Materialismo: O Amor ao Mundo e ao Que no Mundo Há

O apego aos bens materiais é uma maldição na vida de muitos cristãos


Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Estou convencido que a maioria dos cristãos tem um conceito errado a respeito de Satanás. Eles o vêem no mesmo contexto como as pessoas nos tempos medievais — uma criatura horrenda com patas, chifres e que passa o tempo inteiro lançando carvão nas fornalhas do inferno. Essa imagem mental, porém, não é coerente com o que a Bíblia diz sobre Satanás. Na verdade, o apóstolo Paulo diz que Satanás e seus ministros se transformam em anjos de luz e ministros da justiça:

"E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras."

Há um velho adágio que diz: "Você pode pegar mais moscas com mel do que com vinagre". A principal tática de Satanás é instigar as pessoas, não aterrorizá-las. Ele agiu assim no Jardim do Éden, quando manipulou Eva e a levou a violar uma das proibições de Deus. Ele apelou aos sentidos dela e a convenceu que comer do fruto proibido seria a coisa lógica a fazer! Sim, o papel principal de Satanás é de um tentador e vemos isso vividamente demonstrado em sua interação com o Senhor Jesus Cristo durante a experiência no deserto.

"Então foi conduzido Jesus pelo Espírito ao deserto, para ser tentado pelo diabo. E, tendo jejuado quarenta dias e quarenta noites, depois teve fome; e, chegando-se a ele o tentador, disse: Se tu és o Filho de Deus, manda que estas pedras se tornem em pães. Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus. Então o diabo o transportou à cidade santa, e colocou-o sobre o pináculo do templo, e disse-lhe: Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo; porque está escrito: Que aos seus anjos dará ordens a teu respeito, e tomar-te-ão nas mãos, para que nunca tropeces em alguma pedra. Disse-lhe Jesus: Também está escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus. Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles. E disse-lhe: Tudo isto te darei se, prostrado, me adorares. Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás. Então o diabo o deixou; e, eis que chegaram os anjos, e o serviam." [Mateus 4:1-11].

A palavra grega traduzida como "tentar", "tentado", ou "tentador" é peirazo, item 3985 na Concordância de Strong, que deriva do item 3984 (peira); testar (objeto); isto é, instigar, disciplinar, examinar, provar, testar, etc.

Acredito que a diferença entre "teste" e "tentação" é determinada pela vontade soberana de Deus. Tiago 1:13 diz que Deus não tenta ninguém e não é tentado pelo mal, mas certamente permite que seus filhos sejam tentados por Satanás, como um teste. O próprio Jesus, o filho amado de Deus, foi tentado por Satanás no deserto. O Senhor estava em jejum há quarenta dias e quarenta noites, de modo que Seu estado físico estava muito debilitado. Sua fome era intensa e a tentação para provar que Ele era o Messias de Israel operando um milagre e transformando as pedras em pães para se alimentar era nada menos que diabólica. Mas o Senhor enfrentou a tentação citando as Escrituras e passou no teste. O Diabo, porém, não se deixa dissuadir facilmente e atacou novamente de outro modo, tentando o Senhor a provar Suas credenciais operando outro milagre — lançando-se de um lugar muito alto e pedindo o socorro dos anjos. Novamente, a tentação foi respondida com as Escrituras e Ele passou no teste. Então, em desespero, Satanás fez sua melhor oferta e tentou o Senhor a evitar a morte na cruz oferecendo-lhe os "reinos do mundo e a glória deles". Veja, essa não foi uma vanglória da parte de Satanás.

A Bíblia nos diz que Satanás é o "deus deste século" [2 Coríntios 4:4] e recebeu a permissão de ter certo controle sobre ele. No entanto, o Senhor também passou nessa prova final citando as Escrituras e depois ordenou que o diabo se retirasse. Em seguida, os anjos vieram e O serviram em suas necessidades. A tentação foi legítima? Certamente que sim, por causa da humanidade do Senhor! Sua deidade não poderia ser tentada a pecar, mas em sua humanidade "... como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado." [Hebreus 4:15]. Assim, sempre que formos confrontados por uma tentação, precisamos responder tomando refúgio na Palavra de Deus e recusar ceder a ela.

