Escolha uma cor para o fundo:  

Será o Presidente Obama o Vindouro Anticristo?

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Em sua campanha eleitoral ele se apresentou como uma figura messiânica e muitas pessoas já observaram que ele emana um carisma inexplicável, que produz uma sensação espiritual que elas não conseguem explicar. Estamos presenciando a chegada do Anticristo ao poder? Seja você o juiz após ler este artigo. Mateus 24 e profecias em Daniel são passagens fundamentais para compreender a questão.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Depois que Israel se tornou uma nação, em maio de 1948, os cristãos bíblicos de todo o mundo começaram a esperar que o Anticristo fosse o próximo grande evento na cena internacional. Afinal, em Mateus 24, Jesus Cristo apresentou a mais importante dissertação profética em toda a Bíblia sobre como o fim dos tempos iria se desdobrar para os judeus especificamente e para todo o mundo. Em outras palavras, algumas das profecias de Mateus 24 aplicam-se aos judeus do Período da Tribulação somente.

Em Mateus 24, o Senhor Jesus foi questionado por seus discípulos sobre qual seria o evento que prediria Sua segunda vinda. Jesus lhes deu muito mais do que apenas um evento profético. Vamos examinar essa passagem agora:

Mateus 24 — Sinopse — Os discípulos de Jesus tinham acabado de lhe mostrar a beleza e magnificência do Templo que Herodes tinha construído, quando Jesus se voltou e proferiu uma profecia terrível: "Não vedes tudo isto? Em verdade vos digo que não ficará aqui pedra sobre pedra que não seja derrubada.".

Os discípulos entraram em pânico, pois associaram a destruição do templo com a destruição da nação de Israel, e também associaram ambas as destruições com o fim dos tempos. (Eles não estavam errados, como os eventos demonstrariam em pouco tempo, quando o templo e Israel foram destruídos no ano 70.) Assim que chegaram ao Monte das Oliveiras, onde puderam conversar com Jesus privadamente, os discípulos Lhe perguntaram: "Dize-nos, quando serão essas coisas, e que sinal haverá da tua vinda e do fim do mundo?" Observe que eles perguntaram acerca de um sinal, mas Ele lhes deu muito mais do que pediram. Isso não é típico de Jesus?

Quando compreendemos corretamente a importância dos sinais pelos quais podemos saber que o fim dos tempos está próximo, estaremos muito melhor preparados quando os eventos começarem a ocorrer. Entretanto, antes de analisarmos esses sinais, precisamos compreender o contexto em que Jesus os colocou. O contexto encontra-se no verso 8: "Mas todas estas coisas são o princípio de dores." Essa palavra, "dores" tem um significado especial no original grego. Essa palavra é o item G5604 na Concordância de Strong e significa "dores do parto".

Portanto, o princípio desses múltiplos sinais anuncia o início do processo de nascimento; alguém ou alguma coisa vai aparecer na cena internacional. Mas, quem? Temos essa resposta no verso 15, quando Jesus subitamente menciona a profecia em Daniel 9:27, 11:31 e 12:11. Essa profecia diz que o Anticristo entrará no Santo dos Santos no templo na metade do Período de sete anos da Tribulação com o propósito expresso de desolá-lo e perpetrar uma ofensa extrema a Deus. Daniel chama esse ato de 'abominação desoladora'; os eruditos chamam de "A Abominação da Desolação".

Portanto, o "bebê" que nascerá é o Anticristo. Mas, espere, há outro "bebê" que nasce nesses versos! Quando Jesus começa subitamente a falar do Anticristo cometendo a abominação desoladora no Santo dos Santos no templo, todos os tipos de luzes vermelhas de alerta começam a piscar, mas por causa do terrível ensino dos professores tradicionais da Bíblia, essas luzes vermelhas não são vistas. Em Mateus 24:1-2, Jesus prediz a destruição do templo que Herodes estava reconstruindo; no verso 3, os discípulos corretamente compreendem que a destruição do templo anuncia a destruição da nação de Israel. De fato, ambas as destruições ocorreram no ano 70.

Todavia, Jesus subitamente diz que o Anticristo profanará o Santo dos Santos! Portanto, a nação de Israel precisa ter renascido naquele tempo, e o Terceiro Templo reconstruído; caso contrário, o Anticristo não poderá ofender a Deus profanando o Santo dos Santos no templo! Temos outro "bebê" nascendo aqui — Israel! Além disso, algum tempo antes de o Anticristo entrar no Santo dos Santos no dia 1.260 do Período da Tribulação, o templo terá sido reconstruído.

Portanto, os sinais, as dores do parto, que Jesus mencionou em Mateus 24, darão à luz dois bebês: a nação de Israel e o Anticristo. Vamos examinar essas dores do parto e então veremos como o bebê Israel nasceu exatamente de acordo com esses sinais, essas dores do parto.

Jesus listou as seguintes dores do parto como os múltiplos sinais pelos quais os cristãos saberão que o fim dos tempos está próximo:

Enganação Espiritual Sem Paralelos [verso 4]; essa enganação espiritual é tão disseminada e de tão grande importância que Jesus reiterou a advertência mais duas vezes, nos versos 11 e 24. Certamente, estamos enfrentando exatamente esse tipo de enganação espiritual hoje em dia, pois pastores que eram considerados sólidos e fundamentalistas são subitamente vistos apoiando causas esquerdistas e até mesmo da Nova Ordem Mundial. Hoje em dia, os cristãos precisam ter seus olhos fixos nas Escrituras — agindo como os nobres bereanos — e não apenas nos homens e em suas organizações. Precisamos diligentemente comparar tudo que é dito e feito com as Escrituras, lembrando que organizações e homens subitamente já se tornaram maus após anos de aparente fidelidade. Como Jesus advertiu: "Aquele que perseverar até ao fim será salvo." [Mateus 10:22].

Falsas Figuras Messiânicas [verso 5]. Várias figuras messiânicas apareceram no século 20.

