Escolha uma cor para o fundo:  

O Desenvolvimento de um Microcircuito Implantável Muito Mais Avançado do Que o Digital Angel Está Sendo Financiado Pela DARPA! — Parte 4

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

A tecnologia para comprar e vender com o microcircuito MMEA é simples e já está em uso atualmente! Muitas pessoas acreditam que a tecnologia para comprar e vender com um microcircuito implantável seja complexa e que o dispositivo precisa ser atualizável, mas isso não é verdade, como você verá ao ler este artigo!

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia-a-dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está na
"THE CUTTING EDGE"


Publicamos quatro artigos anteriores sobre este assunto do microcircuito implantável em seres humanos conhecido como "M.M.E.A. — Matriz de Múltiplos Microeletrodos". Esse microcircuito não é apenas muito mais sofisticado do que qualquer outro microcircuito no mercado, mas é o único no qual o governo federal americano está injetando verbas vultuosas em pesquisa e desenvolvimento — um fato significativo! Sempre estivemos de olho nos sinais indicativos do financiamento governamental, sentindo que o governo financiaria seriamente a pesquisa necessária para trazer o microcircuito final à perfeição, de modo que o Anticristo possa utilizá-lo da forma como está profetizado.

Vamos primeiro rever os artigos anteriores sobre esse tema; se você ainda não leu esses artigos, encorajamos que faça isso agora.

N1875a"O Desenvolvimento de um Microcircuito Implantável Muito Mais Avançado do Que o Digital Angel Está Sendo Financiado Pela DARPA! O MMEA — Matriz de Múltiplos Microeletrodos é Tão Avançado que Pode Cumprir Apocalipse 13:16-18! Parte 1" — Explicamos a atual tecnologia do MMEA para que você possa ver como os seres humanos poderão ser completamente controlados por esse microcircuito implantável! As emoções — medo, euforia, depressão -, além de prazer e dor, poderão ser controladas e até mesmo provocadas por um sinal de radiofreqüência!

N1875b"O Desenvolvimento de um Microcircuito Implantável Muito Mais Avançado do Que o Digital Angel Está Sendo Financiado Pela DARPA! Parte 2" — A fonte dos fundos de pesquisa e desenvolvimento sempre é o sinal indicador de qual é a finalidade última do produto, de modo que discutimos a natureza draconiana da DARPA.

N1875c"O MMEA — Matriz de Múltiplos Microeletrodos É Visto Pelos Ocultistas Como 'Transcendência', Um Meio Pelo Qual a Humanidade Dará o "Salto de Paradigma" na Consciência Para Tornar-se Semelhante a Deus! — Parte 3" — A tecnologia do programa da Interface Cérebro-Máquina é simplesmente mais uma igreja, um local para adorar" — Exatamente como a Bíblia prediz, esse microcircuito implantável estará voltado para a adoração!

N1875d"Seria o MMEA Simplesmente Mais Uma Inserção Satânica, Como as Usadas nos Conciliábulos Há Milhares de Anos?" — Os satanistas fazem uso de inserções especiais no corpo das pessoas envolvidas em bruxaria, ou nas pessoas a quem desejam controlar. A marca da Besta bíblica será uma inserção para que o bruxo satanista mais poderoso de todos os tempos possa controlar toda a população mundial. [Nota: Este artigo não foi traduzido, mas seu texto é muito parecido com o artigo N1252, "A Marca da Besta Poderá Ser a Inserção Satânica Definitiva".].

Quando você ler esses artigos anteriores, estará pronto para compreender a natureza de "compra e venda" desse microcircuito MMEA, de modo que poderá ver o quão fácil e rapidamente toda a economia do mundo poderá ser submetida ao seu enorme poder. Vamos rever a profecia:

"E faz que a todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e servos, lhes seja posto um sinal na sua mão direita, ou nas suas testas, para que ninguém possa comprar ou vender, senão aquele que tiver o sinal, ou o nome da besta, ou o número do seu nome." [Apocalipse 13:16-17].

Portanto, se esse microcircuito implantável é aquele que o Anticristo e seu Falso Profeta imporão à força ao mundo em cumprimento à Escritura acima, o microcircuito deve ser capaz de permitir compras sem dinheiro vivo de forma fácil e rápida, e sendo de alguma forma único para cada pessoa da Terra — todas as mais de seis bilhões de pessoas. A maioria das pessoas acredita que o microcircuito deve ser "regravável" para que os dados dele possam ser alterados repetida e diariamente, em alguns casos. Obviamente, se isso fosse verdade, esse microcircuito deveria ser capaz de armazenar uma imensa quantidade de dados, tantos dados que seria muito caro fabricá-lo, talvez tão caro que o preço para produzir um microcircuito para cada pessoa da Terra fosse alto demais, até mesmo para os Illuminati.

