Escolha uma cor para o fundo:  

O Amor à Morte — Liberada nos EUA a Comercialização da Pílula Abortiva RU-486, a "Pílula do Dia Seguinte"

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Quando uma nação se afasta de Deus, começa a demonstrar o amor à morte de muitas maneiras. O exemplo mais recente da Indústria da Morte, a aprovação da comercialização da "Pílula do Dia Seguinte" simplesmente demonstra que os EUA cruzaram aquela linha com Deus, onde o julgamento torna-se inevitável. Verdadeiramente, estamos no fim dos tempos.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"

[Advertência: Como este artigo descreve um procedimento de aborto, a leitura pode não ser apropriada às crianças, pré-adolescentes ou pessoas adultas que sejam muito sensíveis emocionalmente.]

Resumo da Notícia: "A FDA aprova a pílula abortiva como uma alternativa à cirurgia: A droga, que será vendida sob prescrição médica, estará disponível dentro de um mês e custará aproximadamente o mesmo que um aborto convencional", por Marc Kaufman, The Washington Post, reimpresso no The Providence Journal, sexta-feira, 29 de setembro de 2000, págs. A1, A15.

"Washington — A polêmica pílula RU-486, de indução ao aborto, conquistou finalmente a aprovação do governo federal para comercialização nos Estados Unidos, iniciando o que tanto os adversários quanto os defensores concordam será uma nova era no rancoroso debate sobre o aborto neste país. A decisão da FDA [Food and Drug Administration (secretaria do governo norte-americano responsável pela aprovação e controle de medicamentos e alimentos)] pela primeira vez dá às mulheres norte-americanas uma alternativa ao aborto cirúrgico: uma pílula que estará amplamente disponível e lhes permitirá abortar uma gravidez na privacidade do lar."

"A droga deverá estar disponível dentro um mês e custará aproximadamente o mesmo que um aborto normal. Inicialmente, será administrada nas clínicas que receberam um treinamento especial, mas posteriormente, por qualquer médico que possa assegurar que um aborto padrão estará disponível nos raros casos em que a pílula falhar. Como resultado, a pílula deverá modificar fundamentalmente a experiência do aborto para milhões de mulheres norte-americanas. Em vez de correr o risco de precisar enfrentar um ambiente hostil do lado de fora da clínica, elas poderão abortar de forma muito mais discreta, mais rápida, e com o que muitas descrevem como 'um maior senso de controle'."

"O anúncio foi imediatamente saudado pelos defensores do direito ao aborto como um grande avanço para as mulheres norte-americanas, e condenado pelos opositores como um disfarce que colocará em risco a vida humana... Kate Michelman, da Liga Nacional pelo Direito ao Aborto chamou o fato de 'um marco na longa jornada para a liberdade e a qualidade reprodutiva das mulheres neste país.'"

"A decisão rapidamente tornou-se parte da campanha presidencial. O vice-presidente Al Gore disse que a 'decisão não é sobre política, mas sobre a saúde e a segurança das mulheres norte-americanas e um direito fundamental da mulher de escolher.' O governador do Texas, o candidato George W. Bush chamou a decisão de 'errada' e disse temer que ela torne os abortos mais comuns, em vez de mais raros'." [pág. A-15].

A retórica no restante do artigo, e nos artigos relacionados, argumentava os prós e contras desse tipo terrível de aborto especificamente, e com o aborto neste país genericamente. Embora essa discussão ocorra neste país há muitos anos, nós da The Cutting Edge, queremos passar para o quadro maior de todo esse debate, e dessa tragédia inteira, a de matar bebês inocentes no útero materno. Você já se perguntou por que as mulheres radicais e os políticos que cortejam o voto delas, lutam com tanta ferocidade pelo direito de assassinar o bebê que está no útero? Que espécie de motivação está por trás dessa tenaz batalha pelo direito de cometer esse tipo de assassinato? Depois que você compreender as várias razões para essa determinação poderosa de continuar matando seres humanos, compreenderá melhor o terrível julgamento a que os EUA e o resto do mundo estão se colocando diante do Trono do Juízo de Deus.

Conforme vemos a questão, vários fatores satânicos estão dirigindo essa feroz determinação de matar bebês em qualquer período da gravidez, e matar tantos bebês quanto possível. Relacionaremos esses fatores e depois os discutiremos em detalhes.

