Escolha uma cor para o fundo:  

O Irã Está se Preparando Para uma Guerra Declarada, Fala em Guerra e Até Desafia os EUA a Cumprirem Suas Ameaças

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

O governo do Irã está adotando medidas concretas para resistir a um ataque contra suas instalações nucleares. Você ficará chocado ao compreender a gravidade da situação. Será 2007 o ano em que esses "rumores de guerra" se desdobrarão em uma guerra real?

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


O Irã está se preparando para uma guerra declarada! E quem pode condená-los? Há dois anos completos que o presidente Bush vem falando duramente contra eles e na semana passada anunciou que está enviando um segundo porta-aviões com seu grupo de batalha naval acompanhante para as águas do Golfo Pérsico.

A Guerra Diplomática Iraniana

Apenas para garantir que o Irã compreenderia que todo esse poder de fogo militar estaria direcionado contra ele, o novo secretário da Defesa Robert Gates anunciou que o Irã era realmente o alvo dessa maior presença militar.

Você poderia esperar que o Irã estivesse tremendo de medo diante dessa advertência da única superpotência mundial, certo?

Errado! Os representantes do governo iraniano, liderados pelo próprio presidente Ahmadinejad, estão insultando os EUA, ao mesmo tempo em que suas forças militares se preparam para a guerra. Vamos analisar essas matérias de notícias agora.

Resumo da Notícia: "Ahmadinejad: Israel e os EUA não se atreveriam a atacar o Irã", Reuters, reimpresso pelo Ha'aretz News, 17 de janeiro de 2006.

"O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad disse que nem Israel nem os EUA se atreveriam a atacar a República Islâmica por causa de seu programa nuclear... O presidente iraniano estava respondendo a uma pergunta sobre uma matéria recente publicada no jornal britânico The Sunday Times, segundo a qual Israel tem planos secretos de destruir as instalações de enriquecimento de urânio do Irã usando armas nucleares táticas. 'Eles conhecem bem o poder do povo iraniano. Não acredito que se atreveriam a nos atacar, nem eles nem seus mestres. Eles não fariam uma loucura dessas.'"

Por que seria uma loucura atacar o Irã? Afinal, os EUA têm armas modernas temíveis, enquanto que Israel possui o armamento escalar, embora talvez não seja tão avançado quanto o dos russos. A resposta é bem simples: A Rússia inseriu-se forçadamente no pântano que é o Oriente Médio como a protetora do mundo islâmico, uma protetora que parece mais do que disposta a usar seu temível armamento de ondas eletromagnéticas escalares contra as forças americanas e/ou israelenses. (Para compreender exatamente a superioridade do armamento escalar russo sobre o sistema HAARP dos Estados Unidos, separe um momento para ler o artigo N2183.

Agora, vamos retornar à matéria de notícias referida para obtermos mais informações.

"Líderes iranianos conservadores, como Ahmadinejad, vêem Israel como uma marionete dos Estados Unidos no Oriente Médio O Irã não reconhece Israel e Ahmadinejad já sugeriu no passado que Israel fosse 'riscado do mapa'".

"Esse regime quer ferir o povo iraniano. Eles têm muitos sonhos, mas não são todo-poderosos, disse o líder iraniano."

Quem é "todo-poderoso" na atual situação geopolítica? A Rússia qualifica-se para essa distinção por causa de seu armamento escalar. Como já dissemos muitas vezes antes, a Rússia assumiu a responsabilidade total pela proteção ao Irã — por ar, por terra e pelo mar.

Agora, veja a retórica extremamente dura de outro representante de alto escalão do governo iraniano. Não pude acreditar quando li estas declarações:

"O principal negociador dos assuntos nucleares do Irã, Ali Larijani, ecoou os comentários do presidente em Teerã quando foi questionado sobre a possibilidade de um ataque contra as instalações nucleares de seu país. 'Já consideramos todas as opções e não encaramos essas coisas que eles dizem com muita seriedade. Eles têm miolos suficientes para não perpetrar atos impensados como esse', disse Larijani, segundo a citação da agência oficial iraniana IRNA na quarta-feira."

