Uma Reclamação Que Nunca Ninguém Fez

Você já ouviu alguém dizer que recebeu Jesus Cristo como seu Salvador e Senhor e que está insatisfeito?


Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

A maioria das pessoas fica aborrecida quando gasta um bom dinheiro para comprar algum produto que depois não funciona conforme anunciado — ou funciona bem por alguns dias e quebra em seguida. Fazemos compras com a expectativa razoável que os produtos funcionarão corretamente e terão uma vida útil coerente com o preço. Mas as coisas que são relativamente baratas e de má qualidade normalmente não nos irritam tanto quando deixam de funcionar, porque compreendemos que elas não são fabricadas para durarem muito.

Sendo assim, duvido muito se há alguém que esteja lendo este artigo que nunca teve de devolver um produto e solicitar a devolução do dinheiro — ou, no mínimo, quis fazer isso. A "Lei de Murphy" diz que se alguma coisa pode dar errado — então dará errado — e, para muitos de nós, parece que Murphy é um parente próximo. Entretanto, embora seja verdade que algumas pessoas consigam destruir uma bigorna cromada usando um martelo de borracha, na maior parte das vezes, o problema está no próprio produto. Felizmente, a maioria das lojas hoje concorda em substituir um item defeituoso ou devolver o dinheiro sem criar muitas dificuldades para o cliente.

Portanto, como é um fato que as garantias dos produtos são necessárias porque as coisas quebram ou deixam de funcionar adequadamente, você não concorda que algo que oferece 100% de satisfação deva receber a atenção das pessoas?

Devido à nossa natureza caída e pecaminosa, os cristãos expressam insatisfação com todos os tipos de coisas, tanto reais quanto imaginárias. Vemos defeitos com aqueles que aderem às posições doutrinárias diferentes, com as afiliações denominacionais, com as situações nas igrejas, com os pastores, e uns com os outros — apenas para mencionar algumas situações! Mas eu nunca soube ou ouvi dizer que alguém tenha expressado desapontamento com Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador. Você já? Ah, já conheci algumas pessoas que, em sua ignorância, ficaram aborrecidas porque pensaram que Jesus Cristo iria fazê-las enriquecer e isso não aconteceu! Ou outras que tolamente tentaram acusá-Lo quando um ente querido morreu — porém tanto quanto eu saiba, nunca houve um único indivíduo que tenha verdadeiramente experimentado a graça salvadora de Cristo e depois quis "seu dinheiro de volta".

Jesus Cristo não é um limão. A salvação que Ele comprou é garantida para sempre e a garantia dessa salvação está assinada com Seu próprio sangue. Deus determinou os termos da transação na Bíblia e declarou que eles nunca mudarão. Então, para tornar essa transação a mais estupenda pechincha já anunciada, Deus gratuitamente a oferece a todos que a recebem pela fé!!! Não existem truques nem letras miúdas no contrato com o propósito de enganar os incautos.

Outra coisa interessante sobre a natureza humana é nossa disposição de contar aos outros sobre a pechincha. Bons negócios e/ou satisfação com um produto normalmente nos levam a contar para todos os amigos e conhecidos para que eles também possam aproveitar a oportunidade. Essa é precisamente a força motivadora que está por trás da mensagem do evangelho. O Espírito Santo leva os "clientes satisfeitos" a contar às outras pessoas sobre o que Jesus Cristo fez por eles e eles alegremente passam adiante a recomendação. Não é muito mais provável que procuremos comprar certo produto quando alguém nos dá boas referências sobre como ele funciona bem? Sem dúvida! É por isto que nosso testemunho ativo pelo Senhor é tão importante. Quando permitimos que as outras pessoas saibam sobre Ele e as maravilhosas bênçãos que Ele nos concede — o mais provável é que algumas dessas pessoas ouvirão aquilo que temos a dizer.

Em um sentido, vir a Jesus Cristo pela fé é muito similar a comprar um computador pela primeira vez! Aqueles que já aprenderam a usar o computador eficientemente dizem às outras pessoas sobre aquilo que pode ser realizado com ele, mas há uma relutância inicial para dar o mergulho — especialmente por parte daqueles de nós que são mais velhos. Todos aqueles termos técnicos, como bits, megabytes, gigabytes, discos rígidos, gravadores de CD-ROM, etc. têm pouco ou nenhum significado para os não-iniciados e a maioria fica assustada com essas coisas! Então, somente quando essas pessoas tomam a coragem de molhar os pés na água e der os primeiros passos na parte rasa da piscina, pode o processo de aprender a usar a besta fazer algum avanço. Mas uma vez que esse passo inicial de fé seja dado, pegamos o mouse, digitamos no teclado, cometemos alguns erros, aprendemos o que funciona e o que não fazer na próxima vez! E isto é essencialmente o mesmo o que acontece no relacionamento com Jesus Cristo. Sempre há uma relutância inicial e compreensível para entrar em algo desconhecido — independente de quão maravilhoso os outros digam que é. Informações excessivas de natureza técnica logo de início somente servem para confundir e dificultar o progresso. É por isto que Deus quis que a mensagem do Evangelho fosse tão simples! O que poderia ser mais simples que a mensagem que Jesus Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras; que foi sepultado e ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras; que foi visto por Pedro e pelos outros apóstolos e mais um grupo de mais de 500 discípulos naquele tempo?

