Escolha uma cor para o fundo:  

Mais Indícios Preocupantes de Guerra no Oriente Médio

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Os palestinos poderão obter uma bomba nuclear dentro de mais alguns meses; as brigadas de elite de tanques de Israel estão se preparando para recuperar o território entregue a Arafat como parte do Acordo de Paz de Oslo; milhares de reservistas israelenses então sendo convocados a se apresentar ou ficar de sobreaviso.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"

Resumo da Notícia: "A OLP Está Procurando Desenvolver a Bomba Nuclear", Shoshanna Walker, Mideast Newswire, 9/11/2000.

"A OLP está procurando desenvolver a bomba nuclear, disse nesta semana, um cientista e escritor iraquiano. Khidir Hamza disse que a OLP procurou contratar cientistas para trabalharem no desenvolvimento do programa nuclear. Hamza disse que o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat, estava muito interessado no desenvolvimento de uma bomba nuclear pelos iraquianos e procurou obter ajuda para desenvolver a arma... O Iraque, aliado da OLP, está apenas a alguns meses de completar o desenvolvimento da bomba nuclear. Quando isso ocorrer, o presidente iraquiano Saddam Hussein, poderá compartilhar o sucesso com seus aliados."

Esse temor é a real razão por que Israel não pode e não irá esperar muito tempo para aniquilar seus implacáveis inimigos árabes. Em junho de 1990, o editorial de um jornal da imprensa judaica que li, informava que a liderança israelense, tanto a civil quanto a militar, decidira aniquilar populações árabes inteiras na próxima Guerra Árabe-Israelense. A liderança israelense concluira que os palestinos, especialmente, mas também a Síria, o Iraque e o Irã nunca sossegariam, até conseguirem aniquilar Israel. Os árabes demonstraram repetidamente que não estão interessados em coexistência pacífica de longo prazo com os judeus, mas querem somente a paz do túmulo para Israel.

Além disso, o editorial dizia que o Serviço de Inteligência de Israel concluira que os árabes teriam armas nucleares no prazo de uma década. Logicamente, esse período de tempo terminou agora, e o Iraque, segundo se informa, está perto de conseguir desenvolver sua primeira bomba nuclear. Isso significa que Israel não pode mais buscar "Reuniões de Cúpula Para Discutir a Paz", ou "Acordos Provisórios", que retardem o ataque. Precisa atacar logo, ou perderá a oportunidade de vencer. Atualmente, as forças armadas de Israel possuem grande superioridade, mas em apenas alguns meses, poderão perder uma parcela significativa dessa vantagem.

Há pelo menos quarenta anos os árabes estão tentando desenvolver um programa nuclear, mas têm sido repetidamente impedidos por Israel e pelos Estados Unidos. Durante muito tempo, fiquei imaginando por que os russos não deram aos árabes a capacidade nuclear, já que são os maiores aliados na luta para aniquilar Israel. Certamente, se os árabes usassem armamentos nucleares para destruir Israel, os Estados Unidos não fariam nada mais do que protestar vigorosamente. Assim, por que até aqui os russos não forneceram armamentos nucleares aos árabes?

A resposta está nas Escrituras, nas profecias relacionadas com o fim dos tempos. Em Apocalipse 17:17, Deus revela que colocou um propósito nos corações dos dez reis finais de cooperarem em harmonia para permitir o aparecimento do Anticristo. As nações do mundo foram reorganizadas em exatamente dez supernações econômicas (blocos) de 1992-1996; portanto, os líderes dos EUA, Rússia, Europa e China estão cooperando no objetivo de produzir o Anticristo. Os escritos da Nova Ordem Mundial são bem claros que o Plano para produzir o Anticristo inclui uma Terceira Guerra Mundial que iniciará entre os árabes e os judeus, mas terminará com o Anticristo (o Novo Davi), sendo ungido com azeite e declarado o Messias judaico, quando estiver "no meio das ruínas do Domo da Rocha" [Peter Lemesurier, The Armageddon Script (leia a resenha), pág. 235]. Em seguida, esse novo Davi terá um grande trabalho pela frente para convencer os judeus ortodoxos que ele é o longamente aguardado Messias, "cumprindo" as profecias e as expectativas messiânicas do povo judeu.

