O Movimento de Nova Era Tem Como Propósito Destruir o Cristianismo Bíblico

Autor: Robert Pye, março de 2011.

Muitos cristãos já ouviram falar a respeito da Nova Era, mas não estão esclarecidos quanto à sua filosofia e seus efeitos. Eles não entendem que as diversas seitas e 'ismos' que foram criados nos últimos cinquenta anos, foram estabelecidos como parte de um plano para afastar as pessoas do Cristianismo. Esse plano é financiado e cuidadosamente coordenado por famílias que são luciferianas há várias gerações e por grupos ocultistas. Eles estão tentando minar e destruir os restos do verdadeiro Cristianismo no mundo e trazer uma Nova Ordem Mundial. A principal meta da N. O. M. é a criação de uma religião mundial. Essa religião terá certa aparência de Cristianismo, mas será anticristã em espírito e em substância.

Para entender os perigos representados pela Nova Era, é vital ser capaz de reconhecer as inúmeras formas como as ideias de Nova Era se infiltram na cultura e no pensamento moderno. Isso está acontecendo tão sutilmente, e com tantos disfarces, que se torna difícil reconhecer esse engano com eficácia, a não ser que se compreenda a mentalidade, ou o que existe por trás disso tudo. Neste trabalho de pesquisa, pretendo descrever os elementos principais da filosofia da Nova Era e onde eles atuam.

Tenha em mente que cada uma das crenças na "Nova Era de Engano" (abaixo) são falsas. Esses enganos são totalmente antibíblicos e devem ser considerados como venenos da pior espécie. É necessário dizer isto, porque algumas afirmações da Nova Era podem parecer realmente bastante plausíveis a quem ainda não esteja familiarizado com essas colocações. Por exemplo, alguns líderes cristãos e pastores recomendaram o filme Avatar, sem perceber que ele é intensamente baseado na Nova Era e repleto de filosofia luciferiana do início até o fim.

Em minha experiência, muitos cristãos sinceros hoje já aderiram a alguns conceitos da Nova Era, sem nunca considerar de onde eles vêm, ou a possibilidade de que essas crenças possam estar em conflito com as Escrituras. Entre essas crenças estão o Universalismo, o Ecumenismo e o Modernismo (falaremos delas depois). Lembre-se que Satanás é o grande enganador e que ele conhece muito bem o seu trabalho e o coração humano.

Escrevi sobre os perigos do Movimento da Nova Era em um artigo anterior, intitulado "Dezoito Mentiras da Nova Era — Um Ataque Oculto ao Cristianismo". O objetivo deste documento de continuação é descrever a Nova Era como um sistema, como uma visão coerente do mundo e torná-la de mais fácil compreensão para os cristãos nascidos de novo, para que eles possam reconhecer as incontáveis manifestações desse Movimento na cultura moderna, na mídia e de outras formas.



Advertência: Uma síntese da Nova Era de Engano começa aqui.

A Nova Era de Engano

1. A Alma. Alma é divina: O homem é um deus, mas não sabe disso. Só o corpo morre. A morte é natural.

2. Salvação. Não há necessidade de salvação, pois ninguém está condenado. O homem não é pecador (ou caído), e não tem necessidade de se arrepender. Ele está na Terra para ganhar experiência. O Ser Supremo nunca quis que uma única alma perecesse. Todos estão voltando aos mundos celestes elevados, cada um no seu próprio ritmo.

3. Julgamento. Deus nunca julga o homem. Todos os homens são fundamentalmente bons, mas falta-lhes maturidade espiritual. Uma lei impessoal de causa e efeito está em operação, que contribui para levar o homem à maturidade. Colhemos apenas aquilo que semeamos. A lei do carma é imparcial, mecânica e universal. Todas as almas cumprem todo o seu carma e alcançam os altos níveis do céu.

4. O Espírito. O universo está preenchido por uma energia espiritual que é uma inteligência suprema e infinitamente criativa. Esta é a Força (energia cósmica, inteligência cósmica, espírito universal, prana, mana, élan vital, prakriti, manitou, etc.).

5. Métodos da Nova Era para contatar a Força. A Nova Era pode contatar a força de três maneiras: a) imaginação ou visualização; b) meditação, contemplação ou Yôga, e (c) rituais específicos, tais como rezas ou cânticos repetitivos, dança sagrada, rosários, práticas ascéticas, invocações, astrologia (incluindo os ritos ligados aos mapas astrais ou calendários astrológicos), mandalas, visões, rituais de xamanismo e o uso de objetos energizados, como os talismãs e cristais.