Primeiro, os EUA estão defendendo com ferocidade esse direito de matar porque estão rompendo sistematicamente todos os vínculos com sua base nacional bíblica original. Quando uma nação se afasta de Deus, o povo começa automaticamente a adotar valores satânicos. Essa decisão sobre a pílula RU-486 somente revela a proximidade desses valores satânicos e a rapidez com que estão sendo adotados. O maior impacto dessa decisão da FDA será condicionar as pessoas a acreditarem que a matança de seres humanos é perfeitamente correta, assim tornando possível a expansão maior descrita adiante no Ponto #2. Essa decisão é somente a proverbial ponta do iceberg. Ela está escancarando a porta para o estabelecimento da indústria da morte humana, que seria inconcebível nesta sociedade em qualquer período do passado.

Em segundo lugar, visto que a população não pensa mais em termos de certo ou errado absolutos com base em princípios bíblicos, matará seres humanos se houver um benefício econômico para isso. Enormes incentivos econômicos estão aparecendo em nossa sociedade, tornando muito lucrativo matar bebês nascituros.

Em terceiro lugar, os EUA estão liderando o mundo na jornada rumo à satânica Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo. Os satanistas sempre sacrificaram vítimas humanas inocentes na adoração ao Senhor Satanás. Além disso, como veremos posteriormente neste artigo, os satanistas sempre acreditaram que a Nova Ordem Mundial só poderá ser estabelecida com o oferecimento de uma enorme quantidade de sacrifício humano. Os abortos são o mais precioso sacrifício humano ao senhor Satanás, como veremos retratado no fim deste artigo.

Examinemos agora essas três razões por que o povo americano está expandindo tão ardentemente seu direito legal de matar bebês:

1. Fundamento Divino Totalmente Rejeitado — A Compreensão Bíblica Básica — O Amor à Morte

Claramente, o aborto é assassinato dentro do útero e, como tal, Deus o condena nos termos mais severos possíveis.

Deus adverte em Provérbios 8:36 que a rejeição a Ele e aos seus mandamentos levariam em última análise a produzir a morte física. Ele advertiu: "... todos os que me odeiam amam a morte." A principal tendência nos EUA atualmente é um evidente amor à morte. Vemos esse amor à morte na cultura da música Rock, tão apreciada pela nova geração. Vemos esse amor à morte nos programas da TV e nos filmes atuais. Vemos esse amor à morte na onda de suicídios e de assassinatos que estão ocorrendo no país. Vemos esse amor à morte e ao satanismo nos livros da série Harry Potter. E, finalmente, vemos esse amor à morte envolvendo nossas mais inocentes crianças, pois somente nos EUA, o aborto está matando 1,6 milhões de bebês por ano.

Entretanto, esse número vai subir rapidamente! Agora, sempre que uma mulher tiver uma relação sexual e achar que possa ter engravidado, simplesmente tomará uma dessas pílulas e o óvulo fecundado em seu útero será eliminado. Só Deus sabe o número de bebês que serão mortos dessa maneira, e acredite, ele está contando.

2. Incentivo Econômico Para Matar Dentro do Útero

Deveríamos ter esperado este tipo de decisão do presidente Clinton; afinal, ele foi o mais anticristão presidente em nossa história. No terceiro dia de seu mandato, assinou cinco Ordens Executivas, uma das quais suspendia a proibição ao uso de Tecido Fetal na pesquisa médica. Os presidentes anteriores, Reagan e Bush, tinham concordado com os cristãos que, se os tecidos de bebês abortados pudessem ser utilizados na pesquisa e no tratamento médico, então ganho econômico poderia ser acrescido à prática abominável do assassinato chamado de aborto. Sempre que ganho econômico é acrescido a qualquer coisa ou a qualquer prática em nossa sociedade capitalista, o resultado é que vemos muito mais dessa atividade. Assim, tornou-se muito mais lucrativo matar bebês porque partes dos seus corpos podem ser vendidas e gerar lucro, de forma que o resultado inevitável será um aumento tremendo no número de abortos.

Entretanto, o horror não termina aí. De fato, esse cenário de pesadelo que paira sobre nós é somente a ponta do iceberg. Essa aprovação da comercialização da pílula RU-486 pela FDA apenas condiciona mais as pessoas para a matança de seres humanos, de modo que milhões morrerão brevemente. A FDA na Administração Clinton abriu uma porteira larga o bastante para permitir a passagem de uma carreta, e incontáveis milhões de pessoas perecerão, tanto bebês quanto adultos.