Guerras e Rumores de Guerra [verso 6]. Nação levantando-se contra nação, e reino contra reino — essa é uma frase idiomática que define um conflito iniciado entre dois combatentes locais, mas que rapidamente envolve aliados de ambos os lados, desse modo ampliando grandemente o conflito [verso 7]; após os ataques de 11/9/2001, os governos de todo o mundo continuamente ameaçaram guerra contra outras nações, mais especificamente contra o Irã e a Coréia do Norte. Países como Afeganistão e Iraque foram invadidos militarmente. Guerras e rumores de guerra são a ordem do dia.

Fomes, e Pestes, e Terremotos, em Vários Lugares — Mais uma vez, essa é uma frase idiomática que significa que fomes e terremotos ocorrerão simultaneamente em diferentes partes do globo [verso 7] Observe que essa profecia não diz que os terremotos aumentarão em número, mas somente que ocorrerão em diferentes pontos do globo, algumas vezes de forma simultânea.

O Renascimento da Nação de Israel em 1948 Cumpriu Essas Profecias Precisamente

Quando se examina o processo do nascimento de Israel desde o primeiro Congresso Sionista, em 1897, até seu nascimento em 1948, podemos facilmente ver como ele cumpriu a profecia das dores de parto, citada anteriormente. Vamos examinar de forma bem rápida o registro histórico.

Vejamos o milagre histórico sem precedentes do renascimento de Israel. Deus começou a lançar os judeus para fora de sua terra com a invasão de Nabucodonosor, rei de Babilônia, em 602 AC. Os judeus nunca realmente governaram a si mesmos como um Estado independente desde aquele tempo em diante, embora os gregos e romanos tivessem permitido uma forma limitada de autonomia. Entretanto, a paciência de Roma com os judeus foi posta à prova continuamente por causa de suas repetidas rebeliões. A paciência de Roma finalmente se esgotou no ano 66, quando os judeus se levantaram em uma revolta sem precedentes. A princípio, o Exército judeu conquistou parte da Palestina, incluindo Jerusalém. A resposta militar de Roma foi também sem precedentes, pois enviou uma força militar imensa contra Jerusalém. O cerco durou por mais de três anos. No ano 70, o Exército romano finalmente conquistou Jerusalém. Os líderes romanos estavam determinados a se livrar de uma vez por todas da continuamente rebelde nação judaica. Portanto, eles mataram um número incontável de pessoas e começaram a sistematicamente forçar os judeus a saírem de Israel e a se estabelecerem nas nações vizinhas. Ao fazerem isso, eles cumpriram as muitas advertências de Deus, que Ele puniria Israel exatamente dessa forma se eles fossem rebeldes e pecassem continuamente contra Seus mandamentos. [Veja Deuteronômio 28].

A história registra que Israel esteve fora de sua terra durante os próximos 1.900 anos aproximadamente. A terra bíblica foi controlada sucessivamente por potências gentias durante esse longo período de tempo. Neste ponto, não se poderia imaginar que Israel pudesse recuperar sua terra, pois nenhum povo que esteve fora de sua terra por vários séculos conseguiu recuperá-la. Mas, os eruditos bíblicos, que liam a Bíblia literalmente, insistiam, com base na autoridade da Palavra de Deus, que Israel seria restaurado de volta à sua terra. Na verdade, alguns eruditos afirmaram que a contagem regressiva para o fim dos tempos somente começaria de verdade quando a nação de Israel fosse restabelecida.

Assim, contra todas as probabilidades históricas, Israel renasceu em um dia, em 14 de maio de 1948. Desde então, a nação lutou em várias guerras para garantir sua sobrevivência, contra probabilidades incríveis. O renascimento de Israel em 1948 foi realmente um milagre histórico sem precedentes de Deus, realizado contra todas as probabilidades históricas.

Mas, não devemos estar surpresos, pois Deus predisse diversas vezes, tanto no Velho quanto no Novo Testamento, que tiraria Israel de sua terra se a nação se recusasse a seguir Seus mandamentos. Mas, depois, Deus sempre voltava atrás e prometia restauração nacional.

O Modo Como Israel Foi Restaurado em Sua Terra Cumpre a Profecia de Mateus 24 Precisamente

Quando a Primeira Conferência Sionista foi realizada, em 1897, em Basiléia, Suíça, com o propósito expresso de iniciar um esforço organizado e concentrado para retornar um número significativo de judeus de volta para Israel, as possibilidades pareciam realmente desanimadoras. Toda a região era rigidamente controlada pelo Império Otomano Turco, cujos governantes não viam com bons olhos o retorno dos judeus à sua pátria e a restauração da nação de Israel. Apesar disso, os delegados judeus presentes nessa conferência sentiram uma mão forte sobre eles, que os motivava a avançar. A conferência terminou com um compromisso de judeus ricos e influentes de financiarem o retorno de judeus individuais à sua Terra Prometida. O retorno ocorreu, inicialmente às centenas, depois aos milhares, mais tarde às dezenas de milhares.

Enganação Espiritual Sem Paralelos — Mateus 24:4

Desde o início, a direção espiritual invisível e silenciosa que levou Israel de volta à sua Terra não foi o judaísmo tradicional e, certamente, não foi cristã; em vez disso, a liderança espiritual foi Iluminista! A família Rothschild assumiu a liderança inicial nessa luta crucial e forneceu o imenso financiamento necessário para que os imigrantes judeus comprassem a terra dos árabes, uma vez que se estabeleceram em Israel. Os colonos judeus nunca compreenderam esse fato; eles foram totalmente enganados.

Guerra e Rumores de Guerra

Na primeira década do século 20, nuvens escuras de uma tempestade se formaram no horizonte europeu, à medida que grupos étnicos de toda a Europa e da Europa Oriental começaram a fazer exigências que logo culminaram na Primeira Guerra Mundial. Foram várias as causas para a Primeira Guerra Mundial: a contínua instabilidade da região peninsular dos Bálcãs (a anexação da Bósnia e Herzegovina pela Áustria, em 1908); a Guerra dos Bálcãs (1912-13); e o gradual colapso do Império Otomano. O colapso do Império Otomano criou promessas em toda a Europa e Oriente Médio, mas também enfraqueceu o controle turco sobre a região, permitindo que a planejada migração judaica continuasse e florescesse.

