A Cosmologia Bíblia e a Censura do Assunto nas Igrejas

Autor: Jeremy James, 14/5/2018.

Há um livro possui o monopólio sobre a verdade; esse livro é a Bíblia. Todos os demais estão inteiramente sem mérito algum, exceto à medida que exponham a Bíblia e suas verdades de um modo edificante ou desenvolvam em nossas mentes e corações um desejo de viver uma vida biblicamente reta.

O propósito de um ministério de discernimento cristão é identificar e expor os muitos e variados modos que o Maligno usa para suprimir ou distorcer a verdade bíblica em seu objetivo de enganar e confundir os fiéis cristãos e solapar o corpo de Cristo.

A Grande Enganação do Fim dos Tempos

O Maligno é extremamente sofisticado na forma como trata a grande enganação do fim dos tempos. As forças dele estão em dois campos, aqueles que apoiam as obras das trevas e aqueles que fingem que se opõem a elas. Alguns de seus críticos mais virulentos estão em sua folha de pagamento. Muito são tão bem treinados e tão completamente imersos em sua persona fraudulenta que é extremamente difícil detectá-los, mesmo após cuidadosa inspeção. Outros, é claro, não são tão difíceis de identificar e traem sua verdadeira afiliação de diversas formas. Em geral, o Maligno está usando um amplo espectro de enganadores para construir um labirinto muito confuso de distrações e meias-verdades para fazer o fiel cristão deixar de colocar toda sua confiança no único livro que importa.

Independente de quão douto ou poderoso um pregador possa ser, tudo o que ele diz precisa ser testado em relação à Palavra de Deus e, para fazermos isso eficazmente, precisamos confiar em tudo o que Deus diz em Sua Palavra.

Poucos fiéis cristãos hoje realmente fazem isto. Eles aprenderam, em vez disso, a filtrar muito do que leem na Bíblia por meio das lentes da assim chamada ciência e uma mentalidade secularizada moderna. Isto se aplica tanto àqueles que foram salvos décadas atrás como também aos novos convertidos. A maravilhosa clareza da Palavra de Deus é perdida em uma névoa de suposições materialistas, até o ponto em que o leitor somente encontra o que espera encontrar e a mão orientadora do Espírito Santo é ignorada.

A Ciência Pode Mentir, e Mente

Vamos iniciar nosso exame do programa de mentiras do Maligno com um exemplo muito óbvio. No mínimo, isto deve ser óbvio para aqueles que acreditam na Palavra de Deus e a compreendem. Essa mentira é a Teoria da Evolução.

A Evolução é um dogma científico de grande importância no nosso mundo moderno e secularizado. Todas as principais universidades e instituições acadêmicas ensinam a Teoria da Evolução. Ela é o paradigma dominante na botânica, biologia, zoologia e microbiologia. Todas as formas de vida, eles dizem, evoluíram de formas menores e mais simples, adquirindo novas características e aspectos por meio da mutação e seleção natural, ao longo de milhares de anos. A ciência afirma ter provado isto repetidamente. Todo o processo acontece por acaso. Uma montanha imensa de evidências suporta essa doutrina, eles dizem, e milhares de ensaios revisados pelos pares já foram publicados em revistas e jornais altamente respeitados com relação a algum aspecto da Evolução e sua extraordinária capacidade de explicar a ampla diversidade da vida na Terra.

Qualquer um que rejeite essa doutrina é considerado incapacitado para ocupar um cargo acadêmico de responsabilidade. Esses indivíduos isolados são rejeitados como excêntricos, ranzinzas ou fanáticos religiosos e tornam-se alvos de zombaria por seus pares. Os argumentos deles são rejeitados como sem sentido, ou como tentativas maldisfarçadas de propagar religião dentro da sala de aula. Até mesmo os indivíduos com um histórico acadêmico de distinção são considerados não-confiáveis, se não instáveis, se começarem a expressar suas dúvidas a respeito da Evolução. Os amigos os tomam à parte e os aconselham a manter suas opiniões para si mesmos, para que não percam seus empregos ou sejam transferidos para alguma localidade remota, em que nada acontece, para o resto de suas vidas.

Todos sabemos que isto está acontecendo e também por que está acontecendo. A Elite não tolerará uma explicação criacionista da vida na Terra, de modo que uma alternativa crível precisa ser criada. Entretanto, os estudantes que aprenderam a Teoria da Evolução e a aceitam como verdade não são parte de uma conspiração. Da forma como eles veem, a Evolução é ciência legítima e é dever e privilégio deles defendê-la e promovê-la.

A conspiração real ocorre em um nível muito mais alto. Uma cabala ocultista decidiu alguns séculos atrás usar essa falsa teoria para solapar a crença na Bíblia, que estava então disseminada em toda a Europa. Como já cobrimos a história dessa grande enganação em um ensaio anterior intitulado "A Fraude Conhecida como Teoria da Evolução", não a trataremos aqui novamente. Os leitores são incentivados a ler nosso ensaio anterior e se familiarizarem com os muitos truques sagazes que seus proponentes usaram, e continuam a usar, para ganhar credibilidade para essa doutrina falsa. Também indicamos o ensaio "A Arte do Engodo: A Fraude dos Dinossauros", que expõe a ficção conhecida como dinossauros, outra enganação engenhosa criada por maçons ingleses e financiada por ricos industriais na Europa e nos EUA.

Um Triste Espetáculo

Os cristãos bíblicos podem ver que a Evolução é uma mentira, principalmente por que acreditam no relato da Criação apresentado no Gênesis. Eles conseguem remover as vendas da ciência o suficiente para verem que a Evolução é uma construção fajuta, uma sala de espelhos construída por pessoas que odeiam o Senhor Deus e a ordem natural que Ele criou.

A mentira da Evolução é tão forte que alguns cristãos bíblicos tentam conciliá-la com o relato dado no Gênesis. Eles gostam de imaginar que Deus usou a Evolução para "criar" a extraordinária diversidade de vida na Terra. Eles até mesmo conseguem convencer a si mesmos que Adão foi um chimpanzé que Deus transformou, por meio de um passo evolucionário final, em um homem.

Este é um espetáculo verdadeiramente triste, mas mostra o quão confusos podemos nos tornar quando nos recusamos a acreditar naquilo que a Bíblia diz claramente e tentamos tornar aquilo subserviente a alguma outra coisa. A Palavra de Deus mostra claramente que a Evolução é falsa. Se tomarmos isto como nosso ponto inicial, como os cristãos devem fazer, é possível examinar a "evidência" em um modo objetivo e ver exatamente por que isto é falso. [Um ensaio nosso anterior, intitulado "A Fraude Conhecida como Teoria da Evolução", trata dessa questão.]

Depois que pudermos ver que a ciência é controlada por uma Elite rica e poderosa que está seguindo uma agenda ferozmente anticristã e que eles então contam qualquer quantidade de mentiras em nome da ciência para alcançar seus objetivos, devemos ser capazes de ver que o programa de enganação deles vai muito mais longe do que a mentira da Evolução.

Um cristão que ama a Palavra de Deus deve estar disposto a perguntar se isto é assim. Este é um modo bíblico de abordar as afirmações feitas pelo estamento científico. É sensato perguntar se Satanás está usando a assim chamada ciência para enganar a humanidade e desacreditar a Bíblia. Na verdade, seria muita tolice da nossa parte, como cristãos bíblicos, esperar que Satanás ignorará a ciência completamente e permitirá que a humanidade desvende, sem impedimentos ou interferência, as maravilhas da criação de Deus!

Cosmologia Verdadeira e Falsa

Agora que definimos a cena, como ela era, podemos tratar outro aspecto da Palavra de Deus, isto é, os muitos versos na Escritura que tratam da cosmologia. A maioria dos fiéis toma como verdade a cosmologia ensinada pela ciência e interpretam os versos relevantes na Escritura de acordo com esse modelo. Mas, eles estão corretos ao fazerem isto?

Em vários ensaios anteriores mostramos como a cosmologia da Bíblia é muito diferente daquela que é ensinada pela ciência moderna. Embora seja possível pegar alguns versos isolados e distorcê-los para que se encaixem no modelo cosmológico moderno, existem muitos outros que simplesmente não se encaixam. A Bíblia fala de um "firmamento" acima da Terra, e que houve separação das "águas que estavam sobre a expansão das águas que estavam debaixo da expansão". Como isto pode ser conciliado com o modelo moderno? A Bíblia nos diz que Josúe pediu a Deus que o sol parasse no céu e o sol parou — por quase um dia inteiro. Ele também pediu que a lua ficasse imóvel e isto aconteceu. A Bíblia nos diz que a Terra não se movimenta. E ela também diz que o homem nunca poderá mensurar os céus acima de sua cabeça, ou da terra abaixo de seus pés.

Estes versos e muitos outros citados em nossos ensaios anteriores não podem ser tomados isoladamente e juntados depois de uma maneira alegórica e artificial para se encaixarem no modelo científico moderno. Tomados em conjunto, eles nos apresentam uma declaração literal consistente da cosmologia da criação feita por Aquele que a executou. Eles apontam para um modelo de criação que difere radicalmente da versão inventada pela ciência moderna.

A Bíblia nos diz que a Terra criada por Deus é plana e estacionária. O sol está abaixo do firmamento e relativamente próximo da Terra, muito provelmente não mais do que alguns milhares de quilômetros acima da superfície. Nunca é dito que o sol é uma esfera. Ele percorre uma rota definida, que varia de acordo com as quatro estações. A lua, que é comparável em tamanho, percorre uma rota diária similar. As estrelas são "luzeiros" no céu, não bolas maciças de gás superdenso localizadas a milhões de anos-luz de distância da Terra.

O Maligno Odeia a Criação

O Maligno detesta a criação, da mesma forma como detesta o Criador. É adequado para os propósitos dele ridicularizar aquilo que Deus criou. Como a Terra é manifesta para nossos olhos e sentidos, ela não pode ser escondida. O Maligno teve de encontrar outro modo de fazer a Terra parecer insignificante e irrelevante, de modo que fez a humanidade acreditar que a Terra era nada mais do que um minúsculo grão de poeira em um vácuo imensamente vasto de escuridão, um vazio sem vida e sem sentido que surgiu por mero acaso. O próprio homem foi retratado como um acidente da "Evolução", enquanto que a Terra foi um produto aleatório da "Grande Explosão", uma explosão gigantesca a partir do nada e da qual as muitas galáxias "evoluíram".

