Sabedoria Dada Por Deus Versus Conhecimento Humano

As meditações de Salomão em Eclesiastes são o ponto de vista do homem não-regenerado e nesse princípio encontra-se o verdadeiro valor do que ele tem a dizer

Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

É interessante observar que o salmista diz que o temor do Senhor é o princípio de toda a sabedoria, enquanto em Provérbios 1:7 o rei Salomão diz que é o princípio do conhecimento. À primeira vista, isso parece ser uma contradição, mas um exame mais detalhado mostrará que as duas afirmações são, na verdade, complementares, porque o temor do Senhor as une.

A definição de dicionário para o termo "sabedoria": 1) Compreensão do que é verdadeiro, correto ou duradouro; 2) Bom julgamento, bom senso; 3) Aprendizado: erudição. Acredito que a melhor maneira de explicar isso é que a sabedoria é o uso correto do conhecimento, porque o conhecimento humano por si é uma compilação da informação tida como factual pela opinião da maioria, e é possível "conhecer" algo e estar completamente errado! Então, por contraste, a sabedoria que a Bíblia repetidamente exorta os crentes a buscar é a habilidade de ver as coisas a partir da perspectiva de Deus. Essa sabedoria — alcançada pelo "temor do Senhor" — resulta em genuíno conhecimento e iluminação.

Com respeito à sabedoria humana, Deus diz em 1 Reis 3:12 que ninguém havia se igualado ou se igualaria a Salomão (é claro que Jesus Cristo é a exceção, porque Ele era, e ainda é, Deus em carne):

"Eis que fiz segundo as tuas palavras; eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti igual não houve, e depois de ti igual não se levantará." [1 Reis 3:12].

Há uma tremenda lição a ser aprendida aqui. Deus sobrenaturalmente dotou Salomão de uma capacidade de discernimento muito maior do que qualquer outro mero mortal já possuiu. Todavia, no fim, Salomão virou as costas ao Senhor e voluntariamente violou Seus mandamentos. Assim, não obstante o seu grande aprendizado e a sua capacidade de fazer deduções racionais a respeito do mundo à sua volta, esse conhecimento não o impediu de desonrar a Deus!

O livro de Eclesiastes revela a busca de Salomão por satisfação pessoal enquanto ele labutava "debaixo do sol" (uma frase que ele repete 27 vezes). E essa escolha em particular de palavras é geralmente vista pelos comentaristas bíblicos como uma metáfora para o homem natural e suas obras, mas também está em vista a conotação ocultista de "iluminação". Observe o que ele diz na seguinte passagem:

"Eu, o pregador, fui rei sobre Israel em Jerusalém. E apliquei o meu coração a esquadrinhar, e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu..." [Eclesiastes 1: 12-13, grifo meu].

A Maçonaria tem Salomão em alta estima por causa de sua sabedoria e conquistas intelectuais, mas é verdadeiramente uma vergonha que eles continuem a ignorar as conclusões a que ele chegou após fazer um profundo exame da vida. Segundo Deus, ninguém seria igual a Salomão, então por que deveria alguém achar que sua própria iluminação pessoal poderia ser maior ou de maior benefício para si? Por essa razão, sugiro fortemente que todos que venham a ser tentados a buscar tal conhecimento (a "gnose" do Gnosticismo) que ouçam a Salomão!

"Falei eu com o meu coração, dizendo: Eis que eu me engrandeci, e sobrepujei em sabedoria a todos os que houve antes de mim em Jerusalém; e o meu coração contemplou abundantemente a sabedoria e o conhecimento. E apliquei o meu coração a conhecer a sabedoria e a conhecer os desvarios e as loucuras, e vim a saber que também isto era aflição de espírito. Porque na muita sabedoria há muito enfado; e o que aumenta em conhecimento, aumenta em dor." [Eclesiastes 1:16-18].

"De tudo o que se tem ouvido, o fim é: Teme a Deus, e guarda os seus mandamentos; porque isto é o dever de todo o homem. Porque Deus há de trazer a juízo toda a obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau." [Eclesiastes 12:13-14, grifo meu].

