O Único Caminho Para o Céu

Existem muitas teorias sobre a salvação, com novas idéias sendo promovidas em toda a parte — Como podemos separar a verdade da última moda?

Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Chega a ser estonteante usar um sistema de buscas na Internet e pesquisar as aparentemente intermináveis doutrinas que os homens concebem para obter a vida eterna. Se contarmos todas as sutis variações, esses planos e esquemas aparentemente piedosos chegam literalmente às centenas e aumentam cada vez mais! Todos são tão antigos quanto sujos, mas alguns parecem tão novos e brilhantes como uma moedinha recém-cunhada na Casa da Moeda. Não é maravilha que a confusão reine de um pólo a outro e em todos os continentes à medida que o homem busca respostas, mas não sabe como discernir a verdade. Esse caos sectário crescente é precisamente o resultado desejado pelos grupos ocultistas, que investiram vários séculos planejando cuidadosamente como fazer isso acontecer. A proliferação de visões opostas foi concebida para gerar ódio e atrito entre os zelotes que estiverem determinados a avançar sua causa "justa" em particular, com milhões derramando seu sangue no processo e transformando muitos países para sempre. O plano diabólico prevê um dia em que a humanidade se tornará tão frustrada com suas próprias tentativas de trazer uma paz duradoura entre as facções em guerra santa, que elas concordarão com o estabelecimento de uma religião "tamanho único" que incorpore os elementos doutrinários mais elevados de cada uma para o benefício mútuo de todos. A remoção dos elementos exclusivistas dos pontos de vista oponentes eliminará (de acordo com o plano) o atrito sectário e trará uma "era dourada" de paz e prosperidade.

E, enquanto essa idéia ainda está fresca em nossas cabeças, você não acha muitíssimo interessante que o Grau 33 do Rito Escocês da Maçonaria tenha como divisa a expressão latina "ORDO AB CHAO", que literalmente significa "Ordem a partir do caos"? Agora, o que você acha que eles querem dizer com isso?

Por sua própria natureza, as crenças religiosas causam polarização entre os aderentes e aqueles que não crêem. É um fato infeliz da história que alguns seguidores inevitavelmente tornam-se zelotes fanáticos determinados a forçar sua versão da verdade absoluta sobre os outros — como os muçulmanos fizeram durante as invasões na Europa. Então, de um modo similar, as cruzadas "cristãs" travaram uma guerra prolongada contra os muçulmanos para tentar libertar a Terra Santa do domínio deles — cada lado estava totalmente convencido que obedecia ao seu Deus! Mas, apesar de sérias e custosas em termos humanos que foram essas conflagrações, na verdade são pálidas em comparação com a enormidade do potencial atual para o desastre espiritual. As antigas batalhas foram basicamente entre o Cristianismo e o Islã, mas hoje o elemento judaico é novamente um fator importante, com o Hinduísmo da Índia e o Ateísmo da China comunista começando a flexionar seus músculos consideráveis em termos puramente numéricos. Enquanto isso, o Cristianismo continua a se dividir em facções denominacionais e em seitas aparentemente intermináveis, devido às diferenças da interpretação bíblica misturada com uma grande dose de mundanismo. Essas diferenças de opinião estão fornecendo terreno fértil para a apostasia do fim dos tempos — o grande afastamento predito em 2 Tessalonicenses 2:3. Os crentes genuínos em Jesus Cristo reconhecem os sintomas espirituais, mas por causa dos falsos mestres que se "infiltraram sorrateiramente" [Judas 1:4], a maior parte do rebanho está mal preparada para lidar com as realidades que estão diante das igrejas atualmente.