6. Criação. Toda a criação é dualística, Yin-Yang, ou uma mistura de aspectos positivos e negativos. Assim, tudo tem de estar em equilíbrio. O equilíbrio leva à harmonia. O crescimento espiritual ocorre por meio da harmonização dos opostos e do equilíbrio interior. Existem muitos níveis de criação, sendo o "Plano Terrestre" mais um deles.

7. Mudança da sua realidade. A Força responde aos nossos pensamentos. Os pensamentos são "coisas". Para mudar a sua realidade, os praticantes da Nova Era acreditam que precisam alterar seu processo fundamental de raciocínio. Isto é algumas vezes chamado de mudança de consciência.

8. As Iniciações. A Nova Era atribui grande importância aos graus e às iniciações. Cada grau ou iniciação destina-se a levar a pessoa a um nível superior de consciência. A promessa de que o indivíduo "dará o próximo passo" se persistir ao longo do caminho é um elemento motivador para todo praticante de Nova Era.

9. Unidade de consciência. Embora todas as coisas sejam dualísticas na manifestação, toda a criação é espiritualmente "Um", um campo unificado de pura consciência.

10. O bem e o mal são relativos. Como tudo é "Um", o bem e o mal são apenas termos relativos. Portanto, não devemos julgar ou condenar os outros, uma vez que eles operam dentro de seu próprio nível de consciência. Em algum momento, eles vão ganhar "experiência" suficiente para darem um salto de consciência e avançarem para um nível superior.

11. A jornada de muitas vidas da alma. A alma reencarna durante muitas vidas, de modo a ganhar "experiência" suficiente para atingir o nível de maturidade espiritual conhecido como "Consciência Divina", ou "Realização Divina". Existem níveis além deste, ainda mais espiritualizados, que somente as almas mais avançadas, ou os Mestres, conseguem alcançar.

12. Mestres vivos e ascensionados. A Nova Era ensina que a alma era extremamente imatura quando veio pela primeira vez à Terra. Então, o ciclo da reencarnação começou e, gradualmente, "se desdobra" em níveis mais elevados de consciência. O Ser Supremo (que NUNCA é identificado com o Senhor Deus da Bíblia), providenciou para que as almas altamente evoluídas voltassem à Terra, de modo a "guiar" a evolução da humanidade. Esses indivíduos são frequentemente referidos como "Mestres". Jesus é normalmente retratado como um "Mestre", mas não muito elevado.

13. A Era de Aquário. Os chamados "Mestres" estão tentando levar a humanidade como um todo para o nível onde todas as formas de violência e discórdia sejam universalmente banidas. O limiar divinamente ordenado, conhecido como Era de Aquário, aproxima-se rapidamente, quando então a humanidade dará esse momentoso passo rumo à evolução cósmica. A paz e a tolerância reinarão por toda a parte.

No entanto, alguns membros da espécie humana resistirão a essa transição quântica para o "estado superior do ser". Eles se agarrarão aos velhos caminhos. Ao fazerem isso, eles se revelarão impróprios ou indignos de receberem esse novo estado de consciência. A resistência deles poderá até mesmo representar uma ameaça para o resto da humanidade, por causa da contaminação da consciência planetária. Se isto ocorrer, então eles terão que ser removidos, reassentados ou reeducados (a solução depende do ramo da Nova Era seguido).

14. O homem não pode comunicar-se pessoalmente com Deus. Os Mestres são a única ponte para o Ser Supremo. O Absoluto é totalmente irreconhecível pelo frágil homem. Somente os Mestres já viram ou falaram com o Ser Supremo. Desta forma, o homem só pode se comunicar com a Força e com os Mestres, após ter atingido um nível espiritual suficientemente elevado, onde o contato direto com o Ser Supremo se torne possível.

15. Experimentando a Luz. Existem diferentes formas de um seguidor da Nova Era determinar seu avanço espiritual. Entre elas, a principal é a luz interior. A luz é considerada o amor radiante do Ser Supremo. O propósito de cada nova iniciação, ou grau, é trazer mais "luz" para a vida do indivíduo.