Outra concepção errônea é que cada microcircuito deverá ser produzido na fábrica já com o nome da pessoa na qual será finalmente inserido. Se isso fosse verdade, então os Illuminati não poderiam começar a produzir os mais de 6 bilhões de microcircuitos até que o momento de implantá-los estivesse muito próximo.

Nenhuma dessas especulações está correta, conforme demonstraremos agora.

Tecnologia Simples em Uso Neste Exato Momento

A tecnologia que esse microcircuito MMEA utiliza para comprar e vender é simples, e está sendo cada vez mais utilizada atualmente! Mas, primeiro, permita-nos descrever as três partes desse microcircuito que terão que interagir adequadamente para que incontáveis transações de compra e venda possam ocorrer facilmente e sem empecilhos.

Para o MMEA funcionar adequadamente (comunicar-se enviando e recebendo informações), ele deve consistir de três partes:

Parte 1 — A Matriz de Múltiplos Microeletrodos (MMEA) — É o hardware de interface entre a carne e o silicone propriamente dito. É o mecanismo que se parece com pequenas agulhas [veja a gravura no artigo N1875b], e deve ser implantado no nervo ou no cérebro, projetado para detectar ou transmitir o sinal elétrico de fato. Em termos simples, ele é como um fio elétrico sendo conectado à tomada.

Parte 2 — É o microcircuito propriamente dito. Essa unidade é o processador projetado para dizer ao eletrodo o que fazer; ele também deve transmitir os sinais detectados pelos eletrodos. Diversos testes diferentes já foram realizados com o MMEA. Alguns testes utilizaram microcircuitos processadores externos (fora do corpo humano) maiores, enquanto outros utilizaram microcircuitos processadores internos (dentro do corpo humano) menores. Os testes que o professor Kevin Warwick realizou utilizaram microcircuitos internos menores. Na realidade, esses microcircuitos não são em nada especiais, pois podem ser simplesmente iguais ao microcircuito GSM de um telefone celular. Esse microcircuito diz ao aparelho o que fazer, além de reter pequenas quantidades de informação que lhe permitirá se conectar a uma rede maior. A informação limitada contida no microcircuito está programada para dizer à rede quem a pessoa é, e para receber mais informações que são específicas para aquele aparelho; então, o microcircuito fará com que o computador de rede abra o arquivo exclusivo daquela pessoa e aguarde a realização de compras e vendas, ou a chegada de informações atualizadas. Essas informações ficam armazenadas no computador da rede. Se você estiver comprando no K-Mart, seu microcircuito simplesmente transmitirá seu número exclusivo de identificação de 18 dígitos ao computador do K-Mart, fazendo com que o computador abra seu arquivo e o prepare para efetuar compras. Se você estiver em um consultório médico, seu microcircuito enviará seu número de identificação à rede da qual o médico faz parte e fará com que o computador abra seu arquivo e o prepare para atualizar as informações.

Muito provavelmente, esses microcircuitos, serão produzidos em massa como PROM ou EPROM, ao invés de ROM, já que essa tecnologia permitirá a produção em massa sem ter de fabricar especificamente um microcircuito para cada pessoa do planeta na fábrica. Uma vez que esses microcircuitos forem produzidos, poderão ser programados especificamente para cada pessoa posteriormente, quando o indivíduo receber a inserção. O microcircuito conterá informações como os códigos de identificação pessoal discutidos no artigo N1875b. Esse código de identificação único pode incluir qualquer tipo de número de identidade, número de registro médico ou números de contas bancárias.

Novamente, reiteramos: quando esse microcircuito tiver sido programado com o seu número único de identificação, esse número se tornará a "chave dourada" que destravará o computador de rede de cada empresa com a qual você quiser efetuar uma transação comercial. Todas as transações de uma pessoa serão atualizadas pelo computador da rede, e não armazenadas no microcircuito implantável pessoal! Esse fato é muito importante, de modo que pedimos que você reflita sobre ele até que o compreenda plenamente.

Parte 3 - Seria o meio (como os dois componentes acima se comunicariam com outros aparelhos ou com uma rede). Os testes em execução agora têm utilizado dois métodos: 1) Radiofreqüência interna e externa sem fio; mais 2) com fiação. Os testes do professor Kevin Warwick foram realizados com o uso de um transmissor e receptor de RF interna sem fiação. Essa tecnologia permitiu que os dois mecanismos acima se conectassem a uma rede para monitoramento e interação.

