Escolha uma cor para o fundo:  

O Plano da Confrontação Nuclear na Península Coreana Ainda Está Ativo e Fumegante!

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

A planejada Terceira Guerra Mundial, que tem como objetivo colocar em cena o Anticristo, prevê uma confrontação nuclear na Península Coreana que literalmente fará os homens desmaiarem de terror. Após permanecerem dormentes por quase um ano inteiro, as notícias sobre essa confrontação nuclear subitamente voltaram a aparecer e com um novo fator que representa o último estágio dessa crise planejada!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Introdução

Antes de iniciarmos nossa análise da emocionante matéria de notícias, vamos examinar as informações de pano de fundo para que você possa compreender mais perfeitamente essas atuais matérias de notícias.

Primeiro, vamos examinar as palavras exatas da parte do Plano Illuminati que revela a porção da Península Coreana da Terceira Guerra Mundial:

"Uma confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia poderá, perto do fim do período, ameaçar a própria sobrevivência humana." [Peter Lemesurier, The Armageddom Script, pág. 223; leia a resenha].

Desde 1991, a Cutting Edge vem ensinando que a vindoura e planejada Terceira Guerra Mundial, que tem o objetivo de colocar em cena o Anticristo, será formada por três guerras separadas:

Mantivemos essa posição a despeito de algumas críticas e rejeições, simplesmente por que os escritos da Nova Ordem Mundial prevêem esse cenário.

Logo depois que li The Armageddom Script, em 1993, e percebi que uma séria confrontação nuclear estava planejada para a Península Coreana, fiquei incrédulo por que o presidente Clinton estava agitando diplomaticamente a Coréia do Norte com relação ao seu suposto programa de armas nucleares. A questão tornou-se tão séria que Clinton enviou o ex-presidente Jimmy Carter a Pyongyang em 1994 para "negociar" uma solução.

Nosso artigo sobre essa impotente viagem diplomática está disponível para leitura — N1720 (não traduzido) — e incentivamos que você o leia, pois revela há quanto tempo esse cenário está armado.

Durante o primeiro mandato do presidente Bush, seu governo envolveu-se em múltiplas conversações com um sexteto de participantes que foram absolutamente infrutíferas. Sabemos que a antiga União Soviética fabricou bombas nucleares na Coréia do Norte durante algumas décadas antes de ser desmantelada em 1991, usando um processamento muito diferente do requerido para o urânio monazítico encontrado na Coréia do Norte. Vamos examinar essa realidade agora.

Resumo da Notícia: "A Arma Secreta da Coréia do Norte: A Coréia do Norte tem a capacidade de fabricar um número infinito de armas nucleares", Independent Media Service, 14 de julho de 2003.

"Foi em maio de 1994, nove anos atrás, que os planejadores militares dos EUA perceberam que a Coréia do Norte tinha a bomba e fizeram planos de ataque nuclear sob William Perry, o então Secretário da Defesa dos EUA. Perry tinha estimado que a Coréia do Norte teria aproximadamente 100 ogivas nucleares por volta do ano 2000... Qualquer pessoa racional perguntaria como os norte-coreanos obtiveram tantas armas nucleares desde 1994. Publicamente, os norte-coreanos estão processando urânio em seu reator nuclear em Yongyong, e é dito e repetido na mídia de massa até o ponto de causar náusea que os norte-coreanos são capazes de fabricar somente cinco ou seis armas nucleares em um período de aproximadamente seis meses."

"Como Yonbyong não produz plutônio suficiente para 100 armas nucleares, incluindo bombas de hidrogênio, que usam até três vezes mais material fissionável que as bombas atômicas para os estágios separados dentro das bombas-H, os norte-coreanos teriam outra fonte para materiais fissionáveis para as armas — a monazita... A maior parte do tório encontrado na monazita é o naturalmente radioativo Tório-232... Os militares japoneses construíram fábricas para a extração do tório na Coréia e planejaram formar um estoque de tório como parte de sua fracassada tentativa de construir uma bomba atômica para se opor à ameaça nuclear representada pelo Projeto Manhattan, dos Estados Unidos... Por volta de 1945, a Península Coreana foi dividida no Paralelo 38 e a Coréia do Norte foi ocupada pela União Soviética... Os soviéticos se apoderaram do projeto da bomba japonesa e transferiram a maior parte dele para uma instalação ao norte de Moscou, juntamente com vários físicos nucleares norte-coreanos... Quando o tório-232 é bombardeado por nêutrons no interior de um reator nuclear, ele se transmuta em um material fissionável que pode ser usado para criar armas — conhecido como Urânio-233."

