O Décimo Segundo Apóstolo e Nossa Terra Estacionária

Autor: Jeremy James, 12 de março de 2017.

Somos todos humanos e todos cometemos erros. É por isto, provavelmente, que o livro de Provérbios prescreve repetidas vezes que estejamos abertos a receber a correção. De fato, a Bíblia nos diz que o sábio não somente está disposto, mas ansioso para ser corrigido:

"Não repreendas o escarnecedor, para que não te odeie; repreende o sábio, e ele te amará. Dá instrução ao sábio, e ele se fará mais sábio; ensina o justo e ele aumentará em entendimento." [Provérbios 9:8-9].

Quantos de nossos irmãos e irmãs respondem à correção desta forma? Tenho dúvidas se muitos cristãos bíblicos hoje estão sendo ensinados de acordo com este princípio. Ele deveria ser a carne e a substância da nossa vida cristã — pois, de que outra forma podemos crescer em entendimento? — mas a tolerância com todas as coisas e a atitude "viva sua vida e deixe os outros viverem a deles", que prevalece na maioria das igrejas hoje, é altamente resistente à correção. Muitos que professam serem cristãos ficam grandemente ofendidos diante de qualquer indicação de admoestação ou repreensão.

Vigiai!

Nesta série de ensaios frequentemente apresentamos questões que têm uma influência direta sobre nossa compreensão e interpretação da Palavra de Deus. Cristo nos disse para vigiar! Isto significa comparar e contrastar os eventos mundiais — "os sinais dos tempos" (Mateus 16:3) — com o elemento profético da Palavra de Deus. Para fazermos isso corretamente, precisamos ter em mente o tempo todo que o Grande Enganador fará tudo o que puder para disfarçar ou camuflar esses sinais. Ele quer distorcer a profecia bíblica de um modo que lhe seja vantajoso e levar os justos para o caminho errado. Assim, existe um ônus sobre todos os cristãos verdadeiros de testar continuamente tudo, tendo como padrão o rigor e a pureza da Palavra de Deus, mesmo que isso signifique admitir de tempos em tempos que estávamos errados em alguma questão.

Encontrei recentemente um exemplo interessante da nossa relutância humana natural de admitir nossos enganos. O pastor David Cloud, que já publicou muitos livros excelentes sobre o Cristianismo bíblico divulgou uma mensagem de correio eletrônico para seus assinantes em 9 de março de 2017 em que explicou por que Matias, e não o apóstolo Paulo, foi o décimo segundo apóstolo. Todavia, ele não menciona o fato que emitiu uma mensagem muito parecida em 24 de julho de 2013. Ele começou citando a opinião expressa por George Sayles Bishop, em 1910:

"Quem assumiu o posto vago de Judas foi Paulo, não Matias. Matias foi a sugestão de Pedro, porém Pedro cometeu erros. Ele errou quando disse: 'Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso.' Ele cometeu um erro quando negou seu Mestre. Ele errou em Antioquia, quando anulou o Evangelho e defendeu a necessidade da circuncisão. 'Tornando a edificar aquilo que destruíra... Chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível.' O impetuoso Pedro tomou a iniciativa de indicar um apóstolo. Ele deu ao Senhor, por assim dizer, uma escolha entre Matias e Justo."

"Matias foi sorteado e eles o contaram com os doze, porém esta foi a última vez que ouvimos falar dele. O Senhor se manteve silencioso. Pouco tempo depois, Ele desceu do céu e, pessoalmente, acrescentou aos onze originais, outro décimo segundo apóstolo, a quem apareceu 'como a um abortivo'. O décimo segundo nome nos 'doze fundamentos' da Nova Jerusalém não será o de Matias, mas o de Paulo: não somente um apóstolo, mas 'em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos, ainda que nada sou.'" (The Doctrines of Grace, Nova York: Gospel Publishing House, 1910, pág. 373).

Ele então apresenta diversas razões para mostrar por que essa opinião é indefensável, que em resumo diz:

Primeiro, a Bíblia diz especificamente que Matias foi "contado com os onze". Segundo, a maioria dos apóstolos não é mencionada novamente por nome nas Escrituras. Terceiro, Paulo não atende aos requisitos definidos em Atos 1:21-22. Quarto, Paulo foi distinguido dos outros apóstolos pela própria Escritura. Em quinto lugar, Paulo chamou os outros apóstolos de "os doze".

[O texto completo do argumento apresentado pelo pastor Cloud pode ser encontrado no Apêndice A.]

