Escolha uma cor para o fundo:  

A Contínua Elevação do Preço do Barril de Petróleo — A Escalada Atingirá o Nível da Crise do Início dos Anos 70?

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

A pergunta que está na cabeça de todos agora é, "Por que o preço do barril de petróleo está subindo tanto?" A verdadeira resposta poderá surpreendê-lo!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


"Sacudindo a Ameixeira"

Nos últimos meses, os preços do petróleo e da gasolina tiveram uma grande elevação e não mostram sinais de que voltarão a cair. Após quase uma década em que os consumidores se acostumaram a comprar veículos utilitários esportivos e carros de passageiros beberrões de gasolina, os preços dos combustíveis estão subindo. Muitas vezes durante essa década, confidenciei com amigos que, quando um número suficiente do público americano estivesse fisgado e dirigindo veículos beberrões de gasolina, o preço do combustível subiria até a estratosfera.

E agora o preço está realmente subindo! Como foi que acertei? Conheço o plano econômico que os Illuminati têm para o mundo industrializado. Veja:

"... no interesse da futura ordem, paz e tranqüilidade mundiais, foi decidido travar privadamente uma guerra silenciosa contra o público americano com o objetivo final de deslocar permanentemente a energia natural e social (a riqueza) dos muitos indisciplinados e irresponsáveis para as mãos dos poucos disciplinados, responsáveis e dignos. De modo a implementar esse objetivo, foi necessário criar, obter, e aplicar novas armas que... eram uma classe de armas tão sutis e sofisticadas em seu princípio de operação que ganharam para si mesmas o nome de 'armas silenciosas'... os objetivos da pesquisa econômica... é o estabelecimento de uma economia que seja totalmente previsível e manipulável." [William Cooper, Behold a Pale Horse, pág. 39; ênfase adicionada; leia a resenha].

Antes de pararmos para estudar o que acabamos de aprender, vejamos mais algumas citações de outras páginas para obtermos ainda mais informações.

"Nesta estrutura, o crédito é apresentado como um elemento puro chamado "moeda" e tem a aparência de capital, mas é na realidade um capital negativo... É, portanto, uma indutância econômica, em vez de uma capacitância econômica e, se não for equilibrado de alguma outra forma, será equilibrado pela negação da população (guerra, genocídios)... Portanto, a guerra é o equilíbrio do sistema, pois mata os verdadeiros credores (o público, a quem ensinamos a trocar o valor verdadeiro por moeda inflacionada)..." [Ibidem, pág. 430].

"Para encurtar a história, descobriu-se que a economia obedece às mesmas leis que a eletricidade e que toda a teoria e prática matemática e o conhecimento da tecnologia dos computadores desenvolvido no campo da eletrônica poderiam ser diretamente aplicados no estudo da economia. Essa descoberta não foi divulgada ao público, e suas implicações mais sutis são um segredo muito bem guardado; por exemplo, que em um modelo econômico, a vida humana é medida em dólares, e que a fagulha elétrica gerada ao abrir um interruptor conectado a um indutor ativo é matematicamente análoga à iniciação de uma guerra." [Ibidem, pág. 45].

Agora que declaramos o controle dos Illuminati sobre a economia, vamos examinar os elementos mais importantes, pois uma vez que os compreendermos, poderemos compreender quão importante a guerra é para os Illuminati, pois ela literalmente exerce um controle econômico.

1 Ficamos sabendo que os Illuminati avaliam a vida humana friamente, em dólares, não como almas que não têm preço.

2. Para fazer a corrente circular por um circuito elétrico, você fecha o circuito para que a eletricidade possa fluir; em muitos casos, uma fagulha é gerada quando o circuito é fechado. Em termos de uma economia industrializada, uma guerra atua como o ato de fechar um circuito elétrico. Em outras palavras, em uma economia, uma guerra é necessária para fechar o interruptor para que a "corrente elétrica" comece a fluir. Um estado contínuo de guerra é necessário para garantir um fluxo contínuo de bens e serviços dentro da economia. Agora você sabe por que os EUA estiveram consistentemente em guerra ou em ameaça de guerra desde a Segunda Guerra Mundial.

