Escolha uma cor para o fundo:  

Uma Grande Fusão das Forças da Magia Ocorreu Quando o Papa Paulo VI Foi Coroado, em 1963!

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Durante quase duzentos anos, os Illuminati de magia negra buscaram tomar o controle do Vaticano a partir de dentro. Em junho de 1963, Paulo VI foi coroado e começou a exibir o sinistro crucifixo vergado. A Maçonaria Iluminista tinha se aliado com a Sociedade dos Jesuítas. O livro Vatican Assassins detalha o primeiro grande evento que ocorreu em seguida: o assassinato do presidente John F. Kennedy.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

Armando o Cenário: Windswept House: A Vatican Novel, Malachi Martin, "The Enthronement of the Fallen Archangel Lucifer, June 29, 1963" [A Entronização do Anjo Caído Lúcifer, em 29 de junho de 1963].

"A Entronização do Arcanjo Caído Lúcifer foi efetivada dentro da cidadela católico-romana em 29 de junho de 1963; uma data apropriada para a promessa histórica prestes a ser cumprida. Como os principais agentes do cerimonial bem sabem, a tradição satanista há muito tempo predizia que o Tempo do Príncipe seria iniciado no momento em que um papa adotasse o nome do apóstolo Paulo. Esse requisito — o sinal que o Tempo Propício tinha iniciado — tinha sido cumprido exatamente oito dias antes com a eleição do último sucessor de Pedro" [pág. 7; ênfase adicionada].

Esse papa que adotaria o nome do apóstolo Paulo não era ninguém menos que Paulo VI, que se tornou papa em 21 de junho de 1963. Poucas pessoas sabem que, naquele dia, ocorreu uma grande fusão das forças satânicas e que trouxe o Vaticano em total concordância com os Mestres dos Illuminati. Veja: os satanistas sabem que a Igreja Católica Romana tradicional sempre foi a mais poderosa praticante de feitiçaria de magia branca no mundo (leia os detalhes no artigo N1334 ), embora os Mestres dos Illuminati sejam o maiores praticantes de magia negra no mundo, desde a fundação da ordem em 1 de maio de 1776.

Como resultado, o Vaticano e os Mestres dos Illuminati sempre foram inimigos mortais no cenário global. Seria o mundo unido sob um governo global controlado pelo Vaticano da magia branca, ou pelos Illuminati da magia negra? A intriga e subversão perpetrada pelo Vaticano nos governos de todo o mundo continuamente se chocava com a intriga similar realizada pelos Illuminati de magia negra. O conflito foi lendário, a CIA batalhando contra a KGB.

No início dos anos 1800, os Illuminati decidiram infiltrar o Vaticano a partir de dentro, começando com a infiltração de falsos sacerdotes nos seminários, que avançariam até controlar os seminários, depois passando para o controle do Colégio dos Cardeais e, então, finalmente, controlar o próprio papado. Desde o início, eles calcularam que precisariam de duzentos anos para conseguir esse objetivo. Entretanto, sabiam que precisariam controlar o papado com a magia negra, pois o Cristo deles — o bíblico Anticristo, não poderia surgir a não ser que o mundo ocultista estivesse unido sob o estandarte da magia negra. Em Daniel 8:23-25, a Bíblia prediz que o Anticristo praticará a feitiçaria de magia negra. Veja:

"Mas, no fim do seu reinado, quando acabarem os prevaricadores, se levantará um rei, feroz de semblante, e será entendido em adivinhações. E se fortalecerá o seu poder, mas não pela sua própria força; e destruirá maravilhosamente, e prosperará, e fará o que lhe aprouver; e destruirá os poderosos e o povo santo. E pelo seu entendimento também fará prosperar o engano na sua mão; e no seu coração se engrandecerá, e destruirá a muitos que vivem em segurança; e se levantará contra o Príncipe dos príncipes, mas sem mão será quebrado." [ênfase adicionada].