A cosmologia moderna foi inventada pelos agentes de Satanás para desmoralizar a humanidade e fazer o relato do Gênesis parecer como um conto de fadas.

Não devemos nos surpreender com tudo isto. Nosso redentor Jesus Cristo chamou o Maligno de Pai da Mentira. Este não é apenas um título, mas uma descrição do modo de atuação dele.

Qualquer um que separe um tempo para fazer isto descobrirá, por meio de uma inspeção atenta das afirmações feitas pela NASA e outras supostas autoridades científicas, que toda a cosmologia moderna foi planejada e controlada desde o início por um número relativamente pequeno de indivíduos. Muitos deles eram altamente inteligentes, descendentes da elite governante, que sabiam como fabricar o mito da Terra-globlo em considerável detalhe e fazer isso parecer crível. Como tais, eles foram os conspiradores originais. Todos os demais, incluindo aqueles nos círculos exteriores da academia, estavam contentes em acreditar em qualquer coisa que lhes fosse dito, exatamente como os jovens e voluntariosos estudantes em nossas universidades hoje, que nunca param para questionar a mentira da Teoria da Evolução.

Os cristãos hoje se moveram tanto da verdade literal da Bíblia que se esqueceram que Satanás existe, que é um ser criado real com enorme poder sobrenatural e que odeia a humanidade. Eles se esqueceram que Satanás é um mestre das mentiras e dos enganos e bem capaz de tecer uma teia mundial de ilusão, a partir da quais os homens, por seu próprio poder não conseguem escapar. Eles se esqueceram que tudo o que Deus disse em Sua Palavra é verdadeiro e que tudo o que Ele revelou sobre o futuro acontecerá exatamente como predito. Essa teia de ilusão que engloba tudo eventualmente se tornará tão grande que, quando o Anticristo finalmente aparecer na cena internacional, a maior parte da humanidade o receberá como seu messias.

Nada disto é difícil de compreender, mas somente os cristãos bíblicos, aqueles que verdadeiramente amam ao Senhor, terão isto em seus corações. Os demais lutarão sem direção com palavras e ideias produzidas nas mentes de homens que estão tão confusos quanto eles.

Satanás Também Detesta Ter Suas Mentiras Expostas

Somente agora chegamos ao tema principal deste ensaio. Isto é muito simples — Satanás detesta ter suas mentiras expostas. Uma boa mentira requer muito tempo para ser preparada e disseminada. A mentira da Teoria de Evolução teve início de uma forma experimental com Erasmus Darwin, o avô de Charles Darwin, e levou mais de 60 anos para amadurecer até o ponto em que este último conseguiu publicar seu livro A Origem das Espécies, em 1859. Mesmo assim, foi necessária muita propaganda e muitos dinossauros fictícios (iguanas gigantes!) antes de a teoria ganhar ímpeto real no mundo científico.

A mentira da Relatividade teve início nos anos 1870s e tomou forma definitiva em 1905, quando Einstein publicou seu famoso trabalho, mas a teoria ainda precisou de várias décadas, algumas experiências fraudulentas e muita propaganda antes que essa ideia sem sentido ganhasse um respeitável número de seguidores. Foi necessária uma fraude realmente grande — as assim chamadas "explosões nucleares" no Japão em 1945 — para cimentar a ideia na imaginação popular (Hiroshima e Nagasaki foram destruídas por bombas incendiárias, exatamente como dezenas de outras cidades japonesas). Isto também foi ajudado pela contínua repetição da equação infantil E=mc2, a fórmula mágica para transformar matéria em energia pura — sendo "mágica" a palavra operativa.

Grandes mentiras frequentemente fazem uso da "evidência" que a pessoa mediana não tem meios de verificar, pois o fenômeno em questão está anos-luz distante, milhões de anos no passado, é infinitamente pequeno, de vida extremamente curta, inimaginavelmente abstrato, ou totalmente intangível. Não existem limites no número de entidades imaginárias ou fantásticas que podem ser criadas desta forma!

A assim chamada Teoria da Grande Explosão é outro exemplo disto. Ela é tão profunda, dizem eles, que somente pessoas altamente inteligentes têm condições de compreendê-la. A teoria substitui o relato da criação dado no Gênesis por um evento de nível quântico totalmente aleatório, que simplesmente se expandiu prodigiosamente na forma de hidrogênio e gás hélio. Isto supostamente se uniu sob a força de atração da gravitação em agrupamentos de matéria que, ao longo de períodos de tempo extremamente longos, produziram as agregações que conhecemos como galáxias. Algumas das estrelas nessas galáxias primitivas entraram em colapso sob suas mútuas atrações gravitacionais, compactando a matéria no núcleo delas em elementos mais complexos e então se desintegraram em uma série de explosões espetaculares, que dispersaram todos os elementos da tabela periódica pelas profundezas do espaço.

Isto alegadamente explica por que a Terra tem uma extraordinária mistura de elementos. Como diz a NASA, nossos corpos são feitos de poeira estelar, material que foi "cozido" durante eras dentro de estrelas distantes, bilhões de anos atrás.

Somos solicitados a aceitar esse conto de fadas tortuoso como ciência legítima. A única coisa que mantém tudo isto junto é o desprezo que seus autores têm pelo relato do Gênesis. A teoria é profundamente sem sentido e há um número pequeno de físicos honestos que reconhece isto. Entretanto, ela é tratada como uma teoria científica séria, suportada por numerosas experiências sofisticadas. Seus proponentes afirmam que o corpo de dados científicos em que ela está baseada é irrefutável e que as deficiências existentes na teoria não enfraquecem sua premissa básica, isto é, que tudo no universo surgiu aleatória e espontaneamente a partir do nada. Além disso, eles afirmam que muitos universos similares podem ter sido produzidos da mesma forma, em dimensões paralelas.

As Mesmas Instituições Acadêmicas Ensinam Essas Ideias Fraudulentas

As mesmas instituições acadêmicas que ensinam a Evolução também ensinam a Grande Explosão. Ambas as teorias encontraram lugar no cânon da ciência fundamental, a verdade da qual foi firmemente estabelecida.

Como cristãos que creem na Bíblia, podemos ver que essas teorias são fraudulentas e que a assim chamada "ciência", que está por trás delas, é pura fantasia. Elas são mitos promulgados por pessoas que detestam a Bíblia e que farão todos os esforços para formularem uma "teoria de tudo" que rejeita a criação. Os cérebros que estão por trás disso tudo são servos da Nova Ordem Mundial, homens e mulheres que veem a ciência — tanto o tipo genuíno e o tipo fraudulento — simplesmente como um instrumento para fazer avançar sua agenda luciferiana.

Se eles continuam a contar essas mentiras óbvias, como a Teoria da Evolução e a Grande Explosão, podemos estar certos que eles não estão contando outras mentiras, talvez até mais sofisticadas, na forma de "ciência"? Mostramos em ensaios anteriores que a Teoria da Gravitação é outra mentira. Ela foi apresentada como uma hipótese científica legítima sem qualquer evidência empírica de sustentação, dados experimentais ou critérios de teste — e nunca foi cientificamente comprovada. Em resumo, a Sociedade Real, em Londres, contratou Isaac Newton para inventar uma lei fictícia e fazê-la parecer crível. Eles então passaram a tratá-la como uma grande descoberta e a usam como uma ferramenta para fabricar um panorama de globos e entidades estelares cósmicos.

A força mágica da gravidade alegadamente mantém tudo o mais em movimento. O sol foi concebido como uma bola maciça de gás comprimido, milhares de vezes maior do que a Terra, enquanto que a própria Terra foi reduzida a um grão de poeira — a terceiro rochedo a partir do sol.

Nada disto faria sentido sem a nova força mágica conhecida como gravidade. Ela poderia até mesmo causar elevações ou contrações nos oceanos e mantê-los em suas posições, mesmo que o terceiro rochedo a partir do sol estivesse se deslocando rapidamente pelo espaço a 66.666 milhas por hora (cerca de 100.000 km/h) e girando em seu próprio "eixo" a 1.000 milhas por hora (1.600 km/h). É difícil acreditar que tenhamos aceito esta bobagem, mas não fomos diferentes daqueles que ainda acreditam na magia da Evolução, ou no cínico truque conhecido como Grande Explosão.

Uma vez que algo seja apresentado para nós de uma forma com autoridade por pessoas em quem confiamos, tendemos a acreditar naquilo — veja nosso ensaio intitulado "A Técnica de Controle Mental Conhecida como Pensamento Mágico". Se um mito nos foi ensinado desde a infância, seu poder sugestivo é grandemente amplificado. É por isto que as pessoas que podem ver que a Evolução é uma mentira vil ainda acham difícil aceitar que os dinossauros também são um mito. Os dinossauros nunca existiram. Os mesmos mentirosos ardilosos que inventaram a Teoria da Evolução, a Grande Explosão, a gravidade e a Terra como um globo, também inventaram os dinossauros.

Bestas Ferozes

Que criança não fica fascinada pela grande era na história da Terra quando os dinossauros perambulavam pelas savanas, quando bestas enormes e ferozes despedaçavam umas às outras em batalhas épicas que certamente duravam horas? Depois que essas imagens fincam raízes, carregando uma impressão de realidade, elas são difíceis de remover. Nossas crianças visitam museus em excursões escolares para verem as "evidências" por si mesmas, exibições feitas de fibra de vidro e plástico. Elas ouvem relatos de novas descobertas feitas na remota Patagônia, onde mais espécies de dinossauros estão sendo descobertas todos os anos. Mas, tudo é uma fraude.

A NASA é o equivalente adulto das exibições nos museus que influenciam as crianças nas excursões escolares. O grande foguete Saturno sobe bem alto no céu e o homem conquista o espaço, ou assim pensamos nós. Na realidade, não existe espaço a conquistar e o grande foguete Saturno é apenas um enorme tubo de aço e alumínio que percorre algumas centenas de quilômetros, depois cai no mar e desaparece sob as ondas.

