Escolha uma cor para o fundo:  

A Remoção dos Colonos Judeus da Faixa de Gaza Torna-se um Divisor de Águas Entre os Estágios 3 e 4 da Implementação dos Acordos de Paz de Oslo

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

Quando o governo de Israel impôs um "Estado de Emergência Nacional" no feriado do Tisha B'Av, em 14 de agosto de 2005, foi encerrado o Estágio 3 da implementação dos Acordos de Paz de Oslo — um período de 777 dias — e iniciado o Estágio 4, que terminará com uma guerra regional no Oriente Médio. Você consegue acreditar que essa guerra também poderá conter uma assinatura numérica com o "666"?

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Compreendendo Melhor a Geografia dos Territórios Que Serão Evacuados:

Mapa da Faixa de Gaza

Mapa da Judéia e de Samaria

Números Interessantes — Mantendo um "Planejamento"

No artigo N2062, "Israeli Military Believes an October 2005 'Yom Kippur' War Will Erupt" (não traduzido), revelamos que os Illuminati realizaram até aqui dois estágios da implementação dos Acordos de Paz de Oslo, cada um dos quais contém uma assinatura numérica. Se você ainda não leu esse artigo, pedimos que faça isso agora; entretanto, para os propósitos deste artigo atual, citaremos algumas porções relevantes.

Em fevereiro de 2005, um alto funcionário do governo Sharon deixou a verdade escapar de sua boca que o primeiro-ministro estava seguindo uma "escala" de eventos. Vamos rever essa história:

Resumo da Notícia: "Referendo poderá erodir o suporte dos EUA", The Jerusalem Post, 11 de fevereiro de 2005.

"Israel poderá perder apoio em Washington se realizar um referendo sobre o desengajamento que retarde a implementação do plano... 'Em minha visão, não acho que algo que adie, ou que interfira, com o calendário ou a maneira ordeira de realizar o desengajamento seja visto de forma favorável em Washington', disse o ministro das Relações Exteriores Ayalon ao The Jerusalem Post... 'eles (a administração Bush) enfatizaram repetidamente em todas as reuniões em Jerusalém, e disseram publicamente, que o calendário deve ser mantido, e que é importante executar o desengajamento de acordo com o planejamento e sem quaisquer obstáculos', ele disse."

Ficamos sabendo de algo muitíssimo significativo com esses comentários do ministro israelense das Relações Exteriores!

As palavras-chave são Planejamento e Calendário — Acabamos de ficar sabendo que a principal preocupação americana é que o "calendário" e o "planejamento" sejam seguidos à risca! Eu nunca antes tinha visto uma indicação que a Retirada Unilateral de Israel estava amarrada a um planejamento de datas. A Cutting Edge tem afirmado repetidamente que a escala profética de Deus está dirigindo esses eventos, e que os Illuminati não poderão realizar qualquer um de seus planos até e a não ser que o calendário e o relógio de Deus permitam.

Mas aqui, ficamos sabendo que existe um invisível — mas firme — calendário/planejamento e que o presidente Bush espera que o primeiro-ministro Sharon o siga. Se Sharon concordasse em submeter a questão da Retirada Unilateral à aprovação do eleitorado israelense, a votação provocaria um atraso no calendário para a retirada.

Com todo esse triste cenário da Retirada Unilateral e a separação da população começou com os Acordos de Oslo, vamos iniciar com eles e avançar até o tempo presente.

Resumo da Notícia: "Acordos de Oslo", da Wikipedia Free Encyclopedia.

"Os acordos de Oslo, oficialmente chamados de Declaração de Princípios nos Acordos de Autogoverno Interino ou Declaração de Princípios, finalizados em Oslo, na Noruega em 20 de agosto de 1993, e subseqüentemente assinados em uma cerimônia pública e oficial em Washington, em 13 de setembro de 1993..."

