Escolha uma cor para o fundo:  

O Projeto Inteligente (Também Chamado de Design Inteligente) Está Sendo Ensinado nas Escolas Junto com a Teoria da Evolução

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

O Projeto Inteligente não é bíblico, e tem suas raízes no deísmo do século XIX, no Movimento de Nova Era dos anos 1990, e na pseudociência e matemática que rejeita tanto o darwinismo quanto o criacionismo bíblico. Todavia, muitos cristãos sem discernimento estão sendo levados a acreditar que o Projeto Inteligente é coerente com o cristianismo! A Bíblia diz que Jesus Cristo criou o universo [João 1:1-4] e que fez isso em seis dias. [Gênesis 1:1-31; 2:2] Qualquer crença diferente desse relato bíblico serve aos propósitos do Maligno. Não se deixe enganar!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Introdução

Satanás é um enganador incrível da humanidade. Ele enganou Eva no Jardim do Éden, convencendo-a que seria como Deus, conhecendo o bem e o mal se tão somente tomasse e comesse do fruto proibido, e convencendo-a que Deus realmente tinha outra coisa em mente quando disse que ela morreria se comesse do fruto.

Satanás está dizendo essas duas mentiras em uma grande escala no Movimento de Nova Era, à medida que dezenas de milhões de pessoas tentam se esforçar ao máximo para "alcançar sua divindade" por meio das meditações e dos rituais diários prescritos. O Movimento de Nova Era também ensina a reencarnação, que é a tentativa esperta do Enganador para persuadir as pessoas que elas realmente nunca morrem, mas voltam em um corpo humano diferente, em um ciclo praticamente sem fim.

O Movimento de Nova Era também produziu uma mentira muito grande em meados dos anos 1990 quando alguns autores começaram subitamente a ensinar uma nova versão da criação. Em vez de ensinar a evolução, eles começaram a reconhecer que um "projeto" era evidente demais na ciência e na natureza para ser ignorado. Portanto, como um projeto pressupõe um "projetista", os autores da Nova Era começaram a ensinar uma "Criação Intervencionista", em que extraterrestres vieram à Terra muitos milhões de anos atrás, criaram a Terra como ela existe hoje, incluindo os seres humanos, e depois foram embora. Os processos naturais da evolução e da seleção natural então completaram a tarefa de criar o mundo como o temos hoje, operando de acordo com as leis científicas que os extraterrestres originalmente colocaram em ação.

Hoje, essa teoria da Nova Era que extraterrestres superinteligentes intervieram na história mundial exatamente no tempo certo para criar o mundo como o conhecemos hoje emergiu com um novo nome e com uma pseudociência e matemática para tornar o conceito aceitável; o termo para essa "nova" teoria é "Projeto Inteligente", também chamado de "Design Inteligente".

Além disso, a pressão política de líderes-chave em todo o país começou a promover o "Projeto Inteligente" como matéria a ser ensinada junto com a evolução nas escolas públicas. Recentemente, o presidente Bush aderiu a esse coro político. Vamos iniciar nosso estudo neste ponto.

Resumo da Notícia: "Bush: As Escolas Deveriam Ensinar 'Projeto Inteligente' Lado a Lado com a Evolução", Fox News, 1 de agosto de 2005.

"Washington — O presidente Bush disse na segunda-feira que acredita que as escolas deveriam discutir o 'Projeto Inteligente' junto com a evolução ao ensinar os alunos sobre a criação da vida... Bush evitou entrar em detalhes sobre sua visão particular sobre a origem da vida. Mas ele disse que os estudantes deveriam aprender ambas as idéias... 'Acho que parte da educação é expor as pessoas a diferentes escolas de pensamento'..."

"A teoria do Projeto Inteligente diz que a vida na Terra é complexa demais para ter se desenvolvido por meio da evolução, implicando que um poder mais elevado precisa ter tido uma mão na criação. Os cristãos conservadores — uma parte substancial da base eleitoral de Bush — têm feito pressão pelo ensino do Projeto Inteligente nas escolas públicas."

