A Hora Está Avançada

Autor: Alan Yusko
Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Estamos certamente vivendo nos últimos dias. Em breve o Senhor Jesus virá buscar Sua igreja e o Anticristo ficará livre para ascender ao poder durante o curso da septuagésima semana da profecia de Daniel 9:24-27. No final desse período haverá a batalha do Armagedom, que culminará com o retorno do Senhor Jesus Cristo para estabelecer Seu reino na Terra.

À medida que nos aproximamos do retorno do Senhor Jesus, como estará o mundo? Será um lugar melhor para que os homens vivam em paz, harmonia e amor? Ou haverá uma perversidade cada vez maior na sociedade?

O mundo está se tornando cada vez mais perigoso e a perversidade está aumentando. Veja como a Bíblia descreve estes últimos dias em que estamos vivendo:

"Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos. Porque haverá homens amantes de si mesmos, avarentos, presunçosos, soberbos, blasfemos, desobedientes a pais e mães, ingratos, profanos, sem afeto natural, irreconciliáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, sem amor para com os bons, traidores, obstinados, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus. Tendo a aparência de piedade, mas negando a eficácia dela. Destes afasta-te." [2 Timóteo 3:1-5].

Essa é uma descrição muito triste da condição do mundo antes do retorno do Senhor Jesus Cristo e essas coisas terríveis estão acontecendo agora. Na verdade, se você olhar para a situação atual e lembrar do passado, de dez, vinte ou trinta anos atrás, verá que essa degradação é muito aparente.

Vejamos alguns sintomas que refletem a degradação da nossa sociedade.

Aborto — assassinato de bebês inocentes

Anos atrás ninguém mataria um bebê no útero. Era considerado errado e todos reconheciam isso. Hoje, entretanto, o útero materno tornou-se um dos lugares mais perigosos que existem. Recentemente, uma nova forma de matar um bebê foi colocada em prática nos EUA. Chama-se Aborto no Nascimento Parcial. Durante o parto real, é feito um furo na cabeça do bebê e o cérebro é sugado por um aspirador. Em seguida o bebê é retirado para fora e adivinha?... por alguma estranha razão ele está morto. Que sociedade perversa e sangüinária é essa que mata os bebês dessa maneira! No entanto, nos EUA e em muitos outros países "desenvolvidos" o aborto é socialmente aceitável e as leis garantem às mulheres o direito de matar seus bebês assim. Na verdade, algumas leis tratam como criminosos aqueles que se opõem e protestam contra o assassinato de bebês no útero materno. Essas leis dizem que os verdadeiros criminosos são os que protestam e não os que perpetram o assassinato dos bebês. Assim, o braço da lei está contra aqueles que se opõem ao aborto enquanto que a lei protege aqueles que estão envolvidos nesse processo macabro. Somente uma sociedade ímpia, sem temor a Deus e que atribui um valor muito baixo à vida humana poderia permitir tal coisa. Mas, quando Deus e Sua palavra são rejeitados, a porta fica aberta para todos os tipos de atos perversos ocorrerem na sociedade. Hoje, estamos vendo isso acontecer com os assassinatos dos bebês. No entanto, Deus vai julgar esse crime horrendo. Mesmo aqueles que assassinam seus próprios bebês precisam pagar o preço. Embora possam justificar esse crime com suas próprias mentes, no fundo da consciência sabem que é errado. Como conseqüência, as mulheres que passam por essa experiência sofrem todos os tipos de problemas pelo resto de suas vidas. Alguns deles são: maiores índices de divórcios, maiores índices de suicídio, maior potencial para doenças terminais, como o câncer (câncer no seio, por exemplo), e uma menor expectativa de vida. Tenha em mente que anos atrás, quando a Bíblia e Deus eram mais proeminentes na sociedade, nunca tivemos o problema generalizado da matança de bebês.

"Porquanto não se executa logo o juízo sobre a má obra, por isso o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto para fazer o mal." [Eclesiastes 8:11].

"Estas seis coisas o SENHOR odeia, e a sétima a sua alma abomina: Olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente, o coração que maquina pensamentos perversos, pés que se apressam a correr para o mal, a testemunha falsa que profere mentiras, e o que semeia contenda entre irmãos." [Provérbios 6:16-19].

