Escolha uma cor para o fundo:  

Israel Está Colocando Mais Porções de Seu Território Sob o Controle da ONU, Usando o Truque dos "Sítios do Patrimônio Histórico e Cultural", da UNESCO

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Israel está cedendo sorrateiramente o controle sobre porções de seu território e muitos de seus antigos sítios religiosos para as Nações Unidas! A maioria das pessoas não está ciente dessa silenciosa entrega da soberania porque não conhece a definição de um "Sítio do Patrimônio Histórico e Cultural", e como essa designação envolve a perda do controle do terreno e dos edifícios em que o sítio histórico está situado. No papel, o controle sobre a cidade velha de Jerusalém já pertence à ONU desde 1981.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

Israel está cedendo sorrateiramente o controle sobre porções de seu território e muitos de seus antigos sítios religiosos para as Nações Unidas! A maioria das pessoas não está ciente dessa silenciosa entrega da soberania porque não conhece a definição de um "Sítio do Patrimônio Histórico e Cultural", e como essa designação envolve a perda do controle do terreno e dos edifícios em que o sítio histórico está situado.

Vamos analisar a história corrente primeiro:

Resumo da Notícia: "Israel nomeia dois túmulos bíblicos na Margem Ocidental do Rio Jordão como Sítios do Patrimônio Histórico", Josh Mitnick, correspondente do Christian Science Monitor, 23/2/2010.

"Israel nomeou na segunda-feira a Tumba dos Patriarcas e a Tumba de Raquel, na Margem Ocidental, como sítios do Patrimônio Histórico. Ambas as tumbas estão em cidades palestinas e a decisão provocou advertências e protestos no dia seguinte... Os palestinos referenciam a Tumba de Raquel como mesquita Bilal Ibn Rabah e as grutas de sepultamento em Hebron como Santuário de Abraão. Muçulmanos e judeus devotos acreditam que Abraão e sua mulher, Sara, estejam enterrados nesse sítio. Os judeus também acreditam que Isaque e sua mulher, Rebeca, e Jacó e sua mulher, Lia, estejam enterrados ali."

Os palestinos ficaram extremamente irados, ameaçando guerra religiosa ou outra Intifada por causa dessa questão. Por que os palestinos ficariam tão preocupados com o fato de Israel designar esses dois antigos sítios de sepultamento como "Sítios do Patrimônio Histórico e Cultural"? Eles compreendem um detalhe criticamente importante sobre o qual a maioria das pessoas no Ocidente nunca ouviu falar.

Quando um país designa um determinado local, construção, ou terreno como "Sítio do Patrimônio Histórico e Cultural", esse país entrega a soberania pelo controle daquela propriedade e terreno para a Organização das Nações Unidas! Quando Israel designou essas duas tumbas como "Sítios do Patrimônio Histórico", entregou o controle à ONU, efetivamente tirando o controle das mãos dos palestinos!

Mas, como veremos em seguida, Israel também já abriu mão do controle sobre a cidade velha de Jerusalém, entregando-o à ONU, por meio desse estratagema do "Sítio do Patrimônio Histórico e Cultural"! O sítio de Jerusalém contém o Domo Islâmico da Rocha e os sítios islâmicos adjacentes. Portanto, o que Israel fez foi negar aos palestinos o controle sobre seus próprios sítios sagrados, ao entregá-los ao controle da ONU!

Não é engenhoso?

Entretanto, a história não termina aqui. Voltando à matéria de notícias em destaque, percebemos que Israel está planejando ceder mais 150 sítios às Nações Unidas como "Sítios do Patrimônio Histórico"!

"O governo de Israel adotou no domingo um plano de investir $106.4 milhões ao longo dos próximos seis anos para renovar 150 sítios do patrimônio histórico. Uma declaração do governo chamou o projeto de 'o mais alto valor nacional'".

Quanto mais território e quantos mais sítios religiosos sensíveis Israel transferirá para a soberania da ONU?

Vamos olhar um pouco na história recente e ver como chegamos a este ponto:

Resumo da Notícia: "As seguintes propriedade foram aprovados pelo Comitê do Patrimônio da Humanidade para serem incluídas na Lista do Patrimônio Mundial da UNESCO. Atualmente, a relação contém 630 propriedades diferentes, até dezembro de 1999. Lista do Patrimônio Histórico Universal, UNESCO", em http://fp.thesalmons.org/lynn/world.heritage.html

Quando você percorrer a lista de países em que existem sítios do patrimônio histórico e cultural, observe que a cidade de Jerusalém não aparece listada dentro de Israel; em vez disso, aparece como se fosse uma cidade-país.