À medida que as nuvens da tormenta cresceram, assim também as pressões sobre os judeus que viviam na Europa e milhares começaram a fugir da perseguição, aparentemente sendo dirigidos à Terra Prometida. Embora muitos árabes que viviam ali reclamassem e até tenham perpetrado algumas represálias físicas, o fato é que quando os judeus chegaram, trouxeram dinheiro suficiente de judeus ricos da Grã-Bretanha, dos EUA e da Europa, de modo que começaram a comprar de volta a Terra Santa, palmo por palmo.

Nação Se Levantando Contra Nação e Reino Contra Reino

Você se lembra da discussão anterior sobre essa frase idiomática usada pelo Senhor? Ela literalmente descreve uma guerra em que a luta começa com duas nações pequenas, mas cada lado rapidamente recebe reforços de aliados, resultando assim em uma guerra muito mais ampla e mais devastadora. Foi exatamente assim que a Primeira Guerra Mundial começou! A centelha que deflagrou a guerra foi o assassinato do arquiduque austríaco Ferdinando por um nacionalista sérvio em 1914. A guerra se alastrou rapidamente para muitas diferentes frentes de batalha e, eventualmente, evolveu todas as grandes potências ocidentais. Rapidamente, a guerra foi formalizada entre os Aliados (França, Grã-Bretanha, Rússia, Itália, EUA) e as Potências do Eixo (Alemanha, Império Austro-Húngaro, Império Otomano). A guerra terminou em 11 de novembro de 1918, às 11h00min (observe a prática de agrupar números importantes juntos, neste caso, o número 11 repetido três vezes. A Primeira Guerra Mundial terminou no décimo primeiro mês do ano, no décimo primeiro dia do mês, e às 11 horas do dia. Esse fato histórico coloca firmemente um selo ocultista dos Illuminati na guerra. Albert Pike teria ficado muito satisfeito, pois a Primeira Guerra Mundial ocorreu exatamente como predito em sua visão demoníaca de 1870 (leia os detalhes completos no artigo N1056).

As conseqüências da guerra foram imensas. Mais de 30 milhões de pessoas morreram durante a luta e outros milhões morreram de fome e de diversas doenças, tanto durante quanto depois do conflito. A maior parte da Europa ficou em ruínas, o governo czarista da Rússia caiu em 1919 e foi substituído pelo governo iluminista do inferno, o comunismo.

Mas, mais importante, a Grã-Bretanha sentiu que tinha sido ajudada de forma singular por um cidadão britânico judeu, o brilhante químico e líder sionista Chaim Weizmann, por sua cooperação no esforço de guerra quando desenvolveu um processo de sintetizar a acetona, um ingrediente necessário para fabricar explosivos, que estavam com suprimento extremamente baixo. Além disso, a Grã-Bretanha queria estabelecer uma nação judaica no Oriente Médio, como um modo de manter o Império Otomano à distância; além disso, ela achava que uma declaração de suporte à causa sionista faria os EUA entrarem na guerra.

Portanto, o gabinete britânico emitiu a famosa Declaração de Balfour. Arthur James Balfour, Secretário das Relações Exteriores do governo britânico, comunicou o seguinte memorando a Lord Rothschild, presidente da Federação Sionista na Grã-Bretanha, em 2 de novembro de 1917:

"Tenho a satisfação de comunicar, em nome do governo de Sua Majestade, a seguinte declaração de simpatia às aspirações do Sionismo Judaico, que foi apresentada e aprovada pelo gabinete. O governo de Sua Majestade vê favoravelmente o estabelecimento na Palestina de uma pátria para o povo judeu e usará seus melhores esforços para facilitar o alcance desse objetivo, ficando, porém compreendido que nada será feito que possa prejudicar os direitos civis e religiosos das comunidades não judaicas na Palestina, ou os direitos e a situação política dos judeus em qualquer outro país."

Acho muito interessante que Rothschild tenha recebido esse memorando, pois sua família tem sido a maior apoiadora da vindoura Nova Ordem Mundial do Anticristo desde 1793! Além disso, você pode ver quão claramente iluminista foi o financiamento dos esforços sionistas, desde 1897. Os Illuminati estavam literalmente comprando Israel dos árabes, palmo por palmo. O financiamento dos judeus de todo o mundo para esse projeto foi enorme.

A Declaração de Balfour foi o primeiro grande passo para o estabelecimento de Israel como nação. Pela primeira vez nos últimos 2.000 anos, uma nação importante se comprometeu com o renascimento de Israel.

A Segunda Guerra Mundial

A Segunda Guerra Mundial foi a guerra final que produziu a nação de Israel. Um líder iluminista, Adolf Hitler, surgiu na Alemanha, prometendo o fim da humilhação sofrida nas mãos dos Aliados, e restaurar o poder e influência da Alemanha. Hitler também publicou um livro intitulado Mein Kampf (Minha Luta), em que prometeu aniquilar todos os judeus em todo o mundo, e a mergulhar toda a Europa na guerra necessária para criar a Grande Alemanha que ele achava ser necessário para estabelecer a perfeita raça ariana.

Desde o início de seu governo, Hitler definiu planos precisos para erradicar os judeus. Chamamos esse esforço de Holocausto. De 1933 a 1938, Hitler começou a assinar diversos decretos e leis que sistematicamente separavam os judeus para a perseguição, chegando a destituí-los da cidadania alemã em 1935. Entretanto, o Holocausto começou oficialmente em 9-10 de novembro de 1938, durante a noite que ficou conhecida como Kristallnacht, na qual virtualmente todas as sinagogas na Alemanha foram destruídas. Logo em seguida, os nazistas começaram a confiscar as propriedades dos judeus e a aprisioná-los em campos de concentração. Após a deflagração da Segunda Guerra Mundial, em 1 de setembro de 1939, Hitler começou o programa oficial de extermínio, um esforço que terminou somente em maio de 1945, quando os Aliados libertaram o último dos campos da morte. Sempre achei interessante que o Holocausto de Hitler durou quase sete anos (2.376 dias), de 9/11/1938 a 6/5/1945; o verdadeiro Anticristo lidará com Israel por exatamente sete anos judaicos (2.530 dias).