As palavras em destaque são descrições perfeitas de um praticante de feitiçaria de magia negra. Uma breve explicação se faz necessária:

Feroz de semblante — Como os feiticeiros de magia negra voluntariamente se entregam ao Lado Tenebroso, às forças demoníacas, ficam repletos de uma fúria e um ódio quase sobrenaturais. Fisicamente, adquirem um aspecto feroz. Adolf Hitler é o exemplo mais famoso na história e existem inúmeros retratos dele mostrando essa feição tenebrosa. O mago Aleister Crowley é outro bom exemplo. [Nota: Crowley também foi membro da Ordem dos Templários do Oriente e fundou uma religião chamada Thelema.].

Entendido em adivinhações [A tradução inglesa Autorizada Pelo Rei Tiago diz "compreendendo as sentenças das trevas"] — Quando os ocultistas alcançam certo ponto no desenvolvimento de sua compreensão da feitiçaria, precisam fazer uma escolha: Se escolherem usar seu poder ocultista para o "bem", diz-se que estão seguindo o Caminho da Direita e praticando a magia branca. Se escolherem usar o poder do ocultismo para o mal, diz-se que estão seguindo o Caminho da Esquerda, e praticando a feitiçaria de magia negra. Um feiticeiro ou mago de magia negra então pratica "sentenças das trevas" que causam o caos, a morte e a destruição. Um bom exemplo desse tipo de sentença tenebrosa é a "maldição de morte", em que um demônio é conjurado a esta dimensão para o propósito expresso de matar um inimigo do conciliábulo; a Polícia está bem ciente desse tipo de "sentença das trevas" e chama esse tipo de incidente de "Homicídio Psíquico". Esse tipo de homicídio é impossível de solucionar porque não é perpetrado por um ser humano; é um ser demoníaco que perpetra o homicídio e não deixa pistas que permitam à Polícia solucionar o crime.

Fará o engano prosperar em sua mão. A feitiçaria sempre é referida de forma abreviada como "a arte". Além disso, todos os rituais são feitos pelo feiticeiro ou mago usando as mãos. O movimento cerimonial das mãos é crucial para o sucesso do ritual seja lá do tipo que for.

Assim, o Anticristo praticará a feitiçaria de magia negra. Essa profecia bíblica significa que a vitória final pertencerá aos Mestres dos Illuminati. Assim foi que essa captura final do Vaticano ocorreu oficialmente em 21 de junho de 1963, com a coroação do papa Paulo VI. Como os Illuminati gostam de produzir sinais simbólicos que somente os satanistas compreendem, não perderam tempo sinalizando simbolicamente que tinham finalmente conquistado o Vaticano de magia branca para sua causa. O papa Paulo VI começou a usar o símbolo satânico conhecido como Crucifixo Vergado, mostrado nesta gravura nas mãos do papa João Paulo II. Permitamos ao autor católico Piers Compton o privilégio da explicação, em seu livro The Broken Cross: Hidden Hand in the Vatican, Channel Island, Neville Spearman, 1981:

"O Crucifixo Vergado é... um símbolo sinistro, usado pelos satanistas no século VI, que tinha sido reavivado no tempo do Concílio Vaticano 2. Era uma cruz vergada ou quebrada, na qual era exibida uma figura repulsiva e distorcida de Cristo, que os magos e bruxos de magia negra da Idade Média criaram para representar o termo bíblico da 'marca da besta'. Entretanto, não somente Paulo VI, mas seus sucessores, João Paulo I e João Paulo II, carregaram esse objeto e o exibiam para ser reverenciado pelas multidões, que não tinham a menor idéia de que ele representa o Anticristo." [pág. 72].

Na página 56, Compton mostra uma foto do papa atual, João Paulo II, segurando esse crucifixo vergado, exatamente como mostramos anteriormente. Nós o incentivamos a ler o relato completo sobre esse assunto no artigo RC100.

