Boletim de 17/8/2021, Terça-Feira (Trechos Selecionados)

Cutting Edge Ministries

Se você é um leitor assíduo dos artigos, considere tornar-se um assinante e contribuir para a manutenção do site. Veja as informações aqui: http://www.espada.eti.br/contrib.htm

Análise das Notícias Mais Críticas

1. A Estrada para o Armagedom Atravessa o Afeganistão.

Resumo da Notícia: "A Desistência de Biden no Afeganistão", Wall Street Journal, 15/8/2021.

"A declaração do presidente Biden no sábado, lavando suas mãos sobre o que acontecerá com o Afeganistão merece ser considerada a mais vergonhosa por um comandante-em-chefe nesse tipo de momento de uma retirada americana. Enquanto o Talibã se aproximava e cercava Cabul, o Sr. Biden enviou uma confirmação de retirada dos EUA, absolveu-se de responsabilidade, lançou a culpa sobre seu predecessor e praticamente convidou o Talibã a tomar o controle total do país."

A profecia bíblica declara que a China marchará com um exército de 200 milhões de soldados, passando pela Caxemira e atravessado o Afeganistão. (Apocalipse 16:12-13,16).

A disputa pela Caxemira tem três possíveis combatentes: Índia, Paquistão e China. Considere a seguinte matéria de notícias sobre o papel da China neste conflito. Na verdade, a pobre Caxemira é controlada pelos três países!

Resumo da Notícia: "A Caxemira Alimenta Rivalidade Letal Entre a Índia e o Paquistão", Reuters, 5/1/2002, exibida por Rense.com, http://www.rense.com/general18/kashm.htm

"A Índia, que administra 45% do território disputado de montanhas cobertas de neve e gélidos lagos azuis, considera-o como parte integrante do país. O Paquistão, que controla um terço da região, pede a aplicação de uma resolução de 1948 do Conselho de Segurança das Nações Unidas, após a primeira guerra contra a Índia, um plebiscito que determine os anseios da população da Caxemira. A China administra o restante da Caxemira, que possui por volta de 13 milhões de habitantes — cerca de 77% dos quais são muçulmanos."

Assim, cada um dos três países controla uma parte diferente da Caxemira, sendo que a Índia controla quase a metade. Vejamos agora um mapa da região para ver onde a Caxemira se localiza, e como a Índia, o Paquistão e a China se encaixam nesse cenário que está ocorrendo nas notícias do dia-a-dia.

Se a Caxemira fosse um país independente, você pode ver como a posição do Paquistão em um conflito com a Índia seria militarmente inviável. A maior ligação do Paquistão com a China é por meio da estreita área do Passo de Khunjerab, pela Rodovia de Karakoram, que serpenteia o Passo de Karakoram. (Lembre-se desses passos nas montanhas, pois em breve assumirão grande importância nos eventos do fim dos tempos) A Índia, por outro lado, tem uma fronteira extensa e contínua com a Caxemira no lado oeste, assim como tem a China no leste. Dessa forma, você pode ver a importância militar do Paquistão controlar um terço do norte da Caxemira, com a China controlando o restante da porção norte e a Índia controlando quase 50% da área no sul da Caxemira.

Assim sendo, essa pequena região do mundo é o terreno para um possível confronto entre três potências — Índia, China e Paquistão — todas elas equipadas com armamentos nucleares. E, acredite, a China é a maior interessada na Caxemira, com seus Passos de Khunjerab e Karakoram.

A principal implicação profética de todo o episódio é que esse conflito pode estar permitindo à China cumprir algumas das principais profecias bíblicas referentes ao fim dos tempos! Vamos examinar as profecias pertinentes para averiguar se isso está correto:

"E tocou o sexto anjo a sua trombeta, e ouvi uma voz que vinha das quatro pontas do altar de ouro, que estava diante de Deus, a qual dizia ao sexto anjo, que tinha a trombeta: Solta os quatro anjos, que estão presos junto ao grande rio Eufrates. E foram soltos os quatro anjos, que estavam preparados para a hora, e dia, e mês, e ano, a fim de matarem a terça parte dos homens. E o número dos exércitos dos cavaleiros era de duzentos milhões; e ouvi o número deles." [Apocalipse 9:13-16].

