Escolha uma cor para o fundo:  

Possível Identificação na Bíblia do Demônio Soberano da Rússia

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Gogue, príncipe e chefe de Meseque e Tubal, mencionado em Ezequiel 38-39 pode não ser o nome do líder humano da Rússia, mas um demônio poderoso que foi destacado por Satanás para influenciar os governantes russos.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


"Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal." [Ezequiel 38:3].

"...filho do homem, profetiza contra Gogue... Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal. E te farei voltar... e far-te-ei subir do extremo norte." [Ezequiel 39:1-2].

Gogue é o Líder Humano da Rússia?

Nenhum estudioso da Bíblia conhece exatamente a identificação de Gogue, o líder da Rússia nessa profecia referente ao fim dos tempos. A maioria dos estudiosos procura identificá-lo como um líder humano que comandará a Rússia em um ataque a Israel no fim dos tempos.

J. R. Church, do ministério Prophecy in the News é um caso típico. Em um de seus artigos em 1988, escreveu que Gorbachev provavelmente será o líder que comandará a Rússia nesse malfadado ataque. Ele baseou essa opinião no fato de que, antes da Revolução Russa de 1917, o sobrenome Gorbachev era realmente escrito como Gogbachev. Embora essa possibilidade seja intrigante, agora sabemos que Gorbachev não irá liderar nenhum exército russo contra Israel, pois está afastado da política há muito tempo para achar que possa retornar.

No entanto, a objeção mais séria encontra-se em Apocalipse 20:7-8, em que vemos Gogue aparecendo novamente, liderando outra nação, ou nações, numa derradeira batalha contra Deus, após o reinado milenar de Jesus Cristo. Se o Gogue original de Ezequiel 38-39 for um homem, será morto na época da invasão russa a Israel. Como então aparece novamente, liderando as nações, após o reinado milenar de Cristo? Os estudiosos simplesmente não sabem explicar.

Identificação Ocultista de Gogue Como o Demônio Soberano da Rússia!

Entretanto, do ponto de vista de alguém que esteja familiarizado com o ocultismo, a identidade de Gogue em Ezequiel 38-39 e Apocalipse 20:7-8 é simples: ele é o demônio soberano responsável diante de Satanás pela direção dos governantes russos.

Para os que não estão habituados com esse tema, permita-nos gastar alguns momentos no estudo da Bíblia para trazermos luz a esse assunto. Abra sua Bíblia no capítulo 10 do livro de Daniel. Nesse capítulo, o profeta Daniel começa orando a Deus para ter um maior entendimento a respeito da história profética futura da nação de Israel. Vemos que Deus enviou um anjo com a resposta a Daniel logo no primeiro dia em que ele começou a orar [verso 12]. Entretanto, o anjo foi impedido de chegar a Daniel por três semanas inteiras! O que poderia ter acontecido para impedir que um anjo de Deus chegasse à Terra por três semanas, sendo que o tempo normal de "transporte" é menos de um segundo? A resposta está no verso 13:

"Mas o príncipe do reino da Pérsia me resistiu vinte e um dias, e eis que Miguel, um dos primeiros príncipes, veio para ajudar-me, e eu fiquei ali com os reis da Pérsia."

Essa passagem nos diz que um anjo de Deus foi atacado por um ser demoníaco mais poderoso do que ele, e foi impedido de chegar a Daniel por três semanas inteiras. Aposto que você não sabia que existem demônios que são mais poderosos que alguns anjos de Deus, sabia?

Além disso, vemos que o único meio pelo qual esse anjo pôde vencer o demônio foi pedindo ajuda a Miguel, o anjo guardião responsável pela defesa de Israel. Assim que Miguel veio em seu auxílio, o anjo pôde ir até Daniel para revelar a resposta de Deus às suas preces.

No entanto, em seguida, o anjo diz algo ainda mais surpreendente: no verso 20 ele diz que, ao retornar, terá de participar de uma batalha que está em andamento entre os anjos de Deus e os seres demoníacos "príncipe da Pérsia" e "príncipe da Grécia". O reino da Grécia, na época em que isso foi escrito, nem mesmo existia! Assim, somos levados a compreender que, na esfera celeste, tanto os anjos de Deus quanto os seres malignos estão lutando pelas nações muito antes de chegar o tempo de elas surgirem no cenário mundial.

