O Temor a Deus

Há uma enorme diferença entre ter temor reverente ao nosso Pai Celestial e sentir terror Dele!


Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Uma das coisas mais tocantes com as quais lido diariamente é responder às perguntas de pessoas que não têm paz em seus corações. Elas geralmente confessam algum pecado "grande" que cometeram e essa falha as aterroriza — tanto que elas estão preocupadas que Deus talvez não as aceite no Dia do Juízo. A maioria normalmente acrescenta que já orou e pediu perdão a Deus, mas simplesmente não encontrou a paz.

Meu coração gostaria de alcançar todas essas pessoas, pois elas obviamente estão sofrendo e precisam de alívio. Mas o que é tão irônico é que a preocupação delas na verdade é um bom sinal que elas não têm com o que se preocupar!!

Os perdidos — as pessoas não regeneradas e que não têm o Espírito Santo habitando nelas — raramente, ou nunca, se preocupam de pensar na condição de sua alma. Somente quando o Espírito age nelas e as convence do pecado é que sofrem alguma dor de consciência. Mas sofrimento e remorso pelo pecado que continua por um período extenso de tempo é, na maioria dos casos, natural em um genuíno filho de Deus! Por quê? Porque se o pecado não for tratado apropriadamente pela fé reivindicando-se a promessa encontrada em 1 João 1:9, o Espírito Santo continuará a convencer até que a questão seja resolvida. Esse precioso verso das Escrituras diz o seguinte:

"Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados, e nos purificar de toda a injustiça."

Mas e se o pecado foi confessado e ainda assim não há paz? Nesse caso alguma outra coisa está envolvida que é facilmente negligenciada. Poucas coisas dão ao Diabo mais prazer do que enganar um filho da graça a pensar que ele/ela não está perdoado e corre o risco de perder sua salvação. Satanás não pode atacar Deus diretamente, de modo que se delicia em atacar os filhos de Deus. Amados, os sentimentos e emoções não têm absolutamente nada que ver com a salvação. Se os filhos adotados acham que não são realmente membros da família — isso altera o fato firme como uma rocha de sua adoção? É lógico que não! Assim, confesse o pecado pela fé — e então nosso Pai Celestial fará sua parte em perdoar o pecado e nos purificar. Uma vez que a confissão for feita, precisamos confiar que o Senhor fará aquilo que diz e então levar adiante nossas vidas. Permitir que o Diabo nos "revolva sobre as brasas" noite e dia é em si mesmo pecado, porque a dúvida não é fé. "... tudo o que não é de fé é pecado." [Romanos 14:23b].

Os cristãos imaturos precisam crescer e compreender o conceito que Deus literalmente nos adotou em sua família e que nunca seremos deserdados! Ouçam atentamente, amigos — a noção ridícula e totalmente sem base nas Escrituras que Deus, sob algumas circunstâncias, rejeita algum de Seus filhos é uma total insanidade!! Acusar Deus de fazer algo assim impensável é ridículo — porém as pessoas continuam a tropeçar nisso. Pais sãos e normais condenariam um de seus filhos à morte? O filho pode até terminar partindo o coração de seus pais, porém o amor paternal nunca acaba. Destarte, por que alguém concluiria que Deus, que é amoroso e perfeito, é de algum modo diferente? "— Ah, mas você não sabe quão terrível é o pecado que cometi." Não, eu realmente não sei o quão terrível é — mas sei de um fato — juntamente com todos os outros pecados que você já cometeu, ou cometerá — ele estava ainda no futuro quando Cristo pagou por todos eles na cruz. O preço que Cristo pagou não foi suficiente para cobrir seus pecados terríveis?

Quando eu era um menino em fase de crescimento, dei a dose normal de trabalho para meus pais. Quando cresci e me tornei tão grande quanto minha mãe (grande demais para minhas calças curtas!), a disciplina dela tornou-se insuficiente porque os tapas não me machucavam mais. Naturalmente, procurei explorar essa minha vantagem recém-descoberta. Ela tolerou minha estupidez por certo tempo, mas quando a infração era suficientemente grave e minha reação à sua punição insuficientemente sincera, ela trazia para fora o "canhão" e dizia para meu pai que eu estava precisando receber sua atenção particular. O alerta vermelho acendia — as conseqüências seriam inesperadas! Em minha memória, ainda posso ver aquela mão grande e endurecida por anos de trabalho me aplicando umas boas palmadas! Daquele tempo em diante, percebi que eu não era tão esperto quanto imaginava. Mas fiquei aterrorizado pela ameaça da disciplina de meu pai? Não, porque eu sabia que ele me amava e que eu merecia aquilo que estava recebendo. Além disso, havia o bônus do respeito pela sua autoridade.