- Homossexualidade

Aconteceram muitas mudanças na sociedade com relação à aceitação do comportamento homossexual. Tempos atrás, os homossexuais estavam bem escondidos em seus armários. Era ilegal praticar a homossexualidade/sodomia e se a pessoa tivesse um emprego respeitável, era até demitida. Ninguém queria que um homossexual ou uma lésbica lecionasse para seus filhos na escola. No entanto, as coisas mudaram nos últimos 20 anos ou mais. Agora, a homossexualidade é considerada normal. As leis concedem benefícios previdenciários para casais do mesmo sexo. Provavelmente, dentro de pouco tempo, será juridicamente legal realizar matrimônios entre pessoas do mesmo sexo. A condição moral destes últimos dias é tão baixa que a homossexualidade é considerada uma "orientação sexual normal" que uma pessoa pode escolher ou não. Para que essa queda nos padrões morais ocorresse, primeiro Deus e Sua palavra precisaram ser rejeitados. Isso foi feito, e o resultado é a grande decadência moral atual.

"Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as sua mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro. E, como eles não se importaram de ter conhecimento de Deus, assim Deus os entregou a um sentimento perverso, para fazerem coisas que não convêm." [Romanos 1:26-28].

- Concubinato (morar junto sem casar)

Houve um tempo no passado em que 'viver em pecado' não era algo adequado de se fazer. Se alguém na família vivia junto sem ser casado, isso era vergonhoso e era mantido em segredo. No entanto, hoje não é mais assim. Morar junto tornou-se a norma para muitos casais. Eles dizem: 'Antes de comprar um sapato, você experimenta para ver se gosta, não é mesmo?' Muitos proclamam abertamente que estão vivendo junto, de uma forma a implicar que não há nada de errado com o que estão fazendo. Na TV e no cinema, o conceito de morar junto antes de casar é considerado uma norma cultural. Muitas pessoas nestes últimos dias seguem os exemplos imorais e acham que não há nada de errado com o concubinato. Logicamente, rejeitando a Deus e Sua palavra, o conceito de pureza e de casamento será rejeitado... e está sendo!

"Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará." [Hebreus 13:4].

- Divórcio

O divórcio sempre existiu, mas recentemente nestes últimos dias, tornou-se uma opção fácil para muitos casais. Já se foi o tempo em que se dizia "Até que a morte nos separe". Em vez disso, hoje se diz: "Até que o tédio nos separe." Algumas pessoas já casaram três vezes ou mais. Outros acabam se cansando do conceito e simplesmente passam a morar junto com a mais recente namorada(o). O divórcio é uma epidemia nestes últimos dias.

"E disse: Portanto, deixará o homem pai e mãe, e se unirá a sua mulher, e serão dois numa só carne. Assim não são mais dois, mas uma só carne. Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem." [Mateus 19:5-6].

- Recasamento

Junto com o divórcio vem o recasamento. Antigamente, muitas pessoas nem sequer considerariam como possível cônjuge alguém que fosse divorciado. Hoje, ao contrário, os divorciados são os melhores caçadores. Eles têm experiência e geralmente estão com pressa. Como mencionado anteriormente, não é mais incomum encontrar pessoas que estejam no terceiro ou no quarto casamento. Isso está acontecendo até mesmo nas igrejas, que estão casando qualquer casal que se apresente. Conheço uma moça frequentadora de igreja que recentemente divorciou-se pela terceira vez. Ela vai procurar um quarto marido?... provavelmente. Vai casar de novo na igreja?... provavelmente. De acordo com a palavra de Deus o casamento é para toda a vida; ele só é dissolvido com a morte de um dos cônjuges (não pelo divórcio).

"Porque a mulher que está sujeita ao marido, enquanto ele viver, está-lhe ligada pela lei; mas, morto o marido, está livre da lei do marido." [Romanos 7:2-3].

"A mulher casada está ligada pela lei todo o tempo que o seu marido vive; mas, se falecer o seu marido fica livre para casar com que quiser, contanto que seja no Senhor." [1 Coríntios 7:39].

"Eu, porém, vos digo que qualquer que repudiar sua mulher, a não ser por causa de prostituição, faz que ela cometa adultério, e qualquer que casar com a repudiada comete adultério." [Mateus 5:32].

"Eu vos digo, porém, que qualquer que repudiar sua mulher, não sendo por causa de fornicação, e casar com outra, comete adultério; e o que casar com a repudiada também comete adultério." [Mateus 19:9].

"Qualquer que deixa sua mulher, e casa com outra, adultera; e aquele que casa com a repudiada pelo marido, adultera também." [Lucas 16:18].