Em 29 de setembro de 2000, Arafat iniciou sua terrível Intifada, que extinguiu qualquer esperança que o objetivo de "paz" com os palestinos pudesse ser alcançado um dia. Arafat tinha acabado de recusar em agosto uma oferta do presidente Clinton e do primeiro-ministro Barak que teria lhe dado o controle de 95% da Margem Ocidental do Jordão. Como você pode ver na Calculadora do Calendário, o espaço de tempo entre a assinatura dos Acordos de Oslo até o início da Intifada foi precisamente de 7 anos e 16 dias.

Como um ocultista sempre "reduzirá" um número significativo para um único dígito, ele adicionará "1+6" para obter "7". Portanto, o intervalo entre a assinatura oficial dos Acordos de Oslo, em 13/9/1993 até o início da Intifada palestina em 29/9/2000 forma um "77". Na numerologia ocultista, "77" é formado pela multiplicação de "11x7". Onze é o número do vindouro Cristo maçônico, enquanto que o "7" é o número da perfeição.

Como o governo iluminista israelense está planejando encenar o aparecimento do Messias judaico (o Cristo maçônico), não é surpreendente que eles estejam conduzindo um plano de longo prazo que gira em torno de "77" ou "777".

Lembre-se também que os ataques em Londres formaram um "77" e um "777" — leia o artigo N2054 para conhecer os detalhes.

A Intifada de Arafat envolveu conflitos contínuos desde 29 de setembro de 2000 até sua anunciada conclusão em 29 de junho de 2003. Como você pode ver na Calculadora do Calendário, esse período é de exatamente 2 anos e 9 meses, ou "33" meses. O número "33" é um dos mais importantes dos "números sagrados" para os ocultistas. Não somente é "11x3", mas é a idade em que Jesus Cristo foi crucificado.

Finalmente, o período desde o fim da Intifada, em 29 de junho de 2003 até o feriado judaico do Tisha B'Av, em 14 de agosto de 2005 é de exatamente "777" dias.

Como o primeiro-ministro Sharon impôs um "Estado de Emergência Nacional" no domingo, 14 de agosto de 2005 (no Tisha B'Av), concluiu o Estágio Três desse plano em exatamente "777" dias. Cada um desses três estágios contém uma significativa assinatura numérica ocultista. Vamos recapitular os estágios:

Leia um artigo de notícias que informa sobre esse Estado de Emergência Nacional em 14 de agosto:

Resumo da Notícia: "Remoções adicionais possíveis: Sharon diz que Israel poderá abrir mão de outras colônias na Margem Ocidental: Estado de Emergência Nacional marcado para entrar em vigor no domingo, em 14/8/2008", National Post (Canadá), 13/8/2005.

"Jerusalém — Enquanto os israelenses se preparavam para um estado de emergência nacional marcado para entrar em vigor amanhã, o primeiro-ministro Ariel Sharon sugeriu ontem, pela primeira vez, que a controversa retirada de 9.000 colonos judeus da Faixa de Gaza e de quatro colônias remotas na Margem Ocidental na próxima semana poderá ser seguida por outras remoções na Margem Ocidental."

Agora, o Estágio Quatro foi iniciado. Israel está forçando os colonos a deixarem suas colônias queridas, que estão situadas em uma área habitada predominantemente pelos palestinos. Observe nos artigos a seguir que a data de iniciar essa evacuação forçada foi 15 de agosto — o primeiro dia do Estágio Quatro.

"O atual plano de retirada, que foi aprovado diversas vezes pela frágil coalizão do governo Sharon, será colocado em ação na manhã da segunda-feira, quando as forças de segurança visitarão todas as 25 colônias — 21 em Gaza e quatro na Margem Ocidental — para serem evacuadas. As notificações de despejo serão entregues em cada residência, junto com oferecimento de ajuda para qualquer família que deseje encaixotar seus pertences e partir antes da noite da terça-feira. Após essa data, os colonos serão considerados ilegais em Gaza e nas quatro colônias da Margem Ocidental."

Assim, a maciça campanha de remoção foi marcada para iniciar na manhã da segunda-feira, em 15 de agosto de 2005.

