Boletim de 15/9/2020, Terça-Feira (Trechos Selecionados)

Cutting Edge Ministries

Se você é um leitor assíduo dos artigos, considere tornar-se um assinante e contribuir para a manutenção do site. Veja as informações aqui: http://www.espada.eti.br/contrib.htm

Análises das Notícias Críticas — Fim dos Tempos

1. Os planos de vitória dos Democratas consistem em entrar com tantos processos judiciais, imediatamente após a eleição, que Nancy Pelosi venha a ocupar a presidência!

Resumo da Notícia: "Preparando-se para os processos judiciais na eleição, Biden contrata centenas de advogados e dois ex-procuradores gerais", BPR News, 14/9/2020.

"O candidato Democrata Joe Biden está construindo uma enorme operação legal, preparando-se para a eleição de novembro, que deverá quebrar os recordes de comparecimento e dependerá mais do que nunca das cédulas de votação enviadas pelos Correios..."

A primeira chave para o sucesso Democrata é alongar o fim, para que ninguém seja declarado vencedor na noite da eleição. Você ouvirá muito sobre "todos os votos precisam ser computados", à medida que as cédulas eleitorais continuarem a ser remetidas para os centros de apuração em todo o país.

Os advogados dos Democratas também exigirão uma recontagem.

Em segundo lugar, Joe Biden não irá reconhecer a derrota, em hipótese alguma.

Resumo da Notícia: "O Próximo Sapato Democrata a Cair: 'Um Sapato de Salto Alto da Presidente Pelosi", Canada Free Press, 3/9/2020.

A chave é manter o processo em andamento, até que o calendário chegue até o dia após o Dia da Posse!

"Eles farão a recontagem durar até o Dia da Posse, quando se aproveitarão de uma lei que permite que o presidente da Casa dos Representantes atue como presidente provisório até que a recontagem dos votos seja autorizada. Vinte de janeiro de 2021 será o dia quando o sapato de salto alto de Nancy Pelosi virá com velocidade máxima sobre a cabeça da América."

Até o presidente Trump admitiu que esta ameaça é muito real.

"Trump disse: 'Eu realmente não acho que vocês saberão alguma coisa na noite — qualquer coisa significativa ou qualquer coisa real — na noite de 3 de novembro. Vocês não saberão o que aconteceu. Não acho que vocês saberão duas semanas mais tarde. Não acho que vocês saberão quatro semanas mais tarde. E não sei o que irá acontecer. Há uma teoria que se o resultado não for conhecido até o fim do ano, a maluca Nancy Pelosi se tornará presidente. Vocês sabem isto, não?"

"Conseguem imaginar as eleições americanas democráticas chegarem até as mãos dos Democratas, como Pelosi, tomarem decisões, conhecendo 'todas as regras e os truques possíveis de modo a roubar os votos?!"

Como os Democratas esquerdistas são ateus, eles não reconhecem os mandamentos absolutos do Deus Todo-Poderoso. Portanto, eles revertem de volta para a ímpia falta de padrões, acreditando, como os comunistas, que o fim justifica os meios!

Este artigo então termina, dizendo: "O sapato de salto alto de Pelosi, a presidente da Casa dos Representantes, parece estar pronto para vir voando até a cabeça do povo americano."

Em outras palavras, como presidente, Pelosi poderia desfazer grande parte das realizações do presidente Trump, especialmente na área econômica. O mercado de ações entrará imediatamente em colapso e os investidores venderão seus ativos por qualquer valor que consigam obter e depois enviarão o dinheiro para o exterior, onde as autoridades não possam tocá-lo.

Os inimigos de Israel provavelmente atacarão com força total, sabendo que há uma presidente no cargo que é fraca na questão da proteção a Israel. Eles atacarão enquanto essa presidente fraca estiver ocupando o gabinete oval da Casa Branca.

Pelosi reverterá as decisões econômicas de Trump, como o imposto de renda da pessoa física e das empresas, lançando assim a economia em um buraco negro do consumo no varejo.