Ao contrário da suposição mantida por alguns, a Bíblia não ensina nem advoga a resistência física ativa contra o alastramento do mal. O Senhor nos disse em Mateus 5:39 para não resistirmos ao mal, mas "virar a outra face". As guerras em nome de Cristo como modo de deter a ampliação do Islã e recuperar a Terra Santa durante a Idade Média não tiveram base nas Escrituras e também não têm base os protestos violentos e o assassinato dos médicos aborteiros. Em nenhum lugar a Palavra de Deus nos diz para queimarmos os heréticos na fogueira, como foi feito repetidamente séculos atrás, nem de forma alguma apóia a rebelião contra os governos — independente de quão ímpios e repressivos eles possam ser! No entanto, pastores ignorantes nos EUA continuam a louvar os "Pais Fundadores" por serem indivíduos piedosos quando, na realidade, os principais líderes eram rosa-cruzes e/ou maçons influenciados pela religião do Gnosticismo (a busca pelo conhecimento e pela iluminação espiritual) e totalmente luciferianos! A rebelião é como o pecado da feitiçaria [1 Samuel 15:23] e nenhum raciocínio humano pode justificar a formação dos EUA por meio da guerra revolucionária liderada pelos maçons. Além disso, nenhuma tentativa de tornar as coisas mais difíceis de compreender pode encobrir os fatos históricos se a pessoa estiver determinada a conhecê-los. As evidências indicam fortemente que Washington, Jefferson, e Franklin atuaram em conluio com seus irmãos maçons entre os britânicos para "ganhar a guerra" e estabelecer uma "Nova Atlântida" com base na premissa do livro visionário de Sir Francis Bacon — o mais alto adepto na Sociedade Rosa-Cruz em seu tempo e, com toda a probabilidade, o fundador da Maçonaria do Rito Escocês moderno. A história da Atlântida, conforme originalmente contada em Timaeus, do filósofo grego Platão, é mantida pelas autoridades modernas como um conto mitológico sobre uma ilha — um grande império no meio do oceano Atlântico — cujos exércitos planejaram subjugar os países mediterrâneos e que foram supostamente bem-sucedidos em partes da Europa e da África. No entanto, a cidade-estado grega Atenas os derrotou e os manteve à distância. Então, algum tempo mais tarde, grandes terremotos e inundações atingiram a ilha e, em um único dia e noite de chuva, ela afundou no mar. Se essa história é um mito ou um fato real, é algo que é debatido há séculos, mas uma coisa é inegável — as organizações ocultistas a incorporam em suas doutrinas e os povos "arianos" associados com o "continente perdido" tiveram um papel muito importante no plano de Adolf Hitler para uma raça-mestre!