Quando a maioria de nós separa tempo para considerar o assunto da tentação, em geral nossa mente enfoca imediatamente os aspectos mais negativos. A imagem que vem à mente é geralmente a de Satanás sussurrando de forma sedutora em nossos ouvidos para nos convencer a cometer algum pecado grave, como mentir, trair, roubar, praticar imoralidade sexual, etc., ou até assassinato, mas a maioria dos cristãos maduros tem pouca dificuldade em resistir a essas coisas. Assim, quais táticas, ou "astutas ciladas" [Efésios 6:11] o Diabo usa contra aqueles que estão revestidos com a armadura de Deus [Efésios 6:13]? Para responder a essa questão, permita-me fazer outra. Você considera a idolatria um pecado "grave" — adorar algo ou alguém mais do que o Senhor Jesus Cristo? Acho que a maioria de nós concorda rapidamente que esse pecado em particular é bem grave! No entanto, quantos entre nós percebem que freqüentemente incorremos nesse pecado? Destaquei o verbo "adorar" porque estou convencido que, a julgar por suas ações, muitos cristãos não compreendem completamente o significado dele. Adorar é reconhecer ativamente o valor supremo do objeto da adoração. Quando permitimos que algo ocupe uma posição mais elevada de valor em nossas vidas do que Jesus Cristo, imediatamente nos tornamos culpados do pecado da idolatria. Preciso lembrá-lo que sob a Lei do Antigo Testamento, esse pecado era passível de morte?

Quanto tempo essa transferência de total fidelidade precisa durar para se tornar pecado? O mesmo tempo que levou para Eva morrer espiritualmente após comer do fruto proibido! Ocorre de forma instantânea. "Mas, e se eu não perceber que aconteceu?" Ah! Essa é a área do engano em que o Diabo mais se sobressai. Veja, nossa natureza caída e depravada gosta do pecado tanto quanto os meninos gostam de brincar com o barro e tudo o que Satanás precisa fazer é nos manter "satisfeitos, sentindo bem". Somos criaturas que buscam a gratificação constantemente e, se você duvida disso, na próxima vez que estiver com muita fome pergunte a si mesmo: "Quero algo apenas para matar minha fome, ou algo que seja realmente gostoso?" Um sanduíche duplo e um copo de suco seriam suficientes, mas uma suculenta costela de boi assada seria muito melhor. Certo? Amados, para alguns de nós, essa costela de boi assada freqüentemente se torna um ídolo! Muitos de nós colocam a comida na frente de Cristo nas manhãs de domingo, quando não vemos a hora que o pregador termine e diga "Amém", para que possamos ir para casa, tirar os sapatos dos pés e sentar comodamente em uma poltrona para assistir o jogo de futebol pela televisão. Se alguém que professasse adoração o tratasse dessa maneira, como você se sentiria?

O objetivo de um "serviço de adoração" é, e sempre foi, honrar a Deus e expressar nossa gratidão e devoção, reconhecendo que Ele é infinitamente digno. A adoração deve ser um tempo de foco total no nosso Criador e Salvador — uma entrega a Ele do nosso tempo, dos nossos talentos e da nossa fazenda. Deve ser um tempo de lembrança com oração e louvor. Em outras palavras, o propósito da adoração é dirigir nossos pensamentos espirituais e energias a Deus, sem colocar a ênfase em nós mesmos. No entanto, muitos vão à igreja com essa atitude? Parece que muitos estão em busca do entretenimento — querem receber algo em compensação pelo sacrifício de tempo que estão fazendo. Se o pregador não despertar suas emoções com uma boa oratória do púlpito, eles saem como se tivessem sido enganados. Logicamente, o pastor deve fazer todos os esforços para nutrir as ovelhas de Deus com a Palavra de Deus, mas muitas vezes a boa comida requer bons dentes! Ela precisaria ser bem mastigada e digerida para então oferecer seu valor nutricional. Freqüentemente, esse é um prato que não está entre nossos favoritos, mas é bom para nós e precisamos ingerir uma quantidade apropriada dele para permanecermos saudáveis. Os cristãos maduros compreendem isso, mas até mesmo eles são culpados de "pôr o carro na frente dos bois", deixando de adorar de verdade, pois conscientemente ou não, estão esperando receber, e não dar. Essa mudança de ênfase — normalmente muito sutil e não facilmente perceptível — coloca o velho homem na frente de Cristo e torna-se um ídolo para nós. Nosso Deus é ciumento [Êxodo 20:5,34; Deuteronômio 4:24, 5:9; 6:15; Josué 24:19] e exige 100% de nosso amor e devoção. Isso significa que o velho homem e Cristo são mutuamente exclusivos, pois ambos não podem coexistir ao mesmo tempo. Assim, quando o diabo tenta espertamente manipular a adoração colocando a ênfase na nossa carne — nossos desejos, nossas necessidades, nossas emoções — provavelmente sairemos com um senso de satisfação espiritual e talvez até alegria — mas o ponto real é que estivemos adorando ao ídolo do eu, e não a Cristo! Isso é demonstrado por um número incontável de cristãos que são culpados da idolatria no que se refere ao seu pastor. Eles gostam tanto do seu pastor que ninguém mais serviria para pregar para eles, e eles nem mesmo vão à igreja se souberem que o pastor está doente, em férias, ou se viajou para pregar em uma conferência evangelística em outra igreja. Para quem, afinal, eles estão oferecendo sua adoração?