A estas cinco perfeitamente válidas razões, podemos adicionar uma sexta:

João 20:19-24 diz que Cristo apareceu aos apóstolos no Domingo da Ressurreição:

"Chegada, pois, a tarde daquele dia, o primeiro da semana, e cerradas as portas onde os discípulos, com medo dos judeus, se tinham ajuntado, chegou Jesus, e pôs-se no meio, e disse-lhes: Paz seja convosco. E, dizendo isto, mostrou-lhes as suas mãos e o lado. De sorte que os discípulos se alegraram, vendo o Senhor... Ora, Tomé, um dos doze, chamado Dídimo, não estava com eles quando veio Jesus." [João 20:19-24]

Lucas 24:33 confirma que onze apóstolos estavam presentes:

"E na mesma hora, levantando-se, tornaram para Jerusalém, e acharam congregados os onze, e os que estavam com eles."

Observe que Tomé estava ausente, porém onze apóstolos estavam presentes. Como poderia ser, se Judas também estava ausente [12 menos 1 (Judas) menos 1 (Tomé) = 10]. Tomé teve de aguardar oito dias até finalmente ver o Cristo ressurreto. Isto significa que o substituto para Judas, isto é, Matias, também estava presente e foi reconhecido como tal pelo Espírito Santo.

O que o pastor Cloud não diz é que, em seu livro Things Hard to be Understood, ele apoiou a interpretação feita por George Sayles Bishop [veja as páginas 227-228 da quarta edição, de maio de 2006; o livro foi publicado originalmente em 1996.] Durante muitos anos ele ensinou o oposto do que agora está ensinando, porém não menciona isto. Sua defesa firme da posição bíblica correta é louvável e não há uma razão óbvia para ele não revelar que no passado defendeu a mesma interpretação de Bishop.

A Questão Real

Isto pode parecer uma questão menor — e é — porém aponta para algo de importância muito maior, isto é, a surpreendente relutância de muitos pregadores e pastores fiéis hoje, homens que defendem firmemente a verdade literal da Palavra de Deus, de admitir quando eles estiveram enganados. Isto certamente é verdadeiro em relação à Cosmologia. Por exemplo, o pastor Cloud ensina que a Terra é um globo que se move pelo espaço, embora a Bíblia ensine claramente que a Terra é plana e estacionária. Muitos outros pastores batistas e evangélicos são da mesma opinião, apesar do fato de vários ensaios terem aparecido em anos recentes e que mostram que a cosmologia da Escritura difere radicalmente da cosmologia ensinada pela NASA.

Até aproximadamente 50 anos atrás, a pessoa mediana teria tido dificuldades em contestar a cosmovisão ensinada pela Astronomia moderna. Hoje, porém, não temos desculpas. A maioria de nós pode adquirir um telescópio como uma ampliação x100. Se usarmos esse telescópio para investigar a Lua, veremos imediatamente que ela não pode estar a mais do que alguns milhares de quilômetros de distãncia da Terra — e certamente não a 388.000 km de distância!

As lentes telescópicas de muitas câmeras modernas podem selecionar detalhes a 80-90 km de distância na superficie de um lago ou de uma baia, provando sem qualquer dúvida que a Terra não tem curvatura. As pessoas viajam de avião a grandes distâncias, entre dois destinos separados por muitos milhares de quilômentros, em que o tempo de viagem em ambas as direções é quase o mesmo. Isto seria impossível se a Terra estivesse "girando" em seu próprio eixo!

Observamos a lua cheia todo mês, com perfeita regularidade, mas isto seria impossível se a Lua estivesse em órbita em volta de uma Terra em rotação. A única forma como um local específico na Terra pode ter uma Lua cheia em intervalos regulares é se a própria Terra for estacionária.

Os cristãos foram iludidos e enganados por humanistas espertos. Foi dito a eles que quando uma bolinha rola de um lado para outro sobre a superfície de uma mesa, a bolinha move-se em relação à mesa, o que é verdade, e que a mesa se move em relação à bolinha, o que é absurdo! Este é o tipo de bobagem que atrai pessoas que de outra forma são sensatas, a acreditarem que a Terra está em movimento em relação ao sol, quando ela não está. A Terra é absolutamente estacionária, do modo exato como a Bíblia diz. Quando Josué disse para o Sol parar, o Sol parou. Ele não disse para a Terra parar, pois a Terra não estava em movimento! Ele disse para a Sol parar por que o Sol estava se movimentando.