"O urânio-233 funciona tão bem quanto o plutônio-239 nas armas nucleares por causa de seu baixo ponto de fissão e a baixa massa crítica necessária para iniciar uma explosão nuclear. Embora o urânio-233 seja descrito como 'difícil de ser trabalhado' por causa de sua excessiva radioatividade, ele pode ser usado por alguém 'que queira construir um dispositivo nuclear secretamente', o que nos leva de volta à Coréia do Norte."

[Nota: Esse tipo de instalação de processamento nuclear é construída no subterrâneo e não emite a assinatura nuclear característica no ar que os satélites e aviões-espiões estão equipados para detectar!].

"Durante a Guerra Fria, os norte-coreanos continuaram a extrair monazita de suas minas para a União Soviética, mas depois que o império soviético entrou em colapso em 1991, as instalações de processamento de monazita, bem como as minas de extração, tornaram-se propriedade dos norte-coreanos. Sob a liderança de Kim Il Sung durante a Guerra Fria, reatores nucleares foram construídos para que a Coréia do Norte pudesse construir seu próprio arsenal nuclear."

Agora você sabe toda a história sobre como a Coréia do Norte pôde processar material suficiente para as armas nucleares para que pudesse possuir centenas de armas nucleares; além disso, agora você sabe que os EUA têm conhecimento desses fatos desde 1994! Portanto, sempre que você ler matérias na imprensa dizendo que a Coréia do Norte poderá construir algumas armas nucleares em breve, a não ser que alguma ação drástica seja tomada para impedi-los de fazer isso, pode saber que está lendo uma matéria de propaganda destinada a criar uma falsa impressão.

Se você acha que esse cenário é suspeitosamente parecido como a propaganda contra o Irã nos últimos três anos, está absolutamente correto. Acho que os planejadores globais acreditam que, se as pessoas se deixam enganar uma vez por um determinado tipo de mentira, sempre serão enganadas pela mesma mentira — não importa quantas vezes ela seja contada. Nós aqui da Cutting Edge sempre afirmamos que não faz sentido para o Irã e a Coréia do Norte iniciarem um programa próprio de desenvolvimento de armas atômicas a partir da estaca zero, quando o Paquistão já possui armas nucleares há duas décadas e sempre precisou de dinheiro. De fato, acreditamos que Irã tenha comprado seus artefatos nucleares do Paquistão, como alguém compra alguma coisa no comércio, como fez a Arábia Saudita (leia o artigo N2047).

E, para lançar mais querosene no fogo dessa propaganda, a Coréia do Norte herdou as usinas para enriquecimento da energia nuclear que estavam em seu território quando a antiga URSS foi desmantelada. Acredito que Jimmy Carter viajou à Coréia do Norte em 1994 por que foi naquele ano que os norte-coreanos conseguiram iniciar a produção de suas próprias armas nucleares a partir das antigas usinas de enriquecimento de urânio que caíram em suas mãos em 1991!

As Notícias Atuais de Confrontação Nuclear na Coréia

O cenário norte-coreano está claramente sendo apresentado nas notícias diárias, e bem na hora certa, eu acrescentaria. A ameaça da "confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia" está claramente em discussão. Para que a humanidade fique aterrorizada com esse possível ataque nuclear vindo da Coréia do Norte, a grande maioria das pessoas precisa acreditar em dois fatores sobre esse país:

1) Que a Coréia do Norte definitivamente possui armas nucleares prontas para serem lançadas a qualquer momento e em quantidade suficiente para ameaçar vários países em todo o mundo — mais notavelmente o Japão e os EUA. Publicamos um artigo em março de 2003 (N1781) no qual reportamos que a Coréia do Norte possuía pelo menos uma centena de ogivas nucleares. Aquele artigo foi publicado três anos atrás, dando à Coréia do Norte a capacidade de produzir pelo menos mais uma centena de ogivas nucleares em suas usinas de enriquecimento de monazita;

2) Que a Coréia do Norte tem mísseis que podem lançar essas ogivas nucleares e atingir com precisão alvos dentro do teatro de guerra imediato, alvos em um alcance intermediário e alvos intercontinentais. Nos últimos dez anos, a mídia de massa nos disse repetidamente que a Coréia do Norte possui os dois primeiros tipos de mísseis, e que eles são tão bons que foram comprados por vários países "delinqüentes" em todo o mundo. O fato que outros países adquiriram mísseis norte-coreanos para seus arsenais revela que esses mísseis devem ter uma boa precisão.