A imigração de judeus para sua Terra Prometida aumentou grandemente durante a Segunda Guerra Mundial, quando os judeus tentavam fugir de Hitler. Entretanto, tanto os governos norte-americano e britânico criaram enormes obstáculos à imigração, o que manteve os números abaixo do que seriam. Quando a guerra terminou, a migração de judeus para Israel se tornou uma inundação.

Israel Renasce em um Único Dia

O horror nos países ocidentais com o Holocausto disparou uma seqüência de eventos em que os EUA, sob a liderança do presidente Truman, apoiaram firmemente o renascimento de Israel. Esse renascimento ocorreu sob os auspícios da ONU, demonstrando assim, mais uma vez, o apoio iluminista a essa restauração nacional. Em 14 de maio de 1948, Israel se tornou uma nação novamente; após quase 1.900 anos sem ser um Estado, Israel voltou novamente à vida em um único dia, conforme profetizado em Zacarias 3:9.

A Segunda Guerra Mundial resultou em destruição e sofrimentos generalizados ao custo de milhões de vidas. Além disso, milhões de outros (notavelmente judeus e poloneses) morreram nos campos de extermínio nazistas. Fomes e doenças varreram o mundo como resultado dessa guerra; embora o número de pessoas que morreram por essas causas tenha sido menor do que na Primeira Guerra Mundial, ainda assim o número é impressionante. Os terremotos também começaram a ter um crescimento contínuo, tanto em número quanto em intensidade, em cada década, desde os anos 1920-1940.

Assim, você pode ver que o primeiro bebê a nascer, a nação de Israel, nasceu com exatamente esse tipo de dores de parto — enganação espiritual, rumores de guerras, fomes e terremotos. Deus é verdadeiro à Sua Palavra! Não somente Israel nasceu como uma nação, mas foi trazido de volta em descrença, exatamente como Deus predisse em Ezequiel 37:8b: "... mas não havia neles espírito." Deus profetizou que Israel retornaria em descrença, Nele e em Seu Filho Jesus Cristo. Um dos principais objetivos do Período da Tribulação é produzir uma nação que creia em Jesus quando Ele retornar para a Matança do Armagedom. Uma parte importante na produção dessa nação cristã é permitir que o Anticristo mate dois terços de todos os judeus (todos descrentes, Zacarias 13:8), enquanto Deus protege a terça parte, o remanescente fiel [Apocalipse 12:13-17]. Essa conversão de um terço da população judaica somente começará após o arrebatamento da igreja cristã, com os esforços dos 144.000 evangelistas judeus (Apocalipse 7:2-8) e o testemunho das duas testemunhas, que estarão posicionadas diante do Monte do Templo durante os primeiros 1.260 dias do Período da Tribulação, proclamando fielmente o evangelho de Jesus Cristo.

Mas, quando Jesus Cristo retornar, Ele encontrará um Israel em que as únicas pessoas ainda vivas serão o remanescente cristão que foi protegido. Assim o apóstolo Paulo pôde dizer com confiança: "E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades." [Romanos 11:26] Quando Jesus retornar, haverá o cumprimento da profecia em Zacarias 12:10b, que diz: "Mas sobre a casa de Davi, e sobre os habitantes de Jerusalém, derramarei o Espírito de graça e de súplicas; e olharão para mim, a quem traspassaram; e pranteá-lo-ão sobre ele, como quem pranteia pelo filho unigênito; e chorarão amargamente por ele, como se chora amargamente pelo primogênito.".

Agora, chegamos ao assunto do momento, isto é, o aparecimento do Anticristo. Observe que esse aparecimento é apresentado como um evento singularmente judaico.

O Nascimento do "Bebê" Anticristo

Vamos examinar agora o nascimento do próximo 'bebê" de Mateus 24, o Anticristo. Jesus subitamente começa a falar, no verso 15, da entrada do Anticristo no templo — obviamente o terceiro templo reconstruído — e a profanação dele para criar "a abominação que causa desolação". Deus fica tão irado após esse ato de blasfêmia e por causa das palavras proferidas pelo Anticristo dentro do Santo dos Santos que começa a derramar Sua ira novamente, e com grande intensidade. Essa abominação ocorrerá na metade do período de sete anos da Tribulação, o dia de número 1.260.

Por alguma razão, Jesus Cristo pula o aparecimento do Anticristo em Mateus 24. Entretanto, Ele nos fala sobre o aparecimento desse homem do pecado em Apocalipse 6:1-2: "E, havendo o Cordeiro aberto um dos selos, olhei, e ouvi um dos quatro animais, que dizia como em voz de trovão: Vem, e vê. E olhei, e eis um cavalo branco; e o que estava assentado sobre ele tinha um arco; e foi-lhe dada uma coroa, e saiu vitorioso, e para vencer.".

Este é o momento do nascimento do bebê Anticristo em Mateus 24. Portanto, o "nascimento" dele, seu aparecimento, será precedido por uma intensificação das dores de parto de Mateus 24:6-7. No período de tempo imediatamente antes de seu aparecimento, o mundo experimentará todas essas dores de parto preditas na intensidade mais forte possível! Assim, devemos esperar:

Guerras e rumores de guerras — no mais alto grau possível.

Nação se levantando contra nação, e reino contra reino. — Novamente, essa frase idiomática indica uma guerra que se inicia entre duas potências locais, em que outras potências se envolvem, apoiando os dois combatentes originais, de modo que um conflito muito maior ocorre instantaneamente! Neste caso, vemos o Plano da Nova Ordem Mundial de iniciar uma guerra entre Israel e os palestinos (a Casa de Esaú, Obadias 15-18), em que ambos os lados receberão aliados, resultando na Terceira Guerra Mundial. Os Illuminati estão planejando uma Terceira Guerra Mundial desde 1870 (leia os artigos N1015, N1056 e N1057 para conhecer todos os detalhes). Literalmente, da fumaça, destruição e mortes causadas por essa guerra, o Anticristo sairá caminhando, exibindo seus sinais e maravilhas da mentira extremamente eficazes.