- Imoralidade desmedida — considerada 'normal'

O clima moral nestes últimos dias está muito baixo. As pessoas acham que são livres para fornicar e cometer adultério. É considerado normal praticar a imoralidade sexual. A televisão e os filmes no cinema proclamam audaciosamente a liberdade sexual e o direito à escolha da orientação. Como resultado, enfrentamos hoje na sociedade muitas doenças sexualmente transmissíveis. A AIDS continua infectando e matando silenciosamente. As pessoas que estão mais expostas ao risco são as sexualmente imorais. Basta ter um encontro sexual com uma pessoa infectada para garantir uma vida mais curta, se essa doença mortal for contraída. Recentemente, ouvi dizer que de cada seis pessoas, uma é portadora da herpes, outra doença é que é facilmente transmitida e que também é incurável. Existem muitas outras doenças terríveis por aí. É curioso que as pessoas nunca consideram a possiblidade de contrair uma doença quando se envolvem na imoralidade sexual. Talvez seja o bom marketing da mídia secular. Sejam lá quais forem as razões, as conseqüências da imoralidade sexual não são consideradas. Algumas pessoas acham que os preservativos são suficientes para protegê-las, mas isso não é verdade. Os preservativos não são seguros. Algumas doenças podem ser passadas por meio dos defeitos naturais do preservativo. Muitas mulheres que confiam no preservativo como um bom método anticoncepcional acabam engravidando. Toda essa história de sexo seguro é realmente uma mentira do Diabo. Além disso, muitas doenças podem ser contraídas pelo beijo e pelo toque na pessoa infectada. Apesar de todos os perigos, as pessoas que praticam a imoralidade sexual consideram-se invulneráveis à doença e à morte. A doença é para os outros, nunca para elas... é o que raciocinam. Como resultado, fornicam livremente sem pensar nas conseqüências. Tudo isso ocorre devido à rejeição a Deus e à Sua palavra. O resultado final é a morte, dores, doenças, sofrimento e uma vida mais curta.

"Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo." [1 Coríntios 6:18].

"Filho meu, atende à minha sabedoria; à minha inteligência inclina o teu ouvido; para que guardes os meus conselhos e os teus lábios observem o conhecimento. Porque os lábios da mulher estranha destilam favos de mel, e o seu paladar é mais suave do que o azeite. Mas o seu fim é amargoso como o absinto, agudo como a espada de dois gumes. Os seus pés descem para a morte; os seus passos estão impregnados do inferno. Para que não ponderes os caminhos da vida, as suas andanças são errantes: jamais os conhecerás. Agora, pois, filhos, dai-me ouvidos, e não vos desvieis das palavras da minha boca. Longe dela seja o teu caminho, e não te chegues à porta da sua casa; para que não dês a outrem a tua honra, e não entregues a cruéis os teus anos de vida; para que não farte a estranhos o teu esforço, e todo o fruto do teu trabalho vá parar em casa alheia; e no fim venhas a gemer, no consumir-se da tua carne e do teu corpo. E então digas: Como odiei a correção! e o meu coração desprezou a repreensão!" [Provérbios 5:1-12].

- Interesse e envolvimento no ocultismo

Quando Deus e Sua palavra são rejeitados, os homens e mulheres viram-se para o mal. Uma coisa muito perniciosa é o envolvimento com o ocultismo. O tabuleiro de ouija, a astrologia, a adivinhação parecem inocentes para muitas pessoas. No entanto, fazem parte do ocultismo que é proibido na Bíblia e chamado de abominação diante de Deus. Outras formas de ocultismo estão tendo aceitação. A feitiçaria e o satanismo tornaram-se mais visíveis e populares nestes últimos dias. Por exemplo, nas livrarias existem grandes seções dedicadas aos livros ocultistas e sobre práticas satânicas para os perdidos se envolverem. Os roqueiros associam todos os tipos de símbolos ocultistas com suas bandas e muitos são declaradamente ocultistas. Olhando para dez ou trinta anos atrás, essas coisas não eram tão aparentes. O ocultismo sempre existiu, mas certamente estava mais restrito do que está hoje. Até mesmo cristãos professos estão se envolvendo com o ocultismo; muitos lêem o horóscopo, buscam tratamento com médicos que praticam acupuntura e outras técnicas ocultistas. Conheço uma menina cristã professa que ganhou um colar de ouro com um símbolo astrológico de presente de sua mãe. Ela se recusou a dar ouvidos a qualquer advertência sobre a jóia com o símbolo ocultista porque foi um presente caro dado por sua mãe. Hoje, vemos o ocultismo em toda a parte e ele está sendo promovido pela televisão e pelo cinema. Muitos jogos infantis mostram formas de ocultismo, como encantamentos, magias e feitiçarias. Todo esse ocultismo popular entre as massas é uma abominação diante de Deus.