Essas são palavras duras, mas proferidas com base na convicção de que o sistema da Rússia é muito superior ao dos EUA e de Israel, de modo que as autoridades iranianas não têm absolutamente nada a temer. Como dissemos no artigo N2183, a profecia bíblica diz que o Irã (a antiga Pérsia) marchará com a Rússia contra Israel em cumprimento a Ezequiel 38-39. Para que o Irã marche, como predito nas Escrituras, os líderes iranianos precisam ter confiança na capacidade da Rússia de prevalecer contra Israel. Se Israel e/ou os EUA forem bem-sucedidos em bombardear o Irã agora, nenhum líder iraniano terá confiança suficiente para marchar ao lado da Rússia! Portanto, como a profecia bíblica diz que o Irã marchará, podemos ter a certeza que nada acontecerá no cenário atual que abale a confiança iraniana na Rússia.

A questão é simples assim!

Resumo da Notícia: "Presidente Iraniano Ironiza as Ameaças dos EUA", The Guardian, Londres, 24 de janeiro de 2007.

"Teerã, Irã (AP) — Os Estados Unidos são incapazes de infligir 'danos sérios' ao Irã, disse o presidente Mahmoud Ahmadinejad na terça-feira, enquanto um segundo porta-aviões norte-americano e seu grupo de batalha naval acompanhante dirigia-se ao Golfo Pérsico como uma advertência de Washington para o Irã retroceder em suas tentativas de dominar a região... Ele falou com confiança sobre a capacidade iraniana de resistir a um ataque. "Os Estados Unidos estão incapazes de infligir danos sérios ao Irã', disse o presidente. Ele também observou que "eles (os EUA) não estão em condições de perpetrar essa ação (de atacar o Irã). Acredito que existem muitas pessoas inteligentes nos Estados Unidos que não permitirão que isso aconteça'."

O Irã é audacioso e está se sentindo extremamente confiante. Além disso, nessa matéria referida, o presidente iraniano reiterou os fatos de propaganda que a Cutting Edge vem afirmando repetidamente desde abril de 2003.

"A retórica dos EUA contra o Irã não aumentou', disse Ahmadinejad. 'Em 2003, eles ameaçaram abertamente atacar o Irã. Agora, estão fazendo essas ameaças de forma indireta.'"

De fato, a situação parecia muito mais séria em meados de 2003. Não somente estavam os representantes do governo americano insultando abertamente os líderes iranianos, dizendo "Vocês serão os próximos", mas os EUA chegaram a ter cinco porta-aviões e seus grupos de batalha na região, a Força Aérea ainda estava com seu contingente estacionado em bases aéreas em toda a região, e o Exército americano ainda estava com a vitalidade e em condições muito melhores de realizar um ataque contra o Irã do que agora.

No início de 2007, essas ameaças americanas não são tão enfáticas e diretas, porém mais caladas e indiretas — uma grande diferença!

Agora, vamos examinar os deslocamentos das tropas iranianas. Ao ler o segmento a seguir, referencie freqüentemente o mapa apresentado no início deste artigo.

Resumo da Notícia: "O Irã concentra tropas ao longo da fronteira com o Iraque", Kuwait News Agency, 19 de janeiro de 2007.

"Irbil, 19 de janeiro (KUNA) — Uma fonte curdo-iraquiana disse na sexta-feira que o Irã está concentrando tropas ao longo de sua fronteira com o norte do Iraque... O Irã aumentou o contingente de suas tropas estacionadas ao longo da principal passagem da fronteira (Pashmakh), na metade do caminho entre a cidade curda de Penjavin e a cidade iraniana de Miriwan. Ele acrescentou que o Irã enviou mais reforços para as tropas na posição de fronteira em Kirban com o Iraque, entre o castelo de Daza ao norte de Suleymania."

Por que estaria o Irã concentrando tropas nas fronteiras opostas ao povo curdo no norte do Iraque? Tanto o Irã quanto a Turquia odeiam os curdos, e esse ódio vem de séculos atrás. Ambos os países anunciaram planos de "lidar" com o estado ressurgente chamado de forma não-oficial de Curdistão, no norte do Iraque. Falando sobre os temores do governo turco, vamos examinar mais duas matérias de notícias; observe que ambas estão ocorrendo quase simultaneamente.

Resumo da Notícia: "A Turquia deverá intervir se a guerra civil ocorrer: Representante proeminente do partido governante, o Partido Justiça e Desenvolvimento", The New Anatolian, 16 de janeiro de 2007.