Comprando, Vendendo e Pagando com Esta Tecnologia

Como isso funcionaria com um sistema de pagamentos é muito simples; seria semelhante aos sistemas de pagamento de identidade por radiofreqüência (RFID) que atualmente estão sendo utilizados por diversas empresas de cartão de crédito, de telefones celulares e pelo Departamento de Defesa. Esses microcircuitos — a Parte 2 mencionada anteriormente — terão um código numérico de identificação específico e único em seu programa — o número do seguro social, por exemplo; esse número já estará na rede dos sistemas bancários, associado à sua conta. Então, quando a pessoa estiver pronta para efetuar uma compra em uma loja, tudo o que terá de fazer é estender sua mão direita ao receptor de RF do caixa. O caixa obterá a informação precisa da conta bancária por meio do microcircuito inserido na mão do consumidor, acionando sua conta bancária na rede. Quase instantaneamente, o dinheiro gasto na compra será deduzido automaticamente da conta do consumidor.

O processo é muito simples e rápido, e já está sendo realizado com cartões de crédito por RF e telefones celulares. O princípio é o mesmo; a única diferença é que esse microcircuito será um aparelho que o consumidor não poderá perder nem ser roubado. Para tornar isso ainda mais claro, os telefones celulares foram feitos para se comunicarem exatamente como o MMEA; entretanto, ele também terá a capacidade de armazenar informações pessoais. Atualmente, os consumidores já podem realizar compras com nada mais do que um telefone celular! Essa tecnologia provavelmente não será usada apenas para transações de pagamento, tampouco alguém receberá seu dinheiro diretamente em mãos. Sempre alguém realizará uma transação eletrônica na conta bancária do consumidor, onde seu dinheiro virtual estará armazenado. Esse aparelho será um elo entre o consumidor e sua conta numérica; a mesma tecnologia também funcionará com os registros médico, militar, penal, profissional e educacional.

Agora, vamos examinar algumas manchetes recentes para vermos como essa tecnologia está sendo utilizada neste exato momento, preparando as pessoas para aceitarem esse tipo de transação e disseminando os receptores em nossa economia.

Resumo da notícia: "RFID nos EUA", Ivan Schneider, Bank Systems and Technology Online, 1 de setembro de 2003.

"Você já se sentiu impaciente ao aguardar na fila de um mercado atrás de uma pessoa que insistia em pagar com cheque?... Cartões que não precisam de contato, já utilizados na Ásia em diversos sistemas de trânsito e de pagamento, estão sendo introduzidos nos Estados Unidos em programas-piloto patrocinados pela American Express e pela MasterCard. Esses sistemas de 'pagamento por aproximação' usam uma tecnologia de identificação por freqüência de rádio (RFID) que pode essencialmente abastecer um consumidor que possua uma antena portátil que transmita um número codificado quando se aproximar de um terminal comercial seguro."

Conforme afirmamos anteriormente, o MMEA contém uma pequena antena que, quando acionada, envia o número de identificação exclusivo da pessoa para a antena do varejista. Os dois sistemas de RFID então começam a se comunicar entre si. A compra — ou o pagamento a ser efetuado — é enviada ao computador da rede do vendedor após o número de identificação único do comprador ter 'aberto o arquivo' desse consumidor. Se essa for a primeira compra do consumidor naquele estabelecimento, um novo arquivo para ele será rapidamente criado. Em seguida, a transação é enviada para o "terminal comercial seguro" do computador-mestre do comerciante; em milésimos de segundos, a transação é registrada e aquela quantia de dinheiro é deduzida da conta bancária do consumidor, e transferida para a conta bancária do comerciante.

Vamos agora retornar ao artigo mencionado para obtermos mais informações pertinentes:

Poupe Seu Tempo e Gaste Mais Dinheiro

"Desde o início, os participantes da indústria têm cooperado — pelo menos no que se refere aos terminais de ponto de venda. 'O comerciante quer comprar somente uma leitora', disse David Bonalle, vice-presidente e diretor geral de Desenvolvimento de Pagamentos Avançados da American Express (em Nova York). 'Eles não querem ter quatro aparelhos diferentes em cima do balcão'... Os resultados demonstraram como o aceleramento do processo de pagamento pode ajudar os comerciantes a cortar custos e aumentar a receita. Segundo os estudos de tempo e movimento conduzidos pela American Express, o ExpressPay tornou a fila de 30 a 40% mais rápida do que com dinheiro vivo', disse Bonalle. Além disso, os consumidores do piloto gastaram em média 20 a 30% mais em suas compras..." [Ibidem].

