Alerta de Notícias de 20/1/2022, Quinta-Feira (Trechos Selecionados)

Cutting Edge Ministries

1. A história provavelmente considerará que o início da Terceira Guerra Mundial foi a Conferência de Imprensa de Biden, em 19/1/2022!

Resumo da Notícia: "Biden está convidando Putin a invadir a Ucrânia", The New York Post, 19/1/2022.

"Desde a revelação de uma grande concentração militar russa nas fronteiras da Ucrânia, a administração Biden iniciou um ciclo de iniciativas diplomáticas, culminando com a visita nesta semana do Secretário de Estado, Antony Blinken, à Ucrânia e à Alemanha. Na sexta-feira, Blinken se reunirá com seu correspondente russo, Sergei Lavrov, para conversações muito esperadas."

"A diplomacia cuidadosamente orquestrada da equipe Biden dá a impressão que uma equipe experiente está no controle. Mas, logo abaixo do verniz multilateral, esconde-se um erro fatal em sua abordagem: a crença, atualmente em moda nos círculos progressistas, que a deterrência militar está fora de moda." [ênfase adicionada].

Vimos o início desse erro fatal na administração do presidente Obama, quando ele perdeu o controle da Crimeia para a Rússia durante seu período de guarda. Agora, um obviamente incapacitado presidente Biden parece posicionado para transformar esse erro filosófico em perda de um aliado importante, a Ucrânia.

O "Balbuciante Joe" já iniciou sua capitulação a Vladimir Putin!

"A primeira reação do presidente Joe Biden à crise militar por causa da Ucrânia foi tirar publicamente as tropas terrestres americanas da mesa de negociações — inexplicavelmente comunicando ao presidente russo Putin os limites do nosso suporte."

Sem qualquer floreio, o presidente Biden já comunicou sua fraqueza a um dos líderes militares mais poderosos do mundo!

Em seguida, Biden caminhou até o pódio na noite passada para anunciar seu erro de estratégia para o mundo inteiro saber.

"Agora, uma 'pequena incursão', como Biden comentou na conferência de imprensa na quarta-feira, poderia levar o Ocidente a 'discutir o que fazer ou não fazer' ao aplicar sanções econômicas. Isto dificilmente causa algum temor no coração do Kremlin."

Os líderes ucranianos, cujas vidas, famílias e destinos estão realmente em risco por causa do urso russo, ficaram grandemente enfurecidos.

Resumo da Notícia: "'Não existem pequenas incursões', presidente ucraniano critica comentário de Biden", The New York Post, 20/1/2022.

"O presidente ucraniano Volodymyr Zelensky criticou duramente o presidente Biden na quinta-feira, depois que este indicou que a resposta americana a uma invasão russa à Ucrânia seria menos severa se a incursão fosse pequena."

"'Queremos lembrar as grandes potências que não existem pequenas incursões e países pequenos', Zelensky escreveu na rede social Twitter. 'Exatamente como não existem poucas baixas e pouca dor por causa da perda de pessoas queridas."

Embora Joe Biden possa provavelmente escapar da severa realidade de sua liderança falha, esses homens são aqueles que estão diante dos tanques, mísseis e tropas russas! Esses homens são aqueles cujos corpos poderão ser lançados em valas comuns quando as tropas russas invadirem.

E, para eles, os comentários de Biden são mortalmente perigosos e poderiam muito bem encorajar a Rússia a atacar rapidamente e com força total, para que a Ucrânia seja conquistada antes que o enfraquecido Ocidente possa reunir suas casas legislativas e discutir o quão "grande" ou "pequena" é a incursão.

A propósito, a China está seguindo uma estratégia idêntica. Como os chineses calculam que a liderança americana hesitará em ordenar que suas forças militares entrem em ação imediatamente, é bem provável que eles tenham pelo menos uma semana para conquistar Taiwan. Eles podem contar que políticos como Nancy Pelosi, Chuck Schumer, Mitt Romney, AOC e Ilhan Omar retardem o processo de debater como comprometer as forças americanas — ou não comprometer — o suficiente para permitir que a China triunfe e conquiste Taiwan.

Imediatamente após os comentários de Biden, a Secretária de Imprensa da Casa Branca tentou em vão "esclarecer" os comentários dele.

Resumo da Notícia: "Casa Branca Tenta Esclarecer a Gafe da 'Pequena Incursão' de Biden, Mas Somente Torna Tudo Pior", Red State, 19/1/2022.