Essa incrível profecia nos diz que uma das punições de Deus será soltar quatro grandes "anjos" demoníacos que estão presos em algum lugar nas proximidades do rio Eufrates, provavelmente naquela outra dimensão em que os anjos e os demônios existem. Esses anjos comandarão um grande exército que totaliza 200 milhões de soldados.

Agora, quando retornamos a Apocalipse 9:13-16, temos uma compreensão sobre que exército será esse e de onde ele virá. Vamos ler o próximo verso, para obtermos mais informações sobre esse exército sem precedentes:

"E assim vi os cavalos nesta visão; e os que sobre eles cavalgavam tinham couraças de fogo, e de jacinto, e de enxofre; e as cabeças dos cavalos eram como cabeças de leões; e de suas bocas saía fogo e fumaça e enxofre. Por estes três foi morta a terça parte dos homens, isto é pelo fogo, pela fumaça, e pelo enxofre, que saíam das suas bocas. Porque o poder dos cavalos está na sua boca e nas suas caudas. Porquanto as suas caudas são semelhantes a serpentes, e têm cabeças, e com elas danificam." [Apocalipse 9:17-19].

A maioria dos estudiosos da Bíblia encontra grande dificuldade para compreender essa passagem, pois esse exército é descrito pelo apóstolo João de uma forma que não é absolutamente clara para nós. Antes de tentarmos decifrar o significado da descrição, permita-nos avançar no livro do Apocalipse até o ponto em que vemos esse exército vindo até o grande rio Eufrates:

"E o sexto anjo derramou a sua taça sobre o grande rio Eufrates; e a sua água secou-se, para que se preparasse o caminho dos reis do oriente." [Apocalipse 16:12].

Nesse julgamento, vemos que o rio Eufrates seca-se com o propósito específico de permitir que os "reis do oriente" atravessem com seu exército de 200 milhões de homens. Uau, os reis do oriente. Que país ao leste de Israel é capaz de mobilizar um exército de 200 milhões de soldados? Há apenas um país: a China.

Quando se soma sua milícia, em conjunto com seu exército regular, a China pode dispor de um exército de 200 milhões de homens!!

Neste momento, a China não tem o controle de todos os passos nas montanhas e sobre o terreno plano que forma a maior parte do Afeganistão. Depois que um exército chegar ao Afeganistão, poderá realmente aumentar a velocidade de seu avanço.

A China não perdeu tempo em entrar nesta arena política.

Resumo da Notícia: "A China Corteja o Talibã no Afeganistão", Taiwan Sun, 16/8/2021.

"O mundo ficou admirado com as imagens da guerra-relâmpago do Talibã em todo o Afeganistão, quando as forças militares daquele país evaporaram rapidamente. O legado americano ali foi irremediavelmente danificado, de modo que China conseguirá tirar proveito quando o Talibã se instalar em Cabul. Em 28 de julho, o ministro chinês das Relações Exteriores, Wang Yi, reuniu-se formalmente em Tianjin com uma delegação de nove membros do Talibã, incluindo o mulá Abdul Ghani Baradar, o cofundador linha-dura e vice-líder do grupo."

"Wang reconheceu publicamente o Talibã como uma 'força política e militar crucial no Afeganistão, que deverá exercer um papel importante nos processos de paz, reconciliação e reconstrução do país'."

"Esse tipo de declaração chinesa foi sem precedentes, dando ao Talibã a muito necessária legitimidade no cenário internacional. Lembre-se que muitos países ainda definem o Talibã como uma organização terrorista."