Entretanto, as pessoas ainda não tinham recebido a informação enfática que a Coréia do Norte agora possui um míssil intercontinental de três estágios que é capaz de atingir alvos na costa leste dos EUA. Informamos isso em N1781, que a Coréia do Norte possuía exatamente esse tipo de míssil, mas aparentemente essa informação não saiu para muito longe do círculo de leitores e assinantes dos artigos da Cutting Edge. No entanto, nas últimas semanas, a mídia de massa começou a divulgar que a Coréia do Norte está pronta para testar um míssil balístico intercontinental! Esse tipo de propaganda destina-se a elevar muito o nível de conscientização na mente das pessoas em todo o mundo, mas especialmente nos EUA.

Vamos agora analisar matérias recentes de notícias para que possamos melhor apreciar o fato que esse plano pode estar pronto para avançar para sua fase final.

Resumo da Notícia: "A Coréia do Norte Está a um Clique de Botão Para Lançar um Míssil", Chosun English News, 19 de junho de 2006.

"Os alertas de que a Coréia do Norte parece estar perto de testar o lançamento de um míssil intercontinental estão fazendo crescer a tensão na Península Coreana."

Acho que o momento para o lançamento desse míssil é muito interessante. No mesmo tempo em que as tensões geradas pelo programa nuclear iraniano começaram a diminuir, esse teste norte-coreano está fazendo aumentar essas mesmas tensões de guerra. Além disso, os militares norte-coreanos são tão linhas-duras quanto os iranianos, e podem estar tão protegidos pelo armamento escalar russo e/ou chinês quanto os iranianos. Assim, enquanto a mídia de massa diz que os EUA estão planejando um ataque contra os alvos de enriquecimento nuclear iranianos, a Coréia do Norte inicia grandes tensões com o teste de seu míssil, servindo assim para mostrar que a administração Bush poderá ter de lutar duas grandes guerras em duas partes muito diferentes do mundo se for lançada uma guerra contra o Irã.

Agora, vamos retornar à matéria de notícias:

"A Coréia do Norte parece ter completado a injeção de combustível líquido em um míssil balístico de longo alcance, o estágio final antes do lançamento, disseram membros de alto escalão da Inteligência nos EUA e na Coréia do Sul. Isso sinaliza um ponto de virada nesta semana, pois o míssil deve ser disparado ou ter o combustível removido após 24 horas da injeção. Tudo o que resta é o 'clique em um botão', disse um alto funcionário do Ministério das Relações Exteriores. Mas o mau tempo perto de Musudanri, na Província de Hamgyong do Norte, onde está a plataforma de lançamento, torna difícil a realização imediata do teste de lançamento do míssil do tipo Taepodong-2. 'É provável que as condições climáticas continuem desfavoráveis para um teste na segunda-feira, disse um oficial militar.'"

"Washington disse na sexta-feira que não assistirá passivamente. 'Nós, é claro, tomaremos as medidas preparatórias necessárias para acompanhar quaisquer atividades potenciais e para nos protegermos', disse Sean McCormack, porta-voz do Departamento de Estado. Essas 'medidas protetoras' presumivelmente incluem a interceptação do míssil em um estágio preliminar usando os destróieres Aegis no Mar da China." [Ibidem].

A Coréia do Norte fez sua parte em elevar as tensões acompanhando seu aparentemente iminente teste de míssil intercontinental com uma retórica de guerra extremamente hostil.

Resumo da Notícia: "A Coréia do Norte ameaça 'arrasar' as forças norte-americanas", The Peninsula, Qatar's Daily News, publicado em 19/6/2006.

"Seul. A Coréia do Norte ameaçou ontem 'arrasar sem piedade' as forças norte-americanas em caso de guerra durante uma reunião nacional para marcar o trabalho de 42 anos do líder Kim Jong-II no partido governante. A ameaça, em uma reportagem do partido governante publicada pela Agência de Notícias Central da Coréia (KCNA), veio quando a Coréia do Norte está, segundo se informa, preparando-se para fazer o teste de lançamento de um míssil de longo alcance, apesar dos fortes protestos dos Estados Unidos e de seus aliados. Choe Thae Bok, um membro de alto escalão do Partido dos Trabalhadores, disse na reportagem que Washington estava 'determinado a fazer provocações da guerra de agressão' para marcar o quadragésimo segundo aniversário do início de Kim no partido... 'Se os inimigos iniciarem uma guerra eventualmente, o exército e o povo da Coréia arrasarão sem piedade os agressores e darão vazão aos ressentimentos profundamente enraizados da nação', Choe teria dito na reunião."

O próximo segmento nos diz o alcance do míssil que a Coréia do Norte está, segundo os informes, se preparando para testar.