Se a Rússia ou a China dessem aos árabes as armas nucleares que lhes permitissem destruir Israel, o Plano da Nova Ordem Mundial, concebido de forma sobrenatural, falharia. Deus também não permitirá que nenhuma combinação de nações aniquile Israel. Essa aniquilação não somente anularia as promessas de Deus que Israel viverá para sempre na terra prometida aos patriarcas, mas também a invasão de Israel pelas forças lideradas pela Rússia, conforme profetizado nos capítulos 38 e 39 de Ezequiel nunca ocorreria. Portanto, podemos ter certeza que os árabes não conseguirão destruir Israel utilizando armas nucleares. No entanto, isso não quer dizer que Israel não se sinta ameaçado com o fato de os árabes estarem quase colocando suas mãos nessas armas. Israel reagirá e aniquilará os árabes antes que eles o aniquilem.

Resumo da Notícia: "Tanques de Israel Preparam-se Para Recuperar os Territórios da Margem Ocidental de Arafat", por Uzi Mahnaimi, The Sunday Times, de 26/11/2000.

"As brigadas de tanques e de infantaria israelenses iniciaram o treinamento na semana passada para a possível reocupação de três áreas da Margem Ocidental governadas pelo líder palestino Yasser Arafat. Se a ordem for dada, as forças armadas de Israel deslocarão as unidades do Exército para as cidades palestinas vizinhas às colônias judaicas... Na última quinta-feira, o Gabinete israelense autorizou o primeiro-ministro Ehud Barak, 'a tomar as decisões militares que forem necessárias' sem precisar convocar o Gabinete. 'Precisamos compreender que estamos em um estado de guerra com os palestinos, e precisamos agir de forma apropriada', disse Dalya Itzik, um ministro do Gabinete... Os soldados da brigada de tanques Merkava e da infantaria Golani, veteranos das batalhas contra os fundamentalistas do Hezbollah na antiga zona de segurança libanesa, iniciaram o treinamento em réplicas das áreas marcadas para reocupação na base militar no deserto de Negueve. As áreas visadas pelas forças armadas são densamente povoadas e as batalhas poderão degenerar em guerra urbana."

Essa ação militar de separar fisicamente as cidades palestinas das colônias judaicas adjacentes é séria por dois motivos. Primeiro, a OLP deverá reagir furiosamente para impedir que essa separação ocorra. A "força policial" da OLP deverá ir à luta com suas armas pesadas, incluindo armamento antitanque e antiaéreo. Se esse tipo de batalha ocorrer, poderá ser a fagulha que fará a ignição da Terceira Guerra Mundial. Alguns cenários elaborados por estrategistas do Pentágono prevêem que essa guerra poderá começar com uma furiosa batalha entre as forças policiais da OLP, que estão fortemente armadas, e as forças armadas de Israel, mantendo assim as forças israelenses ocupadas para que a Síria, o Egito e, possivelmente, a Jordânia, ataquem as fronteiras de Israel.

Segundo, essa ação tem o objetivo de separar os palestinos dos judeus. Acreditamos que essa ação seja necessária antes de Israel aniquilar toda a população palestina, em cumprimento a Obadias 15-18. Antes de completar essa aniquilação, as forças armadas de Israel precisarão remover a população judaica das áreas visadas, para não matar seu próprio povo. No artigo N1434, informamos que as forças armadas de Israel já cercaram as grandes cidades palestinas, usando cercas e barreiras; em seguida, as forças armadas fecharam as estradas que conectam essas cidades à população judaica e palestina. Assim, cidades inteiras estão cercadas e estão sendo mantidas sem a presença de judeus. [Nota de A Espada do Espírito: O artigo N1434 não está traduzido, se você puder lê-lo no original, visite o site da The Cutting Edge; outro artigo que recomendamos aqui é N1422, "A Aniquilação do Povo Palestino — A Casa de Esaú".].