O Crucifixo Vergado é um símbolo muito bem conhecido do Anticristo de magia negra para os satanistas em todo o mundo. Além disso, os satanistas conhecem bem o papel do papado na promoção desse plano da magia negra. Esse fato é a razão por que Malachi Martin mostra o crucifixo vergado na capa de seu livro Windswept House; o crucifixo vergado é mostrado de forma preeminente diante da figura em penumbra do papa ao fundo!

Vamos retornar agora à história da cerimônia oficial secreta para comemorar essa vitória da magia negra. Ela ocorreu no dia 29 de junho de 1963. Acho altamente instrutivo que o dia específico escolhido para essa coroação foi o dia 29 do mês, um dia cuja soma dos algarismos é '11', o número do Anticristo na Bíblia [Daniel 7:7-8] e na doutrina satânica. Após a cerimônia pública em 21 de junho, a cerimônia de magia negra ocorreu em 28 de junho. Entretanto, ela deveria ser uma Cerimônia Paralela, uma cerimônia que deveria ser realizada em duas localidades geográficas distintas exatamente ao mesmo tempo. Malachi Martin explica em Windswept House. Veja:

"Elementos discretos como o pentáculo, as velas pretas e as roupagens apropriadas poderiam ser parte do cerimonial em Roma. Mas outros itens — a Travessa com Ossos, os animais sacrificiais e a vítima — seriam demais. Precisaria haver uma Entronização Paralela. Uma co-celebração poderia ser realizada com o mesmo efeito pelos Irmãos em uma Capela-Alvo Autorizada. Desde que todos os participantes em ambas as localidades "alvejassem' todos os elementos do evento na capela romana, então o evento em sua plenitude seria realizado especificamente na área-alvo. Tudo seria uma questão de unanimidade dos corações, identidade de intenções e perfeito sincronismo das palavras e ações entre as duas capelas-alvo. As vontades vivas e as mentes pensantes dos participantes concentrados no Objetivo do Príncipe transcenderia toda a distância." [pág. 8].

Em outras palavras, o animal sacrificial requerido e a vítima humana, que não poderiam ser cerimonialmente mortos na cerimônia secreta na capela romana dentro das paredes do Vaticano poderiam ser mortos na cerimônia paralela na "capela-alvo autorizada" em outro local. Martin diz que essa capela estava localizada na Carolina do Sul, nos EUA! [Ibidem].

Entretanto, cada gesto e cada palavra da cerimônia na capela romana dentro do Vaticano precisariam ser exata e simultaneamente repetidos na capela distante. Para isso, uma conexão telefônica foi estabelecida. Em cada local, um sacerdote experiente, que tinha realizado o ritual tantas vezes que estava perfeitamente familiarizado com a cadência dos gestos e as palavras proferidas começaria no mesmo momento, e finalizaria precisamente no mesmo instante. Quando chegasse o tempo do "sacrifício vivo" ser feito, o punhal cerimonial no Vaticano cairia precisamente no mesmo momento que o punhal cerimonial na capela remota!

Por meio dessa cerimônia de magia negra, o primeiro papa realmente de magia negra na história — Paulo VI — foi oficial e poderosamente entronizado. A Cerimônia Paralela foi absolutamente essencial, pois a verdadeira fusão das forças satânicas mundiais não poderia ocorrer de outra forma.

E assim elas ocorreram. As forças satânicas maciças da magia branca e negra cessaram de batalhar pela supremacia, juntando forças no "tempo do fim" para finalmente mover o mundo para o Reino do Anticristo, a Nova Ordem Mundial. A partir desse momento, as decisões finais foram tomadas pela liderança de alto nível dos Mestres dos Illuminati, não do Vaticano. A liderança de alto nível passou para a monarquia britânica, a Casa de Windsor. [Leia o livro Antichrist and a Cup of Tea, de Tim Cohen]; o Vaticano simplesmente passou a receber ordens, em vez de dá-las.