Nota: Este é também o caso da Maçonaria, que é uma antiga forma de engano satânico e faz parte do mesmo conjunto de mentiras. A "luz" da Nova Era é realmente a luz de Lúcifer, o Portador da Luz (o nome Lúcifer realmente significa Portador de Luz, ou Doador da Luz). Cristo referiu-se à falsa luz quando fez a seguinte advertência aos seus discípulos:

"A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!" [Mateus 6:22-23].

16. O cristianismo está ultrapassado e é potencialmente nocivo. Muitos ramos da Nova Era ensinam, frequentemente de uma forma sutil, que o Cristianismo é a principal barreira para a evolução da humanidade. Isto inclui constantes referências críticas ao Deus do Antigo Testamento. O Movimento de Nova Era declara veementemente que nenhuma religião tem aquilo que se chama de Monopólio da Verdade. Em particular, a Nova Era rejeita totalmente a doutrina central do Cristianismo bíblico; ou seja, que o homem é pecador, um abjeto pecador aos olhos de Deus, e que precisa se arrepender e ser purificado de seus pecados. A Nova Era rejeita totalmente a necessidade de um Redentor.

17. O Planeta Terra é uma entidade viva. O planeta é um organismo vivo, altamente sensível ao nosso estado de consciência. O homem deve aprender a viver em harmonia com a natureza, ou Gaia. As ações que prejudicam o planeta devem ser restringidas e as pessoas responsáveis precisam ser reeducadas ou eliminadas, por meio do controle populacional e da eugenia. O excesso de população é realmente uma grave ameaça para o planeta e esse problema deve ser tratado com urgência. A não ser que esses números sejam mantidos sob controle, os seres humanos nada mais são do que parasitas, e um grande perigo para o delicado ecossistema do planeta.

18. Toda a vida está evoluindo. Tudo evolui. A Humanidade evoluiu a partir de organismos inferiores, em direção à inteligência cósmica. O próprio universo está evoluindo.

19. Os extraterrestres e os óvnis são reais. Existem formas de vida inteligentes em outros planetas. Alguns são mais evoluídos que a natureza humana. Alguns são amigáveis e outros são hostis. Os mais altamente evoluídos, os alienígenas amigáveis, irão contatar a Terra no devido tempo, quando a humanidade atingir o nível necessário de maturidade espiritual, ou quando uma crise de proporções tão graves ocorrer, que a intervenção direta deles seja necessária.

20. O amor é tudo; tudo é o amor. Os homens devem deixar de lado o julgamento e a intolerância e abraçar o princípio do amor divino. As religiões servem apenas para dividir e separar as pessoas. Toda a humanidade deve se converter à religião universal do amor divino. Este é o desígnio divino. Uma vez que é esta a vontade do Ser Supremo, quem resistir será deixado para trás. Esses indivíduos não poderão evoluir mais.

21. Drogas Psicotrópicas. O uso discriminado de medicações e drogas que produzem alterações químicas na mente é permitido e, às vezes, até mesmo desejável, como forma de abrir a consciência.

22. O aborto é uma opção ética e um direito humano. O corpo humano é apenas um receptáculo para a alma. A mulher pode abortar um feto em qualquer fase da gravidez, pois está apenas destruindo o receptáculo. A alma do feto sabia de antemão que a mulher faria isto e concordou em passar pela experiência. Os cristãos nascidos de novo sabem que o aborto da criança em formação é realmente uma forma de sacrifício humano.

23. O comportamento homossexual é uma opção ética e um direito humano. O sexo é apenas para proporcionar prazer e não deve estar ligado fundamentalmente à procriação. O que dois adultos fazem de forma consensual na privacidade do quarto é apenas de sua própria conta. A homossexualidade é normal para algumas pessoas, seja ela geneticamente induzida ou como uma opção de estilo de vida.

24. O divórcio é uma opção ética e um direito humano. Uma vez que os humanos estão evoluindo espiritualmente, nem sempre os parceiros no casamento possuem um estado compatível de consciência. Assim, um casamento pode ser dissolvido devido a essas mudanças. O divórcio é normal, um direito humano. É o carma dos filhos afetados terem nascido nessa família. Às vezes, duas pessoas podem se casar apenas por um curto espaço de tempo, para pagarem algum carma mútuo, advindo de uma vida passada.

25. Transcendendo o "Eu" e esvaziando a mente. Todos deveriam meditar/contemplar diariamente e esvaziar sua mente. A união com a Força só pode ser alcançada por meio da superação do "pequeno eu", e assim ser ligada com a maior consciência cósmica. Isso leva à autodisciplina. Os adeptos da Nova Era são incentivados a convidarem a Força para dentro de suas vidas e deixarem que ela os guie.