Isto pode parecer fora do convencional, mas é mais fora do convencional do que a mentira da Evolução? Este é o reino de Satanás — para este tempo — e ele anda de acordo com sua verdadeira natureza. Como Jesus nos disse, Satanás é mentiroso e homicida. Reconhecemos a mão de Satanás nas guerras e no aborto, mas nos esquecemos que ele está igualmente atarefado no reino da enganação. Um enganador sobrenatural que pode enganar uma mulher grávida e levá-la a matar sua própria criança por meio do aborto é igualmente capaz de enganar as nações com pseudociência e brinquedos da era espacial.

"E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele." [Apocalipse 12:9].

A Reação

Nos últimos anos, apareceram vídeos e ensaios na Internet para expor a falsa cosmologia promovida pela ciência moderna. Por um tempo pareceu que essas aparentes revelações poderiam ser rejeitadas como o trabalho de indivíduos ranzinzas, excêntricos e criadores de problemas, mas as evidências apresentadas por esses críticos eram bastante fortes. Mais e mais pessoas começaram a ouvir. Isto deve ser de alguma preocupação para a Elite. Eles gastaram um longo tempo e muito dinheiro (seu dinheiro) construindo a grande ilusão do "espaço sideral", com seu globo giratório, sol gigantesco, buracos negros, asteróides que ameaçam a Terra, e bilhões de anos-luz de um vazio frio e escuro. O poder de aversão a Cristo desse mito é imensamente importante para eles e, sem dúvida, eles estão determinados a mantê-lo em andamento.

A dor de cabeça deles é piorada pelo fato que diversos cristãos estão conferindo a Bíbla para ver o que ela diz sobre cosmologia e o que eles estão encontrando é dinamite.

Os versos no Apêndice A mostram muito claramente que os céus e a Terra descritos por Deus, seu Criador, são muito diferentes do cenário fantasioso fabricado pela ciência moderna. Os dois não podem ser verdadeiros ao mesmo tempo.

Deus criou a Terra para Seu Filho maravilhoso, Cristo Jesus. A Terra é o reino que Seu Filho governará pessoalmente durante o Milênio. Agrada grandemente a Satanás zombar daquilo que Deus fez, e retratar o reino voltado para o Filho de Deus como nada mais do que um minúsculo e desprezível grão de poeira nas profundezas do espaço vazio.

Como expliquei em um ensaio anterior, comecei a explorar a possibilidade de uma Terra plana como um resultado direto da descrição do sol no Salmo 19. Observe em particular as palavras em negrito:

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos. Um dia faz declaração a outro dia, e uma noite mostra sabedoria a outra noite. Não há linguagem nem fala onde não se ouça a sua voz. A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, o qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor." [Salmos 19:1-6].

Por mais que se possa tentar, não é possível imaginar isto como a descrição de um objeto estacionário. A Palavra de Deus está falando claramente de um objeto em movimento real. O sol se move. Além disso, ele segue um circuito diário no céu, imediatamente acima da Terra.

Uma hermenêutica gramatical literal é necessária para a Palavra de Deus ser compreendida corretamente. Os cristãos bíblicos sabem disso. Mas, quando aplicamos a mesma hermenêutica a uma passagem como essa, encontramos uma cosmologia que difere profundamente daquela ensinada pela NASA e pela ciência moderna.

O encantamento da "assim chamada ciência" tinha sido quebrado pela Palavra de Deus. Agora que eu podia pensar por mim mesmo, sem interferência da programação instilada pela NASA e Disneylândia, passei muitos meses examinando artigos informativos na Internet e em outras fontes sobre este fenômeno. Este trabalho de pesquisa culminou em diversos ensaios que publiquei, explicando por que a Terra é plana e estacionária.

Teologia Sistemática

De excepcional importância, é claro, é aquilo que a Bíblia diz sobre o assunto. Antes mesmo de fazer minha pesquisa, eu costumava me perguntar por que os livros de teologia sistemática nunca tinham uma seção sobre cosmologia. A razão estava se tornando clara. Qualquer um que seguisse uma hermenêutica gramatical literal, como eles deveriam, inevitavelmente concluíria que a Bíblia contradiz a ciência moderna. Era provavelmente mais fácil para os teólogos e eruditos bíblicos do passado, sem as facilidades que temos hoje, evitar a questão totalmente, em vez de colocarem a credibilidade de todo seu trabalho em risco.

Você Pode Provar Por Si Mesmo

Em Sua misericórdia, o Senhor nos deu muitas ferramentas hoje que não estavam disponíveis para as gerações anteriores. Podemos agora ter acesso a um volume imenso de informações na Internet, algumas das quais lidam com os tópicos da Terra plana e outros similiares. Temos câmeras com lentes telescópicas que nos permitem fotografar objetos a uma grande distância, algumas com ampliação de 100 vezes, ou mais. Também temos software que nos permitem ampliar essas imagens digitais e identificar detalhes geográficos a 120 km de distância, que não poderiam ser visíveis se a Terra fosse redonda. Qualquer um que queira sinceramente provar para si mesmo que a Terra é plana agora tem os meios de fazer isso.

Ao longo dos últimos anos muitos cristãos acordaram para o fato que a Terra é plana e estacionária. Eles não estão baseando sua compreensão recém-adquirida em informações especulativas obtidas na Internet, mas naquilo que a Palavra de Deus realmente diz. Ignorando as afirmações da ciência moderna e simplesmente lendo a Bíblia como um documento confiável e factual, eles estão descobrindo que ela realmente descreve uma Terra plana e estacionária.

Naturalmente, quando você faz uma descoberta como esta, quer compartilhá-la com os outros. Infelizmente, muitos cristãos que fizeram isso foram ridicularizados por suas congregações. Em vez de examinar as evidências, tanto bíblicas quanto científicas, por si mesmos, em um modo respeitoso e temente a Deus, os céticos simplesmente rejeitaram seus irmãos como tolos. Alguns foram ainda mais longe e pediram que eles permanecessem em silêncio para que, por sua flagrante rejeição da ciência moderna, eles não prejudicassem a credibilidade da Bíblia.

O termo "terraplanista" está sendo usado por alguns pastores respeitados de um modo pejorativo. Eles não parecem entender que os cristãos que creem na cosmologia literal da Bíblia estão sendo verdadeiros com a Palavra de Deus. Eles não são "terraplanistas" absolutamente, mas apenas demonstram crer na Bíblia. A Palavra de Deus ensina que a Terra é tanto plana e estacionária e é nisto que eles acreditam.

Pastores e Pregadores Que Ignoram a Palavra de Deus

Não é fácil fazer o ajuste para o conceito de uma Terra plana e estacionária. Além de toda a desorientação inicial que ele causa, isto nos faz entender que o Maligno é muito mais perigoso e mais sagaz do que imaginávamos.

Logicamente, os cristãos deveriam saber isso. A Palavra de Deus diz muito sobre os filhos da perversidade e a aversão que eles têm contra os justos. O "ímpio" no sentido pleno do termo não é apenas um grupo de pessoas desordeiras que não têm consideração pela Bíblia, mas uma comunidade altamente organizada que adora Baal há várias gerações. Eles realmente detestam os justos, realmente querem uma Nova Ordem Mundial, realmente contam todas as mentiras e usam todos os truques imagináveis para produzir isto.

Os cristãos que falam sobre a Terra plana e estacionária são acusados de serem divisivos, embora estejam baseados em uma interpretação sensata e correta da Bíblia. Os pastores e pregadores que deveriam saber melhor estão fazendo acusações cruéis sem pesar as evidências. Até mesmo aqueles que aparentam saber tudo sobre a Palavra de Deus são altamente ambivalentes sobre os muitos versos na Escritura que apontam para uma Terra plana e estacionária. Por um lado, eles afirmam que a Bíblia é sua primeira e final autoridade, porém por outro lado tomam o cuidado de nunca citar os versos que listamos no Apêndice A.

Eles não podem seguir os dois caminhos. Ou são fiéis à totalidade da Palavra de Deus, ou não são. Os eventos recentes mostram que muitos não são.

Todos deveriam estudar a "Montanha de Água Mágica"

De acordo com a teoria da Terra-globo, a Irlanda e a cidade de Nova York estão separadas por uma gigantesca montanha de água, setenta vezes mais alta do que o Monte Everest. Esse volume extraordinariamente grande de água é mantido permanentemente em sua posição por nada além da "gravidade". Como a Terra no formato de um globo é curva em todas as direções, a superfície do Oceano Atlântico entre a Irlanda e a cidade de Nova York forma uma curva enorme, com as duas localidades situadas nas extremidades. Entre elas há uma montanha coberta de água de mais de 800 km de altura.

Logicamente, em uma Terra-plana, a montanha mágica não existe. A água sempre procura seu próprio nível. Os oceanos são planos e, se são planos, então a Terra também é plana.

O Ministério Answers in Genesis (Respostas no Gênesis)

O bem-conhecido ministério Answers in Genesis é um bom exemplo disto. Ele condena consistentemente a Terra plana e estacionária como um mito — uma rejeição perversa de fatos científicos comprovados. Porém, ao fazer isso, toma o cuidado de nunca tratar o que a Escritura realmente diz sobre a cosmologia. Por alguma razão, quando este tópico é discutido, a Palavra de Deus é negligenciada, enquanto que outras assim chamadas autoridades são livremente citadas.

Os pastores David Cloud (Way of Life Literature) e Charles Lawson (Temple Baptist Church, Knoxville, TN) também fizeram comentários condenatórios sobre os cristãos que creem na Terra plana e estacionária e já advertiram seus rebanhos sobre o assunto. Como defensores respeitados da verdade bíblica, suas visões possuem grande peso. Portanto, devemos nos preocupar quando esses líderes seguem o caminho fácil e evitam mencionar o que a Bíblia realmente ensina sobre a cosmologia. Ambos professam ser defensores inabaláveis da Palavra, porém quando pregam sobre este tópico, ignoram totalmente a Escritura e recorrem às táticas de intimidação e ofensas.

