Conforto de Deus nas Vindouras Horas Difíceis

Adversidade e perseguição poderão afligir os cristãos genuínos


Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Como alguém escreve um artigo com o objetivo de chamar a atenção de seus irmãos e irmãs em Cristo? O que podemos fazer ou dizer para fazê-lo se preocupar com as questões espirituais da mais alta importância? Sabemos que isso não pode ser feito, a não ser que o Espírito Santo produza impacto em seu coração para que você leia e dê ouvidos! Nossa oração é que Ele faça exatamente isso com você agora.

Aqui na The Cutting Edge, estamos muito preocupados com o povo de Deus, que está "sossegado em Sião" [Amós 6:1] e despreparado para enfrentar a Tribulação que ocorrerá mais cedo ou mais tarde. Nunca antes na história humana houve tantas pessoas desfrutando de um nível de prosperidade e uma vida tranqüila como estamos experimentando agora — para não mencionar a duração destes bons tempos. Levando-se todas as coisas em consideração, o crescimento econômico tem sido praticamente contínuo desde o fim da Segunda Guerra Mundial e, desde 1945 até os dias atuais, tornamo-nos "ricos e abastados", como a igreja de Laodicéia, em Apocalipse 3:17. Isso tanto é verdade que nos EUA, os pobres são na verdade muito ricos, quando comparados com os padrões do Terceiro Mundo e milhões estariam alegremente dispostos a trocar de lugares com eles! No entanto, essa prosperidade material sem precedentes, que está cativando as pessoas, deve ser vista pelo povo de Deus como um sinal vermelho de advertência. Primeiro, devemos compreender que a história sempre se repete, e já passamos há muito tempo da hora em que a calamidade deveria ter vindo e nivelado tudo outra vez. Desde o início da civilização, os homens sempre procuraram governar o mundo e tomar à força aquilo que não conseguem ganhar por meio de subterfúgios — e até esta data, nada foi feito nos corações dos homens para colocar um fim nisso. Assim, com a mesma certeza que o sol se levantará no oriente amanhã de manhã, o Diabo fará com que essa casa construída sobre a areia desabe e o mundo mergulhe no caos novamente. Sentimos que, na próxima vez que isso acontecer, o Anticristo aproveitará a oportunidade para ascender ao poder.

Acreditamos também que milhões de cristãos foram levados a um falso senso de segurança devido a um erro na compreensão do momento em que ocorrerá o arrebatamento da igreja. Há mais de cem anos que os mestres conservadores da Bíblia ensinam que o arrebatamento ocorrerá antes da revelação do Anticristo, gerando assim a crença comum que os cristãos escaparão de todos os horrores do reinado dele. Embora concordemos que seremos poupados do período da Tribulação propriamente, não há um ensino bíblico que garanta que não veremos o Anticristo aparecer e ascender ao poder! Tudo o que a Bíblia diz é que o período da Tribulação ("o Dia do Senhor") não começará até que a apostasia e revelação do Anticristo aconteçam [2 Tessalonicenses 2:3]. A palavra que foi traduzida como "revelado" nesse verso tem literalmente o sentido "tirar a tampa de", desse modo revelando o conteúdo! Quando compreendemos esse conceito, a "revelação" do Anticristo pode ser qualquer coisa, desde a primeira menção do nome dele nos jornais até a assinatura da aliança com Israel [Daniel 9:27] — o que, a propósito, será a data oficial de início da Tribulação. Se essa revelação coincidir com a assinatura da aliança, ela ainda atenderá ao critério de 2 Tessalonicenses 2:3, pois precedeu o início do período da Tribulação. Se esse for o caso, a ascensão do Anticristo ao poder — independente do tempo que levará — poderá muito bem ser vista e presenciada pelos cristãos antes do arrebatamento. O ensino que o arrebatamento ocorrerá antes da revelação do Anticristo encontra-se em 2 Tessalonicenses 2:7-8, em que lemos o seguinte:

"Porque já o mistério da injustiça opera; somente há um que agora resiste até que do meio seja tirado; e então será revelado o iníquo, a quem o Senhor desfará pelo assopro da sua boca, e aniquilará pelo esplendor da sua vinda."