26. O Guia Interior, ou Mestre Ascensionado. O indivíduo deve aprender a contatar seu mestre interior, ou guia espiritual, por meio da meditação, da contemplação e dos sonhos. O guia interior é um "Mestre Ascensionado", ou uma entidade angelical indicada por esse mestre, para guiar o indivíduo e ajudá-lo em sua evolução espiritual.

27. O Mestre Exterior, ou Guru. Um guru pode ajudar o indivíduo a estabelecer um melhor contato com seu Mestre Interior. Ele toma o lugar de deus na própria vida do discípulo, bem como fornece orientação divina e instrução. Ele também dá a verdadeira iniciação, bem como outros procedimentos mais avançados para que o indivíduo atinja maiores níveis de consciência. O guru pode também ajudar o indivíduo a lidar com seu carma.

28. Recordação de vidas passadas. A recordação de vidas passadas é um sinal de maior evolução da pessoa. Os Mestres podem recordar todas as suas encarnações passadas. A prática da recordação das vidas passadas ajuda com a resolução do carma da vida passada. Algumas dessas lembranças ocorrem no estado do sonho. Algumas almas menos evoluídas podem necessitar da hipnose para ajudá-las a recordar suas vidas passadas.

29. Comunicação com os mortos. Os mortos podem ser contatados pelos sonhos, pela mediunidade ou por viagens fora do corpo. Eles habitam temporariamente em um dos muitos níveis do céu, como o Plano Astral, até que venha o tempo de reencarnarem novamente. O céu em que eles habitam é determinado pelo seu nível de consciência espiritual e de sua evolução.

30. A Divindade Feminina. O princípio masculino, por si só, é perigoso e desequilibrado. O homem deve aprender a contatar o eterno feminino, o princípio da "Deusa", para que possa se desenvolver espiritualmente. A alma não é macho nem fêmea, mas possui uma existência andrógena. O culto à deusa é uma característica fundamental em muitos grupos da Nova Era.

31. Experiências fora do corpo. As experiências são subprodutos naturais da evolução humana. Quanto mais evoluída for a alma, mais ela poderá viajar aos mundos mais elevados (interiores) enquanto ainda vive aqui na Terra. Algumas dessas viagens ocorrem em sonhos. Os sonhos são experiências imperfeitamente lembradas fora do corpo humano. Os aderentes da Nova Era são encorajados a encontrar seus guias espirituais em sonhos e a seguirem as instruções indicadas por eles. Muitos sonhos são simbólicos e precisam ser interpretados.

32. Medicina Energética. A Nova Era enfatiza o uso de "medicina energética" e técnicas para ajustar os campos energéticos do corpo. A aura humana é influenciada pelos pensamentos e pode ser vista e diagnosticada por uma pessoa psiquicamente qualificada.

33. A Bíblia cristã é um artefato artificial (criado por mãos humanas). Nenhum livro pode conter toda a verdade. Toda a Escritura é meramente relativa, escrita por pessoas falíveis, partindo de um estado de consciência limitado. A Bíblia é nada mais que história e poesia. Jesus foi um bom homem, um Mestre de nível reduzido, que tentou mostrar ao mundo que todos se tornam "cristos", seguindo o caminho da paz e da tolerância.

34. Cristo é um estado de consciência. Cristo não é uma pessoa, mas um estado de consciência. Jesus tinha a consciência crística, mas muitos outros instrutores religiosos também tiveram, como Buda, Maomé, Lao-Tzu, Zoroastro, São Francisco de Assis, Ramakrishna, e assim por diante. Existem outros e mais elevados estados de consciência, além da consciência crística.

35. A verdade é dada pelos Mestres. Quanto mais a humanidade se desenvolve, mais a verdade é dada por um dos mestres ascensos, por meio de escritos canalizados por autores humanos qualificados. Esses escritos são ditados em planos interiores e gravados espiritualmente pelo autor que os recebe, para transmití-los para a humanidade.

36. Todas as religiões são válidas. Todas as religiões são válidas e possuem uma fração da verdade. É preciso ser tolerante e aceitar todas as tradições religiosas e pontos de vista. O Ser Supremo criou muitas religiões diferentes, para atender aos muitos níveis de consciência existentes entre os homens. Qualquer religião que afirme ter um "Monopólio da Verdade" é considerada como intolerante e, possivelmente, prejudicial para a evolução do planeta.

