Escolha uma cor para o fundo:  

Tratado Histórico Para a Redução das Armas Nucleares É Assinado Entre EUA e Rússia — Mas a Realidade É Que o Armamento Nuclear Já Está Obsoleto

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2

O aperfeiçoamento da tecnologia das ondas eletromagnéticas escalares e HAARP tornou os mísseis nucleares obsoletos, de modo que as duas superpotências pragmaticamente decidiram reduzi-los, devido ao alto custo envolvido na manutenção!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

O presidente Obama parece ter gravado seu nome na história mundial moderna. Ele negociou um tratado de redução das armas nucleares com a Rússia, um feito que seus predecessores não conseguiram realizar. Quando Barack Obama recebeu o Prêmio Nobel da Paz, muitos disseram que foi com base naquilo que ele iria fazer, não no que já tinha realizado. Essa explicação foi necessária porque todos sabiam que ele não tinha feito nada de significativo para merecer o Prêmio.

Agora, porém, o presidente coordenou as negociações com os russos, que supostamente reduzirão drasticamente o número de ogivas operacionais utilizadas por cada lado. Certamente, o fato de Obama ter sido agraciado com o Prêmio Nobel da Paz deu um peso maior aos seus esforços. Certo? Este cenário provavelmente será mostrado pela mídia de massa no mundo inteiro.

Entretanto, a realidade é bem diferente.

A razão porque os governos dos EUA e da Rússia subitamente chegaram a um acordo sobre a redução das armas nucleares é muito simples e pragmática: tanto as ogivas nucleares quanto os sistemas de mísseis estão obsoletos e precisavam ser desativados e jogados no lixo!

Permita-me colocar a questão em outra perspectiva: como os sistemas de mísseis, que transportam as ogivas nucleares, não conseguem mais atingir os alvos inimigos, eles estão obsoletos e são tão inúteis que não compensam os gastos necessários para mantê-los em condições operacionais.

Além disso, como os satélites americanos e russos podem identificar a localização de cada ogiva nuclear, em qualquer lugar do mundo, em tempo real, as ogivas nucleares estão seriamente comprometidas como um sistema eficiente de armamento, ou como uma arma eficiente para os terroristas!

A Bíblia Sagrada nos dá a necessária compreensão do que acontece quando algo se torna totalmente obsoleto:

"Ora, o que foi tornado velho, e se envelhece, perto está de acabar. " [Hebreus 8:13b].

De acordo com o critério bíblico, os mísseis e ogivas nucleares estão "perto de acabar", pois estão obsoletos. Mas, é claro, nenhum órgão da mídia de massa lhe dirá isto, pois a elite global quer que você seja mantido na ignorância. Veja como um autor de Nova Era explica as vantagens de manter a pessoa mediana totalmente ignorante:

"O contador pode se tornar rei se o público for mantido ignorante da metodologia da contabilidade." [Behold a Pale Horse, de Bill Cooper, pág. 39, leia a resenha].

"A experiência provou que o método mais simples de garantir uma arma silenciosa e obter o controle é manter o público indisciplinado e ignorante dos princípios básicos dos sistemas de um lado e, ao mesmo tempo, mantê-lo confuso, desorganizado e distraído com assuntos sem importância real, de outro." [Ibidem, pág. 56-57].

Educacionalmente, os Illuminati planejaram obter esse controle silencioso da população "desengajando suas mentes, sabotando suas atividades mentais, fornecendo um programa de educação pública de baixa qualidade em matemática, lógica, projeto de sistemas e economia, e desencorajando a criatividade técnica." [Ibidem].

As pessoas ignorantes podem ser mais facilmente manipuladas do que um público educado e alerta. É por esta razão que os educadores "emburreceram" os livros-textos e os currículos desde a Primeira Guerra Mundial. Agora, quase cem anos depois, a população está tão alegremente ignorante e desinformada que não consegue enxergar o rolo compressor da ditadura que se move em sua direção.

O Tratado de Redução Nuclear

Vamos agora examinar o acordo que o presidente Obama negociou com os russos.

