Escolha uma cor para o fundo:  

A Febre Aftosa na Europa — Pânico Desnecessário Ataca com Força Total

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Os fatos médicos não importam nesta crise incompreensível. Embora a febre aftosa não afete o ser humano, e o homem possa até comer a carne e beber o leite dos animais infectados, e apesar de o número de animais infectados ser muito pequeno, centenas de milhares de cabeças de gado estão sendo sacrificadas. O que está acontecendo aqui? Alguma relação com a Nova Ordem Mundial?

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Resumo da Notícia: "Febre Aftosa Confirmada no Gado Francês", por Donald G. McNeil, The New York Times, Versão Internacional, 13/3/2001.

"Paris, 13 de março — O primeiro surto da febre aftosa que alastrou-se da Grã-Bretanha para o continente europeu foi encontrado em uma fazenda de gado leiteiro no oeste da França, disseram os funcionários da área da saúde hoje. A doença foi encontrada em um rebanho de 114 vacas que pastara próximo a uma fazenda de ovelhas importadas da Grã-Bretanha, onde a epidemia foi detectada em 19 de fevereiro. Todas as ovelhas foram sacrificadas na semana passada, por precaução; nenhuma das carcaças apresentou teste positivo da doença. No entanto, seis vacas mostraram sintomas da febre aftosa na segunda-feira, de modo que todo o rebanho foi sacrificado na noite do mesmo dia e deverá ser incinerado hoje."

O ponto que desejo que você observe no parágrafo anterior, é que um fazendeiro francês perdeu todo o seu rebanho, para não dizer sua renda, com base em nada mais do que "sintomas" observados em apenas seis vacas. O gado não foi colocado em quarentena para que o teste da doença fosse realizado, mas foi imediatamente sacrificado. Posteriormente, os testes mostraram que "nenhuma das carcaças apresentou teste positivo da doença".

Meu pai tinha uma fazenda de gado leiteiro quando eu era pequeno, de modo que estou familiarizado com animais. Sabíamos que a febre aftosa podia ocorrer, mas era algo com o que não podíamos lidar. Sabíamos que, se um animal contraísse a doença, deveríamos separá-lo do resto do rebanho, e chamar o veterinário para tratar o animal doente. Sabíamos que talvez até fosse necessário sacrificar um ou dois animais muito doentes, mas nunca passava pela nossa cabeça a possibilidade de perder todo o rebanho. E, nunca, nunca, um funcionário de algum órgão do governo apareceu para tomar o controle da situação e matar todos os animais sadios também. Se fosse feita alguma tentativa de matar os animais perfeitamente sadios, meu pai e todos os fazendeiros e sitiantes vizinhos imediatamente protestariam e resistiriam com todas as forças, provavelmente até recorrendo às armas! Perder um rebanho na ocupação difícil de um fazendeiro e sitiante pode significar perder sua casa, sua fazenda, e todos os bens!

Algumas semanas atrás, um médico chinês em Hong Kong explicou que eles não iriam matar rebanhos inteiros, e ecou esse sentimento que expressei no parágrafo anterior. A febre aftosa não é tão terrível assim para causar esse tipo de reação. Conversei com um dos nossos assinantes, que é médico veterinário, e ele expressou perplexidade com a reação totalmente exagerada dos governos europeus. Ele me sugeriu visitar um site na Internet para obter mais informações. Vamos para lá agora: http://news.bbc.co.uk/hi/english/uk/newsid_1191000/1191207.stm.

"Fatos Sobre a Febre Aftosa", 5/3/2001. "O que é a febre aftosa? É uma doença virótica altamente infecciosa que pode ser transmitida até por meio de partículas de poeira no ar e pode ser fatal nos suínos, bovinos, ovinos e caprinos. As patas e a boca dos animais tornam-se cheias de aftas e bolhas, fazendo-os manquejar, aumentando a salivação e provocando perda do apetite. Os animais perdem peso rapidamente e produzem menos leite."