Fim da Síntese da Nova Era do Engano



O Plano de Engano da Nova Era

Mesmo sendo bastante extensa, a lista supra não esgota as doutrinas e crenças da Nova Era. Nem todos os ramos seguem cada uma delas, mas quase todos se apoiam na maioria delas. A Nova Era é essencialmente o reempacotamento da Teosofia, conforme definida nos escritos de Helena Blavatsky e de Alice Bailey — duas praticantes de bruxaria de alto nível. Os escritos delas, por sua vez, são formados pelo reempacotamento do Hinduísmo e entrelaçados com elementos do Budismo, da Cabala e da bruxaria tradicional. Ambas as indigitadas mulheres declararam muito francamente, em diversas ocasiões, que seus escritos foram ditados pelos seus espíritos-guia, e que eles eram uma descrição abrangente das doutrinas luciferianas ensinadas na Babilônia e no Egito Antigo. Essas doutrinas provêm de Lúcifer e foram concebidas por ele, para ludibriar e desencaminhar a humanidade. Como um compêndio de mentiras requintadamente concebidas, o único propósito delas é atrair o indivíduo à perdição.

Apesar de seu exterior convenientemente benevolente e não ameaçador, a Nova Era é extremamente perigosa. Ela exerce um forte apelo à nossa natureza caída. Alguns autores da Nova Era revelam abertamente que o deus deles é Lúcifer. Blavatsky deu o título de "Lúcifer" ao seu boletim de notícias. Entretanto, a maioria dos adeptos da Nova Era não está ciente da profunda natureza luciferiana de suas crenças, ou o que há por trás da agenda sinistra do bem planejado programa da Nova Era.

Sugiro novamente que você leia meu artigo "Dezoito Mentiras da Nova Era — um Ataque Oculto ao Cristianismo", para um exame mais detalhado dos enganos da Nova Era, e da maneira inteligente com que seu sistema de mentiras foi criado para minar a Bíblia.

Observe que todo cristão nascido de novo deveria estar plenamente familiarizado com o capítulo 18 do livro de Deuteronômio. Nele, o Senhor adverte em termos muito austeros, o que acontece quando se estabelece a associação às práticas e crenças da Nova Era:

"Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te dá, não aprenderás a fazer conforme as abominações daqueles povos. Não se achará no meio de ti quem faça passar pelo fogo o seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro, nem encantador, nem quem consulte um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz estas coisas é abominável ao SENHOR, e é por causa destas abominações que o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás para com o SENHOR teu Deus. Porque estas nações, que hás de possuir, ouvem os prognosticadores e os adivinhadores; porém, quanto a ti, o SENHOR, teu Deus, não te permitiu tal coisa." [Deuteronômio 18:9-14].

O Movimento de Nova Era e o Movimento da Igreja Emergente

Se você tem dúvidas sobre a natureza insidiosa da Nova Era e de sua habilidade em apelar de maneira muito sutil à nossa natureza caída, apenas olhe o Movimento da Igreja Emergente. Este é o grande guarda-chuva da "reforma" (porta larga), que correntemente está sendo creditado como verdade bíblica nas igrejas atuais. Virtualmente, todas as "reformas" são um disfarce para as crenças de Nova Era. Apenas olhe para suas seguintes crenças:



Características da Igreja Emergente

Crenças Relativas à Nova Era

1.

Uma ênfase extremamente reduzida no julgamento de Deus.

3, 10, 16, etc.

2.

Uma ênfase extremamente reduzida na necessidade de arrependimento.

2, 10, 16, etc.

3.

Uma ênfase extremamente reduzida no temor a Deus.

3, 14, 20 etc.

4.

Uma ênfase extremamente reduzida na realidade do inferno e na punição divina.

1, 10, 11 etc.

5.

Uma forte simpatia pelo Universalismo, a saber, que todas as (ou a maioria) de almas serão salvas.

2, 11, 18, etc.

6.

Uma ênfase extremamente reduzida na necessidade de obediência incondicional a Deus.

3, 7, 27, etc.

7.

Uma ênfase extremamente reduzida na Bíblia como a palavra completa, literal, infalível e imutável de Deus.

14, 33, 35, etc.

8.

Uma ênfase extremamente reduzida no arrebatamento, na Tribulação e no Milênio.