Leia e creia na Palavra de Deus! Ela não deixa dúvidas sobre a questão! Se uma interpretação literal e gramatical — a única hermenêutica verdadeira entre o povo de Deus — for aplicada consistentemente, então os seguintes versos, entre muitos outros [veja o Apêndice B], apontam enfaticamente para uma Terra plana e estacionária, um Sol que está em movimento e um céu preenchido com estrelas ou luzeiros, não galáxias:

"Então se abalou e tremeu a terra, os fundamentos dos céus se moveram e abalaram, porque ele se irou." [2 Samuel 22:8].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi." [Gênesis 1:6-7].

"Ou estendeste com ele os céus, que estão firmes como espelho fundido?" [Jó 37:18].

"Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR." [Jeremias 31:35-37].

"Trema perante ele, trema toda a terra; pois o mundo se firmará, para que não se abale." [1 Crônicas 16:30].

"O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar." [Salmos 93:1].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"Por isso farei estremecer os céus; e a terra se moverá do seu lugar, por causa do furor do SENHOR dos Exércitos, e por causa do dia da sua ardente ira." [Isaías 13:13].

"E todo o exército dos céus se dissolverá, e os céus se enrolarão como um livro; e todo o seu exército cairá, como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira." [Isaías 34:4].

"Crescia esta árvore, e se fazia forte, de maneira que a sua altura chegava até ao céu; e era vista até aos confins da terra." [Daniel 4:11].

"E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo." [Lucas 4:5].

"Então Josué falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom. E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro." [Josué 10:12-13].

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos... A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, o qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor." [Salmos 19:1,4-6].

"Eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado." [Isaías 38:8].

"O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança." [Habacuque 3:11].

Medindo os Fundamentos da Terra

É uma grande tragédia para a igreja que homens que realmente amam a Palavra de Deus e que têm há muito tempo combatido o bom combate ainda estejam relutantes a crer no relato de Deus de Sua própria criação. Eles sabem que Jonas foi engolido por um grande peixe, que Elias foi tomado fisicamente até o céu em uma carruagem sobrenatural, que o Dilúvio cobriu toda a superfície da Terra e que o mundo foi criado e povoado ao longo de um período de seis dias reais, porém mesmo assim negam a Palavra de Deus quando aceitam a fantasiosa cosmologia proposta pela NASA!

O profeta Jeremias disse que Israel sobreviverá, a não ser que o homem consiga medir os fundamentos da Terra:

"Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR." [Jeremias 31:37].

Isto quer dizer que o homem nunca conseguiu medir os fundamentos da Terra, e nunca conseguirá! A Terra não é uma esfera. Não existem satélites orbitando em volta dela. O homem nunca esteve no espaço "sideral", porque, se tivesse estado, já teria determinado e medido com grande precisão "os fundamentos da Terra". Ele também teria medido os "céus acima", porém a Bíblia nos diz que o homem também nunca conseguirá fazer isso.

Portanto, em quem você acredita: em Deus ou na NASA?

Enfrentando o Desafio

Sei que este é um assunto muito desafiador. É duvidoso se qualquer pessoa racional possa examiná-lo e não se sentir desorientada. Mas, como cristãos, há um ônus sobre nós para interpretarmos corretamente e defendermos a Palavra de Deus, mesmo que isso signifique controntar alguns fatos impalatáveis.

Se este for seu primeiro contato com este assunto, pedimos que leia nossos ensaios anteriores sobre a Cosmologia bíblica, que estão relacionados no Apêndice C.

Lembre-se das palavras de Tiago: "Se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada. Peça-a, porém, com fé, em nada duvidando; porque o que duvida é semelhante à onda do mar, que é levada pelo vento, e lançada de uma para outra parte." [Tiago 1:5,6].

Se você já decidiu que a Terra plana e estacionária é nada mais do que uma tolice, então é improvável que ouça o que Deus está a lhe dizer. Lembre-se também das palavras de Salomão: "O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." [Provérbios 18:13].

Vivemos em um tempo de extraordinária perversidade e de muita enganação. Portanto, não devemos estar surpresos se o Maligno escondeu minas terrestres por toda a parte, incluindo lugares que nossos avós nunca teriam imaginado. Cabe a nós caminhar com cuidado, exercitar o máximo de discernimento e conferir tudo, usando como referencial a verdade literal da Palavra de Deus:

"Louvar-te-ei com retidão de coração quando tiver aprendido os teus justos juízos." [Salmos 119:7].



Apêndice A

Quem É o Décimo Segundo Apóstolo?

Texto da mensagem do pastor David Cloud, de 9 de março de 2017.