"Quando entrares na terra que o SENHOR teu Deus te der, não aprenderás a fazer conforme as abominações daquelas nações. Entre ti não se achará quem faça passar pelo fogo a seu filho ou a sua filha, nem adivinhador, nem prognosticador, nem agoureiro, nem feiticeiro; nem encantador, nem quem consulte a um espírito adivinhador, nem mágico, nem quem consulte os mortos; pois todo aquele que faz tal coisa é abominação ao SENHOR; e por estas abominações o SENHOR teu Deus os lança fora de diante de ti. Perfeito serás, como o SENHOR teu Deus." [Deuteronômio 18:9-13].

"Cansaste-te na multidão dos teus conselhos; levantem-se pois agora os agoureiros dos céus, os que contemplavam os astros, os prognosticadores das luas novas, e salvem-te do que há de vir sobre ti. Eis que serão como a pragana, o fogo os queimará; não poderão salvar a sua vida do poder das chamas; não haverá brasas, para se aquentar, nem fogo para se assentar junto dele." [Isaías 47:13-14].

- Rejeição a Deus nas escolas

Atualmente nos EUA é permitido (é juridicamente legal) promover um encontro de feiticeiros em uma escola pública, mas não um estudo bíblico. A Teoria da Evolução é ensinada como se fosse um fato verídico, enquanto o Criacionismo é reputado como tolice. Como resultado, os jovens crescem rejeitando a Deus e Sua palavra. Isso ajuda no processo de aprendizagem? Realmente não. As escolas agora precisam de guardas armados, detetores de metal e conselheiros especializados em tratar dependentes de drogas como parte do corpo docente. Muitos alunos não têm a menor idéia sobre a Bíblia e não conhecem nem a mais simples história bíblica. Não sabem sobre Adão e Eva, ou a diferença entre Noé e Moisés! Sim, nos últimos dez, vinte ou trinta anos, Deus foi rejeitado no sistema educacional. O resultado, em termos de violência e da falta de aprendizado no sistema educacional, pode ser visto claramente. Tudo isso foi possível devido à rejeição a Deus e à Sua palavra na nossa sociedade.

"A justiça exalta os povos, mas o pecado é a vergonha das nações." [Provérbios 14:34].

- Cobiça, engano, e consumismo

Nestes últimos dias muitas pessoas desenvolveram um intenso desejo de enriquecer. As grandes empresas, que já faturam milhões, querem ganhar mais. Como resultado, as pessoas estão sendo enganadas, tributadas e precisam pagar até para morrer. Mas quando Deus e Sua palavra são rejeitados, tudo o que os perdidos têm é o aqui e agora. As pessoas vivem suas vidas sem se preocupar em saber se passarão a eternidade no céu ou no inferno. Alguns acreditam na mentira que aqui é tudo o que existe. O raciocínio deles é... quando você morre tudo está acabado, de modo que é melhor aproveitar o máximo que puder agora. Pouco percebem que estarão perdidos na eternidade se viverem suas vidas em rejeição ao único Deus e Salvador, o Senhor Jesus Cristo! O que as pessoas querem nestes últimos dias é ser o número um, nem que seja à custa dos outros. O objetivo é enriquecer e se divertir, porque é tudo o que há! Muitos esquemas foram engendrados para ajudar os ambiciosos a enriquecer. Os cassinos, as loterias, e as máquinas caça-níqueis estão em toda a parte para fisgar o dinheiro das pessoas. Muitos acabam viciados no jogo e arruinam suas famílias na busca frenética para alcançar as riquezas terreais.

"Pois, que aproveitaria ao homem ganhar todo o mundo e perder a sua alma?" [Marcos 8:36].

"Eia, pois, agora vós, ricos, chorai e pranteai, por vossas misérias, que sobre vós hão de vir. As vossas riquezas estão apodrecidas, e as vossas vestes estão comidas de traça. O vosso ouro e a vossa prata se enferrujaram; e a sua ferrugem dará testemunho contra vós, e comerá como fogo a vossa carne. Entesourastes para os últimos dias. Eis que o jornal dos trabalhadores que ceifaram as vossas terras, e que por vós foi diminuído, clama; e os clamores dos que ceifaram entraram nos ouvidos do Senhor dos Exércitos. Deliciosamente vivestes sobre a terra, e vos deleitastes; cevastes os vossos corações, como num dia de matança. Condenastes e matastes o justo; ele não vos resistiu." [Tiago 5:1-5].