3. Os Illuminati têm uma visão muito arrogante em relação a todos os seres humanos, como fica evidente em um parágrafo anterior, em que chamam a si mesmos de "os poucos disciplinados, responsáveis e dignos", ao mesmo tempo em que avaliam a vida humana friamente em dólares. Poucas pessoas podem compreender que seus governantes realmente não têm os melhores interesses em vista para elas em seus corações. Menos pessoas ainda podem acreditar que seus governantes possam na verdade estar planejando matá-las.

No entanto, a profecia bíblica diz que esse será precisamente o caso no fim dos tempos! Quando os Illuminati começarem a perseguir e a matar as pessoas, a mão de julgamento de Deus terá começado a pesar — mesmo se a primeira rodada de perseguições ocorrer antes do arrebatamento da igreja.

5. O "circuito eletrônico" econômico pode ser trazido ao equilíbrio somente por meio da "negação da população", por meio da guerra.

6. Desde a Guerra do Vietnã, a economia americana tem sido muito "previsível" e "manipulável."

Vamos agora voltar ao autor Bill Cooper para obtermos mais informações que nos permitirão compreender por que o preço do barril de petróleo está subindo tanto atualmente.

"Um indutor elétrico (por exemplo, uma bobina) tem uma corrente elétrica como seu fenômeno primário e um campo magnético como fenômeno secundário (inércia). Analogamente, um indutor econômico tem um fluxo de valor econômico como seu fenômeno primário e um campo populacional como fenômeno secundário de inércia. (Assim, a corrente elétrica em um sistema elétrico é equivalente ao 'valor econômico' em uma economia; o campo magnético em um sistema elétrico é equivalente aos 'campos de população" na nossa economia). Quando o fluxo do valor econômico (por exemplo, o dinheiro) diminui, o campo da população humana entra em colapso de modo a manter o valor econômico (dinheiro) fluindo (caso extremo — guerra), Essa inércia pública é resultado dos hábitos de compra do consumidor, ao padrão de vida esperado, e é geralmente um fenômeno de autopreservação..."

"Outras alternativas grandes para a guerra como indutores econômicos, ou engrenagens econômicas, são um programa irrestrito de bem-estar social, ou um enorme (porém frutífero) programa espacial. O problema com a estabilização do sistema econômico é que existe muita demanda na conta de (1) cobiça demais e (2) população demais... Eles precisarão eventualmente recorrer à guerra para equilibrar a conta, pois a guerra é no frigir dos ovos um mero ato de destruir o credor... (eles planejam) tomar o controle do mundo por meio do uso das 'armas econômicas silenciosas' em uma forma de guerra silenciosa e reduzir a indutância econômica do mundo até um nível seguro por meio de um processo de escravidão e genocídio benevolentes." [Ibidem, págs. 47-49].

Na última década, vimos a demanda por petróleo e gasolina subirem como um foguete, criando "demanda excessiva", exatamente como lamenta a citação anterior. Além disso, nossa economia tem sido propelida por meio do crédito fácil, baixas taxas de juros, tremenda especulação e um controle silencioso da Federal Reserve. A cobiça pessoal subiu até uma altura sem paralelos, como você pode ver observando quantos veículos utilitários esportivos beberrões de combustível estão sendo dirigidos hoje. A população continua a crescer além dessa maior cobiça.

Nossos líderes políticos e econômicos sabem que essa situação não poderá prosseguir indefinidamente.

"Aqueles que ficam viciados na droga econômica precisam procurar a elite para que ela dê uma solução... o método de introduzir grandes quantidades de capacitância estabilizadora é emprestando-se o 'crédito' futuro do mundo. Essa é a quarta lei da Cinemática — iniciada, e consiste em realizar uma ação e deixar o sistema antes que a reação refletida retorne ao ponto da ação — uma reação retardada. Os meios de sobreviver à reação é mudar o sistema antes que a reação possa retornar. Por esse meio, os políticos se tornam populares em seu próprio tempo e o público paga por isso depois... A medida de tal político é o tempo de atraso..." [Ibidem].