8, 11, 13, etc.

9.

Uma larga aceitação da Evolução, geralmente na forma de um Projeto Inteligente.

4, 9, 18, etc.

10.

Uma ênfase extremamente reduzida no fato de que Cristo morreu em nosso lugar.

16, 34, 36, etc.

11.

Uma ênfase maior no fator humano de Cristo, e menor em Sua divindade.

35, 36, 34, etc.

12.

Uma ênfase menor na necessidade de nascer de novo (como um cristão).

8, 11, 20, etc.

13.

Forte ênfase em boas obras e em programas sociais.

3, 7, 10, etc.

14.

Forte ênfase na doutrina que Deus é amor.

3, 15, 20, etc.

15.

Forte ênfase na necessidade de se sentir bem.

1, 9, 10, etc.

16.

Forte tendência de interpretar as Escrituras de acordo com sua própria experiência.

5, 15, 33, etc.

17.

Forte ênfase na contemplação e em outras técnicas para ajudar a pessoa a ficar mais perto de Deus.

5, 7, 8, etc.

18.

Uma crença crescente em aceitar os sonhos como um canal de confiança de comunicação divina.

26, 28, 31, etc.

19.

Rejeição da doutrina tradicional da separação cristã.

9, 34, 36, etc.

20.

Forte ênfase no Ecumenismo e no Diálogo Interfé.

2, 34, 36 etc.

21.

Forte ênfase na tolerância e na inexistência do julgamento.

10, 20, 36, etc.

22.

Uma disposição em aceitar o divórcio e o comportamento homossexual, bem como em adotar uma posição cada vez mais ambivalente com relação ao aborto.

22, 23, 24, etc.

23.

Uma relutância característica em condenar a apostasia, ou até mesmo em rotulá-la como tal.

34, 35, 36, etc.

24.

Uma relutância característica em advertir o mundo atual das influências demoníacas e do ocultismo.

4, 5, 26, etc.

25.

Forte ênfase na liderança humana, na erudição contemporânea, e nas opiniões dos outros.

27, 33, 36, etc.

Como você pode ver, as similaridades entre o Movimento da Nova Era e o Movimento da Igreja Emergente são chocantes e perturbadoras. Mesmo cristãos que são cuidadosos quanto ao Movimento da Igreja Emergente estão sendo seduzidos em aceitar as três principais idéias da Nova Era, a saber:

  1. Que a vasta maioria das pessoas será salva, principalmente por meio de suas boas obras e que não é necessário conhecer a Cristo para ser salvo.
  2. Que todas as tradições religiosas têm alguma validade aos olhos de Deus.
  3. Que nossa compreensão da verdade está evoluindo.

Essas três crenças são a base para o Universalismo, o Ecumenismo e o Modernismo, respectivamente. Todas as três crenças estão prejudicando grandemente os cristãos nascidos de novo. Cristo advertiu sobre o caminho largo que conduz à destruição:

"Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que conduz à vida, e poucos são os que a encontram." [Mateus 7:13-14].

Como reflete muitos aspectos do Movimento de Nova Era, a Igreja Emergente, é claramente um caminho largo, que aponta para um "Evangelho edulcorado", que não pode salvar ninguém.

Satanás É a Face Que Está Por Trás da Máscara da Nova Era

Concluindo, gostaria de chamar sua atenção para o excelente livro Inside The New Age Nightmare (Por Dentro do Pesadelo da Nova Era), escrito por um ex-aderente da Nova Era, Randall Baer, que veio a Cristo de uma maneira muito dramática. Randall foi muito proeminente no Movimento de Nova Era durante muitos anos e foi co-autor de dois livros sobre o uso de cristais, que fizerem sucesso nos anos 1980s. Ele era bastante solicitado sobre esse assunto no circuito de conferências de Nova Era. Cada aderente da Nova Era deve considerar com cuidado a descrição da maneira como Randall veio a Cristo:

"Certa noite... meu espírito vagueava por alguns dos locais mais distantes da luz celeste que eu já tinha percebido. Nessa noite, tive uma experiência que mudaria minha vida para sempre. Durante essa experiência fui cercado por uma luminosidade totalmente dominadora — era como se eu estivesse olhando direto para o sol. Ondas de felicidade irradiavam para dentro de meu espírito. Fique totalmente cativado pelo poder."