"Os técnicos norte-coreanos já montaram um Taepodong-2 de múltiplos estágios, com um alcance de 3.500 a 6.000 km." [Ibidem].

No mapa que incluímos em nosso artigo N1781, de março de 2003, você pode ver que um míssil de alcance de 6.000 km não alcançaria os EUA, nem mesmo o Alasca. Entretanto, sabemos que a Coréia do Norte já demonstrou a capacidade de fazer a ogiva de um míssil atingir o Alasca. Você tinha se esquecido de nosso artigo N1780? Citando aquele artigo de março de 2003:

Resumo da Notícia: "Ogiva de Míssil Norte-Coreano É Encontrada no Alasca", The Korean Times, Coréia do Sul, 4 de março de 2003, Ryu Jin, da Equipe de Reportagem.

"A ogiva de um míssil de longo alcance testado pela Coréia do Norte foi encontrada no estado americano do Alasca, uma reportagem da National Assembly revelou ontem: 'De acordo com um documento dos EUA, a última parte de uma ogiva de um míssil disparado pela Coréia do Norte foi encontrada no Alasca', disse o ex-Ministro das Relações Exteriores do Japão, Taro Nakayama, citado na reportagem. 'Washington e Tóquio até aqui subestimaram as capacidades de lançamento de mísseis de Pyongyang.'"

Você entendeu essa última frase?

"Washington e Tóquio até aqui subestimaram as capacidades de lançamento de mísseis de Pyongyang."

Eu honestamente acredito que os Illuminati planejam "subestimar" deliberadamente as capacidades totais da Coréia do Norte, tanto em número de ogivas quanto à precisão e alcance de seus mísseis — até o dia em que a crise explodir. Se a Coréia do Norte subitamente provasse uma capacidade para o mundo que poucos esperavam que ela possuísse, o choque será muito, muito maior. As pessoas ficarão literalmente pasmadas por essa capacidade subestimada e não-informada" O fator medo seria intensificado enormemente. Pode alguém dizer "Falha da Inteligência" mais uma vez?

Um Fato Que Ninguém Quer Que Você Saiba

Obviamente, toda essa já prevista confrontação nuclear de arrepiar os cabelos na Coréia não seria crível se a Coréia do Norte não pudesse lançar ogivas nucleares contra seus alvos. As pessoas não acreditariam que sua sobrevivência está em risco se compreendessem a verdadeira capacidade defensiva da tecnologia HAARP, dominada pelos EUA, e a tecnologia do armamento escalar, dominada pela Rússia. Ambos os sistemas bélicos oferecem um escudo protetor 100% eficiente para uma área-alvo e que impede quaisquer objetos voadores de penetrarem no escudo — sejam pássaros, aviões ou mísseis.

Separe um momento para estudar esse escudo.

A verdadeira capacidade que protege Israel e os Estados Unidos dos mísseis e aviões é o Escudo de Tesla — uma capacidade que Israel certamente possui por causa da tecnologia das ondas escalares, de acordo com o tenente-coronel Bearden em seu livro "Oblivion: America At The Brink". Essa ilustração representa o Domo de Tesla sendo erigido sobre uma cidade moderna, neste caso, Atlanta, na Geórgia. Você descobrirá que nenhuma esquadra deve partir se seus cientistas não puderem empregar um Domo de Tesla eficiente; nenhum exército deve marchar e nenhuma força aérea deveria ser acionada sem esse Domo.

Vamos seguir a explicação do tenente-coronel Bearden:

"Em 12 de novembro de 1986, os soviéticos chegaram a colocar um 'falso escudo' gigante sobre Atlanta, na Geórgia. Se o escudo tivesse sido real e não apenas de teste, os aviões e mísseis que estivessem voando para ele teriam explodido instantaneamente e sido destruídos. Esse modo — 'engarrafar' uma área de armas estratégicas — é útil para anular todo um sistema de lançamento estratégico de ICBMs (mísseis balísticos intercontinentais) ou uma grande base aérea de bombardeiros, etc. Ela também pode 'engarrafar' uma grande força-tarefa de um porta-aviões no mar, incluindo os aviões e os mísseis Tomahawk, os tiros dos canhões navais, etc. Com um escudo real, os aviões ou mísseis voando para ele (de dentro ou de fora) explodem e são destruídos." [Fer De Lance, pág. 135].

"De qualquer modo, o escudo Tesla gigante é útil contra qualquer tentativa de ataque... Não há a necessidade de discriminar verdadeiros veículos transportadores de ogivas de veículos falsos e despistadores, etc. Tudo o que estiver entrando no escudo é simplesmente 'limpo', 'esterilizado', ou destruído. O escudo pode cuidar dos mísseis balísticos de longo e de médio alcance e suas ogivas nucleares, bombardeiros estratégicos e suas bombas nucleares, mísseis cruzeiro e suas ogivas nucleares, veículos de reentrada e suas ogivas, veículos despistadores, etc." [Fer De Lance, págs. 258-9].