"Joe Biden fez alguns comentários perturbadores durante a conferência de imprensa que causou muita consternação, tanto aqui quanto no exterior, quando falou sobre as ameaças da Rússia contra a Ucrânia. Biden disse que se o presidente russo Vladimir Putin fizer algum lance inválido contra a Ucrânia, ele imporá sanções. Mas, havia uma grande advertência na ameaça."

A Equipe Biden falou muito sobre impor sanções contra a Rússia caso ela invada a Ucrânia, mas vejo que essas ameaças não valem o papel em que estão escritas. Você se lembra da fotografia icônica do Massacre na Praça da Paz Celestial, de 1989, quando as forças militares chinesas esmagaram a dissidência que ameaçava se propagar por todo o país?

Uma foto que chamou a atenção do mundo foi um rapaz civil em pé diante de um enorme tanque de guerra! Embora a coragem daquele rapaz tenha sido impressionante, a influência prática naquela luta foi nula.

Eu imagino o presidente Biden com uma folha de papel na mão, com a lista de suas sanções, em pé diante de um tanque de guerra russo de 60 toneladas!

Joe Biden passou o último ano enfraquecendo os EUA de todas as formas possíveis, de modo que não consegue imaginar que o país hoje possa se manter no campo de batalha e resistir ao monstro russo.

O presidente Biden disse a Putin que toleraria uma "incursão", desde que não fosse uma "invasão"!

"Os ucranianos ficaram nervosos quando ouviram o que ele disse... 'Um alto funcionário do governo ucraniano... disse que ficou chocado ao ver o presidente Biden dar um sinal verde para Vladimir Putin desse modo.'"

"Isto dá o sinal verde para Putin entrar na Ucrânia no momento que ele desejar." [Idem].

Os tanques russos estão dando partida em seus motores!

Resumo da Notícia: "Rússia desloca mais tropas para o oeste, em meio a tensões com a Ucrânia", Military Times, 18/1/2022.

"Moscou — A Rússia está enviando tropas do extremo leste do país para a Bielorrússia, para realizar grandes exercícios militares, as autoridades do governo disseram na terça-feira, uma mobilização que fortalecerá ainda mais os ativos militares russos nas proximidades da fronteira com a Ucrânia, em meio a temores do Ocidente de uma invasão planejada."

(Nota: Este artigo aqui contém um mapa excelente dessa movimentação russa em direção à Bielorrússia.)

Resumo da Notícia: "Exercícios militares russos na Bielorrússia criam novas ameaças para a Ucrânia", Reuters News, 18/1/2022.

"Os exercícios militares conjuntos entre a Rússia e a Bielorrússia nas próximas semanas fornecerão ao presidente Vladimir Putin novas opções, caso ele decida atacar a Ucrânia... As manobras 'Decisões Aliadas' ocorrerão nas proximidades da fronteira ocidental da Bielorrússia com a Polônia e Lituânia, que são membros da OTAN (NATO) e sua fronteira-sul com a Ucrânia. A Rússia já tem dezenas de milhares de soldados ao norte, leste e ao sul da Ucrânia."

"A mobilização de forças russas na Bielorrússia cria uma nova linha de frente potencial para os planejadores militares ucranianos se preocuparem... Reforçar essa área significará levar menos tropas para outros lugares e deslocar forças das posições que estão diante do sudoeste da Rússia, a região do Donbass, que é apoiada pela Rússia, na região leste da Ucrânia, em que Kiev perdeu o controle em 2014 e a Península da Crimeia, que a Rússia tomou da Ucrânia naquele ano. 'Eles não têm tropas suficientes, de modo que terão de fazer algumas escolhas."

2. O Secretário de Estado Blinken chegou à Ucrânia e foi logo dizendo: "A Rússia poderá atacar em bem pouco tempo."

Resumo da Notícia: "Blinken chega à Ucrânia e diz que a Rússia poderá atacar em pouco tempo", Reuters News, 19/1/2022.

"O Secretário de Estado dos EUA, Antony Blinken, chegou a Kiev na quarta-feira, para um rápido giro diplomático, no esforço de atenuar as tensões com Moscou em relação à Ucrânia, advertindo que a Rússia poderá lançar um novo ataque em bem pouco tempo."

A China continua sua ofensiva diplomática contra Taiwan, reforçando a possibilidade que essa Terceira Guerra Mundial terá a China aliada com a Rússia, lutando contra lados opostos do globo!

Para este fim, o presidente russo Putin se reunirá com o presidente chinês Xi Jinping em 4 de fevereiro.

Resumo da Notícia: "Putin Terá Encontro de Cúpula com Xi Jinping no Início da Olimpíada de Pequim", Breitbart News, 20/1/2022.