Do Aborto à Canibalização

A iniciativa privada agora entrou em cena, fundando companhias especializadas no crescimento de bebês somente para o propósito de matá-los no tempo apropriado, a fim de maximizar o potencial deles no mercado. Logicamente, esse cenário é negado sistematicamente pelos defensores da Pesquisa em Tecidos Fetais, embora uma das suas principais revistas, a Omni Magazine, tenha defendido justamente essa posição. Na edição de setembro de 1987, a matéria principal intitulava-se, "Redefinindo a Morte". A história girava em torno da questão da doação de órgãos. O artigo defendia a necessidade de redefinição da morte, para que os órgãos internos de mais pessoas pudessem ser "colhidos". O artigo concluía que, brevemente, Wall Street reconheceria os lucros enormes que podiam ser obtidos no negócio da morte, e começaria a injetar somas enormes de capital nessas empresas. Os EUA, explicava o artigo, poderiam criar uma indústria dedicada inteiramente a lucrar com a morte humana. Lembre-se, esse artigo chocante foi escrito em 1987.

Com esse pano de fundo, examinemos agora um artigo mais recente, não em uma revista de Nova Era, como a Omni, mas em uma revista da grande imprensa, a Newsweek, de 22/2/1993. O artigo principal intitula-se, "A Cura Vinda do Útero". No fundo da capa aparece a foto de um bebê de 6 semanas boiando dentro da bolsa protetora no útero materno. Ao redor da gravura estão estas palavras, "A pesquisa de Tecidos Fetais oferece nova esperança para tratar o diabetes, o Mal de Alzheimer, o Mal de Parkinson e outras doenças. No entanto, o debate ético continua". Realmente, o debate ético continua, pois essa aparentemente miraculosa nova esperança para tratar essas doenças envolve a utilização do tecido de bebês abortados e a inserção direta deles no corpo doente do adulto. Deixemos que o artigo fale por si mesmo.

"O aborto durou somente sete minutos... em seguida, o jato da sucção levou o embrião e a placenta por um tubo que serpenteava um buraco na parede. No outro lado uma enfermeira recolheu em um pequeno prato plástico os resíduos do embrião de seis semanas, pesando menos de 60 gramas. No entanto, eles não foram para o incinerador... Seis horas mais tarde, os tecidos foram levados escada acima, à sala de operações do hospital onde cirurgiões perfuraram um pequeno orifício no crânio de um paciente que sofria do Mal de Parkinson. O cirurgião colocou o material fetal em uma pequena agulha e, usando um aparelho eletrônico de varredura, localizou precisamente a área danificada pela doença e disparou as células do tecido fetal diretamente no cérebro do paciente, que estava acordado e alerta."

Assim, um paciente adulto, que sofria de uma doença incurável, recebeu um novo ânimo de vida graças ao assassinato de um bebê inocente de 6 semanas! Somente uma sociedade satânica poderia permitir que esse tipo de coisa ocorresse! As sociedades cristãs sempre protegeram a vida dos inocentes, e especialmente a vida dos bebês nascituros inocentes.

Sabe de uma coisa? Essa prática é uma verdadeira canibalização! Uma rápida consulta ao dicionário define canibalização como "remover as partes úteis de aeronaves, carros, ou máquinas danificadas para uso ou conserto de outro equipamento". Que repugnante o novo uso que demos à palavra "canibalização"!

O artigo da Newsweek continua descrevendo todos os possíveis efeitos "benéficos" dos tecidos de "fetos" abortados. Observe que o bebê que é morto e desmembrado sempre é chamado de "embrião" ou "feto". Essas palavras redefinidas não carregam a conotação de humanidade, de modo que removem a culpa normal pelo ato de matar. Se Adolf Hitler visse, ficaria orgulhoso, pois utilizou essa mesma técnica para preparar a população alemã para seu planejado genocídio. Entretanto, chamaremos essas vítimas do que são realmente — bebês. Os tecidos dos bebês têm altas quantidades de certos produtos químicos, como a dopamina, que ajuda os pacientes que sofrem de doenças incuráveis, como o Mal de Parkinson, o Mal de Alzheimer, certas formas de diabetes, e doenças do sangue. A alta concentração desses produtos químicos dissipa-se logo após o nascimento, o que coloca um valor muito alto nos bebês nascituros.

Entretanto, os médicos descobriram uma característica igualmente importante nos tecidos dos bebês nascituros:

"... as células fetais são perfeitas para uma variedade de usos médicos e científicos. Elas crescem e dividem-se rapidamente, de modo que são mais adaptáveis ao tecido existente de um paciente. Não têm as marcas características que o sistema imunológico do receptor reconheceria como estranhas e, portanto, raramente são rejeitadas. Talvez mais importante ainda, elas são 'plásticas': uma célula fetal muito jovem tem o potencial de ser um rim, uma célula de fígado, ou qualquer outra coisa... sob as circunstâncias certas... a ciência poderá um dia fazer surgir um fígado funcional completo a partir de umas poucas células fetais".