Se cristãos conservadores estão apoiando o presidente Bush na questão do ensino do 'Projeto Inteligente', será se isso significa que esse conceito é bíblico?

Se figuras políticas — que têm até aqui empurrado o ensino da evolução para as escolas públicas — estão agora dispostas a ensinar que o universo foi criado por um "poder superior", isso significa que esse conceito é bíblico? Observe que os maçons requerem uma crença em um "poder superior" (Deus) de todos os seus membros. O "poder superior" deles também é chamado de Deus, Todo-Poderoso, Providência, Grande Arquiteto do Universo, mas nunca de "Jesus Cristo".

Devem os cristãos genuinamente salvos se apressarem em apoiar esse conceito do "Projeto Inteligente"? Ou está a comunidade cristã sendo mais uma vez engenhosamente enganada?

Projeto Inteligente — Bíblico ou Humanista?

Vamos agora começar nosso estudo. O que é o "Projeto Inteligente"?

Resumo da Notícia: "O que é o "Projeto Inteligente"?, Access Research Network.

"A teoria do projeto — também chamada de projeto, ou argumento do projeto — é a visão que a natureza mostra sinais tangíveis de ter sido projetada por uma inteligência pré-existente. Essa teoria já existe, de uma forma ou de outra, desde os tempos dos antigos gregos. A versão mais famosa do argumento do projeto pode ser encontrada na obra do teólogo William Paley, que em 1802 propôs sua "tese do relojoeiro"... Da mesma forma que as peças de um relógio estão todas perfeitamente adaptadas para o propósito de marcar as horas, as partes de um olho estão todas perfeitamente adaptadas para o propósito de possibilitar a visão. Em cada caso, discernimos as marcas de um projetista inteligente."

"Além disso, Paley e outros 'teólogos naturais' tentaram inferir a partir dos fatos da natureza a existência de um Deus sábio e benevolente. Todas essas coisas tornaram o projeto um alvo fácil para Charles Darwin quando ele propôs sua Teoria da Evolução. Enquanto Paley via um mundo lindamente equilibrado atestando a existência de um Deus gentil e justo, Darwin apontou para as imperfeições e brutalidades na natureza... Após o triunfo da teoria de Darwin, a teoria do projeto foi quase totalmente banida da biologia. Entretanto, desde os anos 1980, avanços na biologia convenceram uma nova geração de eruditos que a teoria de Darwin era inadequada para explicar a complexidade da vida. Esses eruditos — químicos, biólogos, matemáticos e filósofos da ciência — começaram a reconsiderar a teoria do projeto. Eles formularam uma nova visão de projeto que evita as armadilhas das versões anteriores. Chamada de Projeto Inteligente... essa nova abordagem é mais modesta que suas predecessoras. Em vez de tentar inferir a existência ou o caráter de Deus a partir do mundo natural, ela simplesmente afirma "que as causas inteligentes são necessárias para explicar as complexas e ricas estruturas de informações da biologia e que essas causas são empiricamente detectáveis."

Observe que os criadores do Projeto Inteligente não tentaram "inferir a existência ou o caráter de Deus" da partir da observação de um mundo incrivelmente complexo — um mundo que eles reconhecem que não pode ter vindo à existência por conta própria, por meio de infindáveis acidentes ao longo de bilhões de anos. O Deus da Bíblia quis que o homem viesse a ter um conhecimento de Sua existência, de Seu Filho e do evangelho por meio das observações que podem ser feitas na natureza. Portanto, é totalmente antibíblico reconhecer que um criador superinteligente projetou este mundo, mas deixou de se identificar como Jesus Cristo. [João 1:1-14 e Romanos 1:18-25].

Somente com base nesse ponto, o Projeto Inteligente pode ser provado como antibíblico e, portanto, indigno de ser apoiado pelos cristãos genuínos.

Resumo da Notícia: "Projeto Inteligente", The Skeptic's Dictionary.