"De repente, outra força apareceu e me tomou completamente de surpresa. Num piscar de olhos, era como se uma mão sobrenatural me tivesse levado para trás dos bastidores da experiência que eu estava tendo! Fui levado para dentro da cobertura exterior do brilho luminoso e lá, vi algo que me deixou literalmente abalado por uma semana inteira."

"O que vi era a face de uma escuridão me devorando! Por detrás da fachada reluzente da beleza exterior, havia uma face maciçamente poderosa, agitando-se de forma descontrolada com ódio absoluto e indizíveis abominações — as faces de demônios cheios do poder de Satanás."

"Por um momento que me pareceu uma eternidade, verifiquei que eu estava em grande aperto, pois essa força devoradora estava se fechando sobre mim. No terror absoluto em que estava, senti-me impotente para parar o que parecia ser uma desgraça inevitável. O horror me consumia como uma chama."

"Então, miraculosamente, a mesma mão sobrenatural que antes se manifestou, retirou-me das garras dessa escuridão que me consumia e, horas mais tarde, acordei na manhã seguinte... o horror da experiência da noite passada me deixara terrivelmente abalado. Minha mente estava agitadíssima e incontrolável em todos os sentidos, como se estivesse na velocidade da luz. Meu corpo estava se agitando involuntariamente, às vezes de forma um tanto violenta. Este pesadelo continuou sem trégua por uma semana inteira. Pensei que estivesse ficando louco."

"O que eu não sabia era que, naquele tempo, JESUS estava intervindo com a Sua maior graça em minha vida. Neste momento, eu sabia somente que alguma força maior do que aquela escuridão aterradora havia feito duas coisas: (1) Tinha me mostrado a real face dos 'céus' e dos 'anjos' da Nova Era, com os quais eu estava tão profundamente envolvido; (2) Tinha me livrado da perdição certa."

Levou certo tempo para Randall aceitar o fato que Cristo intervira pessoalmente para salvá-lo da morte nas mãos de Satanás. Ao longo do caminho, ele disse:

"Foi tão chocante entender que a luz celestial que apareceu era, na verdade, a parte da frente de uma moeda falsa de uma escuridão aterradora."

As observações dele continuam:

"Quanto mais eu lia a Bíblia, em especial, os Evangelhos, mais eu via que os ensinos de Jesus estavam em discordância com a filosofia da Nova Era em muitos pontos-chave". Alguns desses pontos incluíam:"

  • A natureza pecaminosa do homem (a Nova Era diz que ele é inerentemente perfeito, é um 'deus').
  • A necessidade do homem de redenção por meio de Jesus Cristo (a Nova Era diz que não há necessidade de salvação);
  • O julgamento final (a Nova Era afirma que cada um é seu próprio juiz, e que o 'lago de fogo' é um mito);
  • A segunda vinda pessoal e visível do Jesus Cristo (a Nova Era afirma que outro 'Cristo' (não Jesus Cristo) e/ou 'a consciência de Cristo', conduzirá o mundo a uma Nova Era).

Randall passou por uma luta enorme durante várias semanas enquanto Satanás e seus demônios trabalhavam arduamente para manter seu controle sobre ele. Quando finalmente se arrependeu e aceitou a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal, ele disse:

"O Senhor tinha cortado completamente minha horrível servidão a Satanás e me livrou, ao me receber em Seu corpo. Ele lavou meus pecados cor de escarlate e me deixou alvo como a neve. Eu tinha sido um prisioneiro, mas agora estava livre."

"Olhando para trás, para meus quinze longos anos intensivos na Nova Era, fica claro como Satanás tentou um ingênuo adolescente em busca da verdade, seduziu um investigador bem-intencionado, porém cego e prendeu um homem em correntes, a cada etapa em que ele galgava uma carreira meteórica na Nova Era."

"O maior veneno desta encenação inteira, é que acreditei verdadeiramente que a Nova Era detinha a verdade final e a supremacia espiritual. Somente quando tive um encontro dramático com a face aterradora por detrás da escuridão, por trás de todas as belas falsificações, é que comecei a suspeitar que Satanás era o autor da Nova Era. A parte mais triste de tudo é que milhões e milhões de praticantes atuais da Nova Era não têm a menor suspeita que foram enlaçados por uma magistral e poderosa enganação, que somente conduz ao lago do fogo. Hoje, meu coração dói quando penso em todas as pessoas, jovens e idosas, que se estão se dirigindo para a luz falsa da Nova Era, como mariposas para uma lâmpada acesa." [tradução nossa].