Em outras palavras, como presidente, Nancy Pelosi poderá infligir um grande estrago sobre o país, e pode até mesmo ordenar que as forças militares americanas prendam Trump e os membros de seu gabinete, quando eles tentarem recuperar o cargo que foi dado a eles pela clara maioria dos eleitores, que lançaram seus votos válidos nas urnas.

O que Donald Trump pode fazer para impedir essa carnificina política?

A estratégia de Trump é clara: Estabelecer uma 'ditadura benevolente' e suspender 'temporariamente' a Constituição!

Primeiro, o presidente Trump precisa agir para congelar os resultados da eleição, alcançados até o fim do dia 3 de novembro. Ele precisa declarar vitória com base nos resultados reportados de 3 de novembro. Ele não pode sequer permitir a possibilidade de estender a contagem dos votos até um futuro obscuro.

Em segundo lugar, o presidente será forçado por essas graves circunstâncias a executar o plano que foi publicado pela primeira vez cerca de 200 anos atrás.

"Os cristãos são um rebanho de carneiros e nós somos os lobos! E bem sabeis o que acontece aos carneiros quando os lobos penetram no redil! Fecharão ainda os olhos sobre tudo o mais, porque nós lhes prometeremos restituir todas as liberdades confiscadas, quando se aquietarem os inimigos da paz e os partidos forem reduzidos à impotência. É inútil dizer que esperarão muito tempo esse recuo ao passado." (Protocolo dos Sábios de Sião, Protocolo 11, "O Estado Totalitário").

Em outras palavras, o presidente Trump precisa aparecer diante das câmeras de televisão no fim da noite do dia 3, ou cedo de manhã do dia 4.

Ele explicará em detalhes a ameaça que uma contagem prolongada dos votos pode representar para o país e a parte específica exercida pelos Democratas esquerdistas e comunistas. Ele poderá até afirmar que tanto a Rússia quanto a China interferiram na eleição e podem realmente exercer controle na Casa Branca. Portanto, ele estaria forçado a agir para evitar esse tipo de derrubada por uma potência estrangeira.

Ele dirá, de acordo com os Protocolos acima, que lamenta muito que tenha de derrubar a Constituição temporariamente e poderá até derramar uma ou duas lágrimas diante das câmeras.

Irá o povo americano aceitar essa descarada eliminação da República?

Os eleitores que lançam seus votos nas urnas provavelmente aceitarão esta ação, embora de forma relutante.

Mas, os eleitores esquerdistas não aceitarão a ação do presidente e ocuparão imediatamente as ruas com seus equipamentos para provocar agitações violentas e tentarão incendiar os edifícios públicos.

Portanto, enquanto o presidente estiver iniciando seu discurso na televisão, tropas militares precisam subitamente ocupar as principais estradas, pontes, e as empresas prestadoras de serviços de água, energia elétrica, telefonia, etc. A Lei Marcial será imposta temporariamente e uma nova quarentena declarada.

Os Protocolos dos Sábios de Sião nos dizem que os cidadãos não poderão confiar em nada que os líderes digam! Veja: "O principal fator de sucesso na política é a natureza confidencial de suas realizações: o mundo não deveria concordar com as ações dos diplomatas."

O presidente Trump seria então aconselhado a prender todos os líderes Democratas e Republicanos, que planejaram ilegamente sua derrubada e enviá-los para a prisão na Base de Guantanamo, aplicando os poderes da Lei Patriota!

"Quando vier o nosso reinado, nossos oradores raciocinarão sobre os grandes problemas que emocionaram a humanidade, para lavá-la afinal ao nosso regime salutar. Quem duvidará, então, que todos esses problemas foram inventados por nós de acordo com um plano político que ninguém adivinhou durante séculos?" [Protocolo dos Sábios de Sião, fim do Protocolo 13].

Entretanto, toda esta agitação e instabilidade não interferirão com a profecia de Apocalipse 18:7, que prediz uma prosperidade econômica sem precedentes no fim da existência nacional deste país. Veja o Lembrete Profético, no fim deste boletim.