Agora você sabe por que razão a economia americana foi inundada nos anos recentes pelo "crédito fácil" na forma de cartões de crédito e as taxas de juros controladas pela Federal Reserve mais baixas da história. Para manter o sistema andando até o tempo planejado para o colapso, nossos líderes econômicos tiveram de aumentar artificialmente a "capacitância" do sistema econômico, por meio da falsa capacitância chamada crédito, que é na realidade uma indutância, uma dívida. Por certo tempo, eles podem manter o sistema funcionando satisfatoriamente, sabendo que precisarão "deixar o sistema antes que a reação refletida retorne ao ponto de ação", isto é, antes que a alta capacitância artificial introduzida na economia torne-se alta demais. Como eles "deixam o sistema"? Criando um novo sistema econômico!

Ao longo do caminho, certas ações podem reduzir a capacitância. O custo de manter a guerra, por exemplo, drena parte da capacitância excessiva no sistema. Quando os relatos de notícias de alguns dias atrás disseram que o custo da guerra no Iraque já estava em 150 bilhões de dólares, isso significa que a capacitância excessiva da economia americana foi reduzida em 150 bilhões de dólares. Os soldados mortos em combate também reduzem essa capacitância excessiva, pois eles não retornarão mais para comprar bens e serviços. Voltaremos a esse assunto macabro posteriormente neste artigo.

Outro modo para reduzir temporariamente o excesso de capacitância na economia é "provocar um choque no preço" de um produto essencial — neste caso, o petróleo. O autor Bill Cooper fala sucintamente sobre esse assunto; vamos retornar à sua explicação.

"Os engenheiros econômicos... selecionam cuidadosamente um produto básico, como carne, café, gasolina, ou açúcar, e então, provocando uma súbita alteração no seu preço ou disponibilidade, causam aperto no orçamento da população, ou forçam uma mudança nos hábitos de consumo." [Ibidem, pág. 51].

Se você olhar para o fim da Segunda Guerra Mundial, perceberá que já ocorreram diversos choques no preço de produtos, notavelmente a Crise do Petróleo de 1972-73. Aquele choque mudou radicalmente nossa economia, nossa percepção de nós mesmos, e o valor percebido do controle do governo sobre nossas vidas. Após cinqüenta anos de "testes de choque", os Illuminati sabem exatamente que tipo de mudanças os consumidores provavelmente farão para lidar com o choque no preço dos produtos. Veja novamente o que escreveu Bill Cooper:

"Com o teste do choque, descobriu-se que existe um relacionamento direto entre a disponibilidade de dinheiro que flui em uma economia e o aspecto psicológico e a resposta da população que depende da disponibilidade daquele produto. Por exemplo, existe um relacionamento qualitativo mensurável entre o preço da gasolina e a probabilidade de uma pessoa sentir dor de cabeça, sentir vontade de assistir um filme violento, fumar um cigarro, ou ir a um bar para beber cerveja... observando-se e medindo-se os modos econômicos pelos quais o público tenta se esquecer de seus problemas e escapar da realidade, é possível programar os computadores para preverem a combinação mais provável de eventos criados (choques) que trarão um controle completo e subjugarão a população por meio da subversão da economia popular (sacudindo a ameixeira)." [Ibidem; ênfase adicionada].

Em outras palavras, os Illuminati tentarão "sacudir" totalmente o modo de vida da população de modo a alcançar "um completo controle e subjugar o público", isto é fazer a Antiga Ordem Econômica entrar em colapso para que a Nova Ordem Econômica possa surgir. Quais eventos estão abalando agora a confiança na nossa civilização?

Combinação de Eventos Que Abalam a Confiança da População

Esse terrível aumento no preço do barril de petróleo está ocorrendo ao mesmo tempo que outros eventos perturbadores. Vamos, portanto, fazer uma pausa e relacionar alguns dos outros eventos que estão nos abalando:

1. Iraque e Afeganistão — Os EUA estão em guerra no Afeganistão há três anos e no Iraque há mais de um ano. Todavia, até aqui, pouco foi alcançado, apesar das lutas diárias e da perda de vidas. Essas duas guerras estão reduzindo a capacitância em excesso de diversas formas: a) O custo direto dessa guerra é agora de US$ 150 bilhões; b) Cada soldado no Iraque NÃO ESTÁ nos EUA, onde poderia estar gastando dinheiro, comprando carros e casas, etc. c) Os soldados que perdem suas vidas nunca mais retornarão para gastar dinheiro (lembre-se, cada vida humana no cálculo dos Illuminati é avaliada friamente em dólares).