Resumo da Notícia: "Significado do tratado para a redução das armas estratégicas para a segurança global", Portal Nacional na Internet da República da Bielo-Rússia", 6 de abril de 2010.

"Moscou, 6 de abril (BelITA) — O ministro russo das Relações Exteriores assegurou aos representantes diplomáticos dos países-membros da Comunidade de Estados Independentes que um novo Tratado Rússia-EUA para a Redução e Limitação das Armas Ofensivas Estratégicas (chamado de START) tem o propósito de garantir a paz e a segurança globais... Os participantes do encontro enfocaram as questões relacionadas com o diálogo estratégico russo-americano, bem como a futura assinatura pela Federação Russa e pelos EUA de um tratado sobre a redução e limitação das armas ofensivas estratégicas em Praga, em 8 de abril."

"Sergei Ryabkov enfatizou que o novo tratado marca uma transição na cooperação bilateral para um nível mais elevado no desenvolvimento de novas relações estratégicas e servirá como evidência do comprometimento da Rússia e dos EUA com as questões do desarmamento e da não-proliferação. Ele também enfatizou a interrelação entre as armas estratégicas ofensivas e defensivas no acordo e chamou a atenção dos participantes do encontro para as medidas eficazes de verificação."

À primeira vista, o acordo parece fantástico! O artigo seguinte explora os antigos temores da Guerra Fria, que a vasta maioria das pessoas nos EUA ainda se lembra vividamente, e com um grau variável de pavor.

Resumo da Notícia: "Sanidade dos armamentos: Drama da Guerra Fria já passou, mas a urgência de controlar as armas nucleares continua", The Houston Chronicle, 6 de abril de 2010.

"O controle das armas não tem aquela urgência dos 'dois minutos para a meia-noite nuclear' que chegou a ter no passado. Aqueles que têm certa idade se lembrarão que nos dias mais gélidos da Guerra Fria, quando imensos arsenais nucleares dos EUA e da Rússia eram usados como trunfos mortais em um jogo de pôquer em que o vencedor leva tudo, havia uma meticulosa cautela no processo de negociação que causava apreensão em todos. Aquele velho sentimento de pavor nuclear está em grande parte ausente das negociações do controle de armas hoje; porém os riscos são tão altos, ou até mais altos no início do século 21, dadas as realidades do terrorismo global e o risco crescente que as armas nucleares possam cair em mãos erradas."

"Se o acordo de armamentos com a Rússia, anunciado na última sexta-feira pelo presidente Barack Obama é um grande passo ou meramente uma ponte para possíveis passos maiores no futuro — e as opiniões dos especialistas estão divididas na questão — o anúncio nos faz lembrar que o controle das armas ainda é uma grande negociação. O tratado de controle de armas que Obama anunciou com estardalhaço na sexta-feira da semana passada deverá ser assinado por ele e pelo presidente russo, Dmitry Medvedev, em Praga, em 8 de abril. O tratado propõe reduções no número de ogivas estratégicas utilizadas em praticamente um terço e a redução dos lançadores totais para 800 ao longo dos próximos anos. Ele precisará ser ratificado pelo Parlamento Russo e por dois terços do Senado dos EUA."

Esta é a essência das análises positivas que estão sendo apresentadas em todo o mundo, para que as pessoas creiam que os americanos e russos realizaram um ótimo acordo para a paz mundial com seu tratado para a redução das armas. Mas, como usual, a verdade está na direção oposta à indicada na retórica para o público (leia o artigo N1558).

A verdade é que as armas nucleares estão totalmente obsoletas e precisavam ser reduzidas até o ponto da eliminação!

O Sistema de Armas Eletromagnéticas HAARP, dos EUA

Agora, vamos examinar algumas das preocupações dos cientistas de Nova Era a respeito do dano que a tecnologia HAARP poderá infligir à Terra. Essa tecnologia pode:

1) Criar terremotos quando e onde forem desejados.