Esse desenvolvimento poderia aliviar a escassez de órgãos para doação aos pacientes agonizantes. Muitos pacientes morrem porque os médicos não conseguem encontrar doadores de órgãos compatíveis, o que acaba elevando o custo dos órgãos compatíveis às alturas. Fígados em condições excelentes chegam a custar dez mil dólares. Portanto, a perspectiva de algum dia tecidos de bebês poderem ser transformados em um fígado ou um rim, quando o mecanismo de alteração genética for compreendido, oferece aos investidores que queiram financiar essa pesquisa a possibilidade de lucros enormes.

Lembra-se da afirmação do repórter da revista Omni, de que um dia Wall Street reconheceria o lucro enorme nos negócios da morte e injetaria milhões de dólares nessas empresas? Você acabou de ver um exemplo muito bom de como os avanços científicos atribuíram um valor econômico muito alto aos tecidos dos bebês nascituros. Os pesquisadores da área médica poderiam facilmente inseminar artificialmente óvulos femininos com espermatozóides masculinos e criar um pequeno bebê, permitindo que desenvolva-se até precisamente a idade apropriada para os propósitos médicos. Em seguida, os pesquisadores poderiam "ceifar" suas colheitas humanas, vendendo-as a quem der o lance mais alto. De fato, isto já está sendo feito em pequena escala. Na página 51 da Newsweek, o autor descreve como um pesquisador de San Diego está "estudando células neurais fetais... Cultivando células fetais para identificar o que as faz diferenciarem-se e migrarem, Gage e outros identificaram produtos químicos do cérebro que afetam a sobrevivência e o crescimento neural". Você pescou a frase, "Cultivando células fetais..."? Como um pesquisador médico "cultiva" células fetais? Ele une artificialmente um óvulo e um espermatozóide, produz um bebê e depois então mata-o, quando chega o tempo apropriado para a pesquisa. Neste ponto, sua sensibilidade cristã deve está indignada pelo fato de bebês nascituros serem tratados como gado ou como plantas. Afinal, sabemos que cada um desses bebês é uma alma preciosa, criada à imagem de Deus. Além disso, sabemos que Deus não tolerará tal matança de inocentes sem trazer logo o julgamento físico sobre a nação que permite esses atos.

Você está absolutamente correto, mas há mais horror, mais sangue em nossas mãos. Esta decisão da FDA também escancara a porta para outra Indústria da Morte Humana.

Os pesquisadores da área médica também descobriram que o cérebro e as células neurológicas da área da medula dos bebês nascituros mais velhos são úteis no tratamento de doenças em adultos que antes eram incuráveis. Por exemplo, o artigo da Newsweek informa que "Em cirurgias experimentais, os estudos relataram que entre 10 e 13 pacientes melhoraram quando células do cérebro de... fetos foram implantadas na parte afetada do cérebro". Obviamente, estamos falando sobre um bebê nascituro de alguns meses aqui, em que o cérebro já está desenvolvido. Quando pedaços do cérebro de um bebê abortado são colocados diretamente dentro do cérebro doente do paciente adulto de que sofre do Mal de Parkinson, eles imediatamente produziram uma grande melhora do paciente. Os pesquisadores descobriram que as células de tecidos do cérebro dos bebês parecem gravitar automaticamente até a área do cérebro doente do adulto onde a doença é mais predominante. Então, uma vez que esses tecidos implantados alcançam o lugar certo no cérebro adulto, começam a bombear a dopamina necessária que cura a doença. Além disso, esses tecidos de bebê parecem bombear dopamina permanentemente.

Essas são realmente boas novas para nossa comunidade médica que não tem o temor de Deus, pois significa que terá mercadoria humana para vender à população adulta que sofre de várias doenças degenerativas incuráveis. As companhias poderão começar a formar imediatamente o que fornecerá uma oferta ilimitada de tal material humano. Afinal, corpos de bebês são um recurso renovável ilimitado, muito semelhante ao milho e ao trigo. Se esses bebês puderem ser cultivados em fábricas, este país e o mundo inteiro poderão ter uma oferta ilimitada de tecido humano precioso.