Há muito tempo David Bay escreveu artigos na Cutting Edge expondo os detalhes a respeito dos símbolos maçônicos na capital americana, Washington. Diversas gravuras mostram as ruas em ângulos ridículos, para formar a "cabeça do bode de Mendes" — uma estrela de cinco pontas com duas pontas para cima, o obelisco do Monumento a Washington, um símbolo fálico de Osíris, a estátua de um general confederado, Albert Pike, um maçom de Grau 33 e o autor de Morals and Dogma, a "bíblia" da Maçonaria do Rito Escocês, etc. No entanto, algo que não está incluído nesses artigos é o fato que Thomas Jefferson (nunca se provou que tenha sido maçom, mas obviamente tinha simpatias pela Sociedade Rosa-Cruz — se é que não foi um membro dela) considerava Francis Bacon como um dos três maiores homens na história da humanidade: "Bacon, Locke e Newton foram três dos maiores homens que já viveram, sem qualquer exceção e, por terem lançado as bases daquelas superestruturas que foram criadas nas ciências físicas e morais." Essa afirmação foi feita por Jefferson em sua carta de 15 de fevereiro de 1789 ao artista americano John Trumbull, ao encomendar cópias dos retratos dos três homens. O trabalho deles nas "ciências físicas e morais" foi instrumental na educação e cosmovisão de Jefferson. Por exemplo, as divisões de Bacon do conhecimento tornaram-se as divisões de Jefferson no catálogo de sua biblioteca. (Nota: Essa óbvia omissão de Jesus Cristo deve para sempre dissipar da cabeça dos cristãos qualquer noção que esse homem era temente a Deus!!!) Além disso, quando olhamos a obra de arte na Sala de Leitura Jefferson da Biblioteca do Congresso, encontramos evidências circunstanciais adicionais do status de Bacon no que se refere ao terceiro presidente americano e as conexões maçônicas/rosa-cruzes no tema geral da capital do país não podem ser negadas. O nome "BACON" em letras maiúsculas é mostrado de forma preeminente no teto como um dos grandes poetas da história. No entanto, uma das conexões menos reconhecidas encontra-se na ênfase repetida nas pinturas e estátuas de "Minerva" — não somente na sala de leitura, mas na abóbada do Congresso americano! Para aqueles de vocês que podem não conhecer muito sobre mitologia, a deusa Minerva era conhecida por esse nome pelos romanos. Os gregos, no entanto, a conheciam como "Palas Atenas" — a deusa do conhecimento — geralmente retratada vestindo um elmo e carregando uma lança, que ela brandia contra a ignorância! Shake her spear, agora, por que isso soa tão familiar? [Nota do tradutor: Aqui há um jogo de palavras entre a expressão "Shakes her spear" ("Ela brande sua lança") e o nome Shakespeare — segundo algumas alegações, Francis Bacon teria sido o verdadeiro autor de algumas obras atribuídas a Shakespeare.] A coruja é universalmente considerada um símbolo do conhecimento e está intimamente associada com Palas Atenas (ou Minerva) — a origem dessa simbologia. Assim, se você vir uma coruja que está aparentemente fora de lugar em algum documento ou obra de arte do governo, sempre pense em Sir Francis Bacon, pois ele tinha Palas Atenas como sua "musa", ou espírito-guia! Falando nisso, você sabia que existe uma minúscula coruja na gravura frontal da nota de um dólar? Para vê-la distintamente, é necessário usar uma lente de aumento, mas ela está no canto superior direito, à esquerda da parte superior do algarismo 1. (Alguns sites na Internet mostram figuras ampliadas, de modo que você talvez se interesse em fazer uma pesquisa. Simplesmente digite "owl and one dollar bill" na caixa de pesquisa e encontrará várias indicações de sites para escolher. Parece que alguns funcionários do governo foram questionados a respeito da existência dessa coruja e disseram que o retratista apenas "fez uma travessura"! Se você acredita nessa explicação, tenho um terreno no meio do Saara que gostaria de lhe vender!)

Agora, deixe-me atiçá-lo um pouco mais! Eles provavelmente não admitem isso, mas os graus elevados da Maçonaria acreditam e ensinam a doutrina da reencarnação. (Sem qualquer dúvida, a Sociedade Rosa-Cruz, a "organização-mãe da Maçonaria" crê e ensina isso.). Diversas histórias sobre a assinatura da Declaração de Independência referem-se a um "senhor idoso misterioso" que foi visto conversando com Washington, Jefferson e Franklin, dando-lhes conselhos sobre o projeto da bandeira nacional. Fica subentendido nessas histórias — aparentemente de origens maçônicas — que o velho senhor era Francis Bacon encarnado! Faça pouco caso disso se quiser, mas por que um site maçônico enorme, http://www.sirbacon.org dedica-se a promover Francis Bacon, e muito mais em colocar uma página para chamar a atenção dos irmãos ao verso da nota de um dólar? (O mesmo artista a quem Jefferson encomendou os retratos, John Turnbull, também pintou o famoso quadro da assinatura da Declaração de Independência — usado como modelo na gravura no verso da nota). A página no site mostra o verso da nota, com uma legenda que diz "Bacon 'visitando' a assinatura da declaração de independência"! Nenhuma explicação é dada e nada é destacado, pois o site sabe que "aqueles que compreendem" reconhecerão o significado. Bem, vamos dar uma olhada e ver o que encontramos. A cena diante de nós é o primeiro plano, sobre o qual encontra-se o documento a ser assinado, com homens de pé em volta dele. No fundo estão vários homens sentados e em pé formando um semicírculo. Uma olhada rápida nessa cena no Independence Hall, em Filadélfia, não revela nada ao observador comum, mas em uma inspeção mais atenta, vemos um homem no fundo vestindo um chapéu. Ah! vestir um chapéu dentro de uma casa era considerado deselegante naqueles dias e nenhum cavalheiro faria aquilo — a não ser, é claro, que fosse um "mestre venerável" em um recinto repleto de maçons! Francis Bacon!??? Eles acreditam nisso, independente se nós acreditamos ou não, e incluíram esse detalhe, juntamente com diversos outros símbolos ocultistas no nosso dinheiro como um testemunho do controle total que têm sobre a nação! [Nota: Para ver a gravura desse quadro, dê um clique aqui.].