Neste ponto, referenciamos os leitores céticos aos comentários do Secretário de Defesa William Cohen, que pertenceu ao gabinete do presidente Bill Clinton. Leia atentamente as afirmações do secretário Cohen, pois ele tinha conhecimento das informações mais secretas e das tecnologias mais bem-guardadas que o governo federal possui:

"... alguns cientistas em seus laboratórios... envolvidos em um tipo de ecoterrorismo, por meio do qual podem alterar o clima, produzir terremotos e erupções vulcânicas remotamente por meio do uso de ondas eletromagnéticas." [Secretário da Defesa William Cohen, "Terrorismo, Armas de Destruição Maciça e Estratégia dos EUA", Foro de Políticas Sam Nunn, 28 de abril de 1997, Universidade da Geórgia, Athens, Geórgia."

2) Manipular os sistemas globais do clima, modificando os padrões climáticos, provocando chuvas ou secas.

3) Fazer a Terra sair de seu ciclo normal de rotação e, possivelmente, girar fora de controle.

4) Redirecionar o fluxo dos Electrojet Streams (NT: Correntes elétricas que se deslocam na camada ionizada da atmosfera terrestre.)

5) Ampliar e focar a luz solar, um efeito chamado de skybusting. Esse processo pode provocar buracos nas camadas protetoras de ozônio, permitindo que uma luz solar intensa atravesse a atmosfera e provoque queimaduras graves nas pessoas.

6) Fazer o controle da mente. [págs. 17-18,26]. Usando o bombardeio de ondas de frequência extremamente baixas, na mesma faixa de frequência em que o cérebro humano opera, é possível modificar os pensamentos e as emoções das pessoas. Que Deus nos ajude quando e se os homens ímpios aperfeiçoarem esse tipo de armamento! Essa capacidade poderá ser usada para criar lealdade em massa ao Cristo Maçônico quando ele aparecer!

7) HAARP pode criar explosões da mesma magnitude de uma bomba nuclear, porém sem a radiação! [págs. 38, 62]. Esse processo está protegido pela patente 4.873.928. Essa poderia ser a "grande espada" portada por uma das forças do Anticristo em Apocalipse 6:4. Com essa arma, seria possível atacar alvos com grandes explosões, mas sem lançar mísseis com ogivas nucleares, ou usar aviões, ou porta-aviões!! Essa descoberta poderá tornar todas as estratégias militares sobre como se defender de um ataque inimigo totalmente inúteis.

Subitamente, tenho algumas ideias luminosas! Compreendo por que os negociadores russos e norte-americanos puderam chegar subitamente a um acordo sobre a destruição de tantas ogivas e mísseis nucleares. Se as explosões nucleares podem ser produzidas por ondas eletromagnéticas HAARP na velocidade da luz, então é praticamente impossível se defender dessas armas.

8) Entretanto, as ogivas nucleares transportadas por mísseis estão obsoletas!! Se ambos os lados podem criar explosões da mesma magnitude de uma bomba nuclear sem criar radiação, por meio das torres de transmissão de rádio do tipo HAARP, os mísseis com ogivas nucleares não serão mais necessários. Como você se defende de um ataque de magnitude nuclear iniciado por ondas de rádio ELF (frequências extremamente baixas), silenciosas e invisíveis, geradas no território inimigo, que sobem até a ionosfera e depois são refletidas para o seu território para provocar uma explosão?

Mas ainda há muito mais!

9) Esses transmissores de rádio ELF podem criar um escudo impenetrável contra os mísseis e aviões invasores, ou qualquer coisa que tente penetrar no espaço aéreo! Então, por que tentar aperfeiçoar um míssil antimíssil que possa abater outro míssil no ar? Por que as Forças Armadas americanas estão trabalhando em conjunto com as Forças Armadas israelenses para levar esse míssil antimíssil mais eficiente a Israel para oferecer melhor proteção contra os mísseis sírios e egípcios? Eles provavelmente não querem que muitas pessoas saibam que os EUA possuem esse tipo de eficiente escudo de mísseis em um campo de batalha, seja estratégico ou tático. Quando os árabes começarem a lutar contra os israelenses na próxima guerra, poderão ficar chocados com o tipo de armas que os aniquilará! A existência desse tipo de capacidade militar também é a razão por que os EUA estão fornecendo armamentos aos governos árabes para lutarem contra Israel na próxima guerra. Os árabes não compreendem que as Forças Armadas israelenses já obtiveram uma vantagem decisiva na capacidade de aniquilação!