Além disso, diversos fatores estão agora abalando nossa confiança na economia, no governo e em todo o modo de vida. a) Ouvir o presidente Bush proclamar a vitória em 1/5/2003, somente para vermos nossas forças armadas atoladas em uma guerra sem fim, abala nossa confiança; b) Ver soldados morrerem diariamente abala nossa confiança; c) Ver homens-bomba suicidas ganharem espaço no conflito no Iraque nos faz lembrar as cenas dos sucessos palestinos contra Israel; d) Ouvir reportagens que essa guerra está nos moldando de forma muito parecida como a Guerra no Vietnã definitivamente abala nossa confiança; e) Ouvir os relatos de tortura e degradação sexual que nossos soldados infligiram nos prisioneiros muçulmanos abala muitos de nós terrivelmente.

Como nossa economia está fundamentada na confiança do consumidor, todo evento que abala essa confiança indubitavelmente fará as pessoas reduzirem suas compras, reduzindo assim a capacitância em excesso na economia. Como os economistas que trabalham para o governo sabem quantas pessoas irão ao cinema, fumarão um cigarro, ou irão aos bares para escapar da realidade uma vez que um produto básico tiver seu preço alterado, eles certamente sabem o número de pessoas que estão sendo afetadas de forma adversa por todas as notícias ruins da guerra. Destarte, essa guerra está reduzindo a capacitância em excesso diretamente pela remoção dos dólares e pessoas da economia e, indiretamente, por meio do abalo na confiança das pessoas, o que as faz reduzir suas compras.

2. Guerra Contra o Terror — Desde os ataques de 11/9/2001, ficamos expostos a centenas de falsos "alertas do terror", a maioria dos quais reconhecidamente não estava baseada em fatos sólidos. Esse tipo de notícia ruim faz as pessoas adiarem seus planos de consumo, reduzindo assim a capacitância em excesso da economia. No artigo N1888 (não traduzido), estudamos todas as principais manchetes de jornais desde 9 de outubro de 2001, quando iniciamos a seção Daily News Updates em nosso site. Descobrimos que inúmeros informes sobre o terror são simplesmente repetições ao longo do tempo — todos eles falsos. As pesquisas revelam que as pessoas estão realmente perturbadas por essas notícias; um número desconhecido de consumidores mudou seus planos de consumo por que ficaram inseguros com todos esses alarmes falsos sobre o terrorismo.

Ultimamente, circulam rumores de guerras sobre a capacidade da Al-Qaeda de atacar uma grande cidade com armas nucleares.

3. Guerra e rumores de guerra entre Israel e os palestinos mantêm um grande número de pessoas inseguras, uma vez que elas sabem que a explosão de um conflito no Oriente Médio rapidamente provocará uma guerra mundial.

4. Quase diariamente incertezas sobre guerra nuclear na Península Coreana aumentam nossa sensação de desconforto — Quando o Conselho das Relações Exteriores (o CFR, de Council on Foreign Relations) recentemente lançou a culpa por toda a confusão na liderança do presidente Bush, essa sensação de insegurança somente aumentou.

5. As notícias diárias têm o propósito de levarem os ouvintes ao desânimo! Você sabia disso? No artigo N1154 (não traduzido), informamos que as notícias do dia-a-dia são criadas para deixá-lo perturbado, desanimado e para abalar sua confiança no sistema de governo e na economia. Demonstramos que uma torrente de notícias más são informadas, e até criadas se necessário! Também informamos que essa faceta específica foi prevista no mais antigo documento de planejamento iluminista que existe, "Os Protocolos dos Sábios de Sião". Com relação a manter a população insatisfeita, veja o papel que eles reservam para a mídia — a imprensa — durante este estágio de transição para a Nova Ordem Mundial. Durante esse estágio de transição, os governos livres do Ocidente ainda serão livres, mas estarão cambaleando em direção ao sistema ditatorial planejado. Leia com atenção:

"Os Estados modernos possuem uma grande força criadora: a imprensa. O papel da imprensa consiste em indicar as reclamações que se dizem indispensáveis, dando a conhecer as reclamações do povo, criando descontentes e sendo seu órgão." [Protocolo 2 — O Papel da Imprensa].