"E, lançando-lhes sortes, caiu a sorte sobre Matias. E por voto comum foi contado com os onze apóstolos." [Atos 1:26 ]

Apocalipse 21:14 diz que os nomes dos 12 apóstolos estarão gravados nos fundamentos da cidade eterna de Deus, a Nova Jerusalém. Mateus 19:28 também diz que os apóstolos se assentarão sob doze tronos para julgar as doze tribos de Israel.

Quem é o décimo segundo apóstolo que assume o posto de Judas? Matias ou Paulo? Paulo diz 16 vezes que ele era um apóstolo. Ele foi pessoalmente chamado de Deus para isto (2 Coríntios 1:1, Gálatas 1:1).

O argumento que Paulo tomou o lugar de Judas como o décimo segundo apóstolo é feito como segue por George Sayles Bishop:

"Quem assumiu o posto vago de Judas foi Paulo, não Matias. Matias foi a sugestão de Pedro, porém Pedro cometeu erros. Ele errou quando disse: 'Senhor, tem compaixão de ti; de modo nenhum te acontecerá isso.' Ele cometeu um erro quando negou seu Mestre. Ele errou em Antioquia, quando anulou o Evangelho e defendeu a necessidade da circuncisão. 'Tornando a edificar aquilo que destruíra... Chegando Pedro à Antioquia, lhe resisti na cara, porque era repreensível.' O impetuoso Pedro tomou a iniciativa de indicar um apóstolo. Ele deu ao Senhor, por assim dizer, uma escolha entre Matias e Justo."

"Matias foi sorteado e eles o contaram com os doze, porém esta foi a última vez que ouvimos falar dele. O Senhor se manteve silencioso. Pouco tempo depois, Ele desceu do céu e, pessoalmente, acrescentou aos onze originais, outro décimo segundo apóstolo, a quem apareceu 'como a um abortivo'. O décimo segundo nome nos 'doze fundamentos' da Nova Jerusalém não será o de Matias, mas o de Paulo: não somente um apóstolo, mas 'em nada fui inferior aos mais excelentes apóstolos, ainda que nada sou." (The Doctrines of Grace, Nova York: Gospel Publishing House, 1910, pág. 373).

Discordamos disso pelas seguintes razões:

Primeiro, a Bíblia diz especificamente que Matias "foi contado com os onze" (Atos 1:26). Doze versos são dedicados para esta cena. Embora seja verdade que Pedro cometeu erros, a Bíblia claramente identifica esses erros. A situação em Atos 1 é diferente. Pedro não está ali meramente agindo com base em seus desejos pessoais; todo o grupo dos onze estava de comum acordo com os demais irmãos reunidos juntos. Doze versos das Escrituras são dedicados a esta cena e não há indicação alguma que eles estivessem agindo de forma contrária à vontade de Deus. Na verdade, eles estavam agindo de acordo com a profecia (Atos 1:20; Salmos 109:8). Além disso, eles agiram após muita oração (Atos 1:24-25).

Segundo, embora seja verdade que Matias não seja mencionado novamente na Escritura, também é verdade que a maioria dos apóstolos não seja novamente mencionado por nome. Quando os apóstolos são mencionados dali para frente em Atos 2:37,42-43; 4:33,35-37; 5:12,18; 11:1; 15:2. etc., Matias foi, sem dúvida, um deles, porque tinha sido eleito para aquela posição. Terceiro, Paulo não atendia aos requisitos definidos em Atos 1:21-22. Quarto, Paulo foi distinguido dos outros apóstolos na própria Escritura. Paulo foi o apóstolo dos gentios (Romanos 11:13, Gálatas 1:16 e 2:7-8; Efésios 3:8; 1 Timóteo 2:7). Embora Paulo pregasse aos judeus, seu chamado especial foi para estabelecer as primeiras igrejas de gentios dentro do Império Romano. Quinto, Paulo chamou os outros apóstolos de "os doze" (1 Coríntios 15:5).

Portanto, acreditamos que o lugar de autoridade de Paulo no reino terreal de Cristo continuará a estar associado particularmente com os santos entre os gentios.

[David Cloud, Direitos Reservados.]



Apêndice B

Passagens na Bíblia Relacionadas com a Cosmologia

Categorias:

Os Fundamentos da Terra
As Águas em Cima
As Águas em Baixo
O Firmamento
A Ausência de Movimento da Terra
Os Céus Estendidos
A Terra Plana e Estendida
O Movimento do Sol
A Lua Possui Luminosidade Própria
As Estrelas Fixas e as "Errantes"
As Relações Espaciais Geocêntricas

Os Fundamentos da Terra

"... porque do SENHOR são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo." [1 Samuel 2:8b].