Um Testemunho Pessoal

Posso me identificar fortemente com a experiência pela qual Randall passou, pois é similar ao meu próprio caminho até Cristo. Eis aqui como descrevi a experiência alguns meses depois que fui salvo das garras de Satanás:

"Tive um encontro chocante com Satanás durante meu seminário recente de Nova Era, na África. Os bruxos de um conciliábulo, mascarados de 'amigos', abriram a porta para a força das trevas e a direcionaram contra mim. O ataque veio durante o sono. O demônio era o próprio mal, tão inacreditavelmente cruel e perverso que não posso sequer começar a descrevê-lo. Seu ódio por mim, e por todos os seres humanos era impressionante. E seu poder, uau! Ele me cercou furiosamente, tentando me seduzir a ir para fora de meu lugar seguro. Ele até enviou dois outros demônios inferiores, que não tinham poder algum sobre mim em meu lugar seguro, para me iludir e me seduzir a sair. A provocação durou por algum tempo. Em nenhum momento um dos mestres veio para me proteger. Eu estava por minha própria conta. No entanto, alguém me protegeu, pois sobrevivi.

"Mais tarde, comecei a despertar para o horror daquilo que tinha acontecido. Comecei a verificar quem me tinha protegido e me posto em um lugar seguro. Foi Jesus. Tenho certeza disto, pois meu lugar seguro tinha o formato do pão da comunhão."

Por mais que eu houvesse abandonado o Cristianismo 33 anos antes, Jesus protegeu uma alma perdida. Eu tinha sido atraído a uma emboscada satânica. Os bruxos do conciliábulo ficaram espantados pelo fato de eu ter sobrevivido. Para eles, eu deveria ter ficado possesso por demônios, ou morrido petrificado. Esta experiência terrível quebrou totalmente o encanto lançado pela Nova Era.

Mesmo sem ter encontrado outro cristão renascido, vim a Cristo quatro semanas mais tarde. Por Sua graça e misericórdia, fui protegido de um potente ataque satânico, e pude ver a verdadeira face que está por trás do Movimento de Nova Era. Talvez eu venha a escrever mais detalhadamente sobre esta experiência e suas consequências algum dia destes. Entretanto, gostaria que o leitor observasse que fui muito ativo no Movimento de Nova Era durante 33 anos, chegando a publicar dois livros sobre a Nova Era, com os dois outros aceitos para publicação, antes de eu os recolher.

Eu tinha participado de muitas conferências sobre a Nova Era e tinha sido um palestrante convidado em seminários nacionais e internacionais em pelo menos quatorze ocasiões, em países como Suíça, Áustria, Suécia, Inglaterra, México, Gana e nos EUA — e tinha falado em dezenas de seminários de Nova Era nos EUA, Alemanha, na França, na Bélgica e nos Países Baixos. Estive tão envolvido na Nova Era quanto Randall esteve e por duas vezes mais tempo do que ele.

Resumo

O conteúdo deste artigo pode ser resumido em uma única sentença: A face que está por trás do Movimento de Nova Era é a de Satanás; todo o Movimento é um engano satânico cuidadosamente projetado, e a ÚNICA proteção contra Satanás e seu exército de anjos caídos é nosso Senhor Jesus Cristo. Lúcifer é simplesmente a face "atraente" que Satanás apresenta aos seus seguidores. Ele pode se mostrar como um brilhante anjo de luz e se apresentar como a reluzente incorporação da verdade. Muitos de seus anjos caídos têm uma capacidade similar. Satanás é o mestre da enganação e o arquiteto de um altamente sofisticado sistema de mentiras em múltiplas camadas. Não importa quão bom você possa parecer aos seus próprios olhos. Em seu estado de caído, você não tem absolutamente defesa alguma contra essas mentiras. A não ser que você convide o Senhor Deus de toda a criação, em nome de seu Filho, Jesus Cristo, a derramar Sua graça salvadora sobre seu coração, você estará perdido.

Bibliografia e Leitura Adicional

Nota: Os dois livros indicados por um asterisco foram escritos por líderes influentes no movimento Nova Era. Eles indicam escrachadamente e com grandes detalhes, como a filosofia da Nova Era foi criada e o que ela pretende alcançar.



Autor: Robert Pye, artigo em http://www.zephaniah.eu
Tradução: C. A. D. J.
Data da publicação: 27/5/2012
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/novaera-2.asp