Em 28 de novembro de 2017, o pastor Cloud publicou um extenso excerto de um ensaio escrito pelo Dr. Danny Faulkner (Answers in Genesis, 24 de maio de 2016). Ele teve tão pouca consideração pelo conceito de uma Terra plana que preferiu usar a refutação escrita por outra pessoa, sem incluir comentários próprios. No excerto fornecido pelo pastor Cloud, o Dr. Faulkner argumenta que a teoria da Terra como um globo precisa ser correta, pois foi endossada por três astronautas da NASA que professam ser cristãos: Jeffrey Williams, James Irwin e Charles Duke.

A NASA e a Maçonaria

Como muitos leitores já sabem, a NASA é controlada pela Maçonaria. Muitas fotos podem ser encontradas na Internet que mostram proeminentes astronautas da NASA usando anéis maçônicos, enquanto que a maior parte dos logotipos e insígnias usados pela NASA tem símbolos e motivos esotéricos. As próprias missões, em diversas ocasiões, receberam nomes de deuses pagãos, como Saturno, Marte, Mercúrio, Titã, Atena, Gemini e Apolo.

O propósito da NASA é patrocinar e reforçar a falsa percepção que o futuro da humanidade está no espaço sideral. Ela não é nada mais que um templo a um deus pagão e um centro "missionário" para disseminar propaganda pagã. As "missões" espaciais da NASA são planejadas para fazer todos acreditarem que o destino do homem envolve a colonização de planetas distantes e jornadas de expansão da alma entre as estrelas.

Um medalhão maçônico que afirma que o Programa Espacial Americano é um empreendimento da Maçonaria A imagem no lado esquerdo diz orgulhosamente: "Nossas Bandeiras na Lua", enquanto que o quadro que o astronauta maçom está segurando diz: "Supremo Conselho 33, Jurisdição Sulista dos EUA". A imagem do lado direito diz: "Supremo Concílio 33, Jurisdição-Mãe do Mundo, do Rito Escocês Antigo e Aceito da Maçonaria."

Detalhe: "Jurisdição-Mãe do Mundo". O Supremo Conselho 33 da Jurisdição Sulista é o órgão governante da Maçonaria mundial, de acordo com este medalhão. O programa da NASA está totalmente sobre o controle maçônico. O programa honra os deuses reverenciados na Maçonaria e dissemina sua filosofia. O quadro abaixo mostra como a cosmologia da Maçonaria tem a intenção de zombar e profanar a cosmologia da Bíblia.

A NASA libera rotineiramente "imagens" que ela afirma que retratam alguns novos marcos e desenvolvimentos técnicos da missão ou fenômenos cósmicos. Eles querem que acreditemos que essas são fotografias reais dos assuntos em questão, mas elas são, na verdade, produzidas em estúdio por artistas e projetistas gráficos talentosos usando Photoshop ou tecnologia similar. As imagens geradas por computação gráfica são o pilar dessa instituição dúplice.

O logotipo oficial da NASA para a missão Osiris-Rex (2017)

Osíris é outro nome para Satanás na Maçonaria (veja nossa série de ensaios sobre os obeliscos). A palavra "Rex" significa "Rei" em latim. Este logotipo exalta Lúcifer, retratado aqui com asas abertas, cavalgando sobre um raio. O raio, que é um símbolo bem-conhecido de Satanás entre os praticantes do ocultismo, aparece em quase toda a parafernália da NASA.

https://www.nasa.gov/image-feature/osiris-rex-logo

Realidade de Deus
Realidade Alternativa de Satanás
A Terra é plana. A Terra é uma esfera.
O Sol segue um caminho acima da Terra. A Terra orbita em volta do Sol.
A Terra está no centro do universo. A Terra está nas extremidades do universo.
A Terra é uma criação especial. A Terra é um minúsculo e trivial grão de poeira.
A Terra foi criada para o homem. O homem é um acidente cósmico esquisito.
A Terra é totalmente estacionária. A Terra está se movendo em várias direções.
As leis do universo foram estabelecidas por Deus. As leis do universo são acidentais.
As estrelas estão em rotação em torno da Terra. As estrelas apenas parecem estar em rotação em torno da Terra.
O Sol está razoavelmente próximo da Terra. O Sol está a 150 milhões de quilômetros de distância.
As estrelas não estão a anos-luz de distância. As estrelas estão a milhões de anos-luz de distância.
Nâo existe vida em outros planetas ou estrelas. É certo que a vida "evoluiu" em outros locais.
A Terra tem apenas alguns milhares de anos de idade. O universo tem 14 bilhões de anos de idade.
As estrelas são fixas. As estrelas estão se distanciando.
O volume do espaço é fixo. O universo está se expandindo continuamente.
O universo foi danificado pelo pecado. Não existe pecado.
Deus sustenta o universo pela sua misericórdia. O universo não precisa de Deus.
Cristo redimiu o universo. O universo está evoluindo.
Cristo voltará outra vez e reivindicará a Terra. Um homem perfeitamente evoluído governará a Terra.

O Pastor David Cloud

Seis semanas mais tarde, o pastor Cloud retornou a este tópico, mas desta vez as luvas estavam fora. Referindo-se ao título que tinha usado para seu texto datado de 28 de novembro — "A Terra É Plana e Não Pousamos na Lua" — ele disse:

"O título da reportagem de novembro foi escrita com ironia, é claro, porque na minha estimativa, a posição da Terra plana é uma bobagem. Estou convencido que ela é adotada por pessoas com um espírito perverso em relação à realidade." — A Flat Earth, Nuttiness, and the Lunar Eclipse, 9 de janeiro de 2018.

Observe as palavras "um espírito perverso". Se você é um cristão e acredita em uma Terra plana e estacionária, o pastor Cloud está convencido que você tem um espírito perverso.

Ele então prossegue e lista as provas usuais da "era espacial" que a Terra é um globo. A impaciência dele com as assim chamadas "maluquices" daqueles que acreditam em uma Terra plana é patente o tempo todo. As alegadas provas são seguidas por um comentário surprendemente sarcástico:

"Fiquei surpreso ao receber mensagens de correio eletrônico de três assinantes do Serviço de Informações Batista Fundamentalista, que queriam argumentar a favor da Terra plana e que acreditam que o programa Apolo foi uma mentira. Eles dizem que alguns dos primeiros astronautas eram maçons e isto supostamente prova alguma coisa. Um homem disse que ele não acredita na Estação Espacial Internacional e, embora acredite que os Ônibus Espaciais existam, ele tem certeza que eles não foram até a Estação Espacial, mas não sabe para aonde foram ou o que fizeram. Façam-me o favor!"

"Eu disse a um homem: 'Você tomou emprestado um monte de maluquices de algum doido.' Eu disse a um homem que queria que eu telefonasse para ele e discutisse a questão: 'Não estou interessado em discutir isto. Isto é maluquice de doidos.'"

Entretanto, o parágrafo final, é de particular interesse, pois nele ele afirma ser incomumente bem qualificado para fazer um pronunciamento definitivo sobre uma matéria como esta e dizer aos irmãos em que eles devem acreditar — sem se referir em momento algum àquilo que a Escritura realmente diz sobre a cosmologia. A leitura é dolorosa de ser feita:

"Quanto à Terra plana na Bíblia, tive o privilégio de estudar esse livro por uma média de provavelmente oito horas por dia, durante 44 anos; escrevi uma Enciclopédia Bíblica e livros sobre interpretação e dificuldades bíblicas. Não conheço tudo, mas posso verificar qualquer coisa que seja proposta como suporte para uma Terra plana e, tendo feito isto, posso dizer inequivocamente que não há suporte na Bíblia para esse tipo de doutrina."

O Pastor Charles Lawson

O pastor Charles Lawson segue uma abordagem muito similar a do pastor Cloud. Em um sermão gravado em vídeo, feito em 29/4/2018, ele faz algumas acusações muito sérias contra os cristãos que falam sobre sua crença em uma Terra plana.

O sermão do pastor Lawson pode ser encontrado no YouTube para os leitores que desejarem ouvir. Ele foi carregado com o título vergonhoso (possivelmente não escolhido pelo pastor) Flat Earthers Attack Christians.

O sermão dele trata de três tópicos que ele diz estarem intimamente relacionados — a marcação de uma data para o Arrebatamento, a doutrina da Terra plana e o assim chamado Efeito Mandela. Ao vincular a doutrina da Terra plana com duas patentes heresias, o pastor Lawson está implicando, sem dúvida de forma intencional, que a doutrina da Terra plana também é uma heresia. Entretanto, ele também quis parecer razoável, de modo que em algumas ocasiões ele diz que os cristãos têm o direito de adotar essa crença se quiserem — desde que nunca falem sobre o assunto!

Além de um comentário conciliatório aqui e ali, o sermão dele foi essencialmente um ataque mau humorado contra a doutrina da Terra plana. O "argumento" dele pode ser resumido da seguinte forma:

Todos sabem que a Terra é um globo, de modo que qualquer cristão que sugere de forma contrária é claramente alguém que gosta de criar problemas. Eles podem adotar essa crença se quiserem, mas ao levantarem o assunto com outros cristãos, estão deliberadamente semeando a discórdia. ('A doutrina da Terra plana está causando discórdia entre os irmãos e provocando divisões entre o povo de Deus...') Isto não será tolerado. Muitos na Internet estão deixando de mostrar respeito aos pastores. Isto é obra de Satanás. ('Satanás quer destruir a igreja a partir de dentro... Isto nos diz que há alguma coisa acontecendo que é maior do que esse negócio da Terra plana. Isto tem que ver com o ataque demoníaco sobre a igreja a partir de dentro.') Depois de mostrar várias provas relacionadas com a NASA, de que a Terra é um globo, ele novamente destaca a suposta conexão entre a marcação de datas para o Arrebatamento, a doutrina da Terra plana e o Efeito Mandela. Perto do fim de seu sermão, logo antes de condenar os 'terraplanistas' por fazerem a igreja parece tola, ele diz:

"Vejam o que está acontecendo. Eles estão atacando a Escritura por meio do Efeito Mandela. Eles estão atacando a comunhão dos santos por meio da Terra Plana. Além disso, estão enfraquecendo a fé de incontáveis dezenas de milhares, na verdade milhões, por causa dessas marcações de datas... Não é a partir de fora que a igreja está sendo destruída, mas a partir de dentro."

