A Guerra da Cabala Ímpia Que Serve a Satanás Contra as Mulheres

A Guerra da Cabala Ímpia Que Serve a Satanás Contra as Mulheres

Autor: Jeremy James, Irlanda, 9/7/2018.

A guerra contra as mulheres está ocorrendo em um ritmo furioso. A cabala luciferiana que controla a mídia internacional está atacando o gênero com desprezo não disfarçado e, no processo, depreciando a ordem natural no que se refere à biologia humana. De acordo com os assim chamados especialistas médicos, que são regiamente recompensados por suas opiniões sem fundamentos, o gênero é realmente uma questão de escolha, uma construção psicológica moldada em sua maior parte pelo comportamento social. Eles argumentam que se a sociedade abandonasse algumas de suas noções pré-concebidas sobre gênero, apareceria uma ampla variedade de tipos de gêneros e uma porcentagem muito menor da população se identificaria como homem heterossexual ou mulher heterossexual.

Ideologia

Os argumentos que estão sendo usados para justificar este ataque são descaradamente ideológicos. Eles não têm nada que ver com ciência ou pesquisa empírica. De fato, a mídia frequentemente não faz esforço algum de lidar com as questões de uma maneira científica. Isto, na verdade, é parte da estratégia. Eles sabem que com a simples repetição do mantra que o gênero é uma construção social, eles já estabelecem um firme controle sobre o público espectador.

"E disse o SENHOR Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele." [Gênesis 2:18].

Engodo Dirigido Pela Mídia

A maioria das pessoas nunca parou para pensar muito sobre gênero como o intervalo complexo de fatores que distinguem os homens das mulheres. A compreensão, em geral, é muito superficial, de modo que quando os "especialistas" começam a fazer pronunciamentos complexos de digerir, que invertem a visão convencional, as pessoas oferecem pouca resistência. Poucas pessoas têm o conhecimento necessário para refutar as hipóteses médicas que supostamente estão baseadas em pesquisa científica. Além disso, direcionando a maior parte de seus argumentos a uma audiência mais jovem e estruturando-os desavergonhadamente com a linguagem da tolerância, inclusividade, igualdade e diversidade, a mídia prepara a audiência para ouvir com ouvidos simpáticos.

Silêncio Profissional

Poucos profissionais têm a coragem de se levantar e desafiar esse derramamento venal de mentiras ou a grotesca manipulação da ciência médica para glamorizar uma ideologia pervertida. O mesmo tipo de intimidação escolástica que impede homens e mulheres sensatos de abertamente criticarem a falsa "ciência" da Evolução, está agora evitando que eles levantem as questões mais óbvias sobre a Agenda dos Transgêneros e a loucura misoginista que está por trás dela.

Satanismo em Ação

Não tenha a menor dúvida que este programa tem o objetivo de causar dano imenso à sociedade, à ordem moral tradicional, à estabilidade espiritual do indivíduo e aos muitos fios invisíveis que mantêm a sociedade unida e a imbuem com uma vitalidade suficiente para nutrir e educar a próxima geração. Em resumo, é um programa satânico.

Muito classificam esse programa como uma forma de Marxismo Cultural, o que de fato ele é. Mas, é muito mais do que isto. As obras das trevas florescem nas mesmas perversões que a Nova Ordem Mundial está agora promovendo. Os assim chamados "iluminados", que estão implementando este programa, estão em servidão a entidades demoníacas que respondem somente a Lúcifer. A corrupção do gênero é um componente-chave no "Grande Plano" deles de produzir o Anticristo.