Na verdade, parece que a Infantaria estará obsoleta nas próximas guerras.

A Guerra Eletromagnética Escalar

Os russos e israelenses têm uma arma eletromagnética mais poderosa, chamada de Armamento Escalar.

Os EUA NÃO possuem a mais poderosa e avançada tecnologia de armamentos do mundo! Inimigos dos EUA têm esse tipo de tecnologia! Pelo menos cinco países no mundo possuem o tipo de tecnologia que poderá submeter as forças militares americanas à aniquilação em algumas poucas horas, se decidirem usá-las!

"A América Queimará no Fogo!"

Neste artigo, falaremos de um desses sistemas bélicos: a tecnologia dos armamentos escalares. Obtemos muitas dessas informações em um livro intitulado Fer De Lance, escrito pelo tenente-coronel Thomas E. Bearden.

Primeiro, queremos citar o coronel Byron Weeks, da reserva da Força Aérea, em uma advertência que fez em 5 de outubro de 2002; publicamos diversas vezes os comentários dele na seção Daily News Updates. Veja o que disse o coronel Weeks:

"A assim-chamada América Imperial muito provavelmente não tem os meios de apoiar suas várias tentativas de controlar o mundo. Somos mais fracos agora do que nunca antes. As bravatas de Bush são vazias e, mesmo que tenhamos o canhão de Tesla, a Rússia e a China também o têm, e a Rússia tem armas escalares eletromagnéticas há mais tempo — tempo suficiente para ter experimentado e testado várias formas delas muitas vezes. Mas embora evidentemente os EUA tenham alguns armamentos energizados por HAARP, o físico e tenente-coronel Thomas Bearden diz que não temos muito, se é que temos, e nossos armamentos escalares ainda não estão prontos para serem usados eficientemente..."

"Se atacadas, nossas forças terrestres estarão tão vulneráveis quanto patinhos sentados, lá no deserto árido e quente, e sem ter aonde se esconder. As cidades e os antigos sistemas ABM não nos protegerão. Se atacarmos o Iraque, o que agora parece ser inevitável, podemos esperar sermos atacados por todos os lados, com bombas nucleares, EMPs, e ondas do interferômetro eletromagnético longitudinal que virão sobre nós como fogo do céu. A América queimará no fogo..."

"A América queimará no fogo".

O armamento escalar são ondas eletromagnéticas emitidas por meio de antenas de rádio construídas de uma forma especial. Embora os EUA tenham construído antenas HAARP quase uma década atrás, essa tecnologia é evidentemente inferior à tecnologia russa e pode representar um gigantesco esforço para "alcançar" o armamento russo. Veja o que diz o coronel Beardon:

"Já há algum tempo, a Rússia e vários outros países possuem armas altamente avançadas 'eletromagnética-estendida' (energética) de um tipo totalmente novo, usando uma teoria da eletrodinâmica grandemente aprimorada... A maioria dessas armas energéticas é mais avançada do que aquilo que anteriormente foi conhecido pelas comunidades militares, de inteligência e científicas dos EUA... Um grande fator de contribuição que retardou os EUA é que os fundamentos imprecisos da teoria de Maxwell, de 1865, não foram alterados pela comunidade científica ocidental."

"Com os EUA substancialmente atrasados nessas 'novas' superarmas estratégicas, um novo Projeto Manhattan parece ser aconselhável e garantido... Um sério desenvolvimento que ocorreu anteriormente neste ano (2002) foi o emprego pela China das armas de potencial quântico (QP) e as armas de pulso de energia eletromagnética negativa (EMP) — um tipo que originalmente chamávamos de MindSnapper para disfarçar sua verdadeira natureza. As armas de potencial quântico são as armas dominantes no mundo atualmente, seguidas de perto pelo armamento de energia eletromagnética negativa... Não podemos ter certeza de quantos países já têm o armamento de energia EMP negativa, mas são pelo menos cinco... Os EUA ainda estão bem atrasados..." [Fer De Lance, págs. 4-5].