"O que sacode a terra do seu lugar, e as suas colunas estremecem." [Jó 9:6].

"Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência." [Jó 38:4].

"Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina." [Jó 38:6].

"A terra e todos os seus moradores estão dissolvidos, mas eu fortaleci as suas colunas. (Selá.)" [Salmos 75:3].

"Desde a antiguidade fundaste a terra, e os céus são obra das tuas mãos." [Salmos 102:25].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"O SENHOR, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus." [Provérbios 3:19].

"... porque as janelas do alto estão abertas, e os fundamentos da terra tremem." [Isaías 24:18b].

"Porventura não sabeis? Porventura não ouvis, ou desde o princípio não se vos notificou, ou não atentastes para os fundamentos da terra?" [Isaías 40:21].

"Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos." [Isaías 48:13].

"E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?" [Isaías 51:13].

"... Fala o SENHOR, o que estende o céu, e que funda a terra, e que forma o espírito do homem dentro dele." [Zacarias 12:1].

"E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos." [Hebreus 1:10].

As Águas em Cima

"E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas." [Gênesis 1:6].

"E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi." [Gênesis 1:7].

"Fez das trevas o seu lugar oculto; o pavilhão que o cercava era a escuridão das águas e as nuvens dos céus." [Salmos 18:11].

"Põe nas águas as vigas das suas câmaras; faz das nuvens o seu carro, anda sobre as asas do vento." [Salmos 104:3].

"Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus." [Salmos 148:4].

"Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?" [Provérbios 30:4].

[Esta é uma referência a Cristo no Velho Testamento e Sua participação na obra de Criação. A "amarração das águas" parece se referir ao firmamento e seu papel em restringir as águas em cima.]

"Fazendo ele ouvir a sua voz, grande estrondo de águas há nos céus, e faz subir os vapores desde o fim da terra; faz os relâmpagos com a chuva, e tira o vento dos seus tesouros." [Jeremias 51:16].

As Águas em Baixo

"Marcou um limite sobre a superfície das águas em redor, até aos confins da luz e das trevas." [Jó 26:10].

"Ou entraste tu até às origens do mar, ou passeaste no mais profundo do abismo?" [Jó 38:16].

"Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em depósitos." [Salmos 33:7].

"Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas." [Provérbios 8:24].

"Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo; quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo, quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra. Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo; regozijando-me no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens." [Provérbios 8:27-31].

"Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas." [Apocalipse 14:7].

O Firmamento

"E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo." [Gênesis 1:6-8].

"Ou estendeste com ele os céus, que estão firmes como espelho fundido?" [Jó 37:18].

"Louvai ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder." [Salmos 150:1].

"Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar." [Isaías 40:22].

[O círculo aqui é, provavelmente, uma referência à abóbada acima da Terra. Os moradores da Terra habitam abaixo de uma grande abóbada que se estende sobre eles como uma tenda.]

"No ano seiscentos da vida de Noé, no mês segundo, aos dezessete dias do mês, naquele mesmo dia se romperam todas as fontes do grande abismo, e as janelas dos céus se abriram, e houve chuva sobre a terra quarenta dias e quarenta noites." [Gênesis 7:11-12].

"Ele é o que edifica as suas câmaras superiores no céu, e fundou na terra a sua abóbada, e o que chama as águas do mar, e as derrama sobre a terra; o SENHOR é o seu nome." [Amós 9:6].

"E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra." [Gênesis 1:14-17].

"Porventura Deus não está na altura dos céus? Olha para a altura das estrelas; quão elevadas estão. E dizes: que sabe Deus? Porventura julgará ele através da escuridão? As nuvens são esconderijo para ele, para que não veja; e passeia pelo circuito dos céus." [Jó 22:12-14].

[Se considerarmos que circuito (chuwg) significa um círculo, então esta passagem pode estar se referindo à circularidade do firmamento.

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos." [Salmos 19:1].

"Põe nas águas as vigas das suas câmaras; faz das nuvens o seu carro, anda sobre as asas do vento." [Salmos 104:3].