"O parlamento turco deveria convocar uma sessão urgente e especial sobre Kirkuk e incentivar uma nova política abrangente, disse um proeminente representante do partido governante, o Partido Justiça e Desenvolvimento (AK) no domingo. Comez disse que milhares de curdos se estabeleceram na região de Kirkuk desde a invasão norte-americana ao Iraque e a maioria deles está registrada como eleitores. 'A Turquia deveria anunciar que não reconhecerá os resultados de um referendo sobre o futuro de Kirkut sob essas condições. Além disso, deveríamos também anunciar que vamos intervir se a guerra civil irromper em Kirkut', Comez disse à agência de notícias Anatolia."

"O líder iraquiano-turcomano Sadettin Ergec também advertiu na semana passada que Kirkuk está pronta para explodir antes do referendo já marcado. Ergec também argumentou que os grupos curdos trouxeram uma séria quantidade de armamento para seus peshmerga... (NT: Membros de uma organização guerrilheira que luta pela independência curda.) Expressando desagrado com a crescente violência sectária entre os xiitas iraquianos e os grupos sunitas, o ministro turco das Relações Exteriores Gul também disse que esse é um dos maiores perigos que a região enfrenta..."

Dada a natureza incendiária dessas preocupações por parte de várias autoridades turcas, não devemos ficar surpresos ao saber que as tropas turcas também estão sendo mobilizadas!

Resumo da Notícia: "Exército turco agrupado na fronteira com o Curdistão, pronto para atacar", Kurdish Media, 16 de janeiro de 2007.

"O Exército turco agrupou e intensificou suas forças na fronteira curda, pronto para atacar, informaram fontes locais na terça-feira... Ao mesmo tempo em que realiza uma conferência sobre Kirkuk sem a participação do Governo Regional do Curdistão, ou de qualquer partido político curdo, a Turquia intensificou suas forças na fronteira com o Curdistão... somente a bandeira turca era vista na conferência."

Examine o mapa fornecido anteriormente e você verá que a Turquia está ao oeste do Curdistão, ao norte do Iraque, enquanto que o Irã está diretamente ao leste. Se as forças iranianas e turcas atacassem pelas fronteiras iraquianas de forma simultânea, poderiam tomar toda a região norte rapidamente. Na verdade, a situação tem o potencial de ser tão terrível que esse ataque pode ser um modo como o Irã planeja anular o crescente poder militar norte-americano na região. As forças norte-americanas já estão sobrecarregadas e não é razoável pensar que forças suficientes possam ser deslocadas para o norte para enfrentar um poderoso avanço turco/iraniano contra Kirkut e as regiões circunvizinhas.

Outro problema em responder a essa invasão combinada turco-iraniana ao norte do Iraque é que tanto os EUA quanto Israel têm boas relações com a Turquia. Como você ataca as forças iranianas sem matar os turcos? Esse ataque combinado poderá criar uma confusão!

Estariam o Irã e a Coréia do Norte Planejando um Teste Nuclear?

Mas, agora, o Irã está arrogantemente esmurrando a cara do presidente Bush! Dois países originais do "Eixo do Mal" parecem estar cooperando para produzir outra explosão de ogiva nuclear! Não posso pensar em nenhum outro modo de atingir Bush na cara do que dois dos três países originais do "Eixo do Mal" demonstrarem que não somente os EUA falharam em derrubar seus governos, mas que agora eles estão muito mais poderosos do que no fim de 2002, quando a Casa Branca criou essa lista de três países — Iraque, Irã e Coréia do Norte — que representavam uma ameaça tão grande à humanidade que os governos deles precisavam ser derrubados.

Vamos ver a história!

Resumo da Notícia: "A Coréia do Norte está ajudando o Irã com o teste nuclear", Telegraph News, Grã-Bretanha, 24 de janeiro de 2007.

"A Coréia do Norte está ajudando o Irã a preparar um teste nuclear subterrâneo similar ao que Pyongyang realizou no ano passado. Nos termos de um novo entendimento entre os dois países, os norte-coreanos concordaram em compartilhar todos os dados e informações que coletaram em seu teste bem-sucedido em outubro passado com os cientistas nucleares iranianos. Uma importante autoridade européia disse ao The Daily Telegraph que a Coréia do Norte tinha convidado um grupo de cientistas nucleares iranianos a analisar os resultados do teste subterrâneo de outubro passado de modo a ajudar o governo de Teerã a realizar seu próprio teste — possivelmente até o fim deste ano... Tudo indica que os iranianos estão trabalhando arduamente para preparar seu próprio teste nuclear subterrâneo."