Desde 11/9/2001, as nações iluministas estão invadindo outras nações, ou ameaçando invasões.

Fomes ocorrerão como resultado dessa guerra, provavelmente em países do Terceiro Mundo. A fome será em grande parte resultante dessa vindoura Terceira Guerra Mundial.

Os terremotos podem agora ser criados por HAARP e pela tecnologia eletromagnética escalar. [Leia os artigos N1207, N1776 e N1776B para conhecer os detalhes da capacidade atual da guerra climática. Tanto os EUA quanto a Rússia possuem essas capacidades.].

É o Senador Obama o "Messias" — ou Pelo Menos uma Figura Messiânica?

Barack Obama é o Anticristo profetizado na Bíblia? Certamente ele realizou um tipo de campanha messiânica, com muitas pessoas reparando um certo carisma inexplicável que emana do senador de Illinois, um tipo de sentimento espiritual que elas não conseguiam explicar, embora fossem dramaticamente atraídas por ele.

Essa pergunta está surgindo com uma freqüência cada vez maior atualmente, e parece se ligar com o tema ocultista que a Cutting Edge já observou.

Resumo da Notícia: "Barack Obama é o Messias?", Ben Shapiro, Town Hall, 31 de janeiro de 2007:

"Aparentemente, o senador Barack Hussein Obama, Democrata de Illinois, é o Messias... Jesus não recebeu esse tipo de cobertura da mídia no domingo de Páscoa. Não é de se admirar que Slate.com tenha montado um 'Observatório do Messias' sobre Obama, dedicado a 'considerar evidências de que Obama é o Filho de Deus'."

Agora, esse é o tipo de retórica que deveria fazer os cristãos bíblicos sentarem e abrirem os olhos sobre o fim dos tempos. Jesus nos alertou enfaticamente que deveríamos esperar "falsos Cristos" (falsos líderes políticos) e "falsos profetas" (falsos líderes espirituais) no fim dos tempos. Veja:

"E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane; porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos." [Mateus 24:4-5].

"Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos." [Mateus 24:24].

Barack Obama está fazendo com que muitos queiram segui-lo, simplesmente por que emite algum tipo de poder misterioso que atrai as pessoas!

No site "Is Barack Obama the Messiah" (Barack Obama é o Messias?), lemos algumas declarações surpreendentes:

1) "... uma luz atravessará a janela, um raio de luz descerá, você experimentará uma epifania... e de repente perceberá que deve ir às urnas e votar em Obama" — Barack Obama em campanha na cidade de Lebanon, New Hampshire, em 7 de janeiro de 2008.

Essa declaração foi totalmente construída em termos religiosos. E é totalmente eficaz!

2) "Um salto quântico na consciência americana." (Deepak Chopra)

Deepak Chopra é um dos principais autores e conferencistas da Nova Era! É altamente significativo que Obama seja repentinamente o queridinho de uma pessoa como essa. Os aderentes da Nova Era desejam uma figura messiânica há muito tempo. O fato de Deepak Chopra ser um entusiasta de Obama é muito revelador sobre o tipo de poder eclético que Obama está emitindo.

Observe também a citação sobre "um salto quântico na consciência". Os aderentes da Nova Era acreditam que, imediatamente antes de o Cristo da Nova Era aparecer, a humanidade passará por um "salto quântico de consciência"! Na verdade, o Cristo só pode aparecer depois que a população do mundo passar por esse 'salto quântico na consciência'! Portanto, essa declaração está dentro do contexto da Nova Era da espera do Messias deles.

3) "Somos aqueles que estávamos esperando. Somos a mudança que buscamos." (Obama na Super-Terça)

Os principais temas de Obama são enganosamente curtos e muito úteis como propaganda de massa: 1) Simplifique, estúpido e 2) Repita a mesma frase curta como um mantra — são duas técnicas eficazes para enganar as massas. Obama repete apenas poucos mantras várias e várias vezes e faz isso enquanto algum tipo de poder oculto emana de sua voz e de seu corpo.

4) "Alguns leitores entenderam imediatamente o que eu quis dizer na semana passada quando disse que John McCain tem o azar de estar concorrendo contra Luke Skywalker... O mito de Obama é um mito testado e aprovado. O falecido folclorista Joseph Campbell chamou isso de "A Jornada do Herói" e ela é encontrada em cada cultura desde Moisés, Davi, Ulisses, Luke Skywalker, Frodo e Harry Potter."

5) "Farei qualquer coisa que ele disser. Pegarei copinhos de plástico do chão para limpar o caminho para ele." (Halle Berry)

6) "Barack Obama é nossa representação coletiva de nossas esperanças mais puras, de nossas visões mais elevadas e de nosso saber mais profundo... Ele é nossa criação vinda do interior do onisciente e vasto campo da inteligência." (Eve Konstantine)

7) "Isto é maior que Kennedy... Isto é o Novo Testamento." | "Senti um arrepio subindo pela minha perna. Não sinto isso freqüentemente. Falando sério, este é um evento dramático." (Chris Matthews)

Claramente, Chris Mattews sentiu uma aura messiânica em torno de Obama!

8) "Os melhores discursos de Obama não animam. Eles não informam. Eles nem mesmo inspiram realmente. Eles elevam… Ele não é a Palavra encarnada, mas o triunfo da palavra sobre a carne... Obama é, no seu máximo, capaz de nos chamar de volta ao nosso Eu Elevado." (Ezra Klein).

9) "Obama tem a capacidade de invocar forças heróicas das profundezas espirituais dos cidadãos comuns e liberá-las dali como um coro sinfônico de atos criativos singulares cujo propósito comum é domar a alma e amenizar os grandes desafios que estão diante da humanidade." (Gerald Campbell)

Claramente, esse tipo de linguagem é peculiar a um messias religioso.