"... as probabilidades contra a montagem acidental do DNA é de 1040.000 contra 1 (de acordo com Fred Hoyle, Evolution from Space, 1981)... O Projeto Inteligente refere-se à teoria que causas inteligentes são responsáveis pela origem do universo e pela vida em toda a sua diversidade. Os defensores do Projeto Inteligente afirmam que sua teoria é científica e fornecem provas empíricas para a existência de Deus ou de extraterrestres superinteligentes. Eles acreditam que o projeto é empiricamente detectável na natureza e nos sistemas vivos. Eles afirmam que o Projeto Inteligente deveria ser ensinado nas aulas de ciências porque é uma alternativa à teoria científica da seleção natural."

Observe que os apoiadores do Projeto Inteligente admitem que "extraterrestres superinteligentes" podem ter criado este mundo.

Este próximo excerto que desejamos citar nos coloca em contato direto com um segmento de apoiadores do Projeto Inteligente que acreditam que sabem quem é o Criador.

"Deus poderia ter projetado o universo para produzir a vida por meio de eventos aleatórios que seguem as leis da natureza. Deus poderia ter criado extraterrestres superinteligentes que estão experimentando com a seleção natural. Os extraterrestres superinteligentes poderiam ter evoluído por seleção natural e então terem introduzido o processo no nosso planeta." (Ibidem).

Na verdade, diversos proponentes do Projeto Inteligente acreditam que uma raça de extraterrestres superinteligentes visitou a Terra no passado primordial para criar o mundo como o conhecemos agora, ou pelo menos para criar a vida de uma forma simples, dependendo das "forças da evolução" para aperfeiçoar sua criação original depois de irem embora. Neste ponto, o Projeto Inteligente torna-se meramente uma extensão do ensino anterior da Nova Era que seres extraterrestres muito inteligentes visitaram a Terra muitos anos atrás e criaram o mundo como o conhecemos hoje.

Resumo da Notícia: "Planejado Pelo Mestre: Por que projeto inteligente não é", H. Allen Orr, The New Yorker, edição de 30/5/2005.

"Nos últimos anos, alunos de faculdade de todo o país formaram capítulos Projeto Inteligente e Conscientização Sobre a Evolução... Do que se trata esse movimento? Primeiro de tudo, o Projeto Inteligente não é aquilo que as pessoas normalmente assumem que ele é. O Projeto Inteligente não é o literalismo bíblico. Ao contrário das gerações anteriores de criacionistas... os proponentes do Projeto Inteligente não acreditam que o universo foi criado em seis dias, que a Terra tem dez mil anos de idade, ou que o registro dos fósseis foi depositado durante o dilúvio de Noé. (Na verdade, eles evitam totalmente o rótulo "criacionismo". (Ênfase adicionada).

Essa realidade deve ser suficiente para persuadir qualquer cristão bíblico e fundamentalista que o Projeto Inteligente não é baseado nas Escrituras e, portanto, não deve ser apoiado pelos cristãos. Todavia, o artigo da Fox News, citado anteriormente, diz que os cristãos conservadores estão pressionando o presidente Bush para apoiar o Projeto Inteligente, o que ele claramente está fazendo agora. Além disso, ao pesquisar informações sobre essa teoria, observei que diversas organizações cujos nomes soam como muito cristãs estão apoiando o Projeto Inteligente.

Vamos agora retornar ao artigo do New Yorker para obtermos maiores compreensões.

"Tampouco o Projeto Inteligente rejeita totalmente a evolução: Os aderentes admitem que alguma mudança evolucionária ocorreu durante a história da vida na Terra. Embora o movimento esteja aliado e seja financiado por vários grupos cristãos conservadores — e embora o Projeto Inteligente afirme que a vida foi criada — ele geralmente silencia-se sobre a identidade do criador." (Ibidem).

Você entendeu os fatos pertinentes neste último parágrafo?

O Projeto Inteligente não rejeita a evolução. os aderentes admitem que alguma mudança evolucionária ocorreu..." A Bíblia rejeita a evolução e atribui toda a criação em momentos específicos do tempo a um Deus onisciente e onipotente.

"... ele está geralmente silencioso sobre a identidade do Criador." — Nenhum cristão bíblico pode permanecer silencioso sobre a identidade do Criador — o nome Dele é Jesus Cristo — "No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez." [João 1:1-3].