6. Filmes de desastres cumprem seu papel, tanto em condicionamento de longo prazo e em insatisfação no curto prazo. Recentemente, vimos dois filmes sobre desastres naturais, ambos os quais retratam a Mãe Terra atuando finalmente por meio de um grande desastre para trazer o "equilíbrio" à Terra. Esses filmes são: a) "10.5", que mostra um terremoto arrasador em Los Angeles e redesenha o litoral da Califórnia; b) "O Dia Depois de Amanhã", que retrata uma supertempestade global que devasta a América do Norte e a Europa.

7. Os preços do petróleo e da gasolina estão atingindo níveis sem precedentes desde a Crise do Petróleo de 1972. Não somente esse alto preço desencoraja as pessoas, mas força a população a adiar a aquisição de outros produtos e serviços para que possam reabastecer seus veículos beberrões de gasolina. Essa mudança nas compras de produtos manufaturados para poder continuar consumindo um produto essencial reduz o excesso de capacitância na economia.

Como você pode ver, estamos sendo diariamente afetados por uma "sacudida na ameixeira", que tem o objetivo de nos tornar tão insatisfeitos com nosso governo e com a economia que nossas compras se reduzirão, diminuindo assim o excesso de capacitância. Existe alguma evidência de que a crise do petróleo foi fabricada pelos Illuminati? Acredito que existe.

Crise do Petróleo Fabricada

O custo de um produto como o petróleo está baseado em vários fatores:

  1. O custo real de extração do produto do subsolo. Considerando-se o estado maduro da maioria dos campos petrolíferos atualmente, esse custo tem permanecido estável e de modo algum é responsável por essa tendência ascendente.

  2. Estabilidade na produção do petróleo e nas vias de escoamento. Os ataques terroristas contra os campos petrolíferos na Arábia Saudita recentemente elevaram os temores que o escoamento poderia ser interrompido. Esse temor contribuiu para a forte elevação nos preços.

  3. A demanda está em forte ascensão por causa de diversos fatores: a) A China e outros países em desenvolvimento estão aumentando grandemente suas necessidades de petróleo bruto; b) A economia americana está em recuperação, aumentando assim a demanda; c) A crise política na Venezuela, em que um importante país produtor de petróleo está ameaçado por uma "mudança de regime", contribui para a elevação nos preços. Quando foi divulgada a notícia que forças especiais colombianas tinham sido capturadas na Venezuela, aparentemente a caminho da capital, para promover um golpe, os negociantes de petróleo tomaram nota e aumentaram os preços.

  4. Capacidade das refinarias — Recentemente, a capacidade de processamento das refinarias foi reduzida. Os preços foram afetados significativamente por causa disso, e é sobre esse assunto que trataremos até o fim deste artigo. As refinarias foram fechadas por diversas razões, reduzindo a capacidade global de refinamento do petróleo. Vamos analisar essas notícias:

Resumo da Notícia: "Incêndio na refinaria da Exxon em Cingapura", Forbes.com, 28/3/2004.

"Cingapura, 29 de março (Reuters) — Um incêndio atingiu um tanque de armazenamento de petróleo bruto da ExxonMobil em Cingapura na noite de sexta-feira, mas foi extinguido depois de 40 minutos e as operações prosseguiram da forma normal... O incêndio ocorreu às 12h30 GMT (20h30 em Cingapura), em 26 de março, em um tanque de petróleo bruto na refinaria que tem capacidade de processar 580 mil barris por dia, a quinta maior refinaria do mundo..."

Resumo da Notícia: "Explosão atinge refinaria em Texas City", Associated Press, 31/3/2004.