Quando o presidente Trump tomar controle "temporário" como Ditador absolutista, ele pode preservar as realizações de seu primeiro mandato, e pode dar confiança aos mercados financeiros no futuro econômico dos EUA.

Quando Adolf Hitler chegou ao poder na Alemanha em 1934, o país estava atolado em grandes dificuldades econômicas. Não somente os alemães estavam sofrendo com as consequências de sua derrota na Primeira Guerra Mundial, mas o Tratado de Versalhes infligiu enormes sofrimentos sobre o povo alemão. Depois de obter o poder em 1934, Hitler conseguiu acordos com as potências ocidentais, que investiram grandes somas de dinheiro na economia e permitiram a geração de empregos, colocando a população de volta para o trabalho.

Desde 1934 até 1 de setembro de 1939, os alemães desfrutaram de grande confiança em seu futuro e nas promessas de Hitler. O povo alemão usufruiu de excelente prosperidade material, embora o governo fosse uma Ditadura Absolutista!

O presidente Trump realizará as duas coisas: uma excelente prosperidade e benevolência do ditador Trump!

Além disso, depois que a Constituição for dissolvida, a questão de formar um governo político para governar a Supernação 1 (USMCA/NAFTA) será muito mais fácil de realizar.

Ninguém poderá questionar qualquer artigo ou cláusula do novo governo regional com base na Constituição, pois esta foi "temporariamente" eliminada.

Depois que a Constituição for dissolvida, não teremos mais "Liberdade de Expressão" ou "Direito de Possuir e Portar Armas" e nenhum direiro a "Adorar Livremente", e muitos outros direitos. Na verdade, a eliminação da Constituição é um objetivo dos Illuminati há muito tempo.

Mas, profeticamente, eliminar a Constituição tornará possível para o restante das Supernações se formarem, e Daniel 7:7-7-8 poderá ser cumprido.

"Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres. Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno, diante do qual três dos primeiros chifres foram arrancados; e eis que neste chifre havia olhos, como os de homem, e uma boca que falava grandes coisas." [Daniel 7:7-8].

Portanto, depois que Trump formar a Supernação 1, o caminho estará aberto para o restante do mundo seguir o exemplo e, então, o Anticristo poderá aparecer imediatamente.

Esta semana foi espetacular, no que se refere à profecia bíblica.

1) Nancy Pelosi, a presidente da Casa dos Representantes, usou linguagem de Nova Era ao descrever os incêndios descontrolados, que aparecem vividamente nos escritos de Nova Era, mas sempre no contexto do vindouro Cristo da Nova Era (o Anticristo) quando ele aparecer e assumir o papel de protetor da Mãe Gaia. (Leia o detalhes completos no artigo News2568, intitulado "Mother Earth / Gaia Is Angry With Us — Nancy Pelosi" (não traduzido)).

2) O cenário pelo qual o presidente Trump pode estorvar uma tomada do poder pelo Partido Democrata poderá muito bem levar à formação e estabelecimento da Supernação 1, o que daria ímpeto para o aparecimento do Anticristo.

Os cristãos precisam preparar seus corações para o Arrebatamento da igreja, que pode ocorrer em breve!

(Nota: O texto acima descreve um cenário possível, mas não é uma previsão.)

2. O presidente Trump alcança um acordo de paz histórico entre Israel, os Emirados Árabes Unidos e Barein.

Resumo da Notícia: "Trump receberá líderes árabes e israelenses para assinatura história de acordo de paz", World Israel News, 15/9/2020.

"Na próxima terça-feira, os EAU e Barein assinarão os Acordos de Abraão com Israel na Casa Branca, quando as duas nações árabes estabelecerão relações diplomáticas plenas com o Estado Judaico. Mais de 700 diplomatas, autoridades e dignatários convidados são esperados para virem à Casa Branca para a assinatura histórica do Acordo de Paz entre Israel e os dois Estados árabes do Golfo Pérsico: os Emirados Árabes Unidos e Barein."