Marque minhas palavras. Quando chegar o tempo para a China precisar daquele território na Caxemira e o terreno plano do Afeganistão, ela terá o acesso necessário, Mas, este fiasco sem precedentes que está ocorrendo agora com a retirada das forças americanas, terá um impacto importante no cumprimento da profecia do livro do Apocalipse:

"E os congregaram no lugar que em hebreu se chama Armagedom." [Apocalipse 16:16].

2. Biden mostra total incompetência na retirada do Afeganistão!

Resumo da Notícia: "A Saída de Biden do Afeganistão Não Poderia Ser Mais Bagunçada", Townhall, 17/8/2021.

"Neste momento, enquanto você lê isto, pessoas estão sendo tratadas com brutalidade em um país em que, uma semana antes, estavam seguras. Elas não estavam seguras por que não havia ameaças contra elas e contra suas liberdades; estavam seguras e protegidas por que as forças militares americanas estavam ali para protegê-las."

"A única parte surpreendente da queda do Afeganistão é a velocidade com que ela aconteceu. No mês passado, Biden garantiu ao público que isso não somente não aconteceria rápido, mas que não aconteceria de forma alguma. Ele nos assegurou que não desperdiçaríamos 20 anos e um trilhão de dólares, e que tínhamos treinado 300.000 soldados que defenderiam seu país."

"Aquilo foi uma mentira."

"Enquanto isso, o povo afegão perdeu tudo. Eles perderam tão rápida e totalmente que você precisa se perguntar se eles realmente queriam vencer."

"Havia um milhão de modos diferentes e melhores de sair do Afeganistão, nem um dos quais foi utilizado pela administração Biden."

O ex-presidente Trump concorda:

Resumo da Notícia: "Trump Critica o Discurso de Biden: 'O Modo Como nos Retiramos do Afeganistão Foi de uma Incompetência Grosseira'", Breitbart News, 16/8/2021.

"Durante seu discurso na Casa Branca na segunda-feira, o presidente Biden desviou-se do atual fracasso no Afeganistão, que sua administração ajudou a criar, aderindo a um roteiro escrito cuidadosamente sobre como o envolvimento americano tinha de terminar agora, não em algum tempo futuro. Entretanto, o ex-presidente Trump rejeitou a retórica de Biden, observando que Biden deixava de reconhecer a mão de sua administração na atrapalhada retirada americana da região."

"'Não é por termos nos retirado do Afeganistão', Trump disse em uma declaração. 'É o modo grosseiramente incompetente como nos retiramos!'"

Resumo da Notícia: "Um Gigante em Condições Lamentáveis, Incapaz de se Defender", Conrad Black, American Greatness, 16/8/2021.

"O presidente Richard Nixon advertiu em que a América se tornaria caso fracassasse.... 'Quando a situação realmente se tornar difícil, se o país mais poderoso do mundo agir como um gigante incapaz de se defender, as forças do totalitarismo e da anarquia ameaçarão as nações e instituições livres em todo o mundo."

"Quanto mais sérias e recorrentes forem os fracassos e humilhações da administração Biden, mais a China, Rússia, Irã e Coreia do Norte pressionarão e provocarão os EUA e seus aliados, e mais frágeis e apaziguadores os aliados de longo prazo da América se tornarão."

"... um gigante em condições lamentáveis, incapaz de se defender."

A maneira como as forças e equipamentos militares foram retirados dá maior credibilidade à percepção que o presidente é um incompetente e indeciso.

3. Nunca se esqueça: Osama bin Laden morreu meses depois dos ataques de 11/9/2001!

Artigo Arquivado: "Ex-Agente da CIA: 'É Claro Que Bin Laden Está Morto'", Prison Planet, 7/10/2008.

"Uma notícia importante, que voou por baixo do alcance dos radares durante a maior parte da semana passada, foi a afirmação de Robert Baer, o ex-agente da CIA que se transformou em ativista, que Osama Bin Laden morreu há muito tempo. O altamente respeitado especialista em Inteligência e política externa disse a Terry Gross, apresentador do programa Fresh Air, da National Public Radio: 'É claro que ele está morto, onde estão os DVD? Bin Laden não tingiria seu cabelo, todas estas coisas podem ser manipuladas.'"