Você pode imaginar como o governo americano ficará alarmado se o Irã se unir à Coréia do Norte para detonar um dispositivo nuclear? Dada a arrogante dependência na superioridade dos armamentos escalares russos, o Irã certamente iria rir da incapacidade do presidente Bush de impedir a realização do teste, ou de fazer qualquer coisa a respeito.

Essa história pode significar que o mundo terá de enfrentar um ano inteiro de matérias de propaganda sobre o futuro teste nuclear iraniano. Lembre-se de dois fatos durante toda essa campanha de propaganda:

1) O Irã possui armas nucleares capazes de serem usadas em campo de batalha desde pelo menos 2002 (Leia o artigo N1660, "Mushroom Clouds in the Middle East") Também discutimos essa questão no artigo N2120 "Nuclear Armed Iran vs Nuclear Armed America: Whom Should The World Really Fear?". NT: Esses artigos não foram traduzidos mas podem ser lidos no original no site da Cutting Edge;

2) Armas nucleares são sistemas bélicos obsoletos! Depois que os satélites russos e americanos adquiriram a capacidade de localizar e rastrear todos os dispositivos nucleares no mundo em tempo real (leia o artigo N1938, "O Mito Que os Terroristas Podem Atingir as Cidades com Dispositivos Nucleares"), esse sistema tornou-se obsoleto. Se o inimigo conhecer a localização exata e o número de suas armas nucleares, pode planejar destruí-las em um ataque inicial, antes que elas sejam usadas na guerra.

Além disso, quando um inimigo possui um sistema de armamentos que pode neutralizar ou inutilizar cada uma de suas armas nucleares em um período de tempo tão curto que você não pode impedir a destruição delas, então suas armas nucleares são na verdade inúteis e obsoletas. O armamento escalar russo pode inutilizar cada dispositivo nuclear no mundo em aproximadamente dez minutos uma vez que a varredura escalar tenha iniciado.

Portanto, toda essa campanha amedrontadora que o mundo está ameaçado não é nada mais do que propaganda. Como essa campanha retórica é propaganda, então seu resultado final será aquilo que foi planejado pelos Illuminati. Os eventos não tomarão um rumo inesperado simplesmente por que um líder tem a "boca solta". Os líderes americanos e israelenses são controlados pelos Illuminati maçônicos globais, enquanto que os líderes iranianos são controlados pela Rússia.

O objetivo de todo esse plano está claramente definido na Bíblia:

"Porque Deus tem posto em seus corações, que cumpram o seu intento, e tenham uma mesma idéia, e que dêem à besta o seu reino, até que se cumpram as palavras de Deus." [Apocalipse 17:17].

O contexto aqui são os dez reis finais no mundo. Como os dez reinos foram estabelecidos entre 1992 e 1996 (leia o artigo N1783, "Tremendo em Expectativa Entre o Cumprimento de Duas Profecias Bíblicas), sabemos que Deus colocou o desejo de cumprir Suas profecias nos corações do presidente dos EUA, do primeiro-ministro da Grã-Bretanha e do presidente da Rússia para atuarem de acordo com as profecias de Deus.

Isso significa que o plano dos Illuminati estará seguindo cuidadosamente a profecia bíblica. Portanto:

  1. O Irã não será destruído, nem seu governo linha-dura será derrubado, porque o Irã é a antiga Pérsia, e marchará junto com a Rússia contra Israel (Ezequiel 38-39). Ele poderá ser atacado, mas não será destruído;

  2. A Rússia conquistará respeito suficiente devido aos seus sistemas de armamentos que os governos dos países islâmicos que marcharão com ela contra Israel, conforme as profecias bíblicas, terão confiança suficiente de pensar que a Rússia prevalecerá contra Israel. Esse fato significa que a atual proteção russa ao Irã não será comprometida;

  3. A destruição total do Iraque continuará, conforme determinado em Isaías 13. (Leia o artigo N2171, "A Profecia do Fim dos Tempos de Isaías 13 Contra a Antiga Babilônia (o Iraque Atual) Já Está Praticamente Cumprida";

  4. As nações do restante do mundo continuarão a serem congregadas no Oriente Médio para o julgamento, conforme determina Joel 3;

  5. Israel continuará a separar os palestinos para a destruição final deles, como predito em Obadias 15-18. (Leia os artigos N2095 e N1422).

Continue vigiando e orando, pois 2007 poderá ser um ano muito interessante à medida que as profecias bíblicas continuarem a serem cumpridas.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 29/1/2007
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2184.asp