"Netanyahu e os ministros das Relações Exteriores dos EAU e Barein assinarão os documentos, chamados de 'Acordos de Abraão', em homenagem ao patriarca das três maiores religiões monoteístas do mundo: Judaísmo, Cristianismo e Islã."

Agora, podemos compreender por que Israel esperou até que tivesse dois países islâmicos prontos para assinar esse acordo: eles queriam sinalizar o tipo de acordo que este acabaria sendo.

"Junto com o estabelecimento dos vínculos diplomáticos Israel-EAU e Israel-Barein, os três países também marcaram a realização de um acordo trilateral, com o presidente Donald Trump assinando como testemunha. A cerimônia é a culminação de vários anúncios inovadores que começaram um mês atrás, quando o presidente Trump anunciou que os EAU e Israel estabeleceriam relações diplomáticas e que vários outros países iriam fazer o mesmo em seguida. O Secretário de Estado Mike Pompeo visitou então a região, para se reunir com os líderes outros países que tinham endossado o acordo de paz Israel-EAU, incluindo o Sudão, Barein e Omã."

A maioria das nações islâmicas no Oriente Médio já expressou o interesse de querer estabelecer relações normais com o dinâmico Israel, em vez de continuarem estagnadas no atoleiro das dificuldades econômicas, como todas as nações islâmicas provaram estar.

Esses países querem se unir aos EUA e Israel para propiciarem prosperidade econômica para suas populações.

Mas, parece que Israel teve de pagar um preço para conseguir esse acordo.

Resumo da Notícia: "O Acordo de Paz EAU-Israel será implementado em fases, para impedir Israel de aplicar a soberania antes de 2024", Israel National News, 15/9/2020.

"O Tratado de Paz, que será assinado em breve entre Israel e os Emirados Árabes Unidos não será implementado imediatamente... mas será executado em etapas. Com Israel preparado para assinar um Tratado de Paz com os EAU e uma 'Declaração de Paz' com Barein na Casa Branca, na terça-feira, uma reportagem da Bloomberg afirma que o tratado entre Israel e os EAU será implementado de forma incremental, ao longo de três fases..."

"O acordo foi construído desse modo por solicitação dos EAU, que procurou garantir que Israel não aplicasse a soberania sobre partes da Judeia e Samaria no futuro próximo... a administração Trump prometeu aos EAU que não reconheceria qualquer decisão por parte de Israel de aplicar soberania sobre a Judeia e Samaria antes de 2024 — o último ano de Trump no cargo, se ele for reeleito em novembro próximo."

Esta decisão é inteligente, pois permite que as nações árabes e Israel cheguem imediatamente um acordo e coloquem de lado a questão da soberania israelense ser expandida, adiando-a por mais quatro anos.

Israel está olhando atentamente para esta questão da soberania nacional. O país existe há quase 4.000 anos naquela terra e a profecia bíblica diz que, eventualmente, Israel herdará todo o território que Deus prometeu a Abraão: todo o atual Israel, quase metade do Líbano e da Síria, o Deserto do Negueve, uma parte do Iraque, indo até o rio Eufrates.

O país pode esperar mais alguns anos (até 2024) para tomar o controle.

Os palestinos estão isolados de seus irmãos árabes como nunca antes e isso significa que eles buscarão a guerra ou a paz.

Resumo da Notícia: "Autoridade Palestina marcará 'dia negro' para lamentar a normalização árabe", Israel National News, 14/9/2020.

"A assinatura de acordos de normalização entre Israel e os dois Estados do Golfo Pérsico, em Washington, equivalerá a outro 'dia negro' para o mundo árabe, o premiê da Autoridade Palestina disse na segunda-feira."

Tanto a Autoridade Palestina (AP) baseada na Judeia e Samaria e o movimento islâmico Hamas, que governa Gaza, condenaram os acordos patrocinados pelos EUA como uma 'facada nas costas' do povo palestino."