Então, apenas para garantir que o leitor compreendeu que o verbo é Jesus Cristo, o Espírito Santo inspirou João a escrever, no verso 14, "E o Verbo se fez carne, e habitou entre nós."

Quando uma pessoa se recusa a identificar o Criador, está abrindo uma porta pela qual Satanás imediatamente entrará para criar a discórdia, desconfiança e a desinformação. O que o presidente americano membro da sociedade secreta Caveira e Ossos se recusou a fazer, no artigo acima, onde pede que o Projeto Inteligente seja ensinado? Ele se recusou a revelar sua crença pessoal sobre quem possa ser o Criador. Como o presidente Bush é membro da Caveira e Ossos, uma sociedade secreta baseada na Maçonaria, provavelmente acredita que o Criador é o Grande Arquiteto do Universo, aquela Força que sempre esteve presente no universo. Os maçons usam o termo "Deus" para descrever esse GADU, mas sabem que não estão falando do Deus, conforme ensinado na Bíblia Sagrada.

O autor cristão Ken Ham, falará posteriormente sobre esse assunto de identificar o Criador, e a importância na eternidade de admitir quem é o Criador.

"A principal afirmação positiva é que existem coisas no mundo, mais notavelmente a vida, que não podem ser explicadas por causas naturais conhecidas e mostram características que, em qualquer outro contexto, atribuiríamos à inteligência. Os organismos vivos são complexos demais para serem explicados por qualquer processo natural ou, mais precisamente, por qualquer processo sem uma mente por trás. Em vez disso, o projeto inerente nos organismos somente pode ser explicado pela existência de um projetista, alguém que seja muito, mas muito inteligente." (Ibidem).

Embora esse conceito coloque o movimento em conflito direto com o darwinismo, ele ainda não se conforma com a doutrina bíblica e cristã. É um meio-termo, um estado "morno" — nem darwinismo nem cristão.

Vamos agora examinar os argumentos de Ken Ham, autor de muitos livros e vídeos sobre criacionismo que oferecemos em nossa livraria on-line, na seção BookStore, e fundador do ministério Answers in Genesis (Respostas no Gênesis).

Resumo da Notícia: "A visão de AiG sobre o movimento do Projeto Inteligente", Carl Wieland, Answers in Genesis, 30/8/2002.

Vamos passar imediatamente para essa porção da dissertação de Ken Ham onde ele admite que o Projeto Inteligente deixa aberta a possibilidade que extraterrestres criaram este mundo.

"A aparente recusa do movimento de identificar o projetista hipotético com o Deus da Bíblia (alguns proponentes indicam que o trabalho de projeto que eles postulam pode ter sido realizado por extraterrestres) é visto como uma necessidade prudente para manter o argumento em terreno filosoficamente 'neutro', e assim evitar muita hostilidade anticristã."

Esta questão é muito forte, pois Hollywood, desde o fim da Segunda Guerra Mundial tem procurado manter o assunto dos extraterrestres e dos óvnis muito vivos e fortes na consciência do público. Uma chocante alta porcentagem de pessoas acredita na existência dos óvnis e dos extraterrestres e muitos acreditam que eles intervirão novamente nos assuntos humanos. Para compreender a crença que extraterrestres são benevolentes, que eles interviram na história humana e que estão se preparando para intervir novamente em breve — também de forma benevolente — leia o artigo N1912, "Quando os Óvnis Chegarem".

Vamos agora voltar a esse artigo da Answers in Genesis para obtermos mais informações sobre o que é o Projeto Inteligente e por que ele não é bíblico. Observe que os defensores do Projeto Inteligente olham para o darwinismo (também chamado de naturalismo) como seu inimigo mortal; mas então eles se voltam e aceitam muitas das crenças do darwinismo ao longo do caminho.