O único problema com esse cenário é que a prática era ilegal, devido à proibição do presidente Reagan ao uso de tecidos de bebês nascituros para tais propósitos. No entanto, o presidente Clinton veio em resgate, como um príncipe que resgata a linda donzela montado em seu valente cavalo branco. Ao suspender, no início do seu mandato, a proibição imposta pelo presidente Reagan ao uso de tecidos de bebês na pesquisa médica, Clinton concedeu a liberdade para que a comunidade médica empenhe-se em uma pesquisa ilimitada dentro desse campo. Logicamente, a pesquisa requererá muito mais tecidos de bebês do que está agora disponível a partir do aborto voluntário. E lembre-se, a pesquisa médica precisará dos tecidos de bebês em todos os estágios da gestação, do primeiro trimestre até o final. Não há dificuldade em obter o tecido de bebês no primeiro trimestre, pois esses bebês podem ser concebidos por inseminação artificial e conservados vivos nos laboratórios até terem de 6 a 12 semanas de vida e então serem abortados, ou "colhidos", como diz o artigo da revista Omni.

Matança no Trimestre Final

Mas, como os pesquisadores médicos obterão o material de que necessitam dos bebês no trimestre final? As leis em muitos estados norte-americanos proíbem o aborto no trimestre final, classificando-o como crime. Seria essa a razão por que muitos estados, incluindo Massachusetts e Rhode Island, estão procurando aprovar uma legislação que permita o aborto até o ponto do nascimento? É claro que é. Dinheiro grande fluirá para os estados que permitirem a matança de bebês até o ponto do nascimento. Muitos estados permitem essa matança agora, e muitos mais estão no processo de aprovar leis que vão legalizar o procedimento. Portanto, os pesquisadores nesta área poderão ser autorizados legalmente a matar bebês até o momento do nascimento. Se essa condição está perto de ocorrer na maioria ou em todos os estados, então faz sentido iniciar o treinamento para ensinar os médicos a abortarem o bebê de tal forma a maximizar o potencial de aproveitamento dos tecidos. E lembre-se, os tecidos mais apreciados são o cérebro e a medula.

A organização Massachusetts Citizens For Life (MCFL, Cidadãos de Massachusetts Pela Vida) enviou uma carta aos seus simpatizantes informando o procedimento de aborto mais recente. Esse procedimento, chamado o "Procedimento de Aborto D & X", foi descrito em um "Seminário de Administração de Risco" em 13 de setembro de 1992, patrocinado pela Federação Nacional do Aborto, que a MCFL descreve como "a associação profissional das maiores clínicas de aborto nos Estados Unidos". Agora, lembre-se, as clínicas de aborto estão diante de uma enorme perda de receita por causa da pílula RU-486, de forma que estão procurando novas alternativas. Qual é o melhor caminho para assegurar grandes lucros do que desenvolver um novo procedimento que supra a necessidade recente de tecidos do cérebro e da medula de bebês nascituros no trimestre final?

Esse artigo da MCFL mostra as ilustrações que foram utilizadas no seminário de 13/9/1992, descrito anteriormente. O material é deles. As ilustrações mostram uma mulher grávida deitada de costas, com uma gravura menor mostrando o bebê dentro do útero. As descrições seguintes foram escritas pelos médicos da MCFL:

  1. A primeira ilustração mostra o bebê encolhido dentro do útero em posição fetal, com a mão do aborteiro inserindo um fórceps no canal do nascimento. A legenda embaixo diz, "Guiado pelo ultra-som, o aborteiro agarra a perna do bebê com o fórceps". A ilustração mostra o fórceps em torno do tornozelo do bebê;

  2. A segunda ilustração mostra o bebê sendo puxado para fora do útero. A legenda simplesmente diz, "A perna do bebê é puxada para o canal de nascimento". De fato, a ilustração mostra a perna do bebê para fora no ar até o joelho;

  3. A terceira ilustração mostra ambas as mãos do aborteiro agarrando o bebê pelas nádegas. A legenda embaixo abaixo diz: "O aborteiro puxa o corpo inteiro do bebê, exceto à cabeça". Neste ponto, somente a cabeça do bebê ainda está dentro do canal de nascimento, mas quase saindo;

  4. A quarta ilustração mostra a mão esquerda do aborteiro em torno da garganta do bebê, com sua mão direita posicionada acima da parte de trás da cabeça do bebê, segurando uma tesoura cirúrgica. A legenda na parte de baixo diz: "O aborteiro posiciona a tesoura na parte de trás do crânio do bebê. A tesoura está então pronta para abrir um furo". Em outras palavras, o aborteiro insere a tesoura na parte de trás da cabeça do bebê, exatamente acima do cerebelo, com a tesoura fechada. Em seguida, após inserir a tesoura fechada, o aborteiro abre-a, para expandir o orifício. Logicamente, neste ponto o bebê já está morto. Era isto que o aborteiro queria, não era? Errado. O aborteiro está prestes a ganhar muito dinheiro;

  5. A quinta ilustração mostra o aborteiro inserindo um pequeno cateter de sucção no orifício perfurado pela tesoura. Anexado ao pequeno cateter há um tubo que serpenteia para cima sobre a mão do aborteiro e para o alto da ilustração. A legenda em baixo diz: "A tesoura é removida e um cateter de sucção é inserido. O cérebro da criança é sugado para fora. O bebê então é removido". Incrível!! O cérebro do bebê, e provavelmente parte dos tecidos do cerebelo, são sugados para fora pelo cateter e carregados pelo tubo, certamente para um recipiente esterilizado que não aparece na ilustração. Essas células do cérebro são então rapidamente vendidas à companhia que vai revendê-las aos pesquisadores médicos que estudam doenças como o Mal de Parkinson e o Mal de Alzheimer.