Resumo da Notícia: "Primeiro-ministro dos EAU critica 'atores não-árabes, não-Estados' pela 'resistência perpétua'", DEBKAfile, 15/9/2020.

"O Ministro das Relações Exteriores dos EAU, Abdullah bin Zayed Al Nanhyan escreveu um artigo que foi publicado na terça-feira no Wall Street Journal, que a assinatura dos Acordos de Paz (que ele irá oficiar na Casa Branca) são um lembrete que 'os cidadãos dos Emirados, os israelenses e todos os povos do Oriente Médio estão cansados de conflitos."

De fato, em muitas ocasiões durante os últimos 50 anos, os palestinos receberam cerca de 90% daquilo que exigiam, somente para desistirem e deixarem as conversações no último momento. Eles diziam repetidamente ao mundo que a única "paz" que eles aceitariam era a "Paz do Túmulo" para Israel.

Para os palestinos, os objetivos ideológicos eram muito mais importantes do que a mera prosperidade material.

Mas, agora, outros Estados islâmicos romperam com essa filosofia; eles querem a prosperidade financeira prometida por Israel e pelos EUA! Este é o desejo fundamental deles agora, não o conflito contínuo com Israel.

O ministro da Relações Exteriores dos EAU disse bem: "Queremos vizinhos normais."

3. O Irã ameaça retaliação contra Barein, por concordar em fazer um Acordo de Paz com Israel.

Resumo da Notícia: "O Irã Jura Vingança Contra Barein, por Fazer a Paz com Israel", United With Israel, 14/9/2020.

"A Guarda Revolucionária do Irã disse que o 'governante de Barein deve esperar uma dolorosa vingança islâmica por parte dos combatentes pela libertação de Jerusalém'."

"Em uma declaração para a agência de notícias iraniana Tasnim, a Guarda Revolucionária disse que 'aqueles que são responsáveis pela traição serão os alvos de dolorosa vingança por parte do povo de Barein."

"A população de Barein é 60% xiita, enquanto que a casa real é sunita. A Arábia Saudita é sunita e o Irã é xiita, de modo que Barein está preso no meio. Contudo, o monarca de Barein decidiu que a prosperidade econômica será mais importante para seus súditos do que mais da amarga fermentação de lutas e ameaças constantes."

"O Hezbolá também fez ameaças contra Barein e, em uma declaração na rede de televisão Al-Manar TV, prometeu que a resposta virá dos 'povos livres e das facções da resistência palestina'."

O presidente Trump reage fortemente aos relatórios da Inteligência que o Irã planejou assassinar o embaixador americano na África do Sul, como retaliação pelo assassinato do general iraniano Soleimani, por seu papel de liderança no terrorismo.

Resumo da Notícia: "Trump Faz Advertência Após Plano Iraniano de Assassinato Ser Reportado", Townhall, 15/9/2020.

"O presidente Trump advertiu na segunda-feira os líderes iranianos que qualquer tentativa de assassinato, ou outro ataque contra os EUA, em retaliação pelo assassinato do líder do terror Qassem Soleimani, provocaria uma resposta muito pior."

O presidente continuou:

"De acordo com reportagens na imprensa, o Irã pode estar planejando um assassinato, ou outro ataque, contra os EUA em retaliação pelo assassinato do líder terrorista Soleimani, que foi perpetrado por ele planejar um futuro ataque, para matar soldados americanos, mortes e sofrimentos causados ao longo de muitos anos', o presidente escreveu na rede Twitter. 'Qualquer ataque por parte do Irã, de qualquer forma, contra os Estados Unidos, será respondido com um ataque ao Irã, que será 1.000 vezes maior em magnitude!"

Os órgãos de Inteligência reportaram para o presidente o alvo mais provável para o assassinato.

"De acordo com os relatórios, o Irã estava de olho em Lana Marks, a embaixadora americana na África do Sul... A comunidade de Inteligência não tem certeza por que os iranianos tinham Marks na mira, que tem poucos vínculos com o Irã. É possível que os iranianos tenham levado em consideração a longa amizade dela com Trump."