Cegueira Espiritual

Grande parte do que eles estão fazendo é tão absurdo, tão contrário a todo o bom senso e tão perversamente contrário a tudo que há muito tempo conhecemos como puro e natural que é difícil acreditar que tudo isto esteja acontecendo da forma tão rápida como está. Os pastores e pregadores cristãos estão tão distanciados da Palavra de Deus e tão dispostos a permanecer em termos amigáveis com o mundo, que não estão fazendo coisa alguma para soar o alarme. Talvez existam algumas exceções, mas a vasta maioria está sofrendo de uma estranha doença que emudece a alma e turva a mente. Esta é a cegueira que as forças sobrenaturais induzem naqueles que estão mais do que dispostos a permitir que alguma outra pessoa combata o bom combate. De fato, a própria ideia de tomar uma posição, de apresentar algum tipo de resistência à maré implacável do humanismo, é repugnante para eles. Por que criar problemas para si mesmo quando é tão mais fácil encontrar um modo de coexistir pacificamente com o Maligno?

Sanitários Transgêneros

Quando o presidente Obama emitiu seu famoso decreto dos banheiros transgêneros, em 13 de maio de 2016 — que requeria que todas as escolas que recebiam verbas do governo federal permitissem a qualquer aluno que se identificasse como transgênero a usar o banheiro de sua escolha — tornou-se dolorosamente óbvio que a Elite estava agora colocando seu programa de perversão de gêneros em marcha acelerada. Com um édito tirânico, uma nova política revolucionária foi imposta sobre as escolas de todo um país. Qualquer escola que deixasse de seguir a orientação do governo corria o risco de perder o financiamento do governo federal.

O alvo, é claro, eram as crianças. A Elite gosta de concentrar uma grande parte de seu poder de fogo subversivo sobre as crianças, porque elas são muito mais fáceis de serem exploradas.

Em nossos ensaios anteriores sobre a Agenda dos Transgêneros exploramos alguns dos muitos modos como a Elite está pervertendo a ordem moral natural estabelecida por Deus. Parte do que eles estão fazendo é levado adiante por pura arrogância política, mas outros aspectos dependem de sagacidade e engodo, a maior parte dos quais são perpetrados pela mídia.

A Guerra Contra as Mulheres

Como o programa é basicamente uma guerra contra as mulheres, a Elite está determinada a enfraquecer e destruir o vínculo especial de amor entre uma mãe e suas crianças. O aborto é um exemplo extremo disso, em que uma mãe é enganada e levada a matar seu próprio filho. A barriga de aluguel, que está sendo cada vez mais promovida pelos políticos e pela mídia, é simplesmente um modo juridicamente legal de transformar uma criança em uma mercadoria que possa ser negociada. Há várias décadas que a mídia exalta o status especial das "mulheres de carreira", que de forma altruísta adiam a concepção de filhos de modo a poderem servir à sociedade e "cumprir seu potencial", com o resultado que muitas mulheres descobrem que não conseguem mais engravidar quando estão por volta dos 40 anos de idade. A perda pessoal delas é imensa. No máximo, elas conseguem ter um único filho. O estamento médico tem ajudado nesse engodo, propagando a falsa crença que os "avanços" na obstetrícia e nos tratamentos de fertilidade agora permitem que uma mulher adie com segurança a concepção de filhos para depois dos 40 anos.

É por isto que a taxa de natalidade na maioria dos países ocidentais caiu para baixo do nível de reposição populacional. A população autóctone de todos países industrializados está encolhendo em alguns casos — como no Japão — até o ponto em que a continuação das tendências atuais ameaçará a sobrevivência desses países. É exatamente isto que a Elite deseja, sociedades frágeis e homogeneizadas que possam ser mantidas somente pela imigração em massa e perda da identidade racial. A Agenda dos Transgêneros é central para tudo isto.

A maioria das "estrelas" em papéis principais nos filmes de Hollywood — invejadas e admiradas por milhões de mulheres em todo o mundo — não são mulheres naturais absolutamente e não podem conceber filhos. Sem útero não há gestação de bebês. Os transgêneros são os eunucos de Lúcifer, homens emasculados condicionados desde a infância para acreditarem que são "mulheres", um trágico fingimento obtido com o uso de hormônios e cirurgias.