Agora, os benefícios trazidos por esse sistema eletrônico sem dinheiro são do tipo que atrairá a atenção dos comerciantes rapidamente! Não é de se espantar que o Wal-Mart esteja tão determinado a ter esse sistema de RFID completamente instalado em sua ampla rede varejista! Para se manterem atualizados com os benefícios prometidos que o RFID trará, e não querendo que o Wal-Mart tenha mais uma vantagem sobre eles, os comerciantes de todos os ramos implantarão rapidamente esse sistema em suas redes. Esse fator competitivo fará com que o RFID se espalhe pela economia em tempo recorde. Além disso, todas as empresas transportadoras e todos os fornecedores do Wal-Mart e de outras redes varejistas implementarão rapidamente o RFID. Em breve, toda a economia do mundo estará on-line.

Vamos retornar ao artigo mencionado:

"O mecanismo do ExpressPay, disponível como um chaveiro ou um cartão-padrão, tem outra característica interessante — não necessita de assinatura. A American Express limita sua exposição com um 'limite de gasto diário' de US$ 150, utilizáveis apenas em pontos de venda autorizados. 'Há a oportunidade de efetuar compras com valores mais elevados desde que você acrescente uma autenticação adicional', disse Bonalle. 'Uma combinação de limites de gasto com senha pessoal, achamos que faz muito sentido. Em última instância, consigo enxergar um nível ainda mais elevado de segurança usando uma identificação biométrica', disse Bill Allen, diretor de Comunicações de Marketing dos sistemas de RFID da Texas Instruments (em Dallas)." [Ibidem].

O desejo de tornar seguro esse novo tipo de sistema de compras é da mais alta importância para que os consumidores de todo o mundo venham a abraçá-lo com entusiasmo. Portanto, você pode ver a American Express limitando as compras diárias até acertar todo o seu sistema de segurança. Uma "autenticação adicional" é definitivamente necessária, e pode ser fornecida por meio de um limite para as compras e números de senhas; entretanto, a indústria está definitivamente analisando o uso de uma "identificação biométrica", ou seja, impressões digitais e leitura da retina. Obviamente, a última forma de "assegurar" esse novo sistema seria implantar o microcircuito no corpo da pessoa, seja na fronte ou na mão direita.

Quando o microcircuito implantável começar a se comunicar com o "terminal comercial seguro", será necessário tomar cuidado para que ninguém intercepte a corrente de dados de forma a obter o número exclusivo do consumidor. A indústria também está trabalhando nesse tipo de segurança.

"… a maior fonte de fraude não é o uso ilegítimo de cartões roubados — é o uso ilegítimo dos números do cartão roubado. É por isso que as implementações do RFID incluem um microcircuito controlador para proteger a transmissão das informações de pagamento. O padrão industrial ISO/IEC 14443 'protege a transmissão de dados do cartão à leitora, e da leitora ao cartão', diz Allen. 'Se alguém interceptar a transmissão dos dados, terá muita dificuldade para desvendar o algoritmo. Além disso, cada microcircuito contido no aparelho de ExpressPay formula um número de algoritmo aleatório que envia um código único — que muda a cada transação — por meio do terminal do ponto de venda para os sistemas de verificação da American Express."

Como você pode ver, esse sistema de RFID foi cuidadosamente planejado, do início ao fim. Com esse tipo de pesquisa minuciosa e dedicada da indústria privada, você pode ter certeza que o avanço será muito, muito rápido. Então, com o governo federal financiando o MMEA por meio da DARPA, da Segurança Interna, você pode ter ainda mais certeza que o microcircuito implantável estará completamente integrado ao sistema de RFID; de fato, o MMEA será sem dúvida anunciado como o último avanço de todo o sistema, substituindo completamente todos os cartões em uso.

Com todos os benefícios econômicos trazidos por esse sistema, que tipo de pessoa não salva NÃO quererá receber esse microcircuito implantável?

Entretanto, no momento em que o microcircuito for entregue a todas as pessoas do mundo, será apresentado com um propósito duplo; cada pessoa ouvirá que, ao receber esse microcircuito MMEA, estará afirmando sua lealdade e adoração ao recém-surgido Anticristo. Aí está a armadilha fatal e eterna de um microcircuito como o MMEA. Cada pessoa que receber esse MMEA oferecido pelo recém-ungido 'Messias' será lançada no lago de fogo por toda a eternidade. Veja o alerta de Deus:

"E ouvi, vinda do templo, uma grande voz, que dizia aos sete anjos: Ide, e derramai sobre a terra as sete taças da ira de Deus. E foi o primeiro, e derramou a sua taça sobre a terra, e fez-se uma chaga má e maligna nos homens que tinham o sinal da besta e que adoravam a sua imagem." [Apocalipse 16:2].