Acredita-se que esse "um que agora resiste" seja o Espírito Santo e Ele continuará a deter o plano e o programa de Satanás até a hora certa e então "Ele" (o Espírito Santo) será tirado do caminho. O problema é que os especialistas atuais em estudos proféticos insistem que a ação de restrição do Espírito Santo será removida no arrebatamento, quando sua presença (dentro do coração dos cristãos) sairá juntamente com eles. [Pare agora! Leia nossa discussão sobre o erro do ensino profético padrão no artigo Discrepâncias no Ensino Profético Padrão: Discussões com o Dr. Timothy Ice.].

Agora que você já leu o artigo referido, continue a leitura deste artigo atual.

Embora isso certamente possa ser verdadeiro, precisamos destacar que o texto bíblico diz que a influência de restrição do Espírito Santo será tirada do meio — não diz "removida", como seria o caso com o cenário do arrebatamento! Deus pode (e acredito que irá) simplesmente retirar Sua mão restritora dos assuntos terreais e permitir que Satanás tenha liberdade total durante certo período de tempo. Se isso realmente ocorrer, então o tempo da revelação do Anticristo não estará de modo algum vinculado ao arrebatamento da igreja e não será necessariamente posterior a ele.

Tomamos essa posição simplesmente para indicar que não devemos considerar que o assunto esteja escrito na rocha e desse modo cometer o erro de desconsiderar as outras possibilidades. E se nossa visão particular sobre esses eventos estiver correta e os cristãos genuínos — aqueles que foram ensinados que serão arrebatados antes de tudo isso ocorrer — subitamente se encontrarem no meio dos eventos do fim dos tempos que estão claramente relacionados com o Anticristo e, apesar disso, ainda estiverem por aqui? E se a hipótese levantada por David Bay, em um de seus artigos, estiver correta e o Diabo encenar um falso "arrebatamento" e as pessoas ouvirem na mídia de massa que milhões de pessoas desapareceram, porém aqueles que pensavam que estariam entre os eleitos de Deus ainda estiverem por aqui? Pessoal, isso pode não acontecer e podemos estar enganados, mas pelo amor de Deus, acordem para essa possibilidade e peçam que Deus os ajude a se prepararem para qualquer coisa que venha a acontecer. Certamente, acreditamos que o arrebatamento da igreja seja iminente, mas também pode demorar mais alguns meses ou anos, e quem sabe o que o mundo, a carne e o Diabo poderão fazer contra nós nesse ínterim?

Todo cristão deve entender que a situação mundial neste momento é um grande caldeirão de ódio fervente que está apenas esperando por uma oportunidade para transbordar. Os palestinos e outros grupos islâmicos odeiam Israel de tal forma que deverão irromper em hostilidades mais cedo ou mais tarde — e o clima político é tal que quando essa confrontação ocorrer, o resto do mundo provavelmente será envolvido. Se a produção de petróleo no Oriente Médio for subitamente suspensa por causa de uma retaliação árabe, as Bolsas de Valores do resto do mundo provavelmente desabarão e a maioria das pessoas ficará destituída e sem opções viáveis. Uma situação que apenas algumas horas antes parecia promissora e rósea poderá se transformar rapidamente em um pesadelo inimaginável.

Você está preparado mental e espiritualmente para enfrentar o desastre? Nenhum de nós está totalmente preparado, mas perceber o que pode acontecer e fortalecer-se por meio da oração e do estudo da Bíblia certamente ajudará. A calamidade prevista nunca é tão terrível quanto aquela que nos pega completamente desprevenidos.

Então, o que deveremos fazer se o pior acontecer e nos pegar "de calças curtas"? Bem, obviamente precisamos fazer uma avaliação dos nossos recursos na situação e tentar sobreviver da melhor maneira possível. Alimentação, vestuário e moradia são as necessidades básicas fundamentais e em circunstâncias extremas, os homens descobrem que podem viver muito bem com menos do que estavam acostumados. No entanto, não podemos nos dar bem sem Deus e sem um relacionamento pessoal e afetuoso com Ele. Quando a escuridão vier sobre nós e tudo parecer perdido, nossa primeira prioridade deve ser olhar para o alto e agradecer pelas circunstâncias porque Ele nos disse em Romanos 8:28 que "Todas as coisas contribuem juntamente para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados segundo o seu propósito." Observe que não diz que todas as coisas são boas em si mesmas, mas ao contrário, que cooperam juntamente para nosso bem. Se você realmente compreender o significado desse verso, seu modo de encarar a vida poderá mudar para sempre! Independente do que o mundo, a carne e o Diabo lancem contra nós — Deus diz que tudo cooperará para nosso bem. Algumas vezes, os remédios têm gosto amargo ou produzem efeitos colaterais dolorosos, mas são necessários para que nos recuperemos de nossas enfermidades.