"E sobre as cabeças dos seres viventes havia uma semelhança de firmamento, com a aparência de cristal terrível, estendido por cima, sobre as suas cabeças. E debaixo do firmamento estavam as suas asas direitas uma em direção à outra; cada um tinha duas, que lhe cobriam o corpo de um lado; e cada um tinha outras duas asas, que os cobriam do outro lado. E, andando eles, ouvi o ruído das suas asas, como o ruído de muitas águas, como a voz do Onipotente, um tumulto como o estrépito de um exército; parando eles, abaixavam as suas asas. E ouviu-se uma voz vinda do firmamento, que estava por cima das suas cabeças; parando eles, abaixavam as suas asas. E por cima do firmamento, que estava por cima das suas cabeças, havia algo semelhante a um trono que parecia de pedra de safira; e sobre esta espécie de trono havia uma figura semelhante a de um homem, na parte de cima, sobre ele." [Ezequiel 1:22-26].

"Depois olhei, e eis que no firmamento, que estava por cima da cabeça dos querubins, apareceu sobre eles uma como pedra de safira, semelhante a forma de um trono." [Ezequiel 10:1].

"Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente." [Daniel 12:3].

A Ausência de Movimento da Terra (Exceto em Tempos de Julgamento)

"Trema perante ele, trema toda a terra; pois o mundo se firmará, para que não se abale." [1 Crônicas 16:30].

"Tema toda a terra ao SENHOR; temam-no todos os moradores do mundo. Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu." [Salmos 33:8,9].

"E edificou o seu santuário como altos palácios, como a terra, que fundou para sempre." [Salmos 78:69].

(A palavra palácios não aparece no texto hebraico. A primeira parte provavelmente deveria ser assim: "E edificou seu santuário nas alturas..." Ele também a construiu como a Terra, que estabeleceu para sempre. A palavra hebraica aqui para edificou é yacad, que significa "lançar um fundamento".].

"O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar." [Salmos 93:1].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"A tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e ela permanece firme." [Salmos 119:90].

"Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso?" [Isaías 66:1].

"O céu é o meu trono,e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso?" [Atos 7:49].

(Como um trono permanece no mesmo local, estes dois últimos versos mostram que a Terra não se move. Além disso, com relação ao tamanho comparativo, a Terra está abaixo do terceiro céu como um escabelo fica abaixo de um trono. Portanto, ela não pode ser um minúsculo grão de poeira na vasta imensidão do espaço, como a Astronomia moderna alega.).

A Terra se Move Somente em Tempos de Julgamento

"O que sacode a terra do seu lugar, e as suas colunas estremecem." [Jó 9:6].

"O SENHOR reina; tremam os povos. Ele está assentado entre os querubins; comova-se a terra." [Salmos 99:1].

"Por isso farei estremecer os céus; e a terra se moverá do seu lugar, por causa do furor do SENHOR dos Exércitos, e por causa do dia da sua ardente ira." [Isaías 13:13].

"De todo está quebrantada a terra, de todo está rompida a terra, e de todo é movida a terra. De todo cambaleará a terra como o ébrio, e será movida e removida como a choça de noite; e a sua transgressão se agravará sobre ela, e cairá, e nunca mais se levantará." [Isaías 24:19-20].

Os Céus Foram Estendidos

"O que sozinho estende os céus, e anda sobre os altos do mar." [Jó 9:8].

"O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada." [Jó 26:7].

"Ou estendeste com ele os céus, que estão firmes como espelho fundido?" [Jó 37:18].

"Bendize, ó minha alma, ao SENHOR! SENHOR Deus meu, tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade. Ele se cobre de luz como de um vestido, estende os céus como uma cortina." [Salmos 104:1-2].

"E todo o exército dos céus se dissolverá, e os céus se enrolarão como um livro; e todo o seu exército cairá, como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira." [Isaías 34:4].

"Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar." [Isaías 40:22].

(A palavra hebraica no original para "círculo" neste verso é chuwg, que Strong (H2329] define como um 'círculo, circuito, perímetro. Em outro verso (22:18) Isaías usou a palavra hebraica duwr para significar "bola" (esfera), de modo que é improvável que esteja aqui se referindo a uma bola, ou a uma esfera.)

"Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus, e os estendeu, e espraiou a terra, e a tudo quanto produz; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela." [Isaías 42:5].

(Tanto os céus quanto a Terra estão "estendidos". De acordo com Gesenius, a palavra hebraica no original para "estender" neste verso — raqa — significa "estender por meio de batidas". Em outro verso (34:4), os céus são referidos como um rolo. Em um caso, a ação é similar ao desenrolar de um tecido (e seu subsequente enrolamento), enquanto que no outro é similar ao achatamento de uma folha de metal por marteladas.)

"Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo." [Isaías 44:24].

"Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens." [Isaías 45:12].

"Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos." [Isaías 48:13].

"E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra..." [Isaías 51:13a].

"Ele fez a terra com o seu poder; ele estabeleceu o mundo com a sua sabedoria, e com a sua inteligência estendeu os céus." [Jeremias 10:12].

"Ele fez a terra com o seu poder, e ordenou o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento." [Jeremias 51:15].

A Terra Plana e Estendida

"Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem. Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões." [Salmos 103:11,12].

(Isto precisa se referir a uma Terra plana, em que o oriente e o ocidente nunca se encontram.)

"Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:6].

"E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra." [Isaías 11:12].

"Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo." [Isaías 44:24].

"Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus, e os estendeu, e espraiou a terra, e a tudo quanto produz; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela." [Isaías 42:5].

"O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada." [Jó 26:7].

"Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela." [Jó 2:2].

"Crescia esta árvore, e se fazia forte, de maneira que a sua altura chegava até ao céu; e era vista até aos confins da terra." [Daniel 4:11].

"Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles." [Mateus 4:8].

"E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo." [Lucas 4:5].

O Movimento do Sol

"Então Josué falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom. E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro." [Josué 10:12-13].

[Observe que Josué ordenou que o Sol e a Lua parassem, não a Terra e a Lua.]

"Assim, ó SENHOR, pereçam todos os teus inimigos! Porém os que te amam sejam como o sol quando sai na sua força." [Juízes 5:31].

"O que fala ao sol, e ele não nasce, e sela as estrelas." [Jó 9:7].

(Neste verso Jó ilustra o tremendo poder de Deus, mostrando que Ele pode fazer o Sol deixar de se mover e impedir as estrelas de darem sua luz.)

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos... A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, o qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor." [Salmos 19:1,4-6].

"Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso." [Salmos 104:19].

(Não se pode dizer que o sol conhece seu ocaso se ele não estiver em movimento real.).

"Nasce o sol, e o sol se põe, e apressa-se e volta ao seu lugar de onde nasceu." [Eclesiastes 1:5].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"Eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado." [Isaías 38:8].

"E sucederá que, naquele dia, diz o SENHOR Deus, farei que o sol se ponha ao meio-dia, e a terra se entenebreça no dia claro." [Amós 8:9].

"O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança." [Habacuque 3:11].

(O profeta registra que o Sol e a Lua pararam, não a Terra e a Lua.)

A Lua Possui Iluminação Própria

"E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas." [Gênesis 1:16].

"E com os mais excelentes frutos do sol, e com as mais excelentes produções das luas." [Deuteronômio 33:14].

"Se olhei para o sol, quando resplandecia, ou para a lua, caminhando gloriosa." [Jó 31:26].

"Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso." [Salmos 104:19].

"A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:9].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"E a lua se envergonhará, e o sol se confundirá quando o SENHOR dos Exércitos reinar no monte Sião e em Jerusalém, e perante os seus anciãos gloriosamente." [Isaías 24:23].

"E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o SENHOR ligar a quebradura do seu povo, e curar a chaga da sua ferida." [Isaías 30:26].

"Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o SENHOR será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória." [Isaías 60:19].

"Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome." [Jeremias 31:35].

"E, apagando-te eu, cobrirei os céus, e enegrecerei as suas estrelas; ao sol encobrirei com uma nuvem, e a lua não fará resplandecer a sua luz." [Ezequiel 32:7].

"E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas." [Mateus 24:29].

"Uma é a glória do sol, e outra a glória da lua, e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela." [1 Coríntios 15:41].

"E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue." [Apocalipse 6:12].

"E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada." [Apocalipse 21:23].

As Estrelas Fixas e as Estrelas "Errantes"

"E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, e para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom." [Gênesis 1:14-18].

"Desde os céus pelejaram; até as estrelas desde os lugares dos seus cursos pelejaram contra Sísera." [Juízes 5:20].

"Porventura Deus não está na altura dos céus? Olha para a altura das estrelas; quão elevadas estão. E dizes: que sabe Deus? Porventura julgará ele através da escuridão? As nuvens são esconderijo para ele, para que não veja; e passeia pelo circuito dos céus." [Jó 22:12-14].

"A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:9].

"Conta o número das estrelas, chama-as a todas pelos seus nomes." [Salmos 147:4].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"E todo o exército dos céus se dissolverá, e os céus se enrolarão como um livro; e todo o seu exército cairá, como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira." [Isaías 34:4].

"Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará." [Isaías 40:26].

"Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens." [Isaías 45:12].

"Diante dele tremerá a terra, abalar-se-ão os céus; o sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor." [Joel 2:10].

"E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas." [Mateus 24:29].

"E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas." [Lucas 21:25].

"Uma é a glória do sol, e outra a glória da lua, e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela." [1 Coríntios 15:41].

"Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações; estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas." [Judas 1:13].

"E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares." [Apocalipse 6:14].

"E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite." [Apocalipse 8:12].

"E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra..." [Apocalipse 12:4a].

(Estes dois versos se referem à terça parte das estrelas. No último verso, elas são geralmente compreendidas como uma referência à companhia dos anjos que se rebelaram. As estrelas e os anjos estão tão intimamente associados na Palavra de Deus que pode existir alguma conexão não explicada entre eles.)

Relações Espaciais Geocêntricas

É impossível fazer justiça à cosmologia bíblica sem levar em conta as centenas de passagens em toda a Bíblia que são claramente geocêntricas e cujos significados naturais implicam uma estrutura de referência que abrange o céu e a Terra. Os bilhões de quilômetros de espaço, que os astrônomos modernos propõem, estão em agudo conflito com a estrutura espacial usada na Bíblia. A Terra da Bíblia é inconcebivelmente maior do que o Sol em termos absolutos. É impossível reconciliar a cosmologia bíblica — como Deus descreve Sua própria Criação — com o "cosmos" bizarro da Astronomia moderna, em que a Terra não poderia ser mais patética ou insignificante. De fato, quantos mais pronunciamentos a NASA e seus aliados fazem sobre o "cosmos", o mais estridentemente eles contradizem o relato bíblico. Sempre é o mesmo grupo de "especialistas" auto-indicados que faz essas declarações bizarras, sem qualquer evidência concreta para suportá-las.

Os cristãos precisam perguntar a si mesmos por que acreditam no quadro do céu e da Terra retratado pela NASA, não apenas por que ele confilta com a narrativa bíblica, mas por que essa organização maçônica e sigilosa continua a proferir pronunciamentos que não fazem sentido e que zombam da Palavra de Deus. Você acredita seriamente que a Terra está sob risco de ser destruída por um asteróide gigantesco? Acredita seriamente que a Terra está girando em seu próprio eixo a 1.600 km por hora? Acredita seriamente que existe "vida inteligente" nas "profundezas" do espaço? Acredita seriamente que dois homens que vestiam pijamas de náilon, pousaram na Lua, a bordo de uma cápsula de alumínio em 1969? A única evidência para isso tudo é a incansável propaganda produzida pela NASA, Hollywood, as grandes emissoras de televisão e a mídia dominante. Por que os cristãos estão dispostos a colocar de lado a Palavra de Deus e acreditar em um relato alternativo da realidade para a qual eles não possuem a mínima evidência objetiva e verificável?

Subindo e Descendo

"Então desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro." [Gênesis 11:5-7].

"E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela." [Gênesis 28:12].

"Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?" [Provérbios 30:4].

"Pois olhou desde o alto do seu santuário, desde os céus o SENHOR contemplou a terra." [Salmos 102:19].

"Abaixa, ó SENHOR, os teus céus, e desce; toca os montes, e fumegarão." [Salmos 144:5].

"E abaixou os céus, e desceu; e uma escuridão havia debaixo de seus pés." [2 Samuel 22:10].

[O Senhor "abaixou" (estendeu ou encurvou (como um arco)) os céus e "desceu", uma ação que teve início no terceiro céu e continuou, passando pelo firmamento, até as montanhas abaixo.]

"Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes se escoassem de diante da tua face." [Isaías 64:1].

"E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão." [Daniel 7:27].

"Porque eis que o SENHOR está para sair do seu lugar, e descerá, e andará sobre as alturas da terra." [Miquéias 1:3].

"Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu." [João 3:13].

"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." [Atos 4:12].

"Mas ele, estando cheio do Espírito Santo, fixando os olhos no céu, viu a glória de Deus, e Jesus, que estava à direita de Deus; e disse: Eis que vejo os céus abertos, e o Filho do homem, que está em pé à mão direita de Deus." [Atos 7:55-56].

Apêndice C

Outros Ensaios Que Contêm Materiais Relacionados com Cosmologia e História da Terra



Autor: Jeremy James, artigo em http://www.zephaniah.eu
Data da publicação: 14/3/2017
Transferido para a área pública em 14/11/2017
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/decimosegundo.asp