Escolha uma cor para o fundo:  

O Papa Francisco é o Primeiro Papa Jesuíta na História — As Implicações São Enormes!

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Luzes vermelhas de alerta devem ter acendido em sua mente, pois os jesuítas são dissimulados e agem nas mais altas esferas políticas nacionais e internacionais para provocar guerras, revoluções, massacres e subversões. O propósito expresso da Companhia de Jesus, desde sua fundação por Inácio de Loyola, é a anular a Reforma Protestante, erradicar os "heréticos" e recuperar o poder temporal do papa, levando assim o mundo outra vez para dentro do sistema feudal. O superior-geral da Companhia é comumente conhecido como "papa negro", de forma que pela primeira vez, existem agora dois papas jesuítas. [29 KB]

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"

Neste artigo, examinaremos a verdade sobre a Ordem dos Jesuítas. Os detratores dizem que essa ordem é militante e que é sedenta por sangue. Os defensores dizem que os jesuítas são muito malcompreendidos e são simplesmente uma ordem humilde que procura educar a juventude católica. Felizmente, existem evidências suficientes para provar que os detratores não somente estão certos, mas que todas as questões que envolvem a Sociedade de Jesus são muito mais fortes, muito mais preocupantes e muito mais um exercício em feitiçaria do que se pode acreditar.

Como a Bíblia nos instrui para verificar a verdade de algum fato grave?

"Por boca de duas testemunhas, ou três testemunhas, será morto o que houver de morrer; por boca de uma só testemunha não morrerá." [Deuteronômio 17:6].

"Uma só testemunha contra alguém não se levantará por qualquer iniquidade, ou por qualquer pecado, seja qual for o pecado que cometeu; pela boca de duas testemunhas, ou pela boca de três testemunhas, se estabelecerá o fato." [Deuteronômio 19:15].

Portanto, um promotor precisa ter três testemunhas para estabelecer a verdade no caso da aplicação da pena de morte. Em outras palavras, as acusações mais graves requerem três testemunhas, no mínimo, para estabelecer a verdade jurídica. Temos três testemunhos que testificam a respeito da natureza central da Ordem dos Jesuítas? Sim, temos!

Testemunho 1:

Existem segredos que os jesuítas não querem que os cristãos conheçam! Eles não querem que você saiba do vínculo que havia entre Hitler e Himmler com o Vaticano, desde o início até o fim da Segunda Guerra Mundial. O Vaticano não quer que ninguém saiba que suas altas autoridades estabeleceram rotas de fuga para os oficiais nazistas que tentavam sair da Europa para escapar dos tribunais de crimes de guerra. Essas rotas de fuga ficaram conhecidas como Linhas das Ratazanas do Vaticano, pois permitiram que "ratazanas nazistas" escapassem dos julgamentos. Cardeais, bispos e sacerdotes usaram a grande quantidade de templos católicos para esconder os nazistas fugitivos.

Na Europa, uma voz se levantou no mundo secular que documentou historicamente as mesmas informações relatadas por ex-sacerdotes. O autor Edmond Paris expôs o envolvimento do Vaticano na política internacional, em intrigas para fomentar guerras ao longo da história. Ele revela que o papa Pio XII ficou conhecido como "o papa de Hitler' porque favoreceu o Fuehrer nazista durante toda a guerra! Após a guerra, alguns jornais italianos questionaram se Pio XII deveria ser julgado como um criminoso de guerra.

Quando Adolf Hitler estabeleceu seu grupo satânico de soldados "super-homens" chamado SS, ele modelou a organização com base na Ordem dos Jesuítas!

Em seu livro A História Secreta dos Jesuítas, Edmond Paris revela que a Ordem tentou ao longo da história derrubar os governos e monarquias que se recusaram a obedecer rigidamente ao Vaticano, tornando os jesuítas a primeira organização subversiva verdadeiramente organizada e bem-financiada.

Você sabia que a Ordem dos Mestres dos Illuminati — formada pelo ex-padre jesuíta Adam Weishaupt em 1 de maio de 1776 — foi modelada com base na Sociedade de Jesus (também conhecida como Companhia de Jesus)? — Leia o artigo N1007, intitulado "Tese x Antítese = Síntese".

Assim, dois dos maiores exemplos de feitiçaria de Magia Negra na história, foram ambos formados com base no mesmo fundamento que os jesuítas! Pode haver maior prova de satanismo inerente na Ordem dos Jesuítas?

O quão poderosa é a prática da feitiçaria jesuíta?