Sim, essa doença é muito infecciosa. Mas, quando um fazendeiro descobre que alguns animais estão doentes, não precisa sacrificar todo o rebanho! Veja a continuação nesse arquivo de Dossiê de Fatos:

"Os animais conseguem se recuperar? A febre aftosa mata uma pequena porcentagem dos animais infectados — principalmente os velhos e os muito novos. A maioria dos animais recupera-se do vírus, embora a doença possa deixá-lo enfraquecidos e mancos. Existe uma vacina que é raramente utilizada na União Européia, mas que é largamente utilizada em outras partes do mundo."

Essa informação é criticamente importante, e em vista da desastrosa reação exacerbada do governo britânico e de outros países europeus, é chocante e incrível. Primeiro, aprendemos que embora a doença seja altamente infecciosa, "mata apenas uma pequena parte dos animais infectados", geralmente os velhos e os muito jovens. Se somente uma pequena porcentagem dos animais infectados morre, então por que rebanhos inteiros estão sendo sacrificados se somente alguns poucos animais infectados foram encontrados? Voltaremos a esse assunto em breve, mas vamos continuar com o segundo ponto desse importante Dossiê de Fatos.

Segundo, aprendemos que "A maioria dos animais recupera-se do vírus". Agora, o mistério aprofunda-se. Por que os fazendeiros estão perdendo todos os seus rebanhos, o que significa que muitos deles perderão suas fazendas e sítios também; sabemos que qualquer que seja a indenização que o governo pague, não será o suficiente para cobrir as perdas. Na verdade, o Dossiê de Fatos diz que entre 1967-68, durante o último surto, as perdas foram de 150 milhões de libras esterlinas, mas o governo só pagou 27 milhões de libras em indenizações. Você pode ter certeza que um número considerável de fazendeiros e sitiantes perdeu suas propriedades e seu modo de vida.

Tenha isso em mente, porque voltaremos a isso posteriormente.

Em terceiro lugar, esse Dossiê de Fatos nos diz que uma vacina está disponível, mas é raramente usada na União Européia, o que inclui a Grã-Bretanha. Se uma vacina está disponível e é eficiente no resto do mundo, por que não está sendo oferecida aos fazendeiros europeus, para salvá-los do desastre financeiro? Em todas as notícias sobre a febre aftosa, nunca ouvi de um esforço concentrado para a vacinação dos rebanhos. Além disso, esta não é a primeira vez que os fazendeiros europeus tiveram de lutar contra essa doença, então, por que a vacina não está em constante uso nestes últimos anos? O uso da vacina estaria preservando a renda dos fazendeiros, suas fazendas, e todo seu modo de vida. Lembre-se desse fato, pois voltaremos a esse assunto posteriormente neste artigo.

Vamos retornar ao artigo:

"Se a vacina está disponível, por que não usá-la?" A vacinação é descartada principalmente por razões comerciais. Os veterinários dizem que os animais vacinados, embora livres dos sintomas, podem portar o vírus e passá-lo para outros animais. Como resultado, os países considerados livres da doença recusam-se a importar animais vacinados. Se o Reino Unido decidisse vacinar em vez de matar, não poderia exportar os animais aos principais mercados, na Europa e nos EUA.

Embora essa consideração seja importante, não responde à pergunta sobre o motivo de os animais infectados não poderem ser isolados, os rebanhos saudáveis preservados, para que os fazendeiros possam vender seus animais saudáveis no mercado doméstico, mesmo que a um preço reduzido! Além disso, se a vacina é usada no resto do mundo, não no mercado europeu, então de quem o resto do mundo importará a carne?

Veja novamente o parágrafo relevante, citado acima:

"Existe uma vacina disponível, que raramente é utilizada na União Européia, mas largamente utilizada em outras partes do mundo." Assim, faço a pergunta novamente: se o resto do mundo usa essa vacina "largamente", então por que eles se recusariam a aceitar o gado vacinado da União Européia?

O Dossiê de Fatos então trata a questão sobre risco para o homem. "Os humanos estão em perigo? Não. Os médicos dizem que não há risco para a saúde humana. A doença não deve ser confundida com outra doença similar, que pode infectar e causar enfermidade, particularmente nas crianças."