Essas evidências circunstanciais do papel da Maçonaria na fundação dos EUA são dadas como um princípio fundamental para alegações mais graves. Como mencionei anteriormente, a Sociedade Rosa-Cruz e a Maçonaria praticam a mesma antiga religião do Gnosticismo — da palavra grega gnosis, ou "conhecimento". A "iluminação" espiritual tem sido a busca das sociedades secretas desde a aurora da civilização e essas são apenas duas entre muitas outras organizações aparentadas — todas as quais estão trabalhando em prol do mesmo objetivo de eventual domínio mundial, sendo elas a elite governante. A pirâmide com o "olho que tudo vê de Hórus", mostrada no verso da nota de um dólar mostra o ápice da pirâmide suspenso acima de uma base truncada — ainda não colocada. Uma pirâmide é o símbolo final para a estrutura empresarial — a cadeia de comando que vai do ápice à base — e quando a "Nova Ordem Mundial" deles finalmente estiver estabelecida, a visão futurística do "grande irmão", de George Orwell, finalmente se tornará uma realidade aterrorizadora e a vida para a humanidade nunca mais será a mesma. Somente o próprio Deus sabe o nível em que a Sociedade Rosa-Cruz e a Maçonaria, juntamente com outras sociedades secretas, influenciaram a vida de todos nós. Fomos, somos e, de acordo com a Bíblia, continuaremos a ser manipulados por tantas formas sutis, que "enganação" é um termo inadequado para expressar todo o engano. Francamente, acredito que o termo bíblico "mistério da iniqüidade" [2 Tessalonicenses 2:7] refira-se ao sistema ocultista e o calendário já vencido para revelar o "Cristo" deles está sendo frustrado e retardado pelo Espírito Santo — apenas para provar quem está sentado no trono! Quando Ele quiser, e não antes, eles receberão a permissão para entrar na fase final de apresentar seu falso Cristo — o Anticristo — para um mundo incauto e despreparado.

O cristianismo genuíno é o maior obstáculo humano possível para aqueles que querem trazer um falso Cristo à cena mundial. O Espírito Santo habita nos crentes, os cristãos maduros conhecem bem a Bíblia e estão cientes das profecias específicas a respeito do aparecimento do homem do pecado, o filho da perdição. E isso, mais do que toda a outra lógica, fala claramente a respeito de um arrebatamento pré-tribulacional da igreja para remover as sentinelas! Quanto ao "sal da terra" [Mateus 5:13] — que inibe a putrefação espiritual — somos os verdadeiramente "iluminados" ao observarmos os eventos mundiais se desdobrarem, buscando os sinais das tribulações que estão por vir. O Anticristo aparecer diante de nós sem que o alarme seja soado é algo altamente improvável e nossa ausência parece ser indicada pelo grau do engano bem-sucedido que encontramos nas palavras do Senhor em Mateus 24. Entretanto, os falsos cristãos (o joio no meio do trigo) morderão a isca, com o anzol e a linha, bem como o resto do mundo! Estamos convencidos que o lado das trevas está ansioso e preparado, aguardando com expectativa que Deus remova seus "atalaias posicionados na muralha" para que eles possam então entrar na fase final em sua busca pela imortalidade por meio de Lúcifer, o "portador da luz".