Falsas Gravidezes

Muitas dessas pessoas desafortunadas são exploradas pelo sistema que as produziram. Elas são obrigadas a fingir que estão grávidas, frequentemente pela primeira vez, e dar à luz por volta dos 45 anos. Os jornais e revistas publicam fotos dessas beldades incongruentes, com seus barrigas crescidas, falando sobre as alegrias de ter um filho. Mas, é tudo uma farsa. Alguma outra pessoa está dando à luz a criança, provavelmente uma jovem desconhecida de 18 ou 19 anos, em uma clínica privada, e que nunca verá seu bebê, enquanto essas impostoras sem vergonha desfilam por toda a parte com suas barrigas falsas, feitas de silicone. É por isto que as mulheres troncudas que disputam os principais torneios internacionais de tênis conseguem dar à luz com aparentemente facilidade.

Encorajada pelo sucesso obtido nos últimos dois anos, em que um público apático mostrou que engole alegremente qualquer mentira sobre sexo e gênero que seja apresentada na mídia, a Elite está agora tentando convencer as massas que uma mulher de 54 anos pode conceber e dar à luz. O colaborador que eles escolheram para apresentar essa fraude é a "atriz" de Hollywood Brigitte Nielsen. Esse indivíduo é tão obviamente transgênero que quase não é necessário analisar suas características, porém faremos isso para o benefício dos leitores que ainda não aprenderam a identificar esse tipo de enganação.

As fotos abaixo mostram um homem alto — 1,83m — com ombros largos, muito mais largos do que sua cintura. Ele tem braços compridos, uma mandíbula retilínea, olhos aprofundados, têmpora proeminente, fronte curva elevada, uma cabeça quadrada, orelhas grandes baixas, uma boca grande, pescoço comprido, pomo-de-adão na garganta, um espaço amplo entre o nariz e o lábio superior, nenhuma relação feminina gordura/músculo evidente, um físico maciço. Ele calça sapatos do mesmo número que Arnold Schwarzenegger. O único aspecto feminino é seu nariz, o que é fácil de efeminizar usando as técnicas modernas de cirurgia plástica.

A foto seguinte, que tem o propósito de "mostrá-la" em um estágio avançado de gravidez, deve ser perturbadora para qualquer pessoa de mente sã. Como é natural para uma mulher dar à luz aos 54 anos de idade? E por que a pessoa na foto tem o aspecto de um homem usando uma barriga postiça de mulher grávida?

Os avanços no tratamento de fertilidade agora permitem que uma mulher engravide após os 50 anos, mas este é um procedimento repleto de riscos. Nenhuma pessoa sensata faria isto — e a Elite sabe. Portanto, eles glamorizam algo que é patentemente inseguro e enganam as mulheres ingênuas a adiarem a maternidade, até que seja tarde demais para elas.

"Alienam-se os ímpios desde a madre; andam errados desde que nasceram, falando mentiras." [Salmos 58:3].

A Agenda dos Transgêneros

A pressão para glamorizar os transgêneros também está ocorrendo agora. A Elite chegou ao ponto de ter a audácia de abertamente proclamar um homem transgênero como a mulher mais bonita em seu país natal. Na semana passada um homem abertamente transgênero — Angela Ponce — foi coroado Miss Espanha 2018 e representará a Espanha no concurso Miss Universo 2018, nas Filipinas, posteriormente neste ano.

A não ser que fosse informada, a pessoa mediana provavelmente deixaria de ver que Ponce é um transgênero. A psiquê e aparência pessoal dele são muito bem efeminadas. Apesar disso, os sinais indicadores estão ali, se a pessoa souber o que deve observar.

A partir da seguinte foto somente (na página seguinte) podemos ver evidência de sua masculinidade subjacente — olhos aprofundados, ossos da face proeminentes, fronte alta e encurvada, boca larga, mãos grandes e braços longos. Os ombros são largos e parecem ser mais largos do que a cintura. A mandíbula e o nariz, porém, são bem femininos.