"Texas City — Uma explosão aparentemente causada por um incêndio na refinaria da BP forçou a evacuação da usina na noite da terça-feira. Não houve informe de feridos, disse B. C. Clawson, o coordenador do Gerenciamento de Emergências de Texas City... Smith disse que não estava imediatamente claro se o fogo começou em uma fornalha em uma unidade de produção de gasolina na usina. Clawson disse que o pedido para que as pessoas permanecessem em suas casas foi suspenso às 21h00, quase duas horas após o início do incêndio. As estradas que levam ao complexo petroquímico foram fechadas por precaução... A refinaria de Texas City é a maior das quatro refinarias da British Petroleum na região de Houston. Ela tem a capacidade de refinar 435 mil barris por dia de petróleo bruto."

Essa capacidade parece ser muito grande, como prova este artigo relacionado:

Resumo da Notícia: "Explosões em refinaria da BP no Texas", The New Zealand Herald, 1/abril/2004.

"Explosões e um grande incêndio atingiram a refinaria e o complexo petroquímico da BP em Texas City ontem à tarde... A refinaria da BP em Texas City tem a capacidade de processar 447 mil barris por dia. É a décima segunda maior refinaria do mundo. Outras refinarias vizinhas estavam sendo evacuadas."

Nem uma dessas matérias indicou quanto tempo levaria para que a refinaria voltasse à produção normal. Entretanto, é significativo que a décima segunda maior refinaria do mundo tenha sido atingida por um incêndio.

Resumo da Notícia: "Fechamentos de Refinarias Asiáticas Reduzirão a Demanda Por Petróleo Bruto", Bloomberg Reports, 31/3/2004.

"A Nippon Oil Corp. e a SK Corp. estão entre as quatorze refinarias asiáticas de petróleo que planejam fechar para manutenção no segundo trimestre, reduzindo a demanda de petróleo na região que é responsável por um terço do consumo mundial. O fechamento implicará na redução na produção de pelo menos 2 milhões de barris por dia, ou aproximadamente 10% da capacidade total de refinamento, no trimestre que termina em 30 de junho, revelou uma pesquisa entre negociantes e dirigentes da indústria. O fechamento durará pelo menos seis semanas. As suspensões temporárias na produção no Japão e na Coréia do Sul são aproximadamente duas vezes a média do ano passado porque as refinarias atrasaram a manutenção o máximo possível para aproveitarem as altas margens de refinamento dos últimos seis anos."

Essa história é mais importante que a explosão da refinaria da BP no Texas! Fechamentos para manutenção retiraram 2 milhões de barris de petróleo refinado por dia do mercado. Quando você adiciona os outros "fatores de medo" mencionados anteriormente, os custos com certeza aumentarão muito.

Resumo da Notícia: "Explosões Atingem Refinaria Produtora de Gasolina no Novo México", Fox News, 8/abril/2004.

"Albuquerque, Novo México — Duas explosões seguidas por um incêndio abalaram uma refinaria de gasolina na quinta-feira, ferindo seriamente duas pessoas... A fumaça era vista até a 22 km de distância da refinaria Giant Industries, na região oeste do Novo México, e equipes de resgate convergiram para o local. O tenente da Polícia Jimmy Glascock disse que a explosão ocorreu em uma parte da refinaria que produz combustível de alta octanagem e que a explosão causou uma segunda explosão dentro da mesma área."

Resumo da Notícia: "Evidência Mostra que a Shell Demolirá Refinaria Lucrativa, Elevando o Preço da Gasolina", US Newswire, 6/abri/2004, http://releases.usnewswire.com/GetRelease.asp?id=114-04062004.