"Não há risco para a saúde humana." Centenas de milhares de animais saudáveis estão sendo sacrificados embora o seguinte seja verdade:

1. Somente uma pequena porcentagem de animais está realmente infectada, o que significa que a vasta maioria dos animais sacrificados está perfeitamente saudável. Até esta data, na Grã-Bretanha, somente 228 casos foram confirmados, mas mais de 150.000 animais já foram sacrificados, e 100.000 ovelhas recém-nascidas serão sacrificadas;

2. A vasta maioria dos animais infectados sarará da doença. Os rebanhos somente podem ser dizimados se o criador não tomar as precauções imediatas de separar os animais infectados dos saudáveis. No entanto, a vasta maioria dos animais infectados recupera-se da doença;

3. Não há absolutamente nenhum risco para o ser humano. A febre aftosa não atravessa a barreira de espécie de animal para o ser humano. O artigo referido no início, sobre a doença na França, descreve essa ausência de risco ao homem de forma mais sucinta. Veja: "... a febre aftosa raramente infecta o ser humano e a carne dos animais infectados pode ser consumida sem riscos."

O impacto dessa informação não é enorme? Os seres humanos podem consumir a carne dos animais infectados e não ser infectados? Podemos consumir a carne dos animais infectados e não adoecer ou morrer? Outro artigo diz que os humanos podem até mesmo beber o leite dos animais infectados e não adoecer. [http://www.vny.com/cf/news/upidetail.cfm?QID=167881 pesquise "BC-farming", 14 de março de 2001].

Então, que raios está acontecendo aqui? Por que os agentes governamentais estão agindo como se a febre aftosa fosse tão séria ao ponto de precisarem sacrificar rebanhos inteiros? Essas medidas drásticas seriam compreensíveis somente se a saúde humana estivesse seriamente ameaçada.

Considere o custo para toda a economia versus o número de animais realmente infectados:

* "A área rural da Grã-Bretanha teve 191 casos informados da doença até aqui, e a área foi virtualmente fechada — os caminhos foram interditados, as fazendas colocadas em quarentena, até mesmo da visitação humana, a indústria do turismo no interior do país, que movimenta $18 bilhões por ano foi paralisada." [Artigo sobre o gado francês.] É uma reação exagerada, considerando-se que somente 191 animais estavam infectados, sendo que a maioria dos quais conseguirá sobreviver à doença!

Considere a situação em França:

* "A doença foi encontrada em um rebanho de 114 vacas... nenhuma das carcaças apresentou resultado positivo no teste para a doença." [Ibidem] Esse artigo disse que somente 6 das 114 vacas mostraram algum sintoma, mas nenhuma das carcaças testadas depois apresentou resultado positivo.

* "Uma semana atrás, a França anunciou uma proibição por 15 dias do transporte do gado, ovelhas, porcos, cabras e cavalos no país, exceto aqueles destinados ao abate. 50.000 ovelhas já foram sacrificadas, por precaução." [Ibidem] São muitos animais a sacrificar apenas por "precaução", e essas insípidas estatísticas estão produzindo desastres financeiros reais para muitos fazendeiros que precisam trabalhar duro para ganhar a vida.

Outros artigos estão informando que os fazendeiros e os sitiantes estão agitados, sentindo raiva e frustração, porque seus governos estão literalmente arruinando e inviabilizando sua atividade produtiva e, potencialmente devastando um modo de vida e toda uma indústria de alimentos vital.

Considere a situação na Grã-Bretanha:

* O número total de gado, ovelhas e porcos identificados para a matança — ou já mortos — já ultrapassou 150.000. Outros 19 surtos foram confirmados, levando o total para 183. Outros 122 foram destruídos porque eram considerados 'contatos perigosos'" [Drudge Report, 13 de março de 2001].

Agora, permita-me repetir essa estatística: Somente 183 animais infectados foram encontrados. Mas, por causa desse pequeno número, 150.000 cabeças foram sacrificadas! Os fazendeiros devem estar sendo arruinados por toda a parte!