Entretanto, o ultraje final é visível na última ilustração, que mostra o aborteiro sugando o cérebro do bebê para fora. A cabeça do bebê ainda está dentro do útero, mas quase saindo. Assim, os aborteiros estão aprendendo como praticar essa abominação, mas ao mesmo tempo ficando dentro dos limites impostos pela nova legislação que está sendo aprovada nos estados!!!

Agora você sabe por que o presidente Clinton apoiou de forma tão inflexível o Aborto no Nascimento Parcial: ele está puramente interessado nos benefícios econômicos de tudo isto. Sabe que essa nova indústria da morte humana produzirá bilhões de dólares de lucro muito em breve. Fico me perguntando que fatia desse bolo ele receberá. [Nota do Revisor: O método do Aborto no Nascimento Parcial consiste em realizar o aborto durante o parto normal de uma criança. O aborteiro espera que a cabeça do bebê apareça e, então, a perfura com um instrumento pontiagudo, como uma tesoura, matando-o.].

Tenho certeza que neste ponto, seu estômago está se revirando por dentro, pois seus valores cristãos não suportam mais a descrição desse ultraje inacreditável. Nossa sociedade está entrando no estágio final onde seu ódio a Deus está criando o amor à morte. Desde o Holocausto nazista, muitos pensadores afirmam que o valor de qualquer sociedade pode ser medido pela forma como protege as vidas dos inocentes e dos desamparados. Esses autores consideram que essa foi uma das lições mais importantes que a civilização ocidental aprendeu com o Holocausto. Obviamente, essas lições foram varridas para longe com o ressurgimento dos valores nazistas/hitlerianos. Quando descrevemos essa pesquisa médica que utiliza os corpos dos bebês nascituros, você pode lembrar das pesquisas realizadas pelos médicos nazistas que utilizavam os prisioneiros judeus dos campos de concentração. O paralelo entre as abominações médicas perpetradas durante a Segunda Guerra Mundial e a abominação da pesquisa médica atual é inequívoca. Todavia, ninguém está clamando por justiça, por um Tribunal de Crimes de Guerra no estilo do Tribunal de Nuremberg. Esse Tribunal para os EUA ocorrerá nos céus, muito brevemente.

3. A Nova Ordem Mundial, o Reinado do Anticristo, Requer uma Quantidade Enorme de Sacrifício Humano! O Aborto é o Sacrifício Mais Precioso de Todos

No início de 1992, quando trabalhei de perto com um ex-satanista praticante de Magia Negra, quis saber como um satanista vê o aborto. Perguntei-lhe: "Doc, sei que os satanistas precisam sacrificar seres humanos em certos dias sagrados e em certos rituais. Sei que quanto mais nova for a vítima, mais precioso é o sacrifício diante do senhor Satanás." Doc acenou afirmativamente com a cabeça. "Como então os satanistas vêem o aborto?"

A resposta dele foi: "Um bebê abortado é O SACRIFÍCIO MAIS ALTO POSSÍVEL a Satanás. O bebê é totalmente inocente e, portanto, é o sacrifício de mais alto valor."

Afirmo a vocês que esse fato é a razão mais importante por que os governos iluministas, desde Lyndon Johnson até Bill Clinton apoiaram firmemente o aborto, que está sendo cada vez mais praticado. Afirmo que essa também é a razão pela qual as feministas radicais apóiam o aborto em qualquer estágio da gravidez.

Há muito tempo que os satanistas acreditam que o Reino do Anticristo não poderá ser estabelecido sem que uma enorme quantidade de sacrifício humano seja oferecido, no nível de centenas de milhões de vítimas. As mortes em guerras planejadas contam como sacrifício humano, bem como os assassinatos, genocídios, a eutanásia e, é claro, o aborto. No entanto, Satanás ama mais o sacrifício humano do aborto, pois o bebê é o mais inocente e puro. À medida que o mundo caminha para o Reino de Anticristo, devemos esperar que o número de abortos atinja níveis cada vez maiores.