Os iranianos precisam considerar que o presidente Trump NÃO é o presidente Obama, e que o Secretário de Estado Mike Pompeo NÃO é a Secretária de Estado Hillary Clinton.

Este cenário não se tornará outra Benghazi!

5. Candidata a vice-presidente Kamala Harris fala de seus planos durante um "governo Harris"!

Resumo da Notícia: "Kamala Harris divulga acidentalmente planos em uma 'administração Harris' durante mesa-redonda virtual", Fox News, 15/9/2020.

"Kamala Harris, parceira de chapa de Joe Biden na eleição de 2020, chamou a atenção na noite da segunda-feira depois de divulgar acidentalmente planos econômicos em uma 'administração Harris'."

"... a senadora da Califórnia pareceu rapidamente sugerir que estava na chefia da chapa dos Democratas. Uma administração Harris, junto com Joe Biden como o presidente dos Estados Unidos', ela disse. Ela clarificou: 'A administração Biden-Harris fornecerá acesso a US$ 100 bilhões em empréstimos e investimentos a baixas taxas de juros aos proprietários de negócios das minorias."

De algum modo, a verdade sempre vem à tona.

6. O discurso de Joe Biden sobre a Mudança Climática estava repleto de mentiras.

Resumo da Notícia: "Fundador de JunkScience: Discurso de Biden Sobre o Clima Foi uma Falsidade Após a Outra", 15/9/2020.

"O fundador de JunkScience.com reagiu ao discurso de Joe Biden sobre Mudança Climátia na segunda-feira, dizendo que 'continha uma falsidade após a outra'."

"Os incêndios descontrolados na Califórnia são naturais. O que não é natural é ignorar a necessidade da gestão florestal. @JoeBiden queimaria a Califórnia inteira."

"Steve Milloy disse em uma declaração momentos após o discurso de Biden sobre o meio ambiente que ele estava 'repleto de falsidades, falsidades que garantem que os incêndios descontrolados queimarão muito mais do Oeste americano."

"Biden afirmou que os incêndios descontrolados foram causados pela mudança climática, a qualidade do ar estava matando as pessoas, e a poluição atmosférica e Covid estavam matando ainda mais pessoas. Os cientistas sabem que a Califórnia é propensa a períodos prolongados de secas naturais de grande extensão. Sem a gestão de florestas, a Califórnia queimará até que não exista nada mais para queimar."

Eu me pergunto o que aconteceria se uma grande cidade, como San Francisco ou Portland (estado de Oregon) queimasse até virar cinzas? Como todos os estados da costa oeste, Califórnia, Oregon e Washington, são governados por políticos esquerdistas que acreditam na bobagem que 'a Mãe Gaia está furiosa', eu não ficaria surpreso em saber que uma grande cidade foi deixada para queimar até virar cinzas.

Um fator que precisa ser afirmado muito fortemente é que a li derança da Califórnia segue as recomendações de políticos muito mal informados — e politicamente motivados. Eles ap rovaram leis que revertem as práticas de gestão floresta e forçara a conformidade com os objetivos de mudar para a 'energia limpa' e fecharam dezenas de centrais termoelétricas, que operavam usando carvão.

Qual foi o resultado?

"A Califórnia, que tem um objetivo de alcançar 100% de energia renovável por volta do ano de 2045, experimentou blecautes de eletricidade, em parte por que, durante períodos de picos de demanda, as fontes renováveis, como energia solar e eólica, deixaram de atender à elevação do consumo."

Os incêndios em toda a costa oeste não foram iniciados pela Mudança Climática.

Resumo da Notícia: "Diversos Incêndios na Costa Oeste Não Ocorreram Por Causa da Mudança Climática", Townhall, 15/9/2020.