Obviamente, se a Rússia erigisse um Domo de Tesla sobre Teerã, ou sobre todo o Irã, por exemplo, nenhuma das armas americanas poderia penetrar e atingir seu alvo! Você pode ver que qualquer sistema de armamentos hoje precisa se mover sob a proteção de um Domo de Tesla. Em outras palavras, o Domo sempre precisa se mover por cima e em torno dos navios, dos aviões e dos exércitos à medida que eles se deslocam até seu destino. Como você pode imaginar a partir dessa figura, um Domo pode ser criado para se mover continuamente e com a mesma velocidade que o avião, de modo que sempre o estará envolvendo. O Domo pode ser mover na velocidade de um avião moderno, ou pode permanecer fixo e estático sobre toda uma localidade-alvo — mesmo se for em torno de um continente inteiro!

Os EUA têm seu próprio Domo de Tesla, criado pela tecnologia do armamento HAARP. Embora não seja tão poderoso quanto o Domo Escalar dos russos, ele bloquearia 100% de todos os mísseis que viessem da Coréia do Norte. Na verdade, os radares transmissores de HAARP localizados no Alasca poderiam erigir uma linha protetora do tipo Domo de Tesla bem em alto mar, para que todos os mísseis sejam destruídos antes de chegarem perto de seus alvos nos Estados Unidos.

Quanto mais as pessoas compreenderem essa capacidade, menos eficiente será a crise encenada em suas mentes e corações. Na verdade, se a maioria das pessoas compreendesse essa tecnologia das ondas eletromagnéticas para proteger todo um continente contra a entrada de mísseis e/ou aviões, mais provavelmente a crise encenada arrebentaria na cara dos líderes envolvidos na implementação dessa parte do plano. Portanto, as pessoas precisam ser mantidas ignorantes a respeito dessa ciência real, exatamente como os Illuminati já previram.

Veja como o autor de Nova Era Bill Cooper descreve como os Illuminati querem desesperadamente manter a população ignorante a respeito da matemática e da ciência.

"A energia é reconhecida como a chave para toda a atividade na Terra. A ciência natural é o estudo das fontes e o controle da energia natural, e a ciência social, teoricamente expressa como economia, é o estudo das fontes e o controle da energia social. Ambas são sistemas contábeis: matemática. Portanto, a matemática é a ciência primordial da energia. E o contador pode se tornar rei se o público puder ser mantido ignorante da metodologia da contabilidade."

(Observe a ênfase em manter a população ignorante a respeito do que realmente está acontecendo. Soa como 'conspiração' para mim, e soa muito como o tipo de alunos que nossas Escolas Públicas estão formando!)

"Toda a ciência é meramente um meio para um fim. O meio é conhecimento. O fim é o controle. Além disso, permanece somente uma questão. Quem será o beneficiário?... uma nação ou o mundo de pessoas que não usam sua inteligência não é melhor que os animais que não têm inteligência alguma. Essas pessoas são bestas de carga e filé na mesa..." [O que você acha de ser referido como 'besta de carga' ou 'filé na mesa' Você sabe que o precisa acontecer com a besta de carga para ela se tornar um 'filé na mesa'!!] (Behold a Pale Horse, Milton William Cooper, pág. 39; leia a resenha).

Um dos elementos-chave que atualmente mantêm as pessoas ignorantes é a inacreditável aceitação que as grandes redes de notícias alcançaram nos corações e nas mentes do público. As pessoas realmente acreditam que estão obtendo a verdade quando assistem aos noticiários da Fox News, CNN, ABC, NBC e ouvem todas as cabeças pensantes da televisão. Enquanto as pessoas acreditarem nas falsas notícias e nas mentiras descaradas que são proferidas por essas organizações de notícias, nunca compreenderão o nível em que estão sendo enganadas pelas crises encenadas como essa na Coréia!

O simples fato que o mundo está agora sendo tratado com as "notícias" que a Coréia do Norte está pronta para testar o lançamento de um míssil balístico de longo alcance nos diz que estamos chegando perto do "fim do período" — aquela estrutura de tempo em que as três guerras planejadas para formarem a Terceira Guerra Mundial estão prontas para serem iniciadas.



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data de publicação: 26/6/2006
Patrocinado por: A. J. R. C. — Fortaleza / CE
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2138.asp