10) "Estamos aqui para evoluir para um plano mais elevado... ele é um líder evoluído... ele tem ouvidos para a eloqüência e uma língua mergulhada na Verdade Nua e Crua." (Oprah Winfrey)

11) "Eu caracterizaria a disputa no Senado como uma disputa em que Obama foi, vamos dizer assim, abençoado e altamente favorecido. Isso não é rotineiro. Existe algo mais acontecendo. Acho que Obama e sua eleição ao Senado foram divinamente ordenados... Sei que foi um plano de Deus." (Bill Rush)

Obviamente, essas citações fazem Obama parecer um homem investido de poderes sobrenaturais, o tipo de figura messiânica que o mundo deseja desesperadamente.

Agora vejamos algumas citações do site do candidato.

"A campanha de Obama usa um chamado religioso como recurso retórico central: "Peço que vocês acreditem," diz o letreiro no alto da página em www.barackobama.com. Seu apelo aos eleitores é um arquétipo de uma conversão religiosa: em vez de serem solicitados a apoiar, os eleitores são exortados a 'se juntarem ao movimento'. Na Geórgia, ele igualou diretamente seus apoiadores com o povo de Deus."

Resumo da Notícia: "Somos os Escolhidos: Um novo hino a Barack Obama", The Telegraph (Londres), 6 de março de 2008.

"As similaridades entre a esperança em Obama e a esperança bíblica são extraordinárias."

Poderíamos continuar ainda mais, listando outros casos de tipos messiânicos ou tipos de linguagem bíblica. Se você quiser continuar com essa pesquisa, incentivamos que leia o material no site "Is Barack Obama the Messiah?".

Agora, vamos voltar a matéria do Town Hall, que citamos anteriormente, para a última declaração que nos levará à próxima notícia.

"E mais, Obama sabe que elas são promessas vazias. Na guerra entre tradicionalismo e radicalismo, Obama está firme ao lado do radicalismo. Embora tenha o dom de obscurecer suas posições, Obama é um defensor dos direitos dos homossexuais, crê piamente no conceito de propriedade privada como propriedade social, e é um defensor fanático do aborto por solicitação da gestante. Sua promessa de ir além das políticas dos anos 60 é uma promessa para alcançar unidade plena no programa triunfante dos anos 60. Se Obama é um Messias, ele é um Messias secular, que prega o evangelho de Tom Hayden."

Você reparou nos tipos de posições apoiadas por Obama, que são condenadas pelos conservadores e/ou cristãos?

E agora o líder negro carismático, Lous Farrakhan, endossou o senador Obama como um messias!

Resumo da Notícia: "Louis Farrakhan chama Obama de Messias! Helter Skelter", YouTube (NT: Vídeo removido).

Recomendamos que você assista com muita atenção a esse vídeo revelador, pois mostra como muitas pessoas, incluindo muitos negros, já embarcaram no ônibus messiânico de Obama. A WorldNetDaily pegou as exatas palavras desse vídeo.

Resumo da Notícia: "Farrakhan Sobre Obama: 'O Messias com certeza está falando'", WorldNetDaily, 9 de outubro de 2008.

"O líder da Nação do Islã, Louis Farrakhan, outra figura política poderosa de Chicago associada com o Rev. Jeremiah Wright e outros companheiros de longa data do candidato à presidência pelo Partido Democrata, Barack Obama, não deixa dúvidas sobre o que pensa do líder na campanha para a Casa Branca. Ele disse que quando Obama fala 'o Messias com certeza está falando'."

Para Farrakhan, o senador Obama é o "messias", o que significa literalmente aquele que aparece com grande poder e carisma para libertar seu povo da servidão e levá-lo à luz da liberdade e prosperidade. Mas isso não é o bastante para os cristãos bíblicos genuínos, é? O Messias que estamos esperando é o Messias da Bíblia, o qual nós, cristãos, sabemos que é Jesus Cristo em sua segunda vinda.

Porém — e eis aqui o maior 'porém' dos últimos 2.000 anos — o primeiro homem que aparecer no cenário mundial após o retorno de Israel à sua terra será o profetizado falso Messias, também conhecido como Anticristo. Se Obama é alguma coisa, ele é o vindouro Anticristo! Voltaremos a essa parte no fim deste artigo. Por enquanto, vamos voltar ao artigo da WorldNetDaily. Você verá que Farrakhan está falando de uma figura messiânica que não é bíblica.

"Falando a uma grande multidão atrás de um pódio, no dia 24 de fevereiro, com o logotipo do Dia do Salvador 2008 da Nação do Islã, Farrakhan proclama: 'Vocês são os instrumentos que Deus usará para realizar uma mudança universal, e é por isso que Barack cativou a juventude. Ele está envolvendo os jovens em um processo político do qual eles estavam desligados. Isto é um sinal. Quando o Messias fala, os jovens ouvem, e o Messias com certeza está falando'."

As palavras 'mudança universal' são comuns nos escritos da Nova Era sobre o vindouro Anticristo. Na verdade, essas palavras são usadas tantas vezes que poderiam ser consideradas "chavões bonitos". Quando Farrakhan usou essas palavras para descrever Obama, ele estava lançando sobre os ouvintes o espectro da Nova Era do vindouro Anticristo. Agora, observe que Louis Farrakhan está prometendo que coisas melhores virão, outro conceito messiânico da Nova Era.

"'Irmãos e irmãs', Farrakhan disse, 'Para mim Barack Obama é um arauto do Messias. Barack Obama é como a trombeta que nos alerta que algo novo e melhor está para acontecer'."

Este próximo parágrafo é novidade para mim. Eu não sabia que o 'Salvador' islâmico tinha um pai negro e uma mãe branca. Essa questão racial poderia ser o motivo que os Illuminati deliberadamente escolheram Barack Obama para ser o candidato Democrata à presidência e, talvez, o 44º presidente dos Estados Unidos.

"Farrakhan lembra que o homem que os seguidores da Nação do Islã se referem como 'Salvador', Fard Muhammad, tinha um pai negro e uma mãe branca, exatamente como Obama. 'Um homem negro com uma mãe branca se tornou um salvador para nós', disse ele. 'Um homem negro com uma mãe branca pode se tornar aquele que erguerá a América de sua queda. Deus permitiria que Barack fosse presidente de um país que tem sido tão racista, tão mau no tratamento aos hispânicos, índios e negros?' ele perguntou. 'Deus faria algo assim? Sim. Claro que faria. Isso para mostrar que a pedra que os edificadores rejeitaram foi posta por cabeça de esquina. Isso é um sinal para nós. Chegou a hora da nossa ascensão. Chegou a hora de tomarmos nossos lugares. O futuro depende só de vocês'."