O Projeto Inteligente ensina que:

* "Qualquer pessoa que se oponha ao naturalismo poderia potencialmente se qualificar como um aliado. Isso inclui os que acreditam na evolução dos micróbios até o homem, desde que essa crença envolva alguma interferência planejada e inteligente em algum momento durante os bilhões de anos... Eles geralmente acreditam nos milhões e bilhões de anos que os evolucionistas ensinam e aceitam, ou são publicamente neutros quanto a isso." (Ibidem).

Os aderentes do Projeto Inteligente não descartam que a evolução esteja ocorrendo há bilhões de anos, exatamente como ensinam os seguidores de Darwin; a única diferença é que eles acreditam que, em algum ponto ao longo do caminho, um ser superinteligente de algum tipo interveio para iniciar o processo evolutivo. Ah, sim. Esse "ser superinteligente" pode ter sido os extraterrestres.

* "Eles concordam ou não expressam publicamente sua opinião a respeito da implicação corolária da crença em uma era muito longa, isto é, que milhões de anos de morte, doença e sofrimento ocorreram antes do aparecimento do homem." (Ibidem).

Eles rejeitam a visão bíblica que um Deus onipotente (Jesus Cristo) criou um mundo perfeito, povoado por um conjunto de seres humanos perfeitos, e um mundo natural perfeito para servir para eles; eles rejeitam a revelação bíblica que o pecado arruinou esse mundo perfeito, colocando em movimento todo o mal, desastres, sofrimentos e mortes que a humanidade tem sofrido desde então. Como veremos em alguns instantes, rejeitar a noção bíblica que o pecado do homem arruinou um mundo originalmente perfeito acarreta problemas práticos e teológicos muito significativos — problemas para a eternidade.

* Embora o movimento incorpore algumas pessoas que crêem no Gênesis... sua abordagem... impede a expressão pública de apoio ou preocupação com a autoridade bíblica nessas matérias." (Ibidem).

* Eles freqüentemente se esforçam para garantir que não sejam vistos como 'tendo chegado a ele por meio da Bíblia'." (Ibidem).

Portanto, você pode ver que o Projeto Inteligente não é cristão, nem pensa de si mesmo como cristão, e não pode ser considerado pelos cristãos como cristão!

Todavia, muitos cristãos evangélicos e conservadores estão promovendo a agenda do Projeto Inteligente como se fosse cristão. Como pode ser? As pessoas em Answers in Genesis acreditam que a razão é simplesmente pragmática — pelo menos em parte.

"O conceito do Movimento do Projeto Inteligente tem atraído muitos cristãos evangélicos, incluindo aqueles que crêem na interpretação literal do Gênesis, que o vêem como uma útil e nova estratégia para atacar o fundamento da evolução na maioria das culturas e escolas do mundo... Muitos criacionistas bíblicos, que por padrões exegéticos historicamente sólidos estão convencidos de uma criação recente, percebem que o Movimento do Projeto Inteligente 'não vai tão longe quanto gostaríamos', mas pensam que esse é um preço razoável a pagar por aquilo que eles vêem como uma estratégia potencialmente eficiente, 'a ponta mais fina da cunha'. Eles raciocinam: 'Vamos pelo menos colocar o nariz do camelo para dentro da tenda, depois poderenos nos concentrar nessas outras questões. Vamos ganhar uma batalha de cada vez.'" (Ibidem).

Esse pragmatismo soa como o velho adágio 'Qualquer inimigo do meu inimigo é meu amigo". Embora esse adágio possa ter alguma atração na filosofia humana, é totalmente sem base bíblica. Entretanto, os cristãos evangélicos durante esta era têm tomado diversas posições com base no pragmatismo, em vez de na Palavra de Deus. Esse triste cenário tem uma base similar.

Na verdade essa visão pragmática é parecidíssima com a Etapa 6 no Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento, que representa um desastre para a cosmovisão bíblica em qualquer assunto (como o aborto, por exemplo). [Nota: Para maiores detalhes, leia o artigo N1055, "O Plano das Seis Etapas Para a Mudança do Comportamento"].