Na verdade, desde 1985, quando a Rússia começou a testar seus novos armamentos, seus cientistas e militares fizeram vários testes contra aviões e mísseis, e observaram atentamente as reações americanas. O Ten-Cel. Bearden disse: "Novamente, a reação dos britânicos — e dos EUA também — foi conforme prevista. Novamente, mostramos que não sabíamos nada a respeito do armamento escalar eletromagnético, e que não o reconhecíamos quando encontrávamos seus efeitos." [Fer De Lance, pág. 271].

O coronel Weeks descreveu um determinado tipo de arma chamado Domo de Tesla. Neste ponto, vamos mostrar para você o que é um Domo de Tesla, como funciona, e por que é tão importante ter um deles no campo de batalha hoje. Você descobrirá que nenhuma frota deve partir sem que os cientistas empreguem um Domo de Tesla eficiente; nenhum Exército deve marchar e nenhuma Força Aérea deve ser acionada sem esse Domo.

Como você pode ver com as informações na parte de baixo da gravura, essa é uma ilustração de um teste que os russos realizaram em 1986 sobre a cidade de Atlanta, na Geórgia, durante um período de tempo não especificado. Vamos acompanhar a explicação detalhada do coronel Beardon:

"Em 12 de novembro de 1986, os soviéticos chegaram a colocar um 'falso escudo' gigante sobre Atlanta, na Geórgia. Se o escudo tivesse sido real e não apenas de teste, os aviões e mísseis que estivessem voando em direção a ele teriam explodido instantaneamente e sido destruídos. Esse modo — 'engarrafar' uma área de armas estratégicas — é útil para anular todo um sistema de lançamento estratégico de ICBMs (mísseis balísticos intercontinentais) ou uma grande base de bombardeiros, etc. Ela também pode 'engarrafar' uma grande força-tarefa de um porta-aviões no mar, incluindo os aviões e os mísseis Tomahawk, os tiros dos canhões navais, etc. Com um escudo real, os aviões ou mísseis que voam até ele (de dentro ou de fora) explodem e são destruídos." [Fer De Lance, pág. 135].

Esse Domo de Tesla é absolutamente o armamento mais poderoso sobre os qual eu já ouvi falar! Por exemplo, se qualquer avião tentar voar para dentro ou para fora do Domo de Tesla, explodirá e será destruído.

Agora, você sabe a verdadeira razão por que o presidente Obama e o presidente russo assinaram um tratado de redução de armas nucleares. As ogivas nucleares e os mísseis e aviões usados para lançá-las contra seus alvos, estão obsoletos. O presidente iraniano Ahmadinejad aludiu a essa obsolescência ao dizer ao mundo por que o Irã não está interessado em construir uma capacidade de armas nucleares.

Resumo da Notícia: "O Irã Não Está Construindo a Bomba Nuclear, Ahmadinejad Diz à NBC", Bloomberg News, 28 de julho de 2008.

"28 de julho (Bloomberg) — O presidente iraniano Mahmoud Ahmadinejad disse à NBC que o Irã não está desenvolvendo armas nucleares e que o país responderá positivamente a uma nova abordagem dos EUA. 'Não estamos trabalhando para fabricar a bomba', Brian Williams, da NBC, citou o que Ahmadinejad lhe disse na entrevista em Teerã. 'As armas nucleares são uma coisa do século 20'."

O que significa esta última frase?

"As armas nucleares são uma coisa do século 20"?

Como Ahmadinejad está falando no século 21, a única conclusão que podemos chegar é que ele disse que as armas nucleares são irrelevantes no século 21!

As armas nucleares foram uma força extremamente significativa no século 20, porém neste século 21, estão obsoletas. Por esta razão, o Irã não está interessado em construir a bomba nuclear, apesar do que diz toda a campanha de falsa propaganda!

Armas Nucleares nas Mãos de Terroristas?