Esqueça o uso indevido da passagem bíblica por Farrakhan; ele está se referindo aqui a um fenômeno estritamente americano, uma figura messiânica política que levará os negros americanos e as pessoas que não são brancas a uma terra prometida!

Esse artigo da WorldNetDaily então informa outras vezes que o senador Obama estave em campanha como uma figura messiânica.

"A WND informou anteriormente que um site chamado "Is Barack Obama The Messiah?" ("Barack Obama é o Messias?") captou a onda de euforia que ocorreu após a notável ascensão do senador democrata."

"O site é exaltado por uma citação de Obama estrategicamente extraída de um discurso de 7 de janeiro nas Faculdades Dartmouth, bem antes das primárias de New Hampshire, no qual ele disse aos estudantes: 'uma luz atravessará a janela, um raio de luz descerá, você terá uma epifania, e de repente perceberá que deve ir às urnas e votar em Obama."

Embora essa declaração pareça controle mental em operação, ela contém vários elementos messiânicos fundamentais aos quais precisamos prestar muita atenção:

  1. "Uma luz atravessará a janela"
  2. "Um raio de luz descerá"
  3. "Você terá uma epifania"

Agora, eis aqui a prova conclusiva do controle mental:

"De repente você perceberá que deve ir às urnas e votar em Obama."

Algumas pessoas importantes sentiram um estranho e inexplicável poder que emana desse senador.

"O âncora da MSNBC, Chris Matthews, está entre os muitos membros da mídia arrebatados por Obama, e admitiu que sentiu um 'arrepio subindo pelas pernas' ao ouvir um discurso de Obama."

"O colunista Mark Morford, do jornal San Francisco Chronicle, escreve que Obama tem um carisma que vai além de seu vigor juvenil, ou beleza, ou mesmo retórica inspiradora."

"Bill Clinton, com todo o seu charme natural e encantador, não tinha o que Obama tem, que é uma espécie de luminosidade poderosa, uma integridade altamente vibratória e singular", Gladnick disse. "Ignore tudo o que você gosta, mas eu ouvi de muitíssimas pessoas altamente inteligentes, sábias e espiritualmente ligadas que ficaram fascinadas pela presença de Obama — nada de discursos, nem políticas, mas mera presença — dizerem que é apenas mais uma jogada inteligente de marketing, uma jogada esperta orquestrada cuidadosamente pelos habilidosos organizadores de campanha que, assim que Obama for eleito, irão subitamente deixar de ser espertos otimistas e se tornarão vis lobistas sugadores de almas, com Obama como seu, agora malvado, chefe mandão."

A WorldNetDaily também reportou quando o radialista Rush Limbaugh criticou os democratas que estavam comparando Obama com Jesus e a governadora Sarah Palin com Pôncio Pilatos:

"'Conheço Jesus Cristo. Oro a Jesus Cristo o tempo todo', disse Limbaugh. 'Estudo o que Jesus Cristo fez e disse o tempo todo, e permita que eu lhe diga uma coisa: Barack Obama, você não é Jesus Cristo'."

"Ele (Limbaugh) também atacou as posições de Obama sobre o aborto e Educação Sexual para crianças no Jardim de Infância, dizendo: 'Não consigo encontrar quaisquer referências sobre Jesus promovendo o infanticídio, ou sugerindo que a Educação Sexual seja ensinada às crianças de 4 e 5 anos de idade, mas ainda estou procurando no Novo Testamento e direi a vocês se encontrar alguma coisa."

Na verdade, os estrategistas da campanha de Obama estão usando referências bíblicas o tempo todo.

"Democratas, incluindo a estrategista do partido, Donna Brazile, e o deputado Steve Cohen, Democrata do Tennessee, fizeram comparações bíblicas quase idênticas dos personagens desta eleição presidencial, as quais Limbaugh rastreou até às publicações de um blog de Washington, em 4 de setembro. 'Barack Obama foi um gestor comunitário como Jesus', disse Cohen ontem, durante um discurso de um minuto na tribuna do Congresso."

Não há dúvida alguma que os caciques do Partido Democrata decidiram que Barack Obama deveria adotar um discurso messiânico em sua campanha. Também não há dúvida alguma que muitos comentaristas da mídia de massa adotaram esse mantra, e realmente não há dúvida que um número cada vez maior de pessoas está vendo Obama a partir desse ângulo.

No entanto, será que ele pode mesmo ser o Anticristo? A Bíblia é muito clara sobre os requisitos para ser o Anticristo.

1) A ênfase original do Anticristo será nos judeus — o Anticristo precisa enganar os judeus para que eles aceitem suas afirmações que ele é Messias judaico.

Portanto, ele precisa ser capaz de provar sua linhagem até o rei Davi. Veja a profecia:

"Do aumento deste principado e da paz não haverá fim, sobre o trono de Davi e no seu reino, para o firmar e o fortificar com juízo e com justiça, desde agora e para sempre; o zelo do SENHOR dos Exércitos fará isto." [Isaías 9:7].

Deus diz nessa profecia que o verdadeiro Messias judaico será capaz de mostrar uma genealogia que o ligue claramente ao rei Davi. É por isso que Mateus 1 existe em nossas Bíblias, para provar a genealogia de Jesus até o rei Davi. Os judeus exigirão que esse recém-manifesto Cristo maçônico mostre uma linhagem que comprove que descende do rei Davi. Como um Cristo maçônico vindo do Império Romano Renascido (Europa e Grã-Bretanha) comprovará sua linhagem até o rei Davi? É aqui que a mentira inerente de 'O Código da Vinci' se torna tão importante. O Anticristo só poderá aparecer quando um número significativo de pessoas no mundo todo acredite na mentira da Linhagem Merovíngia, agora apresentada poderosamente por Hollywood. (Veja os detalhes completos no artigo N2133, "Forte Espírito Demoníaco do Erro Faz Inflar a Popularidade de O Código Da Vinci em Todo o Mundo".)

