A Forma Apropriada Para os Cristãos Discordarem

"Se vós, porém, vos mordeis e devorais uns aos outros, vede não vos consumais também uns aos outros" [Gálatas 5:15].

Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2

Durante os últimos seis ou sete anos (estou ficando velho e me esquecendo das datas exatas) recebi e respondi a milhares de mensagens de correio eletrônico. Algumas delas foram em resposta a artigos que escrevi, mas a maioria foi enviada por pessoas que: (1) desejam nos fazer saber que receberam a Cristo como seu Salvador, ou (2) desejam fazer perguntas ou comentários, ou (3) aqueles que consideram que Deus lhes deu a responsabilidade de nos acusar de todo pecado imaginável e/ou nos condenar ao inferno!

O site The Cutting Edge é reconhecidamente um ministério muito singular e habitualmente trata de assuntos que são delicados, porém, "matar o mensageiro" só porque alguém não gostou da mensagem que foi entregue é algo que não condiz com um cristão verdadeiro.

Há, infelizmente, muitos princípios e preceitos da fé que produzem divergência dentro da comunidade cristã. É por isso que existem hoje tantas denominações e seitas diferentes. Faz parte da natureza humana gravitar em torno daqueles que possuem uma mesma ideologia. E uma defesa vigorosa dos princípios e preceitos em discussão provoca uma forte reação pois todos os lados (algumas questões possuem várias facções opostas) acham que estão certos. Mas, ao mesmo tempo em que defendemos nossa posição, é de extrema importância ter em mente que aqueles que divergem de nossa opinião também têm Cristo como seu Senhor e Salvador e, portanto, devem ser tratados com toda a gentileza e cortesia.

Questionamentos podem, de fato, ser saudáveis. Quando as Escrituras são examinadas e os prós e os contras das questões doutrinárias são debatidos, eventualmente descobre-se que algumas crenças sustentadas estão erradas! Por várias vezes fui convencido a adotar uma posição diferente após considerar cuidadosamente um argumento contrário, à luz das Escrituras. Sabe-se que é uma realidade duas pessoas lerem exatamente as mesmas palavras e estabelecerem opiniões totalmente diferentes quanto ao que foi realmente dito. Por isso, muitas vezes é útil consultar comentários que tragam os textos gregos e hebraicos originais. Porém, mesmo estudiosos da Bíblia que possuem formação acadêmica têm opiniões diferentes — Por isso, cuidado para não ser seduzido pela síndrome da "Minha opinião está certa e todos que discordam estão totalmente errados".

Estou dando esse alerta porque nestes últimos dias (2 Timóteo 3:1) uma facção feroz entrou em cena, afirmando solenemente ser a base sobre a qual a verdade suprema repousa. Todos que se atrevem a não concordar com eles são condenados com uma carga de retórica cruel cuja intensidade é quase inacreditável. Classificar as pessoas como "demônios" e assassinar a personalidade para tentar provar sua determinação é prática comum. Na verdade, é tão comum que os proponentes dessa crença em particular parecem fantoches programados! Basta confrontá-los para que eles cuspam veneno em todas as direções. Mas esse tipo de impetuosidade é próprio do caráter cristão? Será que essa atitude pretensiosa e arrogante pode levar as pessoas a Cristo?

Freqüentemente, preciso digladiar com aqueles que criticam os artigos da Cutting Edge e/ou aquilo em que pessoalmente acredito e prego. Mas, ao contestá-los, faço o possível para ser brando e cortês. Sei que devo ter sempre em mente que também sou pecador e não sei tudo. Assim, tudo que posso, ou devo fazer, é apresentar uma opinião baseada em minha compreensão das Escrituras. Então, se não chegamos a um consenso sobre o assunto em questão, devemos concordar em discordar sem gerar discórdia! Amém?

"A vossa palavra seja sempre agradável, temperada com sal, para que saibais como vos convém responder a cada um" [Colossenses 4:6].

Ter de admitir que estamos errados não é muito agradável e a maioria de nós evita isso energicamente. Mas, quando Deus faz brilhar a luz da verdade sobre o erro, temos de engolir nosso orgulho e promover as mudanças adequadas em nossa opinião. Perceber que sempre há a possibilidade de cometermos enganos e estarmos dispostos a mudar é espiritualmente benéfico. Dogmatismo extremo e humildade religiosa raramente são compatíveis.

Portanto, se você discordar de alguma coisa em um artigo da Cutting Edge, sinta-se à vontade para expressar sua opinião. Neste caso, justificaremos nossa posição de acordo com as Escrituras. Mas lembre-se também que muitos tópicos são complexos, não sendo possível sua análise pormenorizada em um e-mail de resposta com alguns poucos parágrafos.

Estaremos sempre dispostos a desenvolver a amabilidade cristã e o convidamos a agir de forma recíproca. Isso é o mínimo que se pode esperar da conduta dos filhos de Deus.



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Tradução: Luciano M. Tsuda
Data da publicação: 9/3/2006
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: A. C. P. — Catanduva / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p259.asp