Satanás vendeu às religiões do mundo a noção totalmente sem base nas Escrituras que o homem é inerentemente bom e que, por pior que seja, ainda possui uma "centelha de divindade" dentro dele que pode ser transformada em uma chama por meio do esforço pessoal. A salvação é assim obtida por meio das boas obras e marque bem — isso é heresia e, em todas as suas muitas formas, é o fio comum encontrado em todo sistema falso de crenças na face da terra. O cristianismo, como apresentado na Bíblia — crentes genuínos lavados no sangue de Jesus Cristo, salvos pela graça de Deus — procura dizer a todos quantos queiram ouvir que somente Jesus Cristo salva e não temos nada que ver com isso. A graça é favor imerecido de Deus — receber a salvação sem merecê-la. É por isso que o Senhor disse em João 14:6 "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." O cristianismo bíblico é o sistema de crença mais exclusivo que já foi revelado ao homem! Ou é o caminho estreito do Senhor, ou o caminho largo, por assim dizer. Ou você vem a Ele por meio do novo nascimento, ou não vem absolutamente — é simples assim e todas as suas boas qualidades e boas intenções combinadas não lhe garantirão nada.

O dogma básico da Maçonaria é "Paternidade Universal de Deus e a Irmandade dos Homens" e seu slogan mais ou menos oficial é "Tornamos os homens bons melhores". A mentira monumental número um é que Deus é o Pai espiritual da humanidade. Sim, Ele nos criou, mas o pecado de Adão alienou e destruiu totalmente o relacionamento espiritual Pai-filho e somente Deus pode restaurar esse relacionamento, se quiser fazer isso. Todos os homens são irmãos na carne, mas essa não é uma coisa boa! Viemos a este mundo como criaturas caídas e depravadas — mortos em ofensas e pecados [Efésios 2:1], escravos de Satanás [Efésios 2:2], incapazes de compreender as coisas espirituais [1 Coríntios 2:14] e, se formos deixados por nossa própria conta, nunca buscaremos a Deus [Romanos 3:11]. Isso nos leva à mentira monumental número dois — tornar homens bons melhores. Mateus 19:17 e Romanos 3:12 dizem claramente que há somente um que é bom, e este é Deus. Um homem bom aos olhos de Deus é uma contradição em termos, sendo a única exceção o próprio Jesus Cristo — o Deus-homem, 100% Deus e 100% homem ao mesmo tempo! A mentira monumental número três é o conceito ridículo que uma pessoa pode merecer a salvação por seus próprios esforços. Deus, por Sua própria natureza, é a Perfeição Personificada e não pode tolerar o mal. Para que alguém possa se suster em Sua presença, precisa ser perfeito e desafio a qualquer maçom (ou qualquer outra pessoa) a me olhar direto nos olhos e dizer que a perfeição espiritual é obtida por meio de sua loja ou dos esforços pessoais. O único modo de qualquer mortal chegar aos céus é por meio de Jesus Cristo e da Sua justiça que nos é imputada. Se Ele escolher nos salvar (a escolha é Dele e não nossa!), imputará Sua perfeição e Sua justiça na nossa "conta" espiritual e Deus nos aceitará como Seus filhos, com base unicamente naquilo que Cristo fez em nosso favor. Este é o resumo, pessoal! EXCLUSIVO!!! e totalmente além das boas intenções do homem.

A religião da Maçonaria, como indicado anteriormente, é Gnosticismo — a exaltação do conhecimento, ou "iluminação" — em que Jesus Cristo é tornado subordinado ao verdadeiro Deus e recebe um lugar secundário entre diversos outros seres, anjos, etc., como somente um membro da ponte entre Deus e os homens. Portanto, a obra redentora de Cristo na cruz é depreciada e não é considerada completa. No sistema de crença maçônico, Jesus é um grande profeta, um "Mestre Ascenso", mas ainda um homem comum — de forma muito similar como é visto pelo Islã e apresentamos a você que ambas as visões têm uma origem comum! É por isso que "Deus" é constantemente invocado em seus escritos, mas o precioso nome de Jesus Cristo raramente, ou nunca é mencionado em uma "loja regularmente constituída"! Se você for um filho de Deus, nascido de novo e está em jugo desigual [2 Coríntios 6:14] com "irmãos" maçons, essas coisas devem alertá-lo para o erro e levá-lo a se desligar como membro, para nunca mais voltar! Se, por outro lado, você não se considera um cristão, nós o incentivamos a buscar o perdão e a salvação de Deus — mas o enfoque deste artigo não é basicamente dirigido a você.

