Escolha uma cor para o fundo:  

Manobra Inteligente do Irã em Seu Acordo Para Trocar Urânio Enriquecido com a Turquia Lhe Dá uma Vantagem Tática Sobre o Ocidente

Recursos úteis para sua maior compreensão

Título do Livro 1


Título do Livro 2


Título do Livro 3

As potências ocidentais perderam a superioridade moral na questão do enriquecimento de urânio para uso nas centrais de energia atômica e nas ogivas nucleares. Falar sobre sanções severas contra o Irã agora não faz sentido. O bloco formado pelo Irã, Brasil e Turquia virou a mesa e obteve uma importante vitória diplomática.

A Nova Ordem Mundial está chegando! Você está preparado?

Compreendendo o que realmente é essa Nova Ordem Mundial, e como está sendo implementada gradualmente, você poderá ver o progresso dela nas notícias do dia a dia!!

Aprenda a proteger a si mesmo e aos seus amados!

Após ler nossos artigos, você nunca mais verá as notícias da mesma forma.

Agora você está com a
"THE CUTTING EDGE"

Em meados de 2003, logo após a captura de Bagdá, o presidente Bush subitamente declarou para os iranianos: "— Vocês serão os próximos". Imediatamente o presidente russo Putin respondeu que não permitiria outras mudanças de regime no Oriente Médio. (Veja os detalhes em N2003, "Um Xeque-Mate Russo no Oriente Médio?").

O presidente Bush recuou após uma grande mobilização militar já ter sido realizada, quando caladamente ordenou que os navios da Marinha e as unidades da Força Aérea, que tinham participado na guerra no Iraque, retornassem às suas bases. A partir daquele momento, os líderes dos EUA e de Israel limitaram seus ataques ao Irã às ameaças verbais. De vez em quando, um porta-aviões e seu grupo de batalha naval acompanhante eram enviados ao Golfo Pérsico para intimidar o Irã e, outras vezes, uma fonte da mídia reportava que bombas especiais arrasa-bunker estavam sendo estacionadas perto do Irã.

Mas, o fato é que o Ocidente respeitou a advertência da "linha traçada na areia" feita pelo presidente Putin contra qualquer potência ocidental que tentasse derrubar o regime iraniano.

Depois que os líderes do Ocidente compreenderam sua impotência para derrubar o Irã, recorreram à inócua ameaça das "sanções" contra Teerã se o governo iraniano persistisse em desenvolver a capacidade nuclear como uma fonte viável de energia. Como podemos ter tanta certeza que o programa nuclear iraniano é voltado unicamente para propósitos pacíficos? Porque o Irã não precisa desenvolver sua própria capacidade nuclear! A Cutting Edge reportou em junho de 2002 que o Irã já possuía a capacidade nuclear. As ogivas nucleares foram compradas do Paquistão no início de 2002 e os mísseis táticos foram comprados da Coreia do Norte (leia os detalhes completos em N2373, "As Constantes Ameaças Israelenses de Bombardear o Irã Estão Armando o Cenário Para o Cumprimento da Profetizada Invasão Liderada Pela Rússia").

Portanto, nos últimos cinco anos, o Ocidente repetidamente tentou persuadir o Irã a concordar em não enriquecer o urânio em seu próprio território, e concordar em comprar o urânio enriquecido de outro país na região. Mas, o Irã sempre rejeitou essa proposta. Como o Irã é signatário do Tratado de Não Proliferação Nuclear, está em condições juridicamente legais de desenvolver o urânio enriquecido para suas centrais de energia nuclear. É o Ocidente que tem feito um estardalhaço com essa falsa crise em que os líderes ocidentais pintaram o quadro que os líderes iranianos iriam usar imediatamente qualquer arma nuclear que desenvolvessem contra seus vizinhos, ou entregá-las para grupos terroristas — o mesmo mantra mentiroso que o presidente Bush usou para justificar a invasão ao Iraque.