Uma história relacionada confirma os 183 animais infectados. "Os casos de febre aftosa na França foram os primeiros a serem encontrados fora da Grã-Bretanha, onde até a terça-feira, o número de animais infectados subiu para 183... A matança como medida de precaução continua na Grã-Bretanha. O jornal London Mirror informou que 155.000 animais foram marcados como sob risco de exposição à febre aftosa, e 116.000 já foram sacrificados." ["BC-farming", artigo referido anteriormente].

* "Os surtos confirmados da doença em toda a Grã-Bretanha agora alcançaram 151... Os funcionários do Departamento de Saúde já sacrificaram mais de 80.000 cabeças de animais infectados em um esforço de reduzir a propagação do vírus e a maior parte dos cadáveres está empilhada nas fazendas do país. Outros 34.000 animais suspeitos de portar a doença devem ser sacrificados." ["As Pilhas de Carcaças Ameaçam a Saúde no Reino Unido", 11/3/2001, artigo referido anteriormente.].

Assim, só porque menos de 200 animais foram identificados com a febre aftosa, o governo matou 80.000 até 11 de março e sacrificará mais 34.000 "suspeitos" de portarem a doença! Os informes de ontem [13 de março], citados anteriormente, colocam os número de animais sacrificados em 150.000, com base em menos de 200 animais realmente terem uma doença que não apresenta nenhum risco ao ser humano, e da qual a maioria dos animais infectados pode se recuperar!

Os funcionários dos governos europeus estão reagindo de uma forma tão exacerbada, que essa deveria ser a história, e não os números de animais realmente sacrificados. Embora o problema seja tão pequeno, essa afirmação pública por um funcionário do governo britânico parece resumir a reação ao problema. Veja:

"O Chefe do Departamento de Veterinária do governo britânico, Jim Scudimore, disse no sábado que estava chocado com a escalada do problema e admitiu que "a propagação muito rápida" da doença pegou os especialistas de surpresa." [Ibidem].

Qual "escalada do problema?" Ter 200 animais infectados em um universo de milhões não é nenhum desastre.

Pânico Oficial Prestes a Atingir Novas Alturas no Reino Unido!

Resumo da Notícia: "Um milhão de cordeiros nascituros e suas mães poderão ser sacrificados à medida que a crise da febre aftosa se agravar. Eles serão mortos nos campos em que foram presos pelas restrições do transporte." [Drudge Report, 14/3/2001].

Agora, o pânico oficialmente inspirado aprofunda-se e alastra-se. Um milhão de cordeiros nascituros, que estão no ventre de suas mães não-infectadas, estão prestes a nascer sem receber a supervisão normal, e no frio do inverno britânico. A maioria desses cordeiros perfeitamente normais e saudáveis, filhotes de mães também saudáveis, morrerá. E por que vão morrer dessa maneira? Vão morrer somente porque as mães estão em campos que foram arbitrariamente separados pelas autoridades porque "talvez" o vírus tenha sido transportado pelo vento até eles.

Um milhão desses preciosos e valiosos cordeiros morrerá somente porque "podem" estar infectados. Você gostaria de ser um criador desses animais? Seria levado ao mais completo desastre financeiro, à ruína total.

Esse tipo de desastre financeiro está ocorrendo.

"O Ministro da Saúde, Nick Brown, negou em uma entrevista à BBC que o governo tenha perdido o controle da febre aftosa, que devastou as fazendas no país e arruinou inúmeros negócios nos campo, incluindo eventos esportivos e o turismo." [Ibidem] As fazendas e os fazendeiros têm, realmente, sido "devastados" pela reação do governo à doença. Mas, não somente os fazendeiros estão sendo destruídos. Em um artigo referido anteriormente, observamos que a indústria britânica do turismo perdeu $18 bilhões. O artigo diz que os eventos esportivos que envolvem os animais também foram seriamente afetados.

Os EUA Estão Prestes a Entrar no Palco — Acautelem-se, Fazendeiros!

Resumo da Notícia: "Na Flórida, até um cilindro de oxigênio é suficiente para semear o pânico", UK Independent News, 15/3/2001, http://www.independent.co.uk. "In Florida, even and oxo cube is enough to sew the seeds of panic". Por Andrew Buncombe, em Washington, e Stephen Castle, em Bruxelas.