Agora, observe que esses seres demoníacos são referidos como "príncipes". Em Daniel 10, a palavra para "príncipe" é sar, item 8269 na Concordância de Strong. Os significados para essa palavra são: capitão, chefe, governador ou senhor. Em outras palavras, esse ser demoníaco referido possuía poder de mando ou de autoridade. Tenha isso em mente, pois faremos referência logo mais neste artigo.

A verdadeira imagem da qual se fala aqui é que tanto Deus quanto Satanás encarregam seus emissários sobrenaturais de influenciarem os líderes humanos das nações individuais ao longo da história. O anjo tenta fazer o rei tomar decisões que implementarão o plano de Deus, enquanto o demônio tenta influenciar o rei a tomar decisões que servirão aos propósitos de Satanás. Essa imagem mostra Gogue influenciando o líder humano da Rússia, garantindo que as decisões que ele tomará e os pensamentos em sua mente levem o país à órbita de Satanás, para que o país tome decisões que promovam os planos de Satanás.

Felizmente, Deus nos dá uma visão mais clara desse aspecto terrivelmente importante da guerra espiritual nas regiões celestiais.

Em Isaías 14:1-11, Deus ironiza o maldoso rei humano de Babilônia que vai morrer em seguida e ser levado para o inferno. No verso 11, Deus diz como a pompa e a magnificência do rei da Babilônia são transformadas em nada, quando ele descer ao Seol. Então, de repente, no verso 12, Deus fala diretamente a Satanás, dizendo que terá o mesmo fim [versos 15-19].

No primeiro momento, Deus ironiza o rei humano da Babilônia e, no momento seguinte, ironiza Satanás com o mesmo linguajar, a mesma terminologia, o mesmo fim. Veja, Satanás estava agindo por trás do rei da Babilônia o tempo todo, influenciando suas decisões e seus pensamentos.

Temos uma percepção ainda mais clara dessa batalha sobrenatural que envolve as nações em Ezequiel 28:12-19. No verso 12, Deus fala ao rei de Tiro:

"Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura."

Muito embora essas palavras sejam muito lisonjeiras para um rei humano, Deus está mesmo falando ao rei de Tiro. No entanto, no próximo verso, vemos que Deus está também falando a Satanás!

"Estiveste no Éden, jardim de Deus." O que?! O rei de Tiro não estava vivo fisicamente na época do jardim do Éden, mas Satanás estava. Assim sendo, Deus está falando, mesmo no verso 12, a Satanás, que é o poder por trás do trono do profano rei de Tiro!

Voltando a Daniel 10, vemos que Satanás nem sempre intervém pessoalmente em todos os governantes das nações, mas delega essa responsabilidade aos seus demônios soberanos mais poderosos. A missão deles é estar constantemente acompanhando os reis aos quais foram alocados, influenciando seus pensamentos, planos, sentimentos e emoções, para que tomem medidas que favoreçam os planos de Satanás.

Deus, por outro lado, encarrega seus anjos poderosos da mesma tarefa com os mesmos líderes humanos. Embora Deus tenha o poder para vencer todas as batalhas, se decidir fazê-lo, atua em sua soberania de forma a não ganhar todas elas. Entretanto, Satanás não obtém nenhuma vitória que possa fazer com que Deus perca a guerra. Os objetivos, os planos e as profecias de Deus sempre serão cumpridos. No entanto, como em qualquer guerra programada, será permitido a Satanás "conquistar" algumas vitórias sobre os anjos de Deus.

Essa guerra em Ezequiel se encaixa de alguma forma nessa última categoria. Satanás receberá a permissão de trazer o líder humano da Rússia até a fronteira de Israel nos "últimos dias". Na verdade, a imagem aqui é a de que Deus está deliberadamente forçando o demônio soberano Gogue a atacar Israel.