Somos poupados da necessidade de fazer a prova, pois Ponce é abertamente um transgênero. Ele não esconde o fato que nasceu como um menino e passou por um processo de efeminização. Nós o elogiamos por sua franqueza e honestidade. Ele não está tentando enganar ninguém. Incluímos mais algumas fotos desse homem (veja o Apêndice A) para mostrar o quão convincentemente um transgênero pode passar por uma mulher natural e por que a Elite está explorando este fato para solapar e destruir a dignidade e privilégio das mulheres. Ao fazerem isso, eles efetivamente aboliram o próprio conceito de gênero, não apenas em um sentido biológico, mas como um conjunto de fatores e aspectos distintos e vibrantes da experiência humana. Depois que isto acontecer, os conceitos de "casamento" e "família" estarão vazios de significado, sendo meramente arranjos sociais elásticos sem fundamento espiritual.

Isto é satanismo no verdadeiro sentido da palavra.

Uma pessoa com discernimento corretamente perguntará se Ponce realmente é o primeiro transgênero a vencer um concurso nacional de beleza. Algumas reportagens de notícias a respeito da vitória dele o descrevem como "a primeira pessoa abertamente transgênero" a ter feito isto. Ah, aquela pequena palavra no título, "abertamente", nos diz muita coisa. Ponce pode ser mesmo a primeira pessoa abertamente transgênero a vencer esse tipo de concurso, mas está longe de ser o primeiro transgênero a ter feito isso. Virtualmente todo concurso nacional de beleza em todo o mundo nos últimos vinte anos, ou mais, incluiu um ou mais participantes transgêneros encobertos ou não revelados. (Tanto quanto eu possa identificar, a Irlanda teve seu primeiro transgênero vencedor de um concurso nacional de beleza já em 1984.)

Se você duvida que a Elite esteja por trás desses acontecimentos bizarros, então considere o seguinte: o proprietário da franquia mundial de Miss Universo até 2015 era um certo Donald Trump. Foi ele quem pessoalmente aprovou a participação de pessoas abertamente transgêneros.

A Solução Japonesa

Há vários séculos que homens se vestem com roupas de mulher no Japão; eles são conhecidos como otokomoko. Ao longo do tempo eles se tornaram muito proficientes nisto, até o ponto em que muitos agora conseguem passar por mulheres naturais sem qualquer dificuldade. Isto deixou em perplexidade o público japonês, que gosta de tudo em seus devidos lugares. Eles quiseram um modo discreto de determinar educadamente se uma pessoa é realmente uma mulher natural, ou um homem disfarçado de mulher. E eles descobriram um modo de fazer isso.

Culturalmente, os japoneses estão há muito tempo fascinados com o umbigo como um aspecto físico na arte, de modo que já estavam familiarizados com o fato que o umbigo de um homem quase sempre está situado acima da sua cintura, enquanto que está geralmente na linha da cintura, ou abaixo dela em uma mulher. Portanto, nos casos em que o umbigo de uma pessoa podia ser observado, era possível para os japoneses identificarem se a pessoa era realmente uma mulher natural, ou um homem em traje de mulher.

A foto ao lado ilustra o que eles tinham em mente.

Um programa de televisão no Japão convidou homens e mulheres da mesma altura para virem e testarem a teoria. Ela provou estar correta na maioria dos casos. Os artistas e ilustradores ocidentais também estão cientes desse fenômeno, pois ele afeta a naturalidade de um desenho do corpo humano.

Se aplicarmos esse teste simples ao ganhador do concurso Miss Espanha 2017 (o ano passado), descobrimos que Angela Ponce pode não ter sido o primeiro transgênero a vencer esse evento — veja a foto seguinte.

Como os indivíduos que conseguem sucesso neste nível são geralmente bastante convincentes, o público tem sido lentamente condicionado a acreditar que o "físico transgênero" — o tipo de corpo exibido por Sofia Del Prado e virtualmente todas as modelos que trabalham com a grife Victoria's Secret — é a forma feminina ideal. Os meninos e os rapazes também estão sendo enganados a acharem esse tipo de corpo atraente, com o resultado que muitos não conseguirão se relacionar com as mulheres naturais ou achá-las desejáveis. As meninas e as moças, por outro lado, se torturarão durante anos com distúrbios alimentares, dietas não saudáveis, regimes rigorosos de ginástica e cirurgias desnecessárias para desenvolverem o mesmo tipo físico — sem perceberem que são vítimas de uma fraude grotesca patrocinada por Satanás e seus servos na Nova Ordem Mundial.