- Aumento na ocorrência dos desastres naturais

Nos anos recentes o mundo tem sido atingido por muitos desastres. Grandes chuvas e enchentes são quase rotina. O breve retorno do Senhor Jesus Cristo pode ser comparado com uma mulher próxima de dar à luz. A mulher sente dores do parto, que iniciam aos poucos e aumentam em duração e intensidade à medida que o momento do parto se aproxima. Isso também se aplica a estes últimos dias. À medida que nos aproximamos do retorno do Senhor Jesus, os desastres (as dores do parto) também aumentarão em intensidade e duração. Isso está acontecendo no mundo agora!

"Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares. Mas todas estas coisas são o princípio das dores." [Mateus 24:7-8].

As Condições da Igreja nos Últimos Dias

As palavras-chave são crescente apostasia nos últimos dias. A cena eclesiástica nunca esteve em um ponto tão baixo. Os pastores estão se tornando liberais e ninguém parece se preocupar. Está ficando cada vez mais difícil encontrar uma boa igreja, que esteja bem fundamentada na Bíblia. A apostasia espiritual é um dos sinais dos últimos dias e isso pode ser visto claramente nas igrejas. Veremos um grande reavivamento ou uma crescente apostasia nestes últimos dias? De acordo com a Bíblia, haverá uma grande apostasia e um desvio da sã doutrina.

"Ninguém de maneira alguma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia, e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição." [2 Tessalonicenses 2:3].

Estamos vivendo em dias de uma grande apostasia na cristandade. Sim, Deus tem o Seu remanscente fiel, aqueles crentes verdadeiros que estão cheios do Espírito Santo. Entretanto, muitas igrejas e cristãos professos estão caindo no liberalismo, no erro e nos braços abertos do Diabo.

Eis alguns exemplos de desvios:

- Aceitação dos falsos mestres

Muitas igrejas e cristãos professos estão aceitando abertamente os falsos mestres. Os lobos que pregam heresias vestem belos ternos, pregam em grandes igrejas, e têm seus próprios programas na TV e nas emissoras de rádio "cristãs". No entanto, esses homens pregam outro Jesus e outro evangelho, não aquele encontrado na Bíblia. Eles arregimentam leais seguidores, que defendem cegamente tudo o que o líder diz ou faz. Como muitos rejeitam a Bíblia como fundamento, ficam abertos à apostasia e à aceitação dos lobos cruéis.

"Maravilho-me de que tão depressa passásseis daquele que vos chamou à graça de Cristo para outro evangelho; o qual não é outro, mas há alguns que vos inquetam e querem transtornar o evangelho de Cristo. Mas, ainda que nós mesmos ou um anjo do céu vos anuncie outro evangelho além do que já vos tenho pregado, seja anátema. Assim, como já vo-lo dissemos, agora de novo também vo-lo digo. Se alguém vos anunciar outro evangelho além do que já recebestes, seja anátema." [Galátas 1:6-9].

- Acenos para o catolicismo

Já observei que quando uma igreja torna-se 'liberal' e rejeita a palavra de Deus, começa lentamente a aceitar o catolicismo. Subitamente, o romanismo é considerado outra 'denominação' cristã. Neste caso, acho que os pastores devem ser responsabilizados. O romanismo prega um sistema de salvação baseado em obras. A crença básica do romanismo é que o sacrifício de Jesus na cruz não foi suficiente e isso separa totalmente o cristianismo bíblico do romanismo. De acordo com a Bíblia, o sacrifício de Cristo na cruz foi suficiente e o sangue de Jesus nos purifica de TODO o pecado, e isso inclui os pecados passados, presentes e futuros. O romanismo nega essa doutrina bíblica e estabelece a necessidade de sacramentos, sacerdotes, confissões auriculares, papas, e o purgatório para purificar o pobre e iludido católico. Como mencionei, à medida que uma igreja afasta-se de Deus, aproxima-se do romanismo. A tendência é visível nas livrarias cristãs, na TV "cristã" e nas igrejas cristãs liberais. Pessoalmente, atribuo ao pastor a responsabilidade por essa contemporização. Entretanto, falaremos mais sobre os pastores posteriormente neste artigo.