Mas, você protesta, no mínimo, devemos nos preocupar que os terroristas possam obter o controle de armas nucleares, que poderão ser usadas contra alvos civis vulneráreis, como as cidades. Certamente, os líderes russos e americanos devem estar preocupados que algumas das suas ogivas nucleares caiam nas mãos dos terroristas. Novamente, quando você conhece os fatos, o grande e feio espantalho desaparece como névoa no meio da manhã.

No artigo N1938, intitulado "O Mito Que Grupos Terroristas Podem Atingir as Grandes Cidades com Armas Nucleares Sem Que Suas Exatas Ações Sejam Conhecidas de Antemão", publicado em fins de 2005, revelamos que os satélites russos e americanos podem detectar um dispositivo nuclear em qualquer lugar do mundo em tempo real! Essa capacidade de detecção é tão boa que os satélites podem localizar a radiação nuclear que sai de uma ogiva colocada em uma caixa de chumbo. Citando uma porção desse artigo antigo:

Resumo da Notícia: "Satélites Americanos Detectam Armas Nucleares Portáteis", Rense.com, 7/11/2001, http://www.rense.com/general16/nucla.htm.

"Se um ataque nuclear interno ocorresse neste país sem uma grande falha de nossos sistemas de satélites... talvez devamos repensar quem realmente é o inimigo..."

Essas palavras iniciais são chocantes, e têm realmente o objetivo de serem chocantes. O autor queria que todos nós soubéssemos que os EUA têm a capacidade técnica de interceptar qualquer terrorista em seu percurso, se eles algum dia se atreverem a infiltrar armas nucleares neste país. Vamos agora ver o "resto da história".

"Como você provavelmente já ouviu nas três principais redes de notícias, existe certa preocupação com os assim chamados dispositivos nucleares portáteis desenvolvidos pela antiga URSS. O ex-chefe da KGB confirmou a existência de 150 dispositivos portáteis: 100 dos quais estão atualmente desaparecidos... nem um desses dispositivos está desaparecido. Sabemos exatamente onde eles estão localizados a qualquer momento de tempo."

"É assim que sabemos: Durante os anos 1980, trabalhei como Engenheiro de Sistemas Sênior para várias empresas ligadas ao Departamento de Defesa em San Diego (Advanced Digital Systems, e SAIC). Enquanto eu estava nesse cargo, estive envolvido com o desenvolvimento de um 'Plano de Restauração Catastrófica Para um Conjunto de Satélites' para o Estado Maior das Forças Armadas. Meu grupo deveria desenvolver um método para a restauração da inteligência dos satélites no caso de um ataque nuclear no espaço pela União Soviética. No curso desse estudo, tivemos de analisar todas as capacidades e características dos satélites: tanto os atuais quanto os planejados para o início dos anos 1990. Uma série de satélites planejados para iniciarem a operação em 1989... Eles contêm dispositivos sensores especiais (desenvolvidos pela SAIC) que podem detectar partículas de alta velocidade emitidas pelo urânio enriquecido (necessário para os artefatos nucleares). Devido ao pequeno tamanho e à velocidade dessas partículas, nenhuma quantidade de blindagem pode bloqueá-las; nem o chumbo, nem a terra (o solo subterrâneo)! O risco de radiação com essas partículas é mínimo devido à quantidade limitada. Nossos satélites podem detectar e determinar a localização do urânio enriquecido no mundo inteiro." [Ibidem, ênfase adicionada].

Você sabia que os satélites têm essa capacidade? Eles podem detectar com exatidão as partículas de alta velocidade emitidas pelo urânio enriquecido, mesmo se o dispositivo estiver dentro de uma caixa de chumbo ou enterrado no solo! Essa capacidade significa que as Forças Armadas e o governo podem saber a localização exata de cada ogiva nuclear no planeta. Eles podem saber localização de cada ogiva russa, e sabiam que Saddam Hussein não possuía ogivas nucleares!