"A mídia estatal russa reportou na terça-feira que o líder Vladimir Putin se reunirá com o ditador chinês Xi Jinping em 4 de fevereiro, o início da Olimpíada de Inverno de Pequim. O encontro de cúpula incluirá coordenação entre os regimes autoritários sobre a alegada e potencial invasão russa à Ucrânia." [ênfase adicionada].

A questão de Taiwan será a prioridade na agenda que esses dois líderes seguirão.

"Além de se simpatizar com Putin em uma questão que poderia colocar a China e a Rússia ainda mais em alinhamento contra as potências ocidentais, a China poderia estar observando a saga da Ucrânia de perto para obter indicações de como os EUA e seus aliados responderiam a uma invasão de Taiwan... A China pode também estar observando a situação na Ucrânia para avaliar o declínio da influência ocidental em geral, ou a fraqueza da administração Biden em particular."

3. Os EUA continuam a provocar o urso panda chinês: dois dos sistemas de armas mais poderosos dos EUA estão agora na região do Mar da China.

Resumo da Notícia: "Mensagem para a China — A Arma Naval Mais Poderosa dos EUA Vem à Superfície e Aparece em Guam", American Defense News, 19/1/2022.

"Uma das armas mais poderosas no arsenal da Marinha dos EUA fez uma rara parada em Guam no fim de semana, enviando uma mensagem para os aliados e adversários, em meio às crescentes tensões no Indo-Pacífico... O USS Nevada, um submarino nuclear da classe Ohio, que transporta 20 mísseis balísticos Trident e dezenas de ogivas nucleares, atracou na base da Marinha no território insular americano no Pacífico no sábado. Esta é a primeira visita de um submarino nuclear equipado com mísseis balísticos a Guam desde 2016..."

"'A visita ao porto fortalece a cooperação entre os EUA e seus aliados na região, demonstrando a capacidade, flexibilidade, prontidão e compromisso continuado dos EUA com a segurança e estabilidade da região do Pacífico', disse uma declaração da Marinha."

Mas, outros ativos militares também foram deslocados para a região!

Resumo da Notícia: "Grupo de batalha do porta-aviões Carl Vinson e o grupo anfíbio Essex realizam operações no Mar do Sul da China", Navy Times, 18/1/2022.

"O grupo de batalha do porta-aviões Carl Vinson e o Grupo Anfíbio Essex, que inclui a Décima Primeira Unidade Expedicionária Embarcada dos Fuzileiros Navais, completou operações de treinamento no Mar do Sul da China no domingo."

"A missão do Carl Vision é a primeira a embarcar o jato-caça F-35C Lightning e o CMV-22 Osprey, atribuídos ao Grupamento Aéreo 2 do porta-aviões. As operações no Mar do Sul da China marcam a primeira vez que um grupo anfíbio opera com um avançado Grupamento Aéreo do Futuro', de acordo com o serviço."

Quando o presidente Biden for confrontado pelos ataques combinados da Rússia e da China, a derrota dele não virá de uma falta de capacidade militar, mas de sua falta de vontade.

Biden se recusará a "puxar o gatilho" e ordenar que as forças americanas pré-posicionadas na região intervenham. Isto por causa dos subornos monumentais e chantagens furtivas a Hunter Biden, mais a insidiosa infiltração do Partido Democrata pelas doutrinas de Nova Era, que erodem o apoio aos estados-nações, acreditando que esse sistema é destrutivo e que precisa ser substituído por uma ditadura global.

5. Grã-Bretanha, República Checa e Israel irão descontinuar os Decretos da Vacinação.

Resumo da Notícia: "Se a Variante Ômicron Cria Imunidade de Rebanho, Então o Que Acontecerá?", Red State, 20/1/2022.

"A biologia das pandemias é que elas naturalmente se enfraquecem por meio de um processo de imunidade de rebanho, em que a população foi exposta à doença e desenvolve certo grau de resistência. Esta capacidade de lidar com a doença pode se manifestar por vacinação artificial, ou passando pelo ciclo da doença. De um modo ou de outro, isso inocula o rebanho."

"À medida que as vacinas se tornam disponíveis, o afrouxamento das restrições dos confinamentos começou a ser explorado. Nos EUA, isso transformou-se em um remendo nas políticas no nível estadual e dos condados, o que criou muito caos político. Se as estratégias de controle da população ainda fazem sentido médico ou científico, particularmente na segunda metade de 2021, à medida que as taxas começaram a subir, é questionável; mas o medo humano é previsível."