Uma Perspectiva Bíblica

Vamos tratar os vários pontos apresentados pelos pastores Lawson e Cloud e pesá-los contra a Escritura — como temos o direito de fazer.

1. Os dois pastores afirmam que a Bíblia definitivamente não ensina a cosmologia da Terra plana.

Eles fazem essa afirmação sem examinar os muitos versos na Escritura que, considerados em conjunto, definem uma clara cosmologia. Incluímos muitos desses versos no Apêndice A. É muito perturbador pensar que dois pastores, que claramente se orgulham na veracidade bíblica de suas mensagens, estão, apesar disso, indispostos a discutir esses versos. O pastor Cloud na verdade diz: "Não tenho interesse algum em discutir isto. É uma maluquice de doidos." É uma situação muito triste quando os pastores que afirmam estar profundamente familiarizados com a Palavra de Deus e seu verdadeiro significado estão ansiosos para evitar qualquer discussão daquilo que o Senhor Deus realmente diz sobre cosmologia.

2. Os cristãos que levantam questões sobre a cosmologia bíblica são pessoas que gostam de criar problemas.

Esta é realmente uma acusação séria — e profundamente sem base bíblica. Somos todos chamados a estudar a Palavra de Deus desde o início até o fim. Também somos chamados a sermos bereanos e examinar todas as afirmações feitas pela assim chamada ciência em referência à Palavra de Deus. Nem o pastor Lawson nem o pastor Cloud estão à vontade com isto. Por alguma razão devemos ignorar aquilo que a Bíblia diz sobre cosmologia caso — Deus nos livre — ela pareça falar sobre uma Terra plana e estacionária. Se você acredita nisso, então é obviamente um "excêntrico" (pastor Lawson) ou alguém que "toma emprestado um monte de maluquices de algum doido." (segundo o pastor Cloud).

3. A doutrina da Terra plana é parte de um ataque demoníaco contra a igreja a partir de dentro.

Somos lembrados aqui do refrão "Não toqueis nos meus ungidos"que os assim chamados profetas da Nova Reforma Apostólica rotineiramente usam para silenciar qualquer um que questione seus ensinos ou autoridade. O simples fato que você se atreve a questioná-los é prova que está trabalhando para o Maligno. Infelizmente, o pastor Lawson parece estar caminhando na mesma direção.

Não é pecado expor a Escritura! Não é pecado fazer perguntas básicas sobre a Palavra de Deus e tentar compreender de forma mais completa aquilo que nosso Pai Celestial quer que saibamos. Estamos todos cientes que a interpretação alegórica da Escritura tem sido usada há muito tempo para obscurecer aquilo que a Bíblia realmente diz. Aqueles que acreditam em uma Terra plana estão meramente removendo as vendas alegóricas que por tempo demais obscureceram as passagens da Escritura que parecem ensinar que a Terra é plana e estacionária.

4. Não é possível que a ciência esteja errada. Sério mesmo? Se este fosse o caso, então qualquer cristão que rejeitasse a Evolução e a Grande Explosão seria vilificado de forma muito parecida como aqueles que rejeitam a doutrina da Terra-globo. O pastor Lawson tenta intimidar os cristãos que falam sobre a Terra plana afirmando (corretamente) que suas visões são consideradas risíveis pelo estamento científico. Mas, isto não é igualmente verdadeiro para os cristãos que acreditam na Criação em seis dias, o Arrebatamento e na ressurreição dos mortos?

Como cristãos nascidos de novo, acreditamos na Palavra de Deus por que ela é a Palavra de Deus.

5. Os cientistas cristãos sempre são confiáveis.

Talvez sejam. Quem pode dizer? Entretanto, os bereanos não confiaram no apóstolo Paulo incondicionalmente, mas procuraram conferir as afirmações dele, consultando diligentemente a Palavra de Deus. O livro de Atos os elogiou por fazerem isso.

6. Os membros do grupo-alvo são sempre caracterizados como "terraplanistas".

Há uma razão para isto, além da tentativa óbvia de segregá-los e marcá-los como apóstatas. Alguém poderia igualmente chamá-los de "terra-estacionários", mas é altamente improvável que os críticos deles apliquem esse epíteto. Por quê? Por que, usando os sentidos maravilhosos com os quais nosso Pai Celestial nos capacitou, sabemos com certeza que a Terra é absolutamente estacionária. Sabemos que não estamos nos deslocando pelo "espaço" a 100.000 km/h e, ao mesmo tempo, girando em um círculo a 800-1600 km/h. Se estivéssemos, nossos sentidos detectariam imediatamente esses extremos extraordinários de movimento — antes de a própria Terra se despedaçar sob o imenso estresse tectônico e centrífugo que esses extremos gerariam.

Os críticos sabem que se essas pessoas fossem chamadas de "Terra-estacionários", a afirmação deles soaria muito mais crível. Nem uma vez em seu sermão o pastor Lawson se refere ao fato que os cristãos a quem ele critica pela crença deles em uma Terra plana TAMBÉM acreditam que a Terra é estacionária. O pastor Cloud também toma o cuidado de evitar qualquer menção a esse detalhe crucial. Eles parecem querem desviar a atenção o tanto quanto possível do fato que a Bíblia diz explicitamente que a Terra é estacionária:

"O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar." [Salmos 93:1].

A Palavra de Deus está implicando claramente que, se a Terra estivesse se movendo, nós sentiríamos isso. Precisamos ser capazes de saber que a Terra é estacionária para apreciar aquilo que o Espírito Santo está a nos dizer nesse salmo curto. A não movimentação da Terra é citada, em conjunto com Sua autoridade sobre as águas, como prova que o Senhor Deus é onipotente. Em essência, o Salmo nos diz que sabemos que Deus é soberano (a) por que a Terra não se move e (b) por que as águas voláteis da criação estão totalmente sob Seu controle. Nenhuma das duas afirmações teria muita validade se ela não fosse manifestadamente evidente para nossos sentidos.

"O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar. O teu trono está firme desde então; tu és desde a eternidade. Os rios levantam, ó SENHOR, os rios levantam o seu ruído, os rios levantam as suas ondas. Mas o Senhor nas alturas é mais poderoso do que o ruído das grandes águas e do que as grandes ondas do mar. Mui fiéis são os teus testemunhos; a santidade convém à tua casa, SENHOR, para sempre." [Salmo 93].

7. Fotografias da Terra vista do espaço.

Tanto o pastor Cloud quanto o pastor Lawson atribuem grande importância às fotografias da Terra alegadamente tiradas pelos astronautas da NASA do "espaço". O problema com as fotografias, como todos sabem, é que elas são muito fáceis de fabricar usando tecnologia digital. Gravações em vídeo bastante convincentes também podem ser produzidas usando a computação gráfica.

Portanto, uma prova realmente convincente desse tipo precisaria ser transmitida em tempo real. Isto deveria ser fácil de fazer colocando uma câmera em um dos 4.000 satélites sobre os quais o pastor Lawson fala. Todos nós poderíamos ligar o aparelho de televisão e assistir a Terra em tempo real, enquanto ela gira abaixo do "satélite", mostrando eventos climáticos espetaculares na superfície da Terra à medida que eles ocorrem. Mas, isto nunca foi feito. Por quê? Esta é uma questão que os pastores Lawson e Cloud parecem indispostos de tratar.

Isto nunca foi feito por que não existem satélites acima da Terra. Nem um sequer. Se houvessem cerca de 4.000, como o pastor Lawson diz, seríamos capazes de ver alguns deles usando um telescópio quando eles passassem pela face da lua, mas não conseguimos! (Já explicamos em ensaios anteriores por que os satélites não podem operar no "espaço", ou realizar as funções intrincadas que são atribuídas a eles.)

O pastor Lawson parece estar um tanto desconfortável quando discute a famosa foto do "planeta azul" em seu sermão, que foi supostamente tirada durante uma das missões espaciais da NASA. Em vez de falar sobre as supostas múltiplas fotos existentes que retratam o "planeta azul", ele preferiu falar sobre Elon Musk e sua empresa de foguetes espaciais. "Elon Musk está enviando grandes foguetes ao espaço e, em breve levará turistas que possam pagar a viagem até a lua. Eles irão olhar pela janela e fotografar a Terra. Isto acontecerá nos próximos anos", ele promete. "O que você fará então?", ele pergunta zombeteiramente.

Espere um minuto Se provas fotográficas confiáveis já existem, então por que estamos sendo solicitados a aguardar por mais dessas fotos? Há uma enorme contradição naquilo que esse pastor está dizendo.

As Mesmas Promessas Falsas

Logicamente, todos sabemos que promessas idênticas foram feitas quase 50 anos atrás e absolutamente nada se cumpriu. A história de Elon Musk está sendo circulada para tirar a atenção da NASA, cuja incapacidade crônica de fazer progressos de qualquer tipo somente solidifica o fato que todo o empreendimento da exploração espacial foi uma farsa desde o início. Já foi demonstrado que as assim chamadas pedras lunares são madeira petrificada. Os veículos espaciais da NASA são pouco mais do que latas de alumínio e os sofisticados trajes espaciais são pijamas de nylon. A NASA afirma ter perdido os filmes originais do primeiro pouso na lua, enquanto que os esquemas técnicos do jipe espacial não estão disponíveis. Eles nem têm uma câmera na Lua para retransmitir as fotos para a Terra, nem têm fotografias do céu estrelado tiradas a partir da Lua! Além disso, a maior parte, se não todos os testemunhos sobre a lua são de homens que fizeram o juramento da Maçonaria — uma ordem sinistra dedicada a derrubar o Cristianismo.

O pastor Lawon zomba dos "terraplanistas" por não aceitarem as supostas evidências que provam que a Terra é um globo. Contudo, ele então admite, na realidade, que as evidências existentes são tão fracas que precisamos aguardar as intrépidas explorações de Elon Musk antes de termos as provas definitivas. Enquanto isso, devemos nos submeter à censura imposta por pastores indignados, como ele próprio e David Cloud.

A Impossibilidade das Viagens Espaciais

"Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR." [Jeremias 31:37].

