado que possui armas nucleares e o anúncio que os EUA suspenderão as sanções financeiras contra o estado coreano."

Você não acha isso extremamente interessante? Aprendemos os seguintes pontos:

  1. O acordo representa uma total derrota para o presidente Bush! Após seis anos ameaçando esse país do 'eixo do mal' nos termos mais terríveis possíveis, o presidente americano caladamente aceita a derrota diplomática das mãos do ditador dessa minúscula nação!

  2. O presidente Bush recusou-se a ter um encontro com o ditador Kim e insistiu que todas as negociações ocorressem por meio da conferência de seis países participantes: A Rússia e a China foram dois desses países que "ajudaram" o presidente Bush a convencer o ditador Kim a fazer um acordo que seria nos melhores interesses dos Estados Unidos! Agora, parece que o republicano conservador Bush não se saiu melhor do que o democrata e 'progressista' Clinton — você sabe, o presidente que deu os reatores nucleares à Coréia do Norte em 1994 em uma tentativa de convencê-la a não procurar desenvolver armas nucleares!

  3. O presidente Bush autorizou um acordo que permite à Coréia do Norte manter as armas nucleares que possui atualmente. Não é maravilha que a Coréia do Norte esteja agora pronta para desmantelar seu centro de pesquisa nuclear! Ela não precisa mais dele!

  4. O presidente Bush silenciosamente reconheceu a Coréia do Norte como um estado nuclear! Ele também concordou em suspender as sanções financeiras contra esse 'país delinqüente'!

Não somente o presidente Bush ignominiosamente deixou de questionar o minúsculo 'país delinqüente' que é a Coréia do Norte, mas fez o ditador Kim parecer um herói diante de seu próprio povo e para muitos sul-coreanos, um fato que um alto funcionário do governo Bush reconheceu:

"De acordo com o New York Times, em 25 de dezembro de 2006, um representante do governo Bush comentou: 'Isto provocará alguns tremores secretos de orgulho entre algumas pessoas no sul.'"

Veja estas expressões de orgulho entre os coreanos:

Ouvir o que os analistas estrangeiros estão dizendo sobre esse acordo de 'acenar a bandeira branca' para a Coréia do Norte é o suficiente para fazer o sangue ferver nas veias!

"Isto leva Washington de volta praticamente à situação que existia antes de os representantes do governo americano iniciarem a atual confrontação ao acusarem a Coréia do Norte de enriquecer urânio secretamente. Enquanto isso, o governo de Pyongyang avançou, realizando um teste de bomba atômica e declarando-se membro pleno do clube nuclear." (jornal The Guardian, Londres).

"Os EUA e a Coréia do Sul apresentarão o acordo como um grande sucesso. Mas eles estão voltando para onde estavam antes. Os EUA falaram duro sem obter coisa alguma. Eles chegaram a uma nova situação em que a Coréia do Norte é um estado nuclearizado." (Han Seung-Joo, ex-ministro das Relações Exteriores da Coréia do Sul).

Até mesmo o neoconservador John Bolton, ex-embaixador americano na ONU, ficou indignado com o colapso diplomático do governo Bush!

Resumo da Notícia: "As batalhas políticas apenas começaram", Jim Lobe, Asia Times, 15 de fevereiro de 2007.

"O acordo, que foi anunciado após vários dias de conversações em Pequim, foi imediatamente denunciado como uma derrota por um dos principais falcões, o ex-embaixador na ONU, John Bolton, que é considerado próximo ao vice-presidente Dick Cheney. 'O acordo envia exatamente o sinal errado para os futuros proliferadores em todo o mundo', Bolton acusou em uma entrevista à CNN. 'Ele contradiz as premissas fundamentais da política que o presidente seguiu nos últimos seis anos e, em segundo lugar, faz o governo parecer muito fraco em um momento no Iraque... quando precisaria se mostrar forte.'"

"... analistas tanto da direita — como Bolton — quanto da esquerda salientam que a essência do acordo é muito similar ao acordo assinado em 1994 entre o governo Clinton e Pyongyang. Aquele acordo previa o fornecimento de HFO e outras assistências em energia, incluindo dois reatores nucleares de água leve fornecidos pelo Japão e pela Coréia do Sul, em troca de um congelamento permanente do programa de plutônio da Coréia do Norte em Yongbyong... Entretanto, em 2002, a administração Bush, baseada em parte nas investigações da rede do cientista nuclear paquistanês Abdul Qadeer Khan, acusou a Coréia do Norte de violar o acordo..."

A Cutting Edge publicou um artigo naquele momento em 2002, quando Bush acusou a administração Clinton de inépcia na diplomacia internacional — mas agora, o presidente criou exatamente o mesmo tipo de acordo!

Bolton está com a razão. Bush capitulou e voltou atrás para pintar o acordo nos termos mais reluzentes possíveis, chegando até a sugerir que ele poderia servir como base para um acordo similar com o Irã!

Esse resultado horrível é prova concreta que a verdade muito freqüentemente encontra-se na direção oposta à indicada na retórica apresentada ao público (leia o artigo N1558). Uma vez que você compreender essa verdade, terá aberto o 'caixote da propaganda' em que a mídia de massa procura nos colocar e poderá discernir exatamente as questões mais importantes do dia.

Nesta confusão norte-coreana, o presidente Bush declarou repetidamente ad nauseam que os EUA não tolerariam que a Coréia do Norte obtivesse a bomba atômica. As conversações entre os seis países envolvidos nas negociações (Coréia do Norte e do Sul, Rússia, China, EUA e Japão) arrastaram-se e deram aos norte-coreanos todo o tempo necessário para instalar suas ogivas nucleares. Certamente, ogivas nucleares estão agora instaladas nos mísseis estratégicos e táticos e podem até estar em fase de instalação em sistemas de artilharia!

Elas também estão sendo instaladas em submarinos, como reportamos em nosso artigo recente, N2188, "Matéria Recente de Notícias Revela Como o Plano Para a Confrontação Nuclear na Península Coreana Provavelmente Ocorrerá".

Uma vez que começarem as discussões no Congresso para um processo de Impeachment contra o presidente Bush, essa inépcia deliberada no tratamento com os norte-coreanos certamente será levantada. Alguns autores ligados ao CFR (o Conselho das Relações Internacionais) já começaram a criticar o presidente Bush nessa questão! Quando os mísseis nucleares norte-coreanos estiverem ameaçando a humanidade em todo o globo, o presidente Bush receberá a culpa!

Mas, por causa disso tudo, o Plano da Grande Fraternidade Branca continuará a avançar! Veja como esse plano fala do papel reservado para a Coréia do Norte exercer na planejada Terceira Guerra Mundial:

"Uma confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia poderá, perto do fim do período, ameaçar a própria sobrevivência da humanidade." [The Armageddom Script, Peter Lemesurier, pág. 223, leia a resenha].



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 21/2/2007
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2190.asp