Por outro lado, precisamos compreender que as meditações de Salomão em Eclesiastes são o ponto de vista do homem não-regenerado e nesse princípio encontra-se o verdadeiro valor do que ele tem a dizer. O nome Eclesiastes deriva do grego ekklesiastes e significa "pregador". Mas apesar de algumas das observações de Salomão refletirem fatos científicos que somente Deus poderia ter revelado a ele, outras passagens mostram que algumas de suas "pregações" são contraditórias com os princípios ensinados nos outros locais da Bíblia. E isso não é exatamente o que nós poderíamos esperar do homem natural, ainda não-regenerado — "o homem debaixo do sol"? (Nota: Não é minha intenção questionar se Salomão foi ou não salvo. O ponto é simplesmente que ele provou para si próprio a profunda futilidade de procurar tudo o que o mundo tem a oferecer!)

Nenhum outro ser humano já viveu ou jamais será capaz de "extrair o máximo da vida" como fez Salomão. Ele foi o homem mais rico naquela época, com recursos ilimitados para explorar qualquer desejo ou fantasia em quaisquer aspectos que quisesse. Como ele possuía um nível de sabedoria e inteligência que superava a de qualquer outro, estou convencido de que ele conhecia completamente todos os mistérios ocultos por meio dos quais os homens buscavam a vida eterna. E a seguinte "lista de compras" dos tropeços de Salomão, enquanto ele recaía na idolatria, mostra que ele, no mínimo, esteve exposto a ela:

"E o Rei Salomão amou muitas mulheres estrangeiras, além da filha de Faraó: moabitas, amonitas, edomitas, sidônias e hetéias, Das nações de que o SENHOR tinha falado aos filhos de Israel: Não chegareis a elas, e elas não chegarão a vós; de outra maneira perverterão o vosso coração para seguirdes os seus deuses. A estas se uniu Salomão com amor. E tinha setecentas mulheres, princesas, e trezentas concubinas; e suas mulheres lhe perverteram o coração. Porque sucedeu que, no tempo da velhice de Salomão, suas mulheres lhe perverteram o coração para seguir outros deuses; e o seu coração não era perfeito para com o SENHOR seu Deus, como o coração de Davi, seu pai, Porque Salomão seguiu a Astarote, deusa dos sidônios, e Milcom, a abominação dos amonitas. Assim fez Salomão o que parecia mal aos olhos do SENHOR; e não perseverou em seguir ao SENHOR, como Davi, seu pai. Então edificou Salomão um alto a Quemós, a abominação dos moabitas, sobre o monte que está diante de Jerusalém, e a Moloque, a abominação dos filhos de Amom. E assim fez para com todas as suas mulheres estrangeiras; as quais queimavam incenso e sacrificavam a seus deuses." [1 Reis 11: 1-8].

Salomão não somente se excedeu em "vinho, mulher e música", mas também experimentou tudo aquilo que os homens não-regenerados consideram importante nesta vida. Ele acumulou uma extraordinária riqueza, exibiu o poder de um soberano absoluto (temperado somente pelas restrições colocadas aos reis de Israel por Deus — a maioria das quais ele, em diversos momentos, desprezou), desfrutou de um insuperável intelecto e sabedoria, e usou tudo isso para ter tudo o que desejava. O princípio tremendamente importante que não devemos deixar de observar foi afirmado por ele em Eclesiastes 12:13-14, citado anteriormente: TEME A DEUS E GUARDA OS SEUS MANDAMENTOS!

O homem mais sábio que já viveu fez a sua melhor aposta e repetidamente chegou à conclusão de que "tudo é vaidade e aflição de espírito" (Eclesiastes 1:14, 2:17, 4:4 e 4:16). Em outras palavras, 100% de seus esforços não valeram a pena! Então, se ele não conseguiu encontrar satisfação e plenitude na busca dessas coisas, por que homens tolos continuam tentando? A resposta é que, sem a orientação do Espírito Santo, os homens não têm a verdadeira sabedoria e a "iluminação espiritual" que eles buscam é, possivelmente, o maior exemplo de propaganda enganosa concebida pelo homem! Assim como o cereal matinal "Grape Nuts" — que não contém nem uvas nem castanhas, como seu nome sugere — não há nada sobre essa busca que pertença ao Espírito Santo e é, na realidade, uma escuridão espiritual abjeta, mascarada como luz.

"Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas..." [Isaías 5:20(a), grifo meu].

"Porque tais falsos apóstolos são obreiros fraudulentos, transfigurando-se em apóstolos de Cristo. E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz. Não é muito, pois, que os seus ministros se transfigurem em ministros da justiça; o fim dos quais será conforme as suas obras." [2 Coríntios 11:13-15].

Você procura iluminação espiritual? Então, sugiro fortemente que procure no único lugar em que ela pode ser encontrada:

"Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim." [João 14:6].



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Tradução: Eliane
Data da publicação: 9/6/2007
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p280.asp