Examinemos agora essa passagem de forma a trazer luz ao fato de que Deus está falando aqui ao demônio soberano, o Príncipe da Rússia:

"Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo: Filho do homem, dirige o teu rosto contra Gogue, terra de Magogue, príncipe e chefe de Meseque, e Tubal, e profetiza contra ele. E dize: Assim diz o Senhor DEUS: Eis que eu sou contra ti, ó Gogue, príncipe e chefe de Meseque e de Tubal." [Ezequiel 38:1-3].

Aqui, podemos ver que Deus está falando claramente a uma pessoa, um ser, chamando-o de "príncipe", "chefe" e até mesmo usando o pronome oblíquo "ti". A palavra usada aqui "príncipe" é o item 5387 na Concordância de Strong, naisy. Embora seja usada uma palavra diferente, os significados são os mesmos de "príncipe" em Daniel 10: capitão, chefe, governador ou senhor. Dessa forma, sabemos que Gogue é o mesmo tipo de personagem demoníaco que o "príncipe da Pérsia" e o "príncipe da Grécia" em Daniel 10.

"E te farei voltar, e porei anzóis nos teus queixos..." [Ezequiel 38:4].

Posso até ver, usando minha imaginação, um demônio no qual Deus colocou anzóis em suas poderosas mandíbulas. O "anzol" em questão é o mesmo que o freio de um cavalo, que é instalado na boca do animal e o machuca para fazê-lo virar a cabeça na direção que o cavaleiro desejar. Ao que parece, o demônio soberano está tentando levar a Rússia para uma direção diferente da qual Deus deseja, de modo que Deus coloca suas rédeas no queixo do demônio soberano e o faz virar, para que inicie seu ataque a Israel. Não somos informados quando, na linha de tempo profética, Deus colocará esse anzol.

Por oito vezes, no capítulo 38, Deus se refere a Gogue com o pronome pessoal "tu". É claro, essa é exatamente a forma que você esperaria que Deus se dirigisse a um personagem demoníaco. Veja todos os pronomes pessoais:

"Prepara-te, e dispõe-te, tu e todas as multidões do teu povo que se reuniram a ti, e serve-lhes tu de guarda. Depois de muitos dias (tu) serás visitado. No fim dos anos (tu) virás... junto aos montes de Israel..." [versos 7 e 8].

Acho muito interessante que Deus diga que Gogue estará controlando a situação na Rússia por "muitos dias", mas só a trará contra Israel no "fim dos anos". Deus parece estar dizendo que Gogue intervirá diretamente na Rússia por muitos anos, e no "fim dos anos" fará com que sua liderança marche contra Israel.

Sabemos com certeza que Gogue esteve trabalhando com a liderança comunista desde a Revolução de 1917. Entretanto, vemos a Rússia especificamente mencionada na visão demoníaca de Albert Pike de 1870 (veja os detalhes lendo os artigos N1015, "O Plano Demoníaco de Albert Pike Para a Implementação da Nova Ordem Mundial", N1056, "A Próxima Guerra Árabe-Israelense Está Extremamente Próxima — Parte 1 de 2" e N1057, "Parte 2 de 2") sobre como preparar o aparecimento do Anticristo. O objetivo fundamental da Primeira Guerra Mundial foi derrubar o governo czarista da Rússia; o objetivo fundamental da Segunda Guerra Mundial foi elevar a Rússia ao status de superpotência para que servisse de poder de Antítese, lutando contra os poderes da Tese do Ocidente, para que o sistema Síntese (a Nova Ordem Mundial) possa ser estabelecido (veja os detalhes lendo o artigo N1007, "Tese x Antítese = Síntese").

Achamos altamente provável que Gogue tenha sido atribuído ao governo czarista da Rússia pelo menos cem anos antes da Revolução. A história registra que o governo czarista estava profundamente envolvido em bruxaria nos mais altos níveis desde o fim do século XVIII. Isso enfraqueceu a união entre as pessoas e preparou a Rússia para o julgamento de Deus, que chegou com força total em 1917 na pessoa de Lênin. Conforme lamentou um velho sacerdote no momento em que a Rússia caiu nas mãos da Revolução Comunista: "Isto aconteceu porque nos esquecemos de Deus".