Na verdade, como mostramos alguns anos atrás, de todos os países no mundo que possuem a capacidade nuclear militar, somente os EUA fizeram uso dessa capacidade contra outro país. Os EUA usaram armas nucleares contra as cidades japonesas de Hiroshima e Nagasaki, contra o Iraque duas vezes, e contra o Afeganistão. (Leia os artigos N1967, "Possíveis Implicações Geoestratégicas e Proféticas do Uso do Urânio Empobrecido no Afeganistão e no Iraque — a Grande Espada do Segundo Selo do Apocalipse?").

Você verá que o mundo tem toda a razão para temer o uso que os EUA fazem das armas nucleares contra seus inimigos, mas não o Irã, que possui capacidade nuclear desde 2002. Conseguir aterrorizar as pessoas sobre o perigo que um Irã nuclearizado representa é um grande exemplo de propaganda eficaz.

Entretanto, esta linha de retórica pública que exige que o Irã pague para algum outro país enriquecer seu urânio provou ser uma arma muito boa para dar cacetadas no Irã. Mas, nesta semana, o Irã virou totalmente a mesa diplomática contra o Ocidente. O Irã fez uma manobra inteligente e agora tem uma superioridade moral — e está usando um aliado ocidental para enriquecer o urânio para ele.

Resumo da Notícia: "Turquia e Brasil selam acordo sobre a troca de combustível nuclear do Irã", Reuter's News, 17 de maio de 2010.

"O governo da Turquia declarou no sábado que o Irã aceitou um acordo para a troca de combustível nuclear, que poderá ajudar a solucionar o impasse de Teerã com o Ocidente por causa de seu programa nuclear. Os detalhes completos do acordo não foram revelados imediatamente pelos representantes dos governos turco e brasileiro, que mediaram a disputa do Irã com as principais potências mundiais, que suspeitam que Teerã esteja desenvolvendo secretamente uma bomba nuclear."

"O ministro turco das Relações Exteriores disse que uma declaração formal poderá ser feita na segunda-feira, após as revisões finais pelos presidentes brasileiro e iraniano e pelo primeiro-ministro turco. 'Chegamos ao acordo após quase 18 horas de negociações', o ministro turco das Relações Exteriores, Ahmet Davutogly, disse aos repórteres em Teerã, quando questionado se haveria um acordo."

Acho muito instrutivo que o Irã tenha escolhido chegar a um acordo com seus amigos na comunidade internacional e não com as potências ocidentais, e também não com a ONU. O Brasil parece estar fazendo o papel de moderador entre o Irã e a Turquia, mas é o papel da Turquia neste plano que deve nos interessar mais.

Veja o seguinte: embora a Turquia tenha se movido continuamente em direção ao Islã desde as eleições no fim de 2002, ela ainda é vista como uma nação pró-Ocidente e, oficialmente, ainda está tentando ingressar na União Europeia. Portanto, a Turquia é vista neste acordo como uma "corretora honesta" nessa troca do combustível nuclear. Entretanto, os líderes dos governos ocidentais acusarão a Turquia de favorecer desonestamente o Irã quando o programa de troca de combustível estiver em andamento.

Este lance tático é brilhante!

O Ocidente fez um estardalhaço para forçar o Irã a um acordo em que o enriquecimento do combustível atômico seria uma excelente ideia; ótimo, o Irã concordou com esse acordo, mas com os países nos quais pode confiar.

A Turquia e o Brasil têm forte influência na ONU, um fato importante para o Irã evitar as sanções da ONU.

"A Turquia e o Brasil, ambos membros não-permanentes do Conselho de Segurança da ONU, se ofereceram como mediadores para encontrar uma resolução ao impasse em um momento em que as potências mundiais estão em conversações para impor uma quarta rodada de sanções da ONU contra o Irã. O Irã declarou que vê a mediação de forma positiva."