"Por meio da prática sistemática de meditação, rezas, contemplação, visualização e iluminação, Loyola entrava em transe, atingia um êxtase, e era visto levitando do chão, como também muitos outros jesuítas, totalmente sob o poder satânico." [História Secreta dos Jesuítas, Edmond Paris; disponível on-line em http://www.cpr.org.br/hsj-01.htm].

"O erudito católico Dr. Malachi Martin, um ex-jesuíta e professor na Universidade de Georgetown, que também foi confidente de indivíduos que possuíam informações privilegiadas dentro do Vaticano, declarou enfaticamante em uma recente entrevista na cidade de Nova York: 'Sim, é verdade. Lúcifer está entronizado na Igreja Católica.'" (Flashpoint, Texe Marrs, julho de 1997).

Testemunhos de Heróis da Guerra Revolucionária:

Testemunho 2:

"Minha história sobre os jesuítas não foi escrita de forma suficientemente eloquente... Se existiu alguma vez um grupo de homens que mereceria a condenação eterna na terra e no inferno, esse grupo é a Sociedade de Loyola." — John Adams, presidente dos EUA.

Testemunho 3:

"É minha opinião que se as liberdades deste país — os Estados Unidos da América — forem destruídas, será pela sutileza dos padres jesuítas da Igreja Católica" — Marquês de LaFayette, herói da Guerra da Independência Americana.

Testemunho 4 — Doc Marquis, Ex-Líder de Conciliábulo de Magia Negra:

"Eu, Feiticeiro" — A Organização da Nova Ordem Mundial.

Doc Marquis, em seu livro, Secrets of the Illuminati, desenhou este Grande Selo da Nova Ordem Mundial para mostrar as várias influências e organizações que estão ativamente envolvidas no ímpeto para a N. O. M. Esse selo não é oficial; é simplesmente uma ilustração criada por Doc Marquis para representar a natureza ocultista do novo sistema.

A palavra "I" ("Eu") retrata o homem extremamente autocentrado, que se autoproclama sábio e reto e que está trabalhando poderosamente para Satanás para alcançar esse novo sistema.

"Witch" ("Feiticeiro") é extremamente importante, pois a N. O. M. somente será alcançada com base na feitiçaria, praticada de muitas formas diferentes e por milhões de pessoas durante os dois últimos séculos. A feitiçaria não é nada mais e nada menos que adoração a Satanás.

A partir das letras "I T C" da palavra "Witch" saem linhas vermelhas, retratando o sangue humano que já fluiu e que está planejado para fluir, para que o sistema possa ser estabelecido. Observe o sangue em torno das palavras "The Illuminati". Todo o sangue é derramado sobre o altar satânico e escorre passando entre os dois selos, indo depois para o mundo. Os cristãos não devem estar surpresos, pois existem muitas profecias bíblicas que falam de uma grande perseguição e matança durante o tempo da Grande Tribulação.

O círculo exterior traz os nomes das organizações que estão trabalhando poderosa e cooperativamente para a N. O. M. Entre as cinco mostradas está a Igreja Católica Romana! O segundo círculo é formado pelas atividades humanas que mais influenciam a sociedade no ímpeto para o novo sistema. Duas dessas organizações e/ou forças são:

Os Illuminati — sociedade secreta modelada com base na Ordem dos Jesuítas.

O Papa Negro — Em 1541, o papa Paulo III criou a sociedade secreta satânica conhecida como Companhia de Jesus. O objetivo dos jesuítas era reverter a Reforma, erradicar os heréticos e criar em geral um estado constante de guerra contra todos os inimigos da igreja. Os jesuítas estão sob o controle total e absoluto de um superior-geral, que é conhecido como Papa Negro. Esse papa negro é um adepto na artes tenebrosas do satanismo. Embora os jesuítas se obriguem a obedecer tanto ao papa branco quanto ao papa negro, acredita-se que o papa negro é quem possui realmente o poder absoluto dentro do Vaticano, desde o início dos anos 1700s. O papa negro tem consistentemente movido a Igreja Católica Romana mais profundamente para a prática da feitiçaria. Esse objetivo de oficialmente tomar o controle da Igreja Católica para Satanás chegou a um estágio avançado, em que o papa agora usa publicamente um crucifixo não-tradicional, chamado de Cruz Vergada. Essa cruz vergada foi criada por satanistas na Idade Média como um símbolo para o Anticristo. Esta é uma daquelas ocorrências "nunca antes" na história mundial que sugere o início da Tribulação e, especificamente, que o papa católico romano será o Falso Profeta.