Deus deu a organização familiar à humanidade como um auxílio à compreensão não somente do relacionamento Pai-filho, mas também da cadeia de comando, tão necessária para que a sociedade seja sadia e produtiva. E para aqueles de nós que nascemos na família eterna de Deus, a amorosa paternidade e autoridade dele devem ser bem compreendidas. Ele irá nos castigar se sairmos da linha? Certamente que sim! Ele nos lançará no inferno por toda a eternidade se o pecado for terrível demais? Vamos lá — você sabe bem! O senso comum nos diz a resposta mesmo se a Palavra de Deus fosse vaga (o que ela certamente não é). Como pode alguém ler Romanos 8:28-39 e vir com outra conclusão é um mistério para mim. Bem, talvez não seja tão misterioso assim, porque Satanás sabe exatamente quais botões apertar.

Você já foi lavado e teve sua alma purificada no precioso sangue do cordeiro de Deus, Jesus Cristo? Você já, como conseqüência, recebeu a vida eterna e um lugar na família de Deus? Em caso afirmativo, já foi literalmente adotado por Deus por meio de uma transação jurídica que não pode ser rescindida. Ponto final!

"Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes em temor, mas recebestes o Espírito de adoção de filhos, pelo qual clamamos: Aba, Pai." [Romanos 8:15].

"E não só ela, mas nós mesmos, que temos as primícias do Espírito, também gememos em nós mesmos, esperando a adoção, a saber, a redenção do nosso corpo." [Romanos 8:23].

"Que são israelitas, dos quais é a adoção de filhos, e a glória, e as alianças, e a lei, e o culto, e as promessas." [Romanos 9:4].

"Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos." [Gálatas 4:5].

"E nos predestinou para filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade." [Efésios 1:5].

Tanto quanto eu saiba, nenhum país do mundo permite que alguém que tenha sido legalmente adotado seja deserdado. Destarte, se os homens pecadores colocam tanta ênfase assim no processo de adoção e na proteção que é concedida à criança — por que alguém pensaria que um Deus perfeito e amoroso agiria de forma diferente?

Sim, sei que existem alguns versos no Novo Testamento que dão margem à interpretação que a salvação pode ser perdida. Sei também que existem pelo menos dez vezes mais versos que dizem claramente o contrário! Portanto, você vai ouvir a preponderância das Escrituras ou aqueles que estão determinados a mantê-lo em servidão ao temor? A Igreja Católica Romana terá de responder ao Deus Todo-Poderoso por seu ensino nessa matéria, juntamente com o efeito residual que ela continua a ter entre os protestantes. Por praticamente dois mil anos eles usaram esse temor para manipular e controlar as pessoas que são ignorantes das Escrituras.

Amado, se no fundo de seu coração você sabe que é um cristão genuíno, nenhum pecado — independente de quão "terrível" ele possa ser — poderá separá-lo do amor de Deus que está em Cristo Jesus [Romanos 8:39]. Se, por outro lado, você não estiver absolutamente certo sobre a legitimidade de sua profissão de fé — gostaria amavelmente de sugerir a leitura completa e atenta da nossa Página de Salvação e também do artigo O ABC e XYZ da Salvação, prestando particular atenção aos onze "testes" no fim. Essas evidências da presença do Espírito Santo devem ajudar pessoas como você a determinar se são ou não legitimamente nascidas de novo. Se o Espírito Santo realmente vive dentro de você — como prometeu fazer na vida de todos os crentes — as 'pegadas' dele são inconfundíveis. Isso significa que todos os "testes" irão, em alguma medida, ser verdadeiros em sua vida. Faça o teste, seja honesto consigo mesmo e tenha em mente o seguinte:

"O mesmo Espírito testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus." [Romanos 8:16].

Se você lhe pertence, Ele se fará conhecido para você e sua vida refletirá a realidade da presença dele.

E então? Você vai passar o resto de sua vida "se contorcendo como um verme em cinzas quentes" ou confiante no conhecimento do seu relacionamento com Deus? Minha oração é que você encontre a paz de coração expressa no seguinte verso:

"E a paz de Deus, que excede a todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus." [Efésios 4:7].



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 27/5/2004
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p217.asp