"Porque primeiramente vos entreguei o que também recebi: que Cristo morreu por nossos pecados, segundo as Escrituras, e que foi sepultado, e que ressuscitou ao terceiro dia, segundo as Escrituras. E que foi visto por Cefas, e depois pelos doze. Depois foi visto, uma vez, por mais de quinhentos irmãos, dos quais vive ainda a maior parte, mas alguns já dormem também." [1 Coríntios 15:3-6].

Evangelho significa "boas novas" e essencialmente é isto que ele é! Jesus Cristo morreu no lugar daqueles a quem Ele salva, de modo que não cometa o erro de tentar dar um curso de teologia quando falar aos outros sobre Ele. Há um poder sobrenatural — dunamis, no grego (a palavra-raiz para "dinamite") — nesta mensagem extremamente simples e ela sempre realiza o serviço de acordo com a boa e perfeita vontade de Deus. Tentar explicar os conceitos teológicos da propiciação, da expiação vicária, e da impossibilidade de o Filho de Deus pecar a alguém que está espiritualmente morto é ridículo! Apenas apresente a mensagem do evangelho e saia do caminho. Se o Espírito Santo estiver no processo de atrair aquelas pessoas ao Salvador, a única mensagem que terá algum efeito é a simples, porém sobrenatural mensagem do Evangelho. Conte a elas o que a morte, sepultamento e ressurreição de Cristo fizeram por você e confie que o Senhor suprirá o restante. Esta "fórmula de vendas" utilizando clientes satisfeitos para passar a Palavra adiante provou ser bem-sucedida incontáveis vezes nos últimos dois mil anos. Todos aqueles que procuram aprimorar essa mensagem com planos e programas são totalmente errados!

O relacionamento do homem com Deus foi interrompido e não pode ser consertado pelo próprio homem. Adão pecou intencionalmente; ele não foi enganado e deliberadamente comeu do fruto proibido. (1 Timóteo 2:14) Esse ato de rebelião por parte de Adão condenou toda sua descendência à morte espiritual! Portanto, desde aquele dia, todo indivíduo que nasce neste mundo está "morto em ofensas e pecados" [Efésios 2:1] e isso não pode ser revertido! Jesus Cristo é o único capaz de corrigir o problema, porque somente Ele possui as chaves da morte e do inferno (o hades):

"E o que vivo e fui morto, mas eis aqui estou vivo para todo o sempre. Amém. E tenho as chaves da morte e do inferno." [Apocalipse 1:18].

O fato de Cristo possuir essas chaves representa Sua autoridade sobre nosso destino eterno. E não se engane sobre o seguinte fato: com referência à possibilidade de conserto (salvação), ou é do jeito Dele ou de jeito nenhum!

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." [João 14:6].

Situada em uma linda e arenosa praia, sua habitação espiritual foi transformada em um inútil amontoado de madeira quebrada e vidros estilhaçados pelo poderoso furacão do pecado. Nenhuma firma de construção poderia usar esses materiais danificados para reconstruir sua casa. Se você quiser ter uma nova casa, o Carpinteiro da Galiléia precisará construí-la. Portanto, para fazer uso dos Seus serviços, você precisa ir até Ele com as mãos vazias e pela fé humildemente pedir isto — porque o preço é infinitamente maior do que sua capacidade de pagar! Essa potencial nova "casa" literalmente custou a Ele Sua vida e somente fé em Sua disposição de construir pode torná-la uma realidade. Então, como é sempre o caso nessas transações imobiliárias, um "depósito de penhor" é necessário — mas admiravelmente, esse processo ocorrerá da forma invertida. Se você atender aos requisitos, o Espírito Santo virá para habitar em você como o penhor, enquanto sua casa eterna está sendo construída no céu!

"Em quem também vós estais, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação; e, tendo nele também crido, fostes selados com o Espírito Santo da promessa. O qual é o penhor da nossa herança, para redenção da possessão adquirida, para louvor da sua glória." [Efésios 1:13-14; ênfase adicionada].

Parece bom demais para ser verdade? Certamente é, mas neste caso temos a Palavra de Deus para confirmar. Portanto, se você está cansado de lutar contra as tempestades da vida, encolhido dentro de um barraco construído com refugo — invoque o Construtor Celestial e reverentemente peça-Lhe uma de Suas mansões. Não há obrigação da parte Dele de responder, mas se considerar sua atitude e os motivos do seu coração corretos, Ele prometeu atender. Invoque-O hoje mesmo, porque você não pode saber se estará vivo amanhã — e tenha em mente que a morte física torna a promessa inválida.



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 20/11/2007
Texto revisado por: V. D. M. — Campo Grande / MS
Patrocinado por: C. e E. S. — Itá / SC
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p234.asp