O apóstolo Paulo freqüentemente encontrou o Gnosticismo ao pregar e fundar igrejas em suas viagens missionárias. Em sua carta aos crentes em Colossos, que escreveu enquanto estava preso em Roma, ele tratou da filosofia e lhe deu um golpe esmagador. Em Colossenses 1:19 e 2:9, repetindo por uma questão de ênfase, ele diz que a plenitude (a palavra grega pleroma — era exatamente o mesmo termo que os gnósticos usavam para se referir às hostes de seres intermediários entre Deus e o homem) da divindade habita corporalmente em Jesus Cristo! Em outras palavras, Jesus Cristo é o próprio Deus — não apenas um bom homem ou um grande profeta. A deidade absoluta de Cristo é central no Cristianismo ensinado na Bíblia e qualquer coisa menor do que isso é pura heresia. Da minha parte, não consigo compreender como um cristão regenerado possa professar salvação em Cristo por um lado e ao mesmo tempo colocar-se em jugo desigual com "irmãos" infiéis que negam a divindade de Cristo! Sim, o mistério da iniqüidade está operando intensamente e ganhando terreno a cada dia. Milhares de maçons ocupam cargos preeminentes no governo, nas forças armadas, nas empresas e nas nossas igrejas. Muitos, se não a maioria, são indivíduos decentes — mas a filosofia gnóstica da fraternidade é puro veneno e planeja a destruição final de tudo o que amamos no nosso país!

Freqüentemente, somos acusados de sermos paranóicos, mas ontem mesmo à noite, um dos programas de maior audiência na televisão ("Judging Amy", na CBS) utilizou um cenário em que crianças ficaram em um impasse com a polícia e assistentes sociais por causa das crenças que tinham aprendido de sua mãe. Ela os tinha advertido acerca dos perigos da Nova Ordem Mundial e mostrado os símbolos ocultistas na nota de um dólar. A mãe tinha sido ferida em um acidente de automóvel e levada ao hospital, deixando as crianças sozinhas. Quando as autoridades tentaram informá-las a respeito do acidente e colocá-las sob a custódia do Estado, o filho adolescente as ameaçou com uma arma. Logicamente, "todos viveram felizes para sempre" na ficção, mas precisamos nos dar conta que a ridicularização é uma arma poderosa em dissuadir as massas e o conhecimento amplo (e crescente) do que se passa entre os internos do hospício está deixando algumas pessoas nervosas! Mas, para que não sejamos malcompreendidos, tomem nota que não defendemos nenhum projeto social — não incentivamos a compra de armas, passeatas, nada desse tipo! Esta é uma guerra espiritual e que está sendo travada por meio das orações intercessórias do povo de Deus, acoplada com uma caminhada constante com Jesus Cristo. O Espírito Santo ainda está em controle completo da situação e já nos informou nas Escrituras que as forças do mal terão um triunfo temporário. Os esforços dos sites The Cutting Edge/A Espada do Espírito estão totalmente dedicados à proclamação da mensagem das boas novas do evangelho de Jesus Cristo para todos os que queiram ouvir e manter os santos informados a respeito da hora avançada em que estamos. O Senhor nos diz em Apocalipse 22:20 que está vindo sem demora — e o desejo do nosso coração é ecoado pelas palavras finais do apóstolo João: "Ora vem, Senhor Jesus".


Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 5/6/2002
Patrocinado por: J. R. P. — Rio de Janeiro
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p175.asp

Retornar aos artigos pastorais             Retonar aos estudos sobre a Maçonaria