Ganância — A Ruína de uma Nação

"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores." [1 Timóteo 6:10].

Recursos úteis para sua maior compreensão

As Igrejas Cristãs Estão Abrindo as Portas Para o Anticristo


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Os comerciais na televisão são geralmente um termômetro correto do que o público pensa sobre as coisas em geral. Um comercial que está sendo exibido atualmente mostra uma mulher tentando assistir televisão em um velho aparelho, em que a imagem e o som são deficientes. De repente, aborrecida, ela desliga o aparelho e diz o seguinte ao passar pelo seu marido. "— Você está certo; realmente precisamos de um novo aparelho de TV — vá comprar um para nós!" Ele então se vira com um aspecto de alegria no rosto, enquanto a música de fundo da banda britânica de Rock Queen, contando seu sucesso "I Want It All" atinge um crescendo. O estribilho diz: "Quero tudo isto, quero tudo isto, quero tudo isto e quero agora!"

Meus amigos, se é possível que uma canção caracterize as atitudes e ações de uma nação — essa canção é um exemplo perfeito!

O dinheiro é uma necessidade prática da vida e certamente não há nada de errado em possuir muito dinheiro se ele foi obtido de forma honesta. Mas o dinheiro se torna um mal para nós se permitirmos que ele nos governe, em vez de o contrário. Devido à tendência humana de colocar uma ênfase excessiva nos bens e riquezas, esta não é a primeira vez que escrevo um artigo para tratar o problema. Assim, se você estiver interessado, os seguintes artigos podem ser úteis para ajudá-lo a compreender os problemas potenciais do mau uso do dinheiro:

P124 — "O Cristão e a Riqueza: É Errado o Cristão Ser Rico?"

P229 — "Riquezas e Responsabilidades"

A atual crise financeira que está ocorrendo nos EUA foi causada por muitos fatores diferentes, mas a ganância é um denominador comum em todos eles. Pessoas reputadas como sãs e sensatas quiseram experimentar o sonho de consumo e acabaram cometendo irresponsabilidade fiscal na administração de seus orçamentos em uma escala nunca antes vista na história. Não satisfeitas em viver dentro dos limites de sua renda, milhões engoliram a isca que foi cuidadosamente colocada diante de seus narizes pelos "banquesteres" (um termo cunhado combinando-se as palavras "banqueiros" e "gângsteres"). A cocaína plástica conhecida como cartões de crédito se tornou disponível para praticamente qualquer pessoa e com o pleno conhecimento que a maioria gastaria até chegar à ruína financeira. O mesmo é verdadeiro no que se refere à atual situação com as "hipotecas de alto risco". As instituições financeiras sabiam que as pessoas já estavam no limite de suas capacidades financeiras, mas mesmo assim concederam empréstimos que a vasta maioria não poderia honrar quando ocorresse a inevitável elevação nas taxas de juros.

Por que você acha que os bancos fariam uma coisa aparentemente ridícula, como conceder crédito à milhões de pessoas, se sabiam que a maioria terminaria atolada em dívidas? Essas instituições financeiras não perdem dinheiro quando os devedores declaram falência pessoal? Sim, mas para descobrir como os banqueiros terminam obtendo lucros obscenos com essa manipulação do crédito, recomendo a leitura do seguinte artigo on-line, escrito por um pastor, intitulado "Billions For Bankers — Debt For The People": (Se você for como a maioria, os fatos mostrados serão uma total supresa!).

http://www.justiceplus.org/bankers.htm

Mas embora essa expoliação financeira da população seja o suficiente para fazer nosso sangue ferver nas veias, meu objetivo não é fazer as pessoas tentar "pegar" aqueles que são culpados por essa exploração. A probabilidade de ser bem-sucedido nessa tentativa é ridiculamente baixa e os cristãos não devem negligenciar o avanço do Reino de Jesus Cristo desperdiçando dinheiro em tentar endireitar as coisas erradas deste mundo. Somente Deus pode fazer isso e não encontro absolutamente nada em Sua Palavra que nos instrua a nos envolvermos nisso.

A questão vital que está diante de nós é a necessidade de os cristãos genuínos serem bons mordomos do dinheiro de Deus, a despeito desses males. Tudo o que temos, ou que algum dia teremos, pertence a Deus e apenas recebemos o privilégio de usar. Mesmo que às vezes as circunstâncias da vida pareçam requerer que assumamos uma dívida gerenciável — como uma hipoteca para a aquisição da casa própria em que as prestações estão dentro da nossa capacidade financeira — precisamos fazer todo o esforço para restringir a tendência carnal de comprar mais do que precisamos. Carros sofisticados, barcos e piscinas são coisas muito bonitas, mas se estiverem claramente fora de nossas possibilidades orçamentárias, precisamos exercer o bom senso de não adquirirmos esses bens. Ir em frente e comprar brinquedos que não podemos comprar, somente porque o crédito está disponível em suaves prestações é desonesto. Mais cedo ou mais tarde, o dia do acerto de contas chegará e, embora declarar falência pessoal possa fazer os credores deixar de incomodá-lo, isso não absolve o cristão de sua culpabilidade diante de Deus.

O seguinte ensino do Senhor Jesus Cristo nos instrui de forma clara e inequívoca no que se refere à riqueza pessoal:

"E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui." [Lucas 12:15].

"Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam." [Mateus 6:19].

"Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom." [Mateus 6:24].

"Não andeis, pois, inquietos, dizendo: Que comeremos, ou que beberemos, ou com que nos vestiremos? (Porque todas estas coisas os gentios procuram). De certo vosso Pai celestial bem sabe que necessitais de todas estas coisas." [Mateus 6:31-32].

"Pois que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro, se perder a sua alma? Ou que dará o homem em recompensa da sua alma?" [Mateus 16:26].

Se você está afogado em dívidas, saiba que não é o único nessa situação. Os EUA se tornaram a nação mais devedora do mundo e é bastante claro que o 'efeito bumerangue' está para acontecer. Em sua maioria, as famílias estão próximas de um desastre, bastando que alguém perca o emprego e a dura realidade terá de ser enfrentada. Estamos sendo manipulados por forças determinadas a nos destruir como uma nação e o plano maligno delas está se desenvolvendo com perfeição. Portanto, a coisa sensata é fazer todo o possível para se livrar das dívidas o mais cedo possível e, uma vez que a libertação for obtida, evitar a todo custo incorrer em novas dívidas.

Logicamente, muitas pessoas acabam se endividando devido às vicissitudes da vida. Problemas com saúde, a morte de um pai, que era o provedor na família, etc., são circunstâncias que freqüentemente nos atingem, mas é idiotice terminar nessa situação por causa da ganância pelos bens materiais!

Forrest Gump — o personagem que também é o título de um livro de Winston Groom, publicado em 1986, e que mais tarde foi transformado em um filme de mesmo nome, costumava repetir as seguintes palavras imortais: "Idiota é quem comete idiotice."



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Autor: Pr. Ron Riffe
Data da publicação: 17/7/2008
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/p301.asp