Não se deixe enganar; quando as forças armadas de Israel executarem essa operação, os palestinos lançarão um contra-ataque total. Portanto, ao iniciar essa operação, Israel precisará estar preparado para uma guerra total, dentro e fora de suas fronteiras. A maior parte do poder militar de Israel está nos reservistas; são necessárias 72 horas para convocar os reservistas. Portanto, achamos a seguinte informação muito reveladora:

Resumo da Notícia: "Tanques de Israel se Preparam Para Tomar os Territórios da Margem Ocidental de Arafat", por Uzi Mahnaimi, The Sunday Times, 26/11/2000.

"Dez mil soldados israelenses já estão na Margem Ocidental e na Faixa de Gaza, mais do que o número de tropas que ocupava o sul do Líbano antes da retirada no início do ano de 2000. Para permitir que o exército regular tenha tempo de treinar, milhares de novos soldados reservistas receberam na semana passada o aviso de Convocação Número 8, que normalmente só é distribuído em casos de emergência."

O artigo diz que "quando as forças de defesa israelenses receberem a ordem" de recuperar o território entregue à OLP nos Acordos de Paz de Oslo, essas unidades especialmente treinadas entrarão em ação. A frase-chave aqui é "quando as forças de defesa israelenses receberem a ordem". Você pode apostar que elas só receberão a ordem quando estiverem totalmente preparadas para enfrentar o pior cenário possível, isto é, a deflagração da guerra total.

Ainda acreditamos que um dos principais gatilhos para essa guerra entre Israel e seus inimigos árabes será a destruição do Domo da Rocha pelas forças de Arafat. Essa ação unirá imediatamente todas as nações árabes, até mesmo as moderadas, contra Israel. Visitando os sites palestinos e do grupo Hamas na Internet, observamos que eles crêem que a principal razão por que Israel conseguiu derrotar os exércitos árabes combinados no passado foi a falta de uma verdadeira união entre eles. Se os árabes forem convencidos que os judeus explodiram o Domo da Rocha, ficarão unidos em uma fúria total.

Além disso, forças islâmicas radicais poderão derrubar os governos moderados em países como o Egito e a Turquia, aproveitando-se do furor popular motivado pela destruição do Domo da Rocha. [Leia o artigo N1409, "O Governo Pró-Ocidente da Turquia Deverá Cair — O Cumprimento das Profecias Parece Requerer Isso"].

Claramente, estamos vendo todos os sinais que apontam para uma aceleração dos acontecimentos antes da guerra total no Oriente Médio. No entanto, creio que o sinal mais significativo seja a notícia que o Iraque poderá ter a bomba atômica dentro de mais alguns meses, e que poderá fornecer uma ou mais delas a Yasser Arafat. Israel tem um muro nas suas costas, ou o abismo, de modo que não pode esperar mais. Verdadeiramente, o tempo para o juízo simultâneo de Deus sobre os árabes, que se opõem a Israel e também sobre os judeus descrentes, parece estar muito próximo. Logo o Anticristo aparecerá, enganará os líderes de Israel e iniciará o período de sete anos da Tribulação. Todos os sinais estão presentes nas notícias do dia-a-dia. Como o Senhor Jesus disse:

"Aprendei, pois, esta parábola da figueira: Quando já os seus ramos se tornam tenros e brotam folhas, sabeis que está próximo o verão. Igualmente, quando virdes todas estas coisas, sabei que ele está próximo, às portas." [Mateus 24:32-33].



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 16/01/2001
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Todas as referências bíblicas são da ACF
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1443.asp