"Os EUA agiram ontem para evitar que a febre aftosa entre no país com os viajantes que chegam da Europa sendo advertidos que podem ter sua bagagem, sapatos e pés desinfetados no desembarque. Em uma atmosfera de crescente preocupação e uma série de histórias que entrarão para o anedotário, incluindo turistas britânicos que desembarcaram na Flórida e tiveram seus cilindros de oxigênio confiscados, os funcionários americanos disseram que fariam qualquer coisa necessária para manter a doença longe do país."

Essa história parece sugerir que os funcionários norte-americanos estão com a mesma mentalidade de pânico que seus correspondentes britânicos e europeus. Se isso for verdade, os fazendeiros americanos devem se preparar para também terem seus rebanhos confiscados e destruídos.

O Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento Está em Operação Aqui? Para Promover o Vegetarianismo?

Assim, a questão da hora é simplesmente: "O que está acontecendo aqui?" Como tantos outros sinais indicam a breve implementação do reinado do Anticristo, podemos considerar que esse pânico inspirado oficialmente possa ter uma parte nesse vindouro esquema mundial. Nossa pergunta poderia corretamente ser: "O que está acontecendo aqui em termos de Nova Ordem Mundial?"

A líder da Casa da Teosofia, Alice A. Bailey, escreveu claramente como será objetivo final do aparecimento do Anticristo. Em seu importantíssimo livro, The Externalization of the Hierarchy (A Exteriorização da Hierarquia), escreveu: "É somente nos estágios finais, e quando chegar a hora para o retorno na expressão física reconhecida do Cristo, o que levará à definitiva restauração dos Mistérios, é que certos Membros da Hierarquia aparecerão e tomarão o controle externo e reconhecido dos assuntos mundiais." [pág. 570].

Como sabemos que Alice Bailey foi simplesmente o instrumento humano por meio de quem o poderoso demônio "Mestre D. K." falou, sabemos que essa afirmação carrega o poder sobrenatural de Satanás. Vamos examinar rapidamente os elementos dessa frase para que possamos compreender melhor o que o demônio Mestre D. K. está dizendo aqui:

* "... quando chegar o tempo para o retorno à expressão física reconhecida do Cristo..." Essa frase significa literalmente que o Anticristo [o Cristo] aparecerá na cena mundial, operando os "sinais e maravilhas" preditos. O Anticristo terá assumido "expressão física reconhecida", o que é um jargão que significa que ele poderá ser visto na cena mundial.

* "... levando à restauração definitiva dos Mistérios... " Quando o Anticristo aparecer, restaurará imediatamente a antiga religião de Mistérios para a adoração pública! Essa antiga religião de mistérios é a adoração a Satanás, que existia no Império Babilônico de Ninrode. Quando Sem, filho de Noé derrotou e matou Ninrode, aboliu essa adoração, executando os sacerdotes luciferianos, forçou todo o sistema a entrar na clandestinidade, quando então transformou-se em um sistema de sociedades secretas.

O demônio Mestre D. K., fala mais sobre essa planejada restauração algumas páginas adiante no livro de Alice Bailey. "Esse segundo grupo implementará a nova religião; ao tempo em que eles tomarem o controle, as antigas atividades teológicas terão sido completamente quebradas... em preparação para a restauração dos Mistérios. Esses Mistérios, quando restaurados, unificarão todas as fés." [pág. 573].

Agora, sabemos que os Mistérios são uma religião. É a religião dos Mistérios Luciferianos e culminará na unificação de todas as religiões. Esse é precisamente o objetivo do Movimento Ecumênico atual; de fato, os autores de Nova Era são bem claros e unânimes em dizer que o Movimento Ecumênico é o precursor imediato da religião da Nova Ordem Mundial do Cristo.

