Boletim de 22/11/2017 (Trechos Selecionados)

Cutting Edge Ministries

Se você é um leitor assíduo dos artigos, considere tornar-se um assinante e contribuir para a manutenção do site. Veja as informações aqui: http://www.espada.eti.br/contrib.htm

Análise das Notícias Mais Críticas

1. O presidente do Irã anuncia o "fim do Estado Islâmico"!

Resumo da Notícia: "Presidente do Irã declara o fim do Estado Islâmico", Reuter's News, 21/11/2017, em https://www.reuters.com/article/us-mideast-crisis-rouhani-islamic-state/irans-president-declares-end-of-islamic-state-idUSKBN1DL0J5.

"Beirute (Reuters) — O presidente iraniano Hassan Rouhani declarou o fim do Estado Islâmico na terça-feira, enquanto que um comandante militar de alto escalão agradeceu aos 'milhares de mártires' mortos nas operações organizadas pelo Irã para derrotar o grupo militante na Síria e no Iraque."

Acho muito interessante que, embora os presidentes Bush e Obama tenham gasto muito tempo e trilhões de dólares para lutar contra o ISIS, é o presidente iraniano quem anuncia o fim do grupo sunita chamado Estado Islâmico.

Desde 2006, quando afirmamos pela primeira vez que Bush estava favorecendo o Irã xiita e os xiitas no Iraque, em relação aos sunitas, o aparecimento do Irã como o governo dominante na região tornou-se cada vez mais pronunciado.

Ameaças ocidentais de Israel e dos EUA de atacar as instalações atômicas iranianas simplesmente trouxeram a Rússia para o Oriente Médio como protetora de tudo o que é islâmico, em perfeito cumprimento da profecia de Ezequiel 38-39.

Hoje, a Rússia e o Irã têm forças militares na Síria, algumas a apenas 5 km da fronteira com Israel!

A profecia está sendo cumprida aqui e, em breve, a Rússia, Irã, Turquia e o restante das nações listadas em Ezequiel 38-39 marcharão em massa contra Israel! Não tenha dúvidas!

O cenário está sendo lentamente preparado para as grandes potências se reunirem e redesenharem novamente o mapa do Oriente Médio — de acordo com o plano do Pentágono de 2007.

Este mapa é mostrado abaixo:

Agora que o ISIS sunita foi oficialmente derrotado nos campos de batalha no Iraque e na Síria, o cenário está preparado para o Iraque ser dividido nos dois países mostrados acima: Iraque Sunita e Iraque Xiita.

Estes tempos são emocionantes, porque os eventos estão lentamente produzindo as profecias do fim dos tempos que produzirão o Anticristo.

Para uma análise em profundidade deste importantíssimo mapa futuro e como a geopolítica de toda a região será modificada quando os líderes mundiais se reunirem para redesenhá-lo, leia nosso artigo N2213, intitulado "O Novo Mapa do Oriente Médio Proposto Pelo Pentágono Enfurece Aliados e Inimigos na Região".

2. O presidente Trump designa a Coreia do Norte como um Estado que patrocina o terrorismo.

Resumo da Notícia: "Coreia do Sul e Japão satisfeitos com os EUA por reinserirem a Coreia do Norte na lista de patrocinadores do terrorismo', 20/11/2017, em https://www.reuters.com/article/us-northkorea-missiles/south-korea-japan-welcome-u-s-relisting-north-korea-as-sponsor-of-terrorism-idUSKBN1DL07I

"Seul (Reuters) — A Coreia do Sul e o Japão expressaram satisfação na terça-feira com a decisão do presidente americano Donald Trump de colocar novamente a Coreia do Norte na lista de Estados patrocinadores do terrorismo, dizendo que isto fará crescer a pressão sobre o regime recluso para que abra mão de suas armas nucleares. A designação, anunciada na segunda-feira, permite que os EUA imponham mais sanções sobre a Coreia do Norte, que está desenvolvendo programas de mísseis e de armas nucleares em desafio às sanções do Conselho de Segurança da ONU."

O Japão anunciou sua aprovação:

"'Expressei safistação e suporte à designação, pois ela faz aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte', o primeiro-ministro japonês Shinzo Abe disse aos jornalistas."

O governo progressista da Coreia do Sul anunciou sua aprovação:

"'A Coreia do Sul espera que a lista contribua para a desnuclearização pacífica', o ministro das Relações Exteriores disse em uma mensagem de texto."

"A Coreia do Norte disse que nunca abrirá mão de seu programa de armas nucleares, que ela afirma ser uma defesa necessária contra os planos de invasão dos EUA..."

Presidente Trump:

"Além de ameaçar o mundo com a devastação nuclear, a Coreia do Norte tem repetidamente apoiado atos de terrorismo internacional, incluindo homicídios em solo estrangeiro', Trump disse aos jornalistas na Casa Branca. 'Esta designação imporá sanções e penalidades adicionais contra a Coreia do Norte e às pessoas relacionadas e dará suporte à nossa campanha de pressão máxima para isolar o regime assassino."

O primeiro-ministro australiano anuncia apoio:

"Kim Jong Un gerencia uma operação criminosa global a partir da Coreia do Norte, negociando armas, drogas, envolvendo-se em crimes cibernéticos e, é claro, ameaçando a estabilidade da região com suas armas nucleares', Turnbull disse aos jornalistas em Sydney..."

Embora o Japão e a Coreia do Sul tenham aplaudido a ação, a Coreia do Norte sente-se mais ameaçada do que nunca antes!

3. A forte reação conservadora contra a imigração ilegal continua e a chanceler alemã Angela Merkel é forçada a convocar uma eleição antecipada depois de não conseguir formar um governo de coalizão.

Resumo da Notícia: "A Crise dos Migrantes e a Queda de uma Gigante: Chanceler Alemã Merkel", Breitbart News, 21/11/2017, em http://www.breitbart.com/london/2017/11/21/five-times-breitbart-london-showed-the-decline-of-angela-merkel/.

"Conversações cruciais para sustentar a carreira política da chanceler alemã em exercício Angela Merkel entraram em colapso no domingo, expondo nitidamente o poder minguante da política que chegou a ser considerada a mulher mais poderosa do mundo."

"O jornal alemão Die Welt escreveu logo após o anúncio formal do fracasso das conversações para a coalizão alemã que 'O destino dessas discussões já estava selado desde 5 de setembro de 2015. A decisão de Merkel de manter as fronteiras alemãs abertas para os refugiados, por diversas razões, levaram ao fechamento da porta neste domingo para a primeira coalizão alemã de múltiplos partidos."

Nos EUA, Grã-Bretanha e em toda a Europa, os cidadãos estão cansados e enojados de verem suas fronteiras soberanas desprotegidas!

A soberania nacional continua forte e ameaça o progresso rumo a um governo global (a Nova Ordem Mundial).

[Texto original completo em http://www.cuttingedge.org/newsletters/index.html]



Data da publicação: 25/11/2017
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/bol-2017-11-22.htm