"Mas este, havendo oferecido para sempre um único sacrifício pelos pecados, está assentado à destra de Deus." [Hebreus 10:12].

"Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado." [1 João 1:7].

- Rejeição da sã doutrina

Existem poucos bereanos nestes últimos dias. Bereanos são aqueles que amam a palavra de Deus e buscam nela orientação e direção. Os bereanos não aceitam cegamente a última moda ou o último ensino. Em vez disso, abrem suas Bíblias e comparam o que está sendo ensinado com a palavra revelada de Deus. Se um determinado ensino não se encaixa com o que está na Bíblia, então ele é rejeitado. Os bereanos não seguem os lobos, pois a palavra de Deus é um escudo contra os falsos ensinos. Para muitos outros, entretanto, a Bíblia tornou-se um livro secundário; para esses, a 'experiência' agora é o guia. Eles esquecem a Bíblia e, se sentem que é bom, então aceitam! Agora, em muitas igrejas, as pessoas estão latindo como cachorros e manifestando outros comportamentos de origem ocultista e psíquica. O resultado final é um afastamento e a rejeição da sã doutrina bíblica.

"Porque virá tempo em que não suportarão a sã doutrina; mas, tendo comichão nos ouvidos, amontoarão para si doutores conforme as suas próprias concupiscências. E desviarão os ouvidos da verdade, voltando às fábulas." [2 Timóteo 4:3-4].

- Música Rock na igreja

Juntamente com a rejeição à Bíblia vem a música mundana. Todas as formas de música Rock entraram nas igrejas liberais. Os pastores querem atrair os jovens às suas igrejas e oferecem o que há de mais recente na cena do Rock. O ensino bíblico não é mais o fator que atrai as pessoas. Agora os jovens vão aos concertos e apresentações de Rock para ouvir as mais novas bandas e dançar sob o disfarce de Rock and Roll religioso. A rejeição à sã doutrina e a aceitação da música mundana caminham de mãos dadas nas igrejas apóstatas.

"Confessam que conhecem a Deus, mas negam-no com as obras, sendo abomináveis, e desobedientes, e reprovados para toda a boa obra." [Tito 1:16].

- Novas versões da Bíblia

Existem hoje diversas traduções da Bíblia, baseadas em diferentes manuscritos que contradizem um ao outro. Existe a Nova Versão Internacional, a Bíblia na Linguagem de Hoje, a Bíblia Viva, a edição voltada para leitores da terceira série primária e diversas outras versões. No passado usava-se somente a boa e velha tradução de João Ferreira de Almeida. Antigamente, você podia ouvir um pregador e acompanhar em sua própria Bíblia quando ele citava um verso. Hoje, entretanto, com todas as versões existentes, não existem mais dois versos iguais. Sentei em uma igreja e tentei acompanhar o sermão em mínha Bíblia. Quando o pastor citava uma referência, eu procurava o verso na minha Bíblia. No entanto, enquanto eu lia, ouvia-o ler uma tradução diferente na sua Bíblia. Era realmente frustrante. É interessante observar que a tradução de João Ferreira de Almeida baseia-se em manuscritos diferentes das outras versões que estão sendo popularizadas atualmente. Muitas pessoas acreditam que esses 'outros' manuscritos sejam na verdade versões corruptas, mas não vou entrar nesse assunto aqui. Existem outros sites muito bons que discutem a questão. Assim, temos Bíblias que omitem versos, alteram as palavras e o significado das frases. Existem rumores que está sendo preparada uma versão unissex. O grupo que publica a NVI espera um dia apresentar uma versão que remova os pronomes masculinos "ele" e "dele" nas referências a Deus. Desse modo, esperam apresentar a "feminilidade de Deus" às massas que amam o liberalismo e a apostasia. Ah sim, é outro sinal do fim dos tempos. Existem versões que contradizem a tradução de João Ferreira de Almeida e que também se contradizem umas às outras.

"Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro. E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro." [Apocalipse 22:18-19].