Você conhece as promessas que temos na Palavra de Deus? A não ser que tenha passado por um período de teste na fé, pode ser que nunca tenha sido forçado a considerá-las. Por essa razão, queremos indicar algumas referências preciosas nas Escrituras com a sincera esperança que você imprima e guarde. No entanto, não espere que o teto desabe sobre sua cabeça para usá-las; consulte-as em sua Bíblia e receba uma bênção a partir de hoje mesmo!

Começaremos nossa seleção com uma passagem dos Salmos:

"Bem-aventurado é o homem a quem tu castigas, ó SENHOR, e a quem ensinas a tua lei; para lhe dares descanso dos dias maus, até que se abra a cova para o ímpio. Pois o SENHOR não rejeitará o seu povo, nem desamparará a sua herança." [Salmos 94:12-14; ênfase adicionada].

Nota: a maior parte das citações do Antigo Testamento também se aplica igualmente aos santos de todas as épocas, mas precisamos observar que algumas delas são específicas para os judeus sob a Lei Mosaica. As promessas condicionais de saúde, riquezas, etc. — Deus diz 'se fizeres isto então te abençoarei desta e daquela maneira' — não se aplicam aos santos da igreja.

Promessas aos Justos

Antigo Testamento: Gênesis 15:1; Gênesis 22:17; Êxodo 23:22; Levítico 26:5-6; Deuteronômio 28:1-13; Deuteronômio 33:27; 1 Samuel 2:9; 2 Crônicas 16:9; Esdras 8:22; Jó 5:11-27; Jó 8:4-7; Jó 8:20-21; Jó 11:15-20; Jó 22:21-30; Jó 36:7-12; Salmos 4:3; Salmos 5:12; Salmos 15:2-5; Salmos 23:6; Salmos 25:10-14; Salmos 28:8; Salmos 29:11; Salmos 32:6-8; Salmos 32:10; Salmos 33:18-19; Salmos 34:9-10; Salmos 34:15; Salmos 34:17; Salmos 37:3-5; Salmos 37:9; Salmos 37:18; Salmos 37:23-29; Salmos 37:34; Salmos 41:1-2; Salmos 50:15; Salmos 55:22; Salmos 58:11; Salmos 62:8; Salmos 65:4; Salmos 73:24; Salmos 81:10; Salmos 84:11; Salmos 85:9; Salmos 91:1-16; Salmos 94:17-18; Salmos 97:10-11; Salmos 111:5; Salmos 112:6; Salmos 121:1-8; Salmos 125:1-3; Salmos 128:1-6; Salmos 145:18-21; Provérbios 1:33; Provérbios 2:21-22; Provérbios 3:1-10; Provérbios 3:25-26; Provérbios 10:3;  Provérbios 12:2; Provérbios 14:26; Provérbios 15:29; Provérbios 16:7; Provérbios 21:21; Provérbios 28:25; Provérbios 29:25; Eclesiastes 7:18; Eclesiastes 8:5; Isaías 4:5-6; Isaías 11:6-9; Isaías 25:8; Isaías 26:3; Isaías 33:16; Isaías 33:21-22; Isaías 33:24; Isaías 35:10; Isaías 40:10-11; Isaías 40:29; Isaías 40:31; Isaías 41:10-11; Isaías 41:13; Isaías 43:2; Isaías 44:2-3; Isaías 49:9-12; Isaías 50:7-9; Isaías 51:11; Isaías 54:1-17; Isaías 57:1-2; Isaías 58:8-14; Isaías 59:20-21; Isaías 64:4; Isaías 65:13-14; Isaías 65:17-25; Isaías 66:13-14; Jeremias 17:7-8; Ezequiel 18:5-9; Ezequiel 18:19-20 Ezequiel 34:11-17; Ezequiel 34:22-31; Daniel 12:1-3; Oséias 6:3; Naum 1:7; Ageu 2:4-5; Zacarias 3:7; Malaquias 3:16-18; Malaquias 4:2-3.