Essa grande fusão de todas as forças satânicas significou que os jesuítas estavam agora trabalhando para os Illuminati; não para o Vaticano. Todos os agentes dos jesuítas e todas suas organizações, agora recebem ordens dos Illuminati. Portanto, todos os eventos que ocorreram em nome da vindoura Nova Ordem Mundial após 29 de junho de 1963, ocorreram por que os Illuminati ordenaram que ocorressem. O Vaticano cessou de ser um quartel-general independente e começou a marchar em total sincronismo com a Casa de Windsor.

Posteriormente, no início de 1991, o papa foi escolhido para ser o líder religioso supremo [leia os detalhes no artigo N1519]. Como os Illuminati estão com o controle total do Vaticano agora e como planejam que o papa seja o Falso Profeta religioso de Apocalipse 13:11-18, não têm problemas em mostrar submissão publicamente, quando se encontram com ele. Assim, o papa veste-se de roupas brancas simbólicas da religião do zoroastrismo do deus-sol luciferiano, enquanto os Iluministas que se encontram com o papa vestem-se de preto, expressando subordinação. [Leia o artigo N1608].

Esse fato é o elemento-chave que o autor do livro Vatican Assassins simplesmente não compreende. Apesar disso, sua exposição sobre o Vaticano e os jesuítas é inestimável, pois documenta completamente as intrigas dos jesuítas nos longos corredores da história até o século XX. Ele também nos ajuda a compreender muitos eventos problemáticos na história mundial. Vamos agora examinar um desses eventos: o assassinato do presidente John F. Kennedy. Vejamos primeiro as revelações de Vatican Assassins":

- Chart


Sistema Mundial em 1963

 

Satanás
"...o deus deste século..." 2 Coríntios 4:4

Jean-Baptiste Janssens
General dos Jesuítas

Giovanni Battista Montini
O "Infalível" Papa Paulo VI

Francis "Cardeal" Spellman
Arcebispo de Nova York e Cavaleiro de Colombo
"Vigário Militar Norte-Americano"

J. Peter Grace, CFR
Chefe da Seção Americana
dos Cavaleiros de Malta
Presidente da W. R. Grace & Co.
Patrocinou a "Operação Clipe de Papel"
Complexo Industrial-Militar

John A. McCone
Cavaleiro de Malta
 Complexo Industrial-Militar
Diretor da Agência Central de Inteligência (CIA)

Reinhard Gehlen
Cavaleiro de Malta
General da Inteligência Nazista
Traiu o Exército alemão
General do Exército dos EUA
Cria a CIA
Treina o Mossad
de Israel   

  James Jesus Angleton 
Cavaleiro de Malta
Oficial da OSS em Roma

Agente da NKVD / KGB
Chefe da Contra-Inteligência da CIA
Responsável pelo "Setor Vaticano" na CIA
Responsável pelo "Setor Israelense" na CIA

Kim Philby
Cavaleiro de Malta
SIS britânico
Membro da "Rede de Espionagem de Cambridge"
CIA/KGB 
Philby/Oswald
Falsos Dissidentes

                                Acusou Fidel Castro & Oswald                               


William F. Buckley, Jr.
Cavaleiro de Malta
Membro do CFR / CIA
Membro da "Caveira e Ossos"
Editor da National Review
Acusou Fidel Castro
Acusou Oswald


Clay Shaw
Cavaleiro de Malta
Funcionário graduado da CIA
Diretor da Intl. Trade Mart
New Orleans
Interrogado por Jim Garrison, 1969

Lee Harvey Oswald
ONI, CIA, FBI
Falso Dissidente na Rússia
Conexão KGB/CIA
"Sou apenas um laranja" 
Assassinado pelo mafioso 
Jack Ruby
Ruby é preso e assassinado

Comissão Warren
Gerald Ford, Congressista
Maçom do Santuário
Cartha D. DeLoach, FBI
Cavaleiro de Malta
DeLoach
ajuda Ford
Acusa Oswald
Grande Ocultação dos Jesuítas
de 1963 até o presente