Talvez o testemunho mais condenador sobre a natureza genuína dos jesuítas venha de sua própria boca, nas palavras proferidas no Juramento de Investidura. Como era de se esperar, os apologetas católicos tentam desacreditar a validade desse juramento, pois ele contém maldições abomináveis. Incluímos aqui somente uma transcrição parcial, mas incentivamos você a ler o tratamento completo dado pelo pastor Ian Paisley a ele (veja o texto em http://www.tabernaculonet.com.br/luz.php?facho=t00312).

Testemunho 5 — O Juramento Extremo de Investidura dos Jesuítas:

* "Vá, portanto ao mundo inteiro e tome possessão de toda terra em nome do papa. Aquele que não aceitar o papa como vicário de Jesus e seu vice-regente sobre a Terra, que seja amaldiçoado e exterminado!"

Se esta frase apenas não é suficiente para convencê-lo da malignidade da Ordem dos Jesuítas, considere estes outros excertos pertinentes do juramento:

* "INRI — IUSTUM NECAR REGES IMPII. Isto significa: "É justo exterminar os reis, governos e governantes ímpios." Qualquer rei, presidente ou governo que não estiver em submissão ao papa é considerado ímpio.

* (O superior fala ao iniciado jesuíta:) "Meu filho, até o presente momento nós o ensinamos a dominar a arte da dissimulação: a um ser um católico romano entre os católicos romanos e mesmo a ser um espião no meio dos seus próprios irmãos; a não crer e nem confiar em homem algum; entre os reformados, a ser um reformado; entre os huguenotes, a ser um huguenote; perante os calvinistas, ser um calvinista; perante os outros protestantes, a ser em geral outro protestante; a obter a confiança deles e até mesmo a se esforçar para pregar nos seus púlpitos... Nós o ensinamos a plantar as sementes insidiosas da inveja e do ódio entre as comunidades, províncias e Estados que estiverem em paz, a incitá-los a cometerem atos sangrentos, a provocá-los à guerra uns contra os outros, e a realizar revoluções e guerras civis em países que forem independentes e prósperos..."

* "... porque ninguém pode comandar aqui sem ter consagrado suas obras com o sangue dos heréticos; 'porque sem derramamento de sangue ninguém pode ser salvo'..."

O superior jesuíta está dizendo ao neófito que ele somente pode ter esperança de subir na hierarquia da Ordem depois que derramar o sangue de um herege. Eu fico me perguntando quantos assassinatos não resolvidos em nossa sociedade são resultantes dessa ordem insidiosa de matar os hereges.

* "Eu, _________, na presença agora do Deus Todo-Poderoso, da bem-aventurada Virgem Maria, do bem-aventurado São João Batista, dos santos apóstolos São Pedro e São Paulo e de todos os santos e das hostes sagradas nos céus, assim como em sua presença, meu Pai Espiritual, superior-geral da Sociedade de Jesus, fundada por Santo Ignácio de Loyola, sob o pontificado de Paulo III, e que subsiste até este dia, pelo ventre da Virgem, Mãe de Deus, e pelo cajado de Jesus Cristo, declaro que Sua Santidade o papa é o vice-regente de Cristo, e o único verdadeiro chefe da Igreja Católica e Universal em toda a Terra; e que pela virtude das chaves que lhe permitem ligar e desligar, dadas à Sua Santidade por meu Salvador, Jesus Cristo, ele possui o poder de destronar reis, príncipes, chefes de Estado e governos heréticos, para que eles sejam completamente destruídos."

Esta parte do juramento é a razão por que a Ordem dos Jesuítas age constantemente como um elemento traidor em qualquer nação cuja liderança não se ajoelhe e beije o anel do papa. Hoje, ouvimos as advertências que terroristas estão tentando se infiltrar e nos destruir a partir de dentro, mas a Ordem dos Jesuítas, desde 1540 até o presente, está audaciosamente se infiltrando e aguardando o momento quando possa atacar para derrubar o governo "herético", retornando-o ao firme controle de Roma.

* "Denuncio e renuncio agora a toda fidelidade a todo rei, príncipe ou Estado herético, quer seja ele protestante ou liberal; recuso toda obediência às suas leis, magistrados ou autoridades..."