Novo Testamento: Mateus 3:12; Mateus 5:3-12; Mateus 7:7-8; Mateus 8:11; Mateus 10:28-32; Mateus 13:43; Mateus 18:19-20; Mateus 19:29; Mateus 24:21-22; Marcos 8:35; Marcos 9:41; Marcos 10:21; Marcos 10:29-30; Marcos 11:23-24; Marcos 13:13; Marcos 13:27; Lucas 3:17; Lucas 6:20-23; Lucas 10:20; Lucas 11:9-10; Lucas 12:7; Lucas 12:32; Lucas 18:29-30; Lucas 19:11-27; Lucas 21:18; Lucas 21:27-28; Lucas 22:29-30; Lucas 23:43; João 3:15-18; João 3:36; João 4:14; João 5:24; João 5:29; João 6:39-40; João 8:12; João 8:51; João 9:31; João 10:27-29; João 12:25-26; João 14:1-3; João 14:12-13; João 14:15-26; João 16:33; João 17:2; João 17:22-24; Atos 10:4; Atos 20:32: Atos 26:18; Romanos 2:7-10; Romanos 5:9-11; Romanos 5:17; Romanos 6:22-23; Romanos 8:14-18; Romanos 8:28; Romanos 8:32-39; Romanos 9:33; Romanos 10:9-13; Romanos 13:11; 1 Coríntios 1:8-9; 1 Coríntios 2:9; 1 Coríntios 3:21-23; 1 Coríntios 6:2-3; 1 Coríntios 8:3; 1 Coríntios 13:10-12; 1 Coríntios 15:48-58; 2 Coríntios 1:20-22; 2 Coríntios 4:14-18; 2 Coríntios 7:1; Gálatas 3:29; Gálatas 6:8-9; Efésios 1:18; Efésios 2:7; Efésios 6:8; Filipenses 4:7; Filipenses 4:19; Colossenses. 1:12; Col. 3:4; Colossenses 3:24; 1 Tessalonicenses 2:12; 1 Tessalonicenses 3:12-13; 1 Tessalonicenses 4:15-18; 1 Tessalonicenses 5:9-11; 2 Tessalonicenses 1:5-7; 2 Tessalonicenses 2:13-14; 1 Timóteo 4:8; 2 Timóteo 1:12; 2 Timóteo 2:10-12; 2 Timóteo 2:19; 2 Timóteo 4:8; Tito 2:11-14; Tito 3:7; Hebreus 1:14; Hebreus 4:9; Hebreus 4:15-16; Hebreus 6:10; Hebreus 6:16-20; Hebreus 9:15; Hebreus 9:28; Hebreus 10:34-36; Hebreus 11:16; Hebreus 12:22-23; Hebreus 12:28; Hebreus 13:5-6; Tiago 1:5; Tiago 1:12; Tiago 1:25; Tiago 2:5; Tiago 4:8; 1 Pedro 1:1-8; 1 Pedro 2:5-6; 1 Pedro 2:9-10; 1 Pedro 3:9-12; 1 Pedro 4:13; 1 Pedro 5:4; 1 Pedro 5:6-7; 1 Pedro 5:10; 2 Pedro 1:4; 2 Pedro 1:10-11; 2 Pedro 2:9; 1 João 1:7-9; 1 João 2:17; 1 João 2:25; 1 João 2:28; 1 João 3:2; 1 João 3:22; 1 João 5:13; Apocalipse 2:7; Apocalipse 2:10-11; Apocalipse 2:17; Apocalipse 2:26-28; Apocalipse 3:4-5; Apocalipse 3:10-12; Apocalipse 3:21; Apocalipse 7:9-17; Apocalipse 11:18; Apocalipse 14:13; Apocalipse 16:15; Apocalipse 20:4-6; Apocalipse 21:3-7; Apocalipse 21:24; Apocalipse 22:1-5,12-14.

Se você conhece a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador pessoal, essas promessas (como observado anteriormente) se aplicam a você e recomendamos que se familiarize com elas e as reivindique para si. Mesmo que não presenciemos os eventos do fim dos tempos, mais cedo ou mais tarde cada um de nós enfrentará crises emocionais, espirituais ou financeiras e esses versos das Escrituras são uma grande fonte de consolação.

Mantenha seus olhos e ouvidos espirituais bem abertos, pois estamos definitivamente vivendo em "tempos trabalhosos". [2 Timóteo 3:1].


Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 1/3/2001
Patrocinado por: H. S. C. — Campinas / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p153.asp