Mas, certamente, Gogue esteve por trás dos líderes comunistas na Rússia de 1917 em diante. O comunismo foi o pior e mais assassino sistema de repressão da história mundial. Não havia limites para executar qualquer um que se apresentasse como obstáculo à sua implementação. Estima-se que mais de 20 milhões de pessoas tenham sido executadas por Lênin e Stalin. O comunismo apropriadamente escolheu a cor vermelha para a sua bandeira, pois banhou a Rússia com sangue humano várias vezes. O pastor e autor cristão Richard Wurmbrand, prisioneiro por muitos anos em um Gulag, descreveu perfeitamente o espírito do comunismo:

"As revoluções não fazem o amor triunfar. Ao invés disso, matar torna-se uma mania. Nas revoluções russa e chinesa, após o comunismo ter executado dezenas de milhões de inocentes, eles não conseguiram parar de assassinar e matavam-se brutalmente uns aos outros... O comunismo é uma forma de possessão demoníaca coletiva." [Marx & Satan (Marx e Satanás), págs. 107-8].

Este símbolo realmente retrata o rio de sangue que precisa ser derramado para que o Anticristo possa aparecer. O comunismo certamente massacrou suas dezenas de milhões para preparar o mundo para o Anticristo.

Aí então, Deus profetiza de forma a demonstrar claramente o fato de que está falando a Gogue, que estará trazendo as forças armadas russas contra Israel. Veja:

"Então subirás, virás como uma tempestade, far-te-ás como uma nuvem para cobrir a terra, tu e todas as tuas tropas, e muitos povos contigo." [38:9].

Aqui, Deus se refere claramente a Gogue como sendo uma entidade separada das forças armadas que ele comandará.

Finalmente, Deus prediz a derrota das forças armadas lideradas por Gogue contra Israel:

"Nos montes de Israel cairás, tu e todas as tuas tropas, e os povos que estão contigo... Sobre a face do campo cairás, porque eu o falei, diz o Senhor DEUS." [39:4-5].

Deus destruirá o exército que Gogue trará contra Israel, destruindo até mesmo a terra de Gogue (Magogue), a própria Rússia. Assim, Gogue levará os líderes russos ao maior desastre nacional, pois Deus destruirá o exército e a nação. Parece que Gogue perderá seu emprego, não é?

O Retorno de Gogue ao Cenário Mundial Para Enganar Novamente os Líderes

"E, acabando-se os mil anos, Satanás será solto da sua prisão, E sairá a enganar as nações que estão sobre os quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, cujo número é como a areia do mar, para as ajuntar em batalha." [Apocalipse 20:7-8].

Quando Satanás for solto de sua prisão, após o Milênio, evidentemente trará Gogue consigo. Gogue imediatamente irá ao redor do mundo — os quatro cantos da terra — para sussurrar nos ouvidos dos líderes humanos rebeldes que devem juntar suas forças contra Deus novamente. Conforme dissemos anteriormente, os estudiosos da Bíblia não conseguiram explicar como Gogue, a quem vêem como um líder humano, pode morrer em seu ataque a Israel e estar de volta após o Milênio. Eles têm um problema não apenas com o fato de um líder humano estar voltando à vida, mas também com a idéia de que um líder humano possa viver por 1.000 anos.

No entanto, como Gogue é um demônio soberano, incumbido por Satanás de influenciar os governantes da Rússia e, mais tarde, de influenciar todas as nações, não temos tais problemas. Gogue é sobrenatural e não pode ser morto. Sendo sobrenatural, ele vive para sempre.

Observando tanto do aspecto ocultista como da Escritura, fica claro que o Gogue de Ezequiel 38-39 e de Apocalipse 20 é o demônio soberano da Rússia. Em breve, ele estará conduzindo o exército russo até o Oriente Médio, provavelmente através da Chechênia, para participar na planejada Terceira Guerra Mundial, a guerra descrita em Obadias, que verdadeiramente permitirá o aparecimento do Anticristo.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Tradução: Eduardo Perez Neto
Data de publicação: 23/5/2001
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1337.asp