Miss Holanda 2017

De vez em quando aparece alguém que é tão obviamente masculino que não se pode deixar de se perguntar como ele conseguiu enganar tantas pessoas por tanto tempo. Isto é compreensível no mundo da moda, onde tipos de corpos estranhos são bastante comuns, mas em eventos em que a audiência está avaliando a beleza feminina, a falha repetida de identificar esses híbridos é uma questão de verdadeira preocupação. Considere outro ganhador do concurso de beleza, desta vez Miss Holanda 2017. Os juízes avaliadores holandeses decidiram que essa pessoa, Nicky Opheij, era a mais bela participante no concurso nacional (que, sem dúvida, incluiu muitos outros transgêneros encobertos).

As fotos na página seguinte contam a história.

É horrível perceber que isto está acontecendo em todo o mundo e que as autoridades relevantes em cada país — ou pelo menos os 190 ou mais que participam anualmente no concurso Miss Universo — estão operando um programa para redefinir a beleza feminina e substitui-la por uma falsificação transgênero.

"Os soberbos forjaram mentiras contra mim; mas eu com todo o meu coração guardarei os teus preceitos." [Salmos 119:69].

Conclusão

As pessoas deveriam estar muito furiosas que isto esteja acontecendo, que uma Elite tirânica esteja usando técnicas tortuosas de controle mental e outros truques vis para perverter a ordem natural de uma forma fundamental. Muito do que eles estão fazendo se acelerará de uma geração para a próxima, com a identidade de gênero e o comportamento sexual tornando-se mais e mais aleatórios à medida que populações inteiras se desconectam dos valores e normas definidos por Deus.

A Elite quis explorar este caos para impor seu próprio sistema de valores e preparar o mundo para a chegada do Anticristo.

Alguém pode se perguntar o quão longe eles irão antes de o público começar a ver que está sendo manipulado de um modo cínico e destrutivo? Infelizmente, a cegueira espiritual que aflige a sociedade moderna sem dúvida continuará a piorar, desse modo permitindo que a Elite mantenha seu rumo. Dado que dezenas de milhares de pastores e pregadores na Europa e nas Américas se mostram incapazes de oferecer qualquer resistência a tudo o que os Illuminati fizeram nos anos recentes — independente do quão flagrante seja — não há razão para acreditar que a atual corrupção do gênero abalará a complacência deles.

Como evidência disto, apontamos para uma decisão recente por uma rede de escolas privadas na Inglaterra de proibir as meninas de vestirem saias como parte do uniforme escolar. Aparentemente, isto ofende as sensibilidades delicadas das crianças "transgênero". As meninas agora precisam vestir calças compridas, exatamente como os meninos.

"Firmam-se em mau intento; falam de armar laços secretamente, e dizem: Quem os verá?" [Salmos 64:5].



Apêndice A

Angela Ponce, o transgênero declarado que venceu o concurso Miss Espanha 2018

Solicitação Especial

Incentivamos os leitores frequentes a baixarem os ensaios disponíveis neste website para cópia de segurança e consulta futura. Eles poderão não estar disponíveis para sempre. Estamos entrando rapidamente em um tempo em que materiais deste tipo somente poderão ser obtidos via correio eletrônico. Os leitores que desejarem ser incluídos em uma lista para correspondência futura são bem-vindos a me contactar em jeremypauljames@gmail.com. Não é necessário fornecer o nome, apenas um endereço eletrônico.



Autor: Jeremy James, artigo em http://www.zephaniah.eu
Data da publicação: 16/7/2018
Transferido para a área pública em 20/9/2019
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/transgenero-17.asp