Aqui, o verdadeiro traidor é revelado e, é claro, a gênesis do ódio vem do coração jesuíta. Veja mais um pouco:

* "Declaro ainda e prometo que quando a oportunidade se apresentar, farei guerra incessante, secreta ou aberta, contra todos os heréticos, protestantes, maçons, como me ordenarem, para os extirpar da face da terra; que não levarei em conta nem a idade, nem o sexo, nem a condição social, e que aceito enforcar, queimar, destruir, escaldar, esfolar, estrangular e enterrar vivos esses infames heréticos; que rasgarei suas entranhas e o ventre de suas mulheres; que esmagarei a cabeça de suas crianças contra as paredes, a fim de aniquilar esta raça repugnante; que, se eu não puder fazer abertamente, utilizarei em segredo a taça envenenada, o cordão de estrangular, o punhal de aço, ou a bala de chumbo, qualquer que seja o grau, cargo, dignidade ou autoridade das pessoas, da sua condição de vida pública ou privada, e como me poderão pedir a qualquer momento os agentes do papa, ou o Superior da Fraternidade do Santo Padre da Sociedade de Jesus.

Os jesuítas são o maior exemplo de uma sociedade secreta de assassinos. Agora, o juramento usa as palavras típicas de uma sociedade secreta:

* "Por esta confirmação, consagro agora minha vida, minha alma e toda minha força física a esta causa e com este punhal que recebo agora, assino com meu nome e com meu próprio sangue como testemunha de meu envolvimento; se em seguida eu me tornar um mentiroso, ou mostrar tibieza na minha determinação, que meus irmãos e companheiros de armas da milícia do papa me cortem as mãos e os pés, me furem a garganta de uma orelha a outra, me rasguem meu ventre e derramem sobr ele enxofre ardente, com todos os castigos que puderem me infligir sobre a terra, e que minha alma seja perpetuamente torturada pelos demônios no inferno eterno.

* "Como testemunho, pego este santíssimo sacramento da Eucaristia, e confirmo meu testemunho pelo meu nome escrito com a ponta deste punhal, mergulhado no meu próprio sangue selando-o na presença deste santo sacramento."

* "Vá, portanto ao mundo inteiro e tome possessão de toda terra em nome do papa. Aquele que não aceitar o papa como vigário de Jesus e seu vice-regente sobre a Terra, que seja amaldiçoado e exterminado!".

Assim, a partir do depoimento de cinco testemunhas, a verdade é estabelecida. Os jesuítas fazem um juramento de pilhar e matar qualquer pessoa ou grupo de pessoas consideradas heréticas pelo seu deus-sol no Vaticano.

Algumas autoridades nos últimos 500 anos consideraram os jesuítas o tipo mais maligno e perigoso de pessoas na face da Terra. Sob o disfarce de servirem a Jesus, eles cometeram crimes inomináveis no esforço de retornar um governo ou uma instituição ao controle do papa. Um dos atos mais malignos de todos os tempos foi a Inquisição, em que milhões de "heréticos" morreram ou foram torturados.

A Ordem dos Jesuítas exerceu um papel de liderança na Inquisição? Na ilustração de Doc Marquis, mostrada acima, o papa negro, o superior-geral da Ordem dos Jesuítas, é a força oculta que está por trás do papa público que chefia a Igreja Católica a partir do Vaticano. Assim, por definição, a Inquisição foi dirigida pelo papa negro!

Por que deveríamos nos surpreender com esta revelação, se o propósito da Inquisição e da Ordem dos Jesuítas é idêntico, isto é, erradicar e matar os "hereges"? A Inquisição foi uma das maiores desgraças na história da humanidade. Em nome de Jesus Cristo, foi feito um enorme esforço de matar todos os "hereges" na Europa. O termo "herege" era definido de qualquer forma que Roma quisesse; os "hereges" podiam ser simplesmente pessoas que discordavam da política oficial, ou filósofos herméticos (praticantes de Magia Negra), judeus, feiticeiros ou reformadores protestantes.

Matar seus inimigos é claramente um fruto espiritual podre. Durante o início de Seu ministério, Jesus foi abordado por dois de seus discípulos, que estavam aborrecidos porque algumas cidades tinham se recusado a recebê-los; eles então perguntaram ao Senhor:

"E os seus discípulos, Tiago e João, vendo isto, disseram: Senhor, queres que digamos que desça fogo do céu e os consuma, como Elias também fez?" [Lucas 9:54].