Assim sendo, quando uma pessoa receber o microcircuito MMEA, logo aparecerá "uma chaga má e maligna" em seu corpo, provavelmente no mesmo local em que recebeu o microcircuito. Não importa o quão dolorosas essas chagas sejam, elas se reduzem à insignificância quando comparadas com a dor que Deus reservou para elas na eternidade. Veja:

"E seguiu-os o terceiro anjo, dizendo com grande voz: Se alguém adorar a besta, e a sua imagem, e receber o sinal na sua testa, ou na sua mão, também este beberá do vinho da ira de Deus, que se deitou, não misturado, no cálice da sua ira; e será atormentado com fogo e enxofre diante dos santos anjos e diante do Cordeiro. E a fumaça do seu tormento sobe para todo o sempre; e não têm repouso nem de dia nem de noite os que adoram a besta e a sua imagem, e aquele que receber o sinal do seu nome." [Apocalipse 14:9-11].

Observe que receber esse microcircuito é um pecado que não pode ser perdoado! Ninguém pode receber a marca e depois se voltar para Deus com lágrimas caindo de seu coração partido, pedindo perdão. Quando uma pessoa recebe esse microcircuito, seu destino eterno no lago de fogo está selado. A Bíblia também não diz em momento algum que uma pessoa pode receber a marca da Besta e ainda ir para o céu. Temos outro artigo que trata desse assunto, mas para este artigo é suficiente dizer que ninguém pode receber a marca da Besta e ainda ir para o céu, não importa a circunstância!

Deus também promete a Seus santos uma recompensa muito especial quando eles se recusarem a receber esse microcircuito, muito embora eles saibam que serão decapitados imediatamente.

"E vi tronos; e assentaram-se sobre eles, e foi-lhes dado o poder de julgar; e vi as almas daqueles que foram degolados pelo testemunho de Jesus, e pela palavra de Deus, e que não adoraram a besta, nem a sua imagem, e não receberam o sinal em suas testas nem em suas mãos; e viveram, e reinaram com Cristo durante mil anos." [Apocalipse 20:4].

Esses santos serão recompensados de forma muito especial por seu martírio pelas mãos do exército do Anticristo, por terem se recusado a receber o microcircuito implantável.

Conclusão

Demonstramos como será fácil e simples usar o microcircuito MMEA para comprar e vender no mercado globalizado, exatamente como a profecia bíblica de Apocalipse 13:16-18 requer. Além disso, esse é o microcircuito que o governo federal está apoiando com quantias expressivas de dólares para finalizar a pesquisa e o desenvolvimento exigidos para trazer essa tecnologia a todo o mundo rapidamente.

A Bíblia não informa quando o Anticristo e o Falso Profeta forçarão essa marca implantável sobre todas as pessoas, porém a maioria dos estudiosos acredita que será próximo do ponto médio da Tribulação, na altura dos 3½ anos. Portanto, quando o Anticristo surgir, seus cientistas terão pelo menos mais três anos e meio para aperfeiçoar o produto e fazer com que ele cumpra o que Satanás precisa que ele cumpra.

Conforme contemplamos a natureza terrível dessa tecnologia, você pode apenas chegar à conclusão de que o fim dos tempos está verdadeiramente sobre nós.

Anterior | Índice



Você está preparado espiritualmente? Sua família está preparada? Você está protegendo seus amados da forma adequada? Esta é a razão deste ministério, fazê-lo compreender os perigos iminentes e depois ajudá-lo a criar estratégias para advertir e proteger seus amados. Após estar bem treinado, você também pode usar seu conhecimento como um modo de abrir a porta de discussão com uma pessoa que ainda não conheça o plano da salvação. Já pude fazer isso muitas vezes e vi pessoas receberem Jesus Cristo em seus corações. Estes tempos difíceis em que vivemos também são tempos em que podemos anunciar Jesus Cristo a muitas pessoas.

Se você recebeu Jesus Cristo como seu Salvador pessoal, mas vive uma vida espiritual morna, precisa pedir perdão e renovar seus compromissos. Ele o perdoará imediatamente e encherá seu coração com a alegria do Espírito Santo de Deus. Em seguida, você precisa iniciar uma vida diária de comunhão, com oração e estudo da Bíblia.

Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia-a-dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Tradução: Eduardo Perez Neto
Data de publicação: 4/9/2004
Revisão: http://www.TextoExato.com
Patrocinado por: S. F. F. C. — Vargem Grande Paulista / SP
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n1875e.asp