Ele morreu de insuficiência renal, mas foi "mantido vivo" pela mídia, para que os EUA não perdessem o espantalho necessário para manter as guerras no Afeganistão e no Iraque relevantes!

"'Uma razão muito boa para Osama permanecer em silêncio depois do fim de 2001 seria o fato que ele provavelmente morreu em 26 de dezembro daquele ano, de acordo com uma reportagem em The Pakistani Observer, que citou um representante do Talibã, que declarou que Bin Laden morreu devido a uma complicação não tratada e que ele tinha comparecido ao funeral."

Se este for o caso, então todos os vídeos de Bin Laden lançados depois de 2001 eram falsos, criados deliberadamente pela Inteligência ocidental para manter a ameaça do terror islâmico viva e ativa. De fato, os especialistas apareciam após cada novo 'vídeo de Osama Bin Laden', para demonstrar por que eles acreditavam que aquilo era falso.

Até o presidente paquistanês Musharraf acreditava que Bin Laden tinha morrido:

"Em 2002, a CNN reportou o fato que o presidente paquistanês Pervez Musharraf acreditava que Bin Laden tinha morrido: Uma autoridade do governo Bush disse que Bin Laden necessita de diálise a cada três dias e 'é bastante óbvio que isso pode ser um problema se você estiver fugindo de um lugar para outro e precisar gerar eletricidade em um esconderijo nas montanhas.'"

Esta não seria a primeira vez que os EUA criaram um líder terrorista que estava morto ou moribundo! Leia nosso artigo N1782 (não traduzido).

O povo americano foi enganado mais uma vez!

4. Biden mostrou tanta incompetência na retirada das forças americanas do Afeganistão, que armamentos avançados, avaliados em bilhões de dólares, foram deixados para trás!

Resumo da Notícia: "A China Comemora a 'Total Humilhação' dos EUA no Afeganistão", Breitbard News, 16/8/2021.

"O jornal estatal chinês Global Times celebrou a queda do Afeganistão para a organização jihadista Talibã como uma 'total humilhação' para os Estados Unidos, logo após o ministro das Relações Exteriores ter indicado que a China estaria aberta para laços de amizade com o novo regime do Talibã."

Amanhã, a China terá acesso à rodovia permanente (que opera durante todas as estações do ano), que construiu atravessando uma região geograficamente elevada do mundo, incluindo o terreno plano do Afeganistão.

Biden até presenteou o Talibã com uma Força Aérea!

Resumo da Notícia: "Biden Armou Agora o Talibã com os Equipamentos Militares Americanos Mais Modernos — Incluindo uma Força Aérea", American Defense News, 16/6/2021.

"De todas as preocupações com o desastroso fracasso de Biden no Afeganistão, uma das mais incriminadoras é como esse profundo fracasso agora armou o regime terrorista jihadista com modernos equipamentos militares, avaliados em bilhões de dólares, incluindo jipes Humvees, veículos blindados MaxxPro MRAP, drones Scan Eagle e inúmeras camionetes Ford e Toyota.

"Na sexta-feira, os combatentes do Talibã teriam capturado veículos blindados, drones pequenos de vigilância e vários helicópteros avariados e sem condições de voar. Mas, com a súbita queda de Cabul no domingo, as coisas poderão ficar muito piores: o Talibã poderá também ter sua própria Força Aérea."

A China está aprendendo lições sobre Biden e sua incapacidade de liderar a América contra a China por causa de Taiwan.

Os líderes chineses acreditam que têm Joe e Hunter Biden no bolso e podem controlá-los em um cenário de guerra!

[Texto original completo em https://www.cuttingedge.org/newsletters/index.html]

Data da publicação: 21/8/2021
A Espada do Espírito: https://www.espada.eti.br/bol-2021-08-17.htm


Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.