Assim, a adoração luciferiana, chamada Mistérios, será totalmente restabelecida na Terra. Todos os aspectos da vida pública serão governados por esses mistérios luciferianos. Você sabia que um dos pontos comuns compartilhados pelos grupos ocultistas em todas as épocas é o fato de serem rigidamente vegetarianos? O Dicionário de Nova Era descreve essa verdade de forma bem sucinta:

"Vegetariano... aquele que é são, íntegro, fresco, vivaz, que não come carne; padrão de dieta e de estilo de vida associado com o hinduísmo, budismo, jainismo, taoísmo, zoroastrismo, pitagorianismo, os essênios, trapistas, beneditinos, cartusianos ..." [pág. 212].

Em toda a história, um dos aspectos mais comuns e permanentes dos grupos ocultistas é a prática do vegetarianismo. Tanto os grupos de Magia Branca quanto de Magia Negra praticam o vegetarianismo. O grupo de Magia Negra Lebensreform, que existia em Viena, Áustria, era famoso por "praticar o vegetarianismo e discutir as doutrinas de Pitágoras e os neoplatonistas, no fim dos anos 1870" [The Occult Roots of Nazism (As Raízes Ocultas do Nazismo), Nicholas Goodrick Clark, pág. 28]. Esse grupo teve influência no início do movimento ocultista na Alemanha, o que posteriormente permitiu a ascensão de Adolf Hitler.

Hitler e os nazistas eram vegetarianos. Na verdade, no início da Segunda Guerra Mundial, Hitler forçou todas as tropas alemãs a seguirem uma dieta vegetariana. Essa prática míope foi revogada abruptamente quando os generais alemães que estavam no comando na frente russa enviaram conjuntamente uma mensagem em termos duros a Hitler, dizendo que as tropas não poderiam lutar eficazmente, pois a dieta vegetariana não lhes dava a força física necessária para enfrentar os russos, especialmente durante o inverno. Hitler acabou revogando a ordem sobre o vegetarianismo.

Por que os ocultistas praticam o vegetarianismo? Cada pessoa é ligeiramente diferente, e os grupos diferentes ensinam doutrinas ligeiramente diferentes, mas o seguinte é uma lista de algumas razões por que os ocultistas tendem a ser vegetarianos:

1. Deus, o Adonai, da Bíblia judaica e da Bíblia cristã, disse ao homem para comer carne. Em Atos 10:9-16, o apóstolo Pedro teve uma visão de Deus em que um lençol era trazido dos céus, repleto com todos os tipos de animais, tanto aqueles que Deus tinha anteriormente declarado "limpos" quanto aqueles tinham sido declarados como "imundos". Deus disse "Levanta-te, Pedro; mata, e come."

Em Levítico 11:2, Deus disse: "Estes são os animais que comereis..." Em seguida, nos versos 3-45, Deus disse aos israelitas tudo o que podiam ou não comer. No entanto, Deus permitiu ao homem comer a carne do gado bovino, das ovelhas, e dos cabritos. Não é interessante que estes sejam os animais que estão sendo insensatamente sacrificados na Europa atualmente?

Um preceito interessante é que, quando Satanás não está ocupado imitando Deus, tenta inverter os mandamentos e preceitos de Deus. Assim, enquanto Deus considera sua Mão Direita como um lugar de proeminência no seu reino, Satanás considera a Mão Esquerda seu lugar preferido. Se Deus disse que o homem pode comer a carne de certos animais, Satanás ensina a doutrina do vegetarianismo. Nem todo ocultista é vegetariano, mas o número de vegetarianos entre eles é tão grande, que é uma doutrina-chave comum.

2. A Teoria da Evolução ensina que o homem é simplesmente um animal em uma posição mais alta na Escada Evolutiva. Portanto, muitos ocultistas acreditam que o homem não tem o direito de matar outros animais que estão em posições inferiores na Escada Evolutiva. Essa crença é fundamental para compreender as organizações de defesa dos direitos dos animais.

Muitos indivíduos conservadores ficaram aborrecidos ao descobrir que ambientalistas extremistas estavam ocupando posições-chave na Administração Clinton, e estavam implementando agressivamente seus planos por meio de portarias administrativas. Os Iluministas consideram as questões do ambientalismo uma parte fundamental da destruição da atual civilização industrial; no entanto, o vegetarianismo também mora em seus corações.