Conclusão

Poderíamos falar muito mais sobre este assunto, mas não deve ser necessário. A Palavra de Deus contém uma cosmologia muito bem definida e cabe a todos que amam Sua Palavra estudá-la atentamente. O fato que os comentaristas bíblicos tenham tradicionalmente evitado esse tópico não deveria deter os fiéis cristãos hoje de realizarem uma investigação cuidadosa das passagens relevantes na Escritura. Aqueles que fazem isso não deveriam ser acusados de tentarem causar confusão entre os irmãos. Durante séculos, a Igreja Católica Romana proibiu seus membros de realizarem um estudo pessoal da Palavra de Deus, tudo com vistas a controlar suas mentes. Eles deveriam acreditar em tudo aquilo que fosse explicado por seus superiores. Os pastores Cloud e Lawson adotaram uma posição similar. Para sua vergonha, eles são rápidos em citar maçons nesta questão, mas não a Palavra de Deus.

Até que os pastores apresentem e comentem as passagens no Apêndice A, eles realmente não têm o direito de condenar os outros cristãos que creem que a Terra é plana e estacionária.

Os cientistas estão mentindo sobre a Evolução. Eles estão mentindo sobre a Grande Explosão. Somente um tolo rejeitaria a possibilidade que eles também possam estar mentindo sobre a Terra-globo. Os cristãos devem pesar as evidências por si mesmos.

"O que responde antes de ouvir comete estultícia que é para vergonha sua." [Provérbios 18:13].

Outros Ensaios Que Contêm Materiais Relacionados com o Assunto



Apêndice A

Passagens Bíblicas Relacionadas com a Cosmologia:

Categorias:

1. Os Fundamentos da Terra
2. As Águas em Cima
3. As Águas em Baixo
4. O Firmamento
5. A Ausência de Movimento da Terra
6. Os Céus Estendidos
7. A Terra Plana e Estendida
8. O Movimento do Sol
9. A Lua Possui Luminosidade Própria
10. As Estrelas Fixas e as "Errantes"
11. As Relações Espaciais Geocêntricas
12. A Impossibilidade das Viagens Espaciais.

1. Os Fundamentos da Terra

"... porque do SENHOR são os alicerces da terra, e assentou sobre eles o mundo." [1 Samuel 2:8b].

"O que sacode a terra do seu lugar, e as suas colunas estremecem." [Jó 9:6].

"Onde estavas tu, quando eu fundava a terra? Faze-mo saber, se tens inteligência." [Jó 38:4].

"Sobre que estão fundadas as suas bases, ou quem assentou a sua pedra de esquina." [Jó 38:6].

"A terra e todos os seus moradores estão dissolvidos, mas eu fortaleci as suas colunas. (Selá.)" [Salmos 75:3].

"Desde a antiguidade fundaste a terra, e os céus são obra das tuas mãos." [Salmos 102:25].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"O SENHOR, com sabedoria fundou a terra; com entendimento preparou os céus." [Provérbios 3:19].

"... porque as janelas do alto estão abertas, e os fundamentos da terra tremem." [Isaías 24:18b].

"Porventura não sabeis? Porventura não ouvis, ou desde o princípio não se vos notificou, ou não atentastes para os fundamentos da terra?" [Isaías 40:21].

"Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos." [Isaías 48:13].

"E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra, e temes continuamente todo o dia o furor do angustiador, quando se prepara para destruir; pois onde está o furor do que te atribulava?" [Isaías 51:13].

"... Fala o SENHOR, o que estende o céu, e que funda a terra, e que forma o espírito do homem dentro dele." [Zacarias 12:1].

"E: Tu, Senhor, no princípio fundaste a terra, E os céus são obra de tuas mãos." [Hebreus 1:10].

2. As Águas em Cima

"E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas." [Gênesis 1:6].

"E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi." [Gênesis 1:7].

"Fez das trevas o seu lugar oculto; o pavilhão que o cercava era a escuridão das águas e as nuvens dos céus." [Salmos 18:11].

"Põe nas águas as vigas das suas câmaras; faz das nuvens o seu carro, anda sobre as asas do vento." [Salmos 104:3].

"Louvai-o, céus dos céus, e as águas que estão sobre os céus." [Salmos 148:4].

"Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?" [Provérbios 30:4].

[Esta é uma referência a Cristo no Velho Testamento e Sua participação na obra de Criação. A "amarração das águas" parece se referir ao firmamento e seu papel em restringir as águas em cima.]

"Fazendo ele ouvir a sua voz, grande estrondo de águas há nos céus, e faz subir os vapores desde o fim da terra; faz os relâmpagos com a chuva, e tira o vento dos seus tesouros." [Jeremias 51:16].

3. As Águas em Baixo

"Marcou um limite sobre a superfície das águas em redor, até aos confins da luz e das trevas." [Jó 26:10].

"Ou entraste tu até às origens do mar, ou passeaste no mais profundo do abismo?" [Jó 38:16].

"Ele ajunta as águas do mar como num montão; põe os abismos em depósitos." [Salmos 33:7].

"Quando ainda não havia abismos, fui gerada, quando ainda não havia fontes carregadas de águas." [Provérbios 8:24].

"Quando ele preparava os céus, aí estava eu, quando traçava o horizonte sobre a face do abismo; quando firmava as nuvens acima, quando fortificava as fontes do abismo, quando fixava ao mar o seu termo, para que as águas não traspassassem o seu mando, quando compunha os fundamentos da terra. Então eu estava com ele, e era seu arquiteto; era cada dia as suas delícias, alegrando-me perante ele em todo o tempo; regozijando-me no seu mundo habitável e enchendo-me de prazer com os filhos dos homens." [Provérbios 8:27-31].

"Dizendo com grande voz: Temei a Deus, e dai-lhe glória; porque é vinda a hora do seu juízo. E adorai aquele que fez o céu, e a terra, e o mar, e as fontes das águas." [Apocalipse 14:7].

4. O Firmamento

"E disse Deus: Haja uma expansão no meio das águas, e haja separação entre águas e águas. E fez Deus a expansão, e fez separação entre as águas que estavam debaixo da expansão e as águas que estavam sobre a expansão; e assim foi. E chamou Deus à expansão Céus, e foi a tarde e a manhã, o dia segundo." [Gênesis 1:6-8].

"Ou estendeste com ele os céus, que estão firmes como espelho fundido?" [Jó 37:18].

"Louvai ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder." [Salmos 150:1].

"Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar." [Isaías 40:22].

[O círculo aqui é, provavelmente, uma referência à abóbada acima da Terra. Os moradores da Terra habitam abaixo de uma grande abóbada que se estende sobre eles como uma tenda.]

"No ano seiscentos da vida de Noé, no mês segundo, aos dezessete dias do mês, naquele mesmo dia se romperam todas as fontes do grande abismo, e as janelas dos céus se abriram, e houve chuva sobre a terra quarenta dias e quarenta noites." [Gênesis 7:11-12].

"Ele é o que edifica as suas câmaras superiores no céu, e fundou na terra a sua abóbada, e o que chama as águas do mar, e as derrama sobre a terra; o SENHOR é o seu nome." [Amós 9:6].

"E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra." [Gênesis 1:14-17].

"Porventura Deus não está na altura dos céus? Olha para a altura das estrelas; quão elevadas estão. E dizes: que sabe Deus? Porventura julgará ele através da escuridão? As nuvens são esconderijo para ele, para que não veja; e passeia pelo circuito dos céus." [Jó 22:12-14].

[Se considerarmos que circuito (chuwg) significa um círculo, então esta passagem pode estar se referindo à circularidade do firmamento.

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos." [Salmos 19:1].

"Põe nas águas as vigas das suas câmaras; faz das nuvens o seu carro, anda sobre as asas do vento." [Salmos 104:3].

"E sobre as cabeças dos seres viventes havia uma semelhança de firmamento, com a aparência de cristal terrível, estendido por cima, sobre as suas cabeças. E debaixo do firmamento estavam as suas asas direitas uma em direção à outra; cada um tinha duas, que lhe cobriam o corpo de um lado; e cada um tinha outras duas asas, que os cobriam do outro lado. E, andando eles, ouvi o ruído das suas asas, como o ruído de muitas águas, como a voz do Onipotente, um tumulto como o estrépito de um exército; parando eles, abaixavam as suas asas. E ouviu-se uma voz vinda do firmamento, que estava por cima das suas cabeças; parando eles, abaixavam as suas asas. E por cima do firmamento, que estava por cima das suas cabeças, havia algo semelhante a um trono que parecia de pedra de safira; e sobre esta espécie de trono havia uma figura semelhante a de um homem, na parte de cima, sobre ele." [Ezequiel 1:22-26].

"Depois olhei, e eis que no firmamento, que estava por cima da cabeça dos querubins, apareceu sobre eles uma como pedra de safira, semelhante a forma de um trono." [Ezequiel 10:1].

"Os que forem sábios, pois, resplandecerão como o fulgor do firmamento; e os que a muitos ensinam a justiça, como as estrelas sempre e eternamente." [Daniel 12:3].

5. A Ausência de Movimento da Terra (Exceto em Tempos de Julgamento)

"Trema perante ele, trema toda a terra; pois o mundo se firmará, para que não se abale." [1 Crônicas 16:30].

"Tema toda a terra ao SENHOR; temam-no todos os moradores do mundo. Porque falou, e foi feito; mandou, e logo apareceu." [Salmos 33:8,9].

"E edificou o seu santuário como altos palácios, como a terra, que fundou para sempre." [Salmos 78:69].

(A palavra palácios não aparece no texto hebraico. A primeira parte provavelmente deveria ser assim: "E edificou seu santuário nas alturas..." Ele também a construiu como a Terra, que estabeleceu para sempre. A palavra hebraica aqui para edificou é yacad, que significa "lançar um fundamento".].

"O SENHOR reina; está vestido de majestade. O SENHOR se revestiu e cingiu de poder; o mundo também está firmado, e não poderá vacilar." [Salmos 93:1].

"Lançou os fundamentos da terra; ela não vacilará em tempo algum." [Salmos 104:5].

"A tua fidelidade dura de geração em geração; tu firmaste a terra, e ela permanece firme." [Salmos 119:90].

"Assim diz o SENHOR: O céu é o meu trono, e a terra o escabelo dos meus pés; que casa me edificaríeis vós? E qual seria o lugar do meu descanso?" [Isaías 66:1].