- Frieza nos corações à medida que as pessoas se afastam de Deus

Já observei que à medida que os homens afastam-se de Deus e da sã doutrina, tornam-se frios no coração. O amor em seus corações parece secar e a pessoa desenvolve um grande potencial para se tornar egoísta e irascível. Simplesmente fale contra um falso profeta muito estimado que esteja brincando com o jogo 'cristão' e você verá o que quero dizer. Algumas pessoas ficam furiosas e exaltadas ao defender seu idolatrado pregador contra qualquer um que se atreva a falar alguma coisa contra ele. Outros são simplesmente muito egoístas e, dadas as circunstâncias apropriadas, tratam os outros de forma muito rude, fria, com rejeição e preconceito. Eles definitivamente não têm o amor cristão! Os pastores apóstatas também desenvolvem um coração frio. Eles ofendem o povo de Deus e desenvolvem um coração duro e que não aceita a repreensão. Pouco sabem eles, mas Deus está ciente dessas coisas. A frieza do coração é generalizada nestes últimos dias e é para ser esperada com os apóstatas e com aqueles que rejeitam a sã doutrina bíblica. Você verá muitas pessoas de coração frio, à medida que elas se afastam de Deus e da sã doutrina da palavra de Deus.

"E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos. E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará." [Mateus 24:11-12].

- Apatia: não se interessar em agradar e em servir a Deus

Naturalmente, não podemos nos esquecer de mencionar a apatia. Eu a descreveria como uma falta de preocupação com o que Deus pensa. Uma pessoa pode ser um mordomo infiel ou pode tornar-se muito liberal na doutrina, e as igrejas simplesmente não se incomodam. Com a apatia, todos os tipos de males podem ser praticados, sem nenhuma preocupação com Deus. Muitos frequentadores de igreja seguem qualquer coisa que entre na moda e as doutrinas esquisitas que se tornam populares. O triste é que eles não se preocupam com o que diz a Palavra de Deus. Essas pessoas simplesmente rejeitam a sã doutrina e afastam-se do caminho sem nenhuma preocupação em seus corações. Isso também acontece com os pastores. Por exemplo, um pastor está em uma posição de grande responsabilidade e precisará prestar contas sobre como exerceu seu encargo. Acredito que Deus considera os pastores muitos responsáveis diante dele. Tomar sobre si o papel de pastorear o povo que Deus resgatou com Seu próprio sangue não é uma tarefa que deva ser encarada com leviandade! Portanto, é um grande crime um pastor ofender e desencaminhar o povo de Deus. Pode ser que o pastor nem queira saber a opinião de Deus, mas Deus ainda está ciente da situação. Acredito que Deus julga os maus pastores nesta vida e também os julgará na eternidade. Minha sugestão é que você somente se torne um pastor se tiver plena consciência que precisará prestar contas diante de Deus. O pastor precisará prestar contas sobre como liderou o povo que Deus resgatou com seu próprio sangue. É realmente uma grande responsabilidade e ninguém deveria encará-la com leviandade... como tantos fazem hoje.

"Olhai, pois, por vós, e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue. Porque eu sei isto que, depois da minha partida, entrarão no meio de vós lobos cruéis, que não pouparão o rebanho; e que de entre vós mesmos se levantarão homens que falarão coisas perversas, para atraírem os discípulos após si." [Atos 20:28-30].

Advertências aos Pastores

Gostaria de expandir um pouco mais a seção sobre o papel dos pastores. Nestes últimos dias existem tantos maus pastores que acho adequado fazer mais algumas advertências. O seguinte é uma advertência para qualquer pastor ou líder de igreja que não encara com a devida seriedade seu trabalho e não está comprometido em edificar e proteger a igreja de Deus. A advertência é muito necessária nestes dias de crescente apostasia. Aqui estão alguns versos que são aplicáveis hoje:

"Os seus sacerdotes violentam a minha lei, e profanam as minhas coisas santas; não fazem diferença entre o santo e o profano, nem discernem o impuro do puro; e de meus sábados escondem os seus olhos, e assim sou profanado no meio deles." [Ezequiel 22:26].

Maus pastores não são novidade para Deus! A Bíblia descreve esse tipo de líder 'religioso' em muitas passagens. Um pastor que procura agradar aos homens não faz diferença entre o santo e o profano. Rapaz, essa descrição certamente se encaixa direitinho em muitos pastores hoje! De um lado esses pastores liberais pregam sobre santidade e de outro permitem que a mocidade da igreja seja 'abençoada' com um concerto de Rock. Esses pastores liberais falam sobre assuntos neutros e caminham com pés de gato sobre a palavra de Deus. O objetivo deles é não ofender ninguém; evitam pregar sobre o sangue de Jesus, a existência do Inferno, o amor e a ira de Deus. Além disso, seria terrível se o resultado fosse uma redução nas ofertas e no número de pessoas que vêm à igreja.