Henry Luce

Cavaleiro de Malta
CFR / Funcionário da CIA
Membro da Caveira & Ossos
Editor da Time / Life
Acusou Fidel Castro
Acusou Oswald

     

    

E. Howard Hunt
Assassino da CIA
Ficou provado no Tribunal Federal do Distrito de Miami
que esteve em Dallas
em 22 de novembro de 1963  
Hunt x Liberty Lobby, 1985
Documentado no livro de Mark Lane
                               Plausible Denial, 1991                               


Charles Colson
Protestante pró-jesuíta
Ajuda na ocultação
                   


G. Gordon Liddy

Treinado pelos jesuítas na Universidade Fordham
Ajuda na ocultação

               

Assassinato do Presidente Kennedy
Cavaleiro de Colombo
"Rebelde"
ao papa, ao tentar destruir a CIA do general jesuíta e encerrar
a "Guerra de Spellman" no Vietnã e, portanto, era um "notório tirano"
cujo assassinato era lícito, de acordo com o jesuíta Francisco Suarez 
em Defensio Catholicae Fidei.

Vatican Assassins", de Eric Jon Phelps, págs. 39

 

Ao estudar atentamente as pessoas nesse diagrama, você descobrirá os nomes de figuras-chave dos jesuítas que tiveram um papel proeminente no assassinato:

Francis "Cardeal" Spellman — Arcebispo de Nova York e Cavaleiro de Colombo. O autor de Vatican Assassins revela que o cardeal também era o "Vigário Militar" dos EUA. Poucas pessoas imaginariam que o cardeal tinha um "lado tenebroso", mas ele certamente tem, pois ninguém que não faça parte da agenda do papa negro é indicado para um nível tão alto de autoridade na hierarquia da Igreja Católica Romana.

J. Peter Grace — Chefe dos Cavaleiros de Malta nos EUA. Grace também foi indicado para uma junta de investigação formada pelo presidente Reagan.

John A. McCone — Cavaleiro de Malta e membro do CFR (Conselho das Relações Exteriores). Foi bem conhecido em toda a desastrosa Guerra do Vietnã, uma das principais guerras planejadas pelos Illuminati.

William F. Buckley Jr. — Cavaleiro de Malta, membro do CFR e da CIA, e ainda da sociedade secreta satânica Caveira e Ossos [leia o artigo N1314]. Buckley sempre foi retratado como um "conservador" que luta contra o Grande Governo e sua intrusão cada vez maior, demonstrando a verdade que ensinamos no Seminário 2, que o CFR foi criado para treinar homens e mulheres nas táticas da Nova Ordem Mundial e, ao mesmo tempo, graduá-los com um rótulo que eles carregarão consigo pelo resto da vida.

Henry Luce — Revista Time, Cavaleiro de Malta, membro do CFR, da CIA e da Caveira e Ossos! Assim, apesar de todas essas credenciais satânicas, o reverendo Billy Graham o tem como um de seus melhores amigos. Graham disse que, após o primeiro encontro deles, arranjado na residência do governador da Carolina do Sul pelo maçom de Grau 33 Strom Thurmon, ele e Luce desenvolveram uma "duradoura amizade"! [Dr. Cathy Burns, Billy Graham and his Friends: A Hidden Agenda?, pág. 41].

Lee Harvey Oswald — Foi o agente da CIA / KGB que foi usado poderosamente para patrocinar a ridícula teoria do assassinato do presidente Kennedy. Qualquer assassinato bem planejado sempre tem um bode expiatório sobre quem o foco da "investigação" cairá, afastando assim a atenção do cidadão mediano dos verdadeiros culpados.

Gerald Ford — Tornou-se presidente dos EUA após a renúncia de Nixon. Não somente era um maçom do Santuário, como informado em Vatican Assassins, mas também era membro do grupo Bilderberg, um dos principais corpos governantes dos iluministas.