"O céu é o meu trono,e a terra o estrado dos meus pés. Que casa me edificareis? diz o Senhor, ou qual é o lugar do meu repouso?" [Atos 7:49].

(Como um trono permanece no mesmo local, estes dois últimos versos mostram que a Terra não se move. Além disso, com relação ao tamanho comparativo, a Terra está abaixo do terceiro céu como um escabelo fica abaixo de um trono. Portanto, ela não pode ser um minúsculo grão de poeira na vasta imensidão do espaço, como a Astronomia moderna alega.).

A Terra se Move Somente em Tempos de Julgamento

"O que sacode a terra do seu lugar, e as suas colunas estremecem." [Jó 9:6].

"O SENHOR reina; tremam os povos. Ele está assentado entre os querubins; comova-se a terra." [Salmos 99:1].

"Por isso farei estremecer os céus; e a terra se moverá do seu lugar, por causa do furor do SENHOR dos Exércitos, e por causa do dia da sua ardente ira." [Isaías 13:13].

"De todo está quebrantada a terra, de todo está rompida a terra, e de todo é movida a terra. De todo cambaleará a terra como o ébrio, e será movida e removida como a choça de noite; e a sua transgressão se agravará sobre ela, e cairá, e nunca mais se levantará." [Isaías 24:19-20].

6. Os Céus Foram Estendidos

"O que sozinho estende os céus, e anda sobre os altos do mar." [Jó 9:8].

"O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada." [Jó 26:7].

"Ou estendeste com ele os céus, que estão firmes como espelho fundido?" [Jó 37:18].

"Bendize, ó minha alma, ao SENHOR! SENHOR Deus meu, tu és magnificentíssimo; estás vestido de glória e de majestade. Ele se cobre de luz como de um vestido, estende os céus como uma cortina." [Salmos 104:1-2].

"E todo o exército dos céus se dissolverá, e os céus se enrolarão como um livro; e todo o seu exército cairá, como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira." [Isaías 34:4].

"Ele é o que está assentado sobre o círculo da terra, cujos moradores são para ele como gafanhotos; é ele o que estende os céus como cortina, e os desenrola como tenda, para neles habitar." [Isaías 40:22].

(A palavra hebraica no original para "círculo" neste verso é chuwg, que Strong (H2329] define como um 'círculo, circuito, perímetro. Em outro verso (22:18) Isaías usou a palavra hebraica duwr para significar "bola" (esfera), de modo que é improvável que esteja aqui se referindo a uma bola, ou a uma esfera.)

"Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus, e os estendeu, e espraiou a terra, e a tudo quanto produz; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela." [Isaías 42:5].

(Tanto os céus quanto a Terra estão "estendidos". De acordo com Gesenius, a palavra hebraica no original para "estender" neste verso — raqa — significa "estender por meio de batidas". Em outro verso (34:4), os céus são referidos como um rolo. Em um caso, a ação é similar ao desenrolar de um tecido (e seu subsequente enrolamento), enquanto que no outro é similar ao achatamento de uma folha de metal por marteladas.)

"Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo." [Isaías 44:24].

"Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens." [Isaías 45:12].

"Também a minha mão fundou a terra, e a minha destra mediu os céus a palmos; eu os chamarei, e aparecerão juntos." [Isaías 48:13].

"E te esqueces do SENHOR que te criou, que estendeu os céus, e fundou a terra..." [Isaías 51:13a].

"Ele fez a terra com o seu poder; ele estabeleceu o mundo com a sua sabedoria, e com a sua inteligência estendeu os céus." [Jeremias 10:12].

"Ele fez a terra com o seu poder, e ordenou o mundo com a sua sabedoria, e estendeu os céus com o seu entendimento." [Jeremias 51:15].

7. A Terra Plana e Estendida

"Pois assim como o céu está elevado acima da terra, assim é grande a sua misericórdia para com os que o temem. Assim como está longe o oriente do ocidente, assim afasta de nós as nossas transgressões." [Salmos 103:11,12].

(Isto precisa se referir a uma Terra plana, em que o oriente e o ocidente nunca se encontram.)

"Aquele que estendeu a terra sobre as águas; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:6].

"E levantará um estandarte entre as nações, e ajuntará os desterrados de Israel, e os dispersos de Judá congregará desde os quatro confins da terra." [Isaías 11:12].

"Assim diz o SENHOR, teu redentor, e que te formou desde o ventre: Eu sou o SENHOR que faço tudo, que sozinho estendo os céus, e espraio a terra por mim mesmo." [Isaías 44:24].

"Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus, e os estendeu, e espraiou a terra, e a tudo quanto produz; que dá a respiração ao povo que nela está, e o espírito aos que andam nela." [Isaías 42:5].

"O norte estende sobre o vazio; e suspende a terra sobre o nada." [Jó 26:7].

"Então o SENHOR disse a Satanás: Donde vens? E respondeu Satanás ao SENHOR, e disse: De rodear a terra, e passear por ela." [Jó 2:2].

"Crescia esta árvore, e se fazia forte, de maneira que a sua altura chegava até ao céu; e era vista até aos confins da terra." [Daniel 4:11].

"Novamente o transportou o diabo a um monte muito alto; e mostrou-lhe todos os reinos do mundo, e a glória deles." [Mateus 4:8].

"E o diabo, levando-o a um alto monte, mostrou-lhe num momento de tempo todos os reinos do mundo." [Lucas 4:5].

8. O Movimento do Sol

"Então Josué falou ao SENHOR, no dia em que o SENHOR deu os amorreus nas mãos dos filhos de Israel, e disse na presença dos israelitas: Sol, detém-te em Gibeom, e tu, lua, no vale de Ajalom. E o sol se deteve, e a lua parou, até que o povo se vingou de seus inimigos. Isto não está escrito no livro de Jasher? O sol, pois, se deteve no meio do céu, e não se apressou a pôr-se, quase um dia inteiro." [Josué 10:12-13].

[Observe que Josué ordenou que o Sol e a Lua parassem, não a Terra e a Lua.]

"Assim, ó SENHOR, pereçam todos os teus inimigos! Porém os que te amam sejam como o sol quando sai na sua força." [Juízes 5:31].

"O que fala ao sol, e ele não nasce, e sela as estrelas." [Jó 9:7].

(Neste verso Jó ilustra o tremendo poder de Deus, mostrando que Ele pode fazer o Sol deixar de se mover e impedir as estrelas de darem sua luz.)

"Os céus declaram a glória de Deus e o firmamento anuncia a obra das suas mãos... A sua linha se estende por toda a terra, e as suas palavras até ao fim do mundo. Neles pôs uma tenda para o sol, o qual é como um noivo que sai do seu tálamo, e se alegra como um herói, a correr o seu caminho. A sua saída é desde uma extremidade dos céus, e o seu curso até à outra extremidade, e nada se esconde ao seu calor." [Salmos 19:1,4-6].

"Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso." [Salmos 104:19].

(Não se pode dizer que o sol conhece seu ocaso se ele não estiver em movimento real.).

"Nasce o sol, e o sol se põe, e apressa-se e volta ao seu lugar de onde nasceu." [Eclesiastes 1:5].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"Eis que farei retroceder dez graus a sombra lançada pelo sol declinante no relógio de Acaz. Assim retrocedeu o sol os dez graus que já tinha declinado." [Isaías 38:8].

"E sucederá que, naquele dia, diz o SENHOR Deus, farei que o sol se ponha ao meio-dia, e a terra se entenebreça no dia claro." [Amós 8:9].

"O sol e a lua pararam nas suas moradas; andaram à luz das tuas flechas, ao resplendor do relâmpago da tua lança." [Habacuque 3:11].

(O profeta registra que o Sol e a Lua pararam, não a Terra e a Lua.)

9. A Lua Possui Iluminação Própria

"E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas." [Gênesis 1:16].

"E com os mais excelentes frutos do sol, e com as mais excelentes produções das luas." [Deuteronômio 33:14].

"Se olhei para o sol, quando resplandecia, ou para a lua, caminhando gloriosa." [Jó 31:26].

"Designou a lua para as estações; o sol conhece o seu ocaso." [Salmos 104:19].

"A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:9].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"E a lua se envergonhará, e o sol se confundirá quando o SENHOR dos Exércitos reinar no monte Sião e em Jerusalém, e perante os seus anciãos gloriosamente." [Isaías 24:23].

"E a luz da lua será como a luz do sol, e a luz do sol sete vezes maior, como a luz de sete dias, no dia em que o SENHOR ligar a quebradura do seu povo, e curar a chaga da sua ferida." [Isaías 30:26].

"Nunca mais te servirá o sol para luz do dia nem com o seu resplendor a lua te iluminará; mas o SENHOR será a tua luz perpétua, e o teu Deus a tua glória." [Isaías 60:19].

"Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome." [Jeremias 31:35].

"E, apagando-te eu, cobrirei os céus, e enegrecerei as suas estrelas; ao sol encobrirei com uma nuvem, e a lua não fará resplandecer a sua luz." [Ezequiel 32:7].

"E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas." [Mateus 24:29].

"Uma é a glória do sol, e outra a glória da lua, e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela." [1 Coríntios 15:41].

"E, havendo aberto o sexto selo, olhei, e eis que houve um grande tremor de terra; e o sol tornou-se negro como saco de cilício, e a lua tornou-se como sangue." [Apocalipse 6:12].

"E a cidade não necessita de sol nem de lua, para que nela resplandeçam, porque a glória de Deus a tem iluminado, e o Cordeiro é a sua lâmpada." [Apocalipse 21:23].

10. As Estrelas Fixas e as Estrelas "Errantes"

"E disse Deus: Haja luminares na expansão dos céus, para haver separação entre o dia e a noite; e sejam eles para sinais e para tempos determinados e para dias e anos. E sejam para luminares na expansão dos céus, para iluminar a terra; e assim foi. E fez Deus os dois grandes luminares: o luminar maior para governar o dia, e o luminar menor para governar a noite; e fez as estrelas. E Deus os pôs na expansão dos céus para iluminar a terra, e para governar o dia e a noite, e para fazer separação entre a luz e as trevas; e viu Deus que era bom." [Gênesis 1:14-18].