Agora, esse artigo da Answers in Genesis fala sobre a natureza sem base bíblica do Projeto Inteligente:

* Como eles geralmente rejeitam o relato literal do Gênesis, "nunca podem oferecer uma 'história do passado'" — uma deficiência séria. Esse autor então elabora um pouco mais:

"Geralmente eles se recusam a serem levados a uma seqüência de eventos, ou a história exata da vida na Terra, ou sua duração, além de dizerem, em efeito, que isso 'não importa'... Em outras palavras, se o debate das origens não é sobre uma 'história do passado', sobre o que é então?" (Ibidem).

Agora, o autor desse artigo referido realmente chega ao ponto em que aludimos anteriormente. É uma questão muito séria recusar-se a identificar o Criador reconhecido, o ser extraterrestre ou força criativa "superinteligente", pois essa recusa pode levar a algumas conseqüências muito sérias.

"A recusa do Movimento do Projeto Inteligente de identificar o projetista com o Deus da Bíblia e, em particular, com o relato em Gênesis, significa que... a aceitação maciça do pensamento do Projeto Inteligente poderia facilmente levar às noções de Nova Era ou de hinduísmo da criação, bem como às estranhas noções dos extraterrestres da ficção científica." (Ibidem).

Já observamos anteriormente que o Movimento de Nova Era começou a ensinar nos anos 1990 essa noção da interferência de extraterrestres extremamente inteligentes nos eventos mundiais em algum ponto no passado distante, para tentar explicar o mundo como o conhecemos hoje. Ou os extraterrestres criaram a vida na Terra, ou criaram o processo pelo qual a Evolução pôde completar a criação original deles — assim a teoria ensina. Em outras palavras, neste ponto, o Projeto Inteligente é simplesmente o mesmo ensino de Nova Era de uma década atrás! Essas teorias estão agora simplesmente revestidas com uma nova roupagem, de modo a ampliar a abrangência da enganação.

O autor do artigo referido levanta um ponto muito pertinente sobre o fato que o Projeto Inteligente recebe quase toda sua inspiração do "poder do argumento do projeto", isto é, eles observaram que o projeto intrincado requer um "projetista".

"O apóstolo Paulo reconhece o poder do argumento do projeto em Romanos 1:20: O eterno poder de Deus e Sua divindade podem ser claramente compreendidos a partir das coisas criadas (isto é, pelas evidências de projeto que existem na natureza). Por causa disso, os incrédulos estão indesculpáveis. Mas ele afirma que as pessoas deliberadamente rejeitam essa clara evidência... A evidência de projeto na natureza é suficiente para condenar os homens, mas não é suficiente para salvá-los. A Bíblia torna bem claro que os aspectos científicos da criação não podem, no fim, ser separados da pregação do evangelho, para habilitar as pessoas a se reconciliarem com o Criador." [Ibidem].

Essa compreensão bíblica é tremenda e vai diretamente ao ponto. Acreditar no criacionismo bíblico leva a pessoa ao evangelho de Jesus Cristo, o que a leva à salvação eterna. Entretanto, ensinar que algum tipo de projetista deve ter criado este mundo maravilhosamente complexo, mas em seguida rejeitar o evangelho e o Criador Jesus lança o Projeto Inteligente no campo "naturalista" do darwinismo.

Os cristãos não podem oferecer suporte ao Projeto Inteligente e não devem pensar que ele seja cristão. Além disso, o presidente Bush parece estar simplesmente enganando seus genuínos apoiadores cristãos quando propõe que a Teoria da Evolução seja contrabalançada nas escolas pelo Projeto Inteligente. O único contrapeso eficaz para a evolução é o criacionismo bíblico. A maioria dos cristãos sabe disso instintivamente, mas como estão ignorantes dos detalhes do Projeto Inteligente, concluem que ele deve ser o mesmo que criacionismo bíblico, uma vez que o presidente Bush propôs justamente esse tipo de contrapeso.

Muitos cristãos serão enganados a pensar que o Projeto Inteligente é bíblico, que é o mesmo que o criacionismo bíblico e merece ser apoiado politicamente. Essa enganação é de um tipo bem alto [Mateus 24:4,11,24] e certamente representa outro sinal do fim dos tempos.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 16/2/2006
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2061.asp