Charles Colson - É identificado em Vatican Assassins como "um protestante pró-jesuíta"! Isso certamente explica a terrível apostasia em que o ministério de Colson está envolvido, a cooperação com o papa e a aceitação do Prêmio Templeton, levando os cristãos crédulos ao erro!

Vatican Assassins identifica corretamente a razão por que o presidente Kennedy foi assassinado: ele iria retirar os EUA da planejada Guerra do Vietnã. Além disso, Kennedy planejava reduzir drasticamente o poder e a abrangência da CIA e da Federal Reserve, e alguns até acreditam que ele iria revelar o plano total dos Illuminati para colocar em cena o Anticristo!

Não é de se admirar que os jesuítas o tenham tirado do caminho!

Entretanto, o assassinato de Kennedy também tem marcas da Maçonaria. Como afirmei no artigo N1314:

"O presidente Kennedy estava planejando usar os poderes da presidência para informar o povo americano sobre o plano dos Illuminati para nos escravizar, e algumas semanas mais tarde ele foi assassinado. Entretanto, esse assassinato foi perpetrado de acordo com o número favorito dos Illuminati, o onze:

  • Em novembro, o décimo primeiro mês;
  • No dia 22 [11x2];
  • Em Dallas, que está situada no paralelo 33 [11x3];
  • Na Praça Dealey, o local em que havia uma antiga loja maçônica durante a época da Revolução para a libertação do Texas do domínio mexicano. Na praça Dealey há um obelisco em comemoração à "primeira loja fraternal no Texas". [Masonry: Conspiracy Against Christianity, de Ralph Epperson, pág. 51; leia a resenha].

Assim, Kennedy foi assassinado com a assinatura acompanhante dos Iluministas, da mesma forma como o número 11 formou a assinatura Iluminista no ataque ao World Trade Center e ao Pentágono, em 11/9/2001. [Leia os artigos N1533, N1538 e N1541.].

Vatican Assassins relaciona os homens envolvidos no assassinato que estavam conectados com os jesuítas, como detalhamos anteriormente. A seguir, estão os homens envolvidos em posições críticas com o assassinato e que eram maçons. [Epperson, pág. 332 em diante].

Earl Warren — Chefiou a Comissão Warren.

J. Edgar Hoover — Chefão do FBI e maçom do Grau 33.

Além disso, Kennedy foi alvejado no local exato em que o herói lendário, Hirão-Abi, foi atingido pelos três rufiões na lenda dramática das lojas maçônicas! Da mesma forma como Hirão, Kennedy foi alvejado nas costas, perto do coração, no pescoço e, finalmente, na cabeça. O último golpe é que matou ambos os homens.

Finalmente, os Illuminati sinalizaram para o mundo inteiro que eram a força que estava por trás do assassinato quando criaram o monumento da Chama Perpétua ao presidente morto. (Leia os detalhes em N1547 (disponível na área restrita aos assinantes.).

A Maçonaria tem suas digitais em todo o assassinato de Kennedy!

Grande Fusão da Maçonaria Iluminista com os Jesuítas do Vaticano

Agora, como puderam os jesuítas de magia branca e os maçons de magia negra estarem intimamente envolvidos na liderança para o assassinato do presidente Kennedy? Não é possível reconciliar a questão sem compreender que uma grande fusão de todas as forças satânicas ocorreu em 29 de junho de 1963, na Entronização Secreta do Papa Paulo VI!

A organização formada pelos jesuítas tornou-se a organização dos Mestres dos Illuminati em 29 de junho de 1963.

Estamos agora 39 anos completos após esse evento, a entronização secreta do Arcanjo Caído Lúcifer, conforme descrito por Malachi Martin. Os eventos mundiais estão ocorrendo com rapidez e agora o mundo está tremendo diante do precipício que a Bíblia chama de Período da Tribulação, e seu governante, o Anticristo.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data da publicação: 23/3/2002
Revisão: V. D. M. — Campo Grande / MS e http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1623.asp