"Acho que após este surto, a maior parte das pessoas no mundo será vacinada ou infectada. Portanto, toda a população global obterá a imunidade de rebanho', disse Shangxin Yang, um microbiólogo com doutorado em Saúde Clínica da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA), 'o que faria o vírus SARS-CoV-2 tornar-se endêmico."

"O artigo da UCLA indica que isto poderá ser um desenvolvimento promissor na trajetória da pandemia. 'Quando olhamos 10 anos para trás a partir de hoje, acho que o aparecimento da variante Ômicron será considerado um evento marcante, por que realmente trouxe a luz para o fim do túnel', diz o Dr. Yang. 'Podemos ver potencialmente como a pandemia poderá terminar ou se tornar endêmica.'"

Dada esta realidade, devemos esperar que os líderes nacionais começarão a modificar suas estratégias para manter o vírus sob controle.

Resumo da Notícia: "Grã-Bretanha, República Checa e Israel Desistem dos Passaportes da Vacinação", American Greatness, 19/1/2022.

"A Grã-Bretanha, a República Checa e Israel estão voltando atrás nos decretos de vacinação para a Covid, em meio à crescente evidência que as vacinas não são confiáveis e estão tornando a pandemia pior."

"Está se tornando cada vez mais difícil negar os fatos óbvios e reluzentes que as taxas de infecção da Covid estão aumentando em todo o mundo em proporção com a taxa de vacinação e que as injeções têm efeitos colaterais adversos pavorosos, que podem estar contribuindo para um aumento acentuado em todas as causas de mortes."

"À luz da crescente conscientização que as vacinas estão falhando, não deve ser surpresa que as ações da Moderna e da BioNTech nas Bolsas de Valores caíram de 8 a 10% nesta semana, 60% desde agosto... O governo israelense está propondo que o sistema de passaporte 'Passe Verde' seja descontinuado gradualmente, pois não é mais relevante neste tempo de variante Ômicron."

Entretanto, Bill Gates não quer que ninguém relaxe, de modo que diz que outro vírus irá atingir a humanidade e que será muito mais mortal do que qualquer forma de Covid-19!

Resumo da Notícia: "Bill Gates adverte a respeito de pandemias que poderão ser muito piores do que a Covid", Yahoo News, 19/1/2022.

"Enquanto os casos de Covid-19 dirigidos pela variante Ômicron crescem em todo o mundo, Bill Gates advertiu a respeito de pandemias piores do que a atual... O Sr. Gates exortou os governos a contribuírem com bilhões de dólares para evitarem a propagação de pandemias futuras, que poderiam incluir números de mortes muito piores do que a pandemia da Covid."

Se a variante Ômicron cria uma "imunidade de rebanho", então o controle que os políticos têm sobre nós desaparece.

Este ponto seria um bom momento para refletir a respeito das origens desta crise atual:

"As sociedades secretas estavam planejando, já em 1917, inventar uma ameaça artificial... de modo a unir a humanidade em um governo único que eles chamam de Nova Ordem Mundial." [William Cooper, Behold a Pale Horse, pág. 27].

"Tomar o controle do mundo... para reduzir... a população a um nível seguro por meio de um processo de escravidão e genocídio benevolentes... A única alternativa que restou para a Elite governante foi aumentar a taxa de óbitos... O Dr. Aurelio Peccei, do Clube de Roma... defendeu a ideia que uma praga seja introduzida e que tenha o mesmo efeito que a Peste Negra na história." [Bill Cooper, Behold a Pale Horse, pág. 49, 167].

O propósito original dessa pandemia foi introduzir uma praga que mataria tanto quanto a 'Peste Negra da história', um número que chegou a 200 milhões de pessoas!

Então, e somente então, a Elite globalista poderá "tomar o controle do mundo", infligindo sobre a humanidade "uma escravidão e um genocídio benevolentes"!

Esta variante mortal ainda não foi liberada e, provavelmente, somente será liberada quando o Homem Aperfeiçoado, o Cristo maçônico, estiver na cena internacional.

Para este fim profético, a Terceira Guerra Mundial está aparecendo no horizonte.

Você está preparado para se encontrar com Jesus Cristo? Você já nasceu de novo por meio do sangue derramado por Cristo no Calvário? Em caso afirmativo, você pode verdadeiramente "olhar para cima, pois nossa redenção está próxima".

[Texto original completo em https://www.cuttingedge.org/newsletters/newsalertarchives/2022/News_Alert_012022.htm]

Data da publicação: 22/1/2022
A Espada do Espírito: https://www.espada.eti.br/alerta-2022-01-20.htm


Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.