3. A maioria dos ocultistas acredita na Reencarnação, outro elo comum entre os ocultistas de todas as épocas. Se um ocultista crê na versão hindu da Reencarnação, acredita que pode estar comendo o Tio Henrique ou a Tia Alice. Assim, a tendência deles é adotar o vegetarianismo.

Existem fortes evidências que, quando os mistérios forem "restaurados à expressão exterior", a sociedade mudará totalmente para refletir todos os valores do satanismo. Esses valores incluem a prática do vegetarianismo.

Os Iluministas planejam levar todo o mundo ao vegetarianismo, assim que tomarem o controle, e o Cristo deles estiver reinando. Portanto, se o mundo está tão perto do fim dos tempos, como acreditamos, não é lógico pensar que um grande condicionamento esteja sendo colocado em prática? Não seria lógico esperar que um grande esforço seja feito para aterrorizar as pessoas sobre o consumo da carne, para que adotem uma dieta vegetariana?

O temor com o Aquecimento Global demonstrou para os líderes iluministas que podem mentir que a vasta maioria das pessoas acreditará. Podem lançar "fatos" científicos e estatísticas falsas para uma população incauta e fazer uma grande proporção da população acreditar. Como aprendemos no artigo O Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento, as mentiras repetidas do mesmo tema convencem muitas pessoas por meio da simples repetição por meio da mídia de massa. [Leia esse artigo referido para compreender os detalhes de como esse plano insidioso funciona.].

Além disso, as pessoas instintivamente confiam que seus líderes querem o melhor para a nação como um todo. Portanto, se os funcionários da Área da Saúde, e membros-chave da política, todos concordarem que uma crise de grande magnitude está ocorrendo, a maioria da população acreditará, apesar da falta de comprovação científica. Na verdade, nosso estudo dos muitos usos do Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento na nossa cultura diz que a Etapa 4, um conflito implacável e a pressão verbal, são a chave para alcançar a mudança desejada nas atitudes e valores das pessoas.

Após muitas ocorrências da doença da vaca louca e da febre aftosa, teriam as autoridades Iluministas da Grã-Bretanha e da Europa decidido que é hora de fazer um grande esforço para levar as pessoas ao vegetarianismo? Atualmente, as autoridades estão sacrificando rebanhos inteiros de uma forma fora de proporção com o problema, e estão sacrificando principalmente animais saudáveis. Assim, o efeito do que estão fazendo terá repercussões no curto e no longo prazo.

No curto prazo, as autoridades estão aterrorizando muitas pessoas, levando-as a pensar que talvez, comer carne seja um perigo que deveriam evitar. Muitas pessoas tomarão essa decisão, pensando apenas em se proteger, e evitarão o consumo de carne na família. Afinal, a Doença da Vaca Louca é fatal no homem, e se ela se alastrar, como a febre aftosa, então a população humana ficará exposta. Se essa teoria estiver correta, você pode esperar ver a Doença da Vaca Louca mencionada nos mesmos artigos que a febre aftosa. A maioria das pessoas associará as duas doenças em suas mentes.

Destruindo os Fazendeiros, a Pecuária e Todo um Estilo de Vida

Além disso, no curto prazo, as autoridades estão desnecessariamente provocando a falência de muitas fazendas familiares. Os Iluministas têm as fazendas familiares na mira desde a Primeira Guerra Mundial, e continuamente desenvolveram uma legislação após a outra, infinitos programas governamentais de "assistência" e uma crise fabricada após a outra — tudo para inviabilizar a atividade rural para as famílias. Meu pai sempre lamentava a realidade dos programas de "assistência" dos governos após a Segunda Guerra Mundial. Ele sempre dizia que a atividade rural estava muito melhor quando era controlada pelas leis do mercado, em vez de regulada pelos programas governamentais destinados a "ajudar" o produtor.