"Desde os céus pelejaram; até as estrelas desde os lugares dos seus cursos pelejaram contra Sísera." [Juízes 5:20].

"Porventura Deus não está na altura dos céus? Olha para a altura das estrelas; quão elevadas estão. E dizes: que sabe Deus? Porventura julgará ele através da escuridão? As nuvens são esconderijo para ele, para que não veja; e passeia pelo circuito dos céus." [Jó 22:12-14].

"A lua e as estrelas para presidirem à noite; porque a sua benignidade dura para sempre." [Salmos 136:9].

"Conta o número das estrelas, chama-as a todas pelos seus nomes." [Salmos 147:4].

"Porque as estrelas dos céus e as suas constelações não darão a sua luz; o sol se escurecerá ao nascer, e a lua não resplandecerá com a sua luz." [Isaías 13:10].

"E todo o exército dos céus se dissolverá, e os céus se enrolarão como um livro; e todo o seu exército cairá, como cai a folha da vide e como cai o figo da figueira." [Isaías 34:4].

"Levantai ao alto os vossos olhos, e vede quem criou estas coisas; foi aquele que faz sair o exército delas segundo o seu número; ele as chama a todas pelos seus nomes; por causa da grandeza das suas forças, e porquanto é forte em poder, nenhuma delas faltará." [Isaías 40:26].

"Eu fiz a terra, e criei nela o homem; eu o fiz; as minhas mãos estenderam os céus, e a todos os seus exércitos dei as minhas ordens." [Isaías 45:12].

"Diante dele tremerá a terra, abalar-se-ão os céus; o sol e a lua se enegrecerão, e as estrelas retirarão o seu resplendor." [Joel 2:10].

"E, logo depois da aflição daqueles dias, o sol escurecerá, e a lua não dará a sua luz, e as estrelas cairão do céu, e as potências dos céus serão abaladas." [Mateus 24:29].

"E haverá sinais no sol e na lua e nas estrelas; e na terra angústia das nações, em perplexidade pelo bramido do mar e das ondas." [Lucas 21:25].

"Uma é a glória do sol, e outra a glória da lua, e outra a glória das estrelas; porque uma estrela difere em glória de outra estrela." [1 Coríntios 15:41].

"Ondas impetuosas do mar, que escumam as suas mesmas abominações; estrelas errantes, para os quais está eternamente reservada a negrura das trevas." [Judas 1:13].

"E o céu retirou-se como um livro que se enrola; e todos os montes e ilhas foram removidos dos seus lugares." [Apocalipse 6:14].

"E o quarto anjo tocou a sua trombeta, e foi ferida a terça parte do sol, e a terça parte da lua, e a terça parte das estrelas; para que a terça parte deles se escurecesse, e a terça parte do dia não brilhasse, e semelhantemente a noite." [Apocalipse 8:12].

"E a sua cauda levou após si a terça parte das estrelas do céu, e lançou-as sobre a terra..." [Apocalipse 12:4a].

(Estes dois versos se referem à terça parte das estrelas. No último verso, elas são geralmente compreendidas como uma referência à companhia dos anjos que se rebelaram. As estrelas e os anjos estão tão intimamente associados na Palavra de Deus que pode existir alguma conexão não explicada entre eles.)

11. Relações Espaciais Geocêntricas

É impossível fazer justiça à cosmologia bíblica sem levar em conta as centenas de passagens em toda a Bíblia que são claramente geocêntricas e cujos significados naturais implicam uma estrutura de referência que abrange o céu e a Terra. Os bilhões de quilômetros de espaço, que os astrônomos modernos propõem, estão em agudo conflito com a estrutura espacial usada na Bíblia. A Terra da Bíblia é inconcebivelmente maior do que o Sol em termos absolutos. É impossível reconciliar a cosmologia bíblica — como Deus descreve Sua própria Criação — com o "cosmos" bizarro da Astronomia moderna, em que a Terra não poderia ser mais patética ou insignificante. De fato, quantos mais pronunciamentos a NASA e seus aliados fazem sobre o "cosmos", o mais estridentemente eles contradizem o relato bíblico. Sempre é o mesmo grupo de "especialistas" auto-indicados que faz essas declarações bizarras, sem qualquer evidência concreta para suportá-las.

Os cristãos precisam perguntar a si mesmos por que acreditam no quadro do céu e da Terra retratado pela NASA, não apenas por que ele confilta com a narrativa bíblica, mas por que essa organização maçônica e sigilosa continua a proferir pronunciamentos que não fazem sentido e que zombam da Palavra de Deus. Você acredita seriamente que a Terra está sob risco de ser destruída por um asteróide gigantesco? Acredita seriamente que a Terra está girando em seu próprio eixo a 1.600 km por hora? Acredita seriamente que existe "vida inteligente" nas "profundezas" do espaço? Acredita seriamente que dois homens que vestiam pijamas de náilon, pousaram na Lua, a bordo de uma cápsula de alumínio em 1969? A única evidência para isso tudo é a incansável propaganda produzida pela NASA, Hollywood, as grandes emissoras de televisão e a mídia dominante. Por que os cristãos estão dispostos a colocar de lado a Palavra de Deus e acreditar em um relato alternativo da realidade para a qual eles não possuem a mínima evidência objetiva e verificável?

Subindo e Descendo

"Então desceu o SENHOR para ver a cidade e a torre que os filhos dos homens edificavam; e o SENHOR disse: Eis que o povo é um, e todos têm uma mesma língua; e isto é o que começam a fazer; e agora, não haverá restrição para tudo o que eles intentarem fazer. Eia, desçamos e confundamos ali a sua língua, para que não entenda um a língua do outro." [Gênesis 11:5-7].

"E sonhou: e eis uma escada posta na terra, cujo topo tocava nos céus; e eis que os anjos de Deus subiam e desciam por ela." [Gênesis 28:12].

"Quem subiu ao céu e desceu? Quem encerrou os ventos nos seus punhos? Quem amarrou as águas numa roupa? Quem estabeleceu todas as extremidades da terra? Qual é o seu nome? E qual é o nome de seu filho, se é que o sabes?" [Provérbios 30:4].

"Pois olhou desde o alto do seu santuário, desde os céus o SENHOR contemplou a terra." [Salmos 102:19].

"Abaixa, ó SENHOR, os teus céus, e desce; toca os montes, e fumegarão." [Salmos 144:5].

"E abaixou os céus, e desceu; e uma escuridão havia debaixo de seus pés." [2 Samuel 22:10].

[O Senhor "abaixou" (estendeu ou encurvou (como um arco)) os céus e "desceu", uma ação que teve início no terceiro céu e continuou, passando pelo firmamento, até as montanhas abaixo.]

"Oh! se fendesses os céus, e descesses, e os montes se escoassem de diante da tua face." [Isaías 64:1].

"E o reino, e o domínio, e a majestade dos reinos debaixo de todo o céu serão dados ao povo dos santos do Altíssimo; o seu reino será um reino eterno, e todos os domínios o servirão, e lhe obedecerão." [Daniel 7:27].

"Porque eis que o SENHOR está para sair do seu lugar, e descerá, e andará sobre as alturas da terra." [Miquéias 1:3].

"Ora, ninguém subiu ao céu, senão o que desceu do céu, o Filho do homem, que está no céu." [João 3:13].

"E em nenhum outro há salvação, porque também debaixo do céu nenhum outro nome há, dado entre os homens, pelo qual devamos ser salvos." [Atos 4:12].

12. A Impossibilidade da Viagem Espacial

"Assim diz o SENHOR, que dá o sol para luz do dia, e as ordenanças da lua e das estrelas para luz da noite, que agita o mar, bramando as suas ondas; o SENHOR dos Exércitos é o seu nome. Se falharem estas ordenanças de diante de mim, diz o SENHOR, deixará também a descendência de Israel de ser uma nação diante de mim para sempre. Assim disse o SENHOR: Se puderem ser medidos os céus lá em cima, e sondados os fundamentos da terra cá em baixo, também eu rejeitarei toda a descendência de Israel, por tudo quanto fizeram, diz o SENHOR." [Jeremias 31:35-37].

Índice de Versos Bíblicos Relacionados com a Cosmologia

Gênesis 1:6, 1:7, 1:8, 1:14-18, 11:5-7, 28:12
Deuteronômio 33:14
Josué 10:12-13
Juízes 5:20, 5:31
1 Samuel 2:8
2 Samuel 22:10
1 Crônicas 16:30
9:6, 9:7, 9:8, 22:12-14, 26:7, 26:10, 31:26, 37:18, 38:4, 38:6, 38:16; 38:18
Salmos 18:11, 19:1, 19:4-6, 33:7, 33:8-9, 75:3, 78:69, 93:1, 99:1, 102:19, 102:25, 103:11-12, 104:1-2, 104:3, 104:5, 104:19, 119:90, 136:6, 136:9, 144:5, 147:4, 148:4, 150:1
Provérbios 3:19, 8:24, 8:27-31, 30:4
Eclesiastes 1:5
Isaías 11:12, 13:10, 13:13, 24:18, 24:19-20, 24:23, 30:26, 34:4, 38:8, 40:21, 40:22, 40:26, 42:5, 44:24, 45:12, 48:13, 51:13, 60:19, 64:1, 66:1
Jeremias 10:12, 31:35, 31:36-37, 51:15, 51:16
Ezequiel 1:22-26, 10:1, 32:7
Daniel 4:11, 7:27, 12:3
Joel 2:10
Amós 8:9
Miquéias 1:3
Habacuque 3:11
Zacarias 12:1
Mateus 4:8, 24:9
Lucas 4:5, 21:25
João 3:13
Atos 4:12, 7:49, 7:55-56
1 Coríntios 15:41
Hebreus 1:10
Judas 1:13
Apocalipse 6:12, 6:14, 8:14, 12:4, 14:7, 20:9, 21:23

Nota: Esta lista não tem o objetivo de ser completa.



Autor: Jeremy James, artigo em http://www.zephaniah.eu
Data da publicação: 24/5/2018
Transferido para a área pública em 28/4/2020
A Espada do Espírito: http://www.espada.eti.br/cosmologia-3.asp