Qual será a resposta do Ocidente?

Alguns líderes ocidentais dirão que ainda não viram os detalhes. Outros dirão que o acordo não avança muito. Outros ainda dirão que o Irã não é confiável. Todavia, o fato é que o Irã concordou com o plano que o Ocidente vinha propondo há anos. Os líderes ocidentais serão pressionados a objetar.

Talvez o mundo tenha visto o fim deste incrível cenário de "rumores de guerras".

Você pode ter a mais absoluta certeza que não haverá um ataque das potências ocidentais contra o Irã! Há sete anos que Cutting Edge diz isto. Você pode ler nossa explicação completa lendo o artigo N2143, "Vence o Prazo Dado ao Irã Para Cessar o Enriquecimento de Urânio Para Seu Programa Nuclear Mas Ação Alguma É Tomada".

Neste momento, o Irã e seu grupo de nações antiamericanas obtiveram uma vantagem e uma vitória tática sobre as nações ocidentais que literalmente fizeram uma tempestade em um copo de água nessa questão do poder nuclear do Irã. Esperemos que esta tenha sido a última rodada deste cansativo "rumor de guerra". Já se passaram quase sete anos, desde que o presidente Bush e outros membros de seu governo começaram a ameaçar o Irã por causa de seu plano de desenvolver armas nucleares. O número "7" é muito importante para os ocultistas, pois significa "Lúcifer" e perfeição. Veja o que escreveu o renomado ocultista W. Wynn Wescott em seu livro The Occult Power of Numbers (O Poder Oculto dos Números):

"O número 7 esteve curiosamente relacionado com H. P. Blavatsky e sua Sociedade Teosófica. Lucifer foi publicado pela primeira vez em 1887, e 1887 é a soma de 17 centenas com 17 dezenas e 17 unidades. H. P. B. residiu nos endereços 17 Lansdowne Road e 17 Avenue Road. Lucifer (a revista) era publicada na 7 Duke Street; sete volumes foram completados até a morte dela; o coronel Olcott a conheceu pela primeira vez em 7 Beckman Street e, depois, em 71 Broadway, em Nova York. Anna Kingsford foi eleita presidente da Loja da Sociedade Teosófica em Londres em 7 de janeiro de 1883. Isis Sem Véu foi publicado em 1877 e o terceiro volume de A Doutrina Secreta foi publicado em 1897, após sua morte." [pág. 84].

Portanto, talvez, todo esse cenário de rumores de guerra tenha sido planejado para durar exatamente sete anos. Se toda esta bobagem chegou ao fim, poderemos ter um pouquinho de descanso.

Podemos aguardar o início da Terceira Guerra Mundial, uma guerra global que terá o objetivo de colocar o Anticristo no cenário internacional. (Leia os artigos N1056 e N1057).



Se você nunca colocou sua confiança em Jesus Cristo como Salvador, mas entendeu que ele é real e que o fim dos tempos está próximo, e quer receber o Dom Gratuito da Vida Eterna, pode fazer isso agora, na privacidade do seu lar. Após confiar em Jesus Cristo como seu Salvador, você nasce de novo espiritualmente e passa a ter a certeza da vida eterna nos céus, como se já estivesse lá. Assim, pode ter a certeza de que o Reino do Anticristo não o tocará espiritualmente. Se quiser saber como nascer de novo, vá para nossa Página da Salvação agora.

Esperamos que este ministério seja uma bênção em sua vida. Nosso propósito é educar e advertir as pessoas, para que vejam a vindoura Nova Ordem Mundial, o Reino do Anticristo, nas notícias do dia a dia.

Fale conosco direcionando sua mensagem a um dos membros da equipe de voluntários.

Se desejar visitar o site "The Cutting Edge", dê um clique aqui: http://www.cuttingedge.org

Que Deus o abençoe.

Data da publicação: 31/5/2010
Revisão: http://www.TextoExato.com
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/n2418.asp