Ele estava certo. Na Grã-Bretanha e na Europa hoje, muitas fazendas de propriedade familiar estão sendo inviabilizadas como atividade lucrativa. Uma vez que a febre aftosa inviabilizar a atividade rural, tantos fazendeiros poderão abandonar a atividade que a situação nunca retornará ao normal. Se um número suficiente de fazendas for fechada, quando as pessoas tentarem voltar aos seus hábitos normais de consumir carne, poderão descobrir que os preços subiram à estratosfera, pois a oferta é muito menor que a demanda. Essa nova realidade do mercado poderá ser então o fator final que forçará as pessoas a adotarem uma dieta vegetariana.

Conquistando o Controle do Fornecimento de Alimentos de um País Por Meio de uma Crise Fabricada

No longo prazo, os Iluministas, que já controlam o sistema financeiro, terão a posse das terras de fazenda que cobiçam há várias gerações. Controlarão o suprimento de alimentos da Grã-Bretanha e da Europa como nunca antes. As pessoas estarão totalmente dependentes desses Iluministas endinheirados para sobreviver. A ditadura planejada sob as botas do Anticristo será imposta por meio da cadeia alimentar, para que poucos súditos reclamem ou reajam com violência quando a opressão começar a atingir seus lares.

Se você acha que essa afirmação é irrealista ou severa demais, considere esta citação de Buckminstrer Fuller, um ativista-líder no Plano da Nova Ordem Mundial. Ele se especializou no Projeto da Fome, e é um dos fundadores do World Game Laboratories, e já teve assento no Conselho Mundial dos Sábios, da Iniciativa Planetária. Ele diz:

"Em toda a história do transporte terrestre e marítimo, aqueles que obtiveram e mantiveram o controle das linhas de suprimento vital do mundo, só fizeram isso tornando-se OS MESTRES no jogo de estabelecer o poder humano supremo sobre todas as outras organizações menos poderosas — portanto, invisivelmente sobre toda a humanidade." [The Critical Path, St. Martin Press, 1981, pág. XX, ênfase no original].

Essa reação incompreensível à febre aftosa pode muito bem ser um lance dos Iluministas para ganhar o controle do fornecimento de alimentos de países inteiros! Eles estão em vias de se tornarem os MESTRES do fornecimento de alimentos por meio dessa crise. Um informe de notícias diz que os agentes governamentais de vários países europeus orientais estão implementando uma proibição à importação de grãos da Comunidade Européia!

O plano dos Iluministas é eliminar dois terços da população do planeta [Constance Cumbey, The Hidden Dangers of the Rainbow (leia a resenha), pág. 152, citando o Relatório Presidencial Global 2000, publicado durante o governo Carter, também o presidente de Amigos da Terra, David Browder, Progress as if Survival Mattered, Friends of the Earth, 1981, págs. 68-70].

É interessante que, se você considerar todos os juízos de Deus, descritos no Apocalipse, guerras, fomes, epidemias, e outros desastres naturais, verá que a proporção predita de pessoas que morrerão durante a Tribulação será dois terços da população do mundo! Portanto, esse plano da Nova Ordem Mundial, quando executado, cumprirá a profecia bíblica!

Para eliminar dois terços da população do mundo, é necessário obter o controle da cadeia de produção de alimentos dos países, ou pelo menos, dos países fundamentais. A reação exacerbada dos governos aqui pode conquistar o controle sobre o fornecimento de alimentos, pois expulsará os pequenos produtores da atividade, concentrando a produção nas mãos de poucas grandes fazendas, todas sob controle do governo e de uma nova legislação.

Para mim, parece que esta profecia poderá se tornar verdadeira:

"E, havendo aberto o quarto selo, ouvi a voz do quarto animal, que dizia: Vem, e vê. E olhei, e eis um cavalo amarelo, e o que estava assentado sobre ele tinha por nome Morte; e o inferno o seguia; e foi-lhes dado poder para matar a quarta parte da terra, com espada, e com fome, e com peste, e com as feras da terra." [Apocalipse 6:7-8].

Quando os homens caídos obtiverem o controle absoluto da produção de alimentos do mundo, fique alerta! Uma vez que os agentes dos Iluministas ganhem o controle absoluto da produção de alimentos dos países, o desastre simplesmente aguarda um mundo incauto. Verdadeiramente, os eventos atuais mostram que estamos no fim dos tempos.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também poderá usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 29/3/2001
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1479.asp