O que podemos esperar que aconteça agora? A resposta a essa questão tem duas partes:

1. De 15 de agosto até o fim de setembro, os residentes judeus serão removidos à força de suas colônias na Faixa de Gaza e na Margem Ocidental. Embora o governo Sharon esteja agora sendo evasivo em admitir que todas as 120 colônias na região da Margem Ocidental serão removidas à força, esse é exatamente o plano. Se você ler todo o artigo do Canadian National Post, verá que Sharon está condicionando Israel que toda a Margem Ocidental será evacuada após a remoção da Faixa de Gaza.

Como informamos em N2058, "Ativistas Entre os Colonos Judeus Advertem Que o Governo Israelense Planeja um Ataque Maciço Contra os Palestinos na Faixa de Gaza", essa dolorosa remoção forçada simplesmente tira os colonos "do caminho do perigo" à medida que Israel se prepara para aniquilar todos os palestinos, em cumprimento a Obadias 15-18 e Isaías 34.

2. Após todos os colonos judeus terem sido removidos, Israel estará pronto para a guerra. Essa guerra provavelmente será entre Israel, os palestinos, sírios, jordanianos e egípcios, seguindo a mesma linha de ataque que o Pentágono delineou para o Congresso americano em dezembro de 1996. [Leia os artigos N1056 e N1057, "A Próxima Guerra Árabe-Israelense Está Próxima", Parte 1 e Parte 2.

De acordo com os Serviços de Inteligência israelenses, as Forças de Defesa esperam que essa guerra ocorra no feriado do Yom Kippur de 2005, que cairá em 13 de outubro! Informamos esse fato no artigo N2062, citado anteriormente. Como você pode ver na Calculadora do Calendário aqui, o período de tempo do Tisha B'Av em 14 de agosto até o Yom Kippur, em 13 de outubro, é de exatamente 60 dias.

Embora não possamos saber com certeza se a guerra que as Forças Israelenses de Defesa estão prevendo para 13 de outubro realmente iniciará nesse dia, essa data é muito interessante. Israel quase foi derrotado na primeira Guerra do Yom Kippur, em 1973, de modo que os árabes podem pensar que os presságios estariam a seu favor se lançarem a guerra que esperam que seja a última no Yom Kippur. Entretanto, guerra alguma ocorrerá até que Israel tenha completado a evacuação forçada. Portanto, observe os esforços frenéticos por parte das FID e das forças policiais locais e nacionais, para evacuarem totalmente por volta dessa data. Se a evacuação for retardada por algum motivo, você pode esperar que o governo Sharon recorra à táticas cada vez mais duras para conseguir que a retirada esteja concluída antes de 13 de outubro.

Você pode ver o calendário judaico para outubro dando um clique aqui. O ano novo judaico começa em Rosh Hashana, em 4 de setembro, enquanto que o Yom Kippur (Dia do Perdão) inicia em 13 de outubro, no ano judaico de 5766.

E SE? E se a guerra total irromper entre Israel e seus vizinhos em 13 de outubro de 2005, no dia do Yom Kippur, como as FID estão esperando? Embora não estejamos de modo algum predizendo que essa guerra irromperá em 13 de outubro, achamos interessante observar que essa data forma um "66" e um "666". O intervalo entre o Tisha B'Av (14 de agosto) e o Yom Kippur (13 de outubro) é de exatamente 60 dias, dando-nos um "6". O ano novo judaico é "5766", o que nos dá dois outros "6" — formando assim um "666". Entretanto, o ano novo judaico também produz outro par de seis, pois "5+7=12", o que é considerado pelos ocultistas como um "66".

Como explicamos no Seminário 2, "America Determines The Flow of History", os ocultistas praticantes atribuem o seguinte significado ao "6":

Estes tempos em que vivemos são muito interessantes e requerem que estejamos espiritualmente de guarda o tempo todo, pois o inimigo de nossas almas (Satanás) está "em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar".



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 1/9/2005
Revisão: http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: J. S. L. e M. R. D. S. L. — Sorocaba / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2064.asp