"A Esquerda diz continuamente que a mudança climática é a razão que está por trás dos incêndios descontrolados. Na verdade, o governador Jay Inslee (Democrata), do estado de Washington chegou até a dizer que devemos chamá-los de 'incêndios climáticos'. A maior parte da costa oeste — os estados de Washington, Oregon, Califórnia e Idaho — estão em chamas. Enquanto a Esquerda promove sua teoria da mudança climática, a Polícia está prendendo incendiários que estão acendendo esses incêndios criminosos perigosos."

"Embora os incêndios criminosos exercem um papel importante nos incêndios na costa oeste, o FBI em Portland desmistificou a teoria que o grupo ANTIFA está provocando esses incêndios... Independente de quem deu início a esses incêndios, ou a razão, esses precisam ser parte da conversa. Atribuir automaticamente os incêndios descontrolados à mudança climática é irresponsável. E isto é um modo para a Esquerda promover sua agenda Novo Acordo Verde."

7. Proprietários de residências no estado de Oregon, um dos mais progressistas dos EUA, estão advertindo os saqueadores que eles serão baleados!

Resumo da Notícia: "Proprietários de Residências no Oregon Advertem os Saqueadores no Meio dos Incêndios Descontrolados: 'Quem Saquear Será Baleado'", Breitbart News, 14/9/2020.

"Os proprietários de residências fizeram advertência para aqueles que querem saquear e danificar as propriedades durante a evacuação por causa dos incêndios descontrolados, afixando placas e cartazes que dizem que eles atirarão e matarão aqueles que tentarem saquear."

"'Quem Saquear Será Baleado', diz uma placa pintada à mão do lado de fora de uma casa, que foi fotografada pelo jornalista Devin Eskew, que fez a cobertura da destruição. 'Não iremos telefonar para sua família. Seu corpo nunca será encontrado!!, outra placa dizia."

"Algumas das muitas advertências que os residentes fizeram entre Colton e Estacada."

Mais uma vez, a sabedoria dos Pais Fundadores de criarem uma garantia constitucional em que os cidadãos podem possuir armas para a proteção da vida e da propriedade foi tão brilhante que, sem dúvida, veio do Espírito de Deus!



Um Lembrete Profético

Desde junho de 1998 ensinamos que os EUA verão uma prosperidade recorde antes do julgamento de aniquilação, conforme descrito em Apocalipse 18:7-8.

Esta passagem em Apocalipse 18 sugere fortemente que a atitude complacente produzida pela prosperidade material ocorrerá nos EUA e, provavelmente, durante a administração do presidente Trump.

Quase diariamente, os analistas dos dados econômicos, tanto religiosos quanto seculares, dizem que os EUA irão entrar em colapso econômico sob o peso das manifestações violentas. Não acredite nisto!

Veja novamente a profecia sobre a riqueza de Babilônia no tempo de seu fim:

"Quanto ela se glorificou, e em delícias esteve, foi-lhe outro tanto de tormento e pranto; porque diz em seu coração: Estou assentada como rainha, e não sou viúva, e não verei o pranto. Portanto, num dia virão as suas pragas, a morte, e o pranto, e a fome; e será queimada no fogo; porque é forte o Senhor Deus que a julga." [Apocalipse 18:7-8].

Tenha esta profecia em mente ao ouvir ao noticiário e/ou outros líderes e mestres cristãos. Após grande instabilidade social e, possivelmente, Lei Marcial, a economia americana irá crescer e demonstrar força como nunca antes.

A economia americana está crescendo em um ritmo recorde após a atenuação da pandemia, entrando na rota para se tornar a economia que produz níveis historicamente altos de prosperidade — exatamente como predito 1.900 anos atrás em Apocalipse 18:7!

Nunca um DVD acertou mais no alvo sobre um assunto do que nosso "Tale of Two Babylons: Trump's Prophetic Destiny", que foi publicado originalmente em janeiro de 2017.

[Texto original completo em https://www.cuttingedge.org/newsletters/091520.htm]

Data da publicação: 21/9/2020
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/bol-2020-09-15.htm


Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.