No entanto, Deus atribuiu um encargo aos pastores e eles têm uma grande responsabilidade, que POUCOS encaram com a devida seriedade. A Bíblia continua:

"Contudo serão ministros no meu santuário, nos ofícios das portas da casa, e servirão à casa; eles matarão o holocausto, e o sacrifício para o povo, e estarão perante eles, para os servir. Porque lhes ministraram diante dos seus ídolos, e fizeram a casa de Israel cair em iniqüidade; por isso eu levantei a minha mão contra eles, diz o Senhor DEUS, e levarão sobre si a sua iniqüidade. E não se chegarão a mim, para me servirem no sacerdócio, nem para chegarem a alguma de todas as minhas coisas sagradas, às coisas que são santíssimas, mas levarão sobre si a sua vergonha e as suas abominações que cometeram." [Ezequiel 44:11-13].

Os pastores que não se atrevam a encarar com leviandade o encargo que receberam de Deus! Os pastores podem levar ao pecado o povo que foi resgatado com o próprio sangue de Deus. Eles serão julgados com base em como executaram seu trabalho. Hoje, entretanto, muitos pastores literalmente cometem abominação diante de Deus, rejeitando a doutrina bíblica e aceitando a contemporização com o pecado. Deixe-me dizer-lhe que Deus o conhece bem, senhor pastor, e você responderá por isso! Responderá aqui na Terra e responderá na eternidade!

Em seguida, temos dois versículos muito apropriados para estes últimos dias que antecedem o retorno de Jesus Cristo. Estamos vivendo em dias de grande apostasia. Deus literalmente diz 'ai de vós'..., que encaram com leviandade sua responsabilidade e não cumprem com fidelidade o trabalho de pastor!

"Ai dos pastores que destroem e dispersam as ovelhas do meu pasto, diz o SENHOR. Portanto, assim diz o SENHOR Deus de Israel, contra os pastores que apascentam o meu povo: Vós dispersastes as minhas ovelhas, e as afugentastes, e não as visitastes; eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o SENHOR." [Jeremias 23:1-2].

Saibam todos os pastores liberais que aceitam o Rock and Roll e unem-se com as falsas religiões, que estão contemporizando as doutrinas bíblicas fundamentais e prejudicando o povo de Deus. Como resultado, deixe-me dizer que Deus sabe o que vocês estão fazendo e ele diz "Ai"! Sempre que Deus usa a interjeição "ai" na Bíblia, está anunciando julgamento. Deus julgará suas más obras e sua contemporização! O julgamento que cairá sobre vocês será aqui na Terra e na eternidade. Observe o que ele diz no versículo 2: "... eis que visitarei sobre vós a maldade das vossas ações, diz o SENHOR." Minha sugestão é esta: Se você não sabe encarar o trabalho de pastor com seriedade e não consegue realizar sua tarefa de uma maneira que agrada a Deus, então é melhor renunciar agora e procurar outro emprego! É uma coisa muito séria diante de Deus prejudicar, por meio do liberalismo, do mundanismo e da contemporização doutrinária, o povo que ele resgatou com Seu próprio sangue.

Conclusão

Vimos neste artigo vários indicadores que mostram que a igreja e o mundo estão caminhando para a apostasia e para a perversidade. As condições no mundo não melhorarão com o passar do tempo. Ao contrário, à medida que nos aproximamos do retorno do Senhor Jesus Cristo, a impiedade no mundo aumentará. Atualmente, o Espírito Santo está restringindo o mal e impedindo o aparecimento do Anticristo. Após o arrebatamento da igreja, porém, a restrição será removida e não haverá mais limites para o mal. O mundo degenerará até o nível mais baixo de malignidade.

Assim, qual deve ser a atitude do cristão nestes últimos dias? Uma coisa é certa, devemos saber que logo estaremos nos céus. Em breve o Senhor Jesus retornará para arrebatar sua igreja e levá-la para os céus! Assim, nestes últimos dias, olhe para o alto e alegre-se!

"Ora, quando estas coisas começarem a acontecer, olhai para cima e levantai as vossas cabeças, porque a vossa redenção está próxima." [Lucas 21:28].



Autor: Alan Yusko. Visite o site dele, Heaven Soon
Texto revisado por: V. D. M. — Campo Grande / MS
Data da publicação: 13/2/2001
Texto revisado; todas as referências bíblicas são da ACF
Patrocinado por: V. H. P. — Rio Grande do Sul
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/yusko-3.asp

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.