Os EUA Cruzaram a Linha do Julgamento com Deus

No símbolo anterior "I Witch" (Eu, Feiticeiro), observe que o altar satânico em que o sangue de todos os sacrifícios está sendo derramado tem os dois símbolos dos Estados Unidos ao lado. Inicialmente, fiquei confuso com isso, pois a América não é aparentemente tão má quanto foram a Alemanha nazista ou os comunistas. O comunismo — criado pelos Iluministas [conheça os detalhes lendo o artigo "Tese x Antítese = Síntese"] — matou mais de 250.000.000 de pessoas. Por que o símbolo do comunismo não aparece no altar satânico? A resposta é simples, e é o que dissemos em dezenas de artigos nos últimos anos — os EUA são a nação que Satanás está usando para conduzir as demais nações do mundo à Nova Ordem Mundial. Na Casa Branca e nas sessões secretas no Congresso, os planos para a Primeira, Segunda e Terceira Guerras Mundiais foram e estão sendo delineados. Nos gabinetes do governo, os planos para criar o comunismo como o governo para a Rússia foram completados. Nosso governo foi o responsável pelas grandes dificuldades econômicas neste século e por toda a corrupção moral que está produzindo as mudanças sociais necessárias para condicionar a população do mundo a aceitar o Anticristo.

Por mais difícil que seja para você acreditar nesse fato, ele é verdadeiro, e o convidamos a visitar nossa lista de todos os artigos disponíveis no site da The Cutting Edge — e descobrir a verdade. [Nota: Para ver a lista de artigos disponíveis em português, dê um clique aqui].

Deus está observando e aguardando o momento exato de derramar sua justiça sobre a nação que perpetra esses horrores. Lembramos das palavras de Jesus Cristo em Apocalipse 18, na descrição da destruição física da Babilônia Econômica, que acreditamos plenamente seja os Estados Unidos. Na descrição dessa nação econômica extremamente perversa, a Bíblia diz no verso 2 que "ela se tornou morada de demônios, e covil de todo espírito imundo..." Certamente, nenhum cristão pode argumentar que essa descrição não se ajusta bem aos EUA de hoje. Em seguida, o verso 3 descreve os pecados econômicos dessa nação, "Porque todas as nações beberam do vinho da ira da sua prostituição... e os mercadores da terra se enriqueceram com a abundância de suas delícias."

Estudamos as muitas ocorrências em que os EUA exportam sua cultura e seus valores malignos às outras nações do mundo, levando-as ainda mais ao pecado. No entanto, esse novo exemplo de como os EUA estão corrompendo o resto do mundo, liderando a pesquisa e o desenvolvimento do uso médico para os tecidos dos bebês nascituros objetivando ganho econômico dá um maior significado a essa Escritura. Quantos bebês serão deliberadamente concebidos somente para serem abortados em troca de um lucro econômico antes de Deus intervir de uma forma poderosa e derramar seu juízo sobre os EUA?

Somente o próprio Deus sabe a resposta, mas no verso seguinte, no verso 4, o Senhor Jesus pede ao seu povo para sair desse sistema corrupto, e viver em santidade e pureza. Em seguida, no verso 5, ele declara que os pecados dessa Babilônia econômica são tão grandes que "se acumularam até ao céu". Essa é uma declaração incrível de quantificação. Você pode imaginar os corpos desses bebês empilhados como lenha, chegando até aos céus? O verso 5 termina dizendo que "Deus se lembrou das iniqüidades de Babilônia."

Se a América continuar em seu caminho satânico, vamos certamente incorrer no julgamento físico de Deus. Não podemos encerrar sem vincularmos esse assassinato abominável de nascituros à Nova Ordem Mundial. Mencionamos repetidamente que uma das maiores metas da Nova Ordem Mundial é a redução drástica da população do mundo em dois terços por volta do ano 2000, o que significa que 4 bilhões de pessoas precisarão morrer. Um dos maiores métodos de atingir essa meta é incentivar o homossexualismo e o controle da natalidade, pois impedem a concepção e o nascimento de mais pessoas. Outra forma de atingir a meta é aumentar a taxa de mortalidade. Assim, o aborto é especificamente mencionado nos escritos da Nova Ordem Mundial como sendo criticamente importante. Satanás sabe que, em nossa economia capitalista, o melhor caminho de aumentar dramaticamente a taxa de mortalidade é matar os bebês nascituros indefesos, de tal forma que forneça lucros enormes aos investidores e aos médicos.