Jesus ficou horrorizado e respondeu:

"Voltando-se, porém, repreendeu-os, e disse: Vós não sabeis de que espírito sois. Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las. E foram para outra aldeia." [Lucas 9:55-56]

Vamos repetir a frase pertinente: "Porque o Filho do homem não veio para destruir as almas dos homens, mas para salvá-las.".

Em parte alguma nas Escrituras Sagradas Jesus matou alguém que discordasse de Sua mensagem e também nunca instruiu Seus discípulos a fazerem isso. Da mesma forma, os apóstolos também não deram esse tipo de instrução para a igreja primitiva no Novo Testamento.

Em outra passagem, Jesus revela o espírito de mansidão que Ele trouxe ao mundo:

"Tomai sobre vós o meu jugo, e aprendei de mim, que sou manso e humilde de coração; e encontrareis descanso para as vossas almas. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." [Mateus 11:29-30].

Nosso precioso Salvador nunca ordenou que alguém fosse morto por alguma razão, especialmente por causa da dureza de seu coração contra a mensagem cristã, nem por discordar Dele em assuntos espirituais. Mas — e este é um grande "mas" — os pagãos regularmente agem para matar seus oponentes, geralmente com grande satisfação e dureza de coração. Nessas matanças, o assassinato não é suficiente e os pagãos gostam de infligir o máximo de dor em suas vítimas, antes de matá-las. Os praticantes de Magia Branca e Magia Negra acreditam que a dor infligida antes da morte transfere grande poder ocultista para eles, de modo que tentam retardar a morte da pessoa pelo tempo que for possível, infligindo a maior intensidade de dor possível antes de matar. Os verdugos experientes da Inquisição levavam a vítima até o ponto da morte muitas vezes, interrompiam a tortura para que a vítima se recuperasse e depois reiniciavam os procedimentos.

Portanto, a monstruosidade da Inquisição está diante da humanidade como a evidência final do satanismo inerente da Igreja Católica Romana. Aqueles que tiverem a coragem de examinar esse fruto podre verão essa verdade. Além disso, não pense que Roma mudou, pois a Bíblia diz que um leopardo não pode mudar suas manchas [Jeremias 13:23] e Roma sempre diz que nunca muda. Uma prova concreta desse fato é que o papa Paulo VI (1963-1978) restaurou o Ofício da Inquisição, renomeado hoje como Congregação para a Doutrina da Fé [fonte: Lives of the Popes, Richard P. McBrien, HarperSanFrancisco, 1997, págs. 282, 354].

O Primeiro Papa Jesuíta

Pela primeira vez na história da Igreja Católica Romana, o papa público é um jesuíta. Se esse papa for o último e se for cumprir o Plano dos Illuminati de se tornar o líder religioso máximo da Religião da Nova Ordem Mundial, isso faz dele a segunda besta (o Falso Profeta) de Apocalipse 13:11-18. Profeticamente, o Falso Profeta se apresentará ao mundo como um cristão e será aceito como tal, porém em seu coração rugirá como um dragão (ele terá uma forma de possessão demoníaca similar à da Primeira Besta, o Anticristo). O Falso Profeta será o líder que forçará todos os povos do mundo a aceitarem a "Marca da Besta" como um símbolo de lealdade e devoção ao Anticristo.

O Falso Profeta precisará ser brutal o suficiente para liderar a decapitação global de qualquer um que se recusar a aceitar a Marca da Besta. Ser um jesuíta do mais alto nível parece ser um requisito lógico. Além disso, que organização está melhor equipada e experimentada na matança em massa dos "hereges" que a Igreja Católica? De 1550-1850, a máquina da Inquisição foi dirigida contra os novos "hereges" na cena mundial, os protestantes liderados por Martinho Lutero. A Inquisição final, que será liderada pelo Falso Profeta de Apocalipse 13:11-18, terá abrangência mundial e será muito mais sanguinária do que a original; no mais, a mecânica organizacional de matar os milhões que se recusarem a adorar ao Anticristo / Falso Profeta será a mesma que existia em 1550.

Uma última consideração. Segundo a profecia católica de São Malaquias, o papa final será o de número 112 na lista e esse papa deverá assumir o nome de "Pedro Romano". Mas, o cardeal Bergoglio adotou o nome "Francisco". É inteiramente possível que, quando o papa Francisco assumir o ofício de líder da religião da Nova Ordem Mundial, ele mude seu nome novamente, e escolha então "Pedro Romano". Teremos apenas de esperar para ver.

Os eventos estão caminhando rapidamente para o fim dos tempos.


Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 6/4/2013
Transferido para a área pública em 17/3/2015
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2496.asp