Essa notícia é simplesmente chocante em suas implicações. As notícias de primeira página em todo o mundo estão agora nos dizendo que os serviços de Inteligência MI6 britânico e a CIA americana cometeram uma gigantesca "falha da inteligência" em sua avaliação pré-guerra das armas de destruição maciça de Saddam Hussein. Mas, essa revelação nos diz que essa 'falha da inteligência' é impossível, porque temos a capacidade de determinar exatamente a localização de cada ogiva nuclear no mundo a qualquer momento de tempo! 'Países fora-da-lei' que são acusados de estarem desenvolvendo sua própria capacidade nuclear abrirão mão de seus dispositivos nucleares rapidamente, porque sabem que conhecemos a localização exata de cada ogiva.

Destruir uma capacidade de um inimigo depende em grande parte de vários fatores: 1) Conhecer a localização exata do alvo; 2) Ter as armas que possam destruir os alvos antes que o inimigo consiga movê-los; 3) Possuir armas precisas o suficiente para destruir o alvo.

A capacidade dos satélites americanos de detectar as partículas de alta velocidade que são emitidas até mesmo dos pequenos dispositivos nucleares dá aos EUA o mais importante fator de todos: Conhecer a localização exata do alvo.

Mentiras, Mentiras e Mais Mentiras

As implicações dessa chocante descoberta são surpreendentes. Sem dúvida, você poderá pensar em mais implicações, mas algumas realmente óbvias surgem de imediato na mente:

  1. Todas as advertências já feitas de atentados terroristas envolvendo bombas atômicas em pastas de executivos são completamente mentirosas!

  2. Está revelado que o FBI, a Secretaria da Segurança Interna e a Casa Branca são os mentirosos que todos nós sabíamos que eles eram. Que essa revelação sirva para abrir as mentes que até aqui estavam fechadas.

  3. Todas essas histórias de alto nível alegando "falhas gigantescas da Inteligência" são completamente falsas e encenadas! Com a atual capacidade tecnológica, é absolutamente impossível para o MI6 e a CIA cometerem os erros que são acusados de terem cometido. Ambas essas agências de Inteligência sabiam com 100% de certeza que Saddam Hussein não possuía armas nucleares. Comprovadamente, o ex-presidente Bush, o ex-vice-presidente Cheney, o ex-Secretário de Estado Collin Powell, o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair e todos os membros do seu gabinete da mesma forma são mentirosos deliberados.

  4. As agências governamentais mentem para nós porque querem que fiquemos aterrorizados e aceitemos o plano de dissolver o governo e remover nossas liberdades.

A máscara caiu. Sabemos agora que nossas histórias originais que advertiam que o presidente Bush e o primeiro-ministro britânico Blair estavam invadindo o Iraque com base em mentiras estavam absolutamente corretas. Espalhe a notícia: todas essas histórias sobre terror são nada mais que mentiras.

A enganação é tão grande que estamos vendo Mateus 24:6-8 e 24:24 se tornando realidade nas notícias diárias.

Agora você conhece a verdade sobre o Tratado Russo-Americano para a Redução das Armas Nucleares. A VERDADEIRA razão para esse acordo ser assinado é porque os EUA têm o sistema de armas eletromagnéticas HAARP e a Rússia tem uma versão ainda mais avançada, chamada Armamento Escalar. As ogivas nucleares e os mísseis que as transportam estão obsoletos. Os mísseis que transportam a carga nuclear não conseguem atravessar o Domo de Tesla e atingir um alvo. Finalmente, ambos os países podem produzir explosões da dimensão de uma bomba nuclear com suas respectivas armas eletromagnéticas, na velocidade da luz, em qualquer parte do globo e sem produzir a radiação nuclear.

Além disso, para completar ainda mais nossa compreensão, descobrimos que nem mesmo os terroristas podem usar dispositivos nucleares sem serem detectados, rastreados em tempo real, e capturados.

Verdadeiramente Jesus Cristo estava correto quando disse: "E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." [João 8:32].

A enganação sem precedentes predita em Mateus 24 está claramente sendo usada diariamente pelos líderes em todo o mundo e por seus parceiros voluntários, a mídia de massa. O fim dos tempos está vindo sobre nós.



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia a dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data da publicação: 9/4/2010
Transferido para a área pública em 11/1/2012
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2414.asp