Em 1981, Israel designou Jerusalém Velha como sítio do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Para compreender o significado dessa designação, pesquisei e encontrei um mapa detalhado da parte velha de Jerusalém. Quando você examina esse mapa, descobre que o Domo Islâmico da Rocha (Al-Aqsa) está situado na parte velha de Jerusalém! Portanto, em 1981, Israel abriu mão do controle soberano sobre a parte velha de Jerusalém e do Domo Islâmico da Rocha e passou o controle às Nações Unidas e ninguém se deu conta disso.

Exceto os palestinos! Liderados por Yasser Arafat, eles ficaram furiosos em 1981, quando Israel transferiu a responsabilidade pelo Domo da Rocha às Nações Unidas, e estão igualmente furiosos hoje, quando Israel incluiu esses dois sítios de sepultamento na designação de Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade.

Já que a maioria das pessoas não sabe o que é uma Lista do Patrimônio Mundial, vamos separar alguns momentos para explicar. As Nações Unidas estabeleceram o Programa do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade para "preservar" locais valiosos do mundo que estavam sob o risco de serem destruídos ou danificados. Veja a linguagem da ONU:

"De acordo com a Convenção do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade, 'patrimônio cultural' é um monumento, grupo de edifícios ou local de valor histórico, estético, arqueológico, científico, etnológico ou antropológico. O 'patrimônio natural' designa atributos físicos, biológicos e geológicos fascinantes; hábitats de espécies de plantas ou animais ameaçados e áreas de valor nos campos científico ou estético ou do ponto de vista da conservação." http://whc.unesco.org/en/about/

Obviamente, a cidade velha de Jerusalém se encaixa na classificação de "Patrimônio Histórico e Cultural". Agora, a maioria das pessoas seria pressionada a concordar com a retórica desse programa; afinal de contas, não é uma boa ideia preservar os hábitats culturais e naturais que estão ameaçados de destruição? É claro que sim. Entretanto, o problema devastador aqui está em dar às Nações Unidas o controle sobre esses locais, em vez de permitir que os países soberanos individuais possam cuidar dos seus problemas por conta própria.

Veja o seguinte: o objetivo número 1 do plano da Nova Ordem Mundial é abolir formalmente a soberania individual de cada país do mundo, substituindo-a por uma ditadura da ONU, presidida pelo seu planejado Cristo da Nova Era, o homem favorecido com o espírito sobrenatural da Consciência Crística, que governará o mundo de forma benevolente por 1.000 anos!

Este é o plano, e o Programa do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade representa o primeiro grande passo rumo à soberania final da ONU sobre todas as nações do mundo. Quando um país concorda em designar um determinado local como um Sítio de Patrimônio da Humanidade, esse país abre mão de sua soberania sobre aquele local. Esse é o primeiro passo para entregar a soberania da nação inteira às Nações Unidas, quando o Anticristo aparecer.

Israel já entregou a soberania sobre Jerusalém à Organização das Nações Unidas! Obviamente, o próprio povo judeu não sabe disso, como você pode ver pela forte retórica deles quanto a Jerusalém ser inegociável, e ser sua eterna e indivisível capital. Entretanto, o ex-primeiro-ministro iluminista de Israel Ehud Barak sabia muito bem que seu gabinete estava entregando Jerusalém à ONU, razão pela qual pôde fazer concessões tão tremendas a Arafat durante a última rodada de negociações antes de deixar o cargo.

Arafat e seu povo palestino definitivamente não queriam que a ONU exercesse soberania sobre Jerusalém; queriam essa soberania para eles mesmos! Os árabes ainda se prendem fortemente aos ideais de patriotismo e nacionalismo, e este é um dos motivos pelos quais os Illuminati desejam a completa destruição deles quando conduzirem a campanha para a eliminação de quatro bilhões de pessoas.

Resumo

A cidade velha de Jerusalém é um sítio do Patrimônio Histórico e Cultural da Humanidade. Israel já concordou em abrir mão de sua soberania sobre a parte velha de Jerusalém e entregá-la à ONU; apenas não informou seu próprio povo ainda, e não informará até que os palestinos sejam aniquilados, conforme predito em Obadias 15-18. Os líderes palestinos são parte do Plano da Nova Ordem Mundial, porém não sabem que serão traídos depois que a luta começar. Eles não têm ideia que os Illuminati estão usando o ódio intenso deles contra Israel como um meio de atraí-los para a morte e a aniquilação de toda a população.

A região inteira do Oriente Médio explodirá com grande fúria em uma guerra total e o mundo terá então a planejada Terceira Guerra Mundial. Da fumaça, poeira e destruição dessa guerra planejada, o Anticristo surgirá caminhando. Ele receberá o controle total sobre Jerusalém e de todo o Israel. Uma vez que Jerusalém já está sob o controle das Nações Unidas no papel, essa transição será fácil e natural.

Verdadeiramente, o fim dos tempos está bem próximo.



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia a dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data da publicação: 14/3/2010
Transferido para a área pública em 10/2/2012
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2410.asp