"Santa Monica, Califórnia" — A Fundação em Defesa dos Direitos do Contribuinte e do Consumidor (FTCR) liberou hoje documentos internos da Shell que mostram que a empresa petroquímica vai fechar e demolir sua refinaria de Bakerfield, a despeito do fato de a usina ter a mais alta margem de refinamento, ou lucros por galão, que qualquer outra refinaria da Shell no país. A Shell tinha afirmado que não era economicamente viável manter a refinaria aberta e tinha se recusado colocá-la à venda. Bakerfield fornece 2% da gasolina consumida no Estado e somente treze refinarias alimentam o apertado suprimento de gasolina da Califórnia (queda de 37 em 1983). Em 5 de abril, documentos internos da Shell liberados hoje pela FTCR mostram que a margem de refinamento de Bakerfield em US$ 23,01 por barril, ou aproximadamente 55 centavos de lucro por galão, era a mais alta dentre todas as refinarias da Shell no país... 'Somente uma companhia petrolífera que quer reduzir o mercado e elevar artificialmente o preço da gasolina demoliria uma refinaria altamente lucrativa em vez de vendê-la', disse Jamie Court, presidente da FTCR e autora do livro Corporateering (Tarcher/Putman). 'A Shell está enganando o público sobre Bakerfield e precisa ser forçada a manter essa refinaria aberta ou vendê-la para uma empresa concorrente. Essa evidência também deve provocar uma moratória nacional em todos os fechamentos de refinarias no país.'"

Este último artigo nos conta toda a história, não é mesmo? Observe que todas essas notícias sobre explosões em refinarias e "fechamento para manutenção" ocorreram muito perto uma da outra. Enquanto o mundo está temeroso com as guerras e rumores de guerras, as companhias petrolíferas atuaram, aparentemente em conluio, para reduzirem dramaticamente a capacidade das refinarias, o que provocou uma elevação no preço; tal ação reduz rapidamente os estoques disponíveis, ao mesmo tempo em que feriados e o verão nos EUA produzem um forte aumento nos preços da gasolina.

Sem qualquer surpresa, essa redução na capacidade das refinarias produziu lucros recordes para as empresas petroquímicas.

Resumo da Notícia: "Dores no bolso ao reabastecer produzem lucros para as refinarias", Kevin Morrison, FT.com (Financial Times), 31/5/2004.

"Os motoristas podem estar reclamando dos altos preços do combustível agora que o período das férias está se aproximando, mas as refinarias estão obtendo seus maiores ganhos nos últimos quinze anos — um cenário que alguns analistas prevêem que continuará por vários anos. Com o preço da gasolina nos EUA subindo em mais de 50% neste ano — mais do que o dobro do aumento do petróleo bruto — as refinarias viram a margem em cada barril de petróleo bruto que convertem subirem em aproximadamente US$ 8 no ano passado, para mais de US$ 15, um nível que não era visto desde o fim dos anos 80. As altas margens são em grande parte resultado da redução na capacidade das refinarias americanas..."

Não poderíamos ter dito de forma mais clara ou sucinta: "As altas margens são em grande parte resultado da redução na capacidade das refinarias americanas..."

Como podemos ver, essas reduções na capacidade da refinaria parecem ser o resultado de eventos planejados. O "fator temor" eleva dramaticamente sempre que qualquer capacidade de refino é reduzida. Assim, podemos ver que os preços serão pouco afetados por um aumento de produção da OPEP, pois o verdadeiro culpado é a capacidade das refinarias.

Estão os Illuminati produzindo um choque no preço de um produto essencial, o petróleo, de modo a forçar mudanças nos hábitos de compra e venda e para aumentar ainda mais a sensação de insegurança e mal-estar entre os consumidores? Tal "sacudida na ameixeira" armará o cenário para o colapso planejado da economia para que uma economia global possa surgir das cinzas. (Entretanto, lembre-se que esse colapso econômico planejado somente ocorrerá quando todos os demais elementos do plano estiverem também prontos para ocorrer. Os Illuminati planejam manter os americanos sentindo-se prósperos até o início da Terceira Guerra Mundial.).

Verdadeiramente, a profecia bíblica estava certa novamenta, pois o Senhor disse:

"E esta palavra: Ainda uma vez, mostra a mudança das coisas móveis, como coisas feitas, para que as imóveis permaneçam." [Hebreus 12:27].

Assim, quando os Illuminati descobriram, no fim dos tempos, que podem criar e controlar os eventos quando abalam o preço ou a disponibilidade de produtos básicos, como se sacode uma ameixeira, estão simplesmente agindo em paralelo com a profecia bíblica! Verdadeiramente, o fim dos tempos está em seus estágios finais.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 18/7/2004
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1925.asp