Eu garanto a vocês que o senador Obama tem uma linhagem que remonta ao rei britânico Eduardo I (leia os detalhes no artigo N2307, não traduzido). Portanto, ele poderia se "plugar" na enganação da Linhagem Merovíngia, porque assim que o Anticristo convencer as pessoas que sua linhagem vai até Jesus por meio dos reis merovíngios, então ele estará livre para chegar até o rei Davi!

No entanto, existem mais razões problemáticas mostrando que Obama provavelmente não é o bíblico Anticristo:

2) O Anticristo precisa vir do "Império Romano Renascido" — A Grã-Bretanha e Europa.

Veja esta passagem incomum:

"... e o povo do príncipe, que há de vir, destruirá a cidade e o santuário, e o seu fim será com uma inundação; e até ao fim haverá guerra; estão determinadas as assolações." [Daniel 9:26b].

Os eruditos bíblicos concordam unanimemente que o "príncipe que há de vir" é uma referência ao príncipe que governa o reino que executou o verdadeiro Messias na primeira parte de Daniel 9:26. Esse reino, é claro, era o antigo Império Romano. Portanto, está profetizado que o Anticristo é o "príncipe que há de vir" dessa passagem, exigindo então que o antigo Império Romano seja restabelecido no fim dos tempos. Obviamente, para que isso possa acontecer, no tempo certo a Europa Ocidental já se levantou das cinzas da história, contendo quase todo o antigo território que o império original possuía — até mesmo a Grã-Bretanha!

Barack Obama vem da Europa Ocidental?! Não, ele não vem, é muito forçado dizer que já que os Estados Unidos vieram da Inglaterra, poderia ser considerado como parte do Império Romano renascido. Os antigos romanos controlaram a Grã-Bretanha, mas nunca colocaram os pés na América do Norte. Não, Obama não vem de nenhum país que pertenceu originalmente ao antigo Império Romano.

3) O Anticristo não será casado:

"E não terá respeito ao Deus de seus pais, nem terá respeito ao amor das mulheres, nem a deus algum, porque sobre tudo se engrandecerá." [Daniel 11:37].

O Anticristo não terá desejo por mulheres; os eruditos bíblicos há tempos mantêm a posição que essa profecia significa que o vindouro "filho da perdição" não será casado e, possivelmente, será um homossexual. Obviamente, uma vez que Barack Obama é casado e tem duas filhas, está desqualificado para ser o bíblico Anticristo.

4) O Anticristo não servirá a nenhum deus, mas adorará ao 'deus das forças':

"Mas em seu lugar honrará a um deus das forças; e a um deus a quem seus pais não conheceram honrará com ouro, e com prata, e com pedras preciosas, e com coisas agradáveis." [Daniel 11:38].

A que deus o senador Obama serve? Ele diz ser um cristão e que ora a Jesus diariamente. Isso significa que ele honra a Jesus apenas com os lábios. O senador também cometeu um ato falho quando fez referência a "minha fé muçulmana". Assim, é evidente que ele adora a Alá, o deus do Islã. Como o famoso ditado islâmico diz: "Alá é deus e Maomé é seu profeta".

Portanto, Obama não pode ser o Anticristo.

Por essas razões, o senador Barack Obama não pode ser o Anticristo profetizado na Bíblia.

No entanto, ele pode ser, e sem dúvida é, "um anticristo":

"Filhinhos, é já a última hora; e, como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora." [1 João 2:18].

Na verdade, se Obama chegar à Casa Branca, ele será o presidente na época em que a União Norte Americana (NAFTA) estiver concluída. Pela importante natureza de seu cargo, o presidente Obama será de fato o líder ou governante do NAFTA. Assim, a reorganização das dez nações profetizada na Bíblia e planejada pelos Illuminati, será finalmente completada. (Leia o artigo N2139, "O NAFTA — O Superestado da América do Norte Realmente Está Tomando Forma").

Isso significa que ele será parte do comitê de boas-vindas quando o Anticristo finalmente aparecer. Veja a profecia de Daniel 7:7-8, onde Daniel vê quatro reinos gentílicos que deram lugar a uma reorganização de dez chifres (representando dez reis):

"Depois disto eu continuei olhando nas visões da noite, e eis aqui o quarto animal, terrível e espantoso, e muito forte, o qual tinha dentes grandes de ferro; ele devorava e fazia em pedaços, e pisava aos pés o que sobejava; era diferente de todos os animais que apareceram antes dele, e tinha dez chifres." [Daniel 7:7].

Em outras palavras, Deus está dizendo aqui que o mundo inteiro será reorganizado em dez supernações, cada uma com um respectivo governante. E é muito interessante que o Plano dos Illuminati também inclua uma reorganização global em exatamente dez supernações! Como mostramos no artigo referido anteriormente, o NAFTA é a nação número 1 na reorganização global dos Illuminati.

Portanto, o presidente Obama será um dos dez governantes do reino dos Illuminati! Isso significa que ele é UM anticristo, e possui as mesmas características do bíblico Anticristo. Veja a profecia novamente:

"Estando eu a considerar os chifres, eis que, entre eles subiu outro chifre pequeno..." [Daniel 7:8].

O "pequeno chifre" que subiu entre os dez chifres é sem dúvida o Anticristo. Essa passagem indica claramente que o Anticristo terá a mesma orientação espiritual que os dez reis que o precederam! Isso significa que o presidente Obama terá a mesma inclinação espiritual ocultista que o Anticristo. Portanto, as pessoas considerarão Obama como um provável candidato a ser o bíblico Anticristo, mas isso é impossível.

O que Obama será é uma réplica do bíblico Anticristo, mas não o verdadeiro "homem do pecado".

Esses eventos estão levando o mundo aos últimos dias do fim dos tempos e realmente parece que o 44º presidente dos Estados Unidos estará lá para saudar o recém-manifesto Anticristo.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Tradução: Marcelo N. Motta
Data de publicação: 30/11/2008
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2320.asp