A música e o canto vocal no serviço de adoração é outro caso em vista. Nos últimos cem anos houve um contínuo declínio na qualidade — tanto que a música usada na vasta maioria dos serviços de "adoração e louvor" é virtualmente indistinguível da música que agrada às massas mundanas. Música de discoteca continua sendo música de discoteca, mesmo se tiver uma letra "espiritual" insípida adicionada a ela. Você acha realmente que Deus se sente honrado quando lhe oferecemos esse lixo? Se você não consegue distinguir a diferença entre um "Castelo Forte É Nosso Deus" e a última melodia com arranjos eletrônicos que o diretor do coro coloca para tocar, então as coisas estão realmente ruins! Lembre-se que o objetivo da música deve ser uma oferta a Deus e qualquer coisa que não seja o melhor não é aceitável. Não faz diferença se você ficou extasiado e sentiu-se arrebatado pelo apelo da música, o melhor que pode ser dito a respeito de grande parte dessa música é que ela meramente satisfaz a carne. "Considera o que digo, porque o Senhor te dará entendimento em tudo" [2 Timóteo 2:7].

Sim, Satanás (a serpente) é mais astuto que "qualquer alimária do campo que o SENHOR Deus tinha feito" [Gênesis 3:1] e a facilidade com que consegue nos desviar do rumo correto é fenomenal, para dizer o mínimo. Nossa natureza caída faz com que sejamos um alvo perfeito, de modo que precisamos manter uma vigilância constante. Ganhar dinheiro e comprar as coisas necessárias é um fato universal da vida, mas nunca devemos permitir que essas "coisas" se transformem no foco da nossa existência. O materialismo tornou-se um ídolo para um número muito grande de pessoas que professam a Cristo e uma passagem soberba das Escrituras em 1 João fala sobre esse problema:

"Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele." [1 João 2:15; ênfase adicionada].

Nesse contexto, "mundo" significa o sistema mundial organizado do planeta Terra — os governos, filosofias, estilos de vida, etc. — formando assim o termo bíblico "mundanismo", o oposto espiritual da piedade. Para um cristão genuíno, ser mundano é estar terrivelmente desviado e praticando idolatria espiritual! O indivíduo que verdadeiramente ama o mundo — independente se professa ou não fé em Cristo — manifesta por esse amor ilícito que está vazio do Espírito Santo de Deus. "O amor do Pai não está nele." À medida que este mundo sai fora de controle e o hedonismo se torna cada vez mais a filosofia das massas incrédulas, exortamos o povo de Deus que desperte e "saia do meio deles" [2 Coríntios 6:17].

Exatamente como um bebê pode ser levado a buscar os brinquedos reluzentes e os doces, Satanás está empregando todos os truques em seu arsenal para capturar e manter a atenção dos homens. Levá-los à imoralidade ou até mesmo aos pecados menores da carne não é realmente necessário. Para atender seu objetivo, basta mantê-los tão preocupados com a vida que negligenciem Jesus Cristo. Nossa sociedade tornou-se tão frenética que freqüentemente nos encontramos vivendo em um ritmo alucinante. Apresse-se, corra, vamos, faça isto, faça aquilo, até que ficamos totalmente exaustos e não temos tempo para descansar, meditar na Palavra de Deus e orar. A nova casa, o carro, o barco, o aparelho de televisão com tela grande, a piscina, os apetrechos para a pesca, para o jogo de tênis, etc., não são baratos e precisam ser comprados para que sejamos "bem-sucedidos" aos olhos dos nossos pares. Aqueles que vão à igreja estão geralmente tão cansados que mal conseguem ficar acordados durante o serviço e acabam se distraindo e aproveitam pouco da mensagem. Se você perguntar, provavelmente eles negarão qualquer motivo pecaminoso da sua parte — mas são tão culpados da idolatria como se tivessem se prostrado diante de uma deidade pagã. "As coisas" obtiveram de forma lenta e segura um lugar maior do que deveria em suas vidas e tudo o mais está congestionado. Isto de alguma forma descreve também sua vida? Em caso afirmativo, arrependa-se, peça o perdão do Senhor e faça um esforço consciente de manter sua atenção focada Nele. Somente Ele é digno da nossa adoração e não podemos permitir que o Diabo nos distraia.


Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 30/3/2003
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p197.asp