Se você continua cético sobre esse vínculo com a Nova Ordem Mundial, como acabo de descrever, aconselho-o a obter a cópia desse artigo da Newsweek de 22/2/1993. Já descrevemos parcialmente a gravura na página 47, a página oposta ao início do artigo, "Cura Vinda Do Útero". Acima o rosto do adulto e abaixo das pernas do bebê aparece o símbolo satânico encontrado em toda nota de um dólar, a pirâmide incompleta com o Olho que Tudo Vê. Logicamente, esse símbolo tem a expressão latina "Novus Ordo Seclorum" escrita embaixo, que pode ser traduzida como "Nova Ordem Mundial". [Você pode ver essa gravura no artigo Tese x Antítese = Síntese, já mencionado.] Os autores do artigo da Newsweek estão claramente cientes do vínculo entre a Pesquisa de Tecidos Fetais e a Nova Ordem Mundial, e esfregam isso diante dos nossos olhos.

Parabéns, Satanás. Você obteve uma vitória temporária. Que Deus nos livre do mal final!!

Advertências da Palavra de Deus

As pessoas precisam considerar o que diz a Palavra de Deus neste tempo de perigo nacional:

"Mas se não quiserem ouvir, totalmente arrancarei a tal nação, e a farei perecer, diz o SENHOR." [Jeremias 12:17].

Deus está muito perto de arrancar completamente esta nação, como um jardineiro arranca uma erva daninha. E nossa destruição será total.

"O homem que muitas vezes repreendido endurece a cerviz, de repente será destruído sem que haja remédio." [Provérbios 29:1].

Durante quatro décadas os cristãos fundamentalistas vêm advertindo nossos líderes que o aborto é assassinato e o julgamento de Deus cairá severamente sobre qualquer nação que o praticar. Entretanto, nossas advertências têm sido recebidas com zombarias, por ouvidos que estão surdos espiritualmente. Portanto, como esse verso especifica, o julgamento de Deus cairá repentinamente, completamente, sem aviso.

Terminaremos esta discussão voltando para Apocalipse 18, em que Deus descreve a destruição da Babilônia econômica [Leia o artigo Os Estados Unidos Podem Ser a Babilônia Econômica de Apocalipse 18.].

"Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo, porque é forte o Senhor Deus que a julga." [18:8].

Deus declara que a destruição dessa nação econômica gigante será total e ocorrerá em um único dia. Mas, então, em seguida, estreita esse tempo da destruição ainda mais:

"E os reis da terra, que se prostituíram com ela, e viveram em delícias, a chorarão, e sobre ela prantearão, quando virem a fumaça do seu incêndio. Estando de longe pelo temor do seu tormento, dizendo: Ai! ai daquela grande Babilônia, aquela forte cidade! Pois numa hora veio o seu juízo." [Apocalipse 18:9-10].

Esse período de tempo é confirmado depois.

A única arma que pode destruir uma nação em uma hora com fumaça e fogo são as bombas atômicas. Você pode ver agora a gravidade do fato de a Administração Clinton permitir aos chineses e aos russos o acesso aos nossos segredos nucleares no laboratório de Los Alamos e em outras localidades? Ambos os países podem agora nos atacar com as armas e a tecnologia que lhes fornecemos. Esse fato terrível me faz lembrar de outra advertência bíblica:

"Eis que ele está com dores de perversidade; concebeu trabalhos, e produziu mentiras. Cavou um poço e o fez fundo, e caiu na cova que fez. A sua obra cairá sobre a sua cabeça; e a sua violência descerá sobre a sua própria cabeça." [Salmo 7:14-16].

Os EUA prepararam a armadilha da morte para a população do mundo; conceberam muita iniqüidade, incluindo esse fiasco do aborto. Deus promete que o perverso cairá na armadilha de morte que preparou para os outros.

Finalmente, quando combinamos Jeremias 12:17, Provérbios 29:1, Salmos 7:14-16 e Apocalipse 18:9-10, temos o cenário provável: No dia da destruição, o sol nascerá da forma normal, as pessoas estarão nos parques praticando exercícios e correndo, os engarrafamentos estarão ocorrendo nas ruas, as pessoas estarão trabalhando nas empresas, o mercado financeiro em Nova York estará operando da forma normal. Ninguém previrá a destruição atômica que ocorrerá. Ninguém. E a destruição será total.

Os EUA cruzaram aquela linha com Deus, em que o julgamento torna-se inevitável. Estamos também no fim dos tempos, de modo que os juízos de Deus descritos em Apocalipse 18 estão prestes a serem executados.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também poderá usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Tradução: Walter Nunes Braz Jr.
Data de publicação: 18/1/2001
Patrocinado por: S. F. F. C — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1405.asp